A IGNORÂNCIA DA MORTE

ALDEIA DE IRMÃOS
A MATÉRIA VOLÁTIL

ANTÓNIO OSÓRIO


Com dedicatória de amizade do autor, datada de 1982. 2.ª edição revista. Prefácio de Eugénio Lisboa. Brochado com sobrecapa. 203 páginas. 18,3 x 11,6 cm. Bom estado. Colecção Forma, n.º 15. Lisboa: Editorial Presença, 1982.

Preço: 35 euros.


 


A MITOLOGIA FADISTA


ANTÓNIO OSÓRIO


«A mais desenvolvida inquirição ideológica sobre o fado, cancro da vida e da cultura nacionais, segundo Lopes Graça. Desde as origens até pouco antes do 25 de Abril, procura o autor desvendar, neste livro, o fenómeno fadista nas suas principais implicações e pontos de apoio, pondo bem a claro o que ele comporta de aniquilante e servil.» [da contracapa]

1.ª edição. Brochado. 119,(1) páginas. 18 x 11,7 cm. Pequenas marcas de uso exteriores. Leve vinco de leitura na lombada. Miolo limpo. No geral, um bom exemplar. Colecção Horizonte n.º 25. Lisboa: Livros Horizonte, Junho de 1974.

Preço: 25 euros.


 


TORTURA DA CARNE


LEÃO PENEDO
GENTIL MARQUES


Romance inspirado no filme The Way of All Flesh, da Paramount Pictures (1940). Capa com um fotograma do filme. Brochado. 167,(1) páginas. 17,8 x 12,6 cm. Com pequenas marcas de uso exteriores. Miolo amarelecido, com assinatura de posse coeva na página de guarda. Mantém-se um exemplar interessante. Colecção Ecran n.º 1. Lisboa: Argo Editora, Novembro de 1957.

Preço: 12 euros.


 


METHODO PARA APRENDER A TOCAR

BANDOLIM


ADOLPHO ALVES RENTE


Methodo para aprender a tocar Bandolim, sem auxílio da música e do mestre. Ilustrado. 20 páginas. 23,5 x 16,2 cm. Bom estado. Lisboa: Livraria Romero, 1904.

Preço: 20 euros.


 


A BALADA DO CÁRCERE DE READING


OSCAR WILDE


Tradução de Gondin da Fonseca e Carlos Valente. Título original: The Ballad of Reading Gaol. Capa sobre fotografia de Alexander Gardner. Brochado. 20,5 x 14,5 cm. 67 páginas. Bom exemplar. Colecção Memória do Abismo, nº 34. Lisboa: Hiena Editora, 1992.

Preço: 13 euros.


 


OSCAR WILDE

ESTETA PARADOXAL


CRUZ MALPIQUE


Ensaio. Cruz Malpique era então professor no Liceu de Alexandre Herculano, no Porto. Brochado. 104 páginas (por abrir). 19,5 x 13,8 cm. Capa com manchas leves. Miolo limpo. Porto: edição do autor, distribuída pela Livraria Divulgação, em 1965.

Preço: 17 euros.


 


O CHICO-LARICO


LÍLIA DA FONSECA


Escrito em 1979, Ano Internacional da Criança. Ilustrações de Teles Afonso. Brochado. 57,(3) páginas. Formato álbum (29,5 x 21 cm). Bom estado geral (mínimas marcas de uso exteriores). Colecção Primavera, n.º 1. Cacém: Edições Ró, 1980.

Preço: 14 euros.


 


O TAMBOR DA PAZ


ETELVINA LOPES DE ALMEIDA


Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série Corrente, n.º 5. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Nota introdutória de Lília da Fonseca e Calvet de Magalhães. Ilustrado com a reprodução de linogravuras de alunos da Escola Técnica Elementar Francisco Arruda.

Brochado. 46,(2) páginas. 18 x 18 cm. Bom estado. Composto e impresso nas oficinas gráficas do Jornal do Fundão, Lisboa, Março de 1963.

Preço: 15 euros.


 


O AVIÃO DA FELICIDADE


CELESTINO DAVID


Ilustrações de Raquel Roque Gameiro. Brochado. 103,(1) páginas. 19,5 x 14 cm. Bom exemplar. Colecção Biblioteca dos Pequeninos («N.º Extraordinário – Ano Bom 1932») da Empresa Nacional de Publicidade, Lisboa, 1932.

Preço: 30 euros.


 


O ESPAÇO SERÁ PEQUENO


FREDRIC BROWN


Título original: Space On My Hands. Colecção Argonauta n.º 68 [v. fich. JV].

Tradução de Mário Henrique Leiria. Capa de Lima de Freitas. Com 177+(7) páginas, e 16 x 11 cm. Bom estado. Lisboa: Livros do Brasil, [1962].

Preço: 12 euros.



