10 POEMAS PARA CATARINA


«No 27.º aniversário do assassínio de Catarina Eufémia».

Pasta de cartão (20,5 x 29,7 cm) contendo 19 folhas soltas (19,5 x 28,5 cm), com poemas de Álvaro Magalhães, António Ramos Rosa, Armando Silva Carvalho, Egito Gonçalves, José Gomes Ferreira, Manuel Alberto Valente, Maria Teresa Horta, Marta Cristina de Araújo, Papiniano Carlos e Sophia de Mello Breyer Andresen; três desenhos de José Rodrigues; um excerto de um texto de José Dias Coelho sobre Catarina Eufémia; e a reprodução da primeira página do Avante! [VI série, n.º 187, Abril-Maio 1954] com a notícia da “carga” da GNR que matou a ceifeira de Baleizão.

Álbum organizado por Marta Cristina de Araújo, e dirigido graficamente por Armando Alves. Tiragem de 600 exemplares, dos quais 500 com distribuição comercial (este o número 490). Bom estado. Capa com mínimas imperfeições, visíveis nas fotografias. Folhas soltas em estado impecável. Porto: O Oiro do Dia, 1981.

Preço: 60 euros.



A SEVÉRA


JÚLIO DANTAS


Teatro. Primeira edição. Peça em 4 actos representada pela primeira vez em Janeiro de 1901, no Teatro Nacional D. Maria II, com Augusto Rosa no papel do Conde de Marialva. Dois anos depois, Dantas publicaria a primeira edição do romance A Severa.
Meia-encadernação sintética, em óptimo estado. Encadernado com ambas as capas de brochura (algo cansadas e com marcas de restauro), e não aparado. Miolo limpo. Assinaturas de posse na capa, na página de ante-rosto e no rosto. 196 páginas. 13 x 21,5 cm. Lisboa: Manuel Gomes Editor, 1901.

Preço: 45 euros.



A SEVERA


JÚLIO DANTAS


Romance. Ilustrações de Maria Vasconcellos. Reproduz o prefácio do editor da 2.ª edição, Avelino S. Vieira. Em 2 volumes [1.º volume: 4.ª edição, 23.º milhar / 2.º volume: 4.ª edição]. Estado óptimo. Colecção Portuguesa n.ºs 24 e 25. 172+205 páginas. 12,2 x 18,8 cm. Porto: Domingos Barreira Editor, [1945].

Preço: 22 euros.



MYRTIS ET KORINNA


WILLIAM RITTER


William Ritter (1867-1955), nascido em Neuchâtel, amigo de Mahler, estudou em Viena e foi escritor, pintor, crítico de arte e crítico musical. Ilustrações de Antoine Calbet. Primeira edição. Collection Lotus Alba, para bibliófilos. Estimado. Com (14)-90-(6) páginas, e 7 x 14,5 cm. Paris: Librairie Borel, 1898.

Um centauro apaixona-se por uma jovem rapariga…



LA GUERRE DES DIEUX


PARNY


Originalmente publicado em 1799, com autoria de Évariste Parny (1753-1814). Dois volumes encadernados num único, com capas de brochura. Assinatura de posse de Alberto Cupertino Pessoa, professor de Medicina na Universidade de Coimbra, em letra muito miúda, em ambas as páginas de ante-rosto. Ilustrado com gravuras e vinhetas, sem autoria atribuída, embora assinadas. 128+128 páginas. 9 x 14 cm. Capas de brochura manchadas, miolo não tanto. Não aparado. Colecção Petite Bibliothèque Diamant. Paris: L. Boulanger, [s.d.].



LA NONNE ALFEREZ


JOSÉ-MARIA DE HEREDIA


Primeira edição. Heredia nasceu em Cuba em 1833 e naturalizou-se francês em 1893. Ilustrações de Daniel Vierge, gravadas por Privat-Richard. Encadernado com capas de brochura. Monograma do arquitecto Alberto Pessoa, na página de rosto. Com viii-175 páginas, e 9 x 14,5 cm. Colecção Lemerre Ilustrée. Bom estado, mas com a capa de brochura manchada. Não aparado. Paris: Alphonse Lemerre, 1894.



