TROVAS & CANTIGAS DO ARQUIPÉLAGO DA MADEIRA


VISCONDE DO PORTO DA CRUZ


«Não se julgue que é fácil estudar o folkelore do Arquipélago da Madeira. O camponês madeirense, o vilão, é extremamente desconfiado e foge a dar informes sobre o seu modo de viver e muito em especial sobre os originalíssimos costumes que, através dos séculos, avaramente tem conservado. Se é colhido de surpresa e nota que por qualquer forma originou interesse, ou mera curiosidade, procura logo despistar, para se pôr a coberto… É a própria experiência que me autoriza a fazer esta afirmação.»

Opúsculo ilustrado. 29-(5) páginas. 23 x 16 cm. Lombada com imperfeições. Miolo limpo. Impresso em Aveiro. Edição do Autor, 1954.

Preço: 18 euros.


 


CANCIONEIRO DE SERPA


MARIA RITA ORTIGÃO PINTO CORTEZ


Fac-simile do manuscrito original [1983-1987?] da autora, ilustrado com desenhos pautas musicais, que compilou dezenas de canções tradicionais — modas e cantigas, cancioneiro infantil e cancioneiro religioso—, contos, lendas e provérbios do concelho de Serpa.

Álbum de 410 páginas e 28 x 22 cm. Encadernação editorial (sintética) cuidada, em bom estado de conservação. Primeira edição. Serpa: Câmara Municipal de Serpa, 1994.

Preço: 40 euros.