T. S. ELIOT


LEONARD UNGER


Ensaio biobiliográfico. Colecção Escritores Norte Americanos, n.º IX. Tradução de Anna Maria Martins. 80 páginas. 11,5 x 16 cm. Manuseado. São Paulo: Livraria Martins Editora, 1963.

Preço: 7 euros.



THE COCKTAIL PARTY

A COMEDY

T. S. ELIOT


4.ª impressão (a primeira revista), seis meses após a primeira. Inclui a pauta musical de «One-eyed Riley», e o elenco original da peça. 166+(5) páginas. 14,5 x 22,5 cm. Encadernação editorial em tela verde, com sobrecapa com pequenos defeitos e amarelecida. Exemplar interessante. London: Faber and Faber, 1950.

Em conjunto com:

THE MAKING OF A PLAY. T. S. Eliot’s “The Cocktail Party”, de E. Martin Browne. Trata-se do texto da Judith Wilson Lecture na Universidade de Cambridge, 4 de Março de 1966, da autoria do director da primeira produção da peça no Festival de Edinburgo de 1949, e que já tinha acompanhado a criação da peça de Eliot do princípio ao fim. 46 páginas. 12,5 x 18,5 cm. Capa com pequenos defeitos. Bom estado geral. Cambridge: University Press, 1966.

Preço (do conjunto): 25 euros.



T. S. ELIOT’S DRAMATIC
THEORY AND PRACTICE

FROM SWEENEY AGONISTES TO THE ELDER STATESMAN


CAROL H. SMITH


Although there have been innumerable studies of T. S. Eliot, this is the first to examine closely the relationship between the changes and developments in his dramatic practice and his artistic and intellectual development. Professor Smith finds Eliot’s dramatic theory and practice rooted in his conception of the need for order in religion and art. […] Eliot’s interest in the jazz rhythms and popular appeal of the English music hall, in the mythical method of Yeats and Joyce, and in the work of the Cambridge School of Classical Anthropology, which traced the origins of Greek drama back to the primitive ritual drama, is examined as the basis of his dramatic ideals and intentions. [da badana]


Ensaio. Encadernação editorial, tela com sobrecapa em bom estado geral, com muito ligeiras perdas de papel nas extremidades. Com ix-251 páginas e 14,5 x 22 cm. Bom exemplar. New Jersey: Princeton University Press, 1963.

Preço: 15 euros.



ASSASSÍNIO NA CATEDRAL

(MURDER IN THE CATHEDRAL)

T. S. ELIOT


Tradução e posfácio de José Blanc de Portugal. Primeira edição da peça: 1935. Com 132 páginas e 14 x 20,5 cm. Bom estado. Colecção Theatrum Mundi n.º 1, Lisboa: Delfos, [1960].

Em conjunto com: Murder in the Cathedral, 3.ª ed., 17.ª reimpr., encadernação editorial em tela vermelha, sem sobrecapa. 8 páginas. 13,5 x 21 cm. Bom estado. London: Faber and Faber, 1950.

E ainda: Notes on T. S. Eliot’s Murder in the Cathedral, da colecção Study-Aid Series, 40 páginas, 14 x 21,5 cm, London: Methuen, 1965.

Preço (do conjunto): 20 euros.



A POESIA DE T. S. ELIOT


JOSÉ PALLA E CARMO


*Capítulo de um estudo inédito acerca da moderna poesia de língua inglesa, no qual se baseou a conferência proferida em 17 de Fevereiro de 1959 no Centro Nacional de Cultura sob o mesmo título. São do autor as traduções incluídas neste estudo, feitas na época da sua elaboração, quando não antes. Acerca de outras traduções e bibliografia portuguesa em geral, remete-se o leitor para o artigo de Carlos Estorninho «Portugal e T. S. Eliot» (Diário de Lisboa, 21 de Janeiro de 1965).


Ensaio. Separata dos n.ºs 24, 25 e 26 de O Tempo e o Modo. 47 páginas. 16 x 23 cm. Bom estado. Edição do autor, Lisboa, 1965.

Preço: 10 euros.



Poetry of this Age 1908-1958, de J. M. Cohen.
Livro de bolso (11 x 18 cm), de 262 páginas. Usado. Colecção Grey Arrow G24, London: Arrow Books, [1960?].
Preço: 5 euros.


