CURSO JURÍDICO 1958-1963


FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA


Livro de Curso de Odete Santos, Freitas do Amaral, Jorge Miranda, entre os alunos, e Marcelo Caetano, Palma Carlos, Galvão Teles, entre os professores.

Caricaturas de Santana, Fraga Gonçalves, Kim Reis, A. Fonseca, Vilhena (4), J. Ribeiro, Cruz Henriques, Tóssan (1), A. Pitta, e outros.

Quadras de Rui Namorado, Duarte Ivo Cruz, Ruy de Moura Guedes, etc.

Lista de alunos:

Abílio Lopes Cardoso, Adelino Manuel Frias Ribeiro de Azevedo, Albertino Moreira de Oliveira, Alberto Eduardo de Silva e Melo, Alberto de Matos Torres Garrido, Albino António Pinto Lopes Martins, Álvaro Azevedo Soares [com uma quadra do amigo Rui Namorado], Álvaro Ribeiro Mateus, António Aires Soares, António Augusto Fialho de Morais, António Augusto Rebordão Gascão Nunes, António Bernardo Constâncio Domingos Espírito Santo Francisco Gabriel de Figueiredo, António José de Morais Sarmento Ramalho, António Marques Vieira, António da Silva Teles, Armando Lopes de Lemos Triunfante, Augusto de Athayde Soares de Albergaria [com caricatura de Vilhena e quadras personalizadas de Duarte Ivo Cruz], Augusto de Azevedo Costa Santos, Augusto da Silva Pereira, Carlos António Moutinho de Carvalho de Macedo, Carlos Joaquim Madeira da Silva, Carlos Manuel de Oliveira Faria e Matos, Diamantino de Oliveira Ferreira, Diogo Pinto Freitas do Amaral, Feliciano Monteiro Flor, Fernando Augusto Carvalho Midões, Fernando Ferreira Casal dos Santos, Fernando Noronha, Fernando Beirão Simões Pereira, Padre Filipe Luciano de Oliveira Vieira, Francisco António Lourenço, Francisco Cubello Soares, Francisco Manuel de Medeiros Bettencourt, Graciette Ermelinda Paquim Costa, Guilherme George Conceição Silva, Henrique Alberto Freitas do Nascimento Rodrigues, João Carlos Fernandes Lopes Moreira, João Diogo Corrêa Saraiva Nunes Barata, João Francisco Mendes de Magalhães Ilharco, João de Freitas Ferreira de Almeida, João Manuel de Freitas Alexandre, João Manuel Simões Ribeiro, João Rodrigues Martins, João Romão Esteves, Joaquim António Carvalho Mira Vaz, Joaquim António Carvalho da Mota Veiga, Joaquim Dias, Joaquim Lúcio Faria Teixeira, Joaquim Manuel Sargaço Júnior, Joaquim Maria Salvador Coutinho de Figueiredo, Joaquim Pereira Durão, Jorge Alberto Nogueira de Lemos Godinho, Jorge Avelino Rodrigues Monteiro dos Santos, Jorge Manuel Moura Loureiro de Miranda, Jorge Botelho Moniz, José Alberto Coelho Alves, José Alberto Rodrigues Peixoto do Amaral, José António Sánchez Ramírez, José Cardoso Bretes, José Carlos Pinheiro Estevão, José Júlio da Gama Santos, José Mendes da Silva Morgado, José Manuel Fraga Correia Simões, Lídia de Jesus Gomes, Lucas Filipe da Cruz, Luís Baltazar Brito da Silva Correia, Luís Manuel de Almeida Pombo Cardoso, Luís Manuel Calado de Aguilar, Manuel António Pacheco Jorge Barreiros, Manuel António Teixeira, Manuel Maria Viana de Sousa Ribeiro, Maria do Carmo Mateus Lopes, Maria de Fátima Wagmar da Silva Pacheco, Maria Fernanda Saraiva da Costa, Maria da Graça Cansado Paes, Maria Joana Maçaroco Candeias Moreira de Araújo, Maria Luísa Garcia Fernandes, Maria Madalena Diener Rosa de Oliveira, Maria Manuela Romão de Seabra Castelo-Branco, Maria Margarida Machado de Miranda Botelho, Maria Natália Garcia Aragão, Maria Odette Graça Costa Pereira, Maria Odete dos Santos, Maria Pia Cabral Ribeiro de Figueiredo, Mário Alberto de Sousa da Fonseca Guimarães, Mário Luís Nunes Correira Ribeiro, Miguel João Pitta Rodrigues Bastos, Hadir Maria Pacheco Palha, Nicolau Tolentino, Nuno Manuel Cancella D’Abreu Moraes de Oliveira, Orlando Mateus da Silva Guerra, Otílio Nobre Vilhena, Pedro António Diniz Pitta, Pedro Manuel dos Reis Alves Catarino, Quirino do Nascimento Mealha, Rui Ferreira Lopes da Costa, Rui Galvão de Melo, Ruy de Sousa de Moura Guedes, Tomás Barros de Carvalho, Victor Manuel Sargão Torres Preto e Victor Manuel de Figueiredo Rebocho.

