Os contos de Maria Judite de Carvalho, pela exímia perfeição técnica, pela aparente facilidade, pelo fluxo límpido e limpo, pela estrutura cerrada, pela lucidez e ironia para com os factos tristes ou horríveis narrados, pelo tom natural e matter of fact das conclusões, pela originalidade do seu significado, pela variedade de temas e situações, pela economia e rigor da expressão — correspondem a um conceito evoluído e bem contemporâneo deste género literário. (José Palla e Carmo)


TANTA GENTE, MARIANA
2.ª edição. Assinado pela autora com dedicatória de amizade a José Palla e Carmo. 147 páginas. 10,5 x 18 cm. Colecção Livro de Bolso Arcádia / Autores Portugueses n.º 7. Com um carimbo da tiragem comprovada pela SPA (este o exemplar n.º 714). Bom exemplar. Lisboa: Arcádia, 1960.
Preço: 25 euros.


AS PALAVRAS POUPADAS
Contos. Primeira edição. Assinado pela autora com dedicatória de amizade. Colecção Autores Portugueses n.º 27 (correcto no miolo, mas não na lombada, onde aparece como n.º 25). Exemplar n.º 2117 de uma tiragem (de provavelmente 3000, após algum “êxito” com Tanta Gente, Mariana, um ano antes) declarada à SPA. 168 páginas. 10,5 x 18 cm. Bom estado. Lisboa: Arcádia, 1961. Prémio Camilo Castelo Branco em 1962.
Preço: 35 euros.


OS ARMÁRIOS VAZIOS
Primeira edição do primeiro romance da autora. Capa de João da Câmara Leme. 167 páginas (por abrir). 13 x 19 cm. Usado. Colecção Contemporânea, n.º 83, da editora Portugália, Lisboa, 1966.
Preço: 17 euros.


FLORES AO TELEFONE
Contos. Primeira edição. Assinado pela autora com dedicatória de “velha amizade e muita admiração” a José Palla e Carmo. Capa de João da Câmara Leme. 225 páginas. Colecção Contemporânea n.º 110, Lisboa: Portugália Editora, 1968. Lombada amarelecida.
Preço: 30 euros.


TEMPO DE MERCÊS
Contos. Primeira edição. Assinado pela autora com dedicatória de amizade e admiração a José Palla e Carmo. Capa de Soares da Rocha. 199 páginas. 11,5 x 18,5 cm. Miolo excelente. Capa com pequenos sinais de uso. Lisboa: Seara Nova, 1973.
Preço: 30 euros.


O HOMEM NO ARAME
(Textos publicados no Diário de Lisboa entre 1970 e 1975)
A Lisboa do autocarro, do Metro, da bicha do supermercado, da “senhora” dona de casa e da “mulherzinha”, mulher-a-dias, da gente que dia a dia se encontra e desencontra, chora e ri, ama e odeia, é o tema destas crónicas. Capa de Henrique Ruivo. 199 páginas. 14 x 21 cm. Bom estado. Assinatura de posse de José Palla e Carmo, datada de 1980. Lisboa: Livraria Bertrand, 1979.
Preço: 20 euros.


AS PALAVRAS POUPADAS
4.ª edição. Colecção Século XX n.º 292. Com 134 páginas, e 14 x 21 cm. Carimbo de posse inócuo na primeira página. Bom estado. Lisboa: Publicações Europa-América, 1988.
Preço: 10 euros.


PAISAGEM SEM BARCOS
Contos. Capa com pintura de Francisco Simões. Colecção Século XX n.º 319. 151 páginas. 14 x 21 cm. Bom estado. Lisboa: Publicações Europa-América, 1990.
Preço: 10 euros.


MARIA TERESA HORTA

[17Jan15]


EMA


MARIA TERESA HORTA


Ema é a viagem de uma mulher. só. na contemplação erótica. é a convulsão do amor. é a resposta. a violência. a dificuldade. o espelho. a explosão feminina-feminista. é a nudez verdade de Ema.

Ficção. Exemplar autografado pela autora com dedicatória de amizade. Capa de Teresa Dias Coelho. Fotografia da autora na contracapa de Isabel Ferreira. Colecção Aleph. 131 páginas. 14 x 20 cm. Lisboa: Edições Rolim, [Novembro de] 1984.

Preço: 25 euros.



MULHERES DE ABRIL


MARIA TERESA HORTA


Poemas [de Abril a Novembro de 1977]. Inclui «Homenagem às mulheres-a-dias». Capa e arranjo gráfico de José Araújo. 110 páginas. 13 x 18,5 cm. Lisboa: Editorial Caminho, 1977. Bom exemplar.

Preço: 15 euros.