Colecção estimada de três diferentes obras eróticas publicadas em França no final do século XIX, um conjunto uno de robustas e suaves encadernações inteiras de pele com nervos nas lombadas, cada uma de sua cor e todas do mesmo estilo, com o selo do encadernador Raúl de Almeida (Lisboa).

Preço (do conjunto dos 3 livros): 65 euros.



FLOSSIE

A VENUS OF FIFTEEN

by One who knew this Charming Goddess and Worshipped al her Shrine

J. A.


Literatura erótica, de autor anónimo, cuja primeira edição se supõe situar-se na viragem do século XIX para o século XX. Encadernação sintética modesta e discreta, apenas com «Flossie» gravado na lombada. Sobrecapa de papel sem qualquer menção ao conteúdo, colocada por anterior proprietário. Sem capa de brochura. Bom papel. Sem manchas, mas com algumas páginas soltas do miolo. 128 páginas. 11,5 x 17 cm. Na colecção Social Studies of the Century, The Erotica Biblion Society, Londres e Nova Iorque, [s.d.].

Preço: 10 euros.



LADY CHATTERLEY’S LOVER


D. H. LAWRENCE


A The Odyssey Press publicou em Paris, após censura da obra nos Estados Unidos da América e no Império Britânico, a primeira edição inexpurgada de grande divulgação, em 1933. Do ano seguinte data esta quinta reimpressão. O texto é antecedido por uma “Carta Aberta aos Leitores de D. H. Lawrence”, de Frieda Lawrence, datada de 26 de Janeiro de 1933. Com (6)+360 páginas, e 11,2 x 18 cm. Lombada escurecida, com mínima falta de papel. No geral, um bom exemplar, de colecção. Paris: The Odyssey Press, 1934.

Not to be introduced in the British Empire or the U.S.A. [impresso na contracapa] — só seria publicado sem cortes nos E.U.A em 1959, e no Reino Unido em 1960; mais de 25 anos, e muitas edições clandestinas, depois.

Preço: 17 euros.



A HORA UNIVERSAL
DOS PORTUGUESES


PEDRO VEIGA


Autografado pelo autor com dedicatória a Falcão Machado, e uma folha igualmente manuscrita, de 3 páginas, que a acompanha, comentando hipotéticos assuntos literários comuns em Coimbra. Inclui ainda o ex-libris do autor. Vide fotografias supra. Sobrecapa editorial em papel marmoreado. Tiragem numerada e assinada (este o n.º XXXI, de um total não indicado). Bom estado. 16 páginas por abrir. 17,5 x 22,7 cm. Porto: Edições «Prometeu», [s.d.].

Preço: 75 euros.



AS CAUSAS PROFUNDAS DA
REVOLUÇÃO FRANCESA


PETRUS


O primeiro dos Cadernos do Povo de Petrus, da Biblioteca de Estudos Sociais do Movimento de Renovação Democrática. Folheto com 32 páginas, tipograficamente distinto — apanágio das edições de Pedro Veiga. 11,7 x 17 cm. Bom estado. Porto: Petrus, [s.d.].

Preço: 20 euros.



HOSPITAL JÚLIO DE MATOS

Um Ano de Administração. 1946


JOAQUIM JOSÉ DE PAIVA CORRÊA (coord.)


Um balanço económico-financeiro da administração do Hospital Júlio de Matos, em 1946. As dificuldades logísticas, tentativas de reforma, soluções implementadas e seus resultados práticos, no primeiro ano após a reorganização administrativa do Hospital por despacho ministerial, mas também um ano de subida geral de preços — o primeiro depois do fim da II Guerra Mundial —, e pois de custos e despesas correntes.

