autografo-saramago


DEUS DORME EM MASÚRIA
HANS HELMUT KIRST
Tradução de José Saramago, «segundo a edição francesa, com auctorização do autor». Capa de Figueiredo Sobral. Título da edição original, em alemão: Gott Schläft in Masuren. Colecção Século XX, n.º 16. 2.ª edição. 372 páginas. 13 x 18,5 cm. Lisboa: Publicações Europa-América, 1964.
Preço: 10 euros

AS OPINIÕES QUE O DL TEVE
JOSÉ SARAMAGO
Primeira edição. Colecção, até 1973, de textos de opinião e crónica assinados por José Saramago no jornal Diário de Lisboa. Colecção Cadernos Seara Nova, série «Actualidade Nacional». 222 páginas. 11,5 x 18,5 cm. Óptimo exemplar. Lisboa: Seara Nova e Editorial Futura, [25 de Janeiro de] 1974.
Preço: 45 euros

QUE FAREI COM ESTE LIVRO?
JOSÉ SARAMAGO
Teatro. Primeira edição. Posfácio de Luiz Francisco Rebello. 167 páginas. 12 x 18,5 cm. Óptimo exemplar. Lisboa: Editorial Caminho, 1980.
Preço: 45 euros

LEVANTADO DO CHÃO
JOSÉ SARAMAGO
4.ª edição. Romance. Autografado pelo autor com dedicatória. Prémio Cidade de Lisboa em 1980. Colecção O Campo da Palavra n.º 9. Cartonagem editorial. 366 páginas. 13,5 x 21 cm. Lisboa: Editorial Caminho, 1983.
Preço: 25 euros

OBJECTO QUASE
JOSÉ SARAMAGO
2.ª edição. Contos. Autografado pelo autor com dedicatória. Colecção O Campo da Palavra, n.º 20. Bom estado. 138 páginas. 13,5 x 21 cm. Lisboa: Editorial Caminho, 1984.
Preço: 25 euros

A JANGADA DE PEDRA
JOSÉ SARAMAGO
Primeira edição, assinada pelo autor com dedicatória. Romance. 330 páginas. 13,5 x 21 cm. Óptimo estado. Lisboa: Editorial Caminho, 1986.
Preço: 35 euros

O ANO DA MORTE DE RICARDO REIS
JOSÉ SARAMAGO
9.ª edição. Romance. 415 páginas. 13,5 x 21 cm. Excelente estado de conservação. Lisboa: Editorial Caminho, 1988.
Preço: 10 euros

HISTÓRIA DO CERCO DE LISBOA
JOSÉ SARAMAGO
Primeira edição. Romance. 348 páginas. 13,5 x 21 cm. Óptimo estado. Lisboa: Editorial Caminho, 1989.
Preço: 20 euros

O EVANGELHO SEGUNDO JESUS CRISTO
JOSÉ SARAMAGO
Primeira edição. Romance. 445 páginas. 13,5 x 21 cm. Óptimo estado de conservação. Lisboa: Editorial Caminho, 1991.
Preço: 20 euros

CADERNOS DE LANZAROTE. DIÁRIO I
JOSÉ SARAMAGO
Primeira edição. Diário. 177 páginas. 13,5 x 20 cm. Óptimo estado de conservação. Lisboa: Editorial Caminho, 1994.
Preço: 20 euros

A CAVERNA
JOSÉ SARAMAGO
Primeira edição, autografada e datada por José Saramago. Romance. 350 páginas. 13,5 x 21 cm. Estado impecável. Lisboa: Editorial Caminho, 2000.
Preço: 30 euros

Este slideshow necessita de JavaScript.

O SISTEMA IRRACIONAL
PAUL A. BARAN / PAUL M. SWEEZY
2.ª edição. Tradução de Emanuel Cirne. Edição de Henrique A. Carneiro. 51 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais n.º 1. Porto, 1974. Óptimo exemplar.
Preço: 3 euros.

A GUERRA CIVIL DE ESPANHA
ANDRÉS NIN
Introdução de B. D. Wolfe. Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 50 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais n.º 2. Porto, 1972. Bom exemplar, estimado.
Preço: 4 euros.

O COMBATE SEXUAL DA JUVENTUDE
WILHELM REICH
Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 192 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais nº 3. Porto, [Abril de] 1972. Com assinatura de posse no rosto. Interior das capas e primeira e última página com marcas de fita cola.
Preço: 4 euros.

CONTRIBUIÇÃO PARA A HISTÓRIA DO CRISTIANISMO PRIMITIVO
FRIEDRICH ENGELS
2.ª edição. Tradução de Jorge Vieira. Revisão de A. Simões. Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 43 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais n.º 4. Porto, [12 de Maio de] 1972. Com assinaturas de posse no verso da capa, rosto e última página. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola.
Preço: 3 euros.

