LISBÔA DO PASSADO
LISBÔA DE NOSSOS DIAS


GOMES DE BRITO


José Joaquim Gomes de Brito (1843-1923), olisipógrafo de monta — ou mesmo o criador dos estudos toponímicos, no dizer de Luiz Pastor de Macedo —, publicou no mesmo ano um outro livro igualmente curioso, sobre livreiros e impressores em Lisboa na segunda metade do século XVI.

183 páginas. 13,5 x 21 cm. Bom exemplar, embora com ligeiro desgaste na lombada. Miolo impecável. Lisboa: Livraria Férin — Baptista, Torres & C.ta, 1911.

Preço: 25 euros.



ESTÉTICA CITADINA


RIBEIRO CHRISTINO


Edição actualizada e ilustrada da série publicada no «Diário de Notícias» de 1911 a 1914. 

Primeira edição. Ilustrado com fotografias, e desenhos do autor [João Ribeiro Cristino da Silva, 1858-1948, desenhador e gravador que pertenceu ao Grupo do Leão e fez parte da criação da Sociedade Nacional de Belas-Artes].

Dividido em cinco partes: Lisboa Central; Lisboa Oriental; Lisboa Ocidental; Praças e Largos Lisbonenses; e Comemorações e Curiosidades Citadinas [tais como os chafarizes, os portões de casas nobres, a Feira da Ladra, jazigos artísticos ou as obras de Santa Engrácia]. Vide índice nas fotografias.

222 páginas. 16,7 x 23,2 cm. Manuseado. Bom estado geral, embora com alguma perda de cor na capa. Lisboa: Imprensa Libânio da Silva, 1923.

Preço: 30 euros.


aco11aco6


DIZERES DO PÔVO


ANTÓNIO CORRÊA D’OLIVEIRA


O poeta usando como mote para as suas quadras uma escolha de cento e quinze (115) dizeres do pôvo.

3.ª edição, muito provavelmente no mesmo ano da primeira (1911). Mini-livro (7,5 x 11,5 cm), encadernado em tecido de fantasia, sem as capas de brochura. Assinatura de posse no topo da página de guarda. 146 páginas. Lisboa: Livrarias Aillaud e Bertrand, [s.d.].

Preço: 15 euros.



CALENDÁRIO PRIVADO


FERNANDA BOTELHO


Exemplar autografado pela autora, com dedicatória ao arquitecto e crítico de arte Mário de Oliveira, «com afecto antigo e muita admiração». 2.ª edição. 267 páginas. 12 x 19 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, 1973. Exemplar em excelente estado de conservação.

Preço: 15 euros.



CONSCIÊNCIA


RAMADA CURTO


Peça em Três Actos. Exemplar assinado pelo autor, para o «camarada e amigo» escritor Portugal Ribeiro. 221 páginas. 12 x 17 cm. Lisboa: Empresa Nacional de Publicidade, 1939. Bom estado de conservação.

Preço: 15 euros.



ENFERMARIA, PRISÃO E CASA MORTUÁRIA


DOMINGOS MONTEIRO


Novelas. 2.ª edição (definitiva), assinada pelo autor com dedicatória à escritora Hortense de Almeida. Capa com alguns picos de acidez. Brochado. 167 páginas. 13 x 19,5 cm. Lisboa: Sociedade de Expansão Cultural, 1957.

Preço: 15 euros.



VOZ DE PRISÃO


MANUEL FERREIRA


1.ª edição assinada pelo autor com dedicatória («saudações fraternais» no Natal de 1971). Arranjo gráfico de Armando Alves. Brochado. 153+(11) páginas. 14 x 19,5 cm. Porto: Editorial Inova, 1971.

Preço: 25 euros.



O TOIRO CELESTE PASSOU


AFONSO BOTELHO


Novela. 2.ª edição, publicada com a chancela Teoremas de Filosofia de JOAQUIM DOMINGUES, em 1972, e autografada pelo autor com dedicatória ao amigo cineasta ANTÓNIO LOPES RIBEIRO, após «uma noite de conversa». 113 páginas. 12 x 19,5 cm. Óptimo estado.

Preço: 15 euros.



GENEALOGIA DA ARTE GÓTICA


FERNANDO DE PAMPLONA


Separata de MUSEU. Exemplar autografado com dedicatória, «homenagem de muito apreço» a um «ilustre amigo». 24 páginas. 12 x 17 cm. Capa com leves picos de acidez. Gaia: Edições Pátria, 1935.

Preço: 12 euros.



PROMESSA


MARQUEZA DE POMARES


Versos de D. Maria Manuela de Brito e Castro, primeira Marquesa de Pomares. Exemplar autografado pela autora com dedicatória e «testemunho de maternal afecto». Invulgar. Capa com motivos em relevo. 82 páginas. 11 x 15,5 cm. Coimbra: Typographia França Amado, 1911.