Num extenso relatório, são discriminadas todas as receitas e despesas do Hospital, em tabelas, gráficos e quadros (muitos deles em folhas desdobráveis de dimensões generosas), que dão um retrato muito curioso de todo o o movimento no interior de uma tal instituição, pesada e complexa.
Exemplos: o custo por doente discriminado (vestuário, alimentação, farmácia, exames médicos, assistência clínica e de enfermagem, transportes); os materiais que foram gastos por mês na oficina de costura (agulhas, alfinetes, botões, colchetes, cotim, dedais, fita de nastro, fivelas, linhas, óleo, pano cru, molas, sarja, zuarte) e o que lá se produziu (almofadas, aventais, batas, calças, camisas, casacos, ceroulas, cobertores, colchas, colchões, cuecas, guardanapos, lençóis, lenços de cabeça, panos de cozinha, peúgas, toalhas e vestidos); ou na de sapataria; despesas com as caldeiras, com a farmácia, com os transportes (automóveis e hipomóveis); com a exploração agropecuária (que produzia batatas, cebolas, cenouras, tomates, alhos, couves, alfaces, nabiças, repolho, feijão verde, pimentos, favas, nabos, abóbora, pêssegos, abrunhos, alperces, ameixas, morangos e milho) e os jardins (ergoterápicos); com a alimentação (incluindo pormenores como a variação de preço de todos os géneros alimentícios consumidos nas cantinas do hospital, incluindo a mão de vaca, nos 3 anos anteriores); etc.; etc.

Um retrato em números do funcionamento de um grande hospital (160 profissionais para 519 doentes), em Portugal, nos meados da década de 40.

Com 184 páginas, e 24 folhas desdobráveis, com quadros e gráficos. 17 x 24 cm. Bom estado. Miolo muito limpo. Lisboa: Hospital Júlio de Matos, 1947.

Preço: 35 euros.


 


BIBLIOGRAPHIA HISTORICA PORTUGUEZA


JORGE CESAR DE FIGANIERE


[Título completo:] BIBLIOGRAPHIA HISTORICA PORTUGUEZA ou catalogo methodico dos auctores portuguezes, e de alguns estrangeiros domiciliarios em Portugal, que tractaram da Historia civil, politica e ecclesiastica d’estes reinos e seus dominios, e das nações ultramarinas, e cujas obras correm impressas em vulgar; onde também se apontam muitos documentos e escriptos anonymos que lhe dizem respeito, por JORGE CESAR DE FIGANIERE, official da Secretaria de Estado dos Negocios Estrangeiros, commendador da Real Ordem de Isabel a Catholica, Membro do Conservatorio Real de Lisboa, etc.

Reimpressão fac-simile holandesa da rara edição portuguesa de 1850. Vide índice nas fotografias. Encadernação editorial em tela. Exemplar em óptimo estado de conservação. 359 páginas. 15 x 23 cm. Naarden: Anton W. Van Bekhoven, 1970.

Preço: 70 euros.



TERRA ATLÂNTIDA

IMPRESSÕES DA MADEIRA


EDMUNDO TAVARES


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória de 1950 a Alberto José Pessoa, de arquitecto para arquitecto.
Capa com mínimo desgaste nas margens e lombada um pouco manchada, mas no geral um bom exemplar, invulgar pela dedicatória. Vide índice nas fotografias. 107 páginas. 16,5 x 24,3 cm. Lisboa: Bertrand (Irmãos) Lda., 1948.

Preço: 35 euros.



ESTÉTICA CITADINA


RIBEIRO CHRISTINO


Edição actualizada e ilustrada da série publicada no «Diário de Notícias» de 1911 a 1914. 

Primeira edição. Ilustrado com fotografias, e desenhos do autor [João Ribeiro Cristino da Silva, 1858-1948, desenhador e gravador que pertenceu ao Grupo do Leão e fez parte da criação da Sociedade Nacional de Belas-Artes].

Dividido em cinco partes: Lisboa Central; Lisboa Oriental; Lisboa Ocidental; Praças e Largos Lisbonenses; e Comemorações e Curiosidades Citadinas [tais como os chafarizes, os portões de casas nobres, a Feira da Ladra, jazigos artísticos ou as obras de Santa Engrácia]. Vide índice nas fotografias.

222 páginas. 16,7 x 23,2 cm. Manuseado. Bom estado geral, embora com alguma perda de cor na capa. Lisboa: Imprensa Libânio da Silva, 1923.

Preço: 30 euros.



MEMÓRIAS DE UM EX-MORFINÓMANO. (Reportagem vivida nos mistérios dos alcalóides). Vol. I (único publicado). Muito invulgar primeira edição, pois em óptimo estado de conservação. Miolo limpo, salvo pequena assinatura de posse na página de rosto. Capa assinada «M. Guimarães XXXIII». 215 páginas. 12,8 x 17,9 cm. Porto: Marânus, 1933.
Preço: 50 euros.