DISCURSO SOBRE AS ARTES E AS CIÊNCIAS
JEAN JACQUES ROUSSEAU
Tradução de António Ribeiro. Revisão de A. Simões. Editor António Daniel Abreu. 52 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais nº 6, Porto, 1972. Usado.
Preço: 5 euros.

UMA EDUCAÇÃO PARA A LIBERDADE
PAULO FREIRE
Tradução de José Reis e Fátima Silva. 70 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais nº 8, Porto, 1972. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola.
Preço: 4 euros.

A FUNÇÃO DO ORGASMO EM WILHELM REICH
CONSTANTIN SINELNIKOFF
Tradução de J. Reis. Edição de Henrique A. Carneiro. 50 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais n.º 9. Porto, [28 de Maio de] 1973. Com assinaturas de posse no ante-rosto e rosto.
Preço: 3 euros.

O NOVO MUNDO INDUSTRIAL E SOCIETÁRIO
e outros textos – antologia
CHARLES FOURIER
Tradução de Patrícia Boanova. Edição de Henrique A. Carneiro. 129 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais nº 10, Porto, 1973. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto.
Preço: 3 euros.

REVOLUÇÃO CIENTÍFICA E TÉCNICA E TRANSFORMAÇÕES SOCIAIS
RADOVAN RICHTA
Tradução de Patrícia Boanova. Edição de Henrique A. Carneiro. 65 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais nº 11, Porto, 1973. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto.
Preço: 3 euros.

IDEOLOGIAS E ELITES CONTEMPORÂNEAS
MAURO FOTIA
Edição de Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais nº 14, Porto, 1973. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola.
Preço: 4 euros.

TEORIA E HISTÓRIA DO CAPITALISMO MONOPOLISTA
HARRY MAGDOFF, PAUL A. BARAN, PAUL M. SWEEZY
Revisão de António José Fonseca. Edição de Henrique A. Carneiro. Colecção Textos Marginais nº 15, Porto, 1974. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola.
Preço: 3 euros.

PARA UMA PEDAGOGIA ACTIVA SOCIALISTA
a educação pelo trabalho de Pavel P. Blonsky
THEO DIETRICH
Tradução de Patrícia Boanova. Revisão de Manuel Soares. Edição de Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais nº 20, Porto, 1974. Em bom estado.
Preço: 3 euros.

SOCIALISMO, CASAMENTO E FAMÍLIA
a doutrina socialista do casamento
DAVID RIAZANOV
Tradução de A. Cruz. Revisão de A. Simões. Edição Textos Marginais Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais nº 22, Porto, 1975. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola.
Preço: 3 euros.

ECONOMIA POLÍTICA DO IMPERIALISMO
PAUL M. SWEEZY, RICHARD WOLFF, THEOTÓNIO DOS SANTOS, HARRY MAGDOFF
Tradução de A. Cruz. Revisão de A. Simões. Edição Textos Marginais Henrique A. Carneiro. 90 páginas. 9 x 18 cm. Colecção Textos Marginais nº 23, Porto, 1975. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto.
Preço: 3 euros.

MARIA TERESA HORTA

[17Jan15]


EMA


MARIA TERESA HORTA


Ema é a viagem de uma mulher. só. na contemplação erótica. é a convulsão do amor. é a resposta. a violência. a dificuldade. o espelho. a explosão feminina-feminista. é a nudez verdade de Ema.

Ficção. Exemplar autografado pela autora com dedicatória de amizade. Capa de Teresa Dias Coelho. Fotografia da autora na contracapa de Isabel Ferreira. Colecção Aleph. 131 páginas. 14 x 20 cm. Lisboa: Edições Rolim, [Novembro de] 1984.

Preço: 25 euros.



MULHERES DE ABRIL


MARIA TERESA HORTA


Poemas [de Abril a Novembro de 1977]. Inclui «Homenagem às mulheres-a-dias». Capa e arranjo gráfico de José Araújo. 110 páginas. 13 x 18,5 cm. Lisboa: Editorial Caminho, 1977. Bom exemplar.

Preço: 15 euros.



ABORTO

DIREITO AO NOSSO CORPO


Inquérito realizado por

CÉLIA METRASS
HELENA DE SÁ MEDEIROS
MARIA TERESA HORTA


Com casos de condenação, depoimentos de parteiras e mulheres que abortaram, tomadas de posição de políticos, médicos e advogados, legislação, etc. Ilustrado. 361 páginas. 12,5 x 18,5 cm. Termina com um poema de Maria Teresa Horta («Do Direito ao Nosso Corpo»), datado de Fevereiro de 1975. Colecção Mulheres em Luta. Lisboa: Editorial Futura, 1975.

