REVISTA K


N.º 1 a 32


Um manancial de milhares de páginas escritas e ilustradas por um vasto número de destacados artistas, jornalistas, escritores e designers da última década do século XX:

Dirigida por Miguel Esteves Cardoso. Projecto gráfico de João Botelho. Colaboração de Agustina Bessa-Luís, Edgar Pêra, Catarina Portas, Manuel Hermínio Monteiro, Vasco Pulido Valente, João Bénard da Costa, Maria Filomena Molder, Maria Filomena Mónica, Rui Zink, Pedro Ayres de Magalhães, Ferreira Fernandes, Noé Sendas, Sérgio Mah, João Queirós, José Fragateiro, Pedro Rolo Duarte, Francisco José Viegas, e outros.

Colecção completa — os 32 números publicados mensalmente entre Outubro de 1990 e Maio de 1993. Formato largo: 28,5 x 23 cm. Conjunto das lombadas: 15,5 cm. Edição C. C. & B., Oeiras, 1990-1993. Bom estado de conservação.

Preço: 360 euros.



NO PRINCÍPIO SERÁ A CARNE


MANUEL GRANGEIO CRESPO


Teatro. Ilustrado com fotografias, recortes/colagens e desenhos. Abre com o manifesto da Re-Theater Co., de 1965. «Arranjo Gráfico de Carlos. Arranjo Tipográfico de Bento Romão. Consultor Técnico (entre duas cervejas) Luiz Pacheco». 130 páginas. 18,7 x 13,9 cm. Capas amarelecidas nas orlas, miolo impecável. Lisboa: [s.e.], 1969.

Preço: 35 euros.



CARTA AOS TRABALHADORES


MANUEL GRANGEIO CRESPO


«Revolução cultural é um pleonasmo. Não há outra.» [p. 45].

Política. 61+(3) páginas. 20,9 x 14,7 cm. Capa amarelecida por provável exposição solar, embora de modo visivelmente não uniforme; algumas marcas superficiais de bicho de papel. Miolo limpo. Lisboa: Edições Psiconáuticas, 1981.

Invulgar.

Preço: 27 euros.



O GIGANTE VERDE


MANUEL GRANGEIO CRESPO


Teatro. «Liturgia mágica em sete sequências e outros tantos comentários». 2.ª edição (primeira em Portugal) de uma peça publicada nas Éditions du Seuil. Abre com uma entrevista de Urbano Tavares Rodrigues ao autor, publicada no Jornal de Letras de 11 de Setembro de 1963. Com xii+186+(2) páginas. 19,8 x 14,2 cm. Bom estado. Miolo impecável. Lisboa: Edições Ática, 1965.

Preço: 25 euros.



APELO AO POVO


MANUEL GRANGEIO CRESPO


Notas à margem por Luiz Pacheco. Um texto que «antecedeu as eleições presidenciais de 1976» [ler aqui]. Ilustrado com alguns desenhos do autor. 120 páginas. 20,5 x 14 cm. Manuseado e com picos de oxidação na capa. Miolo limpo. Lisboa: edição do autor, [1976].

Acompanhado de folha volante promocional de No Princípio Será a Carne, e respectivo postal para encomenda, em bom estado.

Preço: 30 euros.

Exemplar em bom estado e sem publicidade do editor — Preço: 25 euros.



A BARONESA QUER
CASAR COM TODA A GENTE


GERMAINE ACREMANT


Traduzido por Manuel Grangeio Crespo. Biblioteca das Raparigas n.º XLVI (46), com capa de João da Câmara Leme. 231+(5) páginas. 18,2 x 13 cm. Assinatura de posse na folha de rosto. Lisboa: Portugália, [s.d.].

Preço: 12 euros.


AfonsoRibeiro


POVO


AFONSO RIBEIRO


Contos. Capa de Júlio Pomar. Primeira edição. Proibido pela censura. Brochado, com 13 cm x 19,7 cm e 267+(5) páginas. Capa em bom estado, lombada um pouco escurecida, miolo limpo. Porto: Editorial Ibérica, 1947.

Preço: 25 euros.



A REVOLUÇÃO PORTUGUESA


JESUS PÁBON


Publicado originalmente em espanhol, em 2 volumes, o ensaio histórico de Jesus Pábon sobre as duas décadas que antecederam o Estado Novo recebeu quase de imediato o Prémio Camões, do SNI, em 1951, antes mesmo da publicação da tradução portuguesa.

Historiador bem posicionado no regime franquista, Pábon assume uma visão parcial, de extrema-direita, sobre a Primeira República Portuguesa, destacando sempre «a desordem, a demagogia e a instabilidade governativa» [cit. aqui] por contraponto à bonança trazida pelo 28 de Maio. A obra começa com um elogio a D. Carlos e termina com uma citação de Salazar…

Ilustrado. Prólogo do autor. Tradução de Manuel Emídio e Ricardo Tavares. 684+(4) páginas e 16 cm x 23,8 cm. Encadernação sintética sóbria, mantendo as capas de brochura originais. Miolo aparado, com algumas manchas de oxidação e marcas de restauro. Carimbo de posse sumido no ante-rosto. Bom estado geral. Colecção Grandes Estudos Históricos. Lisboa: Editorial Aster, [s.d.]

Preço: 40 euros.




CARTAS PARA ALÉM DO TEMPO


FERNANDA DE CASTRO


Livro sequente à publicação das memórias da autora, na segunda metade da década de 80. Prefácio de João Bigotte Chorão. Capa com pintura de Anita Malfatti. Brochado. 164+(4) páginas. 13,8 cm x 20,5 cm. Bom estado geral, embora com assinatura de posse discreta na página de guarda. Colecção Europavizinha – narradores n.º 6. Póvoa de Santo Adrião: Europress, 1990.

Preço: 17 euros.


kirst


DEUS DORME EM MASÚRIA


HANS HELMUT KIRST


2.ª edição. Tradução de José Saramago, «segundo a edição francesa, com autorização do autor». Capa de Figueiredo Sobral. Título original (alemão): Gott Schläft in Masuren. Colecção Século XX, n.º 16. Com 372 páginas, e 13 x 18,5 cm. Lisboa: Publicações Europa-América, 1964.

Preço: 10 euros.


Urbano_CasaCorrecção


CASA DE CORRECÇÃO


URBANO TAVARES RODRIGUES


Novelas. Segunda edição revista pelo autor. Prefácio de José Saramago. Capa de Henrique Ruivo. Brochado. 196 páginas. 12,2 x 19 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, [1972].

Preço: 15 euros.



GOVERNADORES DO ORVALHO


JACQUES ROUMAIN


Título original: Gouverneurs de la rosée. Tradução e nota biográfica inicial, sobre o autor, de José Saramago. Capa de José Araújo. Brochado. 158 páginas. 11,5 x 18 cm. Bom estado de conservação. Colecção Uma Terra sem Amos, nº 6. Lisboa: Editorial Caminho, 1979.

Preço: 15 euros.


ConversasSaramago


CONVERSAS COM SARAMAGO
OS LIVROS, A ESCRITA, A POLÍTICA, O PAÍS, A VIDA


JOSÉ CARLOS DE VASCONCELOS


Entrevistas de José Carlos de Vasconcelos, publicadas no Jornal de Letras e na revista Visão, entre Abril de 1989 e Novembro de 2006. Fotografia da capa de Gonçalo Rosa da Silva. Brochado. 128 páginas. 13,2 x 19 cm. [Lisboa]: JL – Jornal de Letras Artes e Ideias, 2010.

Preço: 8 euros.



SULCOS DO NOSSO QUERER COMUM

Recortes de entrevistas concedidas
durante o V Governo Constitucional

MARIA DE LOURDES PINTASILGO


Prefácio de Eduardo Lourenço. Organização de Fátima Grácio, Isabel T. Teixeira, José Gonzalez, Manuela Oliveira, Margarida Losa, Marília Vieira, Ricardo Lima e Teresa Vasconcelos. Capa de José Rodrigues e Armando Alves. Ilustrado com fotografias de O Diário, Diário de Lisboa, O Jornal e Jornal de Notícias. 151 páginas. 14 x 21 cm. Porto: Edições Afrontamento, 1980. Bom exemplar.

Preço: 15 euros.


VIDA PERIGOSA
Novelas e contos. Primeira edição da segunda obra de ficção do autor. Apresentação de David Mourão-Ferreira. 201 páginas. 12,5 x 19 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, 1955. Lombada com pequenas imperfeições. Assinatura de posse na página de ante-rosto.
Preço: 10 euros.

