MEMÓRIAS DE UM POLÍCIA PORTUGUÊS


ANTÓNIO AUGUSTO AFONSO


Brochado. lustrado com diversas fotografias extra-texto, a preto e branco, em papel couché. 160 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Assinatura de posse na página de rosto. Uma ou outra pequena mancha perdida no miolo. Bom estado geral. Lisboa: Cronos Publicações, [19 de Abril] de 1973.

Preço: 20 euros.


 


INAUGURAÇÃO DA PONTE
SOBRE O TEJO EM LISBOA

6 DE AGOSTO DE 1966

PROGRAMA DAS COMEMORAÇÕES


Programa oficial das comemorações na inauguração da ponte sobre o Tejo em Lisboa, para os dias 6, 7 e 8 de Agosto de 1966, sábado, domingo e segunda-feira: cortejos, exposições, arraiais, concertos e marchas populares, a projecção do filme sobre a construção da ponte, a exposição «A Ponte Vista pelas Crianças», fogos-de-artifício, regatas, missas, sessões solenes, recepções e touradas, jantares de gala e bailados!

Sem imagens no interior, apenas o horário de cada um dos eventos, para cada um dos dias. Capa cuidada, com moldura em filete de ouro, o selo de Estado em relevo, e uma ilustração minimalista. 8 páginas. 24 x 16,8 cm. Bom estado salvo uma ou outra mancha leve na capa. Com a chancela do Gabinete da Ponte Sobre o Tejo, do Ministério das Obras Públicas, Lisboa, 1966.

Preço: 18 euros.


 


LEITURAS PARA CURSOS DE ADULTOS


CAMPANHA CONTRA O ANALFABETISMO


Antologia educativa doutrinária — o pão, a vindima, a virgem, a honra do trabalho e da pobreza, o respeito pelo Estado Novo, algumas noções de geografia, etnografia, higiene dos dentes, etc. —, com inúmeros textos não assinados, intercalados com excertos de João de Deus, António Arroio, Guerra Junqueiro, Júlio Dantas, Marquesa de Alorna, Augusto Gil, Alexandre Dumas (Filho), António Feliciano de Castilho, Anrique de Paço d’Arcos, Fortunato de Almeida, Leite de Vasconcelos, Cândido de Figueiredo, Júlio César Machado, Veiga de Macedo, Teófilo Braga, Júlio Dinis, Tomás de Barros, Emília de Sousa Costa e o próprio Salazar.

Livro escolar ilustrado no texto com desenhos e mapas, a preto. Cartonagem editorial com lombada em tela. Desenho da capa assinado «M. Sousa». 156-(4) páginas. 18 x 12 cm. Capa com duas inicias, e a data de 1954, manuscritas. Usado. Sólido. Miolo limpo. Porto: Editora Educação Nacional, [1953 ou 1954].

Preço: 20 euros.


 


AO FIM DA MEMÓRIA


FERNANDA DE CASTRO


Capas com óleos de Sarah Afonso e Tarsila do Amaral. Arranjo gráfico de Sebastião Rodrigues. Em 2 volumes brochados, de 21,5 x 16 (x 5) cm, e 326-(2) e 322-(6) páginas. O primeiro volume, em segunda edição, abarca o período entre 1906 e 1939, e o segundo volume o período entre 1939 e 1987. Mínimas marcas de uso. Vincos ligeiros na lombada do segundo volume. Bom estado geral. Lisboa: Editorial Verbo, 1987-1988.

Preço: 35 euros.


 


OS BUDAS

O CONTRABANDO DE ARMAS

FERRO ALVES


Investigação jornalística de época, de um episódio histórico de contrabando de armas entre Portugal e Espanha, envolvendo o chamado «Grupo dos Budas» — onde pontuava Jaime Cortesão — e a planificação da Revolta de 26 de Agosto de 1931.

Capas e miolo limpos, lombada amarelecida e com uma pequena mancha marginal. Bom exemplar. 157+(3) páginas. 19 x 12 cm. Lisboa: edição do autor, 1935.

Preço: 18 euros.


 


MEMÓRIAS DE UM ESTUDANTE DE DIREITO

COIMBRA 1911-1916


RAFAEL SALINAS CALADO


2.ª edição. Prefácio de João de Barros (datado de 1942, para a primeira edição). Ilustrado com fotografias e caricaturas. Bom estado geral (capa com pequenas manchas). Vide índice (⇑). 304 páginas. 20,5 x 15 cm. Coimbra: Coimbra Editora, 1961.

Preço: 25 euros.


 


A REVOLUÇÃO PORTUGUESA


JESUS PÁBON


Publicado originalmente em espanhol, em 2 volumes, o ensaio histórico de Jesus Pábon sobre as duas décadas que antecederam o Estado Novo recebeu quase de imediato o Prémio Camões, do SNI, em 1951, antes mesmo da publicação da tradução portuguesa.

Historiador bem posicionado no regime franquista, Pábon assume uma visão parcial, de extrema-direita, sobre a Revolução Portuguesa de 1910 e a Primeira República Portuguesa, destacando sempre «a desordem, a demagogia e a instabilidade governativa» [cit. aqui] por contraponto à bonança trazida pelo 28 de Maio. A obra começa com um elogio a D. Carlos e termina com uma citação de Salazar…

Ilustrado. Prólogo do autor. Tradução de Manuel Emídio e Ricardo Tavares. 684+(4) páginas. 23,8 x 16 cm. Encadernação sintética sóbria, mantendo as capas de brochura originais. Miolo aparado, com algumas manchas de oxidação e marcas de restauro. Carimbo de posse sumido no ante-rosto. Bom estado geral. Colecção Grandes Estudos Históricos. Lisboa: Editorial Aster, [s.d.]

Preço: 30 euros.