O ESPÍRITO E A GRAÇA DE FIALHO


LUÍS DE OLIVEIRA GUIMARÃES


Dedicatória do autor ao jornalista e escritor José Ribeiro dos Santos. Capa com a reprodução de uma caricatura de Celso Hermínio. Compilação de pequenas histórias e colecção de citações temáticas de Fialho de Almeida, curioso. 163+(5) páginas. 19,2 x 12,8 cm. Bom estado geral. Edição Romano Torres, Lisboa, 1957.

Preço: 18 euros.


 


O ESPÍRITO E A GRAÇA DE EÇA DE QUEIROZ


LUÍS DE OLIVEIRA GUIMARÃES


Carta-prefácio de Fradique Mendes. Capítulos dedicados à celebridade, ao humorismo, a pequenas histórias e a “ironias e paradoxos”, no ano do centenário. Capa com desenho de Manuel Santana. 144 páginas. 19,1 x 12,8 cm. Lombada com manchas leves. Miolo limpo e por abrir. Edição Romano Torres, Lisboa, 1945.

Preço: 12 euros.


 


O ESPÍRITO E A GRAÇA DE CAMILO


LUÍS DE OLIVEIRA GUIMARÃES


Colectânea de histórias, citações e excertos, em busca das subtilezas do humor camiliano. Autografado pelo autor com dedicatória a José Ribeiro dos Santos, jornalista e escritor. 160 páginas. 19,3 x 12,3 cm. Lombada amarelecida. Miolo limpo, parcialmente por abrir. Bom exemplar. Edição Romano Torres, Lisboa, 1952.

Preço: 18 euros.


 


ALMANACH DA LIVRARIA INTERNACIONAL

DE ERNESTO CHARDRON PARA

1874


coordenado por
ALBERTO PIMENTEL


Primeiro Anno. Colaboração de Teixeira de Vasconcelos, D. António da Costa, Bulhão Pato, Camilo Castelo Branco, Guerra Junqueiro, D. Guiomar Torrezão, Júlio César Machado, Lopo de Sousa, Oliveira Júnior, Pinheiro Chagas, Rangel de Lima, Sousa Viterbo, Tomás Ribeiro e António Feliciano de Castilho. Coordenação editorial de Alberto Pimentel.

Em brochura. Ilustrado no texto. 22 x 15 cm. 64 páginas de almanaque seguidas de 16 páginas do catálogo das recentes edições de Chardron (1870-1873). Composto e impresso na Tipografia de António José Teixeira. Porto: Livraria Internacional de Ernesto Chardron, 1873.

Manuseado. Com falta da capa posterior e partes da lombada (não impressa). Miolo com ocasionais picos de oxidação. Invulgar.

Preço: 40 euros.


 


O PARENTE DE CINCOENTA E TRES MONARCHAS


CAMILO CASTELO BRANCO


Artigo que «foi publicado primeiramente no “Brinde aos Senhores Assignantes do Diário de Noticias” em 1867 (o III da sére XXXV, págs. 83 a 97) e mais tarde incluído no volume Coisas leves e pesadas» [ler aqui Eloy do Amaral sobre a história a que se refere este texto de Camilo].

António da Costa Leão republicou-o em folhetim no Diário de Notícias de 30-IV e 1-V-1924, após o que tirou esta separata acrescida de elucidativa nota bibliográfica, com o produto total da venda a destinar-se à Subscrição Nacional para o Monumento a Camilo.

18+(2) páginas. 18,2 x 12,3 cm. Capa com vinco ligeiro. Bom estado geral. Lisboa: Diário de Notícias, 1924.

Preço: 20 euros.


 


Á BEIRA DO CENTENÁRIO DE CAMILO


CARLOS BABO


Com dedicatória do autor datada de 1938, e cinta alusiva ao monumento a Camilo, entre a capa e o miolo. 123+(5) páginas. 19,2 x 13 cm. Capa manchada. Miolo no geral limpo. Lisboa: Portugália Editora, [192-].

Preço: 20 euros.


 


POESIAS


JOÃO AUGUSTO FERREIRA RANGEL


Edição póstuma preparada por Carlos Rangel de Sampaio, filho de Ferreira Rangel (1822-1898), com a reprodução de apreciações feitas por Camilo Castelo Branco nas Noites de Insónia, e uma carta de  Camilo a Ferreira Rangel sobre uma morte (mal) anunciada.