JORNADAS NO ORIENTE (Lisboa-Goa e volta)
Logo no prefácio: «Penetrei nos esmeraldinos templos tumorosos duma antiga e delicada civilização, na sua cálida sombra sagrada, estremecida de áureas coruscações, de ritos exóticos, beijei com as palmas das mãos as torres do fogo; e na verde, emoliente, paisagem sensual, excessiva, edénica, da província de Goa conheci os momentos de mais alta vibração sensorial de toda a minha existência.» Urbano foi jornalista no Diário de Lisboa entre 1955 e 1961, e viajou com frequência como correspondente. O livro compila as crónicas de uma viagem de dois meses ao Oriente. Capa sobre imagem de Indrani, a rainha dos deuses (Elora). Inclui 6 fotos a preto e branco, extra-texto. 284+(12) páginas. 12,3 x 19 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, [1956]. Manuseado. Capa com defeitos. Miolo limpo.
Preço: 12 euros.

JORNADAS NA EUROPA
Crónicas de viagem. Capa de Figueiredo Sobral. 360 páginas. 14 x 19,4 cm. Lisboa: Publicações Europa-América, 1958. Manuseado.
Preço: 12 euros.

UMA NOITE E NUNCA
Ficção. [32] páginas, não numeradas (por abrir). Inclui prospecto e folha volante de apresentação da colecção. Série dirigida por Alexandre Pinheiro Torres. 12,3 x 20 cm. Colecção Tempo de Ficção, n.º 1. Lisboa: Edições Tempo, 1962.
Preço: 12 euros.

TERRA OCUPADA
Novelas e contos. Capa de Luís Filipe de Abreu. Primeira edição. 228 páginas. 12,5 x 19 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, 1964. Com assinatura de posse na folha de guarda. Capa com alguma perda de cor. Usado.
Preço: 12 euros.

ROTEIRO DE EMERGÊNCIA
Viagens, crónicas, apontamentos e um diário da prisão cifrado («esboço de uma novela»). Capa de João da Câmara Leme. Primeira edição. 276 páginas. 10,5 x 16 cm. Colecçãco O Livro de Bolso, n.º 87/88. Lisboa: Portugália Editora, [Janeiro de] 1966. Capas com imperfeições.
Preço: 10 euros.

AS AVES DA MADRUGADA
Novelas e contos. Segunda edição, revista, com um estudo de Óscar Lopes (pp. 7-26). Capa de José Cândido. 216 páginas. 12 x 19 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, 1966. Usado.
Preço: 10 euros.

IMITAÇÃO DA FELICIDADE
Novela (que dá título ao livro) e contos. Primeira edição. Obra retirada do mercado (apreendida) pela censura, aquando da sua publicação. Recebeu o Prémio da Imprensa Cultural. Capa de José Cândido. 210 páginas. 12,5 x 19 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, [1966]. Assinatura de posse. Usado.
Preço: 15 euros.

AS TORRES MILENÁRIAS
Peça em dois actos. Capa de Henrique Ruivo. Primeira edição. Proibido pela censura. 159 páginas. 12 x 19 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, 1971. Pequena assinatura de posse na página de guarda. Bom estado geral.
Preço: 15 euros.

VIAGEM À UNIÃO SOVIÉTICA e outras páginas
Viagem. Capa de Acácio Santos. 210 páginas. 11,5 x 18,5 cm. Cadernos Seara Nova, Série «de leste a oeste». Lisboa: Seara Nova, 1973.
Preço: 12 euros.

REDESCOBERTA DA FRANÇA
Viagem. Capa de Acácio Santos. 104 páginas. 11,5 x 18,5 cm. Cadernos Seara Nova, Série «de leste a oeste». Lisboa: Seara Nova, 1973.
Preço: 8 euros.

DISSOLUÇÃO
Romance. Primeira edição. Com um ex-libris de anterior proprietário. 248 páginas. 12 x 19 cm. Colecção Autores Portugueses. Lisboa: Bertrand, [Outubro de] 1974. Capa cansada.
Preço: 8 euros.

DIÁRIO DA AUSÊNCIA e TEXTOS DE PRESENÇA ACTIVA
Crónica, crítica, política e um diário da prisão do autor no Aljube, em 1965. Capa de José Cândido. 286 páginas. 12 x 19 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, [Setembro de] 1975. Lombada Descolorada.
Preço: 10 euros.

DESERTO COM VOZES
Crónicas. Segunda edição (revista). Capa de Henrique Ruivo. 320 páginas. 11,8 x 18,5 cm. Colecção Ficcionistas Portugueses, [n.º 19] Lisboa: Seara Nova, 1976. Capa cansada.
Preço: 7 euros.

AS POMBAS SÃO VERMELHAS
Novelas e contos. Capa de Henrique Ruivo. Primeira edição. 166 páginas. 12 x 19 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, [Janeiro de] 1977. Capa cansada.
Preço: 5 euros.

REALISMO, ARTE DE VANGUARDA E NOVA CULTURA
Ensaios sobre António Patrício, Aquilino Ribeiro, Armando López Salinas, Balzac, Saint-Exupéry, Roger Vailland, Teixeira Gomes, Jean Vilar, Luiz Francisco Rebello, José Viale Moutinho e Cesare Pavese. 2.ª edição, revista e aumentada. 181 páginas. 12,5 x 20 cm. Lisboa: Editora Nova Crítica, [Novembro de] 1978. Com um ex-libris de anterior proprietário.
Preço: 12 euros.

DESTA ÁGUA BEBEREI
Romance. Capa de Manuel Dias. Primeira edição. 266 páginas. 14 x 21 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, [Março de] 1979. Usado.
Preço: 7 euros.

ABECÊ DA NEGAÇÃO
Crónicas e contos. Primeira edição. Capa (sobre um quadro de Magritte) e arranjo gráfico de José Araújo. 111 páginas. 13 x 18m5 cm. Colecção O Campo da Palavra n.º 8. Lisboa: Editorial Caminho, [20 de Janeiro] de 1980.
Preço: 10 euros.

ABECÊ DA NEGAÇÃO
Crónicas e contos. Primeira edição. Capa (sobre um quadro de Magritte) e arranjo gráfico de José Araújo. 111 páginas. 13 x 18 cm. Colecção O Campo da Palavra n.º 8. Lisboa: Editorial Caminho, [20 de Janeiro] de 1980. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória invulgar, em Fevereiro de 1980.
Preço: 20 euros.

A PALAVRA NO ESPAÇO
Ensaio. Primeira edição. Recolha de textos do próprio organizados em duas partes: “As Terras” (viagens e política nacional e internacional) e  “As Letras (e o seu espaço)” (inclui textos sobre Luandino Vieira, Agostinho Neto e Alves Redol). Dedicatória não autoral na página de rosto e, no miolo, algumas com anotações, ambas a esferográfica. 168 páginas. 14,1 x 21 cm. [Lisboa]: Editora Gleba, 1980.
Preço: 6 euros.

FUGA IMÓVEL
Ficção. Primeira edição. Autografado pelo autor com dedicatória. Capa de Vitorino Martins. 169 páginas. 14,5 x 20 cm. Bom exemplar. Colecção Círculo de Prosa. Lisboa: Moraes Editores, 1982. Lombada cansada.
Preço: 15 euros.

OCEANO OBLÍQUO
Novelas e contos. Primeira edição. 188 páginas. 14 x 21 cm. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória de amizade. Colecção Século XX, n.º 238. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1984. Lombada com pequenos defeitos. Capa com pequenas manchas.
Preço: 20 euros.

AS AVES DA MADRUGADA
Novelas. Quinta edição revista, com um estudo de Óscar Lopes. Na capa, pintura de Francisco Simões. 176 páginas. 14 x 21 cm. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória de amizade. Colecção Século XX, n.º 312. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1990.
Preço: 15 euros.

VIOLETA E A NOITE
Romance. Primeira edição. Na capa, pintura de Francisco Simões. 164 páginas. 14 x 21 cm. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória de amizade. Colecção Século XX, n.º 328. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1991.
Preço: 20 euros.

DERIVA
Romance. Primeira edição. Na capa, pintura de Francisco Simões. 184 páginas. 14 x 21 cm. Colecção Século XX, n.º 347. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1993. Bom exemplar.
Preço: 12 euros.

DERIVA
Romance. Primeira edição. Assinado pelo autor com dedicatória de amizade. Na capa, pintura de Francisco Simões. 184 páginas. 14 x 21 cm. Colecção Século XX, n.º 347. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1993. Manuseado.
Preço: 15 euros.

A HORA DA INCERTEZA
Romance. Primeira edição. Na capa, escultura de Francisco Simões. 153 páginas. 14 x 21 cm. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória de amizade. Colecção Século XX, n.º 358. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1995. Manuseado.
Preço: 15 euros.

O SUPREMO INTERDITO
Romance. Primeira edição. Capa com arranjo gráfico sobre pintura de Armanda Passos. Autografado pelo autor com dedicatória. 196 páginas. 15,5 x 23 cm. Colecção Contemporânea, n.º 31. Mem Martins: Publicações Europa-América, 2002. Manuseado.
Preço: 20 euros.