AS LUZES DO CÉU SÃO ESTRELAS


FREDRIC BROWN


Título original: The Lights in the Sky Are Stars. Colecção Argonauta n.º 228 [v. fich. JV].

Tradução de Maria Emília Ferros Moura. Capa de Manuel Dias. Com 179+(13) páginas, e 16 x 11 cm. Bom estado. Lisboa: Livros do Brasil, [1976].

Preço: 8 euros.


 


O SIGNO DO CÃO


JEAN HOUGRON


Título original: Le Signe de Chien. Colecção Argonauta n.º 81 [v. fich. JV].

Tradução de André Varga. Capa de Lima de Freitas. Com 177+(7) páginas, e 16 x 11 cm. Em bom estado geral, com pequenas marcas de uso na lombada e rubrica de posse no ante-rosto. Lisboa: Livros do Brasil, [1964].

Preço: 8 euros.


 


FILMES, FIGURAS E FACTOS
DA HISTÓRIA DO CINEMA PORTUGUÊS

1896-1949


M. FÉLIX RIBEIRO


Prefácios de Luís de Pina e de João Bénard da Costa, e introdução do autor:

Meti ombros a este trabalho na intenção de que nele ficassem apontados e respeitados muitos e variados aspectos do que foi a caminhada percorrida pelo cinema português ao longo do período que decorre entre o anos de 1896, quando Aurélio da Paz dos Reis dá as primeiras voltas de manivela, por intermédio da sua tão primitiva, embora eficiente, máquina de filmar, para nos oferecer a sua «Saída do Pessoal Operário da Fábrica Confiança», e o final de 1949, para nós um limite para os nossos propósitos […]

Capítulo I: 1.º Ciclo do Porto / Capítulo II: 1.º Ciclo de Lisboa / Capítulo III: 2.º Ciclo do Porto / Capítulo IV: 2.º Ciclo de Lisboa / Capítulo V: O sonoro chega a Portugal.

Com fotografias, anúncios, desenhos, caricaturas, fotogramas de filmes, etc. Brochado, 651+(5) páginas (papel couché), 25,8 x 17,8 cm. Bom estado geral. Lisboa: Cinemateca Portuguesa, 1983.

Preço: 30 euros.


 


OS MAIS ANTIGOS CINEMAS DE LISBOA
1896-1939

A DISTRIBUIÇÃO DE FILMES EM PORTUGAL
1908-1939


M. FÉLIX RIBEIRO


[Lista exaustiva dos Cinemas e Teatros referidos:] Animatographo de Alcântara, Animatographo do Rossio, Belém Cinema, Campolide Cinema, Capitólio, Casino Étoile, Chiado Terrasse, Cine Bélgica, Cine Esperança, Cine Ginásio, Cine Oriente, Cine Pátria, Cine Paris, Cine Tortoise, Cinema Avis, Cinema Colossal, Cinema Condes, Cinema Cosmopolita, Cinema Europa, Cinema Gil Vicente, Cinema Palácio, Cinema Palatino, Cinema Pathé, Cinema Popular, Cinema Promotora, Cinema Restauradores, Cinema Rex, Cinema Universal, Cinema Voz do Operário, Coliseu de Lisboa, Coliseu dos Recreios, Eden Cinema, Eden Concerto, Esplanada Belém-Jardim, Esplanada Monumental, Grande Animatographo de Alcântara, Imperial Cinema, Império (1916), Jardim Cinema, Lusitania Film, Lys, Max Cine, Novo Cine, Odéon, Olympia, Palais Cinema, Paradis Cinema, Paraíso de Lisboa, Paris Cinema, Pathé Cinema, Rossio Palace, Royal Cine, Roxy, Tivoli, Trianon Palace, The Wonderful, Salão Avenida, Salão Central, Salão Chantecler, Salão Chiado, Salão Cosmopolita, Salão Edison, Salão Fantástico, Salão Foz, Salão Ideal, Salão Liberdade, Salão Lisboa, Salão Portugal (Alfama), Salão Portugal (Ajuda), Salão Rubi, Salão Theatro de Variedades, Salão das Trinas, Salão Recreio da Graça, Salão S. Carlos, Salão da Trindade, Salon Rouge, São Luiz Cine, Eden Teatro, Teatro D. Amélia, Teatro Estrela, Teatro do Ginásio, Teatro Joaquim de Almeida, Teatro Moderno, Teatro Politeama, Teatro do Rato, Teatro República, Teatro Salão dos Anjos, Teatro São Luís, Teatro da Trindade.

Profusamente ilustrado. Brochado. 264,(4) páginas. 23,8 x 17,5 cm. Assinatura de posse na página de guarda. Capa manuseada (perda de cor, desgaste marginal), cortes do miolo com picos de oxidação, miolo em bom estado. Lisboa: Instituto Português de Cinema – Cinemateca Nacional, 1978.