Preço: 12 euros.




IMAGENS DA VIDA POLICIAL


CELESTINO AUGUSTO GOMES


Do meu arquivo aproveitei alguns artigos que em devido tempo escrevera, quando ainda era agente, e que haviam sido publicados na extinta revista Investigação — cuja direcção esteve a cargo do meu antigo Inspector Senhor Doutor Fernando Luso Soares, a quem sucedeu o chefe da minha brigada, mais tarde colega e amigo, senhor Alfredo Rodrigues Garcia, entrementes licenciado em Direito e actual Vice-Presidente da Câmara Municipal de Oeiras — e com a ideia de breve chegar ao fim abalancei-me ao trabalho constituindo com esses artigos uma primeira parte […] Na segunda parte e numa condensação do muito que teria para contar ou comentar, decidi-me pela apresentação, com ligeiras considerações de ordem técnica, de descrições de alguns dos muitos casos vividos e sentidos mais de perto […] No derradeiro capítulo achei de validade a citação de imagens da (minha) vida policial […]

Exemplar numerado (118), e com a chancela do autor. Assinatura de posse no rosto. 189 páginas. 12 x 18 cm. Vide índice. Coimbra: Atlântida Editora, 1974.

Preço: 12 euros.


Virgílio Martinho

[07Dez11]


O CONCERTO DAS BUZINAS


VIRGÍLIO MARTINHO


A sala de prisão tem trinta e seis passos por doze de extensão, uma retrete e dois anexos: um grande e outro pequeno. É neste que dormem Passão e Graça. Passão está meio surdo e de vez em quando urina sangue. Graça tem a voz entaramelada e nem sempre encontra as palavras ajustadas para exprimir o que pensa; mas está a recuperar, já consegue ler uma coluna de jornal sem que esta se transforme numa ilegível mancha negra.

Capa de Henrique Ruivo. 174 páginas. 11,5 x 18,5 cm. Colecção Ficcionistas Portugueses. Lisboa: Seara Nova, 1976.

Preço: 25 euros.



RELÓGIO DE CUCO


VIRGÍLIO MARTINHO


Epígrafe de André Breton: «O espírito que mergulha no surrealismo revive com exaltação a melhor parte da sua infância». Capa de Soares Rocha. 85 páginas. 13,5 x 18,5 cm. Colecção Novas Direcções, n.º 16. Lisboa: Estampa, 1973.

Preço: 20 euros.



FILOPÓPOLUS


VIRGÍLIO MARTINHO


Em apêndice, conteém «A Minha Profissão», uma entrevista com Virgílio Martinho. Capa de Mário Henrique Leiria. Arranjo gráfico de Júlio Navarro. 195 páginas. 11 x 18 cm. Colecção Teatro Vivo (n.º 2), dirigida por Carlos Porto. Lisboa: Plátano Editora, 1973. Manuseado.

Preço: 15 euros.



A SAGRADA FAMÍLIA


VIRGÍLIO MARTINHO


Peça em dois actos. 1.ª edição. Capa de Vitorino Martins sobre pormenor de Au Moulin Rouge, 1892, de Toulouse Lautrec. 107 páginas. 11,5 x 18 cm. Óptimo estado de conservação. Lisboa: Moraes Editores, com o patrocínio da Secretaria de Estado da Cultura, [Outubro de] 1980.

Preço: 15 euros.


Poesia + Vinil

[02Dez11]


IMPROVISO


NATÁLIA CORREIA
ANTÓNIO VITORINO D’ALMEIDA


Poemas de Natália Correia, e outros (João Zorro e Rui Pais de Ribela), ditos pela própria, acompanhada pela música do maestro António Vitorino d’Almeida. Disco de Vinil (LP), numa edição Guilda da Música (DP 022), em 1973. Na ficha técnica da contracapa, referência a texto (?) de Alexandre O’Neill. Capa de Soares Rocha. Gravado nos estúdios da Valentim de Carvalho, com o engenheiro de som Hugo Ribeiro. Bom estado de conservação.

Invulgar.

Preço: 30 euros.



PORTUGUÊS SUAVE


JOAQUIM PESSOA


Poemas e Voz de Joaquim Pessoa. Música elaborada e interpretada por Pedro Osório. Capa e orientação gráfica de António Pimentel. Fotografia de Luís de Matos. Som de José Manuel Fortes, gravado nos estúdios da Rádio Triunfo.

Disco de Vinil (LP), numa edição da Rossil (ROSLP-12005), de 1980. Em estado razoável (capa cansada e vinil com imperfeições).

Preço: 10 euros.