AMOR SEM AMOR. (Novelas). Primeira edição. Colecção Obras Completas do Repórter X, vol. I. [p. 11, À “laia” de prólogo: «Todo o segredo desta colecção editorial das Obras Completas do Repórter X assenta nesta melancólica pena de não ver reunida à minha volta, os entes queridos do meu sangue literário. É uma arrumadela; uma recolha; uma metotisução — a primeira da minha vida e imposta pela minh’alma.»]. Desenho da capa assinado R. Nunes. Seis novelas, algumas das quais anteriormente publicadas em Espanha. 211 páginas. 11 x 17,5 cm. Bom estado de conservação. Porto: Matos & Oliveira, 1929.
CEMITÉRIO DA GLÓRIA E DA SAUDADE. (Crónicas). Primeira edição. Colecção Obras Completas do Repórter X, vol. II. Crónicas memoráveis, sobre Rudolfo Valentino, Sarah Bernhardt, Isadora Duncan, Homem Christo, personagens anónimas de anúncios classificados, obituários, palhaços, gémeas siamesas, actores, (…). 211 páginas. 11 x 17,5 cm. Bom estado de conservação. Porto: Matos & Oliveira, 1929.
Preço (conjunto do Vol.I e Vol. II das Obras Completas): 50 euros.

CINCO MIL FRANCOS POR MÊS. (Novela). Primeira edição. Capa de Jorge Barradas. Com pequenas falhas de papel na lombada. Manuseado. Frágil. 96 páginas. 12,7 x 19,3 cm. Lisboa: Empresa do Diário de Notícias, 1926.
Preço: 18 euros.


ses0


HETEROPSICOGRAFIA

65 variações sobre a
AUTOPSICOGRAFIA de Fernando Pessoa


JOSÉ SESINANDO


Variações (humorísticas) sobre o poema «Autopsicografia», de Fernando Pessoa. Primeira e única edição, sem distribuição comercial. Edição do autor, de tiragem muito reduzida, e encadernação de argolas. Não numerado. Primeiras (5) páginas verdes, as restantes (65) brancas. 15 x 21 cm. Impresso na Aquasan, Lisboa, [s.d.], provavelmente na segunda metade da década de 80. Raro.

Letras da capa indiciam autoria de Victor Palla, irmão do autor, que na época e impresso na mesma Aquasan, desenhou muito semelhantes letras para o título de um livro próprio.

Preço: 25 euros.



 

A Não Perder: o artigo de José Barreto sobre o
I Congresso Ressoano de Vale da Parra: aqui.

 



A ARISTOCRACIA DO GENIO E DA
BELLEZA FEMINIL NA ANTIGUIDADE


JOSÉ PALMELLA


SemiramisSapho de MityleneCorinnaAspasia  —
PhrynéCleopatraHypathia de Alexandria

Com uma carta de Victor Hugo.
Introdução de Júlio César Machado.
As primeiras 85 páginas, antes da obra propriamente dita, incluem ainda cartas ao autor de Angel Fernandez de Los Rios, Marianna Angelica de Andrade e Narcisa Amália; juízos críticos de Amália Figueirôa, Izabel Bueno, Luiz Guimarães Júnior, Quirino dos Santos, Rebello de Vasconcellos, Manuel Nuñez de Prado, Guiomar Torrezão, e de outros escritores e da imprensa portuguesa; e os prefácios das  anteriores quatro edições do livro. Vide índice nas fotografias.

Ensaios biográfico-líricos dedicados a destacadas e libertárias figuras femininas da antiguidade. 5.ª edição, «augmentada». 304 páginas.  21,2 x 13,4 cm. Capa bastante manchada, interior com manchas ténues, visíveis nas fotografias. Lombada com pequenas falhas de papel. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1876.

Preço: 17 euros.



A PROPÓSITO DE TEATRO

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES OPORTUNAS OFERECIDAS
À INTELIGÊNCIA E REFLEXÃO DE TODOS OS
HOMENS DE BOA VONTADE


JOSÉ GAMBOA


Ensaios sobre teatro, dramaturgia, crítica, o Conservatório, os repertórios, a imprensa, e outros temas. Vide índice nas fotografias. Exemplar assinado com dedicatória ao cineasta Baptista-Rosa. Manuseado. Sólido. Com uma mínima falta de papel na contracapa. 425-(4) páginas. 12,5 x 19,2 cm. Lisboa: edição do autor, 1949.

