PELA ÍNDIA

ASPECTOS E IMPRESSÕES


ADRIANO DE SÁ


Destacado para a Índia no final do século XIX, o tenente-coronel Adriano Abílio de Sá (1860-1952) foi responsável, em Goa, pela fiscalização dos Caminhos de Ferro de Mormugão, ou pelo reconhecimento hidrográfico da barra de Betul e foz do rio Sal. Entretanto, foi viajando pela Índia, à custa da sua «magra bolsa de funcionário público português», e publicou alguns artigos sobre o assunto em jornais e revistas, entre 1898 e 1917, que viriam a formar parte desta obra de «literatura de viagens» portuguesa.

Prefácio de Manuel Ramos. Ilustrada com dezenas de fotografias (extra-texto), de monumentos, paisagens e pessoas. Encadernado com capas de brochura, embora cansadas e modestamente espelhadas. Miolo intonso, mas com duas imperfeições: assinatura rasurada no rosto e corte das folhas com um canto escurecido. 341 páginas. 15 x 23 cm. Lisboa: J. Rodrigues, 1925.

Preço: 45 euros.



TERRA ATLÂNTIDA

IMPRESSÕES DA MADEIRA


EDMUNDO TAVARES


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória de 1950 a Alberto José Pessoa, de arquitecto para arquitecto.
Capa com mínimo desgaste nas margens e lombada um pouco manchada, mas no geral um bom exemplar, invulgar pela dedicatória. Vide índice nas fotografias. 107 páginas. 16,5 x 24,3 cm. Lisboa: Bertrand (Irmãos) Lda., 1948.

Preço: 35 euros.



TRÊS CIDADES DE MARROCOS

AZEMÔR – MAZAGÃO – ÇAFIM
«LUGARES DALÉM»


VERGÍLIO CORREIA


Textos das conferências originalmente realizadas pelo autor em Lisboa, Coimbra e Porto, no ano de 1923, com as imagens da autoria de Vergílio Correia ou adquiridas ao fotógrafo Chelle, de Casablanca, e que deram origem a uma  exposição no mesmo ano.

2.ª edição, dirigida por Alice Correia. Ilustrada com inúmeras fotografias extra-texto. 54 páginas. 13,5 x 18,5 cm. Bom exemplar. Porto: Livraria Simões Lopes, [1950].

Preço: 15 euros.



LE VOYAGE EN GRÈCE

Cahiers Périodiques N.º 11 (1939)


Uma raridade bibliográfica. Trata-se do último número de Le Voyage en Grèce, uma revista que durou apenas 11 números, entre 1934 e 1939 (mais um extra, em 1946), e que contou com colaborações de Le Corbusier, Pablo Picasso, Georges Braque, André Derain, Henri Matisse, Georges Bataille, Roger Caillois, Giorgio de Chirico, Jean Cocteau, Fernand Léger, Jacques Prévert, Michel Leiris, François Mauriac, Raymond Queneau, Pierre Reverdy, Marguerite Yourcenar, e muitos outros.

Inicialmente pensada como um projecto editorial de vocação turística pelo seu editor e criador, Héraclès Joannidès (1897-1950), director da Société Neptos em Paris, para distribuição a bordo dos cruzeiros que organizava ao seu país natal, criando uma «ligação entre a Grécia e os seus viajantes por intermédio dos escritores, dos artistas e dos sábios contemporâneos», cedo transcendeu este âmbito inicial para se tornar um local de encontro inovador entre o classicismo grego e a vanguarda europeia, ao nível da imprensa periódica literária e artística, e um objecto (tipo)gráfico de um luxo único na época. Para tal, Joannidés recebeu preciosos conselhos do célebre editor Tériade, ambos gregos, ambos radicados em Paris. A história está muito bem contada aqui e aqui.

LE VOYAGE EN GRÈCE, n.º 11, Paris, Été 1939. Édités par H. Joannidès. /// Número essencialmente dedicado à Arquitectura tradicional grega. Capa reproduz um fragmento de uma pintura de Théophilos. Com uma estampa extra-texto do mesmo pintor (vide fotografia). 28+(4) páginas. 22 x 27,5 cm. /// Colaboração literária de Le Corbusier, Roger Avermaete, R. Allendy, Jean-Germain Tricot, André Fraigneau, Pierre Borel, R. Th. Bosshard, Evrot, Henri Focillon, Jules Formigé, Fernand Léger, Camille Mauclair, Mario Meunier, E. Pontremoli, Louis Roussel, Pierre Sonrel, André Thérive e Charles Vildrac. Desenhos de Le Corbusier e F. M. Salvat. Fotografias de Panos Dzelepis, L. Frantzis, Herbert List, Eli Lotar, Nellys, Roger Nicolle e J.-G. Tricoglou. Realização artística de André Fraigneau, J.-G. Tricot e Roger Vitrac. /// Em bom estado, salvo pequena mancha num canto da capa, visível numa das fotografias.

Preço: 35 euros.





CRÓNICAS DA RÚSSIA DOS SOVIETS


HERLANDÉR RIBEIRO


Assinado pelo autor com dedicatória a António Rodrigues de Almeida Ribeiro, datada de Maio de 1928. Compilação de crónicas publicadas no Diário de Lisboa. Vide índice. 203-(5) páginas. 14 x 19 cm. Lisboa: Gráfica, 1927. Lombada com pequenos defeitos, e um selo de biblioteca, provavelmente de Almeida Ribeiro. Miolo com ocasionais sublinhados a lápis vermelho, visíveis numa das fotografias. Exemplar sólido.

Preço: 15 euros.