224 páginas. 20 x 13 cm. Inclui folha volante publicitária a uma obra de Carlos Malheiro Dias, Filho das Hervas, com uma abonatória “Carta às mães” de Júlio Dantas. Miolo no geral limpo. Capa com manchas leves. Lombada com falhas de papel nas extremidades. Frágil. Lisboa: Livraria Editora de Tavares Cardoso & Irmão, 1900.

Preço: 22 euros.


 


PROBLEMA CAMILIANO ESCLARECIDO


JOSÉ DE ABREU


Opúsculo complementar a um artigo publicado no ano anterior por José de Abreu [Revista de Portugal, n.º 246, Junho de 1966], dedicado a esclarecer a data da primeira edição de um raro folheto de Camilo Castelo Branco.

Exemplar da tiragem normal de 150 exemplares, composto e impresso na Tipografia da Graça, Lisboa, 1967, com dedicatória de amizade do autor. 15+(1) páginas. 18,2 x 12,5 cm. Capa com manchas leves. Miolo limpo. No geral, bom exemplar.

Preço: 15 euros.


 


MUSEU DA REAL ASSOCIAÇÃO DOS ARCHITECTOS CIVIS E ARCHEOLOGOS PORTUGUEZES

(NO LARGO DO CARMO)

Actual Museu Aqueológico do Carmo. Mínima nota introdutória: meia página. Catálogo não ilustrado, transcreve algumas inscrições romanas. Selo de antiga biblioteca pessoal no interior e exterior da capa frontal. Algumas emendas a lápis, não-recentes.

58+(4) páginas. 19 x 12,5 cm. Capa manchada. Miolo (aparado) no geral limpo. Lisboa: Typographia Universal de Thomaz Quintino Antunes, impressor da Casa Real, 1876.

Preço: 14 euros.


 


O HOSPITAL DE S. JOSÉ
E ANNEXOS EM 1853


MANUEL CESÁRIO DE ARAÚJO E SILVA


Opúsculo. Procedimentos administrativos, regulamentos, tabelas, melhoramentos recentes, contabilidade e logística, alguma história: o estado do Hospital de S. José em 1853. Invulgar.

Capas quase soltas, com pequenas faltas e marcas superficiais de bicho do papel, junto à lombada. Miolo aparado, no geral limpo. 111+(3) páginas. 21,2 x 15,3 cm. Lisboa: Typ. da Imprensa, na Rua dos Douradores, 1853.

Preço: 20 euros.


 


REGIMENTO DO HOSPITAL DE TODOS OS SANTOS


Título completo: REGIMENTO DO ESPRITAL DE TODOLOS SANTOS DE EL-REY NOSSO SENHOR DE LISBOA Que deu El-Rey D. Manuel no Ano do Senhor de 1504 e que é pela primeira vez dado em livro pelo Laboratório Sanitas em Novembro de 1946 nesta cidade de Lisboa.

Do Regimento do Hospital de Todos os Santos, «há duas versões no Arquivo do Hospital de S. José, ambas manuscritas, sendo uma, a original, escapada a dois incêndios, ao terramoto de 1755 e ao incêndio que se lhe seguiu, outra, “a leitura nova”, posterior. / A edição que fazemos é duma cópia revista, em face do original quinhentista e da “leitura nova”, pelos distintos funcionários Francisco de Bettencourt Atayde e Eduardo Santa Clara d’Agrella, sob a direcção de Ataíde e Melo, ilustre arquivista do Hospital de S. José, feita por determinação do antigo sub-secretário de estado da assistência social, Joaquim Dinis da Fonseca.» [in Prefácio, p. 8]

Autografado com dedicatória, no ante-rosto, por Fernando da Silva Correia, autor do prefácio e coordenador da edição, à época director do Instituto Ricardo Jorge. Com 4 ilustrações em extra-texto couché. 83+(13)+[8] páginas. 22 x 15,5 cm. Bom estado. Composto e impresso nas oficinas gráficas da Casa Portuguesa. Lisboa: Laboratório Sanitas, 1946.

Preço: 27 euros.