Crisis in English Poetry 1880-1940, de Vivian de Sola Pinto.
2.ª ed., encadernação editorial em tela com sobrecapa bem conservada. 231 páginas. 12,5 x 19 cm. Miolo com picos de oxidação. Capítulos «T. S. Eliot» [pp. 158-186] e «After Eliot» [pp. 187-208]. London: Hutchinson’s University Library, 1955.
Preço: 8 euros.


The Concise Cambridge History of English Literature, de George Sampson.
2.ª edição, com um novo capítulo de R. C. Churchill, «The Age of T. S. Eliot». Encadernação editorial em tela com sobrecapa, bem conservadas. Miolo limpo. Selo de biblioteca pessoal no pé da lombada e ex-libris de anterior proprietário. Bom exemplar. 1071 páginas. 14 x 20 cm. Cambridge: University Press, 1965.
Preço: 10 euros.


Pablo NERUDA

[03Nov17]


PABLO NERUDA
ANTOLOGIA BREVE
2.ª edição. Tradução e selecção de Fernando Assis Pacheco. Colecção Cadernos de Poesia. 150 páginas. 11 x 18 cm. Bom estado. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1971.
Preço: 12 euros.


PABLO NERUDA PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA 1971
Documentos (notícias, discursos, cronologia, bibliografia). Capa de José António Gonçalves. 85 páginas. 12,5 x 18,5 cm. Pequena assinatura de posse na página de rosto. Usado. Lisboa: Prelo Editora, 1971.
Preço: 8 euros.


PABLO NERUDA
INCITAMENTO AO NIXONICÍDIO E LOUVOR DA REVOLUÇÃO CHILENA
“O testamento poético de Pablo Neruda”. Tradução de Alexandre O’Neill. 100 páginas. 11,5 x 18,5 cm. Usado.Pequena assinatura de posse no rosto. Lisboa: Agência Portuguesa de Revistas, 1975.
Preço: 12 euros.


JUREMA FINAMOUR
PABLO E DOM PABLO
Memórias. Um retrato do poeta pela jornalista brasileira Jurema Finamour, que foi três vezes secretária de Neruda, no Brasil e no Chile, e afirma querer destruir o “mito Neruda”, que diz ter ajudado a construir durante 20 anos. Capa de Eleonora Affonso. 251 páginas. 14 x 21 cm. Bom estado. Rio de Janeiro: Editorial Nórdica, 1975.
Preço: 12 euros.


PABLO NERUDA
NASCI PARA NASCER
Memórias. Tradução de Eduardo Saló (texto em prosa) e Mário Dionísio (poemas). Papel amarelecido. Bom exemplar. Lisboa: Publicações Europa-América, [1978].
Preço: 10 euros.


Pedro TAMEN

[03Nov17]


ESCRITO DE MEMÓRIA


PEDRO TAMEN


Primeira edição. Colecção Círculo de Poesia, n.º 56. Com um pequeno carimbo de biblioteca no rosto, e restos de selo de biblioteca na capa e contracapa, visível na fotografia supra. 60 páginas. 15 x 20 cm. Miolo limpo. Exemplar razoável. Lisboa: Moraes Editores, 1973.

Preço: 15 euros.



O SANGUE, A ÁGUA E O VINHO

POEMA EM TRÊS CÂNTICOS

PEDRO TAMEN


Capa e arranjo gráfico de José Escada. Com a sobrecapa original da colecção, de plástico transparente. Colocado por anterior proprietário, um recorte de um artigo do jornal A Capital, de 18 de Novembro de 1976, sobre Pedro Tamen, da autoria de Joaquim Manuel Magalhães. 60 páginas. 15,5 x 20 cm. Colecção Círculo de Poesia n.º 2, da Livraria Morais Editora, Lisboa, 1958.

Preço: 35 euros.



POEMAS A ISTO


PEDRO TAMEN


Capa e arranjo gráfico de José Escada. Com a sobrecapa original da colecção, de plástico transparente. 49 páginas. 15,5 x 20 cm. Colecção Círculo de Poesia n.º 20, da Livraria Morais Editora, Lisboa, 1962.

Preço: 40 euros.



OS QUARENTA E DOIS SONETOS


PEDRO TAMEN


«Os quarenta e dois sonetos que constituem este livro foram escritos, pela ordem por que seguidamente se publicam, entre 12 de Outubro de 1972 e 12 de Abril de 1973.»

