Memórias do Marquês de Bradomin — RAMÓN DEL VALLE-INCLÁN — 1958

[29Dez21]


SONATAS

MEMÓRIAS DO MARQUÊS DE BRADOMIN


RAMÓN DEL VALLE-INCLÁN


Na verdade, estas Memórias, a que o autor, dividindo-as em Sonatas, quis dar um fundo musical — o que inteiramente consegue — e que decorrem numa atmosfera, ao mesmo tempo exótica e histórica, não são mais do que a ressureição, diremos mesmo, a actualização do símbolo de D. João, em todos os seus aspectos burlescos e trágicos. [da badana]

Tradução de Domingos Monteiro. Capa assinada «V. Cruz». Brochado. 373-(3) páginas. 19,5 x 13 cm. Muito ligeiros vinco de leitura na lombada. Pequena assinatura de posse a um canto do rosto. No geral, um bom exemplar. Porto: Editora Educação Nacional, [13 de Maio de] 1958.

Preço: 12 euros.


 

%d bloggers like this: