ses0


HETEROPSICOGRAFIA

65 variações sobre a
AUTOPSICOGRAFIA de Fernando Pessoa


JOSÉ SESINANDO


Variações (humorísticas) sobre o poema «Autopsicografia», de Fernando Pessoa. Primeira e única edição, sem distribuição comercial. Edição do autor, de tiragem muito reduzida, e encadernação de argolas. Não numerado. Primeiras (5) páginas verdes, as restantes (65) brancas. 15 x 21 cm. Impresso na Aquasan, Lisboa, [s.d.], provavelmente na segunda metade da década de 80. Raro.

Letras da capa indiciam proveniência de Victor Palla, irmão do autor, que na época e impresso na mesma Aquasan, desenhou muito semelhantes letras para o título de um livro próprio.

Preço: 25 euros.



 

A Não Perder: o artigo de José Barreto sobre o
I Congresso Ressoano de Vale da Parra: aqui.

 



CONSTANTINO GUARDADOR DE
VACAS E DE SONHOS


ALVES REDOL


Assinado com dedicatória não datada pela esposa do escritor, Maria dos Santos Mota Redol.

Fala Alves Redol sobre a personagem principal do livro (p.102): «Embora inspirado na vida de um jovem [do Freixial], Constantino Cara-Linda, meu vizinho e amigo, este livro não é bem a crónica rigorosa do seu passadio. Inspira-se nele, reprodu-lo nas imagens que ilustram o texto [da primeira edição], mas recria-o e inventa-o também naquela medida em que o escritor decanta ou engravida a realidade de que se apossa com amor ou com raiva.»

12.ª edição. 121 páginas. 11 X 17,5 cm. Muito bom estado de conservação. Sem defeitos tirando o inevitável amarelecimento do tipo de papel desta colecção. Colecção Livros de Bolso Europa-América n.º 100. Lisboa: Publicações Europa-América, 1988.

Preço: 17 euros.


aco11aco6


DIZERES DO PÔVO


ANTÓNIO CORRÊA D’OLIVEIRA


O poeta usando como mote para as suas quadras uma escolha de cento e quinze (115) dizeres do pôvo.

3.ª edição, muito provavelmente no mesmo ano da primeira (1911). Mini-livro (7,5 x 11,5 cm), encadernado em tecido de fantasia, sem as capas de brochura. Assinatura de posse no topo da página de guarda. 146 páginas. Lisboa: Livrarias Aillaud e Bertrand, [s.d.].

Preço: 15 euros.


clerc2


O CELIBATO CLERICAL


JOSÉ MANOEL DA VEIGA


Memoria que serviu de fundamento a uma das theses dos Actos Grandes, de seu author o Dr. José Manoel da Veiga, commendador da ordem de Christo, cavalleiro da Conceição, oppositor ás cadeiras de direito na Universidade de Coimbra e advogado na côrte, fallecido a 25 de septembro de 1859.

2.ª edição de uma obra rara e importante, primeiramente editada em 1822, e que segundo Fernando Catroga, foi «a melhor expressão teórica da discussão ocorrida no período vintista sobre o celibato eclesiástico». Esta reedição de 1866 ocorre aquando do reerguer da questão na década de 60 do século XIX.

Com 198-xxvi páginas, e 13 x 20,5 cm. Capa cansada. Exemplar razoável. Lisboa: Typ. da Sociedade Typographica Franco-Portugueza, 1866.

Preço: 25 euros.



A ARISTOCRACIA DO GENIO E DA
BELLEZA FEMINIL NA ANTIGUIDADE


JOSÉ PALMELLA


SemiramisSapho de MityleneCorinnaAspasia  —
PhrynéCleopatraHypathia de Alexandria

Com uma carta de Victor Hugo.
Introdução de Júlio César Machado.
As primeiras 85 páginas, antes da obra propriamente dita, incluem ainda cartas ao autor de Angel Fernandez de Los Rios, Marianna Angelica de Andrade e Narcisa Amália; juízos críticos de Amália Figueirôa, Izabel Bueno, Luiz Guimarães Júnior, Quirino dos Santos, Rebello de Vasconcellos, Manuel Nuñez de Prado, Guiomar Torrezão, e de outros escritores e da imprensa portuguesa; e os prefácios das  anteriores quatro edições do livro. Vide índice nas fotografias.

Ensaios biográfico-líricos dedicados a destacadas e libertárias figuras femininas da antiguidade. 5.ª edição, «augmentada». 304 páginas.  21,2 x 13,4 cm. Capa bastante manchada, interior com manchas ténues, visíveis nas fotografias. Lombada com pequenas falhas de papel. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1876.

Preço: 17 euros.



O PROCESSO DAS TRÊS MARIAS

DEFESA DE MARIA ISABEL BARRENO


DUARTE VIDAL


… Os censores portugueses, com o maquievelismo próprio das suas sinistras consciências, remeteram as três escritoras, como autoras de um livro pornográfico, Novas Cartas Portuguesas, para a Polícia encarregada da averiguação dos delitos comuns.
Tal acusação por pornografia e ofensas à moral pública, não foi mais do que um pretexto que escondia as verdadeiras causas da perseguição criminal promovida, que eram, essencialmente, de natureza política. [texto da contracapa]

Autoria do advogado de Maria Isabel Barreno. Com depoimentos de Urbano Tavares Rodrigues, Augusto Abelaira, Natália Nunes, José Tengarrinha, Vasco Vieira de Almeida, Maria Lamas e Carlos Correia Gago. Inclui uma carta de José Gomes Ferreira na qualidade de Presidente da Associação Portuguesa de Escritores, e declarações de Natália Correia em julgamento. Vide índice nas fotografias. 89 páginas. Formato “fósforo”: 11,5 x 24 cm. Capa manuseada. Bom estado geral. Colecção Panfleto, n.º1, da Editorial Futura, Lisboa, 1974.

Invulgar.

Preço: 18 euros.



As obras de WILLIAM SHAKESPEARE, editadas pela Lello, nas traduções de D. Luiz de Bragança. Encadernações editoriais sintéticas, com gravações nas pastas visíveis nas fotografias. Papel superior, sem manchas. Mantêm capas de brochura. Em bom estado.

HAMLET. Drama em Cinco Actos. Prefácios de Luís Cardim e Vieira de Almeida. Com a seguinte nota manuscrita, na contracapa de brochura: «Edição inspirada pela Fundação da Casa de Bragança e feita sobre os originais existentes no Paço Ducal de Vila Viçosa. Exemplar oferecido a (nome ilegível) pelo sócio-gerente da … editora José Lello. Fev.º 56». De 256 páginas e 19 x 25,5 cm. Porto: Lello & Irmão, 1956.
Preço: 25 euros.

OTELO, o Mouro de VenezaTragédia em Cinco Actos. Prefácio de Jorge de Faria. Com a seguinte nota manuscrita, na contracapa de brochura: «Esta obra foi inspirada pela Fundação da Casa de Bragança e feita sobre os originais existentes no Paço Ducal de Vila Viçosa. Exemplar oferecido a (nome ilegível) pelo editor José Lello. Fev.º 56». De 241 páginas e 19 x 25,5 cm. Porto: Lello & Irmão, 1956.
Preço: 25 euros.

RICARDO IIIDrama Histórico em Cinco Actos. Prefácio de Vieira de Almeida. De 266 páginas e 19 x 25,5 cm. Porto: Lello & Irmão, 1956. Capa com pequeno defeito.
Preço: 15 euros.