CARTEIRA DO ARTISTA


SOUZA BASTOS


Apontamentos para a Historia do Theatro Portuguez e Brazileiro acompanhados de notícias sobre os Principaes artistas, escritores dramaticos e compositores estrangeiros.

Jornalista e “homem do teatro” — empresário, director teatral, encenador e ensaiador, dramaturgo e dramatógrafo —, António de Sousa Bastos (1844-1911), marido da actriz Palmira Bastos, compilou esta grande e pequena história do teatro português seu contemporâneo, o do final do século XIX, com espaço para muito mais do que actores, dramaturgos e salas de teatro.

Os índices alfabéticos listam: actores portuguezes e brazileiros; actrizes portuguezas e brazileiras; aderecistas; architectos, auctores de figurinos e decoradores; artistas dramáticos estrangeiros; benemeritos do theatro; cabelleireiros de theatro; cantores portuguezes; companhias diversas; contraregras; curiosidades theatraes; decretos, portarias, tratados e outros documentos referentes ao theatro; diversos empregados de theatro; dramas, comedias, tragedias, operas-comicas, revistas e peças phantasticas notaveis pelo seu merecimento ou pelo sucesso que obtiveram; emprezarios theatraes; ensaiadores portuguezes e brazileiros; escriptores, dramaticos e criticos theatraes, portuguezes e brazileiros; escriptores dramaticos estrangeiros; guarda-roupas; machinistas; musicos estrangeiros; musicos portuguezes e brazileiros; operas e dansas; pontos; scenographos; theatros estrangeiros; e theatros portuguezes e brazileiros.

Esta espécie de enciclopédia caótica do teatro, repleta de pequenas gravuras, está inicialmente organizada cronológicamente, por dias e meses do ano: nascimentos de determinado actor, estreia de uma dada peça, abertura de uma nova sala, etc.
O dito calendário ocupa um pouco mais de metade do livro, bem organizada mas, a partir da página 475, a sucessão de apêndices, acrescentos, correções, adendas, novas informações, rectificações, ampliações e eventos sem data torna a pesquisa de informação uma curiosa aventura proto-hipertextual para a qual o índice de 30 páginas supra-citado é a peça chave.

Primeira edição. Lisboa: Antiga Casa Bertrand — José Bastos, Editor, 1899. Com 868 páginas, e 26 x 18,5 cm. Encadernação com lombada em pele, com ligeiro desgaste. Aparado. Conserva a capa de brochura anterior, uma litografia de Raphael Bordallo Pinheiro. Pequenas e inócuas marcas de bicho do papel em algumas páginas. Assinatura de posse no rosto. Exemplar interessante, sólido, em bom estado geral.

Preço: 95 euros.


 

Disponível online, digitalizado, aqui.

 



VIDA DO VENERÁVEL PADRE
JOSÉ DE ANCHIETA


SIMÃO DE VASCONCELOS


Com um prefácio do Dr. Júlio Dantas. Obra reeditada (1.ª ed. 1672) por ocasião do quarto centenário da cidade de São Paulo (Brasil), cidade que terá sido fundada pelo padre Anchieta, num colégio jesuíta que também incluíria Manuel da Nóbrega. Retrato do biografado em couché, a par do rosto. Encadernação editorial que preserva capas de brochura, em bom estado geral ainda que com pequenas imperfeições na lombada. (6)+446+(2) páginas. 19 x 13 cm. Porto: Lello & Irmão, 1953

Preço: 25 euros.



D. PEDRO I
E A SUA ÉPOCA


JOSÉ ESTEVÃO DE MORAES SARMENTO


Um longo ensaio pondo em questão a veracidade histórica da crónica que Fernão Lopes dedicou à vida do rei D. Pedro I. Vide índice completo nas fotografias (↑). Exemplar da tiragem normal. Com a capa anterior (espelhada), mas não a posterior. Miolo com pequenas marcas de uso, aparado à cabeça. Com (12)+xliv+562+(2) páginas, e 16,5 x 23,5 cm. Porto: Imprensa Portuguesa, 1924.