ABORTO

DIREITO AO NOSSO CORPO


Inquérito realizado por

CÉLIA METRASS
HELENA DE SÁ MEDEIROS
MARIA TERESA HORTA


Com casos de condenação, depoimentos de parteiras e mulheres que abortaram, tomadas de posição de políticos, médicos e advogados, legislação, etc. Ilustrado. 361 páginas. 12,5 x 18,5 cm. Termina com um poema de Maria Teresa Horta («Do Direito ao Nosso Corpo»), datado de Fevereiro de 1975. Colecção Mulheres em Luta. Lisboa: Editorial Futura, 1975.

Preço: 12 euros.



LIVRO DO CURSO DE 1961/1966

JURISLÂNDIA


Livro do curso de Vasco Graça Moura, Basílio Horta, Pedro Roseta, Mário Assis Ferreira e Manuela Portugal [Eanes]. Livro do Curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. 252 páginas. 18 x 24 cm. Publicado com o apoio da Morais Editores. Impresso na Covilhã (Tip. Notícias da Covilhã). Exemplar autografado por uma das alunas para António Carlos Leónidas que, nos anos 60, foi presidente do IMAVE (onde estava integrada a Telescola) e chefe de redacção da revista Escola Portuguesa. Caricaturas de Sanches, e outros. Com uma caricatura e um texto jocoso para cada um dos 21 professores, entre os quais se destaca Marcello Caetano.

Lista de alunos:

Adelino de Pina e Silva, Adriano A. Jorge, Alberto C. Martins de Brito Lima, Alexandre A. F. de Carvalho Neto, Alvaro A. B. Correia Pina, Antero Baldaia, António J. Figueiredo Lopes, António J. Pires Soares, António Lucas Rodrigues, António M. Caldeira Marques, António N. Estrela Salgueiro, António V. C. Mendes Vasconcelos, António Vítor Monteiro, Armando Ferreira Simões, Aroleno Novais Bicheiro, Artur Faria Maurício, Basílio Horta da França, Beatriz Caldas Nogueira, Bernardino Mateus, Canuto Fausto de Quadros, Carlos A. C. A. P. Côrte-Real, Carlos A. Cruz Broco, Carlos Dias Rebelo, Carlos H. C. Araújo Barbeitos, Carlos Oliveira Coelho, César M. Bessa Monteiro, Constâncio A. Barros dos Reis, Fernando A. S. Cunha de Sá, Francisco Diogo Pinto, Francisco Lourenço Pereira, Francisco M. Gomes da Cunha, Guilherme T. Campos Rosa, Isidro Santos Almeida, Joaquim M. dos Santos Barata, Joaquim S. Coelho Lima, Joaquim da Silva Lourenço, João A. S. Mendes Fonseca, João C. C. Moreira de Campos, João J. Castelo Branco Gonçalves, João M. Pereira Gouveia, João M. S. Nolasco Totta, João da Silva, Jorge Fernandes Moreira, Jorge M. Arriaga da Cunha, José A. Ferreira da Costa, José de Almeida Vicetro, José António L. Araújo, José C. Rodrigues Revez, José L. Sacadura Cabral, José Guerreiro de Almeida, José M. Bracinha Vieira, José M. C. Albuquerque Duarte, José M. F. Dias da Silva, José M. Jorge I. Bastos, José V. Pereira da Cruz, Justino Dias dos Santos, Luís A. C. Perestrelo Oliveira, Luís E. P. Perdigão de Andrade, Luís M. C. Sande Freire, Luís Noronha Nascimento, Luís Tomé Almeida, Manfredo F. Ferreira Silvestre, Manuel Cruz Mariano, Manuel F. Correia de Jesus, Manuel Teles Vasconcelos, Manuel José Pereira de Mesquita, Manuel Rodrigues Carvalho, Manuel da Silva Carvalho, Manuel V. Ramalho Gantes, Manuela Lourenço Pires, Margarida M. C. Borges Meneses, Maria F. Gonçalves dos Santos, Maria L. Margalho Matos, Maria Luísa Polleri, Maria Luísa A. A. N. Novais, Maria Manuela N. Portugal, Maria R. C. Sousa Fialho, Marília M. Pedro Viegas, Mário Assis Ferreira, Orlando H. S. Passos da Silva, Pedro Costa Borges, Pedro M. Cruz Roseta, Pedro M. G. Paiva Pessoa, Pedro M. O. Lopes Dias, Renato Manuel M. Paquete, Ricardo B. N. de Carvalho, Rogério Fernandes Ferreira, Rui S. Miranda Mascarenhas, Sérgio M. Reis e Sousa, Tristão da Cunha, Vasco N. Graça Moura, Vítor M. Silva Cruz, Carlos Silva Vieira, Domingos Nascimento Ochoa, Emanuel Jardim Fernandes, José C. Robin de Andrade, José Manuel Bento e Paulo G. P. de Lima Castilho.