 


O PROBLEMA DA HABITAÇÃO


FRANCISCO KEIL DO AMARAL


A partir de uma conferência do autor. Com oito páginas de extra-textos fotográficos em papel couché. 39+(9)+[8] páginas, por abrir. 19 x 12 cm. Carimbo «Oferta dos Editores» na página de guarda. Miolo com algumas manchas. Capa manuseada. Colecção Cadernos Azuis – Problemas Contemporâneos, n.º 12. [Integralmente digitalizado pela OARS, aqui.] Porto: Livraria Latina Editora, 1945.

Preço: 14 euros.


 


NÃO HÁ RENDAS BAIXAS, HÁ RENDAS ESPECULATIVAS

É IMPOSSÍVEL O AUMENTO DE RENDAS


M. ROQUE LAIA


O preço das rendas das casas, tal como o do pão, dos transportes colectivos, têm de ter em conta a capacidade económica do público utente, ou seja, neste caso, a dos arrendatários. [p. 29]

Autoria de Mariano Roque Laia, advogado de causas difíceis em tempos cinzentos. Ilustrado nas capas com fotografias de reportagem de O Século Ilustrado, 3 de Julho de 1971. Na capa e no rosto figura o símbolo da AIL para o cooperativismo habitacional, sob o lema «um lar para cada família».

41+(3) páginas. 26 x 18,5 cm. Capa com alguns picos de oxidação concentrados junto a uma das margens. Bom estado geral. Impresso na Empresa Gráfica Casa Portuguesa. Edição do autor patrocinada pelas Associações dos Inquilinos Lisbonenses e do Norte de Portugal, Lisboa, 1971.

Preço: 14 euros.


 


O BOM HUMOR NOS TRIBUNAIS PORTUGUESES


MONTALVÃO MACHADO


2.ª edição, aumentada, corrigida e ilustrada. Capa e caricatura do autor por seu filho Júlio Augusto. Ler uma das crónicas aqui. 171+(5) páginas, maioria por abrir. 21,8 x 15,6 cm. Capas parcialmente amarelecidas. Bom estado geral. Composto e impresso na Tipografia Gomes. Porto: Livraria Avis, 1967.

Preço: 35 euros.


 


FUTILIDADES VELHAS OU IDEIAS NOVAS?

UM PLANO PRÁTICO PARA SALVAR A CIVILIZAÇÃO MODERNA

“SIMÃO, O ZELOSO”


O conteúdo dêste livro abrange assuntos que muito interessam a Humanidade inteira; permite-nos atingir uma felicidade que não representa apenas um bem-estar emotivo e uma satisfação intelectual, mas ainda alguma coisa mais duradoira e sólida e de utilidade prática nas nossas vidas cotidianas. 

Prefácios de Ramada Curto e Urbano Rodrigues [não é improvável que todo o livro seja um trabalho conjunto dos dois prefaciadores, sob pseudónimo]. Brochado. 206+(2) páginas. 19,2 x 12 cm. Lombada com ligeira perda de cor. Capa com pequenas manchas dispersas. Bom estado geral. Composto e impresso na Imprensa Artística, Lda., Lisboa, 1938. Em depósito na Parceria António Maria Pereira, Livraria-Editora.

Preço: 15 euros.


 


NAS NUVENS…


SETE RAPARIGAS


Romance expressamente escrito para o jornal A VOZ, Lisboa, 1932. Publicado em folhetins a partir do dia 26 de Abril desse ano. Colecção completa. 94 páginas. 19,2 x 12,7 cm. Encadernação caseira. No miolo, o topo de dois pares de páginas encontra-se rasgado, mas sem perda de papel ou texto [ver fotografia]. Um exemplar satisfatório de um folhetim efémero e anónimo.

Preço: 16 euros.


 


HISTÓRIA DA IMPRENSA PERIÓDICA PORTUGUESA

SUBSÍDIOS PARA UMA BIBLIOGRAFIA


JOSÉ MANUEL MOTTA DE SOUSA
LÚCIA MARIA MARIANO VELOSO


Inclui cartão de oferta, manuscrito, sem data nem dedicatário, do Director da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, Aníbal Pinto de Castro (1938-2010), autor do prefácio (palavras de apresentação). Com índices geográfico, onomástico, ideográfico e de títulos. 252 páginas (por abrir). 24,4 x 16,8 cm. Bom estado. Colecção Catálogos e Bibliografias n.º 4. Coimbra: Biblioteca Geral da Universidade, 1987.

Preço: 18 euros.


