HUMBERTO DELGADO

[16Fev15]


EL CASO HUMBERTO DELGADO

SUMARIO DEL PROCESO PENAL ESPAÑOL


Edição de JUAN CARLOS JIMÉNEZ REDONDO


El 24 de Abril de 1965 se descubren en Villanueva del Fresno, muy cerca de la frontera portuguesa, los cadáveres de un hombre y una mujer, identificados como el general luso Humberto Delgado y su secretaria Arajaryr Moreira de Campos. Tras un largo y laborioso proceso de investigación, el juez especial Crespo Márquez consigue reunir las pruebas incriminatorias suficientes para imputar ambos delitos a agentes de la policía política del régimen de Oliveira Salazar.

455+(7) páginas. 17 x 24 cm. Série Estudos Portugueses, n.º 17. Ilustrado com fotografias do local onde foram descobertos os cadáveres ocultados pela PIDE. Exemplar como novo. Mérida: Gabinete de Iniciativas Transfronteirizas da Junta de Extremadura, 2001.

Preço: 20 euros.



HUMBERTO DELGADO (1906-1965)

memória


Brochura publicada aquando da transladação dos restos mortais do General Humberto Delgado para o Panteão Nacional, em 1990. Textos de Iva Delgado. Ilustrado com fotografias. Inclui cronologia biográfica. 28 páginas. Papel couché. 21 x 21 cm. Lisboa: Instituto Português do Património Cultural, 1990.

Preço: 15 euros.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s