Colecção Horizonte de Poesia, n.º 2. Com um selo da livraria A Erva Daninha, no Porto. 52 páginas. 12,5 x 18,5 cm. Lisboa: Livros Horizonte, 1973.

Preço: 30 euros.



20 ANOS DA COLECÇÃO CÍRCULO DE POESIA

20 ANOS DE POESIA PORTUGUESA


Organização, prefácio e notas de
PEDRO TAMEN


Edição comemorativa dos 20 anos da Colecção Círculo de Poesia. Capa e plano gráfico de Luiz Duran e Julietta Matos sobre maquete original da colecção de José Escada. Tiragem de 3000 exemplares. 357 páginas. 14,5 x 20 cm. Colecção Círculo de Poesia, n.º 79. Lisboa: Moraes Editores, 1977.

Assinado com dedicatória de Pedro Tamen para Nuno Bragança.

Capa com uma mancha de água muito visível, que no interior só toca a primeira página e, muito ligeiramente, a seguinte, a do autógrafo. Miolo limpo.

Apesar do mau estado da capa um exemplar único, pelo simbolismo da dedicatória entre duas personalidades que percorreram em conjunto partes significativas dos respectivos percursos literários.

Preço: 25 euros.



POETAS HÚNGAROS

ANTOLOGIA


Organização, prefácio e notas
de
ZOLTÁN RÓZSA


Poetas representados: Géza Páskándi, Sándor Csoóri, Ferenc Juhász, Lászlo Nagy, János Pilinski, Sandór Weores, Miklós Radnóti, Amy Károlyi, Zoltán Zelk, Attila József, Gyula Illiyés, Lájos Kassák, Endre Ady, Dezso Kosztolányi, Milán Fust, Miháli Babits, Gyula Juhász, Sándor Petofi e János Arany.

Traduções de Teresa Balté, Fiama Hasse Pais Brandão, Yvette K. Centeno, José Gomes Ferreira, Egito Gonçalves, Zóltan Rózsa, Pedro Tamen, António Torrado, José Blanc de Portugal, Vasco Graça Moura e Nelson R. Ascher.

Título original: Magyar Koltok. Capa de Vitoriano Martins, sobre uma pintura original de Pál Ferenc, representando a Árvore da Vida junto com uma figura simbólica da Poesia. Plano gráfico de Edviges Espada. 212 páginas. 20 x 21 cm. Colecção Canto Universal, da Moraes Editores, Lisboa, 1983.

Preço: 15 euros.



FERNANDO LANHAS
os sete rostos


FERNANDO GUEDES


Os sete rostos de Fernando Lanhas, segundo Fernando Guedes: a Pintura, o Desenho, a Poesia, os Sonhos, a Arquitectura, a Astronomia e a Arqueologia. Inclui excertos dos “diários de sonhos” de Fernando Lanhas.

No mesmo ano e baseado neste livro, António de Macedo realizou para a RTP o documentário sobre Fernando Lanhas com título homónimo.

Brochado. Tiragem de 2500 exemplares (1000 encadernados, 1500 brochados). Ilustrado com desenhos, fotografias, e pinturas. 165 páginas. Oblongo (31 x 22,5 cm). Bom estado. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1988.

Preço: 35 euros.



DO OUTRO LADO

cançoneta comica


ALFREDO DE MORAES PINTO
(Pan-Tarantula)


Ilustrações de Raphael Bordallo Pinheiro (14 no texto + 2 nas capas). Desenho da capa “continua” na contracapa, e a frente e o verso do livro estão trocados, de acordo com o título.

16 páginas. 12 x 18,5 cm. Impresso na Typographia Elzeviriana. Em bom estado geral, pese embora ter as capas praticamente soltas. Lisboa: Tavares Cardoso & Irmão, 1885.

Invulgar.

Preço: 60 euros.



TEATRO INFANTIL

O CAVALO MÁGICO, de Carlos Manuel Rodrigues

HISTÓRIA DA INÊS E DA ANA, de Maria Helena Ançã

CRISPIM O GRILO MÁGICO, de A. M. Pires Cabral


Colecção Barca Nova n.º 3.
[a Fiama Hasse Pais Brandão a quem uma situação imprevista obrigou a renunciar (embora temporariamente) à co-direcção desta colecção, dirigimos os nossos agradecimentos pelas raízes que nela plantou.]

