ses0


HETEROPSICOGRAFIA

65 variações sobre a
AUTOPSICOGRAFIA de Fernando Pessoa


JOSÉ SESINANDO


Variações (humorísticas) sobre o poema «Autopsicografia», de Fernando Pessoa. Primeira e única edição, sem distribuição comercial. Edição do autor, de tiragem muito reduzida, e encadernação de argolas. Não numerado. Primeiras (5) páginas verdes, as restantes (65) brancas. 21 x 15 cm. Impresso na Aquasan, Lisboa, [s.d.], provavelmente na segunda metade da década de 80. Raro.

Letras da capa indiciam autoria de Victor Palla, irmão do autor, que na época e impresso na mesma Aquasan, desenhou muito semelhantes letras para o título de um livro próprio.

Preço: 25 euros.


 

Em relação (in)directa: o artigo de José Barreto sobre o
I Congresso Ressoano de Vale da Parra: aqui.

 


PROCISSÃO DOS DEFUNTOS

ROMANCE

TOMAZ DE FIGUEIREDO


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória datada de 12 de Abril de 1967, a José Palla e Carmo, com humor, recomendando a obra como «sonífero para noites compridas».

2.ª edição emendada e precedida de umas poucas de palavras do autor [pp. XI-XXII].

Conserva a cinta original, e as páginas por abrir.

Brochado. 241,(7) páginas. 21,4 x 15,2 cm. Margem interior da capa e lombada levemente escurecidas. Bom exemplar. Décimo volume das Obras Completas de Tomaz de Figueiredo. Lisboa: Editorial Verbo, 1967.

Preço: 27 euros (reservado).


 


FUTILIDADES VELHAS OU IDEIAS NOVAS?

UM PLANO PRÁTICO PARA SALVAR A CIVILIZAÇÃO MODERNA

“SIMÃO, O ZELOSO”


O conteúdo dêste livro abrange assuntos que muito interessam a Humanidade inteira; permite-nos atingir uma felicidade que não representa apenas um bem-estar emotivo e uma satisfação intelectual, mas ainda alguma coisa mais duradoira e sólida e de utilidade prática nas nossas vidas cotidianas. 

Prefácios de Ramada Curto e Urbano Rodrigues [não é improvável que todo o livro seja um trabalho conjunto dos dois prefaciadores, sob pseudónimo]. Brochado. 206+(2) páginas. 19,2 x 12 cm. Lombada com ligeira perda de cor. Capa com pequenas manchas dispersas. Bom estado geral. Composto e impresso na Imprensa Artística, Lda., Lisboa, 1938. Em depósito na Parceria António Maria Pereira, Livraria-Editora.

Preço: 17 euros.


 


O DESTERRO DAS MANTILHAS


[ANTÓNIO JOAQUIM MESQUITA E MELO]


Anunciada a sua venda ao público nas edições d’O Correio do Porto de 19 e 20 de Dezembro de 1820 embora Inocêncio lhe atribua a data de 1821, ver I-162 e tb. VIII-186 teve por autor, sob pseudónimo, António Joaquim Mesquita e Melo, poeta natural de Avintes que à época teria cerca de 30 anos de idade. A questão das mantilhas, tema do opúsculo, é um problema coevo sobre o qual existem reflexões de Garrett e, mais tarde, também de Camilo (ver aqui).

Título completo: O DESTERRO DAS MANTILHAS : ou Exhortação em que o Poeta Gallego com rasões bem arrasoadas, mostra a necessidade de desterrar um traje, que esconde a formosura e a gentilesa das Mulheres bonitas. Porto: Na Typografia à Praça de S. Thereza, [1820].

Caderno de 8 páginas, cosido. 21,5 x 15,5 cm. Conserva, soltas, as frágeis capas de brochura originais, azuis, não impressas. Capas e miolo com variados vincos e algumas manchas.

Exemplar com assinatura de posse, no topo da primeira e na base da última página, de João Carlos Mascarenhas de Mello, n. 1860, médico-cirurgião, militar condecorado e republicano — como sub-inspector de saúde da 1.ª divisão militar, por exemplo, encontramo-lo de visita ao moderno Pavilhão Vacinogénico de Lisboa, em 1911. Mascarenhas de Melo foi, também, durante 23 anos consecutivos, presidente da assembleia geral do Sport Lisboa e Benfica, entre 1908 e 1931, e não por acaso surge homenageado na primeira página do primeiro número do boletim oficial do clube, em 1927, sendo então o sócio n.º 10.

