ARTISTAS DE LAGOS

SÉCULOS XVI E XVII


VÍTOR MANUEL SERRÃO


Dedicatória de amizade do autor na primeira página. Ilustrado com 4 reproduções em extra-texto couché. 28+[4] páginas. 25,5 x 18,5 cm. Bom estado. Separata dos Arquivos do Centro Cultural Português, volume II. Paris: Fundação Calouste Gulbenkian, 1970.

Preço: 18 euros.


 


O COMPROMISSO DOS PESCADORES DA «NOTÁVEL» CIDADE DE LAGOS


ALBINO LAPA


Exemplar assinado por Albino Lapa, no ante-rosto, com dedicatória a um «ilustre amigo».

Na capa, «alegoria henriquina com as armas de Lagos pelo arquitecto Eduardo Martins Bairrada». Ilustrado com fotografias e desenhos, a preto, no texto. 60+(4) páginas. 25 x 18,5 cm. Separata do Boletim da Pesca n.º 69, Lisboa, 1960.

Preço: 20 euros.


 


A MULHER ALGARVIA


AMÍLCAR LOURO


No Algarve — idílico jardim odorante embalado languidamente pela brisa suave de um mar de cobalto — sonha e desponta uma rainha em dia de núpcias: — a algarvia.
Mercê de circunstâncias várias, como sejam a ancestralidade tão rica em motivos lendários, recordados em afável e patriarcal convívio, e a influência do clima adormecedor, propício à indolência, a nossa mulher mais meridional tem ainda uma certa predisposição ingénita para se entreter com os castelos de fadas e toda a sorte de quimeras expressas nos contos, quasi sempre de feição luso-árabe, transmitidos desde os tempos remotos por tantas gerações.
O sangue mouro que lhe corre nas veias impele-a a um viver ofegante, ansioso, ardente. Suspira por anelantes e insaciáveis carinhos de noivado perene. Procura encaminhar a existência para um sonho de mil e uma noites — e assim facilmente se entranha no prazer. É a mulher mais sensual do nosso país.

[pp. 16-17]

Capa de Neves de Sousa (desenho de 1945). Prefácio de Luís Forjaz Trigueiros. 93+(7) páginas. 19 x 13 cm. Exemplar interessante, com dedicatória não-autoral, e capas com algumas manchas. Miolo limpo. Composto e impresso nas oficinas gráficas da Editorial do Povo, [s.l.], 1946.

Preço: 17 euros.



DO “LOGO DO OLHAM”
À “VILA DO OLHÃO DA RESTAURAÇÃO”


ANTERO NOBRE


História de Olhão. Brochado. 32 páginas. 24 x 17,4 cm. Ilustrado. Colecção Estudos Algarvios (dirigida pela Comissão Cultural da Casa do Algarve), 2.ª série, Monografias Locais, n.º VI. Tiragem de 600 exemplares. Bom estado. Lisboa: Casa do Algarve, 1959.

Preço: 15 euros.


 


VISTO E OUVIDO…
EM OLHÃO… REFLEXÕES


JOSÉ BARBOSA


Memórias em forma de crónicas. Ilustrado com algumas fotografias antigas, creditadas a Hélio Ramos. Brochado. 210 páginas. 21 x 15 cm. Bom estado. Edição da Câmara Municipal de Olhão (carimbo de oferta), em 1993.

Preço: 17 euros.


 


FARO NO SÉCULO XVII

A «URBE» E A «CIVITAS»


JOSÉ ANTÓNIO PINHEIRO E ROSA


Exemplar assinado com dedicatória extensa do autor a Falcão Machado.

Inclui cartão pessoal de Pinheiro e Rosa, director dos Museus Municipais, manuscrito na frente e no verso, para o mesmo dedicatário.

Ilustrado com uma reprodução desdobrável, em papel couché, da «mais antiga gravura de Faro». 55 páginas. 24,5 x 17 cm. Capa cansada, com manchas e vincos. Miolo limpo. Separata dos Anais do Município de Faro, Faro, 1980.

Conjunto invulgar.

Preço: 17 euros.


 


RESTOS DE OSSÓNOBA,
NO LARGO DA SÉ, EM FARO


ABEL VIANA


Separata dos n.ºs 39 a 46 da Revista do Sindicato Nacional dos Engenheiros Auxiliares, Agentes Técnicos de Engenharia e Condutores, Lisboa, 1949. Com várias fotografias e desenhos do autor, e algumas fotografias de Mário Lyster Franco. 36 páginas. 24 x 18,5 cm. Bom estado. Impresso na Tipografia das Avenidas, em Lisboa.