Colecção dirigida por António Júlio Valarinho. Direcção gráfica e capa de João Carlos Albernaz. Desenhos de Margarida Pinto e Maria José Almeida. Com a fotografia e um apontamento biográfico para cada um dos autores, antes das respectivas peças. 144 páginas. 13,5 x 18,5 cm. Óptimo exemplar. Lisboa: Ulmeiro, 1980.

Preço: 12 euros.



SABEI POR ONDE A LUZ


GRACINDA MARQUES
ANTÓNIO MANUEL PIRES CABRAL


Pasta de cartão (22,5 x 31 cm) com selo lacrado na capa com o título da obra, em estado imaculado, apenas com o cordel cortado para poder ser aberto. Contém: 27 folhas (21 x 29,5 cm), das quais 4 são poemas de A.M.Pires Cabral (“Rua Antiga”, “Adufa”, “Janela em Ângulo” e “Janelas”) e 20 são desenhos de antigas varandas, janelas, ferros e adufas, de Gracinda Marques. Termina com um mapa de Vila Real identificando o local exacto de cada um dos 20 desenhos.

Colecção Adufa, volume 5. Direcção gráfica de Victor Ribeiro. Tiragem de 1050 exemplares. Edição da Comissão Regional de Turismo da Serra do Marão, Vila Real, 1983.

Bom estado. Invulgar.

Preço: 40 euros.



TRIRREME


A. M. PIRES CABRAL


Dividido em três partes: «Tu, que os meus ombros», «Abril devia ser» (inclui os «Nove pretextos tomados de Camões»), e «Um homem sentado no seu tempo». Capa de João Botelho. Colecção Poesia do Nosso Tempo, n.º 20. 74 + (6) páginas. 12 x 18 cm. Manuseado. Coimbra: Centelha, [Março de] 1978.

Preço. 20 euros.



7 PEÇAS EM UM ACTO


ANTÓNIO MANUEL PIRES CABRAL

ANTÓNIO CABRAL


As 7 peças: Temos tempo, Matilde /// Os Muros de Verona /// Ouve-se uma flauta /// Virá um dia virá /// O Consultório /// O Poço /// Seguir viagem.

Capa de João Botelho. 268 páginas. 11,5 x 18 cm. Bom estado, embora com uma pequena assinatura de posse no rosto. Volume 7 da colecção de teatro da Editora Centelha, Coimbra, 1977.

Preço: 15 euros.



10 POEMAS PARA CATARINA


«No 27.º aniversário do assassínio de Catarina Eufémia».

Pasta de cartão (20,5 x 29,7 cm) contendo 19 folhas soltas (19,5 x 28,5 cm), com poemas de Álvaro Magalhães, António Ramos Rosa, Armando Silva Carvalho, Egito Gonçalves, José Gomes Ferreira, Manuel Alberto Valente, Maria Teresa Horta, Marta Cristina de Araújo, Papiniano Carlos e Sophia de Mello Breyer Andresen; três desenhos de José Rodrigues; um excerto de um texto de José Dias Coelho sobre Catarina Eufémia; e a reprodução da primeira página do Avante! [VI série, n.º 187, Abril-Maio 1954] com a notícia da “carga” da GNR que matou a ceifeira de Baleizão.

Álbum organizado por Marta Cristina de Araújo, e dirigido graficamente por Armando Alves. Tiragem de 600 exemplares, dos quais 500 com distribuição comercial (este o número 490). Bom estado. Capa com mínimas imperfeições, visíveis nas fotografias. Folhas soltas em estado impecável. Porto: O Oiro do Dia, 1981.

Preço: 60 euros.



INDÍCIOS DE OIRO


MÁRIO DE SÁ-CARNEIRO


Propusemo-nos editar os Indícios de Oiro desde que Fernando Pessoa, há anos, nos confiou uma sua cópia. A Fernando Pessoa, depositário dos inéditos de Sá-Carneiro, se devia já a publicação na Contemporânea, na Athena, na Presença, em outras revistas ainda, de vários poemas dos Indícios de Oiro. Além de que já um grupo dêles fôra publicado em vida do Poeta, no N.º 2 do Orpheu. Não se trata, pois, duma colectânea de dispersos: Mas duma obra que só a morte impediu o autor de publicar, e cujo título e ordenação Êle próprio determinou. O poeta suicidou-se a 26 de Abril de 1916. Assim alguns poemas são de poucos meses anteriores à sua morte. O Último Soneto (que não foi o seu último soneto mas só o último soneto dos Indícios de Oiro) é de Dezembro de 1915. Aos Índicios de Oiro julgamos dever juntar Os Últimos Poemas de Mário de Sá-Carneiro. Foram quàsi todos êstes publicados por Fernando Pessoa no N.º 2 da sua revista Athena. Por nos parecer que deverá interessar aos leitores dêste livro, publicamos ainda transcrita do N.º 16 da Presença (Novembro de 1928), uma Tábua bibliográfica relativa ao Poeta. Pôsto haja saído anónimamente na citada fôlha, foi também Fernando Pessoa quem a redigiu