Brochado. Ilustrado. 267+(5) páginas. 23 x 17 cm. Bom estado, embora com alguns pontos de oxidação nas capas, e a lombada amarelecida. Miolo limpo. Lisboa: Faculdade de Direito, 1963.

Preço: 35 euros.


 


LIVRO DO CURSO DE 1961/1966

JURISLÂNDIA


Livro do Curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. 252 páginas. 24 x 18 cm. Publicado com o apoio da Morais Editores. Impresso na Covilhã (Tip. Notícias da Covilhã). Exemplar autografado por uma das alunas para António Carlos Leónidas que, nos anos 60, foi presidente do IMAVE (onde estava integrada a Telescola) e chefe de redacção da revista Escola Portuguesa. Caricaturas de Sanches, e outros. Com uma caricatura e um texto jocoso para cada um dos 21 professores, entre os quais Marcello Caetano.

Lista de alunos:

Adelino de Pina e Silva, Adriano A. Jorge, Alberto C. Martins de Brito Lima, Alexandre A. F. de Carvalho Neto, Alvaro A. B. Correia Pina, Antero Baldaia, António J. Figueiredo Lopes, António J. Pires Soares, António Lucas Rodrigues, António M. Caldeira Marques, António N. Estrela Salgueiro, António V. C. Mendes Vasconcelos, António Vítor Monteiro, Armando Ferreira Simões, Aroleno Novais Bicheiro, Artur Faria Maurício, Basílio Horta da França, Beatriz Caldas Nogueira, Bernardino Mateus, Canuto Fausto de Quadros, Carlos A. C. A. P. Côrte-Real, Carlos A. Cruz Broco, Carlos Dias Rebelo, Carlos H. C. Araújo Barbeitos, Carlos Oliveira Coelho, César M. Bessa Monteiro, Constâncio A. Barros dos Reis, Fernando A. S. Cunha de Sá, Francisco Diogo Pinto, Francisco Lourenço Pereira, Francisco M. Gomes da Cunha, Guilherme T. Campos Rosa, Isidro Santos Almeida, Joaquim M. dos Santos Barata, Joaquim S. Coelho Lima, Joaquim da Silva Lourenço, João A. S. Mendes Fonseca, João C. C. Moreira de Campos, João J. Castelo Branco Gonçalves, João M. Pereira Gouveia, João M. S. Nolasco Totta, João da Silva, Jorge Fernandes Moreira, Jorge M. Arriaga da Cunha, José A. Ferreira da Costa, José de Almeida Vicetro, José António L. Araújo, José C. Rodrigues Revez, José L. Sacadura Cabral, José Guerreiro de Almeida, José M. Bracinha Vieira, José M. C. Albuquerque Duarte, José M. F. Dias da Silva, José M. Jorge I. Bastos, José V. Pereira da Cruz, Justino Dias dos Santos, Luís A. C. Perestrelo Oliveira, Luís E. P. Perdigão de Andrade, Luís M. C. Sande Freire, Luís Noronha Nascimento, Luís Tomé Almeida, Manfredo F. Ferreira Silvestre, Manuel Cruz Mariano, Manuel F. Correia de Jesus, Manuel Teles Vasconcelos, Manuel José Pereira de Mesquita, Manuel Rodrigues Carvalho, Manuel da Silva Carvalho, Manuel V. Ramalho Gantes, Manuela Lourenço Pires, Margarida M. C. Borges Meneses, Maria F. Gonçalves dos Santos, Maria L. Margalho Matos, Maria Luísa Polleri, Maria Luísa A. A. N. Novais, Maria Manuela N. Portugal, Maria R. C. Sousa Fialho, Marília M. Pedro Viegas, Mário Assis Ferreira, Orlando H. S. Passos da Silva, Pedro Costa Borges, Pedro M. Cruz Roseta, Pedro M. G. Paiva Pessoa, Pedro M. O. Lopes Dias, Renato Manuel M. Paquete, Ricardo B. N. de Carvalho, Rogério Fernandes Ferreira, Rui S. Miranda Mascarenhas, Sérgio M. Reis e Sousa, Tristão da Cunha, Vasco N. Graça Moura, Vítor M. Silva Cruz, Carlos Silva Vieira, Domingos Nascimento Ochoa, Emanuel Jardim Fernandes, José C. Robin de Andrade, José Manuel Bento e Paulo G. P. de Lima Castilho.

