DISCURSO SOBRE A
REABILITAÇÃO DO
REAL QUOTIDIANO


MÁRIO CESARINY DE VASCONCELOS


Um dos títulos pioneiros editados pela Contraponto de Luiz Pacheco, logo em 1952. Com dedicatória autógrafa, de amizade e admiração, a um actor emérito do teatro português do século XX, dividida entre a capa e o interior, pelo editor Luiz Pacheco. 28 páginas. 23,2 x 16,8 cm. Capas um pouco mais manchadas que o interior, e micro falta de papel nos cantos inferiores (exteriores) de ambas as capas, visível nas fotografias supra. Lisboa: Contraponto, [1952].

Raro.

Preço: 120 euros.



JOÃO RODRIGUES


Introdução por

MÁRIO CESARINY


Monografia dedicada ao pintor João Rodrigues (1937-1967), a partir de pinturas e desenhos colhidos das colecções de Mário Cesariny, Cruzeiro Seixas, Ernesto Sampaio, Francisco Relógio, Mário Alberto, Vítor Silva Tavares, e outros.

Com um texto de Mário Cesariny, «A Norma de Bellini» (1963/1990). Capa mole. Com (22)+118+(8) páginas, 21,5 x 21 cm. Lombada descolorada. Bom estado geral. Lisboa: Salamandra, 1994.

Inclui recorte de jornal, não assinado, sobre António Maria Lisboa, publicado na última página do suplemento dominical do Diário de Coimbra (15 Novembro 1981).

Preço: 30 euros.



MÁRIO CESARINY


RAÚL LEAL
NATÁLIA CORREIA
LIMA DE FREITAS


A obra plástica. Textos de Raúl Leal, Natália Correia e Lima de Freitas. Encadernação editorial com sobrecapa. Inclui fotografias, desenhos, pinturas, colagens, e notícia bio-bibliográfica. Com 212 páginas (130 em papel couché, com reproduções a preto e branco e a cores). 23 x 22,5 cm. Bom estado geral. Lisboa: Secretaria de Estado da Cultura, 1977.

Preço: 40 euros.



POESIA

(1944-1945)


MÁRIO CESARINY DE VASCONCELOS


Antologia que reúne A Poesia Civil / Discurso Sobre a Reabilitação do Real Quotidiano / Pena Capital / Manual de Prestidigitação / Estado Segundo Alguns Mitos Maiores Alguns Mitos Menores Propostos à Circulação pelo Autor.

Com um desenho à pena de João Rodrigues, hors-texte couché. Brochado. 360 páginas. 21 x 14,5 cm. Bom estado geral, mas com assinatura de posse a um canto do ante-rosto e zona da lombada mais amarelecida pelo sol. Lisboa: Delfos, [1961].

Preço: 40 euros.



TITÂNIA

e

A CIDADE QUEIMADA


MÁRIO CESARINY


Primeira edição de Titânia, História Hermética em Três Religiões e Um Só Deus Verdadeiro com Vistas a Mais Luz como Goethe Queria, texto de 1953, seguido de A Cidade Queimada (I – O Navio de Espelhos, II – Diário da Composição). Ilustrado com duas reproduções de colagens, a preto e branco. 112 páginas. 21 x 13,5 cm. Capa descolorada numa pequena faixa do canto superior esquerdo. Bom estado geral. Colecção Poesia Século XX, n.º 15, Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1977.

[em conjunto com:]

TITÂNIA, História Hermética em Três Religiões e Um Só Deus Verdadeiro com Vistas a Mais Luz como Goethe Queria, edição revista e alterada, em 1993. Ilustrado com duas imagens a cores, de página inteira, no início e final (manuscrito e colagem). 132 páginas. 20,5 x 13,5 cm. Bom estado. Colecção Obras de Mário Cesariny, n.º 11. Lisboa: Assírio & Alvim, 1994.

Preço (conjunto): 40 euros.



MANUAL DE PRESTIDIGITAÇÃO


MÁRIO CESARINY


Antologia. Reúne poemas escritos entre 1942 e 1956, pertencentes a Burlescas, Teóricas e Sentimentais / Visualizações / Discurso Sobre a Reabilitação do Real Quotidiano / Alguns Mitos Maiores Alguns Mitos Menores Propostos à Circulação pelo Autor / Manual de Prestidigitação. 175 páginas. 19,8 x 13,3 cm. Colecção Obras de Mário Cesariny, n.º 1, Lisboa: Assírio e Alvim, 1981.

Preço: 20 euros.



O CLUBE DOS ANTROPÓFAGOS


MANUEL DE LIMA


Teatro surrealista. Primeira edição. Apreendido pela PIDE. Volume inaugural da Colecção Vária, dirigida por Vítor Silva Tavares para a editora Ulisseia, dirigida por Serafim Ferreira. Capa de Rocha de Sousa. 128 páginas. 18 x 11,5 cm. Lisboa: Ulisseia, [Março de] 1965.

Bom estado.

Preço: 45 euros.



SERÕES DA BEIRA


SARAH BEIRÃO


Contos. 5.º milhar. 3.ª edição. 274 páginas. 19,5 x 12,7 cm. Colecção Portuguesa, n.º 2, da Editorial Domingos Barreira, Porto, 1940.

Estimada meia encadernação de pele, com cantos, ricamente floreada na lombada. Conserva capas de brochura, e miolo aparado apenas à cabeça. Com um canto do rosto restaurado.

Dedicatória autógrafa da autora a Caeiro da Matta, «fulgurantíssima inteligência», em Julho de 1948 — e que, segundo selo da [sua] biblioteca discretamente apenso à página de guarda da pasta frontal, o tinha arrumado na Secção de Benfica (“Biblioteca 1”), estante B, prateleira XI, com o número 924.

Invulgar.

Preço: 40 euros.