RÚSSIA BOLCHEVISTA


HERLANDÉR RIBEIRO


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória a Almeida Ribeiro. Curiosos relatos, frequentemente elogiosos, dos mais variados factores e pormenores do quotidiano russo no final dos anos 1920, com notas sobre teatro, automobilismo, medicina, casas de repouso, agricultura ou o próprio Gorki. Consta da Bibliografia de Livros Portugueses Proibidos no Regime Fascista, de Maria Luísa Alvim (1992). Vide índice. 134-(2) páginas. 16 x 22 cm. Lombada com um selo de biblioteca, provavelmente de Almeida Ribeiro, e miolo com ocasionais sublinhados a lápis vermelho. No geral, bom exemplar.

Preço: 15 euros.



Ver algumas peças do processo da censura a duas obras [uma e outra, ambas de 1951] de Herlandér Ribeiro, disponibilizadas no Ephemera de José Pacheco Pereira.




IMPRESSÕES SOBRE AS ESCOLAS
DE FRANÇA E BELGICA

E CRITICA DA EDUCAÇÃO E INSTRUCÇÃO PRIMARIA
EM PORTUGAL

ALBANO RAMALHO


O autor foi «Professor e ex-pensionista do Estado em França e Belgica». 356 páginas. 12,5 x 19 cm. Capa com algum cansaço. Miolo impecável. Exemplar sólido. Obra invulgar. Porto: Livraria Portuense, 1909.

Preço: 20 euros.



UM MANUSCRITO DA BIBLIOTECA NACIONAL DE MADRID INTERESSANTE À HISTÓRIA DOS AÇORES
NO SÉCULO XVII


FRANCISCO MENDES DA LUZ


Separata do volume VI do Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira, assinada pelo autor com dedicatória ao embaixador Luiz Norton, datada de Madrid, 1949. Com 7 páginas e 16,5 x 22 cm. Angra do Heroísmo: Tipografia Andrade, 1948.

Preço: 15 euros.





SUBSÍDIOS PARA O

INVENTÁRIO ARTÍSTICO DOS AÇORES


FRANCISCO ERNESTO DE OLIVEIRA MARTINS


Exemplar autografado pelo autor com dedicatória acompanhada de um postal-convite para o casamento de um familiar, ilustrado com um par de bonecos de trapos noivos, da sua colecção pessoal.

Igreja a igreja, casa a casa… Primeiro tentame sistemático de um inventário histórico-global da arte e do artesanato no arquipélago: mobiliário, pintura, escultura, arquitectura religiosa, civil e militar, faiança, porcelana, marfim, colchas e bordados, etc. Catálogo em papel couché, ilustrado com centenas de fotografias da autoria de Francisco Reis Maduro Dias, Guillon, João Soares de Ávila, José Leite, Mário Corvelo de Freitas, Norberto Ávila, Veríssimo Salvador, Foto Iris e Foto Nóbrega. 449 páginas. 21 x 29,5 cm. Uma edição da Secretaria Regional de Educação e Cultura / Direcção Regional dos Assuntos Culturais, impressa em Angra do Heroísmo, 1981 (capa com a data de 1980, colofón com a data de impressão de 31 de Março de 1981).

Preço: 45 euros.



O PAÍS E O POVO ROMENO


SIMION MEHEDINTZI


Obra curiosa, do destacado geógrafo romeno Simion Mehedint[z]i (1868 – 1962), traduzida do francês por Eugénio Navarro. Com considerações sui generis sobre etnografia e geografia romenas, tendo em conta a especial posição do país entre a Europa e a Ásia. 151 páginas (por abrir). 13 x 19,5 cm. Colecção Países e Povos, da Editorial Nobel, Coimbra, 1944.

Preço: 12 euros.




HISTÓRIA DO POVO ROMENO


CONSTANTIN C. GIURESCU
DINU C. GIURESCU


Com um prefácio sobre as relações romeno-portuguesas através da história, onde constam alguns factos curiosos, como as tiragens de algumas traduções de autores portugueses: destaque para os cerca de 50 mil exemplares vendidos das Cartas de Soror Mariana Alcoforado.

Uma história muito completa do país e do povo romeno, com capítulos sobre a geografia, os antepassados primitivos, a história política através dos séculos e a construção socialista a partir da década de 40.

Ilustrado com inúmeras fotografias. 401 páginas. 18 x 24 cm. Encadernação editorial gravada, com sobrecapa em excelente estado de conservação. Óptimo exemplar. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1979.

Preço: 15 euros.



TRANSYLVANIA

A SHORT HISTORY


ISTVÁN LÁZÁR


História de um país mítico que já pertenceu à Hungria e é, actualmente, província da Roménia. Edição húngara, em inglês, com tradução de Thomas J. DeKornfeld. 248 páginas. 11,5 x 18 cm. Budapest: Corvina, 1997. Obra disponível em pdf oficial e gratuito.

Preço: 6 euros.


Versailles XL

[30Set11]




LE CHATEAU DE VERSAILLES


Album réalisés par les Éditions “Tel” pour la Société Parisienne d’Expansion Chimie SPECIA marques Poulenc Fréres, Usines du Rhonde.

Edição especial para a sociedade SPECIA, cerca de 1920-30: portefólio contendo folhas soltas, em papel de superior qualidade e impressão condigna, com fotografias panorâmicas de grande formato (37 x 28 cm), uma por página, de Versailles (38), e respectivas legendas explicativas em folha à parte. Bom estado de conservação. Com um texto introdutório de Charles Mauricheau-Beaupré, conservador do museu. Texto e legendas bilingues (francês e inglês).

Preço: 25 euros.



NOVA HISTÓRIA DE JOÃO DE CALAIS


11.ª edição e propriedade do Bazar Feniano / António da Silva Santos e C.ª / Porto [s.d.]. /// 16 páginas. 12 x 16,5 cm.

Preço: 10 euros.