NUNCA DIREMOS QUEM SOIS
Romance. Primeira edição. Capa com arranjo gráfico sobre pintura de António Carmo. 216 páginas. 15,5 x 23 cm. Colecção Contemporânea, n.º 69. Mem Martins: Publicações Europa-América, 2002. Manuseado.
Preço: 15 euros.

O ETERNO EFÉMERO
Romance. Segunda edição. Capa de Atelier Henrique Cayatte com Rita Múrias sobre pintura de Goya. 144 páginas. 15,4 x 23,5 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2005.
Preço: 10 euros.

OS CADERNOS SECRETOS DO PRIOR DO CRATO
Novela. Primeira edição. Capa de Atelier Henrique Cayatte com Rita Múrias sobre pintura de Veronese. 112 páginas. 15,4 x 23,5 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2007.
Preço: 10 euros.

A ÚLTIMA COLINA
Contos. Primeira edição. Capa de Atelier Henrique Cayatte com Rita Múrias sobre pintura de William Turner. 256 páginas. 15,4 x 23,5 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2008.
Preço: 15 euros.

ASSIM SE ESVAI A VIDA
três livros num só
Primeira edição. Reunião dos seguintes livros: Assim se Esvai a Vida (novela), O Cornetim Encarnado (novela) e Os Olhos do Demónio e Outros Contos (contos). Primeira Edição. Capa de Atelier Henrique Cayatte sobre pormenor de pintura de Nikias Skapinakis. 288 páginas. 15,4 x 23,5 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2010.
Preço: 15 euros.



JEAN CARPENTIER
PARA UMA ANTIPOLÍTICA DA SAÚDE
Tradução de Maria Ponce. Capa de Fernando Felgueiras. 48 páginas. 11 cm x 18,2 cm. Sublinhado a lápis e com data manuscrita no interior da capa de brochura. Colecção Lobo Mau n.º 1. Lisboa, Editorial Teorema, 1974.
Preço: 6 euros.

WILHELM REICH
RACISMO E FASCISMO
Tradução de Maria Marques. Capa de Fernando Felgueiras. 48 páginas. 11 cm x 18,2 cm. Colecção Lobo Mau n.º 3. Lisboa, Editorial Teorema, 1974.
Preço: 7 euros.

HERBERT MARCUSE
EXIGIR O IMPOSSÍVEL
Tradução de Maria Marques. Capa de Fernando Felgueiras. 32 páginas. 11 cm x 18,2 cm. Manuseado. Colecção Lobo Mau n.º 4. Lisboa, Editorial Teorema, 1974.
Preço: 6 euros.

PAUL LAFARGUE
A RELIGIÃO DO CAPITAL
Tradução de J. Mega. Apresentação e notas de Jacques Girault. Capa de Fernando Felgueiras. 78 páginas. 11 cm x 18,2 cm. Com data manuscrita na página de guarda. Colecção Lobo Mau n.º 5. Lisboa, Editorial Teorema, 1975.
Preço: 7 euros.


Textos ITAU

[03Nov19]


Títulos da Colecção Textos ITAU, da ITAU edições de Júlio Roberto (1929-2013). Plaquetes em formato de bolso (11x18cm), sem menção de local ou data de edição [Lisboa, 196?].


N.º 1
JOSUÉ DE CASTRO
A EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA E A FOME NO MUNDO
Trabalho originalmente editado na revista Civiltà delle Machine de Julho/Agosto 1968.
34 páginas. Ligeira perda de cor na capa.

N.º 3
JÚLIO ROBERTO
CARTA URGENTE sobre a qualidade da vida
24 páginas. Ligeira perda de cor na capa.

N.º 4
BENTO DE JESUS CARAÇA
A CULTURA INTEGRAL DO INDIVÍDUO
problema central no nosso tempo
40 páginas.

N.º 5
BENTO DE JESUS CARAÇA
A ARTE E A CULTURA POPULAR
26 páginas.


Preço (por volume): 5 euros.


 

TextosMarginais


PAUL A. BARAN / PAUL M. SWEEZY
O SISTEMA IRRACIONAL
2.ª edição. Tradução de Emanuel Cirne. Edição de Henrique A. Carneiro. 51 páginas. 9 x 18 cm. Bom exemplar. Colecção Textos Marginais n.º 1, Porto, 1974.
Preço: 4 euros.

ANDRÉS NIN
A GUERRA CIVIL DE ESPANHA
Introdução de B. D. Wolfe. Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 50 páginas. 9 x 18 cm. Bom exemplar, estimado. Colecção Textos Marginais n.º 2, Porto, 1972.
Preço: 5 euros.

WILHELM REICH
O COMBATE SEXUAL DA JUVENTUDE
Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 192 páginas. 9 x 18 cm. Com assinatura de posse no rosto. Interior das capas e primeira e última página com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 3, Porto, 1972.
Preço: 4 euros.

FRIEDRICH ENGELS
CONTRIBUIÇÃO PARA A HISTÓRIA DO CRISTIANISMO PRIMITIVO
2.ª edição. Tradução de Jorge Vieira. Revisão de A. Simões. Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 43 páginas. 9 x 18 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa, rosto e última página. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 4, Porto, 1972.
Preço: 3 euros.

JEAN-JACQUES ROUSSEAU
DISCURSO SOBRE AS ARTES E AS CIÊNCIAS

Tradução de António Ribeiro. Revisão de A. Simões. Edição de António Daniel Abreu. 56 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais n.º 6, Porto, 1972.
Preço: 5 euros.

PIERRE VELLAY / G. L. WILLOX / JOSHUA S. HORN / EDGAR SNOW et alia
A MEDICINA E A VIDA HOSPITALAR NA R. P. DA CHINA
Testemunhos sobre a República Popular da China

3ª edição. Tradução de A. Cruz. Revisão de A. Simões. Edição de Henrique A. Carneiro. 144 páginas. 9 x 18 cm. Óptimo exemplar. Colecção Textos Marginais n.º 7, Porto, 1975.
Preço: 4 euros.

PAULO FREIRE
UMA EDUCAÇÃO PARA A LIBERDADE

Tradução de José Reis e Fátima Silva. 70 páginas. 9 x 18 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 8, Porto, 1972.
Preço: 3 euros.

CONSTANTIN SINELNIKOFF
A FUNÇÃO DO ORGASMO EM WILHELM REICH
Tradução de J. Reis. Edição de Henrique A. Carneiro. 50 páginas. 9 x 18 cm. Com assinaturas de posse no ante-rosto e rosto. Colecção Textos Marginais n.º 9, Porto, 1973.
Preço: 3 euros.

CHARLES FOURIER
O NOVO MUNDO INDUSTRIAL E SOCIETÁRIO
e outros textos – antologia

Tradução de Patrícia Boanova. Edição de Henrique A. Carneiro. 129 páginas. 9 x 18 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 10, Porto, 1973.
Preço: 4 euros.

RADOVAN RICHTA
REVOLUÇÃO CIENTÍFICA E TÉCNICA E TRANSFORMAÇÕES SOCIAIS

Tradução de Patrícia Boanova. Edição de Henrique A. Carneiro. 65 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais n.º 11, Porto, 1973.
Preço: 4 euros.

CELSO FURTADO / CLAUDE JULIEN / MILES D. WOLPIN / STANLEY HOFFMAN / CHARLES P. KINDLEBERGER
IMPÉRIO E IMPERIALISMO AMERICANO

Edição de Henrique A. Carneiro. 184 páginas. 9 x 18 cm. Ténues marcas de uso. Colecção Textos Marginais n.º 12, Porto, 1973.
Preço: 4 euros.

CH. ROUGE
UMA INICIAÇÃO À ECONOMIA
2.ª edição. Tradução de C. Queiroz. Edição de Henrique A. Carneiro. 64 páginas. 9 x 18 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 13, Porto, [9 de Maio de] 1974.
Preço: 3 euros.

MAURO FOTIA
IDEOLOGIAS E ELITES CONTEMPORÂNEAS

Edição de Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 9 x 18 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 14, Porto, 1973.
Preço: 4 euros.

HARRY MAGDOFF, PAUL A. BARAN, PAUL M. SWEEZY
TEORIA E HISTÓRIA DO CAPITALISMO MONOPOLISTA

Revisão de António José Fonseca. Edição de Henrique A. Carneiro. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 15, Porto, 1974.
Preço: 4 euros.

THEO DIETRICH
PARA UMA PEDAGOGIA ACTIVA SOCIALISTA
a educação pelo trabalho de Pavel P. Blonsky

Tradução de Patrícia Boanova. Revisão de Manuel Soares. Edição de Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 9 x 18 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 20, Porto, 1974.
Preço: 4 euros.

