CONTRIBUIÇÃO PARA O ESTUDO
DO FANTÁSTICO NO ROMANCE


ÉMILE SCHAUB-KOCH


Crítico de arte suíço, nascido em 1890, Émile Schaub-Koch manteve uma forte relação com Portugal, tendo escrito sobre aspectos diversos da arte portuguesa, colaborado em revistas lusas da especialidade e visto várias das suas obras traduzidas para português. Neste ensaio, estuda as origens e evolução do fantástico na Literatura, com referências às artes plásticas e um olhar atento à produção literária de Maurice Sandoz, Edgar Allan Poe, Alfred Jarry, Marcel Schwob, Rémy de Gourmont, Villiers de l’Isle Adam, e outros incontornáveis do género.

Tradução de António Gomes da Rocha Madahil. Publicação patrocinada pelo International Institute of Arts and Letters. 225 páginas. 23,5 x 17 cm. Excelente papel. Bom estado. Lisboa: Tipografia Gaspar, 1957.

Preço: 18 euros.