Entre os alunos, destacam-se os nomes de Vasco Graça Moura — com versos de António Rebordão Navarro —, Manuela Portugal (Eanes), Pedro Roseta (Ministro da Cultura de Durão Barroso), Mário Assis Ferreira, Noronha Nascimento, Artur Faria Maurício (presidente do Tribunal Constitucional 2004-2007), António Figueiredo Lopes (Secretário de Estado do Orçamento no governo Sá-Carneiro, Ministro da Defesa de Cavaco Silva, Ministro da Administração Interna com Durão Barroso), António Monteiro (Ministro dos Negócios Estrangeiros no governo de Santana Lopes), Basílio Horta (fundador do CDS, Ministro do Comércio e Turismo com Mário Soares e Sá-Carneiro), Fausto de Quadros (jurista, professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa) e Joaquim da Silva Lourenço (Ministro da Agricultura e Pescas com Maria de Lourdes Pintasilgo).

Invulgar.

Preço: 35 euros.


 


EXPEDIÇÕES CIENTÍFICO-MILITARES
ENVIADAS AO BRASIL


SOUSA VITERBO


Primeira reunião deste importante conjunto de cerca de 164 biografias, e bibliografias — de cientistas, arquitectos, cartógrafos, desenhadores, engenheiros, fortificadores e naturalistas portugueses ou que, ao serviço de Portugal, trabalharam no Brasil —, inicialmente publicadas dispersas na Revista Militar, entre 1893 e 1895.

Coordenação, aditamentos e introdução de Jorge Faro. Em 2 volumes, de 175 + 142 páginas, e 18 x 13 (x 2) cm. Ambos os volumes com o miolo limpo, e as capas e lombadas com pequenas manchas e marcas de bicho de papel. Impressos na Neogravura, Lisboa, para as Edições Panorama, em 1962.

Preço: 28 euros.


 


CONVERSAS


MÁRIO VENTURA


14 ENTREVISTADOS: Agustina Bessa Luís — António Lobo Antunes — Augusto Abelaira — Camilo José Cela — Fernando Namora — Jorge Amado — José Cardoso Pires — José Gomes Ferreira — José Saramago — Maria Velho da Costa — Natália Correia — Nuno Bragança — Urbano Tavares Rodrigues — Vergílio Ferreira.

À excepção das entrevistas com Maria Velho da Costa e José Saramago, realizadas propositadamente para este volume, todas as restantes foram publicadas no Diário de Notícias.

Ilustrado com fotografias dos entrevistados, da autoria de Inácio Ludgero. 195 páginas. 23,5 x 15,4 cm. Ligeira descoloração na lombada. Bom estado geral. Colecção Figuras n.º 5. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1986,

Preço: 20 euros.