[«Nota dos Editores», na última página do livro]


Primeira edição (póstuma). Exemplar n.º 161 da tiragem de 700 exemplares em papel vergé (tiragem total de 850 exemplares, dos quais 55 fora do mercado). Com 86 páginas, e 19,5 x 26 cm. Capa com manchas, visíveis na fotografia. Lombada escurecida, fendida em dois pontos, mas completa. Exemplar manuseado, mas muito interessante, de uma obra rara, pois possui uma pequena e discreta assinatura de posse do arquitecto Alberto José Pessoa, datada de 1938, na página de ante-rosto. Lisboa: Edições «Presença», 1937.

Preço: 280 euros.


ses0


HETEROPSICOGRAFIA

65 variações sobre a
AUTOPSICOGRAFIA de Fernando Pessoa


JOSÉ SESINANDO


Variações (humorísticas) sobre o poema «Autopsicografia», de Fernando Pessoa. Primeira e única edição, sem distribuição comercial. Edição do autor, de tiragem muito reduzida, e encadernação de argolas. Não numerado. Primeiras (5) páginas verdes, as restantes (65) brancas. 15 x 21 cm. Impresso na Aquasan, Lisboa, [s.d.], provavelmente na segunda metade da década de 80. Raro.

Letras da capa indiciam autoria de Victor Palla, irmão do autor, que na época e impresso na mesma Aquasan, desenhou muito semelhantes letras para o título de um livro próprio.

Preço: 25 euros.



 

A Não Perder: o artigo de José Barreto sobre o
I Congresso Ressoano de Vale da Parra: aqui.

 



LIVROS I.º e II.º


FERNANDO GUERREIRO


Deste livro foram impressos, em off-set, sobre chapa de cartão, 250 exemplares, que custaram ao autor, graças à colaboração de alguns amigos gráficos (sem os quais esta edição não teria sido sequer possível), a módica quantia de 15 mil escudos. Com a venda dos volumes (que não tenham sido, entretanto, distribuídos pelos amigos), ao preço unitário (!) de cem escudos, o responsável pelos textos espera recuperar o dinheiro inicialmente investido, de modo a, ainda este ano, possivelmente no (fim do) Outono, pelo mesmo processo, mas em melhores condições técnicas, fazer sair (como toupeiras matreiras) das tocas em que se encontram, respectivamente os LIVROS III.º e IV.º (com textos de 1976/77). Para que conste. No ano de MCMLXXVII.

Primeiro livro do poeta, ensaísta, tradutor e professor universitário Fernando Guerreiro (n. 1950). Com 266-(1) páginas (soltas), não colado nem agrafado, e 17 x 22,5 cm. Lisboa: edição do autor, 1977.

Exemplar que concorreu ao Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes, em Novembro de 1977 [que premiou Sophia de Mello Breyner Andresen com O Nome das Coisas], e ficou na posse de um dos júris, donde a nota a lápis na capa: «menção honrosa».

Raro.

Preço: 40 euros.



CANCIONEIRO ALENTEJANO


VICTOR SANTOS (org.)