Preço: 24 euros.


 


ALFAMA DE ONTEM & ALFAMA DE HOJE

ASPECTOS HISTÓRICOS E ETNOGRÁFICOS

LUIZ CHAVES


Conferência ao ar livre efectuada, no Largo de S. Miguel, em Alfama, no dia 25 de Outubro de 1935.

Ilustrado. Opúsculo de 23 páginas (por abrir), e 24,5 x 18,5 cm. Bom estado. Publicações dos Anais das Bibliotecas, Museus e Arquivos Históricos Municipais, n.º XI, Lisboa, 1936.

Preço: 18 euros.


 


O LAGO

POEMA EM FORMA DE I-CHING

MARGARIDA LISBOA


Poesia. Extratextos de Helena Almeida (desenho e também fotografia). Exemplar da tiragem normal de 1000 exemplares. Capa de João Carlos Albernaz. 77,(3) páginas. 24 x 17 cm. Colecção Ilhas. Bom estado, salvo alteração de cor na zona da lombada. Miolo impecável. Lisboa: Rolim, [Novembro de] 1985.

Preço: 30 euros.


 


ORIGENS DO BAIRRO ALTO DE LISBOA

Verdadeira Notícia por


MARIO SAA


Opúsculo. Transcreve no final «uma das 24 escripturas que o auctor deste opúsculo possúe àcêrca dos primeiros aforamentos no Bairro-Alto», datada de 1526. Com 15 páginas e 26,3 x 18,5 cm. Bom estado geral, com mínimas imperfeições exteriores. Invulgar. Lisboa: Solução Editora, 1929.

Preço: 25 euros.


 


A URBANIZAÇÃO DE LISBOA


Representação entregue à excelentíssima Câmara Municipal pelo

GRUPO AMIGOS DE LISBOA


«Como é do conhecimento de todos, Lisboa não possue um plano geral de melhoramentos, a-pesar-de três quartas partes da sua área estarem ainda por urbanizar». Deste modo, o Grupo Amigos de Lisboa «tem a honra de apresentar (…) um estudo elaborado pela sua Secção de Estudos de Estética e de Urbanização». Com 16 páginas, e propostas interessantes. 24 x 17,8 cm. Bom estado. Lisboa: Grupo Amigos de Lisboa, 1938.

Preço: 10 euros.


 


ÍDOLO ENEOLÍTICO
DOS ARREDORES DE LISBOA


M. FARINHA DOS SANTOS


Separata de O Arqueólogo Português, série III, Vol. IV, pp. 61-64. Assinado pelo autor com dedicatória. Com 24,5 x 17 cm e 4 páginas, acrescidas de uma estampa desdobrável [24,5 x 26 cm] no final, impressa em papel couché. Bom estado. Lisboa, 1970.

Preço: 14 euros.


 


ESTÉTICA CITADINA


RIBEIRO CHRISTINO


Edição actualizada e ilustrada da série publicada no «Diário de Notícias» de 1911 a 1914. 

Primeira edição. Ilustrado com fotografias, e desenhos do autor [João Ribeiro Cristino da Silva, 1858-1948, desenhador e gravador que pertenceu ao Grupo do Leão e fez parte da criação da Sociedade Nacional de Belas-Artes].

Dividido em cinco partes: Lisboa Central; Lisboa Oriental; Lisboa Ocidental; Praças e Largos Lisbonenses; e Comemorações e Curiosidades Citadinas [tais como os chafarizes, os portões de casas nobres, a Feira da Ladra, jazigos artísticos ou as obras de Santa Engrácia].

222 páginas. 23,2 x 16,7 cm. Bom estado geral, salvo pequena falta de papel [1,8 x 0,3 cm] na margem posterior da lombada. Lisboa: Imprensa Libânio da Silva, 1923.

Preço: 30 euros.


 


O SALITRE E SUAS IMEDIAÇÕES


MÁRIO COSTA


Palestra proferida na sede do Grupo Desportivo do Banco de Portugal em 5 de Dezembro de 1951, e repetida no Grupo «Amigos de Lisboa», em 24 de Janeiro de 1952.

História/Memória das transformações da zona circundante à Rua do Salitre, em Lisboa. Ilustrado com a reprodução de seis gravuras, duas do Passeio Público e quatro de teatros entretanto desaparecidos. 61+(17) páginas. 23 x 17 cm. Bom estado geral. Lisboa: Amigos de Lisboa, 1952.

Preço: 20 euros.


 


VUZZ …


P. A. HOUREY


Título original: Vuzz…. Colecção Argonauta n.º 49 [v. fich. JV, com a súmula da obra: « No mês de Julho de 1980, Paris é sacudida por um tremendo abalo sísmico. A torre Eiffel fica inclinada como a torre de Pisa e parte do Arco do Triunfo abate. Que se teria passado? Um meteoro de enormes dimensões chocara com a Terra (…)»].