 


ORIGENS DA IMPRENSA EM PORTUGAL


ARTUR ANSELMO


Circunscrevemos o nosso trabalho à produção tipográfica portuguesa do século XV. O seu objecto é, assim, a análise hstórico-tipológica dos documentos impressos em Portugal desde a data da introdução da imprensa de caracteres móveis até 1500, inclusive. [p. 21]

Com dezenas de ilustrações no texto, e índice onomástico. 510+(6) páginas. 28 x 21 (x 3,5) cm. Lombada amarelecida. Capa com mancha solar. Miolo limpo. No geral, um bom exemplar. « […] na década em que se completam 500 anos da entrada da tipografia em Portugal». Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 1981.

Preço: 45 euros.


 


CAMÕES E A CENSURA LITERÁRIA INQUISITORIAL


ARTUR ANSELMO


Exemplar de uma tiragem de mercado de 700 exemplares, este o n.º 498, numerados e assinados pelo autor. Separata dos Arquivos do Centro Cultural Português (Paris, vol. XVI, 1981). Ilustrado com um fac-simile desdobrável. 83+(5) páginas, maioria por abrir. 28 x 19,6 cm. Capa amarelecida junto à margem inferior. Miolo limpo. Bom exemplar. Braga: Barbosa & Xavier, 1982.

Preço: 24 euros.


 


PONTO INTERNACIONAL


ARTUR ANSELMO


Compõem este livro alguns textos escritos para servirem de bordão às crónicas de política internacional que a televisão tem divulgado desde 1962. Textos temporais, portanto: mas textos onde nunca abandonei a minha condição de clerc (no sentido inicial de «aspirante») e, por isso, merecedores, talvez, de serem agrupados em livro. [do Pre-Texto]

Crónicas. Dedicatória do autor no ante-rosto, curiosa. Ilustrado com 32 páginas extra-texto com fotografias a preto. Brochado com 186+(6)+[32] páginas. 19,5 cm x 13,5 cm. Bom estado geral. Lisboa: Editorial Verbo, 1970.

Preço: 22 euros.


 


DOCUMENTOS PARA A

HISTÓRIA DA TIPOGRAFIA PORTUGUESA

NOS SÉCULOS XVI E XVII


VENÂNCIO DESLANDES


Reprodução em fac-símile do exemplar com data de 1888 da Biblioteca da INCM. Introdução de Artur Anselmo. Com um retrado de Venâncio Deslandes, reprodução de uma gravura de 1905. [Índice dos tipógrafos reproduzido em duas das fotografias supra ⇑ ]. Edição sob os auspícios da Comissão Executiva do V Centenário do Livro Impresso em Portugal. Em bom estado. 316+(4) páginas. 24,4 x 16,8 cm. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1988.

Preço: 30 euros.


 


A TRAGÉDIA DA RUA DAS FLORES


EÇA DE QUEIROZ


Álbum ilustrado com dezenas de gravuras e desenhos “de época”, no texto, extraídos de incontáveis obras da literatura popular europeia de final de séc. XIX-início do século XX, à melhor maneira de José Vilhena. Termina com uma série de fotografias, de página inteira, de Lisboa há 40 anos, dando a ver os cenários do romance à data da edição. Brochado. 128+(32) páginas. 32 x 23 cm. Bom estado. Lisboa: Edições Branco e Negro, 1980.

Preço: 20 euros.


 


PRIMEIRO DE MAIO


EÇA DE QUEIROZ


Ilustrações de João Abel Manta. Edição de um ensaio de Eça de Queirós na Gazeta de Notícias, Rio de Janeiro, n.º 170, 19 de Junho de 1892, cuja primeira página é reproduzida no final da brochura, em fac-simile. 18 páginas. 29 x 21 cm. Bom estado. Lisboa: O Jornal, 1979.

Preço: 18 euros.


 


OBRAS DE EÇA DE QUEIROZ


Vol. 1 — O Crime do Padre Amaro — A Cidade e as Serras — Prosas Bárbaras — Contos — O Primo Basílio — A Ilustre Casa de Ramires — O Mandarim — A Relíquia.

Vol. 2 — Os Maias — Cartas de Inglaterra — Últimas Páginas — As Minas de Salomão — Correspondência de Fradique Mendes — Ecos de Paris — Cartas Familiares — Notas Contemporâneas.

