FYSIOGNOMIA
E VARIOS SEGREDOS DA NATUREZA


JERONYMO CORTEZ


Título completo [e restante informação contida no rosto da obra]: FYSIOGNOMIA, E VARIOS SEGREDOS DA NATUREZA. Contém Cinco Tratados de differentes materias, revisto, e melhorados nesta ultima impressão. Accrescentado nesta ultima idição com huns segredos emportantes para tirar nodoas. Composto por Jeronymo Cortez, Natural da Cidade de Valença. Agora novamente traduzido em Portuguez por Antonio da Silva de Brito. Lisboa, Na Officina de Francisco Borges de Sousa, Anno MDCCXCII. Com licença da Real Meza da Commissão Geral Sobre o Exame, e Censura dos Livros.

Um catálogo, ou receituário, contendo diversas fórmulas práticas e mezinhas, mais ou menos credíveis, com tanto de impraticável — por dificuldades de obtenção de certos ingredientes (dentes de lobo?) — como de realização fácil, na oficina, no campo ou no lar. Há astrologia, agricultura, folclore, curandeirismo, zoologia, geografia, e métodos para a produção de bebidas alcoólicas. O título, por exemplo, destaca «segredos emportantes para tirar nódoas». O autor: Jerónimo Cortez, ou Gerónimo Cortés (1555-1615), natural de Valência e autor do famosíssimo Lunário Perpétuo, até aos nossos dias republicado… e usado.

Os cinco tratados referidos no título são: 1) «Da Fysiognomia Natural do homem, conforme o methodo da Filosofia, e Medicina»; 2) «Das excellencias do Alecrim, e sua qualidade»; 3) «Das muitas, e mui grandes propriedades da Agua ardente»; 4) «Dos Segredos da Natureza, e maravilhosos effeitos delles»; e 5) «Da Regiao Elementar, e Celeste, no qual se descrevem as naturezas dos quatro Elementos, e Corpos Celestes, e de muitos, e varios effeitos, que causão».

Uma das inúmeras edições portuguesas da obra, mais ou menos expurgada, ao longo dos últimos 300 anos — só na Biblioteca Nacional existem edições de 1699, 1706, 1815, 1844, 1860, 1866, 1879, 1900, 1978, 1993 e 1995, bem como uma castelhana de 1598.

Com 238 páginas, e 9,8 x 14,9 cm. Encadernação da época, inteira de pele, com diversos defeitos (faltas e furos, principalmente na lombada) mas bem sólida. Um ou outro defeito menor no interior (pequena falta de papel no canto inferior exterior da página 181/182, que não chega a tocar o texto; garatujas a lápis nos intervalos do texto das páginas 222 a 224).
No geral, um bom exemplar.

Invulgar.

Preço: 85 euros.



ARMAS DA GUERRILHA


JEAN-LOUIS BRAU


Pela primeira vez na Europa, a nomenclatura precisa e pormenorizada das técnicas utilizadas, quer em África, quer no Vietname, quer, ainda, na América Latina.

Dividido em três partes: Os Fundamentos da Guerrilha; O Guerrilheiro e as suas Armas; A Formação do Guerrilheiro.

Edição ilustrada com fotografias, desenhos, esquemas e tabelas. Tradução de Zarco Moniz Ferreira. 190 páginas. 14 x 20 cm. Bom exemplar. Lisboa: Ulisseia, [1974].

Óptimo estado de conservação.

Preço: 40 euros.



CHARLAS LINGUÍSTICAS NA RTP

CHARLAS — NOTAS — COMENTÁRIOS

RAUL MACHADO


As famosas Charlas Linguísticas do Padre Raul Machado, um programa de televisão com um público “fidelíssimo“, que durou de 1958 a 1961, terminado por morte do autor. Em 1960 foi editado este primeiro (e único) volume, reeditado em 1998, por ocasião do 40.º aniversário do programa.

Primeiro volume (único publicado). 2.ª edição. Prefácio de Fernando Peixoto da Fonseca. 285 páginas. 16 x 24 cm. Colecção Língua Portuguesa n.º 1. Exemplar impecável, como novo. Lisboa: Sociedade da Língua Portuguesa, 1998.

Preço: 12 euros.