Tradução de Mário Henrique Leiria. Capa de Lima de Freitas. Com 146+(14) páginas, e 16 x 11 cm. Mínimas marcas de uso exteriores. Rubrica de posse nas costas do rosto. Mantém-se um exemplar interessante. Lisboa: Livros do Brasil, [1959].

Preço: 8 euros.


 


A MORTE DA TERRA


J. H. ROSNY AÎNÉ


[«O neto de J. H. Rosny lembra-se de ter ouvido estas palavras do seu avô, pronunciadas nos seus últimos dias: Se pudesse, na minha obra, escolher um livro para o salvar, seria A Morte da Terra.»]. Um dos pioneiros da ficção-científica (1856-1940). Posfácio e notas biográficas finais por Daniel Halévy.

Título original: La Mort De La Terre. Colecção Argonauta n.º 53 [v. fich. JV].

Tradução de Mário Henrique Leiria. Capa de Lima de Freitas. Com 127+(15) páginas, e 16 x 11 cm. Mínimas marcas de uso exteriores. Bom estado geral. Lisboa: Livros do Brasil, [1959].

Preço: 12 euros.


 


O PERIGO DOS RATOS

(NOTAS DE ZOOLOGIA APLICADA)


J. BETHENCOURT FERREIRA


Pequeno folheto de divulgação, da autoria de um médico e professor da Universidade do Porto. Primeira página com o carimbo de oferta da Direcção Geral de Saúde. 32 páginas. 12,8 x 9 cm. Bom estado de conservação. Porto: Liga Portuguesa de Profilaxia Social, 1937.

Preço: 10 euros.


 


VISÕES DO FUTURO

OS LIMITES DO POSSÍVEL


ARTHUR C. CLARKE


Ensaio. Tradução de Pedro Dias. Título original: Profiles of the Future. Capa de Fernando Felgueiras. Brochado. 327 páginas. 21 x 14 cm. Mínimas marcas de uso exteriores. Miolo limpo. No geral, um bom exemplar. Colecção Milénio. Lisboa: Editorial Notícias, 2001.

Preço: 12 euros.


 


AS AREIAS DE MARTE


ARTHUR C. CLARKE


Título original: The Sands of Mars [v. fich. JV, com transcrição da súmula da obra, tal como publicada no final do volume anterior da colecção]. Colecção Argonauta n.º 162. Tradução de Eurico da Fonseca. Capa de Lima de Freitas. Com 158+(6) páginas, e 16 x 11 cm. Bom exemplar. Lisboa: Livros do Brasil, [1970].

Preço: 15 euros.



OS DIAS FUTUROS


ARTHUR C. CLARKE


Título original: The Best of Arthur C. Clarke, 1937-1955 [v. fich. JV, com índice dos contos e transcrição integral da introdução]. Colecção Argonauta n.º 334. Tradução de Eurico da Fonseca. Capa de A. Pedro. Com 181+(11) páginas, e 16 x 11 cm. Bom exemplar. Lisboa: Livros do Brasil, [1985].

Preço: 14 euros.


 


O MEDO

E OS CONFLITOS EMOCIONAIS NO MUNDO MODERNO

PETER FLETCHER


Capa de António Domingues. Título original: Emotional Conflict. Tradução de Maria Manuela Sacarrão. Brochado. 210 páginas. 19 x 13 cm. Algumas páginas com sublinhados. Lombada com vinco de leitura e ligeiro desgaste nas arestas. Lisboa: Publicações Europa-América, 1961

Preço: 8 euros.


 


RANCHO REGIONAL DE GULPILHARES

VIDA E OBRA


Usos e Costumes da Nossa Terra. Edição comemorativa dos 46 anos. 1936/1982. Sem autor discriminado. «Opúsculo contendo referências alusivas à vida e à obra do Grupo bem como a usos e costumes da Freguesia, já caídos em desuso ou em vias de desaparecimento.»

Ilustrado com pautas musicais, fotografias e cartazes. Brochado. 129,(3) páginas. 24 x 17 cm. Manuseado e com pequenas manchas. Com dedicatória. Mantém-se um exemplar interessante. Impresso em Vila Nova de Gaia, Julho de 1982.

Preço: 20 euros.


 


WHEN THE WOLVES HOWL


AQUILINO RIBEIRO


The author of this novel is the doyen of Portuguese literature. When it appeared in Portugal it was welcomed as a masterpiece. Ribeiro was at once arrested and charged with having attempted to discredit Portugal in the eyes of the world, with inciting action against the security of the State, and with insulting the magistrature and secret police (…) [da badana].