Vol. 3 — A Capital — O Conde de Abranhos — Alves & C.ª — Correspondência — O Egipto — Cartas Inéditas de Fradique Mendes — Uma Campanha Alegre — O Mistério da Estrada de Sintra — Eça de Queirós entre os seus.

Em cada volume, algumas ilustrações a cor, em extra-texto couché. Mais de 5000 páginas, em papel bíblia (1676, 1656 e 1698). Com 19,2 x 12,5 (x 14) cm. Encadernações editoriais em pele, gravadas a ouro. Bom estado geral. Porto: Lello & Irmão, 1966.

Preço: 125 euros.


 


CONTOS


EÇA DE QUEIROZ


Inclui os contos: «Singularidades de uma rapariga loira», «Um poeta lírico», «No moinho», «Civilização», «O tesoiro», «Frei Genebro», «Adão e Eva no Paraíso», «A aia», «O defunto», «José Matias», «A perfeição» e «O suave milagre».

4.ª edição. Encadernação sintética em muito bom estado de conservação. Com capas de brochura. Miolo aparado, raras manchas. Bom exemplar. 332 páginas. 18 x 11,5 cm. Porto: Livraria Chardron, de Lello & Irmão, 1918.

Preço: 17 euros.


 


A CORRESPONDÊNCIA DE FRADIQUE MENDES

(MEMÓRIAS E NOTAS)

EÇA DE QUEIROZ


4.ª edição. Encadernado sem capas de brochura, com esparsas marcas de desgaste na lombada em pele. Miolo aparado, com manchas ocasionais. Exemplar satisfatório. 268 páginas. 18 x 11,5 cm. Porto: Livraria Chardron, de Lello & Irmão, 1915.

Preço: 12 euros.


 


DO OUTRO LADO

CANÇONETA CÓMICA

ALFREDO DE MORAES PINTO
(PAN-TARANTULA)


Ilustrações de Rafael Bordalo Pinheiro, catorze (14) no texto e duas (2) nas capas: desenho da capa “continua” na contracapa, e a frente e o verso do livro estão trocados, de acordo com o título. Mais detalhe aqui.

16 páginas. 18,5 x 12 cm. Impresso na Typographia Elzeviriana. Miolo limpo. Capas com manchas leves junto às margens. Em bom estado geral, pese embora as capas quase soltas, mantidas pela linha de cosedura em dois pontos. Lisboa: Tavares Cardoso & Irmão, 1885.

Preço: 60 euros.



CANÇÕES DA TARDE


BULHÃO PATO


Exemplar com assinatura de posse, na folha de rosto, de José Maria Barbosa de Magalhães, ilustre aveirense (1879-1959), um dos autores da Constituição de 1911, ministro na Primeira República, bastonário da Ordem dos Advogados na década de 30 e membro da Comissão Directiva do MUD, na década de 40.

Brinde aos Senhores Assignantes do Diário de Notícias. Data na capa difere da data no rosto (1866). Livro de poemas que inclui versos a José Estevão, mas também à cantora Lotti, ambos complementados com alguns parágrafos de notas evocativas.

Capa com nota manuscrita “2.º brinde”. Encadernação com a lombada em pele, sóbria e estimada, em muito bom estado de conservação. Miolo apenas aparado à cabeça, carminado, conserva capas de brochura. 108+(4) páginas. 18,5 x 12,3 cm. Conjunto invulgar. Lisboa: na Typographia Universal de Thomaz Quintino Antunes, 1867.

Preço: 45 euros.


 


SOB OS CIPRESTES

VIDA ÍNTIMA DE HOMENS ILUSTRES

BULHÃO PATO


Capítulos dedicados a: Almeida Garrett, Francisco Maria Bordalo, Lopes de Mendonça, José Estevão, Rodrigo Paganino e João Luís Gonçalves, Luís Augusto Rebelo da Silva, Silva Gaio, Gonçalves Dias, Santos e Silva, Guilherme Braga, António Feliciano de Castilho e Francisco Montês Champalimaud.

Primeira edição, em brochura e em bom estado, embora com ocasionais picos de oxidação e uma falta de papel na contracapa (canto superior exterior), pouco relevante. Com (8)+366+(1) páginas, e 18,7 x 11,7 cm (intonso). Lisboa: Livraria Bertrand, 1877.