A MÃE DE QUALQUER DE NÓS


JOAQUIM MOREIRA


Poemas de José Simões Dias («O Melhor Álbum»), Almada Negreiros («Mãe»), Maria Teresa Horta («Enquanto Adormece o Filho»), José Gomes Ferreira («Poema»), Sebastião da Gama («Pequeno Poema») e António Gedeão («Calçada de Carriche»), ditos por Joaquim Moreira, acompanhado ao orgão por Eugénio Pepe. Capa de Artur Fino. Som registado na Musicorde. Uma edição RR Discos (RREP 0080), [s.d.]. Em bom estado.

Preço: 8 euros.



THE JUPITER ANTHOLOGY OF
20th CENTURY ENGLISH POETRY


Poemas de Thomas Hardy, Robert Bridges, A.E. Housman, W.B. Yeats, Rudyard Kipling, W.H. Davies, Walter de la Mare, John Masefield, Edward Thomas, D.H. Lawrence, James Elroy Flecker, Andrew Young, Siegfried Sassoon, Edwin Muir e Edith Sitwell, lidos por Jill Balcon, V.C. Clinton-Baddeley, John Glen, C. Day Lewis, Christopher Hassall, Carleton Hobbs, Stephen Murray e Edith Sitwell (lendo a sua própria poesia). Disco de Vinil (LP), editado pela Jupiter Recordings (JUR 00A1), em 1958. Capa de Osbert Lancaster. Em estado razoável (capa cansada, interior com pequenas imperfeições).

Preço: 10 euros.



BANANA BLUSH


JOHN BETJEMAN


Leitura de poemas pelo próprio autor, acompanhado pela música de Jim Parker. Gravado nos estúdios Morgan, por Roger Quested (engenheiro), Hugh Murphy e Tom Parker (produção), com os seguintes músicos: Clem Cattini (bateria), Arthur Watts (baixo), Frank Ricotti e Jim Lawless (percussão), Rod King (guitarra), Vic Flick (banjo), Susan Baker (viola), Keith Harvey (violoncelo), The London Saxophone Quartet, e Ian Partridge (tenor). Fotografia da capa de John Garrett. Capa de Hipgnosis. Edição Phonogram (CAS 1086 Stereo), 1974.

Em muito bom estado de conservação, tanto o vinil como a capa.

Preço: 15 euros.


vpv1

«The settings are unashamedly middle-class: all the protagonists have cars, credit cards and maids. The maids, secretaries, receptionists, policemen and shop assistants provide background colour but are distinguished from the main characters by their incorrect speech or strong accents, their interior decorating, their clothes and their manners. The bad taste of the lower classes and the nouveaux-riches is described scornfully and gleefully by both characters and narrators: tracksuits, shoes with tassels, extreme mini-skirts, excess cleavage or man-made fabrics. The assumption of what is good taste and what is bad is never questioned. This clear-cut class divide is patronising and perpetuates stereotyped images of both the bourgeoisie and the working class. Relationships that cross class barriers are frowned upon and broken up by the heroines wherever possible.»

Uma análise muito british, por Claire Williams, da Universidade de Liverpool: Não há coincidências? Women’s Writing in Portugal in 1974 and 2004.

«Lesbians are even less visible in this kind of literature. Rebelo Pinto’s plain, overweight, bitter Maria do Carmo falls in love with her sister-in-law Kika, another “Ugly Duckling” (PCN, 80), and leaves her husband. Her behaviour is explained gradually, as details of her past are revealed: her father was a womaniser who beat her mother into submission and abused her sister. Ironically, Maria do Carmo is one of the few characters whose story ends happily. Lina is another lesbian, a peripheral character who is colourful and eccentric, but nobody’s fool. She is described affectionately (?) as “a chefe do bando das fufas de 1,47m, daquelas baixinhas poderosas que, quando levantam o sobrolho, são capazes de silenciar uma sala repleta de homens” (PCN, 209). These portrayals are extreme and cartoon-like, serving to reinforce stereotypical ideas about homosexuals, confirming preconceived ideas about their appearance, their taste and situating them firmly outside the mainstream – “they” are not “people like us”.»

Um artigo para o congresso da Universidade de Utrecht, THE VALUE OF LITERATURE IN AND AFTER THE SEVENTIES: THE CASE OF ITALY AND PORTUGAL, acontecido em 2004.

editoraPAX

A. Rego Cabral, HORA DE ESPERANÇA, Braga: Sociedade de Expansão Cultural, 1975. /// Comentário político, crónicas do pós-25 de Abril, relação com outras «horas de mudança» da política nacional (1128, 1386, 1580, 1640). /// Brochado. 250 páginas (maioria por abrir). 13 x 19,5 cm. /// Preço: 5 euros.

pilhas_gato_branco