Primeira edição inglesa. Tradução de Patricia Macgowan Pinheiro (ou Patrícia Lança, à época exilada em Argel). Desenho da capa de R. G. Williamson. 288 páginas. 20,5 x 14 cm. Encadernação editorial com sobrecapa, ambas em bom estado, salvo leve amarelecimento na lombada. Miolo limpo. London: Jonathan Cape, 1963.

Inclui factura de compra na Livraria Sá da Costa, passada a Raul Rego, com o título e o autor do livro adquirido — e um desconto de 10% —, no dia 7 de Maio de 1964; e um cartão de cumprimentos oficial da revista Colóquio-Letras, datado de 10 de Maio de 1983, com um pedido manuscrito — não assinado (de Luís Amaro?) e ocupando a frente e o verso do cartão — para que o destinatário não identificado desvende, «num dos seus interessantíssimos artigos bibliográficos», o «mistério» de a primeira edição de O Homem que Matou o Diabo «ter saído  em Espanha, e em espanhol».

em conjunto com:

O HOMEM QUE MATOU O DIABO
AQUILINO RIBEIRO
Prefácio extenso de Serafina Martins, sobre os meandros e circunstâncias da obra. Brochado. 253,(3) páginas. 23,5 x 15 cm. Bom exemplar. Colecção Obras de Aquilino Ribeiro. Lisboa: Bertrand Editora, 2018.

e também:

QUANDO OS LOBOS JULGAM A JUSTIÇA UIVA
Texto integral da acusação e defesa no processo de Aquilino Ribeiro
Proibido e apreendido em Portugal. Prefácio de Adolfo Casais Monteiro. Defesa assumida pelo advogado Heliodoro Caldeira. Brochado. 112 páginas. 15,4 x 11,3 cm. Lombada amarelecida. Bom exemplar. São Paulo: Editora Liberdade e Cultura, [s.d.].

Conjunto invulgar.

Preço: 110 euros.


 


AQUILINO RIBEIRO

ATRAVÉS DO SEU EX-LÍBRIS


LUÍS DE OLIVEIRA GUIMARÃES


Nota introdutória de Aquilino Ribeiro. Ilustrado com fotografias a preto, em extra-texto couché. Brochado. 67,(5) páginas. 19,7 x 13,2 cm. Lombada com mancha de água na metade inferior, que toca ambas as capas na proximidade, e junto à margem inferior. Miolo limpo. Lisboa: Portugália Editora, [s.d.].

Preço: 10 euros.


 


MEMORIAS

O ROMANCE DOS MEUS AMORES

(1925-1926)

MARQUEZ DE JACOME CORRÊA


Estas Memórias começaram a ser esciptas a 20 de Junho de 1927 e entregues à imprensa em 20 de Julho seguinte.

Primeiro parágrafo: «Tinha eu então 42 annos e raros eram os cabellos brancos que scintillavam no penteado que eu pretenciosamente puchava originalmente sobre a direita sem fazer marrafa; e como rapava o bigode e escanhoava a cara, aquelles que se poderiam ver se eu os deixasse crescidos porque eram abundantes, não se lobrigavam confundidos com a côr da pelle.»

Brochado. 274,(2) páginas, por abrir. 19 x 12 cm. Bom exemplar. Porto: Livraria Clássica Editora, 1927.

Preço: 30 euros.


 


RAPSÓDIA EM VÁRIOS TONS


VÍCTOR FALCÃO


Crónicas literárias dedicadas a Paul Valéry, Hein Semke, Ramalho Ortigão, Alexandre Herculano, Cesário Verde, Jorge Barradas, Manuel Jardim, João de Deus, Eugénio de Castro, cinema, ópera, (…). Víctor Falcão (1886-1968?), escritor e jornalista, colaborou em inúmeros jornais e revistas e fundou a Revista Portuguesa, nos anos 20.

Brochado. 316,(4) páginas, por abrir. 19,5 x 13 cm. Lombada amarelecida. Miolo limpo. Bom exemplar, da tiragem vulgar. Lisboa: Edições Excelsior, 1954.

Preço: 15 euros.


 

Benjamin RABIER

[17Fev22]


LES MAÎTRES HUMORISTES

BENJAMIN RABIER


Volume antológico dedicado ao ilustrador Benjamin Rabier, contendo dezenas de desenhos de página inteira, e outros tantos em bandas-desenhadas, todos a uma só cor. 160 páginas, inumeradas. 23 x 17 cm. Com o monograma do arquitecto Alberto Pessoa no rosto. Selo do encadernador Raúl de Almeida, Lisboa. Encadernação sintética, simples e sóbria. Capas oxidadas. Miolo no geral limpo. Aparado. Colecção Les Maîtres Humoristes. Paris: Sociétè d’Editions & de Publications, 1907.

Preço: 27 euros.



TOM-TOM

LE LUTIN DE LA FORÊT


BENJAMIN RABIER


Texto e ilustrações de Benjamin Rabier. Álbum. Um caderno, dois pontos de arame. 24 páginas inum. 27 x 21 cm. No geral, um bom exemplar. Paris: Garnier, 1951.