Preço: 17 euros.



MEMÓRIAS DUM FERROVIÁRIO

(REVISOR DE BILHETES)


PEDRO DE FREITAS


Descrição de 40 anos vividos em comboios: sugestiva lição de vida social, ferroviária, sexual, educativa, profissional, psicológica, etc. 

Com capítulos como: O funeral da carruagem-salão; A oficina, o telégrafo e a sinalização; O bilhete; O salão de primeira classe; Humorismo ferroviário. Vide índice nas fotografias.

Capa com desenho de Amílcar Mota. Ilustrado com um retrato do autor. 264 páginas. 14 x 19,5 cm. Bom exemplar. Montijo: edição do autor, 1954.

Preço: 30 euros.



O SACO

MEMÓRIAS DE UM BOXEUR


MATOS JÚNIOR
[MANUEL MATOS IDEIAS]


Foi campeão regional e defrontou os maiores boxeurs nacionais e espanhóis do seu tempo. Exerceu também as profissões de madeireiro, marçano, guarda-costas, comerciante, arrumador de cinema, estivador, etc. Uma vida sob o signo do infortúnio. Evocadas conhecidas personalidades do meio desportivo e artístico. Um romance vivido e uma advertência à mocidade. Um grito de desespero, mordaz, pungente, angustiante… [texto da contracapa].

Manuel Matos Ideias, conhecido como pugilista pelo nome Matos Júnior, publicou há 50 anos estas memórias da sua vida e carreira em parceria com o jornalista Fernando Laidley. Capa com desenho de J. Ribeiro, datado de 1966. Exemplar assinado pelo boxeur com dedicatória de página inteira. Exemplar estimado. 140 páginas. 13,8 x 20,2 cm. Lisboa: Edições Tapete Mágico, [s.d.].

Preço: 25 euros.



DA ESSÊNCIA, DA EXISTÊNCIA E DA VALÊNCIA

INVESTIGAÇÕES SÔBRE AS RAÍZES METAFÍSICAS DO
PENSAMENTO E AS PERSPECTIVAS
TRANSCENDENTAIS DO SER


JOSÉ GARCIA DOMINGUES


Tese de Doutoramento em Ciências Filosóficas apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, e separata da Revista da Faculdade de Letras, tomo VII. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória de página inteira. Vide índice nas fotografias supra. 18 x 25,5 cm. 149 páginas. Capa algo cansada, com falha de papel na cabeça da lombada. Miolo impecável. Lisboa: Universidade de Lisboa, 1939.

Preço: 22 euros.



LIVROS I.º e II.º


FERNANDO GUERREIRO


Deste livro foram impressos, em off-set, sobre chapa de cartão, 250 exemplares, que custaram ao autor, graças à colaboração de alguns amigos gráficos (sem os quais esta edição não teria sido sequer possível), a módica quantia de 15 mil escudos. Com a venda dos volumes (que não tenham sido, entretanto, distribuídos pelos amigos), ao preço unitário (!) de cem escudos, o responsável pelos textos espera recuperar o dinheiro inicialmente investido, de modo a, ainda este ano, possivelmente no (fim do) Outono, pelo mesmo processo, mas em melhores condições técnicas, fazer sair (como toupeiras matreiras) das tocas em que se encontram, respectivamente os LIVROS III.º e IV.º (com textos de 1976/77). Para que conste. No ano de MCMLXXVII.

Primeiro livro do poeta, ensaísta, tradutor e professor universitário Fernando Guerreiro (n. 1950). Com 266-(1) páginas (soltas), não colado nem agrafado, e 17 x 22,5 cm. Lisboa: edição do autor, 1977.

Exemplar que concorreu ao Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes, em Novembro de 1977 [que premiou Sophia de Mello Breyner Andresen com O Nome das Coisas], e ficou na posse de um dos júris, donde a nota a lápis na capa: «menção honrosa».

Raro.

Preço: 40 euros.