DAVID RIAZANOV
SOCIALISMO, CASAMENTO E FAMÍLIA
a doutrina socialista do casamento

Tradução de A. Cruz. Revisão de A. Simões. Edição de Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 9 x 18 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 22, Porto, 1975.
Preço: 3 euros.

PAUL M. SWEEZY, RICHARD WOLFF, THEOTÓNIO DOS SANTOS, HARRY MAGDOFF
ECONOMIA POLÍTICA DO IMPERIALISMO

Tradução de A. Cruz. Revisão de A. Simões. Edição de Henrique A. Carneiro. 90 páginas. 9 x 18 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Colecção Textos Marginais n.º 23, Porto, 1975.
Preço: 3 euros.



ELEMENTOS PARA A HISTÓRIA
DO MUNICÍPIO DE LISBOA


EDUARDO FREIRE DE OLIVEIRA


Título e autor, tal qual figuram no rosto: Elementos para a História do Município de Lisboa, por Eduardo Freire de Oliveira, arquivista da Camara Municipal da mesma cidade. 1.ª PARTE. Publicação mandada fazer a expensas da Camara Municipal de Lisboa, para commemorar o centenario do Marquez de Pombal em 8 de Maio de 1882.

Mais de 10 mil páginas de documentos oficiais de algum modo relevantes, organizados cronologicamente e alusivos a séculos de assuntos invariavelmente díspares — as iguarias de um banquete celebratório, a colocação na prisão do Limoeiro do líder de uma «companhia de comediantes de Castella», a lista das pessoas de cada freguesia que se recusam a participar numa campanha de limpeza pública, a morte do rei —, num panorama que permite acompanhar os reflexos da política e da história do país nas várias decisões e questões do município d’esta cidade onde desde muito cedo esteve instalado um Governo demasiado centralista.

Temos assim «a carta regia que trouxe a communicação official da morte de Filippe II» (tomo II, quase todo dedicado ao “tempo dos Filipes”, pág. 590), «a ruína de Lisboa», no sábado 1 de Novembro de 1755 (tomo XVI, a partir da página 133, com lista e descrição sumária de abalos sísmicos anteriores, nomeadamente os de 1309, 1321, 1344, 1356, 1512, 1531, 1551, 1575, 1597, 1598, 1699 e 1724), a inauguração da estátua equestre de D. José (em parte citada aqui) ou a «consulta da Cammara a el-rei em 2 de julho de 1650», onde se propõem os nomes de «doze fidalgos, doze cidadãos e doze homens do povo» para «terem as chaves das quatro portas da cidade» (tomo V, p. 208, antecedendo em algumas páginas a lista exaustiva dos preços de venda de todo o tipo de animais para alimentação, indexados inteiros, em partes, e por género).

O primeiro documento transcrito no tomo I, que não o foral de 1179, data de 7 de Novembro de 1190, e o último documento transcrito no tomo XVII data de 23 de Agosto de 1777. Entre ambos, os diversos prefácios e as anotações constantes de Freire de Oliveira (1841-1916) desvelam e aprofundam as origens e importância dos textos que transcreve. Contém ainda algumas ilustrações, muito poucas, destacando-se a litografia da Divisa da Cidade, que abre o tomo X, ou a «planta litographada da sala das sessões do senado da camara de Lisboa, que acompanha a carta regia de 13 de Novembro de 1773» (tomo I, pág. 68).

[Para uma descrição mais detalhada da cronologia de cada tomo, consulte-se o artigo de António Miranda na Rossio n.º 1, de 2013. Como o plano cronológico da 1.ª parte da obra deveria ter prosseguido até ao ano do início da publicação (1882), suspeita-se que, além da nunca publicada 2.ª parte, também desta 1.ª parte terá ficado por publicar pelo menos um tomo, para o período 1777-1882.]

Obra completa (tudo quanto se publicou), em XVII tomos de 16,5 x 24,5 cm (66cm de estante), Lisboa: Typographia Universal, 1882-1911.

Tomo I, 1885, (12)+661+(5) págs. Tomo II, 1887, xiv+593+(2) págs. Tomo III, 1888, vi+584+(3) págs. Tomo IV, 1889, xii+628+(3) págs. Tomo V, 1891, vi+620+(3) págs. Tomo VI, 1893, ix+627+(2) págs. Tomo VII, 1894, cxii+466+(3) págs. Tomo VIII, 1896, vi+593+(3) págs. Tomo IX, 1898, vi+617+(4) págs. Tomo X, 1899, viii+595+(2) págs. Tomo XI, 1901, vi+632+(3) págs. Tomo XII, 1903, (10)+652+(3) págs. Tomo XIII, 1904, (6)+622+(3) págs. Tomo XIV, 1906, (6)+634+(3) págs. Tomo XV, 1906, (6)+630+(3) págs. Tomo XVI, 1910, xiv+567+(4) págs. Tomo XVII, 1911, (6)+622+(3) págs.

Acrescentam-se os dois volumes de índices, publicados cerca de 40 anos mais tarde: Índice dos «Elementos para a História do Município de Lisboa», por Esteves Rodrigues da Silva, sob a direcção de Jaime Lopes Dias, 2 vols., Lisboa: Câmara Municipal, 1942-1943. Com 396+578 páginas, e 17 x 22,5 cm. Capa do volume II com um rasgão restaurado. Páginas por abrir.

Todos os 19 volumes em brochura e 17 deles com as páginas por abrir. Bom estado geral, com não mais do que pequenos defeitos dispersos (muito ocasionais picos de humidade; algumas lombadas mais amarelecidas que outras; bicho de papel que atacou superficialmente a capa do tomo VI; e situações afins, de pouca monta).

Conjunto invulgar.

Preço: 480 euros.



VISÃO POLÍTICA


JOSÉ MONK


Edição do Autor, Lisboa, 1898.

«Homenagem de muito apreço e sincero appelo á intelligencia e fecunda aptidão dos seus compatriotas».

José Monk foi o pseudónimo do Coronel Joaquim Emídio Xavier Machado (1850-1904), essencialmente em escritos de cariz político. O autor pertenceu à Casa Militar do Rei, foi oficial às ordens do Infante D. Afonso e condecorado com as ordens de Avis e Santiago.

45 páginas. 15,5 x 22,5 cm. Capa com pequenas manchas. Lombada com falhas. Miolo limpo.

Preço: 15 euros.



DIÁRIO DE UM VIAJANTE EM FRANÇA


Cartas de

LEANDRO JOSÉ DA COSTA


Trinta e seis cartas de Leandro José da Costa dirigidas ao Conselheiro José Luciano de Castro, a primeira datada de 27 de Agosto de 1878. Encadernação modesta mas sólida, com alguma descoloração dispersa. Sem capas de brochura. Miolo com manchas ténues, e um ou outro rabisco a lápis. Com 320 páginas e 13 x 20 cm. Lisboa: Typographia das Horas Romanticas, 1880.

Curioso e invulgar.

Preço: 40 euros.



INDÚSTRIA E IMPÉRIO


E. J. HOBSBAWM


A Revolução Industrial, marco fundamental nas transformações históricas dos últimos 200 anos, coincide por breve período com a história de um único país, a Grã-Bretanha. Esta obra descreve documentadamente a ascenção da Inglaterra como primeira potência industrial, o seu declínio dessa posição de vanguarda, as suas específicas relações com o resto do mundo (particularmente no que se refere aos países subdesenvolvidos) e os efeitos conjugados de todos estes aspectos no seu reflexo sobre a vida do povo inglês. [da contracapa]

Título original: Industry and Empire, 1968-1969. Tradução de Ana Falcão Bastos e Luís Leitão. Em 2 volumes, de 248 + 276 páginas, e 11,5 x 18 (x 3,2) cm, números 63 e 64 da Biblioteca de Ciências Humanas da Editorial Presença, Lisboa, 1978.

Em conjunto com: Ler História, revista quadrimestral, n.º 4 (1985), direcção de Miriam Halpern Pereira, edição de A Regra do Jogo, Edições, 192 páginas, 17 x 23,5 cm, com uma entrevista a Eric J. Hobsbawm por A. Costa Pinto e José Manuel Sobral (páginas 127 a 136).

Preço (do conjunto): 15 euros.


A REPUBLICA (1870)

[02Ago18]


A REPUBLICA

COMEDIA EM UM ACTO ORIGINAL

AUGUSTO DA SILVA CARVALHO


Representada pela primeira vez no Theatro de Variedades,
com geraes applausos.

Diz-nos Sousa Bastos, na Carteira do Artista, que Silva Carvalho «teve diversos empregos, acabando em negociante de moveis. Foi por muito tempo dedicado ás lettras, publicando um volume de versos e collaborando nos jornaes. Tambem fez algumas comedias, e, entre ellas, uma com o titulo A Republica, que se representou com muito agrado no theatro das Variedades.»