Preço: 24 euros.



LES 3 AMIS


BENJAMIN RABIER


Texto e ilustrações de Benjamin Rabier. Álbum. Um caderno, dois pontos de arame. 24 páginas inum. 27 x 21 cm. Mínimas marcas de uso exteriores. Miolo limpo. No geral, um bom exemplar. Paris: Garnier, 1952.

Preço: 24 euros.


 


VIAGENS AVENTUROSAS

O TESOURO DAS ILHAS SELVAGENS


MANUELA DE AZEVEDO


Exemplar assinado pela autora com dedicatória de amizade, datada «Natal de 1971».

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série F — Viagens Aventurosas, n.º 1. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Ilustrado com a reprodução de 10 linogravuras de alunos da Escola Técnica Elementar Francisco Arruda, com ensino especial de gravura e linóleo, realizadas em Outubro de 1964, com indicação do nome e idade dos 8 alunos-autores.

Brochado. 51,(1) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. No geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas gráficas do Jornal do Fundão. Lisboa: edição da autora, 1964.

Preço: 25 euros.


 


HISTÓRIAS DE ANIMAIS

O LIVRO DA TERESINHA


LÍLIA DA FONSECA


Exemplar assinado pela autora com dedicatória, datada de 5 de Março de 1963, à amiga Hortense de Almeida, jornalista, escritora e colaboradora do Teatro de Branca-Flor (1962-1982), fundado por Lília da Fonseca.

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série A — Histórias de Animais, n.º 1. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Histórias «colhidas» de noticiários de jornais (reproduzidas no final do volume, com identificação precisa da fonte) e ilustradas por crianças, alunas da Escola Técnica Elementar Francisco Arruda, em Lisboa.

Brochado. 46,(2) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Lombada, e primeira e última páginas do miolo, amarelecidas. Mantém-se, no geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas gráficas do Jornal do Fundão. Lisboa: edição da autora (depósito e distribuição Seara Nova), Dezembro de 1962.

Preço: 24 euros.



HISTÓRIAS DE ANIMAIS

O LIVRO DO MARINHO


LÍLIA DA FONSECA


Exemplar assinado pela autora com dedicatória, datada de 15 de Julho de 1963, à amiga Hortense de Almeida, jornalista, escritora e colaboradora do Teatro de Branca-Flor (1962-1982), fundado por Lília da Fonseca.

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série A — Histórias de Animais, n.º 2. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Histórias «colhidas» de noticiários de jornais (reproduzidas no final do volume, com identificação precisa da fonte) e ilustradas por crianças, alunas da Escola Técnica Elementar Francisco Arruda, em Lisboa.

Brochado. 47,(1) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Lombada, e primeira e última páginas do miolo, amarelecidas. Mantém-se, no geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas gráficas do Jornal do Fundão. Lisboa: edição da autora (depósito e distribuição Seara Nova), Abril de 1963.

Preço: 24 euros.



HISTÓRIAS DE ANIMAIS

O LIVRO DA STELINHA


LÍLIA DA FONSECA


Exemplar assinado pela autora com dedicatória, datada de 1 de Outubro de 1965, à amiga Hortense de Almeida, jornalista, escritora e colaboradora do Teatro de Branca-Flor (1962-1982), fundado por Lília da Fonseca.

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série A — Histórias de Animais, n.º 3. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Histórias «colhidas» de noticiários de jornais (reproduzidas no final do volume, com identificação precisa da fonte) e ilustradas por crianças, alunas da Escola Técnica Elementar Francisco Arruda, em Lisboa.

Brochado. 46,(2) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Lombada amarelecida. Mantém-se, no geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas gráficas do Jornal do Fundão. Lisboa: edição da autora (depósito e distribuição Seara Nova), Setembro de 1964.

Preço: 24 euros.



HISTÓRIAS DE ANIMAIS

O LIVRO DA NENÉ


LÍLIA DA FONSECA


Exemplar assinado pela autora com dedicatória, datada de 20 de Maio de 1970, à amiga Hortense de Almeida, jornalista, escritora e colaboradora do Teatro de Branca-Flor (1962-1982), fundado por Lília da Fonseca. Na capa e no rosto há emendas do primeiro acento de Néné, raspado com delicadeza.

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série A — Histórias de Animais, n.º 6. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Histórias «colhidas» de noticiários de jornais (reproduzidas no final do volume, com identificação precisa da fonte) e ilustradas por Calvet de Magalhães.

Brochado. 49,(3) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Lombada amarelecida. Mantém-se, no geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas da Tipografia «A União», em Torres Vedras. Lisboa: edição da autora, [s.d.].

Preço: 24 euros.



