O CLUBE DOS ANTROPÓFAGOS


MANUEL DE LIMA


Teatro surrealista. Primeira edição. Apreendido pela PIDE. Volume inaugural da Colecção Vária, dirigida por Vítor Silva Tavares para a editora Ulisseia, dirigida por Serafim Ferreira. Capa de Rocha de Sousa. 128 páginas. 18 x 11,5 cm. Lisboa: Ulisseia, [Março de] 1965.

Bom estado.

Preço: 45 euros.


AfonsoRibeiro


POVO


AFONSO RIBEIRO


Contos. Capa de Júlio Pomar. Primeira edição. Proibido pela censura. Brochado, com 13 cm x 19,7 cm e 267+(5) páginas. Capa em bom estado, lombada um pouco escurecida, miolo limpo. Porto: Editorial Ibérica, 1947.

Preço: 25 euros.



APRESENTAÇÃO DO ROSTO


HERBERTO HELDER


Primeira edição, apreendida pela PIDE, extra-vigilante após «o “affaire Sade” de Lisboa».

Nas badanas, uma das raras fotografias do autor, um texto introdutório não assinado e uma citação de José Rodrigues Miguéis, retirada de uma entrevista ao jornal República, aquando da publicação de Os Passos em Volta.

Capa de Espiga Pinto. Com 217+(3) páginas e 12 x 18,5 cm. Lisboa: Ulisseia, [Maio de] 1968.

Um bom exemplar, apesar de, na lombada, haver perda de cor e um vinco de leitura, visíveis numa das fotografias supra. Miolo impecável.

Raro.

Preço: 360 euros.


HUMBERTO DELGADO

[16Fev15]


EL CASO HUMBERTO DELGADO

SUMARIO DEL PROCESO PENAL ESPAÑOL


Edição de JUAN CARLOS JIMÉNEZ REDONDO


El 24 de Abril de 1965 se descubren en Villanueva del Fresno, muy cerca de la frontera portuguesa, los cadáveres de un hombre y una mujer, identificados como el general luso Humberto Delgado y su secretaria Arajaryr Moreira de Campos. Tras un largo y laborioso proceso de investigación, el juez especial Crespo Márquez consigue reunir las pruebas incriminatorias suficientes para imputar ambos delitos a agentes de la policía política del régimen de Oliveira Salazar.

455+(7) páginas. 17 x 24 cm. Série Estudos Portugueses, n.º 17. Ilustrado com fotografias do local onde foram descobertos os cadáveres ocultados pela PIDE. Exemplar como novo. Mérida: Gabinete de Iniciativas Transfronteirizas da Junta de Extremadura, 2001.

Preço: 20 euros.



HUMBERTO DELGADO (1906-1965)

memória


Brochura publicada aquando da transladação dos restos mortais do General Humberto Delgado para o Panteão Nacional, em 1990. Textos de Iva Delgado. Ilustrado com fotografias. Inclui cronologia biográfica. 28 páginas. Papel couché. 21 x 21 cm. Lisboa: Instituto Português do Património Cultural, 1990.

Preço: 15 euros.