Autores inclusos: Jovita de Carvalho, João Pedro F. de Andrade, Ana Maria Cardigos, M. Dias Nunes, F. Vaz Monteiro de Goes du Bocage, Elvira Monteiro, Joaquim Augusto Salgado, Manuel José Fernandes, I. Farrita, Garcia de Resende, Bernardim Ribeiro, Cristóvão Falcão, José Agostinho de Macedo, Curvo Semedo, José Duro, Américo Durão, Conde de Monsaraz, Mário Beirão, Hernâni Cidade, Domingos Rosado, José Libânio, Celestino David, Silva Tavares, João Risonho, Azinhal Abelho, Francisco Ventura, Félix Ventura, Manuel Ançã, Augusto Sousa Zuzarte, José de Almeida, Silveira Fernandes, Guerreiro da Cunha, Florbela Espanca, Elisa Toscano Batalha, Alice do Rosário Garcia, Esmeralda Santos, Virgínia Madeira, Mercedes Blasco, Olinda Lavínia dos Santos Aníbal, Fernanda Santos, Maria de Jesus Mateus, Mariana Mendes Palma, Lygia, Maria de Santa Isabel, Déti, Teresa de Carvalho, Maria do Céu, José Cordovil, José Cutileiro, Mário Florival, Padre Lopes Manso, Silva Palma, Joaquim Lança, B. de Oliveira, Victor Mendes, Silva Parracho, Arlindo Caldeira, Bento Caeiro, António Arriscado Nunes, Pereira Trindade, Elizardo, Leiria Dias, João Caixeiro, Francisco Pereira de Sousa, Amado de Aguilar, Andrade Gomes, Américo Paiva, Luís Alves Martins, Augusto de Sousa Maldonado, António Sardinha, Henrique Silva, Solitário, Edmundo Belfonte, F. A. de Oliveira Galamba, Manuel Subtil, João Job, José da Rocha, Flávio, João M. Calado, Oliveira Charrua, Manuel Morais, Belo de Morais, A. Viana Batista, Braancamp de Baraona Fragoso, Joaquim Costa, Saúl Horácio Ventura, Manuel Arraia, João Camilo, D. C., Um filho de Beja, Eugénio Vieira e Ramiro da Fonseca!

Com prefácio de HERNÂNI CIDADE. Comentário, recolha e notas de Victor Santos. Capa desenhada por António Duarte. Com algumas pautas musicais. xvi-233 páginas. 16 x 22,6 cm. Edição especial do Grémio Alentejano, Lisboa, 1938. Em bom estado.

Preço: 65 euros.


eugenio-oiro-41


A EUGÉNIO DE ANDRADE


Poemas de Afonso Duarte, Ángel Crespo, António de Navarro, António Osório, António Salvado, Bruno Tolentino, Carlo Vittorio Cattaneo, Gastão Cruz, Jorge de Sena, José Bento, José Fernandes Fafe, Manuel Branco, Mário Cláudio, Pedro Homem de Mello e Ruy Cinatti.

Retratos de Eugénio de Andrade por Armando Alves e Augusto Gomes.

41.º título da colecção O Oiro do Dia. Tiragem de 250 exemplares numerados (este o número 91). Capa de papel contendo folhas soltas e dois desenhos impressos em papel couché. 24 + 1 páginas. 18 x 29,5 cm. Porto Editorial Inova, [Setembro de] 1979. Bom exemplar.

Preço: 40 euros.


antero2v-bio


ANTERO DE QUENTAL

SUBSÍDIOS PARA A SUA BIOGRAFIA

JOSÉ BRUNO CARREIRO


Considerada uma das biografias fundamentais do poeta Antero de Quental. Obra em 2 volumes, ilustrados com fotografias e fac-similes no texto e extra-texto. 465 + 434 páginas. 17 x 24,5 x 5,5 cm. Bom estado. Edição do Instituto Cultural de Ponta Delgada, Lisboa, 1948.

Preço: 60 euros.


 


30 POEMAS


ANGEL CRESPO


Exemplar assinado e datado pelo autor com dedicatória à actriz Hermínia Tojal, que anotou algumas páginas a lápis. Poemas traduzidos por António Osório, Eugénio de Andrade, José Bento e Mário Cláudio. 47 páginas. 13,5 x 20 cm. Colecção Folhas Novas, nº2, dirigida por Hélder Moura Pereira, para a editora Gota de Água, Lisboa, 1984. Tiragem de 500 exemplares.

Preço: 35 euros.


angel-pessoa


A VIDA PLURAL DE FERNANDO PESSOA


ANGEL CRESPO


Biografia. Tradução de José Viale Moutinho. Exemplar revisto e corrigido a lápis por José Palla e Carmo. 425 páginas. 15 x 23 cm. Capa de Emílio Vilar. Lisboa: Bertrand Editora, 1990.

Preço: 15 euros.