HISTÓRIAS DE ANIMAIS

O LIVRO DA LILI


LÍLIA DA FONSECA


Exemplar assinado pela autora com dedicatória, datada de 20 de Maio de 1970, à amiga Hortense de Almeida, jornalista, escritora e colaboradora do Teatro de Branca-Flor (1962-1982), fundado por Lília da Fonseca.

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série A — Histórias de Animais, n.º 7. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Histórias «colhidas» de noticiários de jornais (reproduzidas no final do volume, com identificação precisa da fonte) e ilustradas por Luísa Aparício.

Brochado. 49,(3) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Lombada, e primeira e última páginas do miolo, amarelecidas. Mantém-se, no geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas da Tipografia «A União», em Torres Vedras. Lisboa: edição da autora, [s.d.].

Preço: 24 euros.


 


DE PÉS NA CALÇADA


HORTENSE DE ALMEIDA


Poemas. Capa de Ricardo de Almeida. Exemplar assinado pela autora com dedicatória. Hortense de Almeida foi jornalista de imprensa e rádio, e fez parte do elenco do Teatro de Branca-Flor, teatro de marionetas fundado por Lília da Fonseca.

Brochado. 61,(1) páginas (por abrir). 20 x 14 cm. Capa com mínimas imperfeições. Bom estado geral. Lisboa: edição da autora (distribuída pelas Publicações Dom Quixote), 1968.

Preço: 18 euros.


 


HISTÓRIA SOCIAL DO TRABALHO

DAS ORIGENS ATÉ AOS NOSSOS DIAS

PIERRE JACCARD


Um tomo cuidado, impresso em papel superior e com ilustrações de inúmeros artistas estrangeiros consagrados na história da arte europeia, entre os quais figuram os nomes de Júlio Pomar (2) e Rogério Ribeiro (1); vide índices ↑.

Tradução de Rui de Moura. Ilustrado com 37 extra-textos. 350+[74]+(2) páginas. 25 x 19 cm. Encadernação editorial sintética gravada a ouro na pasta frontal e na lombada. Miolo limpo. Bom exemplar. Lisboa: Livros Horizonte, [196?].

em conjunto com:

O TRABALHO NO SÉCULO XIX. Claude Fohlen. Tradução de Maria de Lurdes Almeida Melo. 143+(9) páginas. 18,3 x 11,5 cm. Bom estado geral. Colecção Breviários de Cultura n.º 4, Lisboa: Estúdios Cor, [Maio de] 1974.

Preço: 35 euros.


 


NA ABERTURA DA EXPOSIÇÃO POSTUMA DE

ABEL SALAZAR


JÚLIO POMAR


Não admira, pois, que a obra plástica de Abel Salazar não tenha achado bitola que a julgue, isto é: que ela tenha aparecido aos olhos da generalidade dos que em Portugal dizem fazer arte como uma mensagem estranha à qual não servem os clichés que é de uso trazer no bolso, prontos a aplicar a qualquer um. A verdade é que não se perdoou ainda a Abel Salazar o ter pintado ou martelado cobres; a verdade é que, em nome sei lá de que purismos esteticistas, se excomungaram e se excomungam ainda as revelações violentas que Abel Salazar nos deixou.

Opúsculo raro, da autoria do pintor Júlio Pomar, apenas reeditado em 1989. 15 páginas. 19 x 12 cm. Capa com manchas leves. Porto: Fundação Abel Salazar, 1948.

Preço: 24 euros.


 


EMMA


MAFALDA IVO CRUZ


Um conto de Mafalda Ivo Cruz com imagens de pinturas de Joana Villaverde, que integraram parte da exposição «Este Ano», na Casa dos Dias de Água, Lisboa, início de 2004.

Encadernação editorial em tela vermelha, com o título gravado a preto na pasta frontal, e sobrecapa. Papel couché. 56 páginas inumeradas. 20.8 x 26,8 cm (oblongo). Bom estado. Lisboa: Cavalo de Ferro Editores, 2004.

Preço: 14 euros.


 


A CASA DO DIABO


MAFALDA IVO CRUZ


«Retomaria o tema das insidiosas condicionantes mentais do Antigo Regime, reflectidas em equívocos familiares prolongados ao longo de gerações, n’ A Casa do Diabo (2000), “a casa colectiva onde habitam memórias, sonhos, frustrações, tudo o que herdamos e tudo o que projectamos”. O livro é dedicado à pianista Ana Jacobetty, amiga de infância da autora, e é precisamente pautado por uma nostalgia dos primeiros anos de vida, “o único tempo que vivemos de forma total”.» [CDAP, 2004]

1.ª edição. Segundo romance da autora. Ler um excerto (páginas 96-106), aqui. Capa de Miguel Imbiriba. 292 páginas. 21 x 13,5 cm. Bom exemplar. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2000.

Preço: 17 euros.


