NOITE REVELADA


ANTÓNIO BORGA


Prefácio de Manuel da Fonseca. Capa de Cândido Costa Pinto. Uma colecção de quatro contos: «O poço do Diabo», «O jejum», «Silvinho» e «Noite Revelada».

Primeira edição. 130+(2) páginas, por abrir. 19,3 x 13,2 cm. Exemplar bem conservado, quase sem defeitos. Impresso nas oficinas da Gráfica Montijense, Montijo. Distribuído pela Editorial Organizações. Lisboa: edição do autor, 1960.

Preço: 20 euros.


 


O PADRE MARCOS E O LIBERALISMO

SEU PAPEL NA REFORMA ECLESIÁSTICA

CURIOSIDADES HISTÓRICAS DOS CONCELHOS DE SESIMBRA E AZEITÃO

CARLOS HYDALGO GOMES DE LOUREIRO


Com foco inicial na “vida e obra” do Padre Marcos Pinto Soares Vaz Preto (1782-1851), maçon, confessor de D. Pedro IV de D. Maria II, etc.  — aborda de seguida um número de sesimbrenses ilustres — e acaba por ser, também, uma invulgar miscelânea de assuntos sesimbrenses e azeitonenses, que toca diversos pequenas questões concernentes a Palmela, Alhos Vedros ou Setúbal.

O autor, Carlos Hidalgo Gomes de Loureiro, nascido em Sesimbra, pertenceu à União Nacional e foi presidente de câmara em Montijo (1929-1932), tendo impulsionado a criação do parque municipal daquela cidade, que acabou por receber o seu nome. Ilustrado com 6 extra-textos: um retrato do Padre Marcos, e seis “vistas” fotográficas de exterior. Sem índice. 104+(12) páginas, por abrir. Formato largo: 24,8 x 19,8 cm. Bom estado geral, com manchas esparsas. Publicado em Sesimbra, [ed. do autor], 1939.

Preço: 40 euros.