Preço: 20 euros.


Este slideshow necessita de JavaScript.

Colecção completa da obra em 10 volumes, de ÉMILE FAGUET, OS DEZ MANDAMENTOS, com quatro das traduções realizadas pelo poeta Eugénio de Castro. Edição da Livraria Aillaud e Bertrand, Paris-Lisboa, e da Livraria Francisco Alves, Rio de Janeiro, cerca de 1911. Medidas de cada volume: 9 x 15 cm. Conjunto das lombadas: 8,5 cm. Total de páginas 941 páginas, cerca de 94 por volume. Estado geral muito aceitável, embora com alguns sublinhados e notas, uma ou outra assinatura de posse, ocasional mancha de humidade na capa (vide fotografias) ou falha de papel na lombada, e inclusão de recortes de jornais relativos aos assuntos mencionados. Colecção invulgar, quando completa. Constituída pelos seguintes títulos e tradutores:

DO AMOR DE SI MESMO. Tradução da 2.ª edição francesa por Souza Brandão. DO AMOR. Tradução da 6.ª edição francesa por Souza Brandão. DA FAMÍLIA. Tradução da 2.ª edição francesa por Eugénio de Castro. DA AMISADE. Tradução portuguesa por Eugénio de Castro. DA VELHICE. Tradução portuguesa por Eugénio de Castro. DA PROFISSÃO. Tradução da 2.ª edição francesa por Souza Brandão. DA PÁTRIA. Tradução da 2.ª edição francesa por Henrique de Figueiredo. DA VERDADE. Tradução portuguesa por Eugénio de Castro. DO DEVER. Tradução pela 2.ª edição francesa por L. Monteiro. DE DEUS. Tradução pela 2.ª edição francesa por L. Monteiro.

Preço do conjunto: 50 euros.


Ver aqui outras obras do autor.

ouro-fischer

k-ouro ouro-zamith ouro-buceta


2.ª REGIÃO MILITAR

LIVRO DE OURO

NOTAS BIOGRÁFICAS DOS GENERAIS COMANDANTES
DA 5.ª DIVISÃO MILITAR, 5.ª DIVISÃO DO EXÉRCITO E 2.ª REGIÃO MILITAR
1901-1954

Álbum brochado (23 x 31 cm) com 80 páginas de textos essencialmente biográficos + uma página extra-texto, com retrato fotográfico e lista de condecorações, para cada um dos generais:

1.º Período, 5.ª Divisão Militar (1901-1911):
General de Brigada Manuel Joaquim da Silva Mata (1901-1902), General Frederico Augusto de Almeida Pinheiro (1902-1905), General José Estanislau Ventura (1906), General José Augusto Nogueira de Sá (1906-1909) e General Joaquim José da Silva Monteiro (1909-1911).

2.º Período, 5.ª Divisão do Exército (1911-1926):
General Diogo Pereira de Sampaio (1911-1913), General João Rodrigues Blanco (1913-1915), General Duarte Ivens (1915), General Bernardo António de Brito e Abreu (1915), General Fernando Tamagnini de Abreu e Silva (1915-1917 e 1918-1919), General António Maria de Matos Cordeiro (1917), General João Evangelista Pinto de Magalhães (1917), General Jaime Leitão de Castro (1917-1918), General Brás Mouzinho de Albuquerque (1919-1921), General José Augusto Simas Machado (1921-1925), General João de Morais Zamith (1925-1926) e General António Teixeira de Aguiar (1926).

3.º Período, 2.ª Região Militar, a partir de 1926:
General José Ernesto de Sampaio (1926), General Jacinto dos Reis Fischer (1927-1929), General António Gomes de Sousa Júnior (1929-1938), General Carlos Maria Pereira dos Santos (1938), General Fernando Augusto Borges Júnior (1938-1939), General José Vítor Franco (1939-1945), General Augusto Martins Nogueira Soares (1945-1949), General Manuel Bernardes de Almeida Topinho (1950-1953) e General Humberto Buceta Martins (1953-1954).

Explica o comandante da 2.ª região militar, na introdução, que o livro resulta de uma sugestão do Ministro da Guerra, o então Tenente-Coronel Fernando dos Santos Costa, em 1948, de que «nos Quartéis Generais, Comandos de Unidades e Sedes de Estabelecimentos Militares, fossem expostos os retratos de antigos Comandantes e Chefes».

Exemplar de uma tiragem (não-numerada) de 300 exemplares, impressa na Tipografia da Gráfica de Coimbra aos 10 de Dezembro de 1954 (na capa e contracapa, bem como no final da introdução, a data simbólica que figura é o 1.º de Dezembro).