Preço: 15 euros.


 


ÍDOLO CILÍNDRICO DE CALCÁREO,
OCULADO, DO ALGARVE


AFONSO DO PAÇO
GONÇALO LYSTER FRANCO


Separata do Vol. I das Actas e Memórias do I Congresso Nacional de Arqueologia, ilustrada com várias fotografias e desenhos, e assinada por um dos autores, Afonso do Paço. 9 páginas. 25 x 19 cm. Bom estado. Lisboa, 1959.

Preço: 14 euros.


 


LEVANTAMENTO ARQUEOLÓGICO DO ALGARVE
CONCELHO DE VILA DO BISPO


MÁRIO VARELA GOMES
CARLOS TAVARES DA SILVA


Colaboração de Isilda Maria Pires Martins. Ilustrado, a preto, com fotografias, desenhos, mapas e plantas. Na capa, menir de Aspradantas.

Brochado. 84 páginas. 23 x 21 cm. Bom estado. Edição dao Delegação Regional do Sul da Secretaria de Estado da Cultura, 1987.

Preço: 17 euros.


 


MANUEL MARTINS

official de entalhador e escultor famozo


FRANCISCO LAMEIRA


… uma personalidade artística destacada mas mal conhecida que durante mais de vinte anos domina em muitos aspectos o panorama plástico da cidade de Faro: MANUEL MARTINS (1667-1742)

Ilustrado com 18 fotografias, creditadas a Nany (Faro). 44 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Bom estado de conservação. Faro: ADEIPA, 1986.

Preço: 12 euros.



O LIVRO DE ALPORTEL


ESTANCO LOURO


Título completo: O LIVRO DE ALPORTEL / Monografia de uma Freguesia Rural — Concelho / Livro I — A Geografia / Livro 2 — A História / Livro 3 — A Vida Económica / Livro IV — A Vida Mental / Livro V — A Vida Social / — Esboço Monográfico de uma Família / — Conclusões

2.ª edição, esgotada [houve 3.ª, em 1996, com diferente capa]. Prefácio de João Pires da Cruz. Com xv+(7)+470+(29) páginas, e 24 x 16,5 (x 4) cm. Ilustrado (tabelas e alguns mapas desdobráveis). Mínimas imperfeições. Bom estado geral. São Brás de Alportel: Câmara Municipal, 1986.

Preço: 35 euros.


 

Reedição e reunião da obra original de Estanco Louro, um estudo de pormenor da história, etnografia e geografia do concelho, que «inclui um estudo de caso sobre uma família rural e também uma recolha de contos tradicionais, cantos de Natal, e outros géneros literários no âmbito da literatura oral e da tradição oral», bem como «um estudo dialectológico do “falar” Alportelense, acompanhado de gramática e vocabulário» [vide catálogo da Biblioteca Estanco Louro].


 


RESTOS DE CAMINHOS ROMANOS NAS CALDAS DE MONCHIQUE


ABEL VIANA
JOSÉ FORMOSINHO
OCTÁVIO DA VEIGA FERREIRA


Exemplar assinado com dedicatória, pelos três autores do estudo, ao escultor Raul Xavier (Macau, 1894 — Lisboa, 1964).

Separata dos n.ºs 29-30 da Revista do Sindicato Nacional dos Engenheiros Auxiliares, Agentes Técnicos de Engenharia e Condutores.

Ilustrado com várias fotografias, desenhos e mapas, a preto. 11 páginas. 25 x 18,5 cm. Invulgar. Lisboa, 1948.

Preço: 24 euros.


 


A SERRA DE MONCHIQUE

FLORA E VEGETAÇÃO


J. MALATO BELIZ


Ilustrado. Fotografias do autor. Impresso em papel couché, com alguns desdobráveis (tabelas, e mapas geográficos).

Brochado. 92 páginas. 21 x 15 cm. Capa com ligeiro desgaste nas arestas. Miolo limpo. Colecção Parques Naturais, n.º 10. Lisboa: Serviço Nacional de Parques, Reservas e Património Paisagístico da Secretaria de Estado do Ambiente, 1982.

Preço: 18 euros.