DONDE NO CORRE EL AIRE

(1974-1979)

ANGEL CRESPO


Obra rara, numa tiragem de apenas 500 exemplares (este o número 85), editada pelo Grupo Poético Barro, na colecção Vasija, série Poesia (n.º 15), dirigida por Onofre Rojano.

Com uma fotografia do autor por Henry Nieves. 75 páginas. 15 x 21,5 cm. Em óptimo estado de conservação, apenas ligeiramente descolorado na lombada.

Preço: 50 euros.



COLECCIÓN DE CLIMAS

(1975-1978)

ANGEL CRESPO


Assinado pelo autor com dedicatória, e emendado na página 19. Em óptimo estado de conservação. 63 páginas. 12,5 x 20 cm. Volume 42 da colecção Aldebaran, dirigida por Jose Luis Nuñez. Sevilla: Aldebaran, 1978.

Preço: 40 euros.



EN MEDIO DEL CAMINO

( Poesía, 1949 – 1970 )


ÁNGEL CRESPO


Antologia. Colecção Poesía, Seix Barral, Barcelona, 1971. Volume brochado, com sobrecapa. 290 páginas. 12,5 x 19,5 cm. Estimado. Autografado pelo autor com dedicatória datada de 1981.

Preço: 35 euros.



EL AIRE DE LOS DIOSES

(1978-1981)

ÁNGEL CRESPO


Com diseño gráfico de Julio Álvarez, e uma foto do autor por Inácio Ludgero. 100 páginas. 14 x 20 cm. Óptimo estado de conservação: mantém-se intacta a sobrecapa plástica. Zaragoza: Olifante Ediciones de Poesía, [30 de Abril de] 1982.

Preço: 25 euros.



ANTOLOGÍA POÉTICA


ANTÓNIO OSÓRIO


Tradução, selecção e introdução de ÁNGEL CRESPO. Exemplar autografado por António Osório com dedicatória. Com diseño gráfico de Julio Álvarez, e uma foto de António Osório por Gonçalo Ivo. 111 páginas. 14 x 20 cm. Óptimo estado de conservação: mantém-se intacta a sobrecapa plástica. Zaragoza: Olifante Ediciones de Poesía, [25 de Setembro de] 1986.

Preço: 30 euros.



TRÊS AUTORES TRÊS CONTOS


ANGEL CRESPO
JOÃO VICENTE DE OLIVEIRA CHARRUA
OCTÁVIO RODRIGUES DE CAMPOS


Contos da autoria de Angel Crespo («Ratazanas»), João Vicente de Oliveira Charrua («Excitação») e Octávio Rodrigues de Campos («Baile de Máscaras»). Com uma biografia de cada um dos autores. 54 páginas. 11,5 x 16,5 cm. Rara edição do Círculo de Letras e Artes de Lisboa, em 1956.

Um dos dois exemplares endereçados ao fundador e director do jornal Litoral, David Cristo, escritor e jornalista natural de Aveiro. Inclui uma dedicatória manuscrita, no rosto da obra, em nome do Círculo, e uma carta assinada pelo director do mesmo, datada de 27 de Agosto de 1956, requisitando a menção bibliográfica à edição no dito jornal, bem como uma permuta entre as edições futuras de ambos. Muito invulgar, nestas condições, embora a lombada não se encontre no melhor dos estados, tendo sido “remendada” com fita-cola.

Duas outras curiosidades: no cólofon, última página, a menção de que o livro se acabou de imprimir a 1 de Agosto de 1956, na Tipografia Ala Esquerda, de Beja, com o patrocínio do jornal Ribamar, de Algés, dirigido e editado por um dos autores destes contos (João Vicente de Oliveira Charrua, natural de Borba), e com secretariado de redacção de outro (Octávio Rodrigues de Campos, natural de Beira, Moçambique); e ainda, na contracapa, uma inovadora forma de fazer publicidade, visível numa das fotografias: como no conto «Excitação» há paisagem deslumbrante e velocidade perturbadora, publicita-se uma oficina de Évora onde teria sido feita a revisão do carro moderno que permitiu tal velocidade.

Preço: 15 euros.



LISBOA


ÁNGEL CRESPO


Ensaio histórico-literário. Primeira edição. 226-(6) páginas. 13 x 20 cm. Ilustrações de Alexandre Ferrer. Colecção Las Ciudades, n.º 4, das Ediciones Destino, Barcelona, 1987.

Preço: 15 euros.



