EXPEDIÇÕES CIENTÍFICO-MILITARES
ENVIADAS AO BRASIL


SOUSA VITERBO


Primeira reunião deste importante conjunto de cerca de 164 biografias, e bibliografias — de cientistas, arquitectos, cartógrafos, desenhadores, engenheiros, fortificadores e naturalistas portugueses ou que, ao serviço de Portugal, trabalharam no Brasil —, inicialmente publicadas dispersas na Revista Militar, entre 1893 e 1895.

Coordenação, aditamentos e introdução de Jorge Faro. Em 2 volumes, de 175 + 142 páginas, e 18 x 13 (x 2) cm. Ambos os volumes com o miolo limpo, e as capas e lombadas com pequenas manchas e marcas superficiais de bicho de papel. Impressos na Neogravura, Lisboa, para as Edições Panorama, em 1962.

Preço: 25 euros.


 


JOSÉ DO CANTO

SUBSÍDIOS PARA A HISTÓRIA MICAELENSE

(1820-1898)

FERNANDO AIRES DE MEDEIROS SOUSA


Biografia. Com a transcrição de inúmeras cartas. Brochado. 396 páginas. 23 x 16 cm. Capa manchada. Interior limpo — embora haja uma pequena assinatura de posse a um canto da página de guarda. Mantém-se um exemplar interessante. Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 1982.

Preço: 25 euros.


 


PEIXES DA MADEIRA


ADÃO A. NUNES


1.ª EDIÇÃO. Inclui «Vocabulário» e XXV estampas em couché, a cor, no final. Brochado. 274-(10)-[XXVI]-(2) páginas. 23 x 16 cm. Mínimas marcas de uso: etiqueta de biblioteca pessoal no pé da lombada e marca marginal de “peixe de prata” no topo da capa e base da contracapa (e nesta pontuam duas pequenas falhas de papel junto à margem, pouco visíveis). Miolo no geral limpo, com manchas leves apenas em uma ou outra estampa, que não tocam a ilustração. Mantém-se um bom exemplar. Edição da Junta Geral do Distrito Autónomo do Funchal, Ilha da Madeira, 1953.

Preço: 80 euros.


 


FLORA DA ESTUFA FRIA DE LISBOA


MARIA LISETE CAIXINHA


Álbum ilustrado. 143 páginas. 29 x 23 cm. Encadernação editorial em tela, com sobrecapa, em bom estado. Lisboa: Editorial Verbo, 1994.

Preço: 20 euros.


 


ÉTUDE GÉOLOGIQUE DU

TUNNEL DU ROCIO

CONTRIBUTION À LA CONAISSANCE DU SOUS-SOL DE LISBONNE


PAUL CHOFFAT


Avec un article paléontologique par M. J. C. Berkeley Cotter et un article zoologique par M. Albert Girard.

Numa recensão dedicada a esta «notável publicação», na Revista de Sciencias Naturaes e Sociaes, da Sociedade Carlos Ribeiro [vol.1, 1889, p. 184], Rocha Peixoto destaca os caminhos abertos pelo estudo rigoroso e pioneiro de Paul Choffat:

«A introducção, de per si, constitue, por varios motivos, um trabalho interessantíssimo; é a exposição das vantagens immediatamente derivativas da technologia geognostica, apoiando-se o auctor, para a exemplificação do seu proposito, em factos curiosos sobre a abertura de vias férreas, exploração mineira, construcção dos cemiterios, perfuração de poços, problemas de hydrologia, agricultura e topographia. D’este capítulo, que desejaríamos ver vulgarisado, destacariamos factos singulares sobre cousas nossas, se tal comportasse o espaço de que dispomos.» [ler texto completo aqui, com o resumo do restante conteúdo da obra].

Em brochura e intonso: 32,2 x 25,2 cm. Com (8)+106+(2)+[XIV] páginas — no final, possui quatro plantas desdobráveis e três folhas couché com fotografias e desenhos das escavações. Com mínimas falhas de papel nas margens das capas, e a lombada escurecida e fendida, algo frágil. Miolo com ocasionais manchas marginais, e marcas superficiais de bicho de papel, pouco frequentes. No geral, um bom exemplar, invulgar.

