A ARISTOCRACIA DO GENIO E DA
BELLEZA FEMINIL NA ANTIGUIDADE


JOSÉ PALMELLA


SemiramisSapho de MityleneCorinnaAspasia  —
PhrynéCleopatraHypathia de Alexandria

Com uma carta de Victor Hugo.
Introdução de Júlio César Machado.
As primeiras 85 páginas, antes da obra propriamente dita, incluem ainda cartas ao autor de Angel Fernandez de Los Rios, Marianna Angelica de Andrade e Narcisa Amália; juízos críticos de Amália Figueirôa, Izabel Bueno, Luiz Guimarães Júnior, Quirino dos Santos, Rebello de Vasconcellos, Manuel Nuñez de Prado, Guiomar Torrezão, e de outros escritores e da imprensa portuguesa; e os prefácios das  anteriores quatro edições do livro. Vide índice nas fotografias.

Ensaios biográfico-líricos dedicados a destacadas e libertárias figuras femininas da antiguidade. 5.ª edição, «augmentada». 304 páginas.  21,2 x 13,4 cm. Capa bastante manchada, interior com manchas ténues, visíveis nas fotografias. Lombada com pequenas falhas de papel. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1876.

Preço: 17 euros.



O SACO

MEMÓRIAS DE UM BOXEUR


MATOS JÚNIOR
[MANUEL MATOS IDEIAS]


Foi campeão regional e defrontou os maiores boxeurs nacionais e espanhóis do seu tempo. Exerceu também as profissões de madeireiro, marçano, guarda-costas, comerciante, arrumador de cinema, estivador, etc. Uma vida sob o signo do infortúnio. Evocadas conhecidas personalidades do meio desportivo e artístico. Um romance vivido e uma advertência à mocidade. Um grito de desespero, mordaz, pungente, angustiante… [texto da contracapa].

Manuel Matos Ideias, conhecido como pugilista pelo nome Matos Júnior, publicou há 50 anos estas memórias da sua vida e carreira em parceria com o jornalista Fernando Laidley. Capa com desenho de J. Ribeiro, datado de 1966. Exemplar assinado pelo boxeur com dedicatória de página inteira. Exemplar estimado. 140 páginas. 13,8 x 20,2 cm. Lisboa: Edições Tapete Mágico, [s.d.].

Preço: 25 euros.


Coristas, 1941

[06Fev17]

cori1

cori4


CORISTAS

Comédia em 3 Actos

ARMANDO VIEIRA PINTO


O autor [Viana do Castelo, 1906 – Lisboa, 1964] foi jornalista, dramaturgo, letrista de fado, argumentista, realizador.

Antecede a peça com um prefácio sobre o processo de escrita de teatro, o público e a crítica. Segue-se a lista das personagens e actores que as representaram na noite de estreia a 27 de Março de 1942, no Teatro Nacional D. Maria II.

Exemplar com assinatura de posse, a lápis, datada, do humorista José Sesinando, que sublinhou a seguinte passagem do prefácio (pág. 7):

Para que de uma obra risonha possam tirar-se conclusões sérias, são necessários um certo poder de raciocínio imediato e um profundo sentido do humor. Nem uma nem outra destas qualidades, infelizmente, são peculiares ao nosso público.

Na (colecção) Biblioteca Teatral “Teatro do Povo”. Desenho da capa não assinado. 173 páginas. 13 x 18,5 cm. Bom estado. Porto: Livraria Tavares Martins, 1941.

Preço: 18 euros.



O CASO DA ELEIÇÃO DE MISS PORTUGAL

para o concurso mundial de beleza do Rio de Janeiro, de 1930,
perante o Supremo Tribunal de Justiça


Minuta de Revista feita pelo advogado, do Pôrto,
DR. AFONSO DE ALBUQUERQUE


Recorrente: D. Maria Madalena da Gama Braga de Sá Teixeira, de Lisboa. Recorridas: A Renascença Gráfica, soc. an. port. de resp. limitada, proprietária do jornal Diário de Lisboa, e D. Fernanda Gonçalves, «desta cidade». Com 124 páginas e 16 x 23 cm. Bom estado. Porto: Tipografia Progresso, 1934.