Na colecção Bibliotheca dos Actores. 16 páginas (por abrir). 11,5 x 16 cm. Alguns, poucos, picos de acidez no miolo. Bom estado. Lisboa: Typ. de Antonio José Germano, 1870.

Preço: 15 euros.



A MANUTENÇÃO MILITAR

1920-1921

RELATÓRIO DA GERÊNCIA

FRANCISCO DE PINA LOPES


O Major Francisco de Pina Lopes, com uma carreira militar preenchida de honras e louvores, destacou-se na organização administrativa [«modelar», segundo Gomes da Costa, e «com a mais severa economia e perfeição»], tanto na Guarda Fiscal como na 1.ª Divisão do C.E.P., mas também, depois da Guerra, na Manutenção Militar. Foi eleito senador em 1915, e deputado em 1919, tendo exercido funções de secretário e relator de diversas comissões relativas a assuntos militares, fiscais e orçamentais. Finalmente, nos governos de António Maria Baptista e José Ramos Preto, foi Ministro das Finanças. Após passar à situação de licença ilimitada, em 1923, foi administrador da C.P. e de várias outras indústrias e bancos, nacionais e ultramarinos [conferir GEPB, 21, 690-691].

Este relatório da gerência da Manutenção Militar, correspondente ao biénio 1920-1921, é um excelente exemplo das ditas capacidades organizativas e administrativas de Pina Lopes, que procura ser «intérprete fiel e austero» do que observou, executou e fez executar, num momento orçamental difícil. Extenso e detalhado, com fotografias, desenhos e tabelas e mapas desdobráveis, pormenoriza secções, divisões, serviços, sucursais e depósitos, funções e vencimentos do pessoal, a instrução, o fardamento, a disciplina, os transportes ou a produção cerealífera — destaque para o capítulo VIII, sobre a Greve dos Padeiros (p. 31-33).

Com 16,5 x 22 cm, e 78+[67]+XXI+(3) páginas, contém 58 fotografias [desde a barbearia à biblioteca, passando pela marcha das operárias e o touro holandês da sucursal dos Olivais], 2 páginas com desenhos [a produção de pão e a produção de enchidos], 2 mapas desdobráveis e 2 tabelas desdobráveis. Em muito bom estado de conservação.

Invulgar.

Preço: 40 euros.



POR LA CONCORDIA


FRANCISCO CAMBÓ


De Francesc Cambó y Battle (1876-1947), advogado e político, fundador da Liga Regionalista, Ministro do Fomento (1918) e da Fazenda (1921-1922), o «grande profeta fracassado do nacionalismo catalão». Edição de uma conferência do autor na Associación Catalanista de la Barceloneta, em Janeiro de 1923, anterior ao golpe de Estado de Primo de Rivera, em Setembro desse mesmo ano.

Segunda edição (prefácio datado de 1927). Com 211 páginas, e 12,3 x 15,7 cm. Lombada fendida, e com marcas de restauro. Miolo com picos de oxidação. Exemplar sólido. Madrid: Compañía Ibero-Americana de Publicaciones, [s.d.].

Preço: 18 euros.



MONOGRAPHIA

AS FORÇAS MILITARES DE LAGOS
NAS GUERRAS DA RESTAURAÇÃO E PENINSULAR
E NAS PUGNAS PELA LIBERDADE

MANOEL JOÃO PAULO ROCHA


Ilustrado. 488 páginas. 16,5 x 25,5 cm. Exemplar num estado de conservação muito aceitável: miolo em bom estado, capa e lombada com pequenas falhas de papel. Vide índice nas fotografias. Porto: Typographia Universal, 1910.

Invulgar.

Preço: 60 euros.



ARMAS DA GUERRILHA


JEAN-LOUIS BRAU


Pela primeira vez na Europa, a nomenclatura precisa e pormenorizada das técnicas utilizadas, quer em África, quer no Vietname, quer, ainda, na América Latina.

Dividido em três partes: Os Fundamentos da Guerrilha; O Guerrilheiro e as suas Armas; A Formação do Guerrilheiro.

Edição ilustrada com fotografias, desenhos, esquemas e tabelas. Tradução de Zarco Moniz Ferreira. 190 páginas. 14 x 20 cm. Bom exemplar. Lisboa: Ulisseia, [1974].

Óptimo estado de conservação.

Preço: 40 euros.



D. PEDRO I
E A SUA ÉPOCA


JOSÉ ESTEVÃO DE MORAES SARMENTO


Um longo ensaio que questiona, com diversos fundamentos, a veracidade histórica da crónica que Fernão Lopes dedicou à vida do rei D. Pedro I. Vide índice nas fotografias supra. Exemplar da tiragem normal. Com a capa anterior (espelhada), mas não a posterior. Miolo com pequenas marcas de uso. Com (12)+xliv+562+(2) páginas, e 16,5 x 23,5 cm. Porto: Imprensa Portuguesa, 1924.

Encadernado com:

Pareceres da Academia das Sciencias de Lisboa àcerca do Livro D. Pedro I e a Sua Época do General Moraes Sarmento. 2.ª edição [ambas fora de mercado], com adenda pelo Dr. Armelim Junior, sócio da mesma academia. Inclui a petição do parecer, pelo general Moraes Sarmento, e os pareceres da secção de jurisprudência (Artur Montenegro; D. António, cardeal patriarca; Júlio de Vilhena; e Visconde de Carnaxide) e da secção de História (Vicente Almeida d’Eça; Pedro Augusto de S. Bartolomeu Azevedo; António Baião; e António Ferrão) da Academia, aprovados pelo secretário-geral, Cristovam Ayres. Invulgar. 37+(3) páginas. 14 x 21 cm. [s.l]: Sintra Gráfica, 1929.

Encadernação sintética moderna, meia-francesa, em excelente estado de conservação.

Preço: 45 euros.



MARCELO REBELO DE SOUSA
A REVOLUÇÃO E O NASCIMENTO DO PPD
(Abril de 1974 a Maio de 1975)
2 volumes (obra completa). 1.º volume em 2.ª edição. 2.º Volume em 1.ª edição. Revisão e índices de Vasco Rosa. 1133+xxvii+lx páginas. 15,5 x 24 x 7 cm. Excelente estado de conservação. Lisboa: Bertrand Editora, 2000.
Preço (do conjunto): 20 euros.

CAMARATE
Relatórios Finais das Comissões Parlamentares de Inquérito.
Uma iniciativa do deputado Nuno Melo, presidente da VIII Comissão Parlamentar de Inquérito à Tragédia de Camarate. Coordenação editorial de Helena Alves e Noémia Bernardo. Tiragem de 1000 exemplares, não esgotados. 678 páginas. 15 x 21 cm. Bom estado de conservação. Lisboa: Assembleia da República, 2005.
Preço: 10 euros.

INÊS SERRA LOPES
CAMAROTE. A VERDADE NÃO PRESCREVE
Prefácio de Marcelo Rebelo de Sousa. A jornalista, à época grande repórter d’O Independente, revisita teorias, depoimentos e entrevistas, e acrescenta novos dados ao processo, defendendo, sem quaisquer dúvidas, a teoria do atentado. 250 páginas. 15,5 x 23,5 cm. Bom estado. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1996.
Preço: 15 euros.

AUGUSTO CID
CAMARATE
Augusto Cid, membro do PSD desde 1974 e autor das setas do símbolo do partido, dedicou uma parte da sua vida à investigação do Caso Camarate, e este volume de peso ficou como testemunho desse período e ponto de paragem obrigatório de qualquer pesquisa sobre o Caso. 1.ª edição. Ilustrado. 902 páginas. 14,5 x 21 cm. Com marcas de uso, entre as quais dedicatória não-autoral na página de rosto. Lisboa: Distri Editora, 1984.
Preço: 15 euros.

FRANCISCO SÁ CARNEIRO
TEXTOS (1969-1974)
2 volumes (de um total de 3). Volume 1 de 1969 a 1973, e Volume 2 de 1973 a 1974. Bom estado, embora a lombada do primeiro volume possua alguns vincos. 382+470 páginas. 14 x 21 x 6 cm. Lisboa: Editorial Progresso Social e Democracia, 1982.
Preço (do conjunto): 10 euros.

ANTÓNIO MARIA PEREIRA
O PENSAMENTO DE SÁ CARNEIRO EM POLÍTICA EXTERNA
O autor foi «amigo e advogado de Francisco Sá Carneiro», e deputado pelo PSD. 179 páginas. 13,5 x 21 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1981.
Preço: 10 euros.