A CERVEJA SAGRES NA COZINHA PORTUGUESA


Edição de uma selecção das 596 receitas “com cerveja Sagres” recebidas pela Sociedade Central de Cervejas quando realizou o seu 2.º Concurso Nacional de Culinária: sopas, peixes, mariscos, crustáceos, moluscos, aves, caça, coelho manso, cabrito, carneiro, vaca, vitelo, porco, sobremesas, bolos grandes, bolos pequenos, biscoitos. Grande maioria das receitas com o nome do concorrente que as enviou. 151 páginas. 15 x 21 cm. Bom estado. Uma edição da Sociedade Central de Cervejas, [s.l.], 1975.

Preço: 15 euros.


Coristas, 1941

[06Fev17]

cori1

cori4


CORISTAS

Comédia em 3 Actos

ARMANDO VIEIRA PINTO


O autor [Viana do Castelo, 1906 – Lisboa, 1964] foi jornalista, dramaturgo, letrista de fado, argumentista, realizador.

Antecede a peça com um prefácio sobre o processo de escrita de teatro, o público e a crítica. Segue-se a lista das personagens e actores que as representaram na noite de estreia a 27 de Março de 1942, no Teatro Nacional D. Maria II.

Exemplar com assinatura de posse, a lápis, datada, do humorista José Sesinando, que sublinhou a seguinte passagem do prefácio (pág. 7):

Para que de uma obra risonha possam tirar-se conclusões sérias, são necessários um certo poder de raciocínio imediato e um profundo sentido do humor. Nem uma nem outra destas qualidades, infelizmente, são peculiares ao nosso público.

Na (colecção) Biblioteca Teatral “Teatro do Povo”. Desenho da capa não assinado. 173 páginas. 13 x 18,5 cm. Bom estado. Porto: Livraria Tavares Martins, 1941.

Preço: 18 euros.



MANUAL DE PATINAGEM ARTÍSTICA SOBRE RODAS

DANÇAS OBRIGATÓRIAS


MARCELINO J. NOGUEIRA


Um manual preparado para a Escola de Patinagem Artística do Grupo Cultural e Desportivo da TAP, pensado para oferecer uma aprendizagem progressiva e «boa orientação quanto ao ensino da técnica exigida». Com a explicação teórica e gráfica dos passos de dança para cada uma das 44 danças obrigatórios, e capítulos sobre dança livre, a filosofia da dança internacional, as regras dos júris ou a música apropriada. Vide fotografias do índice.

Invulgar. Manuseado e com ligeira perda de cor na capa. Ilustrado com desenhos, esquemas e fotografias. Com 231 páginas acrescidas de uma folha volante de 4 páginas sobre o foxtrot italiano, com o esquema e as explicações dos passos de dança. 16 x 23,2 cm. Lisboa: Grupo Cultural e Desportivo da TAP, 1979.

Preço: 45 euros.



DO SÍTIO DE NOSSA SENHORA
AO ACTUAL LARGO DA AJUDA


MÁRIO DE SAMPAYO RIBEIRO


Conferência ao ar livre efectuada, por iniciativa do Pelouro Cultural da Câmara Municipal de Lisboa, no Largo da Ajuda, na tarde de 10 de Novembro de 1935.

Ilustrado. E contado com olisipofilia! Opúsculo de 23 páginas, e 18,5 x 24 cm. Em bom estado. Publicações dos Anais das Bibliotecas, Museus e Arquivos Históricos Municipais, n.º X, Lisboa, 1936.

Invulgar.

Preço: 17 euros.



A URBANIZAÇÃO DE LISBOA


Representação entregue à excelentíssima Câmara Municipal pelo

GRUPO AMIGOS DE LISBOA


«Como é do conhecimento de todos, Lisboa não possue um plano geral de melhoramentos, a-pesar-de três quartas partes da sua área estarem ainda por urbanizar». Deste modo, o Grupo Amigos de Lisboa «tem a honra de apresentar (…) um estudo elaborado pela sua Secção de Estudos de Estética e de Urbanização».

Com 16 páginas, e muitas propostas. 17,8 x 24 cm. Bom estado.
Lisboa: Grupo Amigos de Lisboa, 1938.

Preço: 10 euros.