Muito invulgar.

Preço: 65 euros.



 


SCENAS DA IMPRENSA NACIONAL

A BERNARDA DO RELATÓRIO


Poema heróico-risível em três cantos, um prólogo e um epílogo, original atribuído a Artelio Pompeu, Marculio Arbio, Roma Patavini e Silvio Augusto. Mandado imprimir a expensas de 23 bibliógrafos.

D’este poema se imprimiu um número restricto de exemplares, distribuídos à sorte. Ninguém é obrigado a lê-lo, nem tão pouco a dizer que o recebeu. É inútil rasgá-lo ou queimá-lo para o destruir. É permitido suspeitar do nome dos autores, mas previne-se que é dificílimo acertar. Há algumas pontas de fora, mas é arriscado puxar por elas. O melhor em todos os casos é meditar sobre o que ele diz.

Brochado. 33 páginas. 21 x 11 cm. Bom estado. [Lisboa]: edição dos autores, Dezembro de 1914.

Preço: 15 euros.


 


FARSA DO ADVOGADO PATHELIN


[AUTOR ANÓNIMO DO SÉCULO XV]


«No vasto corpo da dramaturgia francesa da Idade Média, entre os milagres e os mistérios de inspiração e origem litúrgicas, os jogos e as soties de natureza profana, um texto se destaca, unânimemente saudado pela crítica como a obra-prima do teatro cómico francês anterior a Moliére: a Farce de Maitre Pierre Pathelin, escrita entre 1464 e 1469 por um autor cuja identidade se desconhece.» [p.3]

Versão de Léon Chancerel. Adaptação portuguesa, e nota introdutória, de Luiz Francisco Rebello. 26 páginas. 22,5 x 16 cm. Bom estado. Separata do n.º 279 da revista Vértice, Coimbra, Dezembro de 1966.

Preço: 12 euros.


 


O ARAUTO

ALMANAQUE PORTUGUÊS — 1.º ANO — 1949

JOÃO R. ALVES


Edição, compilação, propriedade e coordenação de João R. Alves. Inclui a cinta original. Brochado. 64 páginas. 20,5 x 14,8 cm. Bom estado. Invulgar. Lisboa: edição do autor. [1948].

Preço: 15 euros.


 


PEREGRINAÇÃO


FERNÃO MENDES PINTO


Versão de Maria Alberta Menéres. Comentários de Vítor Silva Tavares, Eduardo Lourenço, Eduardo Prado Coelho, Almeida Faria, Armando Castro e Armando Martins Janeira. Desenhos de Eurico, Carlos Ferreiro e António Areal. Ilustrado com mapas (1 desdobrável, com a tentativa de reprodução da rota pelo Visconde de Lagoa), frontispícios e documentos. Maqueta da colecção de Paulo-Guilherme. Arranjo gráfico de José Marques de Abreu.

Obra completa, em 2 volumes, o primeiro volume em primeira edição, o segundo em 2.ª edição. Com 508 + 580 páginas. 18,6 x 13,2 (x 5,3) cm. Primeiro volume em bom estado; segundo volume com descoloração na lombada e ligeiro desgaste nas arestas. Colecção Clássicos das Edições Afrodite / Fernando Ribeiro de Mello, Lisboa, 1971/1979.

O primeiro volume assinado com dedicatória manuscrita, junto à ficha técnica, pelo editor, Fernando Ribeiro de Mello.

Preço: 65 euros.



HISTÓRIA TRÁGICO-MARÍTIMA


BERNARDO GOMES DE BRITO


Capa com desenho de Cruzeiro Seixas. No interior, desenhos de Cruzeiro Seixas, Eurico, Carlos Calvet e José Escada. Fixação do texto, glossário e notas de Neves Águas. Comentários de José Saramago, Fernando Luso Soares e Maria Lúcia Lepecki. Ilustrado com facsimiles de documentos e frontispícios. Maqueta da colecção por Paulo-Guilherme. Arranjo gráfico de José Marques de Abreu.

Obra completa, em 2 volumes. Com ilustrações em papel couché, cxx + 816 páginas, e 18,6 x 13,2 (x 6,8) cm. Exemplares em bom estado geral — lombada e corte superior do miolo amarelecidos, e com manchas maginais leves nas primeiras páginas de cada volume —, sem perda de cor nas capas.