Preço: 40 euros.


 


CARTAS INÉDITAS

DE OITENTA E CINCO ESCRITORES PORTUGUESES DA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIX E DO PRIMEIRO QUARTEL DO SÉCULO ACTUAL

Prefaciadas e anotadas por
CÂNDIDO DE FIGUEIREDO


Cartas de: Abel Botelho, Adolfo Coelho, Alexandre Herculano, Amélia Janny, Antero de Quental, António Cândido, António José Viale, Augusto Soromenho, Bernardino Pinheiro, Braamcamp Freire, Bulhão Pato, Camilo Castelo Branco, António Feliciano de Castilho, Conde de Casal-Ribeiro, Conde de Monsaraz, Conde de Sabugosa, Conde de Samodães, Cunha Rivara, Dom António da Costa, Dom João da Câmara, Duarte Guimarães, Pereira Caldas, Doutor Sousa Martins, Xavier Rodrigues Cordeiro, Tomás de Carvalho, Xavier da Cunha, Eduardo Augusto Vidal, Emídio Navarro, Eugénio de Castilho, Fernandes Costa, Fernando Caldeira, Ferreira Lapa, Francisco Palha, Almeida Garrett, Gervásio Lobato, Gomes de Amorim, Gomes Leal, Gonçalves Crespo, Gonçalves Viana, Guerra Junqueiro, Guilherme Braga, Guilherme de Azevedo, Guimarães Fonseca, Inocêncio Francisco da Silva, João de Deus, João de Lemos, João Penha, Joaquim Martins de Carvalho, Sampaio Bruno, José Silvestre Ribeiro, José de Sousa Monteiro, José Veríssimo, Júlio de Castilho, Júlio César Machado, Latino Coelho, Luís Augusto Palmeirim, Luís Guimarães, Manuel Duarte de Almeida, Maria Amália Vaz de Carvalho, Mariana Angélica de Andrade, Mendes Leal, Miguel de Bolhões, Narciso de Lacerda, Olavo Bilac, Pinheiro Chagas, Ramalho Ortigão, Ramos Coelho, Rudolfo Dalgado, Sales Lencastre, Santos Valente, Silva Pinto, Silveira da Mota, Sílvio Romero, Simões Dias, Sousa Viterbo, Teixeira de Queirós, Teixeira de Vasconcelos, Tomás Ribeiro, Trindade Coelho, Teófilo Braga, Vilhena Barbosa, Visconde de Benalcanfor, Sanches de Frias, Zeferino Brandão.

Intonso e em brochura. (xvi)+208+(4) páginas. 22,5 x 15 cm. Capa (com algumas manchas) e lombada (amarelecida) com mínimas falhas (marginais) de papel. Rio de Janeiro: H. Antunes & C.ª, [1924]. Composto e impresso em Lisboa.

Preço: 22 euros.


 


CORRESPONDÊNCIA EPISTOLAR


EÇA DE QUEIROZ
EMÍLIA DE CASTRO


Cartas inéditas de Emília de Castro, e a sua correspondência epistolar com outros destinatários: Jaime Batalha Reis, Oliveira Martins, Luís de Magalhães, Celeste Cinatti Batalha Reis, Ramalho Ortigão e Veridiana Prado.

Com dezenas de ilustrações a cor e a preto (fac-similes e fotografias), termina com índices de nomes e índices temáticos, uma árvore genealógica parcial de Emília de Castro (desdobrável) e um calendário perpétuo para o século XIX.

Leitura dos autógrafos, introdução e anotações de A. CAMPOS MATOS. Coordenação da edição: Daniel Santos. Edição comemorativa do 150.º aniversãrio do nascimento de Eça de Queirós. 827+[1]+(5) páginas. 27 x 21 (x 5,5) cm. Encadernação editorial. Bom estado. Porto: Lello & Irmão – Editores, 1995.

Preço: 45 euros.


 


A RELIQUIA


EÇA DE QUEIROZ


Terceira edição. Com retrato do autor em couché, a par do rosto. (22)+495 páginas. 18,3 x 12 cm. Encadernação com a lombada em pele, da época, e selo do encadernador J. A. Santos, do Porto. Sem capas de brochura. Miolo aparado. Carimbo de posse sumido no rosto. Bom estado geral. Porto: Livraria Chardron, de Lello & Irmão, Editores, 1902.