VENEZA DE VISTA E OUVIDO


LÉLIA COELHO FROTA


Exemplar n.º 84 de uma tiragem única de 100 exemplares numerados e assinados pela autora, fora de mercado, para oferta a amigos. Edição bilingue, com tradução italiana de Luciana Stegagno Picchio. Prefácio de Alexandre Eulálio. Vinhetas de Maria Leontina. Projecto gráfico de Cecília Jucá de Holanda. 46 páginas. 12x16cm. Rio de Janeiro, 1986.

Acabado de imprimir a 11 de Julho de 1986, data do 48.º aniversário de Lélia Coelho Frota. Autografado (e emendado) pela autora com dedicatória à poetisa e tradutora Maria da Saudade Cortesão, esposa do poeta Murillo Mendes.

Lélia Coelho Frota, historiadora de arte e especialista em cultura popular brasileira, foi curadora da representação brasileira nas Bienais de Veneza de 1978 e 1988, a primeira das quais corresponde à data em que este conjunto de poemas foi escrito.

Preço: 45 euros.


Informação complementar:
  • Antologia de poemas por António Miranda, aqui.
  • O exemplar n.º 21 de Veneza de Vista e Ouvido foi oferecido ao escritor brasileiro Lázaro Barreto (aqui).


DOIS POEMAS EMBALADOS
SOBRE A DÚVIDA DE ABALAR


EMANUEL JORGE BOTELHO


Exemplar n.º 74 de uma rara tiragem de 100, numerados e assinados pelo autor. Com uma reprodução dum pormenor do quadro de Domingos Rebelo «Os Emigrantes». Edição conjunta do Museu Carlos Machado e do autor, Ponta Delgada, Maio de 1979. Constituída por um envelope [19,5 x 28,5 cm] numerado, contendo uma capa [16 x 24,5 cm] que alberga 3 folhas volantes em cartolina, impressas apenas de um lado, duas com poemas do livro inédito No Delta da Memória, e uma com o tal pormenor de «Os Emigrantes». Completa o conjunto uma folha solta, que não faz parte da edição, com uma dedicatória autógrafa de Emanuel Jorge Botelho, datada de 1983. Envelope com pequenos defeitos, interior impecável.

Preço: 50 euros.



A CIDADE E OS HOMENS
e outros poemas


EDUARDO VALENTE DA FONSECA


Das primeiras obras publicadas por Eduardo Valente da Fonseca [Aveiro, 1928-2003]. Autografado pelo autor com dedicatória ao autor da capa, Rui Filipe. Excelente estado de conservação. 126 páginas. 13 x 18 cm. Porto: edição do autor, 1956 (composto e impresso na Tipografia do Carvalhido, distribuído pela Livraria Aviz). Invulgar.

Preço: 35 euros.


Camarões /// 1888

[06Set15]

camaroes3

camaroes4


OS CAMAROES

Monólogo em Verso
Traducção Livre de Les Écrevisses de Jacques Normand

ACACIO ANTUNES


Versão do poeta e dramaturgo figueirense Acácio Antunes [1853-1927] de um curioso monólogo em verso de Jacques Normand, Les Écrevisses (consultar aqui o texto original ilustrado), adaptado à realidade portuguesa: Paris torna-se Azeitão.

15 páginas. 11,5 x 17 cm. Capa com pequenos defeitos. Lisboa: Tavares Cardoso & Irmão Editores, 1888.

Preço: 10 euros.



O PESQUISADOR DE OURO


CARLOS LEITE


«Um conhecer, dissecar, perscrutar, onde, em frequente contraponto, as imagens de um quotidiano repetitivo se cruzam com grafias do acontecer insólito; onde certas manchas da inquirição nos permanecem — não obstante a presença, aqui ou ali, de uma certa sugestão naturalística — em frases de adensamento de símbolos, e onde o ouro que pode haver, ou se procura em toda a espécie de existência [ou] se confunde com o apelo de uma harmonia total, de uma plenitude que não raro se configurará como loucura que funde êxtase e cataclismo.» [João Rui de Sousa]

Segundo volume da Colecção Marca Amarela. Ilustração interior hors-texte do autor, Carlos Leite, nascido em Vila Real, em 1949. Vinheta da capa de Paulo Varela Gomes. 500 exemplares. 22 páginas. 15 x 21 cm. Bom exemplar. Lisboa; Quatro Elementos Editores, [Novembro de] 1981.

Preço: 20 euros.