Primorosa edição na Colecção Clássicos das Edições Afrodite / Fernando Ribeiro de Mello, Lisboa, 1971.

Preço: 65 euros.



O MANUAL DOS INQUISIDORES


NICOLAU EMÉRICO


Tradução e recolha de textos de Manuel João Gomes. Comentários de Manuel João Gomes, Fernando Luso Soares, D. António Ferreira Gomes, Francisco Salgado Zenha, Padre José da Felicidade Alves. Frisos ilustrativos de Eduardo Batarda, Carlos Ferreiro, Nuno Amorim e Diogo Vieira. Arranjo gráfico do volume de José Marques de Abreu.

Brochado. Ilustrado. 328 páginas. 18,5 x 13,5 cm. Lombada com alguma perda de cor (de vermelho para rosa). Com uma data manuscrita (em 72), a um canto do rosto, de tamanho muito reduzido. No geral, um bom exemplar. Lisboa: Fernando Ribeiro de Mello / Edições Afrodite, [Maio de] 1972.

Preço: 35 euros.



ÚLTIMO RELATÓRIO

SOBRE A SITUAÇÃO GERAL DO PAÍS DO EX-MINISTÉRIO DO INTERIOR PARA A EX-PIDE/D.G.S.

GOVERNO FASCISTA PORTUGUÊS


2.ª edição. Ilustrado com fotografias e fac-similes de documentos. Brochado. 72 páginas [inum.]. 21 x 15 cm. Capa frontal com pequenas manchas e algumas marcas superficiais de bicho de papel. Colecção Documentos 1. Lisboa: Fernando Ribeiro de Mello / Edições Afrodite, [Maio de] 1974.

Preço: 8 euros.



SOBRE AS FEITICEIRAS


JULES MICHELET


Título original: La Sorcière (1862). Tradução de Manuel João Gomes. Comentários de Afonso Cautela, Manuel João Gomes, Maria Alzira Seixo e Maria Teresa Horta. Ilustrado. Qualidade superior no desenho do livro, tipografia e papel escolhido, inigualável à época. 429+(3) páginas. 18,5 x 13,5 cm. Bom exemplar. Colecção Clássicos, das Edições Afrodite / Fernando Ribeiro de Mello, Lisboa, [Novembro de] 1974.

Preço: 35 euros.



ESCLARECER O ELEITOR:

INQUÉRITO AOS PARTIDOS POLÍTICOS


QUESTIONÁRIOS: Política e Administração; Directrizes Fundamentais do Sistema e Desenvolvimento Económico; Instrução, Cultura e Informação; Política e Religião; Saúde; Psiquiatria, Psicopatologia e Desajustamentos Sociais.

Autores: Francisco Pereiria de Moura, António Proença Varão, António Borges Coelho, Avelino Rodrigues, Daniel Sampaio, Carlos Caldeira.

Colaboradores: Jorge Sampaio, Marcelo Rebelo de Sousa, Mário Sottomayor Cardia, Vilaverde Cabral e Fernando Ribeiro de Mello

Primeira edição. Coordenação de Fernando Ribeiro de Mello. Revisão de Provas de Manuel Joaquim Meco. Brochado. 348 páginas. 21 x 15 cm. Mínimas marcas de uso. Bom estado geral. Colecção Doutrina / Intervenção. Lisboa: Fernando Ribeiro de Mello / Edições Afrodite, [Fevereiro de] 1975.

Preço: 18 euros.



26 ANOS NA UNIÃO SOVIÉTICA

NOTAS DE EXÍLIO DO CHICO DA C.U.F.


FRANCISCO FERREIRA


Primeira edição. Prefácio de José Augusto Seabra. Capa de Henrique Manuel. Ilustrado com fotografias e fac-similes de documentos. Brochado. 344 páginas. 21 x 14,5 cm. Capa com pontos de perda de cor e desgaste nas arestas. Miolo limpo. Sólido. Colecção Documentos. Lisboa: Fernando Ribeiro de Mello / Edições Afrodite, [Dezembro de] 1975.

Preço: 15 euros.



O USO E O ABUSO


ARMANDO SILVA CARVALHO


Primeira edição. Capa de Henrique Manuel. 152 páginas. 19,7 x 12,4 cm. Colecção Autores II. Lisboa: Afrodite, 1976. Bom exemplar, sem defeitos.