Um pedido de indemnização por perdas e danos, sobre uma questão de idade nos regulamentos, por uma das finalistas, num concurso onde as concorrentes teriam de ser «solteiras e reconhecidamente honestas, não importando a sua categoria social», e «distintas de apresentação». Uma das questões contra as quais o advogado se insurge é o facto de o Diário de Lisboa ter aproveitado o seu espaço mediático para auto-defesa pública.

Preço: 25 euros.



[Carta Dactiloscrita]


JOSÉ MANUEL SOARES DE OLIVEIRA


Dactiloscrito de 9 páginas, datado de 9 de Setembro de 1947, assinado pelo seu autor, o director do jornal ALA no biénio 1946-1947. No texto, o autor faz uma revisão da actividade do jornal nesse período, antes de resignar ao cargo. Muito curiosa a parte da carta dedicada aos colaboradores (Afonso Botelho, Manuel Falcão, Freitas Leal, Luiz Archer, Nuno Teotónio Pereira, Henrique Barrilaro Ruas, etc.), ou outra em que refere problemas com a tipografia.

A ALA foi um jornal ligado aos universitários católicos portugueses, fundado em 1941, com crítica literária, poética, teatral, musical e de belas-artes, secção de desporto universitário e outras. Ao longo da sua história publicou colaborações importantes de Vitorino Nemésio, Salette Tavares, Ruy Cinatti, Francisco de Sousa Tavares, Jorge Botelho Moniz, Vasco Miranda, Ruben A. ou Noël de Arriaga.

Carta de 9 folhas dactilografadas apenas de um lado, com assinatura manuscrita do autor no final. Agrafadas. Formato 22 x 27 cm.

Preço: 30 euros.





HISTORIAS DE MADRID

CRÓNICAS DESDE EL PASADO


EDUARDO DE GUZMÁN
VICENTE MARCO
GONZALO SOL
EUGENIO DOMINGO


Compilação de textos de jornalistas “lendários” sobre os traços que marcaram o jornalismo e a capital espanhola ao longo do século XX: o jornal “El Imparcial”, os quinze diários de Madrid, o desporto em Madrid (boxe, futebol, Real Madrid, tauromaquia), a gastronomia, o aparecimento da rádio, etc. Curioso e bem desenhado.

Prólogo de Xavier Domingo. Capa de Ballesteros, maqueta de Juan José Diaz, fotografias de Campúa, Ruiz Vernacci, Piortiz, Díaz, Vilaseca, Kaulak, Zegri, Díaz Casariego, arquivos e colecções particulares. 252-(2) páginas. 19 x 24 cm. Inúmeras fotografias, em paginação tipo-jornal, com texto em duas colunas. Colecção Textos Lúdicos de Pantagruel. Madrid: Penthalon Ediciones, 1981.

Preço: 15 euros.




SÓ ACONTECE AOS OUTROS

HISTÓRIAS DE VIOLÊNCIA


MARIA ANTÓNIA PALLA


Histórias ocorridas em Portugal entre 1970 e 1979, principalmente com mulheres, jovens e crianças, tal como foram escritas pela jornalista Maria Antónia Palla e publicadas no Século Ilustrado. Capa de Manuel Dias. 195-(5) páginas. 17 x 21 cm. Excelente exemplar. Colecção Realidade e Denúncia. Lisboa: Livraria Bertrand, 1979.

Preço: 15 euros.



PORTUGAL À DERIVA


JOSÉ MIGUEL JÚDICE


Alguns dos textos, anteriormente publicados na imprensa: O Diabo, Jornal Novo ou O País.
300 páginas. 14,5 x 20,5 cm. Lisboa: Edições do Templo, 1978.

Preço: 8 euros.


Do Futebol

[29Jun12]


LA CORRUPCION EN EL DEPORTE ESPAÑOL


JOSE MARIA GARCIA


Capa de Gigi Coberta. 280-(5) páginas. 14 x 21 cm. Madrid: Fernando Egozcuezabal, 1978. /// O autor, nascido em Madrid nos anos 40, é um dos mais importantes jornalistas desportivos espanhóis. Os vários capítulos abordam questões de boxe, futebol, árbitros, dirigentes, agentes e escândalos.

Preço: 12 euros.



I.ª VIAGEM AO MUNDO LOUCO DO FUTEBOL


RUI SILVA


Assinado pelo autor com dedicatória. 400 páginas. 14,5 x 20,5 cm. Óptimo estado de conservação. Torres Vedras: Edição do Autor, 1986.

Preço: 15 euros.