* Encadernado com:

Pareceres da Academia das Sciencias de Lisboa àcerca do Livro D. Pedro I e a Sua Época do General Moraes Sarmento. 2.ª edição [ambas fora de mercado], com adenda pelo Dr. Armelim Junior, sócio da mesma academia. Inclui a petição do parecer, pelo general Moraes Sarmento, e os pareceres da secção de jurisprudência (Artur Montenegro; D. António, cardeal patriarca; Júlio de Vilhena; e Visconde de Carnaxide) e da secção de História (Vicente Almeida d’Eça; Pedro Augusto de S. Bartolomeu Azevedo; António Baião; e António Ferrão) da Academia, aprovados pelo secretário-geral, Cristovam Ayres. Invulgar. 37+(3) páginas. 14 x 21 cm. [s.l]: Sintra Gráfica, 1929.

Encadernação sintética moderna, meia-francesa, sem defeitos.

Preço: 45 euros.



D. PEDRO E D. INÊS

1320-1367

ANTERO DE FIGUEIREDO


2.ª edição, revista. Com a chancela do autor. Meia-encadernação de pele sólida, com nervos, em bom estado geral: mínimas marcas (“resto” inócuo de selo de biblioteca pessoal coevo). Sem capas de brochura. Miolo aparado e com algumas manchas. (8)+328+(4) páginas. 18,7 x 12,5 cm. Bom exemplar. Lisboa: Livrarias Aillaud e Bertrand, 1914.

Preço: 20 euros.



LEONOR TELES

FLOR DE ALTURA

ANTERO DE FIGUEIREDO


2.ª edição. 3.º milhar. Com a chancela do autor. Meia-encadernação de pele sólida, com nervos, em bom estado geral: marcas ligeiras, de transporte ou manuseio, na lombada, onde pontua mini-selo de biblioteca pessoal coevo, junto ao pé, que não perturba o conjunto. Com a capa de brochura anterior, e falta da posterior. Miolo aparado e limpo. xi+(1)+412+(4) páginas. 18,7 x 12,5 cm. Um exemplar digno. Lisboa: Livrarias Aillaud e Bertrand, 1916.

Preço: 18 euros.



A VIDA DE NUN’ÁLVARES


OLIVEIRA MARTINS


9.ª edição. 416 páginas. 20,5 x 15 cm. Um exemplar satisfatório, com o miolo limpo, sem defeitos além da lombada amarelecida e com dois ligeiros vincos. Lisboa: Guimarães Editores, 1984.

Preço: 12 euros.



OS AMORES DE CAMÕES
e de Catharina d’Athaide


MADAME GUATIER


Único romance da autoria de Mme. H. Gautier (nome mal grafado na edição portuguesa), originalmente publicado em Paris, 1827. (Les amours de Camoens et de Catherine d’Ataïde). Traduzido do francês por MARIA EMILIA DE MACEDO. Lisboa: Typ. de L. C. da Cunha, 1844.

Edição em dois volumes e com uma litografia — Pátria e musas choram junto ao túmulo do poeta, assinada Pereira e litografada por M.L. — a par do ante-rosto, tal como a edição original francesa. Os dois volumes encadernados num só. 202+215 páginas. 11,5 x 17 cm. Não aparado. Sem capas de brochura. Encadernação sem defeitos.

Possui no verso da litografia, tal como no verso do ante-rosto do segundo volume, uma (mesma) assinatura de posse (feminina) da época.

Preço: 45 euros.



A SEVÉRA


JÚLIO DANTAS


Teatro. Primeira edição. Peça em 4 actos representada pela primeira vez em Janeiro de 1901, no Teatro Dona Amélia (actual Teatro São Luiz), com Augusto Rosa no papel do Conde de Marialva. Dois anos depois, Dantas publicaria a primeira edição do romance A Severa.

Meia-encadernação sintética recente. Encadernado com ambas as capas de brochura (algo cansadas e com marcas de restauro), e não aparado. Miolo limpo. Assinaturas de posse discretas (de três épocas diferentes…) na capa, na página de ante-rosto e no rosto. 196 páginas. 13 x 21,5 cm. Lisboa: Manuel Gomes Editor, 1901.