 


ensaios de

ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

 


 
AS (E)VOCAÇÕES LITERÁRIAS
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Crónicas, «memórias e esboços de estudos literários», anteriormente publicados em jornais e revistas, sobre autores com os quais Couto Viana conviveu ou sentiu afinidades literárias, dando primazia aos poetas:

Afonso Lopes Vieira, Alberto d’Oliveira, Alfredo Pimenta, Alfredo Serrano, Álvaro Benamor, Américo Cortez Pinto, António Alves Martins, António Corrêa d’Oliveira, António Patrício, Augusto Lima, Azinhal Abelho, Blanco-Amor, Camilo Castelo Branco, Eça de Queiroz, Ernesto Sardinha, João de Deus, Francisco de Almeida, João da Rocha, João Verde, José de Almada Negreiros, José Bruges, José Régio, Júlio Brandão, Manuel Lereno, Odylo Costa, Filho, Teixeira de Pascoaes, Teófilo Carneiro, Vasco de Lima Couto e Vitorino Nemésio.

O livro termina com alguns textos mais generalistas: Cancioneiros Galantes, A Poesia Viaja de Comboio, Os Poetas e o Comércio, Poesia Militante, A Sátira à Política na Poesia Portuguesa, e Queixas contra a Inglaterra na Poesia Portuguesa.

255 páginas. 21 x 15 cm. Edição do autor, Lisboa, 1980. Bom exemplar.

Preço: 12 euros.


 
AS “FUNÇÕES” PATRIÓTICAS DO ABADE DE LOBRIGOS
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Autografado com dedicatória do autor ao poeta minhoto João Marcos. Separata de Estudos Regionais, vol. 18. 12 páginas. 23 x 17 cm. Viana do Castelo: Centro de Estudos Regionais, 1997.

Preço: 15 euros.


 
UM PASSEIO CULTURAL NA POESIA DE ANTÓNIO FERREIRA
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Palestra proferida em 2 de Março de 1996 na Sede da Casa do Concelho de Ponte de Lima. Ilustrado com fotografias. 32 páginas. 23 x 16 cm. Lisboa: Casa do Concelho de Ponte de Lima, 1996.

Preço: 10 euros.


 
VIANA NA POESIA DE MARIA MANUELA COUTO VIANA
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Autografado com dedicatória do autor ao poeta minhoto João Marcos. Retrato da poetisa por Carlos Carneiro. Separata de Estudos Regionais, vol. 21. 16 páginas. 23 x 17 cm. Viana do Castelo: Centro de Estudos Regionais, 2000.

Preço: 15 euros.


 
JÚLIO DE LEMOS
NUM RETRATO BREVE E LEVE
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Conferência proferida nos antigos Paços do Concelho de Viana do Castelo, na noite de 7 de Setembro de 1978, no início das comemorações do centenário do nascimento de Júlio de Lemos.

Ilustrado com retratos e caricaturas do Conde d’Aurora, António Feijó, António de Cardiellos, Cláudio Basto, Trindade Coelho e Júlio de Lemos; por M. Couto Viana, Abel Manta, Sanches de Castro, Bordalo Pinheiro e Araújo Soares.

44+(4)páginas. 20,8 x 12,2 cm. Capa com manchas leves, manuseada; miolo limpo. Colecção Campo Livre n.º 10. Lisboa: Edições do Templo, 1979.

Preço: 12 euros.


 


BISMARCK

ARTÍFICE DE LA TERCERA REPÚBLICA FRANCESA

MARQUÉS DE QUINTANAR


Exemplar autografado pelo autor com dedicatória ao embaixador português Luís Norton, «querido amigo». Prólogo de Ramiro de Maetzu. Brochado. 221 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Madrid: Cultura Española, 1936.

Ramiro de Maeztu, assassinado poucos meses após a publicação deste livro, e o Marqués de Quintanar [Fernando Gallego de Chaves Calleja, 1889-1974, Conde de Santibáñez del Río, «amigo fraternal» de António Sardinha e dos integralistas portugueses] foram ambos colaboradores próximos de Primo de Rivera durante a Ditadura. Após a queda da Monarquia e o advento da Segunda República fundaram a revista nacionalista Acción Española (1931-1937), propalado veículo reaccionário de ideias tradicionalistas, anti-liberais, anti-democráticas e anti-parlamentares.

Preço: 30 euros.