[Jornal] O DIÁRIO
WATERGATE SÁ CARNEIRO
(História de Uma Fraude)
«Quando O Diário revelou, em 14 de Abril de 1976, a existência das dívidas dos irmãos Sá Carneiro à banca nacionalizada, o chefe do PSD estava bem longe de imaginar que esse caso iria provocar, quatro anos depois, o pedido de uma reunião extraordinária da Assembleia da República, e que poria em causa o seu ambicionado cargo de Primeiro-Ministro.» Ilustrado. Inclui transcrições e fac-símiles de requerimentos e peças do processo de Sá Carneiro contra o jornal O Diário, e elementos da defesa que factualizam a informação considerada caluniosa pela acusação. 142 páginas. 15 x 21 cm. Capa de Balthazar. Lisboa: Editorial Caminho, 1980.
Preço: 15 euros.



O HOMEM ROUCO
As crónicas juntadas foram quase todas publicadas no “Diário de Notícias”, do Rio, e a seguir na “Folha da Noite”, de S. Paulo, “Folha da Tarde”, de Pôrto Alegre, e “Diário da Noite”, do Recife. As outras saíram no suplemento literário do “Diário Carioca”, e mais no “Correio Paulistano”, “Revista do Globo”, de Pôrto Alegre, e “Jornal do Comércio”, do Recife. Tôdas foram escritas entre abril de 1948 e julho de 1949; estão arrumadas em ordem cronológica. A selecção foi feita pelo autor, com ajuda de Fernando Sabino.
Crónicas. 2.ª edição. Capa de José Medeiros («Image»). 191 páginas. 14 x 21 cm. Capa com pequenos defeitos. Assinatura de posse no pé da página de guarda. Rio de Janeiro: Editôra do Autor, 1963.
Preço: 12 euros.


A BORBOLETA AMARELA
As crónicas deste livro foram todas publicadas, entre Janeiro de 1950 e dezembro de 1952, no “Correio da Manhã”, do Rio, e em vários jornais dos Estados.
Crónicas. 3.ª edição. 214 páginas. 14 x 21 cm. Lombada amarelecida e com vincos. Assinatura de posse no pé da página de guarda. Rio de Janeiro: Editôra do Autor, 1963.
Preço: 15 euros.


AI DE TI, COPACABANA!
As crónicas deste livro foram escritas de abril de 1955 a fevereiro de 1960. Nesse período o cronista mudou de jornal: do “Correio da Manhã” foi para o “Diário de Notícias” e deste para “O Globo”. Também mudou de revista, saindo de “Manchete” para o “Mundo Ilustrado” e voltando depois para “Manchete”.
Crónicas. 2.ª edição. Capa de Bea Feitler. 222 páginas. 14 x 21 cm. Capa com pequenos defeitos. Assinatura de posse no pé da página de guarda. Rio de Janeiro: Editôra do Autor, 1960.
Preço: 12 euros.



ESCRITOS POLÍTICOS

1933 – 1966


MARTIN HEIDEGGER


Tradução de José Pedro Cabrera. Capa de Dorindo Carvalho. Colecção Economia e Política n.º 38. Esgotado. 283 páginas. 16 x 23 cm. Bom exemplar. Lisboa: Instituto Piaget, 1997.

Preço: 15 euros.


Pablo NERUDA

[03Nov17]


PABLO NERUDA
ANTOLOGIA BREVE
2.ª edição. Tradução e selecção de Fernando Assis Pacheco. Colecção Cadernos de Poesia. 150 páginas. 11 x 18 cm. Bom estado. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1971.
Preço: 12 euros.


PABLO NERUDA PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA 1971
Documentos (notícias, discursos, cronologia, bibliografia). Capa de José António Gonçalves. 85 páginas. 12,5 x 18,5 cm. Pequena assinatura de posse na página de rosto. Usado. Lisboa: Prelo Editora, 1971.
Preço: 8 euros.


PABLO NERUDA
INCITAMENTO AO NIXONICÍDIO E LOUVOR DA REVOLUÇÃO CHILENA
“O testamento poético de Pablo Neruda”. Tradução de Alexandre O’Neill. 100 páginas. 11,5 x 18,5 cm. Usado.Pequena assinatura de posse no rosto. Lisboa: Agência Portuguesa de Revistas, 1975.
Preço: 12 euros.


JUREMA FINAMOUR
PABLO E DOM PABLO
Memórias. Um retrato do poeta pela jornalista brasileira Jurema Finamour, que foi três vezes secretária de Neruda, no Brasil e no Chile, e afirma querer destruir o “mito Neruda”, que diz ter ajudado a construir durante 20 anos. Capa de Eleonora Affonso. 251 páginas. 14 x 21 cm. Bom estado. Rio de Janeiro: Editorial Nórdica, 1975.
Preço: 12 euros.


PABLO NERUDA
NASCI PARA NASCER
Memórias. Tradução de Eduardo Saló (texto em prosa) e Mário Dionísio (poemas). Papel amarelecido. Bom exemplar. Lisboa: Publicações Europa-América, [1978].
Preço: 10 euros.



DO OUTRO LADO

cançoneta comica


ALFREDO DE MORAES PINTO
(Pan-Tarantula)


Ilustrações de Raphael Bordallo Pinheiro (14 no texto + 2 nas capas). Desenho da capa “continua” na contracapa, e a frente e o verso do livro estão trocados, de acordo com o título.

16 páginas. 12 x 18,5 cm. Impresso na Typographia Elzeviriana. Em bom estado geral, pese embora ter as capas praticamente soltas. Lisboa: Tavares Cardoso & Irmão, 1885.

Invulgar.

Preço: 60 euros.



CARICATURAS PESSOAIS


FRANCISCO VALENÇA


Colecção do Sempre Fixe, n.º I. Exemplar enriquecido com 10 outras caricaturas de Valença recortadas de jornais e identificadas, adicionadas ou em páginas do livro ou em página à parte, como se pode ver em duas das fotografias. 215 páginas. 19 x 24 cm. Manuseado, mas um exemplar bastante interessante. Porém, tem faltas de papel símiles (visíveis nas fotografias) no pé das páginas 5, 99 e 213, e inócua falta da página de guarda. No verso da capa tem dois ex-libris. Lisboa: Renascença Gráfica, 1931.

Invulgar.

Preço: 90 euros.



10 POEMAS PARA CATARINA


«No 27.º aniversário do assassínio de Catarina Eufémia».

Pasta de cartão (20,5 x 29,7 cm) contendo 19 folhas soltas (19,5 x 28,5 cm), com poemas de Álvaro Magalhães, António Ramos Rosa, Armando Silva Carvalho, Egito Gonçalves, José Gomes Ferreira, Manuel Alberto Valente, Maria Teresa Horta, Marta Cristina de Araújo, Papiniano Carlos e Sophia de Mello Breyer Andresen; três desenhos de José Rodrigues; um excerto de um texto de José Dias Coelho sobre Catarina Eufémia; e a reprodução da primeira página do Avante! [VI série, n.º 187, Abril-Maio 1954] com a notícia da “carga” da GNR que matou a ceifeira de Baleizão.

Álbum organizado por Marta Cristina de Araújo, e dirigido graficamente por Armando Alves. Tiragem de 600 exemplares, dos quais 500 com distribuição comercial (este o número 490). Bom estado. Capa com mínimas imperfeições, visíveis nas fotografias. Folhas soltas em estado impecável. Porto: O Oiro do Dia, 1981.

Preço: 60 euros.



LADY CHATTERLEY’S LOVER


D. H. LAWRENCE


A The Odyssey Press publicou em Paris, após censura da obra nos Estados Unidos da América e no Império Britânico, a primeira edição inexpurgada de grande divulgação, em 1933. Do ano seguinte data esta quinta reimpressão. O texto é antecedido por uma “Carta Aberta aos Leitores de D. H. Lawrence”, de Frieda Lawrence, datada de 26 de Janeiro de 1933. Com (6)+360 páginas, e 11,2 x 18 cm. Lombada escurecida, com mínima falta de papel. No geral, um bom exemplar, de colecção. Paris: The Odyssey Press, 1934.

Not to be introduced in the British Empire or the U.S.A. [impresso na contracapa] — só seria publicado sem cortes nos E.U.A em 1959, e no Reino Unido em 1960; mais de 25 anos, e muitas edições clandestinas, depois.

Preço: 17 euros.