Entre os alunos, destacam-se os nomes de Vasco Graça Moura (escritor, tradutor, político, director da CNCDP/”Comissão dos Descobrimentos”) — com versos de António Rebordão Navarro —, Manuela Portugal (primeira-dama, presidente do Insituto de Apoio à Criança), Pedro Roseta (Ministro da Cultura), Mário Assis Ferreira (presidente da Sociedade Estoril-Sol, director da revista Egoísta), Noronha Nascimento (presidente do Supremo Tribunal de Justiça), Artur Faria Maurício (presidente do Tribunal Constitucional 2004-2007), António Figueiredo Lopes (Secretário de Estado do Orçamento no governo Sá-Carneiro, Ministro da Defesa de Cavaco Silva, Ministro da Administração Interna com Durão Barroso), António Monteiro (Ministro dos Negócios Estrangeiros no governo de Santana Lopes), Basílio Horta (fundador do CDS, Ministro do Comércio e Turismo com Mário Soares e Sá-Carneiro), Fausto de Quadros (jurista, professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa) e Joaquim da Silva Lourenço (Ministro da Agricultura e Pescas com Maria de Lourdes Pintasilgo).

Invulgar.

Preço: 35 euros.


Vasco Graça Moura

[09Abr12]

Este slideshow necessita de JavaScript.

O MÊS DE DEZEMBRO e outros poemas
Poesia. Com um desenho de Domingos A. Sequeira. Direcção gráfica de Armando Alves. 61+(9) páginas. 13 x 19 cm. Colecção Coroa da Terra, n.º 6. Porto: Inova, 1977.
Preço: 20 euros.

INSTRUMENTOS PARA A MELANCOLIA
Poesia. Com três desenhos de José Rodrigues, e uma fotografia do autor. Direcção gráfica de Armando Alves. Primeiro título da Colecção Obscuro Domínio. 128 páginas. 13 x 21 cm. Encontrado no livro: um recorte de jornal com um artigo de Eduardo Prado Coelho que fala da poesia do autor. Porto: O Oiro do Dia, [Setembro de] 1980.
Preço: 20 euros.

50 POEMAS DE GOTTFRIED BENN
Selecção, tradução e prefácio de Vasco Graça Moura. Capa com um desenho de Manuel Ribeiro de Pavia. Com fotografias e fac-similes de manuscritos de Gottfried Benn. Direcção gráfica de Armando Alves. 82 páginas (por abrir). 14 x 20 cm. Colecção As Mãos e os Frutos, décimo sexto volume. Porto: O Oiro do Dia, [Setembro de] 1982.
Preço: 20 euros.

NÓ CEGO, O REGRESSO
Poesia. Com uma aguarela de Mário Botas. Direcção gráfica de Armando Alves. Colecção O Aprendiz de Feiticeiro, quinto volume. 60 páginas. 15 x 22,5 cm. Porto: O Oiro do Dia, [Novembro de] 1982.
Preço: 25 euros.

OS ROSTOS COMUNICANTES
Cadernos de Poesia Dom Quixote, n.º 28. Capa de Fernando Felgueiras. 64 páginas. 11 x 18 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, [Outubro de] 1984.
Preço: 20 euros.

A SOMBRA DAS FIGURAS
Poesia. Edição do autor, Lisboa, [Outubro de] 1985. Tiragem de 1000 exemplares. 80 páginas. 15 x 21 cm. Excelente estado de conservação.
Preço: 30 euros.

UMA CARTA NO INVERNO
Poesia. Capa de Rogério Petinga sobre Flagelação de Piero della Francesca. Inclui o poema de homenagem a Óscar Lopes, «Um Senhor de Matosinhos». 79 páginas. 13 x 21 cm. Óptimo exemplar. Lisboa: Quetzal Editores, 1997.
Preço: 20 euros.


JURISLÂNDIA
Livro do curso de Direito da Faculdade de Direito de Lisboa. 252 páginas. 18 x 24 cm. Publicado com o apoio da Morais Editores. Impresso na Covilhã (Tip. Notícias da Covilhã). Exemplar autografado por uma das alunas para António Carlos Leónidas que, nos anos 60, foi presidente do IMAVE (onde estava integrada a Telescola) e chefe de redacção da revista Escola Portuguesa. Caricaturas de Sanches, e outros. Com uma caricatura e um texto jocoso para cada um dos 21 professores, incluindo Marcello Caetano. Entre os alunos, destacam-se os nomes de Vasco Graça Moura (com versos de António Rebordão Navarro), Manuela Portugal [Eanes], Pedro Roseta, Mário Assis Ferreira, Noronha Nascimento, Artur Faria Maurício, António Figueiredo Lopes, António Monteiro, Basílio Horta, Fausto de Quadros e Joaquim da Silva Lourenço. Invulgar.
Ver lista completa dos alunos e outras fotografias da obra aqui.
Preço: 35 euros.