Preço: 22 euros.


 


AS TÉCNICAS E A FUNÇÃO DO DESENHO DE PERSONAGEM
NAS TRÊS VERSÕES DE

O CRIME DO PADRE AMARO


MARIA LUÍSA NUNES


Tese de doutoramento em Filosofia, cadeira de Língua e Literatura Luso-Brasileira, pela City University of New York, 1972. Consultor: Ernesto G. da Cal. Traduzido por N. Barros do original inglês. (8)+570 páginas. 18,5 x 12,7 (x 3,5) cm. Com ligeiro desgaste nas arestas da capa. Porto: Lello & Irmão, Editores, 1976.

Preço: 17 euros.


 


SÔBRE EÇA DE QUEIRÓS


CASTELO BRANCO CHAVES


«Quatro notas» que estudam «o temperamento e a posição estética de Eça» e «o mecanismo das influências nesse romancista, documentando-o com dois casos de diferente qualidade e importância».

N.º 23 da colecção Cadernos Culturais Inquérito [n.º 2 da série G, Crítica e História Literária]. 74+(6) páginas. 18,8 x 12,2 cm. Amarelecido. Bom estado geral. Lisboa: Editorial Inquérito, 1939.

Preço: 12 euros.


 


ECHOS DE PARIZ


EÇA DE QUEIROZ


Terceira edição. Ver índice dos assuntos (). Com 227+(3) páginas. 18,5 x 11,5 cm. Encadernação inteira, sintética, sóbria, em bom estado. Miolo aparado. Com capas de brochura. Bom exemplar. Porto: Livraria Chardron, de Lello & Irmão, 1920.

Preço: 15 euros.


 


ULTIMAS PAGINAS

(MANUSCRIPTOS INEDITOS)
S. CHRISTOVAM — STO. ONOFRE — S. FREI GIL — ARTIGOS DIVERSOS

EÇA DE QUEIROZ


Comporta as «Lendas de Santos» dedicadas a São Cristovão, Santo Onofre e São Frei Gil; uma carta a Camilo Castelo Branco; a «Última carta de Fradique Mendes»; o «Testamento a Mecenas»; e «O Francezismo».

Terceira edição. Com viii+386+(2) páginas. 18,5 x 11,5 cm. Encadernação inteira, sintética, sóbria, em bom estado. Miolo aparado. Com capas de brochura. Bom exemplar. Porto: Livraria Chardron, de Lello & Irmão, 1921.

Preço: 17 euros.


 


POLÉMICAS

DE EÇA DE QUEIROZ


Organização, introdução e notas de
JOÃO C. REIS


Obra completa em cinco volumes, cobrindo os períodos (1867-1872, dois primeiros vols.), (1874-1887) e (1887-1890, dois últimos vols.). Ver reprodução integral dos índices (). Total de 1088 páginas [228+(4); 209+(3); 263+(1); 227+(1); 150+(2)], e 23 x 16 (x 7) cm. Ligeira descoloração nas lombadas dos volumes I, II e V. Bom estado. Colecção Heuris. Lisboa: Europress, 1987-1988.

Preço: 50 euros.


 


AS MULHERES NA OBRA DE
EÇA DE QUEIRÓS


LUÍS DE OLIVEIRA GUIMARÃES


Eça de Queirós e o Realismo — O amor na obra de Eça de Queirós — Como ele via a mulher — Como ele pintava as mulheres — A Moda — Eça e o seu chapéu alto. 100+(4) páginas. 19 x 12,3 cm. Capa com picos de oxidação dispersos, miolo limpo. Bom exemplar. Colecção Gládio n.º 14, série VI, Letras e Artes. Lisboa: Livraria Clássica Editora, 1943.

Preço: 12 euros.


 


NOVAS CARTAS INÉDITAS DE EÇA DE QUEIROZ

CAMILLO, GUERRA JUNQUEIRO, OLIVEIRA MARTINS, TEOPHILO BRAGA,
JOÃO DE DEUS, CASTILHO, FIALHO, ANTÓNIO FEIJÓ E CÂNDIDO DE FIGUEIREDO
A

RAMALHO ORTIGÃO


Cartas de Eça de Queirós, maioritariamente, mas também de Camilo Castelo Branco, Guerra Junqueiro, Oliveira Martins, Teófilo Braga, João de Deus, António Feliciano de Castilho, Fialho de Almeida, António Feijó e Cândido Figueiredo — dirigidas a Ramalho Ortigão.