INAUGURAÇÃO DA PONTE
SOBRE O TEJO EM LISBOA

6 DE AGOSTO DE 1966

PROGRAMA DAS COMEMORAÇÕES


Programa oficial das comemorações na inauguração da ponte sobre o Tejo em Lisboa, para os dias 6, 7 e 8 de Agosto de 1966, sábado, domingo e segunda-feira: cortejos, exposições, arraiais, concertos e marchas populares, a projecção do filme sobre a construção da ponte, a exposição «A Ponte Vista pelas Crianças», fogos-de-artifício, regatas, missas, sessões solenes, recepções e touradas, jantares de gala e bailados!
Sem imagens no interior, apenas o horário de cada um dos eventos, para cada um dos dias. Capa cuidada, com moldura em filete de ouro, o selo de Estado impresso a relevo, e uma ilustração minimalista. No interior, oito páginas, 3 das quais impressas, uma por dia das comemorações. 16,8 x 24 cm. Bom estado salvo pequenas manchas na capa, visíveis na fotografia.
Com a chancela do Gabinete da Ponte Sobre o Tejo, do Ministério das Obras Públicas, Lisboa, 1966.

Preço: 18 euros.



EM VOLTA DA MINHA PROFISSÃO

SUBSÍDIOS PARA A HISTÓRIA
DO MOVIMENTO OPERÁRIO
NO PORTUGAL CONTINENTAL


ALEXANDRE VIEIRA


Obra da autoria de um operário gráfico, com uma ficha técnica onde (naturalmente) constam todos os intervenientes no processo de produção tipográfica: revisão de Joaquim Gonçalves Piçarra, direcção tipográfica de Luís Cunha e Valeriano José Cavaco, paginação de Germinal de Sousa, composição dos linotipistas Manuel Luís de Sá e José Paiva Guerreiro, impressão de Francisco Martins Palma, gravuras de Belfranco, direcção do trabalho de brochura de Arnaldo da Silva Cruz. Impresso na Tipografia «Gráfica Boa Nova», na Rua Morais Soares, Lisboa.

Ilustrado. 228 páginas. 17 x 22,5 cm. Lisboa: Edição do Autor, 1950.

Preço: 25 euros.





CRÓNICAS DA RÚSSIA DOS SOVIETS


HERLANDÉR RIBEIRO


Assinado pelo autor com dedicatória a António Rodrigues de Almeida Ribeiro, datada de Maio de 1928. Compilação de crónicas publicadas no Diário de Lisboa. Vide índice. 203-(5) páginas. 14 x 19 cm. Lisboa: Gráfica, 1927. Lombada com pequenos defeitos, e um selo de biblioteca, provavelmente de Almeida Ribeiro. Miolo com ocasionais sublinhados a lápis vermelho, visíveis numa das fotografias. Exemplar sólido.

Preço: 15 euros.




RÚSSIA BOLCHEVISTA


HERLANDÉR RIBEIRO


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória a Almeida Ribeiro. Curiosos relatos, frequentemente elogiosos, dos mais variados factores e pormenores do quotidiano russo no final dos anos 1920, com notas sobre teatro, automobilismo, medicina, casas de repouso, agricultura ou o próprio Gorki. Consta da Bibliografia de Livros Portugueses Proibidos no Regime Fascista, de Maria Luísa Alvim (1992). Vide índice. 134-(2) páginas. 16 x 22 cm. Lombada com um selo de biblioteca, provavelmente de Almeida Ribeiro, e miolo com ocasionais sublinhados a lápis vermelho. No geral, bom exemplar.

Preço: 15 euros.



Ver algumas peças do processo da censura a duas obras [uma e outra, ambas de 1951] de Herlandér Ribeiro, disponibilizadas no Ephemera de José Pacheco Pereira.


A GUERRA CIVIL DE ESPANHA


HELLMUTH GÜNTHER DAHMS


Título original: Der Spanische Bürgerkrieg (1962). Tradução portuguesa de Maria da Graça Cardoso. Ilustrado com 47 fotografias extra-texto, das agências de notícias EFE (Madrid) e Keystone (Paris). 347 páginas. 14,5 x 21 cm. Encadernação editorial, com a sobrecapa original em bom estado de conservação, salvo alguma perda de cor na lombada. Lisboa: Editorial Ibis, 1964. Só conheceria edição espanhola em 1966.

Preço: 15 euros.



BISMARCK

ARTÍFICE DE LA TERCERA REPÚBLICA FRANCESA

MARQUÉS DE QUINTANAR


Prólogo de RAMIRO DE MAEZTU. Brochado. 221 páginas. 14,5 x 20,5 cm. Madrid: Cultura Española, 1936. /// Exemplar autografado pelo autor com dedicatória ao antigo embaixador português LUÍS NORTON.

Ramiro de Maeztu, assassinado poucos meses após a publicação deste livro, e o Marqués de Quintanar [Fernando Gallego de Chaves Calleja, 1889-1974, Conde de Santibáñez del Río, «amigo fraternal» de António Sardinha e dos integralistas portugueses] foram ambos colaboradores próximos de Primo de Rivera durante a Ditadura. Após a queda da Monarquia e o advento da Segunda República fundaram a revista nacionalista Acción Española (1931-1937), propalado veículo reaccionário de ideias tradicionalistas, anti-liberais, anti-democráticas e anti-parlamentares.

Preço: 25 euros.





EL ALMENDRO Y LA ESPADA

POEMAS DE PAZ Y GUERRA


CONDE DE FOXÁ


Poemas de paz e de guerra, de Agustín de Foxá Torroba, Conde de Foxá (1903 – 1959), uma parte dos quais sobre a guerra civil espanhola; refira-se ainda a presença de um Canto a Roma dedicado a Mussolini. Foxá foi jornalista e diplomata falangista, e nas letras destacou-se também como autor de ficção científica.

Capa e desenhos de Jesús Olasagasti (1907 – 1955). Assinatura de posse, a lápis, na capa, do embaixador Luiz Norton. Capa com algumas manchas de humidade, e interior impecável, em excelente papel. Intonso. 119 páginas. 14,5 x 21 cm. San Sebastian: Editora Internacional, 1940.

Preço: 25 euros.


HUMBERTO DELGADO

[16Fev15]


EL CASO HUMBERTO DELGADO

SUMARIO DEL PROCESO PENAL ESPAÑOL


Edição de JUAN CARLOS JIMÉNEZ REDONDO


El 24 de Abril de 1965 se descubren en Villanueva del Fresno, muy cerca de la frontera portuguesa, los cadáveres de un hombre y una mujer, identificados como el general luso Humberto Delgado y su secretaria Arajaryr Moreira de Campos. Tras un largo y laborioso proceso de investigación, el juez especial Crespo Márquez consigue reunir las pruebas incriminatorias suficientes para imputar ambos delitos a agentes de la policía política del régimen de Oliveira Salazar.

455+(7) páginas. 17 x 24 cm. Série Estudos Portugueses, n.º 17. Ilustrado com fotografias do local onde foram descobertos os cadáveres ocultados pela PIDE. Exemplar como novo. Mérida: Gabinete de Iniciativas Transfronteirizas da Junta de Extremadura, 2001.

Preço: 20 euros.



HUMBERTO DELGADO (1906-1965)

memória


Brochura publicada aquando da transladação dos restos mortais do General Humberto Delgado para o Panteão Nacional, em 1990. Textos de Iva Delgado. Ilustrado com fotografias. Inclui cronologia biográfica. 28 páginas. Papel couché. 21 x 21 cm. Lisboa: Instituto Português do Património Cultural, 1990.

Preço: 15 euros.


papa1
papa2 papa3 papa4


O PAPA NO DECIMO NONO SECULO


J. MAZZINI

Triumviro da República Romana

Giuseppe Mazzini (1805-1872), escritor, jornalista, activista, político e ex-carbonário, é uma das figuras principais do chamado Risorgimento, movimento que na segunda metade do século XIX pugnou pela unificação dos vários estados italianos num único país com um governo central, secular e republicano. Várias vezes exilado por motivos políticos, na Suíça, em França e em Inglaterra, participou na fundação de uma Segunda República Romana (1849), insubmissa ao poder papal, onde desempenhou funções no triunvirato governativo. O projecto falhou, seguindo-se novo exílio para o autor, e a publicação do libelo anti-papal que aqui se apresenta, em tradução portuguesa publicada no mesmo ano da edição original.

Com 64 páginas e 11 x 16 cm. Capa com mínimas falhas de papel, e uma assinatura de posse («205 – Joaquim  Martins»). Assinatura de posse, também, no topo da primeira página do texto, visível numa das fotografias. Última página com falta de uma porção inferior, já fora da mancha de texto. Bruxelas: na Imprensa de V. Wouters, 1850.

Raro.

Preço: 15 euros.



LIVRO DO CURSO DE 1961/1966

JURISLÂNDIA


Livro do curso de Vasco Graça Moura, Basílio Horta, Pedro Roseta, Mário Assis Ferreira e Manuela Portugal [Eanes]. Livro do Curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. 252 páginas. 18 x 24 cm. Publicado com o apoio da Morais Editores. Impresso na Covilhã (Tip. Notícias da Covilhã). Exemplar autografado por uma das alunas para António Carlos Leónidas que, nos anos 60, foi presidente do IMAVE (onde estava integrada a Telescola) e chefe de redacção da revista Escola Portuguesa. Caricaturas de Sanches, e outros. Com uma caricatura e um texto jocoso para cada um dos 21 professores, entre os quais se destaca Marcello Caetano.