Preço: 25 euros.



DOSSIER 2.ª REPÚBLICA


LEIS CONSITUCIONAIS / LEGISLAÇÃO ORDINÁRIA / DISCURSOS OFICIAIS / ACORDOS / NOTAS OFICIOSAS / COMUNICADOS / PROCLAMAÇÕES / DECISÕES


Organização, selecção e introdução de José-Pedro Gonçalves. Capas de Henrique Manuel. Obra completa em dois volumes. Brochados. 1.º VOLUME: 25/4/74-25/4/75. 736 páginas. 2.º VOLUME: 25/4/75-25/4/76. 482 páginas. Total 1184 páginas. 21 x 15 (x 6) cm. Pequenas imperfeições exteriores e lombadas com vincos ténues de leitura. Distribuição Quadrante. Lisboa: Fernando Ribeiro de Mello / Edições Afrodite, Abril de 1976 (1.º vol.) e Janeiro de 1977 (2.º vol.).

Preço: 22 euros.



A MINHA LUTA


ADOLF HITLER


Comentários de A. H. de Oliveira Marques, José Martins Garcia, Rolão Preto e Sanches Osório. Tradução de Jaime de Carvalho. Revisão de Joaquim Meco. Capa de Nuno Amorim.

Brochado. LVI+516 páginas. 21 x 15 cm. Pequenas falhas de papel na metade inferior das arestas da lombada, com dois vincos de leitura pouco pronunciados. Bom estado geral. Colecção Doutrina/Intervenção. Lisboa: Fernando Ribeiro de Mello / Edições Afrodite, [Novembro de] 1976.

Preço: 65 euros.



MANUAL DE PRIMEIROS SOCORROS


NORBERT VIEUX
PIERRE JOLIS


«Recomendado pelo Serviço Nacional de Ambulâncias». Edição em um volume. Título original: Manuel de Secourisme. Colaboração de Serge Desclos de la Fonchais. Ilustrações de Dieter Wagner. Tradução de Germano de Sousa. 180 páginas. 21 x 15 cm. Colecção de Manuais de Ensino da Cruz Vermelha Portuguesa, e Colecção Guias das Edições Afrodite / Fernando Ribeiro de Mello, Lisboa, [Abril de] 1977.

2 exemplares da mesma edição, tendo um deles servido de prova de capa e rosto, anotada por revisor, e o outro a versão final, com as alterações sugeridas.

Preço: 12 euros.



EU PERTENCI À KGB

UM RELATO POR UM OFICIAL DA 3.ª REPARTIÇÃO

ALEKSEI MYAGKOV


Tradução de Anabela da Silveira. Revisão literária de José Martins Garcia. Capa de Nuno Amorim.

Brochado. 208 páginas. Colecção Documentos. Lisboa: Fernando Ribeiro de Mello / Edições Afrodite, [Abril de] 1977.

Preço: 17 euros.



MANUAL DE PRIMEIROS SOCORROS


NORBERT VIEUX
PIERRE JOLIS


«Recomendado pelo Serviço Nacional de Ambulâncias». 3.ª edição. Em 2 volumes. Título original: Manuel de Secourisme. Colaboração de Serge Desclos de la Fonchais. Ilustrações de Dieter Wagner. Tradução de Germano de Sousa e Damiana Fonseca. 180 + 216 páginas. 21 x 15 cm. Primeiro volume com a capa manchada e duas primeiras páginas com pequenas marcas de bicho de papel. Segundo volume em bom estado. Colecção de Manuais de Ensino da Cruz Vermelha Portuguesa, e Colecção Guias das Edições Afrodite / Fernando Ribeiro de Mello, Lisboa, [Agosto de] 1984.

Preço: 20 euros.


 

André BRETON

[06Dez21]


ANTHOLOGIE DE L’HUMOUR NOIR


ANDRÉ BRETON


Texto integral. Livro de bolso (16,5 x 11 cm). 445+(3) páginas. Bom estado, embora possua vinco superficial de leitura na lombada. Corte das páginas carminado nas 3 faces, sem descoloração. Colecção Le Livre de Poche n.º 2739, volume duplo, por alturas do 30.º aniversário da primeira edição. Paris: Jean-Jacques Pauvert, 1970.

Ver lista de autores nas fotografias ().

Preço: 18 euros.



