EÇA DE QUEIRÓS ENTRE OS SEUS

CARTAS ÍNTIMAS

apresentado por sua filha

MARIA D’EÇA DE QUEIRÓS
ANTÓNIO D’EÇA DE QUEIRÓS


Dividido em seis partes: Noivos, «um desenho luminoso», Agosto de 1885 a Fevereiro de 1886 — Bristol, «a affeição e dedicação de uma vida inteira», Fevereiro de 1886 a meados de 1889 — Paris, «felizes aquelles que não precisam de andar longe de quem amam», meados de 1889 a Agosto de 1890 — Neuilly, «arte e amor com A grande!», fins de 1889 a Setembro de 1893 — Avenue du Roule, «um cantinho de fogão», 1893 a Outubro de 1899 — e Trágico 1900, «recolho a Paris», de Janeiro ao trágico dia 16 de Agosto de 1900).

Meia-encadernação de pele com cantos, e lombada com dois rótulos e quatro nervos, em bom estado. Com vários pormenores decorativos invulgares, tanto na lombada como nas pastas. Miolo não aparado, limpo, conserva capas de brochura, e lombada no final. 476 páginas e um retrato de família hors-texte. 20 x 13 cm. Um exemplar invulgar e estimado. Porto: Livraria Lello & Irmão, 1948.

Preço: 40 euros.


 


CORRESPONDÊNCIA


EÇA DE QUEIRÓS


548 cartas. Termina com uma resenha bibliográfica do epistolátrio queirosiano, e um índice de cartas dispersamente publicadas.

Alguns dos destinatários: Jaime Batalha Reis, Ramalho Ortigão, Manuel da Silva Gaio, Luís de Magalhães, Conde de Sabugosa, Joaquim de Araújo, Cristovão Aires, Fialho de Almeida, Conde de Arnoso, Machado de Assis, Teófilo Braga, Barão de Rio Branco, Camilo Castelo Branco, Eugénio de Castro, Pinheiro Chagas, Ernesto Chardron, Eduardo Coelho, Latino Coelho, Conde de Ficalho, Jaime de Magalhães Lima, Oliveira Martins, Columbano Bordalo Pinheiro, Antero de Quental, Teixeira de Queirós, et caetera.

Leitura, coordenação, prefácio e notas de Guilherme de Castilho. Capa de Armando Alves. Obra completa em 2 volumes, ilustrados extra-texto com fotografias e fac-similes. Cerca de 1300 páginas: [10]+640+(8) no primeiro volume, e [10]+622+(12) no segundo. Em brochura. 24,2 x 15 (x 7) cm. Lombadas ligeiramente amarelecidas e com leves vincos de leitura. Capas com ténues marcas de manuseio. Miolo limpo. Exemplares interessantes e sólidos. Na Biblioteca de Autores Portugueses da Imprensa Nacional – Casa da Moeda, Lisboa, 1983.

Preço: 27 euros.


 


CORRESPONDÊNCIA CONSULAR


EÇA DE QUEIRÓS


Edição de Alan Freeland. Tradução de José Moura Carvalho. Ilustrado com alguns fac-símiles, e um retrato do autor, em papel couché, extra-texto. Inclui índice analítico. Com [2]+LXII+[8]+198+(4) páginas. 23 x 16 cm. Bom estado. Lisboa: Edições Cosmos, 1994.

Preço: 22 euros.


 


ALBUM DE ESTATISTICA GRAPHICA DOS
CAMINHOS DE FERRO DO ULTRAMAR
1903


Com mapas in-folio do caminho de ferro de Mormugão, dos caminhos de ferro do sul da Índia, do caminho de ferro de Lourenço Marques, e do caminho de ferro de Luanda a Ambaca, cada um deles complementado com diversos mapas estatísticos e gráficos (mercadorias, movimentos, receitas, etc.). Termina com um mapa desdobrável dos caminhos de ferro do sul de África (63,7 x 57,3 cm).

Álbum (37,5 x 26,5 cm) em cartonagem editorial com lombada em tela verde. Com (2)+xi+(57)+[1] páginas. Capa manchada. Miolo no geral limpo, com ocasionais picos de acidez marginais. Papel superior. Pequeno carimbo azul de oferta do Ministério da Marinha no rosto. No geral, um exemplar interessante.

Edição da 3.ª Repartição da Direcção Geral do Ultramar, do Ministério do Mar e da Marinha, Lisboa, na Typographia da «A Editora», 1905.

Preço: 70 euros.