Lista de alunos:

Adelino de Pina e Silva, Adriano A. Jorge, Alberto C. Martins de Brito Lima, Alexandre A. F. de Carvalho Neto, Alvaro A. B. Correia Pina, Antero Baldaia, António J. Figueiredo Lopes, António J. Pires Soares, António Lucas Rodrigues, António M. Caldeira Marques, António N. Estrela Salgueiro, António V. C. Mendes Vasconcelos, António Vítor Monteiro, Armando Ferreira Simões, Aroleno Novais Bicheiro, Artur Faria Maurício, Basílio Horta da França, Beatriz Caldas Nogueira, Bernardino Mateus, Canuto Fausto de Quadros, Carlos A. C. A. P. Côrte-Real, Carlos A. Cruz Broco, Carlos Dias Rebelo, Carlos H. C. Araújo Barbeitos, Carlos Oliveira Coelho, César M. Bessa Monteiro, Constâncio A. Barros dos Reis, Fernando A. S. Cunha de Sá, Francisco Diogo Pinto, Francisco Lourenço Pereira, Francisco M. Gomes da Cunha, Guilherme T. Campos Rosa, Isidro Santos Almeida, Joaquim M. dos Santos Barata, Joaquim S. Coelho Lima, Joaquim da Silva Lourenço, João A. S. Mendes Fonseca, João C. C. Moreira de Campos, João J. Castelo Branco Gonçalves, João M. Pereira Gouveia, João M. S. Nolasco Totta, João da Silva, Jorge Fernandes Moreira, Jorge M. Arriaga da Cunha, José A. Ferreira da Costa, José de Almeida Vicetro, José António L. Araújo, José C. Rodrigues Revez, José L. Sacadura Cabral, José Guerreiro de Almeida, José M. Bracinha Vieira, José M. C. Albuquerque Duarte, José M. F. Dias da Silva, José M. Jorge I. Bastos, José V. Pereira da Cruz, Justino Dias dos Santos, Luís A. C. Perestrelo Oliveira, Luís E. P. Perdigão de Andrade, Luís M. C. Sande Freire, Luís Noronha Nascimento, Luís Tomé Almeida, Manfredo F. Ferreira Silvestre, Manuel Cruz Mariano, Manuel F. Correia de Jesus, Manuel Teles Vasconcelos, Manuel José Pereira de Mesquita, Manuel Rodrigues Carvalho, Manuel da Silva Carvalho, Manuel V. Ramalho Gantes, Manuela Lourenço Pires, Margarida M. C. Borges Meneses, Maria F. Gonçalves dos Santos, Maria L. Margalho Matos, Maria Luísa Polleri, Maria Luísa A. A. N. Novais, Maria Manuela N. Portugal, Maria R. C. Sousa Fialho, Marília M. Pedro Viegas, Mário Assis Ferreira, Orlando H. S. Passos da Silva, Pedro Costa Borges, Pedro M. Cruz Roseta, Pedro M. G. Paiva Pessoa, Pedro M. O. Lopes Dias, Renato Manuel M. Paquete, Ricardo B. N. de Carvalho, Rogério Fernandes Ferreira, Rui S. Miranda Mascarenhas, Sérgio M. Reis e Sousa, Tristão da Cunha, Vasco N. Graça Moura, Vítor M. Silva Cruz, Carlos Silva Vieira, Domingos Nascimento Ochoa, Emanuel Jardim Fernandes, José C. Robin de Andrade, José Manuel Bento e Paulo G. P. de Lima Castilho.

Entre os alunos, destacam-se os nomes de Vasco Graça Moura (escritor, tradutor, político, director da CNCDP/”Comissão dos Descobrimentos”) — com versos de António Rebordão Navarro —, Manuela Portugal (primeira-dama, presidente do Insituto de Apoio à Criança), Pedro Roseta (Ministro da Cultura), Mário Assis Ferreira (presidente da Sociedade Estoril-Sol, director da revista Egoísta), Noronha Nascimento (presidente do Supremo Tribunal de Justiça), Artur Faria Maurício (presidente do Tribunal Constitucional 2004-2007), António Figueiredo Lopes (Secretário de Estado do Orçamento no governo Sá-Carneiro, Ministro da Defesa de Cavaco Silva, Ministro da Administração Interna com Durão Barroso), António Monteiro (Ministro dos Negócios Estrangeiros no governo de Santana Lopes), Basílio Horta (fundador do CDS, Ministro do Comércio e Turismo com Mário Soares e Sá-Carneiro), Fausto de Quadros (jurista, professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa) e Joaquim da Silva Lourenço (Ministro da Agricultura e Pescas com Maria de Lourdes Pintasilgo).

Invulgar.

Preço: 35 euros.



DA CRISE ACTUAL

ECONOMIA DIRIGIDA

F. MAIA DE LOUREIRO


Autografado pelo autor com dedicatória a um «colega engenheiro». Aparenta tratar-se de uma obra de Francisco Avelar Maia de Loureiro, que viria a ser encarregado do Governo Geral de Angola, em 1959-1960. Bom exemplar, apenas com algumas ténues marcas de bicho do papel na capa, visíveis na primeira fotografia. 295 páginas. 12 x 19 cm. Lisboa: Livraria Bertrand (depositária), [s.d.]. José Luís Cardoso, no seu estudo recente sobre o impacto da Grande Depressão em Portugal, dá como data de publicação o ano de 1936.

Preço: 12 euros.



PORTUGAL À DERIVA


JOSÉ MIGUEL JÚDICE


Alguns dos textos, anteriormente publicados na imprensa: O Diabo, Jornal Novo ou O País.
300 páginas. 14,5 x 20,5 cm. Lisboa: Edições do Templo, 1978.

Preço: 8 euros.



PROJET DE RÉFORME PARLEMENTAIRE ÉLECTORALE

ADRESSÉ A L’ASSEMBLÉE NATIONALE LÉGISLATIVE DE LA FRANCE

LUCIANO LOPES PEREIRA


Resumido da seguinte forma no rosto: Organisation législative intégrale (A bas les monocéphalies et bicéphalies législatives); Representation des classes (A bas l’absurde représentation des localités); Hiérarchie des capacités (A bas les capacités improvisées); Système des candidatures (A bas la duperie électorale).

Encadernação da época, com desgaste superficial. 20 páginas. 17 x 25 cm. Rio de Janeiro: Typographia Franceza, 1849.

Autografado pelo autor, docteur de la faculté de médecine de Paris, para «o distinto historiador Alexandre Herculano».

Preço: 40 euros.



ALBA DE ALJUBARROTA

EL ADVENIMIENTO DE LA CASA DE AVIZ

MARQUÉS DE QUINTANAR


Autografado pelo autor ao embaixador Luís Norton, com uma dedicatória referindo Eugénio de Castro. Segovia: Universidad Popular Segoviana, 1946.

Conferencia leída por su Director, el Excmo. Sr. Marqués de Quintanar, en la sala de San Quirce, el 14 de Agosto de 1946.

38 páginas e uma árvore genealógica (44 x 24 cm) desdobrável, no final, com as origens das Casas de Avis e Bragança. 17 x 24 cm. Com alguns picos de humidade, principalmente nas capas e folhas mais próximas.

Preço: 15 euros.


oscar-1
oscar-k oscar-2 oscar-sum


O FIO DA MEADA


LUIZ HILDEBRANDO


Livro de memórias de Luiz Hildebrando Pereira da Silva (n. 1928),  biólogo, investigador e professor no Instituto Pasteur (Paris), ex-militante do Partido Comunista Brasileiro várias vezes exilado por diferentes regimes políticos e militares.

Prefácio de Oscar Niemeyer,  amigo próximo no exílio parisiense de ambos.

Primeira edição. Brochado. Capa de Rodrigo Andrade. 207 páginas. 13,5 x 20,5 cm. São Paulo: Editora Brasiliense, 1990.

Preço: 10 euros.


psico


A PSICOLOGIA DA INCOMPETÊNCIA DOS MILITARES


NORMAN F. DIXON


Título original: On the Psychology of Military Incompetence.
Tradução de Calado Trindade, Helder Rodrigues, J. A. da Ponte Fernandes, J. M. Martins Dias, Luís Aranha, Manuela Palmeirim, Maria Cecília Colaço e Maria Sobral. 447 páginas. 13,5 x 21 cm. Colecção Viragem, n.º 18. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1977.
Mínima perda de cor na capa. Bom estado.

Preço: 8 euros.