MANIFESTOS DO SURREALISMO


ANDRÉ BRETON


Prefácio de Jorge de Sena. Tradução de Pedro Tamen, a partir da edição de Pauvert de 1962. Capa de Mendes de Oliveira. 356+(4) páginas. 20 x 13,5 cm. Bom estado. Colecção Aventura Interior da Moraes Editores, Lisboa, 1969.

Preço: 35 euros.



ENTREVISTAS


ANDRÉ BRETON


Conversas com André Parinaud que «constituíram o objecto de dezasseis emissões da Radiodifusão Francesa, transmitidas entre Março e Junho de 1952. O leitor encontrará aqui o texto integral dessas entrevistas, vítimas de alguns cortes por exigências de minutage aquando da sua gravação.»

Tradução de Ernesto Sampaio. 306 páginas. 23 x 15,5 cm. Bom estado, apesar de vinco leve de leitura na lombada. Lisboa: Edições Salamandra, 1994.

Preço: 18 euros.



ANDRÉ BRETON


ensaios recolhidos por
MARC EIGELDINGER


Ensaios dedicados a André Breton. Textos de André Breton, Jean Paulhan, Benjamin Péret, Henri Pastoreau, P. – O. Walzer, Michel Carrouges, A. Rolland de Renéville, Victor Crastre, Jean Starobinski, Marc Eigeldinger, Julien Gracq, Michel Beaujour e Gérald Schaeffer.

Ilustrado com quatro retratos. 286+(4) páginas. 21 x 13,8 cm. Leve vinco de leitura na lombada e pequena marca única de bicho do papel junto à margem inferior da contracapa. Bom estado geral. Colecção Langages, Neuchatel: A La Baconnière, 1970.

Preço: 20 euros.



MAGAZINE LITTÉRAIRE

3 NÚMEROS DEDICADOS A:

ANDRÉ BRETON, SURREALISMO E DADA


Magazine Littéraire n.º 213. Dezembro de 1984. «60 ans de Surréalisme». 102 páginas. 27,3 x 21,5 cm. Bom estado.

Magazine Littéraire n.º 254. Maio de 1988. «André Breton». 106 páginas. 27,3 x 21,5 cm. Bom estado.

Le Magazine Littéraire n.º 446. Outubro de 2005. «Dada. L’esprit de la révolte de Tristan Tzara à Guy Debord». 98 páginas. 28,7 x 21 cm. Bom estado.

Preço (conjunto): 20 euros.


 


POESIA POPULAR DE TERRAS DE SANTIAGO


CARLOS TEIGA


Volume que reúne parte importante da obra de Manuel José Santinhos (Ti Manel Zé do Tojal), entre outros poetas populares.

Brochado. 366 páginas. 23,5 x 16 cm. Manuseado. Manchas ligeiras no corte das folhas. Santiago do Cacém: edição do autor, 2000.

Preço: 18 euros.


 


O ESPÍRITO E A GRAÇA DE FIALHO


LUÍS DE OLIVEIRA GUIMARÃES


Dedicatória do autor ao jornalista e escritor José Ribeiro dos Santos. Capa com a reprodução de uma caricatura de Celso Hermínio. Compilação de pequenas histórias e colecção de citações temáticas de Fialho de Almeida, curioso. 163+(5) páginas. 19,2 x 12,8 cm. Bom estado geral. Edição Romano Torres, Lisboa, 1957.

Preço: 18 euros.


 


O ESPÍRITO E A GRAÇA DE EÇA DE QUEIROZ


LUÍS DE OLIVEIRA GUIMARÃES


Carta-prefácio de Fradique Mendes. Capítulos dedicados à celebridade, ao humorismo, a pequenas histórias e a “ironias e paradoxos”, no ano do centenário. Capa com desenho de Manuel Santana. 144 páginas. 19,1 x 12,8 cm. Lombada com manchas leves. Miolo limpo e por abrir. Edição Romano Torres, Lisboa, 1945.

Preço: 12 euros.


 


O ESPÍRITO E A GRAÇA DE CAMILO


LUÍS DE OLIVEIRA GUIMARÃES


Colectânea de histórias, citações e excertos, em busca das subtilezas do humor camiliano. Autografado pelo autor com dedicatória a José Ribeiro dos Santos, jornalista e escritor. 160 páginas. 19,3 x 12,3 cm. Lombada amarelecida. Miolo limpo, parcialmente por abrir. Bom exemplar. Edição Romano Torres, Lisboa, 1952.