INAUGURAÇÃO DA PONTE
SOBRE O TEJO EM LISBOA

6 DE AGOSTO DE 1966

PROGRAMA DAS COMEMORAÇÕES


Programa oficial das comemorações na inauguração da ponte sobre o Tejo em Lisboa, para os dias 6, 7 e 8 de Agosto de 1966, sábado, domingo e segunda-feira: cortejos, exposições, arraiais, concertos e marchas populares, a projecção do filme sobre a construção da ponte, a exposição «A Ponte Vista pelas Crianças», fogos-de-artifício, regatas, missas, sessões solenes, recepções e touradas, jantares de gala e bailados!
Sem imagens no interior, apenas o horário de cada um dos eventos, para cada um dos dias. Capa cuidada, com moldura em filete de ouro, o selo de Estado impresso a relevo, e uma ilustração minimalista. No interior, oito páginas, 3 das quais impressas, uma por dia das comemorações. 16,8 x 24 cm. Bom estado salvo pequenas manchas na capa, visíveis na fotografia.
Com a chancela do Gabinete da Ponte Sobre o Tejo, do Ministério das Obras Públicas, Lisboa, 1966.

Preço: 18 euros.



ORIGENS DO BAIRRO ALTO DE LISBOA

Verdadeira Notícia por


MARIO SAA


Opúsculo de 15 páginas, bem documentado. Transcreve no final «uma das 24 escripturas que o auctor deste opúsculo possúe àcêrca dos primeiros aforamentos no Bairro-Alto», datada de 1526, e provavelmente conservada aqui. Bom estado. Invulgar. 18,5 x 26,3 cm. Lisboa: Solução Editora, 1929.

Preço: 30 euros.


Pohl: JEM

[02Fev17]


JEM

A CONSTRUÇÃO DE UMA UTOPIA


FREDERIK POHL


Jem is a novel dealing with three of the great themes of SF: first contact with intelligent alien species, planetary disaster, and future politics – the political ideal of utopia for one thing, but also the Machiavellian politics of power-blocs, balance of power, “brinkmanship,” and imperialism. [Richard D. Erlich]

Capa de José Eduardo Rocha. Título original: JEM. The Making of a Utopia. Tradução de Maria de Lurdes Medeiros. 315 páginas. 15 x 21 cm. Excelente estado de conservação. Encadernação editorial em tela azul, com sobrecapa. Lisboa: Gradiva, 1986.

Preço: 15 euros.



LIMITES
PINTURAS RECENTES
NÃO-PINTURA
NO PRINCÍPIO ERA O VERBO


JOÃO VIEIRA


LIMITES. Catálogo ilustrado da exposição na Galeria Valbom, em Lisboa, em 2000. Texto de Bernardo Pinto de Almeida. Exemplar assinado pelo pintor com dedicatória. Com 72 páginas e 22,5 x 28,5 cm. Bom estado. Lisboa: Galeria Valbom, 2000.
Preço: 30 euros.

PINTURAS RECENTES. Catálogo ilustrado da exposição na Galeria Valbom, em Lisboa, em 2002. Textos do autor, de Raquel Henriques da Silva, Helder Macedo e João Fernandes. Exemplar assinado pelo pintor com dedicatória. Com 40 páginas e 22,5 x 28,5 cm. Bom estado. Lisboa: Galeria Valbom, 2002.
Preço: 30 euros.

NÃO-PINTURA. Catálogo ilustrado da exposição na Casa da Cerca — Centro de Arte Contemporânea, em Almada, integrada no Festival de Teatro de Almada 2008. Com textos de Emília Ferreira (“Olho Vivo e Mão Ligeira”), e Joaquim Benite. Com 55 páginas, e 21 x 27,5 cm. Bom estado. Almada: Casa da Cerca, 2008.
Preço: 12 euros.

NO PRINCÍPIO ERA O VERBO. Catálogo ilustrado da exposição por ocasião da 1.ª Bienal Internacional de Artes Plásticas e IX edição do Prémio Vespeira, organização da Câmara Municipal do Montijo, em 2008. Textos de Jaime Silva, João Vieira e Paulo Simões Rodrigues. Tiragem de 500 exemplares. 40 páginas. 21 x 27 cm. Capa com recorte. Montijo: Galeria Municipal, 2008.
Preço: 15 euros.