MANUAL DE PATINAGEM ARTÍSTICA SOBRE RODAS

DANÇAS OBRIGATÓRIAS


MARCELINO J. NOGUEIRA


Um manual preparado para a Escola de Patinagem Artística do Grupo Cultural e Desportivo da TAP, pensado para oferecer uma aprendizagem progressiva e «boa orientação quanto ao ensino da técnica exigida». Com a explicação teórica e gráfica dos passos de dança para cada uma das 44 danças obrigatórios, e capítulos sobre dança livre, a filosofia da dança internacional, as regras dos júris ou a música apropriada. Vide fotografias do índice.

Invulgar. Manuseado e com ligeira perda de cor na capa. Ilustrado com desenhos, esquemas e fotografias. Com 231 páginas acrescidas de uma folha volante de 4 páginas sobre o foxtrot italiano, com o esquema e as explicações dos passos de dança. 16 x 23,2 cm. Lisboa: Grupo Cultural e Desportivo da TAP, 1979.

Preço: 45 euros.




AS AVES CANTAM. PORQUÊ?


JACQUES DELAMAIN


Título original: Pourquoi les oiseaux chantent. Prefácio de Jerôme e Jean Tharaud. Tradução de João de Barros. 2.º milhar. 214 páginas. 12,5 x 19 cm. Lisboa: Livraria Clássica Editora, 1938. Com uma dedicatória manuscrita, não autoral, no ante-rosto. Bom exemplar.

Preço: 12 euros.


Museologia

[03Ago11]

 


APONTAMENTOS SOBRE MUSEOLOGIA
MUSEUS ETNOLÓGICOS

LIÇÕES DADAS NO MUSEU DE ETNOLOGIA DO ULTRAMAR

ERNESTO VEIGA DE OLIVEIRA


Com capítulos sobre a definição, origens, história e evolução dos conceitos fundamentais de museologia; museus de etnologia; história e evolução dos museus etnológicos portugueses; tipologia dos museus etnológicos; métodos e regras de recolha museológica; identificação e registo; arte e estilos africanos; exposições permanentes e exposições temporárias.

Lições proferidas por Veiga de Oliveira no Museu de Etnologia do Ultramar no âmbito da cadeira de Museologia do Curso de Ciências Antropológicas e Etnológicas do Instituto Superior de Ciências Sociais e Política Ultramarina (ISCSPU), no ano lectivo de 1970-1971. Com 112 páginas e 18 x 24 cm. Colecção Estudos de Antropologia Cultural, n.º 6. Edição do Centro de Estudos de Antropologia Cultural da Junta de Investigações do Ultramar, Lisboa, 1971.

Preço: 15 euros.



INTRODUÇÃO À TÉCNICA DE MUSEUS


GUSTAVO BARROSO


Trata-se do Volume I — Parte Geral e Parte Básica. Com noções de organização, arrumação, catalogação, restauro, cronologia, epigrafia, bibliografia, diplomática, paleografia e iconografia. Ilustrado com fotografias e desenhos. Capa cansada, embora o exemplar se mantenha sólido e manuseável. 336 + (8) páginas (por abrir). 16,5 x 24 cm. Uma edição do Museu Histórico Nacional do Brasil (1946), da autoria do seu director, também professor de Técnica de Museus.

Preço: 10 euros.


auto-big-1

  • Nunca se deve perseguir afoitamente outro carro, na certeza de que onde ele passa, podereis passar também, visto que um veículo que se dirige em sentido contrário pode por ele, ser evitado, sem que vos aconteça o mesmo.
  • Um rebentamente de pneu é raras vezes perigoso se não travais, manobrando seguramente o volante. Qual é a melhor maneira de assim proceder? Volante bem seguro, unhas para cima e braços encostados ao tronco para maior firmeza.
  • Acima de tudo, aprendei a «manobrar». Aquele que no momento culminante não sabe agir com serenidade e precisão, não é um condutor seguro. Este deve conhecer bem o carro e efectuar as manobras instintivamente.
  • Não procureis nunca assombrar os passageiros com a vossa perícia: pelo contrário, esforçai-vos para que eles se mantenham absolutamente tranquilos.

auto-big-2

Breves Instruções de Mecânica e conselhos para candidatos a condutores de automóveis, coordenadas por…, Bernardo Dias, 2.ª edição, refundida, aumentada e ilustrada com gravuras e o esquema da nova sinalização, [1933]. /// 24 páginas + 2 estampas, com sinais de trânsito e publicidade. /// Preço: 10 euros.

auto-k auto-motor auto-pub