Preço: 18 euros.


 


DO OUTRO LADO

CANÇONETA CÓMICA

ALFREDO DE MORAES PINTO
(PAN-TARANTULA)


Ilustrações de Rafael Bordalo Pinheiro, catorze (14) no texto e duas (2) nas capas: desenho da capa “continua” na contracapa, e a frente e o verso do livro estão trocados, de acordo com o título. Mais detalhe aqui.

16 páginas. 18,5 x 12 cm. Impresso na Typographia Elzeviriana. Miolo limpo. Capas com manchas leves junto às margens. Em bom estado geral, pese embora as capas quase soltas, mantidas pela linha de cosedura em dois pontos. Lisboa: Tavares Cardoso & Irmão, 1885.

Preço: 60 euros.



PHYSIOLOGIE DES CHEMINS DE FER


ÉDOUARD SIEBECKER


O autor (S. Petersburgo, 1829 — Paris, 1901) foi secretário de Alexandre Dumas, militar, jornalista, administrador na Compagnie des chemins de fer de l’Est, etc.

Um volume composto por eflexões e historietas em redor dos caminhos-de-ferro, com nostalgia e humor, divididas em 6 partes: Grandes Compagnies — Employés — Public — Portraits — Anecdotes — Conseils aux voyageurs.

Encadernação da época, com a lombada em pele, gravada a ouro, com ligeiro desgaste nas extremidades mas sólida. Miolo manchado, principalmete junto às guardas, e assinatura de posse coeva no verso do rosto. No geral, um exemplar interessante. (iv)+280 páginas. 17,5 x 12 cm. Invulgar. Paris: J. Hetzel libraire-éditeur, 1867.

Preço: 35 euros.


 


O GUARDADOR DE RETRETES


PEDRO BARBOSA


Ciência retretológica em primeira edição, do autor; teve a segunda edição na &etc dois anos depois. Capa de António Quadros e Emerenciano. 109+(2) páginas. 21 x 13,5 cm. Tem ligeiro desgaste nas orlas exteriores, e o miolo limpo. Bom exemplar. Porto: edição do autor, 1976.

Preço: 25 euros.


 


CARTEIRA DO ARTISTA


SOUZA BASTOS


Apontamentos para a Historia do Theatro Portuguez e Brazileiro acompanhados de notícias sobre os Principaes artistas, escritores dramaticos e compositores estrangeiros.

Jornalista e “homem do teatro” — empresário, director teatral, encenador e ensaiador, dramaturgo e dramatógrafo —, António de Sousa Bastos (1844-1911), marido da actriz Palmira Bastos, compilou esta grande e pequena história do teatro português seu contemporâneo, o do final do século XIX, com espaço para muito mais do que actores, dramaturgos e salas de teatro.

Os índices alfabéticos listam: actores portuguezes e brazileiros; actrizes portuguezas e brazileiras; aderecistas; architectos, auctores de figurinos e decoradores; artistas dramáticos estrangeiros; benemeritos do theatro; cabelleireiros de theatro; cantores portuguezes; companhias diversas; contraregras; curiosidades theatraes; decretos, portarias, tratados e outros documentos referentes ao theatro; diversos empregados de theatro; dramas, comedias, tragedias, operas-comicas, revistas e peças phantasticas notaveis pelo seu merecimento ou pelo sucesso que obtiveram; emprezarios theatraes; ensaiadores portuguezes e brazileiros; escriptores, dramaticos e criticos theatraes, portuguezes e brazileiros; escriptores dramaticos estrangeiros; guarda-roupas; machinistas; musicos estrangeiros; musicos portuguezes e brazileiros; operas e dansas; pontos; scenographos; theatros estrangeiros; e theatros portuguezes e brazileiros.

Esta espécie de enciclopédia caótica do teatro, repleta de pequenas gravuras, está inicialmente organizada cronológicamente, por dias e meses do ano: nascimentos de determinado actor, estreia de uma dada peça, abertura de uma nova sala, etc.
O dito calendário ocupa um pouco mais de metade do livro, bem organizada mas, a partir da página 475, a sucessão de apêndices, acrescentos, correções, adendas, novas informações, rectificações, ampliações e eventos sem data torna a pesquisa de informação uma curiosa aventura proto-hipertextual para a qual o índice de 30 páginas supra-citado é a peça chave.