 


DIÁLOGO DA PERFEIÇÃO E PARTES
QUE SÃO NECESSÁRIAS AO BOM MÉDICO


Original quinhentista traduzido do espanhol e prefaciado por

A. DA ROCHA BRITO


O prefácio dá pistas para a origem do diálogo — oferecido a el-rei D. Sebastião pelo seu físico, Jerónimo de Miranda —, e razões para o encobrimento da sua autoria: «ao mesmo tempo que era uma espécie de manual deontológico, recheado de bons conselhos e preceitos salutares sôbre a arte de curar, desandava em verrinosa diatribe ou catilinária contundente contra os médicos da época». Reproduz na página 17, após o prefácio, o frontispício da 1.ª edição (1562).

Encadernado sem capa de brochura. 64 páginas. 23,5 x 18 cm. Com selo de venda (e encadernação sintética tipificada) da Livraria Civilização. Miolo limpo, salvo assinatura de posse no rosto. Apenas a guarda posterior com marcas de bicho de papel. Mantém-se um exemplar interessante. Porto: Portucalense Editora, 1945.

Preço: 18 euros.


 


OS MALEFÍCIOS DA LITERATURA, DO AMOR E DA CIVILIZAÇÃO

ENSAIO SOBRE CAMILO CASTELO BRANCO

JOÃO CAMILO DOS SANTOS


Brochado. 145-(3) páginas. 23,5 x 15,5 cm. Mínimas marcas exteriores de uso. Miolo limpo. Discreto carimbo azul de oferta do editor à margem do rosto. Bom estado geral. Lisboa: Fim de Século Edições, 1992.

Preço: 17 euros.


 


LEITURAS PARA CURSOS DE ADULTOS


CAMPANHA CONTRA O ANALFABETISMO


Antologia educativa doutrinária — o pão, a vindima, a virgem, a honra do trabalho e da pobreza, o respeito pelo Estado Novo, algumas noções de geografia, etnografia, higiene dos dentes, etc. —, com inúmeros textos não assinados, intercalados com excertos de João de Deus, António Arroio, Guerra Junqueiro, Júlio Dantas, Marquesa de Alorna, Augusto Gil, Alexandre Dumas (Filho), António Feliciano de Castilho, Anrique de Paço d’Arcos, Fortunato de Almeida, Leite de Vasconcelos, Cândido de Figueiredo, Júlio César Machado, Veiga de Macedo, Teófilo Braga, Júlio Dinis, Tomás de Barros, Emília de Sousa Costa e o próprio Salazar.

Livro escolar ilustrado no texto com desenhos e mapas, a preto. Cartonagem editorial com lombada em tela. Desenho da capa assinado «M. Sousa». 156-(4) páginas. 18 x 12 cm. Capa com duas inicias, e a data de 1954, manuscritas. Usado. Sólido. Miolo limpo. Porto: Editora Educação Nacional, [1953 ou 1954].

Preço: 20 euros.


 


OS CEGOS POR ESSE MUNDO


J. NUNES PINTO


Prefácio de Pedro Correia Marques. Ilustrado com fotografias e um retrato do autor por TOM. Com capítulos sobre Espanha e Brasil. Brochado. 158-(8) páginas. 23 x 15,5 cm. Marcas ligeiras de uso. Bom estado geral. Lisboa: Edições Homo, 1947.

Preço: 20 euros.


 


A ARTE DOS SURDOS-MUDOS

ENSAIO PSYCHANALYTICO


YOLANDA MENDONÇA


Yolanda Mendonça foi «doutora pela Escola de Direito da Universidade do Rio de Janeiro e aluna de Porto Carrero na disciplina Psicopatologia Forense, professor considerado pela autora “a maior expressão científica em psiquiatria no Brasil, técnico por excelência em Psicanálise”. No final da década de 1930, Mendonça debruçou-se também sobre os desenhos de loucos, na Revista de Criminologia, examinando o desenho de uma interna do Hospital Nacional da Praia Vermelha sob o método psicanalítico. Nos anos seguintes seu interesse passou pela arte dos surdos-mudos, num pequeno livro de 1939, para estender -se à obra plástica e musical de cegos, histéricas e presidiários, numa obra sintomaticamente denominada Psicologia e arte nos anormais (1945). O procedimento de interpretação dessa produção não distava, de modo geral, do empregado por seus antecessores, submetendo todos aqueles tipos sociais a uma mesma leitura.» [daqui].

Ilustrado com diversos desenhos. Brochado. 116 páginas. 19,3 x 13 cm. Lombada com falta de papel (cerca de 1/7, junto ao centro, visível na fotografia supra). Alguns furos esparsos de bicho de papel no terço final do miolo. No geral, mantém-se um exemplar interessante, de uma obra invulgar. Rio de Janeiro: Norte Editora, 1939.

Preço: 24 euros.