APROVEITAMENTO DA POUPANÇA NACIONAL
EM BENEFÍCIO DA COLECTIVIDADE,
POR MEIO DOS CERTIFICADOS DE AFORRO


Brochura promocional da Junta do Crédito Público, que anuncia as vantagens dos recém-criados Certificados de Aforro:

«Quis-se preencher, por meio dos certificados de aforro, uma lacuna de há muito verificada, e que se traduz na fuga ou quiçá no desinteresse das pequenas economias pelo rendimento comercial dos dinheiros resultantes da poupança, conseguida muitas vezes à custa de tantos sacrifícios.
Sente-se e é notório o afastamento da circulação real de vários capitais, amealhados ou entesourados, à maneira antiga, nas impenetráveis burras à prova de fogo, ou mais poèticamente, em esconderijos cujo segredo passa de geração em geração ou ainda guardados na palha dos colchões, em pés-de-meia ou em panelas de barro, algumas vezes cautelosamente emparedadas.
Esse dinheiro, ciosamente imobilizado na melhor das intenções, previdentemente guardado para as incertezas do dia de amanhã, não vê a luz do sol nem se lhe dá o calor da utilidade para que foi criado no interesse de cada um, seu possuidor, em particular, e da comunidade em geral; torna-se, na conjectura económica, um elemento de perturbação e transforma afinal, em improdutiva avareza, um belo sentimento de previdência que está na base da poupança e que bem entendido, deve ser estimulado e acarinhado como factor de riqueza nacional.»
Etc.

Comparar aqui com a descrição actual do IGCP. /// Raro folheto de 8 páginas + capa ilustrada. Agrafado. 10,5 x 15 cm. Composto e impresso na Tipografia Portuguesa, Lisboa, 1961.

Preço: 10 euros.



A MORTE DUM CAIXEIRO VIAJANTE

algumas conversas particulares em dois actos e um «requiem»

ARTHUR MILLER


Título original: Death of a Salesmen. 4.ª edição. Nota inicial e versão portuguesa de JOSÉ CARDOSO PIRES e VICTOR PALLA. Capa de Figueiredo Sobral. Ilustrado com fotografias extra-texto de uma representação da peça pelo Teatro Experimental do Porto (TEP). 188 páginas. 11 x 16 cm. N.º 8 da Colecção Três Abelhas, das Publicações Europa-América, Lisboa, 1963.

Preço: 8 euros.



OS VINTE ANOS DE ROSA


LUÍSA ALCOTT


Título original: Rose in Bloom. Adaptação de M. F. [Manuel de Azevedo Fialho]. Capa e ilustrações de Figueiredo Sobral. 239 páginas. 12,5 x 19 cm. N.º 35 da colecção Biblioteca das Raparigas, da Portugália Editora, Lisboa, [s.d.], mas anterior a 1964, data da 2.ª edição.

Preço: 10 euros.



CHORA, TERRA BEM AMADA!


ALAN PATON


Título original: Cry, Beloved Country. Tradução de A. dos Santos Matias. N.º 16 da colecção Século XX, Lisboa: Publicações Europa-América, Junho de 1958. Brochado. 412 páginas. 14,5 x 18,5 cm. Capa de Figueiredo Sobral.

Preço: 10 euros.



SEMENTES DO TERÇO


DOMINGOS CARVALHO


Contos. Capa e ilustrações de Figueiredo Sobral. 120 páginas. 12 x 19 cm. Assinatura de posse da escritora Hortense de Almeida. Lisboa: edição do autor, 1956.

Preço: 12 euros.


——————-k-medo2k-medo1

-:- Capa de António Domingues -:-

Peter Fletcher, O MEDO E OS CONFLITOS EMOCIONAIS NO MUNDO MODERNO [Emotional Conflict], tradução de Maria Manuela Sacarrão, 13 x 19 cm, 210 páginas, Lisboa: Publicações Europa-América, 1961. — Preço: 10 euros (vendido).

——————-

k_afonso_botelhobotelho2

-:- Capa de António Botelho -:-

Afonso Botelho, MEIA HORA DE ESPERA, colecção «Originais Portugueses», 12,5 x 19,5 cm, 160 páginas, Lisboa: Sociedade de Expansão Cultural, [s.d.]. — Preço: 10 euros. Leia o resto deste artigo »