Edição da Comissão dos Trabalhos Geológicos [Comission des Travaux Géologiques du Portugal], Lisbonne: Imprimerie de l’Académie Royale des Sciences, 1889.

Preço: 80 euros.


 


ARANHAS, ARANHIÇOS E ARANHÕES

(NOTAS SOBRE A VIDA DAS ARANHAS)

EDUARDO SOUSA D’ALMEIDA


O agrónomo Eduardo Sousa d’Almeida, autor de títulos apícolas amplamente reeditados, deixa-se fascinar por um outro insecto num dos mais curiosos títulos da Bilblioteca Cosmos, esse monumento da divulgação científica popular dirigido por Bento de Jesus Caraça.

Alguns tópicos: as fiandeiras — rendas aéreas — a geometria da teia — as núpcias — as creches — aranhas marinhas. Ver índice acima.

Número 58 da numeração geral da Biblioteca Cosmos, o 27 da 1.ª secção, Ciências e Técnicas. Não ilustrado. 123+(5) páginas. 18,7 x 12,8 cm. Cartonagem editorial com pequenos defeitos. Bom estado geral. Lisboa: Edições Cosmos, 1944.

Preço: 12 euros.


 


THE SPIDER’S WEB


THEODORE H. SAVORY


Ilustrado extra-texto com 8 lâminas a cores (ilustração científica) e 19 ilustrações a preto (fotografias); no texto, com 35 desenhos a linha (esquemas e esquissos). 154+(2)+(54) páginas. 17 x 12,5 cm. Sobrecapa sem perda da cor geral ou amarelecimento dos brancos, possui falhas nas orlas e mínimas marcas de restauro no interior. Encadernação editorial sintética gravada a ouro e a preto, em bom estado. Miolo limpo; papel superior. Bom estado geral.

As teias de aranha e as suas arquitecturas e geometrias, a fisiologia de diferentes aranhas e os diferentes tipos de teia — um tratado com rigor britânico, inteiramente dedicado a um tema transversal a várias disciplinas, que publicado há 68 anos se mantém procurado e apreciado, embora não mais reeditado: é a primeira e única edição, publicada na colecção The Wayside and Woodland Series, London: Frederick Warne and Co., 1952.

Preço: 45 euros.


 


MÔSCAS E MOSQUITOS


prefácio
RICARDO JORGE


Resultado e memória do combate a moscas e mosquitos levado a cabo pela Câmara Municipal de Cascais, no final da década de 30, um grosso volume ilustrado que tenta abarcar várias vertentes de análise possíveis dos dois insectos que há séculos ocupam as mentes e preocupações do homem: humor, música e teatro complementam a parte documental da obra (científica, técnica e histórica) com uma forte componente rediofónica — reproduzem-se algumas das campanhas desenhadas para transmissão sem fios na Emissora Nacional e no Rádio Club Português, parte fulcral das ditas acções camarárias de sensibilização e higienização.

Índice aqui e aqui. Inclui capítulos sobre “a mosca e o turismo” e “a mosca e o urbanismo“. Abre o prefácio Ricardo Jorge com a recordação das queixas de Camilo, em Seide, «possesso de raiva contra as ferroadas das que na calma de Agosto o acometiam das carvalheiras».

Ilustrado com desenhos, fotografias e fac-similes de documentos (e até uma pauta musical), em 94 páginas de extra-textos couché, alguns desdobráveis. Colaboração de Emmerico Nunes, Alberto de Sousa, Tomás Ribeiro Colaço, Arnaldo Leite, José de Oliveira Cosme, e outros. Assinado, numa larga diagonal que atravessa o rosto, por um dos colaboradores, António Augusto Velasco Martins (1896-1944), por então professor da Escola Superior de Medicina Veterinária. Em brochura. 236+(94) páginas. 24,5 x 17 cm. Bom estado. Edição da Junta de Turismo de Cascais, 1939.

Curioso.

Preço: 40 euros.