Introdução de Bricio de Abreu, prefácio de Lopes d’Oliveira e posfácio de Álvaro Moreyra. LII+(4)+244+(2) páginas. 19,4 x 13 cm. Colecção “Dom Casmurro”, sob a direcção de Álvaro Moreyra e Bricio de Abreu. Tiragem de 5000 exemplares numerados (este o n.º 2142). Rio de Janeiro: Alba Editora, 1940.

Encadernação em óptimo estado, miolo manuseado: meia encadernação de pele, conserva capas de brochura, e lombada no final, em miolo não-aparado, com ocasionais manchas e pequenas marcas de restauro; falta de um canto de página (sem perda de texto) na página 240; dupla assinatura de posse no início da introdução, datada de Lisboa, 20/6/47.

Preço: 24 euros.


 


EÇA DE QUEIRÓS ENTRE OS SEUS

CARTAS ÍNTIMAS

apresentado por sua filha

MARIA D’EÇA DE QUEIRÓS
ANTÓNIO D’EÇA DE QUEIRÓS


Dividido em seis partes: Noivos, «um desenho luminoso», Agosto de 1885 a Fevereiro de 1886 — Bristol, «a affeição e dedicação de uma vida inteira», Fevereiro de 1886 a meados de 1889 — Paris, «felizes aquelles que não precisam de andar longe de quem amam», meados de 1889 a Agosto de 1890 — Neuilly, «arte e amor com A grande!», fins de 1889 a Setembro de 1893 — Avenue du Roule, «um cantinho de fogão», 1893 a Outubro de 1899 — e Trágico 1900, «recolho a Paris», de Janeiro ao trágico dia 16 de Agosto de 1900).

Meia-encadernação de pele com cantos, e lombada com dois rótulos e quatro nervos, em bom estado. Com vários pormenores decorativos invulgares, tanto na lombada como nas pastas. Miolo não aparado, limpo, conserva capas de brochura, e lombada no final. 476 páginas e um retrato de família hors-texte. 20 x 13 cm. Um exemplar invulgar e estimado. Porto: Livraria Lello & Irmão, 1948.

Preço: 40 euros.


 


CORRESPONDÊNCIA


EÇA DE QUEIRÓS


548 cartas. Termina com uma resenha bibliográfica do epistolátrio queirosiano, e um índice de cartas dispersamente publicadas.

Alguns dos destinatários: Jaime Batalha Reis, Ramalho Ortigão, Manuel da Silva Gaio, Luís de Magalhães, Conde de Sabugosa, Joaquim de Araújo, Cristovão Aires, Fialho de Almeida, Conde de Arnoso, Machado de Assis, Teófilo Braga, Barão de Rio Branco, Camilo Castelo Branco, Eugénio de Castro, Pinheiro Chagas, Ernesto Chardron, Eduardo Coelho, Latino Coelho, Conde de Ficalho, Jaime de Magalhães Lima, Oliveira Martins, Columbano Bordalo Pinheiro, Antero de Quental, Teixeira de Queirós, et caetera.

Leitura, coordenação, prefácio e notas de Guilherme de Castilho. Capa de Armando Alves. Obra completa em 2 volumes, ilustrados extra-texto com fotografias e fac-similes. Cerca de 1300 páginas: [10]+640+(8) no primeiro volume, e [10]+622+(12) no segundo. Em brochura. 24,2 x 15 (x 7) cm. Lombadas ligeiramente amarelecidas e com leves vincos de leitura. Capas com ténues marcas de manuseio. Miolo limpo. Exemplares interessantes e sólidos. Na Biblioteca de Autores Portugueses da Imprensa Nacional – Casa da Moeda, Lisboa, 1983.

Preço: 27 euros.


 


CORRESPONDÊNCIA CONSULAR


EÇA DE QUEIRÓS


Edição de Alan Freeland. Tradução de José Moura Carvalho. Ilustrado com alguns fac-símiles, e um retrato do autor, em papel couché, extra-texto. Inclui índice analítico. Com [2]+LXII+[8]+198+(4) páginas. 23 x 16 cm. Bom estado. Lisboa: Edições Cosmos, 1994.

Preço: 22 euros.