Preço: 40 euros.



A SEVERA


JÚLIO DANTAS


Romance. Ilustrações de Maria Vasconcellos. Reproduz o prefácio do editor da 2.ª edição, Avelino S. Vieira. Em 2 volumes [1.º volume: 4.ª edição, 23.º milhar / 2.º volume: 4.ª edição]. Estimados. Colecção Portuguesa n.ºs 24 e 25. 172+205 páginas. 12,2 x 18,8 cm. Porto: Domingos Barreira Editor, [1945].

Preço: 20 euros.



OBRAS COMPLETAS DE

FLORBELA ESPANCA


RUI GUEDES (org.)


Conjunto constituído pelos VI volumes das Obras Completas (Poesia, Contos, Diário e Cartas), e os dois volumes extra-numeração, sobre a poetisa, que completam a colecção, do mesmo autor/organizador e igual grafismo: a Fotobiografia e um ensaio de Biografia.

POESIA 1903-1917
Recolha, leitura e notas por Rui Guedes. Prefácio de José Carlos Seabra Pereira. Nota filológica de Luiz Fagundes Duarte. Texto actualizado por Maria Teresa Moya Praça. Com alguns facsimiles de manuscritos da autora. Volume I das Obras Completas de Florbela Espanca. 280 páginas. 15 x 22,5 cm. Assinado por Rui Guedes com dedicatória. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1985.

POESIA 1918-1930
Recolha, leitura e notas por Rui Guedes. Prefácio de José Carlos Seabra Pereira. Texto actualizado por Maria Teresa Moya Praça. Com alguns facsimiles de manuscritos da autora. Volume II das Obras Completas de Florbela Espanca. xliii+304páginas. 15 x 22,5 cm. Assinado por Rui Guedes no anterosto. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1985.

CONTOS
Recolha, leitura e notas por Rui Guedes. Prefácio de José Carlos Seabra Pereira. Actualização e revisão do texto por Maria Teresa Moya Praça. Com facsimiles de manuscritos da autora. Volume III das Obras Completas de Florbela Espanca. xxxv+167 páginas. 15 x 22,5 cm. Assinado por Rui Guedes no anterosto. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1985.

CONTOS E DIÁRIO
Recolha, leitura e notas por Rui Guedes. Actualização e revisão do texto por Maria Teresa Moya Praça. Com facsimiles de manuscritos da autora, e uma fotografia do irmão-aviador. Volume IV das Obras Completas de Florbela Espanca. 157 páginas. 15 x 22,5 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1986.

CARTAS 1906-1922
Recolha, leitura e notas por Rui Guedes. Actualização e regularização do texto por Luiz Fagundes Duarte. Com alguns facsimiles de cartas, bilhetes e postais manuscritos. Volume V das Obras Completas de Florbela Espanca. 274+(1) páginas. 15 x 22,5 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1986.

CARTAS 1923-1930
Recolha, leitura e notas por Rui Guedes. Com alguns facsimiles de cartas, bilhetes e postais manuscritos. Volume VI das Obras Completas de Florbela Espanca. 259+(2) páginas. 15 x 22,5 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1986.

FOTOBIOGRAFIA, por RUI GUEDES.
Tiragem numerada, verificada pela SPA, de 5000 exemplares, dos quais 3500 para o mercado português e 1500 para o mercado brasileiro (edição em parceria com a Livraria Paisagem, do Rio de Janeiro). Exemplar n.º 18. Álbum em cartonagem editorial com sobrecapa, óptimo estado de conservação. 264 páginas. Único volume fora do formato do resto da colecção: 22 x 30,3 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1985.

ACERCA DE FLORBELA, por RUI GUEDES.
Biografia. Bibliografia. Apêndices. Discografia. Índice Remissivo Geral. Volume que encerra a colecção. 237 páginas. 15 x 22,5 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1986.

Colecção completa (8 volumes), em primeira edição. Três volumes assinados por Rui Guedes, um deles com dedicatória. Todos os volumes há muito esgotados no editor. Todos em bom estado.

Conjunto invulgar.

Preço: 170 euros.