Primeira edição. Lisboa: Antiga Casa Bertrand — José Bastos, Editor, 1899. Com 868 páginas, e 26 x 18,5 cm. Encadernação com lombada em pele, com ligeiro desgaste. Aparado. Conserva a capa de brochura anterior, uma litografia de Raphael Bordallo Pinheiro. Pequenas e inócuas marcas de bicho do papel em algumas páginas. Assinatura de posse no rosto. Exemplar interessante, sólido, em bom estado geral.

Preço: 90 euros.


 

Disponível online, digitalizado, aqui.

 


 


HEPTAMERON


MARGARIDA DE NAVARRA


Obra completa em 2 volumes. Maquete de Manuel Correia. Tradução de Gabriela Ramirez Garcia (vol.1) e Álvaro Pereira (vol.2) e 28 ilustrações extra-texto de Henrique Manuel. Encadernação editorial sintética, em bom estado. Miolo limpo. 284+260+(56) páginas. 24 x 17 (x 5) cm. Estimados. Lisboa: Estúdios Cor, 1977.

Preço: 40 euros.


 

 


A COMEDIA DE LISBOA


D. JOÃO DE CASTRO


Aventuras, Fantasias e Impressões d’um Forasteiro. Aspectos Modernos d’uma Cidade Antiga. Figuras e Figurilhas. Factos e Costumes.

Comedia Mundana / Comedia Amorosa / Comedia Politica / Comedia Litteraria / Comedia Artistica

Capa de Alfredo Moraes. 428 páginas. 19 x 12 cm. Bom exemplar. Lisboa: Sociedade Editora Portugal-Brasil, [1918].

Preço: 15 euros.



A COMEDIA DE LISBOA


GERVÁSIO LOBATO


Prólogo de Pinheiro Chagas. Encadernação sintética da época, sem páginas de guarda nem capa de brochura (abre directamente no ante-rosto, rabiscado, visível na primeira fotografia). 302 páginas. 11,5 x 18 cm. Manuseado. Porto: Ernesto Chardron, 1878.

Preço: 7 euros.


 


SAPATOS DE DEFUNCTO


LEITE BASTOS


Finalmente Leite Bastos, um bello dia convenceu-se de que estava a estragar os seus esplendidos dotes de escriptor n’aquelle genero de litteratura barata, e n’um momento de descanço, que lhe deixaram os editores, começou a planear a COMEDIA BURGUEZA. O bello romance que se segue, os SAPATOS DE DEFUNCTO, é o primeiro quadro d’essa vasta galeria, que Leite Bastos tem já toda planeada e em que trabalha com todo o amor de um artista. [da Introducção]

2.ª edição (a primeira data de 1882). Introdução de Gervasio Lobato. Ilustrações no texto: desenhos de Manuel de Macedo / gravuras de Alberto. Em brochura, com mínimos defeitos exteriores e miolo limpo, 19 cm x 12 cm para 187+(5) páginas, muitas por abrir. Colecção A Comedia Burgueza. Lisboa: Portugal-Brasil Sociedade Editora, [s/d].

Preço: 17 euros.


 


MÔSCAS E MOSQUITOS


prefácio
RICARDO JORGE


Resultado e memória do combate a moscas e mosquitos levado a cabo pela Câmara Municipal de Cascais, no final da década de 30, um grosso volume ilustrado que tenta abarcar várias vertentes de análise possíveis dos dois insectos que há séculos ocupam as mentes e preocupações do homem: humor, música e teatro complementam a parte documental da obra (científica, técnica e histórica) com uma forte componente rediofónica — reproduzem-se algumas das campanhas desenhadas para transmissão sem fios na Emissora Nacional e no Rádio Club Português, parte fulcral das ditas acções camarárias de sensibilização e higienização.

Índice aqui e aqui. Inclui capítulos sobre “a mosca e o turismo” e “a mosca e o urbanismo“. Abre o prefácio Ricardo Jorge com a recordação das queixas de Camilo, em Seide, «possesso de raiva contra as ferroadas das que na calma de Agosto o acometiam das carvalheiras».

Ilustrado com desenhos, fotografias e fac-similes de documentos (e até uma pauta musical), em 94 páginas de extra-textos couché, alguns desdobráveis. Colaboração de Emmerico Nunes, Alberto de Sousa, Tomás Ribeiro Colaço, Arnaldo Leite, José de Oliveira Cosme, e outros. Assinado, numa larga diagonal que atravessa o rosto, por um dos colaboradores, António Augusto Velasco Martins (1896-1944), por então professor da Escola Superior de Medicina Veterinária. Em brochura. 236+(94) páginas. 24,5 x 17 cm. Bom estado. Edição da Junta de Turismo de Cascais, 1939.