Capa com ligeiras marcas de uso, nas orlas, o interior em bom estado; no geral um exemplar bastante satisfatório.

Preço: 60 euros.


rosto-ouro

Este slideshow necessita de JavaScript.

VINGANÇA, de ALFREDO MARQUES. Novela, com 159 páginas, e 13,5 x 19,5 cm. Lisboa: Editorial Hercules, 1933. Capa e lombada com pequenos defeitos. Curioso.
Preço: 10 euros.

VIDA DE UM OPERÁRIO NUM PAÍS DE LESTE (Salário à peça), de MIKLOS HARASTZI. Título da edição original: Darrabér. Traduzido do húngaro por Judit Svaradja e Joel Aizac. Tradução do francês por Miguel de Araújo. Prefácio de Heinrich Boll. Capa de António Pedro. Colecção Vida e Cultura [n.º 79]. 234 páginas. 15 x 22 cm. Lisboa: Edição Livros do Brasil, [s.d.]. Manuseado.
Preço: 10 euros.

Rússia, 1918. TESTEMUNHO DOS OPERÁRIOS DE PETROGRADO. Tradução e prefácio de Francisco Ferreira (CHICO DA CUF). Ilustrado. 50 páginas. 12 x 19 cm. Lisboa: Fernando Pereira editor, [s.d.].
Preço: 12 euros.

REVOLUÇÃO SOCIAL. Conseqüências da noção cristã de propriedade sôbre a orgânica do trabalho, por EUGÉNIO DE BELONôR. Edição de Reacção, de Águeda (visado pela comissão de censura), 1933. Obra de curiosa composição tipográfica (composto e impresso na Tipografia Marques, no Porto). (10)-54 páginas. 11,5 x 16,5 cm. Óptimo exemplar.
Preço: 15 euros.

E O HORROR DAS RESPONSABILIDADES, de ÉMILE FAGUET. Obra datada de 1911. Traducção autorisada. Lisboa: Livrarias Aillaud e Bertrand, [s.d.]. Encadernado com capas de brochura, em tela, gravada, com assinatura do encadernador A. David. Aparado. Bom papel.
Preço: 10 euros.

O CULTO DA INCOMPETÊNCIA, de ÉMILE FAGUET. Tradução de Agostinho Fortes. 2.ª edição. Com ex-libris de Raul Esteves dos Santos. Bom exemplar (aparado). 177 páginas. 11,5 x 17,5 cm. Lisboa: Livrarias Aillaud e Bertrand, [s.d.].
Preço: 12 euros.

O CULTO DA INCOMPETÊNCIA, de ÉMILE FAGUET. Tradução de Agostinho Fortes. 2.ª edição. Encadernação modesta, sem capas de brochura. 177 páginas. 11,5 x 17,5 cm. Lisboa: Livrarias Aillaud e Bertrand, [s.d.].
Preço: 10 euros.

O PRINCÍPIO DE PETER, por LAURENCE J. PETER e RAYMOND HULL. Tradução de M. Bento e Patrícia Joyce. Capa de Mel Calman. Com ilustrações oitocentistas da revista Punch. 215-(5) páginas. 14 x 21 cm. Primeira edição portuguesa, apenas dois anos após o original norte-americano (The Peter Principle). Lisboa: Editorial Futura, 1971. Em excelente estado de conservação.
Preço: 12 euros.

O RECEITUÁRIO DE PETER. Como Produzir, Confiar e Ser Competente, por LAURENCE J. PETER. Tradução de Patrícia Joyce. Capa de Mel Calman. 265-(6) páginas. 14 x 21 cm. Primeira edição portuguesa, no mesmo ano do original norte-americano (The Peter Prescription). Lisboa: Editorial Futura, 1972. Em excelente estado de conservação.
Preço: 12 euros.

O EMPREGADO EXCEPCIONAL ou a Arte de bem compreender os seus deveres, de se tornar indispensável e de fazer caminho na vida, por O. S. MARDEN. Tradução portuguesa de Vítor Hugo Antunes, Capitão do Exército. 151 páginas. 12 x 18 cm. Manuseado. Com assinaturas de posse no rosto e prefácio do tradutor. Porto: Casa Editora de A. Figueirinhas, 1924.
Preço: 10 euros.

MANIFESTO CONTRA O TRABALHO, pelo GRUPO KRISIS. Prefácio de Norbert Trenkle. Tradução de José Paulo Vaz. Revisão da tradução de José M. Justo. 105-(7) páginas. 13 x 21 cm. Lisboa: Edições Antígona, 2003.
Preço: 8 euros.