CONSTANTINO

GUARDADOR DE VACAS E DE SONHOS


ALVES REDOL


Ilustrado com fotografias da autoria de António Neto e de Alves Redol. Arranjo gráfico de João da Câmara Leme. Brochado. 131+(9) páginas. 23,5 x 16,5 cm. Capas em bom estado, lombada com ténues marcas de uso (ligeiro desgaste à cabeça e descolorada junto ao pé). Colecção Aventura Vivida n.º 1. Lisboa: Portugália Editora, 1962.

Primeira edição assinada com dedicatória do autor no ante-rosto.

Um bom exemplar, de colecção.

Preço: 125 euros.



CONSTANTINO

GUARDADOR DE VACAS E DE SONHOS


ALVES REDOL


Assinado com dedicatória simples, não datada, pela esposa do escritor, Maria dos Santos Mota Redol.

12.ª edição. 121 páginas. 17,5 X 11 cm. Bom estado de conservação. Sem defeitos tirando o inevitável amarelecimento do tipo de papel desta colecção, e manchas leves nas primeiras páginas. Colecção Livros de Bolso Europa-América n.º 100. Lisboa: Publicações Europa-América, 1988.

Preço: 17 euros.



Palavras de Alves Redol sobre a personagem principal da novela: «Embora inspirado na vida de um jovem [do Freixial], Constantino Cara-Linda, meu vizinho e amigo, este livro não é bem a crónica rigorosa do seu passadio. Inspira-se nele, reprodu-lo nas imagens que ilustram o texto [da primeira edição], mas recria-o e inventa-o também naquela medida em que o escritor decanta ou engravida a realidade de que se apossa com amor ou com raiva.» [na nota de abertura da primeira edição, cit. Horizonte Revelado, p.102]

 



RIBATEJO
CASOS E TRADIÇÕES


FRANCISCO CÂNCIO


Uma das várias incursões de fundo de Francisco Câncio no registo e divulgação da cultura popular da província do Ribatejo. Os capítulos e as próprias imagens surgem com uma ordem aparentemente aleatória, unidos pelo desembaraço e segurança de um (bom) contador de histórias, alicerçado em anos de pesquisas nos livros e nas gentes. Vide índice nas fotografias (↑).

2 volumes ilustrados com fotografias, desenhos e gravuras, editados em fascículos. 525+485 páginas. 19,5 x 25,5 x 7,3 cm. Meia-encadernação ‘francesa’, não-editorial, sólida, com ligeiro desgaste nas extremidades, mormente nas cabeças e pés das lombadas. Bom estado geral. Edição com o patrocínio da Junta de Província do Ribatejo, s.l., 1948.

Preço: 165 euros.



O CALÃO MINDERICO


AUGUSTO PORFÍRIO FRAGOSO


Brochado. 27+(5) páginas. 15,5 cm x 21,7 cm. Manuseado. Capa e miolo com pontos de oxidação e interior com várias palavras “assinaladas” pelo anterior proprietário (situação visível numa das fotografias). Santarém: edição do autor, 1964.

Raro.

Preço: 28 euros.


Contém este livro mais de quatrocentos e cinquenta vocábulos e algumas frases. Não é um trabalho completo como, aliás, o não são os dos grandes mestres e para o conseguir não foi sem certo esforço e até algumas decepções, devido à circunstância dos possuidores desta língua a não quererem divulgar, conservando-a, em segredo, como que um mito. [«Explicando», página 5]