Curioso.

Preço: 40 euros.


 


ALMANAQUE ALENTEJANO


1961


Publicidade, humor, poemas, cantigas, turismo, etnografia, agricultura, ficção, fotografia, ilustração. O Alentejo à entrada dos anos 60. Colaboração de: Santos Fernando, Antunes da Silva, Azinhal Abelho, Victor Santos, Santana Dionísio, e outros.

Ano XXIII. Direcção e coordenação de Fausto Gonçalves. Obra patrocinada pela Casa do Alentejo. 292 páginas. Formato largo: 23 x 16 cm. Bom estado. Impresso em Lisboa.

Preço: 25 euros.



ALMANAQUE ALENTEJANO


1959


Publicidade, humor, poemas, cantigas, turismo, etnografia, agricultura, ficção, fotografia, ilustração. O Alentejo à entrada dos anos 60. Colaboração de: Cândido Marrecas, Santos Fernando, Arlindo Caldeira, Mário Beirão, José Barão, Isa de Aragão, Victor Santos, e outros.

Ano XXI. Direcção e coordenação de Fausto Gonçalves. Obra patrocinada pela Casa do Alentejo. 312 páginas. Formato largo: 23 x 16 cm. Bom estado, salvo pequena falha de papel no canto superior da capa, visível na fotografia.. Impresso em Lisboa.

Preço: 22 euros.



ALMANAQUE ALENTEJANO


1958


Publicidade, humor, poemas, cantigas, turismo, etnografia, agricultura, ficção, fotografia, ilustração. O Alentejo no final dos anos 50. Colaboração de: António Sardinha, Arlindo Caldeira, Carlos de Oliveira, Conde de Monsaraz, João Falcato, Mário Beirão, Victor Santos, e outros.

Ano XX. Direcção e coordenação de Fausto Gonçalves. Obra patrocinada pela Casa do Alentejo. 328 páginas. Formato largo: 23 x 16 cm. Com um marcador publicitário. Bom estado. Impresso em Lisboa.

Preço: 25 euros.



ALMANAQUE ALENTEJANO


1957


Publicidade, humor, poemas, cantigas, turismo, etnografia, agricultura, ficção, fotografia, ilustração. O Alentejo na segunda metade dos anos 50. Colaboração de: António Sardinha, Arlindo Caldeira, Antunes da Silva, Azinhal Abelho, Conde de Monsaraz, e outros.

Ano XIX. Direcção e coordenação de Fausto Gonçalves. Obra patrocinada pela Casa do Alentejo. 336 páginas. Formato largo: 23 x 16 cm. Com um marcador publicitário. Bom estado. Impresso em Lisboa.

Preço: 25 euros.



ALMANAQUE ALENTEJANO


1956


Publicidade, humor, poemas, cantigas, turismo, etnografia, agricultura, ficção, fotografia, ilustração. O Alentejo em meados dos anos 50. Colaboração de: Alberto de Monsaraz, Victor Santos, Santos Fernando, Etelvina Lopes de Almeida, Maria Rosa Colaço, e outros.

Ano XVIII. Direcção e coordenação de Fausto Gonçalves. Obra patrocinada pela Casa do Alentejo. 344 páginas. Formato largo: 23 x 16 cm. Com um marcador publicitário. Bom estado. Impresso em Lisboa.

Preço: 25 euros.


 


O HUMORISMO E A MULHER

DEFICIÊNCIA DO HUMORISMO E DO SENSO CÓMICO
NO SEXO FEMININO

G. B. UGHETTI


Ensaio. Proémio do autor [«porque é que as senhoras, que se sorriem com tanto gôsto, e às vezes se riem sem motivo aparente, não lêem com prazer, e, menos ainda, escrevem livros ou jornais humorísticos?»], professor de Patologia na Universidade de Catânia. Versão do original italiano por Arlindo Varela. Encadernação sintética, mantém capas de brochura. 19 cm x 13 cm. 107+(7) páginas. Bom estado geral, embora com alguns pontos de oxidação. Lisboa: Casa Portuguesa, 1929.

Preço: 25 euros.