LINHA DE TERRA

POEMAS

ANTÓNIO DE SOUSA


Desenho na capa de Manuel Ribeiro de Pavia. 65+(3) páginas (por abrir). 19 x 12,5 cm. Da tiragem normal de 500 exemplares. Bom estado de conservação. Capa com pequenas manchas. Lisboa: Editorial Inquérito, 1951.

Preço: 25 euros.



LIVRO DE BORDO


ANTÓNIO DE SOUSA


Com um poema-prefácio de Vitorino Nemésio. Segunda edição, ilustrada por Manuel Ribeiro de Pavia (1910-1957), que já não chegou a ver a obra editada. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória, visível numa das fotografias. Tiragem de 750 exemplares. 162 páginas. 19,5 x 14 cm. Capa com alguns picos de oxidação, miolo com uma pequena mancha amarela junto à margem em meia-dúzia de páginas. Invulgar. Uma edição muito cuidada das Publicações Europa-América, Lisboa, 1957.

Preço: 30 euros.


 


HOMENS DO MEU TEMPO

IMPRESSÕES PSYCHOPATHOLOGICAS.
NOTAS INEDITAS E DADOS BIBLIOGRAPHICOS.

JOÃO PAULO FREIRE
(MÁRIO)


[Razão da obra]
Foi a «pneumonica» que deu origem a êstes apontamentos.

Muito fraco, depois de um mês de cama. e de ter estado com pé e meio «do lado de lá» (…)

Memórias e impressões, escritas em 1918 mas apenas publicadas em 1924, de diversas “personalidades” da época:

Adelino Mendes, Agostinho Fortes, Alberto Pimentel, Alberto Souza, Albino de Souza Cruz, Alfredo Serrano, Álvaro Neves, D. António Barroso, Augusto José Vieira, Azedo Gneco, Bartolomeu Constantino, Bernardino Machado, Conde de Pinheiro Domingues, Cruz Magalhães, Domingos Pinto Coelho, Estevão de Vasconcelos, Faustino da Fonseca, Garibaldi Falcão, Hermano Neves, Henrique Marques Júnior, Jaime Victor, João Franco Monteiro, João Lage, João de Vasconcelos e Sá (D. Tancredo), José Constante, José Maria Ançã, Júlio Dantas, Oldemiro César, Raposo de Oliveira, Tomás Joaquim de Almeida, Visconde de Morais, Zeferino de Oliveira e Zuzarte de Mendonça.

1.º volume. 1.º milhar. Em brochura. 272 páginas. 19 x 12,3 cm. Bom estado geral (preço antigo escrito a lápis na capa). Lisboa: Livraria Civilisação, [1924].

Preço: 22 euros.


 


O TESOURO DA CASA AMARELA

TEATRO INFANTIL

FERNANDA DE CASTRO


Ilustrações de Sarah Afonso. Brochado. 132 páginas. 19,5 x 14 cm. No geral, um bom exemplar. Colecção Biblioteca dos Pequeninos da Empresa Nacional de Publicidade, Lisboa, Páscoa de 1932.

Preço: 35 euros.


 


CARTAS PARA ALÉM DO TEMPO


FERNANDA DE CASTRO


Prefácio de João Bigotte Chorão. Capa sobre pintura de Anita Malfatti. Cartas de Fernanda de Castro a António Ferro, Luigi Pirandello, Mircea Eliade, Maeterlinck, Cecília Meireles, Carlos Drummond de Andrade, Bernardo Marques, Teresa Leitão de Barros, Virgínia Vitorino, José Carlos Ary dos Santos, e outros.

Fernanda de Castro comove-me. Ela tem o segredo de uma fórmula, que é a de atingir positivamente tanto a minha percepção crítica quanto a minha sensibilidade de leitora, o que não acontece muitas vezes. / E, já agora, aconselhamos o(a) leitor(a) a «fruir» devidamente o excelente prefácio de João Bigotte Chorão, «Carta a Fernanda de Castro», um texto denso e sentido, sem o peso de uma elaboração forçada e de dispensáveis complexidades exegéticas. [Da recensão crítica de Fernanda Botelho na Colóquio/Letras, ler aqui.]

Brochado. 164-(4) páginas. 20,5 x 14 cm. Bom estado geral, embora com leve assinatura de posse na página de guarda. Colecção Europavizinha — narradores, n.º 6. Lisboa: Europress, 1990.

Preço: 12 euros.