 


O PADRE MARCOS E O LIBERALISMO

SEU PAPEL NA REFORMA ECLESIÁSTICA

CURIOSIDADES HISTÓRICAS DOS CONCELHOS DE SESIMBRA E AZEITÃO

CARLOS HYDALGO GOMES DE LOUREIRO


Com foco inicial na “vida e obra” do Padre Marcos Pinto Soares Vaz Preto (1782-1851), maçon, confessor de D. Pedro IV de D. Maria II, etc.  — aborda de seguida um número de sesimbrenses ilustres — e acaba por ser, também, uma invulgar miscelânea de assuntos sesimbrenses e azeitonenses, que toca diversos pequenas questões concernentes a Palmela, Alhos Vedros ou Setúbal.

O autor, Carlos Hidalgo Gomes de Loureiro, nascido em Sesimbra, pertenceu à União Nacional e foi presidente de câmara em Montijo (1929-1932), tendo impulsionado a criação do parque municipal daquela cidade, que acabou por receber o seu nome. Ilustrado com 6 extra-textos: um retrato do Padre Marcos, e seis “vistas” fotográficas de exterior. Sem índice. 104+(12) páginas, por abrir. Formato largo: 24,8 x 19,8 cm. Bom estado geral, com manchas esparsas. Publicado em Sesimbra, [ed. do autor], 1939.

Preço: 40 euros.


 


SOB OS CIPRESTES

VIDA ÍNTIMA DE HOMENS ILUSTRES

BULHÃO PATO


Capítulos dedicados a: Almeida Garrett, Francisco Maria Bordalo, Lopes de Mendonça, José Estevão, Rodrigo Paganino e João Luís Gonçalves, Luís Augusto Rebelo da Silva, Silva Gaio, Gonçalves Dias, Santos e Silva, Guilherme Braga, António Feliciano de Castilho e Francisco Montês Champalimaud.

Primeira edição, em brochura e em bom estado, embora com ocasionais picos de oxidação e uma falta de papel na contracapa (canto superior exterior, visível numa das fotografias acima). Com (8)+366+(1) páginas, e 18,7 x 11,7 cm (intonso). Lisboa: Livraria Bertrand, 1877.

Preço: 45 euros.


 


CAMILO E OS MÉDICOS


MAXIMIANO LEMOS


Prefácio de João de Araújo Correia. Um dos 25 exemplares fora de mercado marcados «F.M.», da tiragem especial de 250+50, em papel Vergé creme de 100 gramas, no formato de 280 x 175 mm, com sobrecapa reproduzindo um desenho-colagem de Armando Alves, director-gráfico da edição. Abre com um texto de Eugénio de Andrade. Brochado. Ilustrado. Com (4)+374+(10) páginas. Em muito bom estado de conservação, salvo mínimas imperfeições na sobrecapa (machas leves na zona mais clara). Porto: Editorial Inova, [Novembro de] 1974.

Preço: 50 euros.



CAMILO E OS MÉDICOS


MAXIMIANO LEMOS


Prefácio de João de Araújo Correia. Com um retrato de Camilo por José Rodrigues, e duas notas, de Óscar Lopes e Eugénio de Andrade. Ilustrado. 424+(8) páginas. 24 x 17 cm. Brochado com sobrecapa (reproduzindo aguarela de António Cruz). Em muito bom estado de conservação. Porto: Modo de Ler, 2012.

Preço: 20 euros.


 


CARTEIRA DO ARTISTA


SOUZA BASTOS


Apontamentos para a Historia do Theatro Portuguez e Brazileiro acompanhados de notícias sobre os Principaes artistas, escritores dramaticos e compositores estrangeiros.

Jornalista e “homem do teatro” — empresário, director teatral, encenador e ensaiador, dramaturgo e dramatógrafo —, António de Sousa Bastos (1844-1911), marido da actriz Palmira Bastos, compilou esta grande e pequena história do teatro português seu contemporâneo, o do final do século XIX, com espaço para muito mais do que actores, dramaturgos e salas de teatro.

Os índices alfabéticos listam: actores portuguezes e brazileiros; actrizes portuguezas e brazileiras; aderecistas; architectos, auctores de figurinos e decoradores; artistas dramáticos estrangeiros; benemeritos do theatro; cabelleireiros de theatro; cantores portuguezes; companhias diversas; contraregras; curiosidades theatraes; decretos, portarias, tratados e outros documentos referentes ao theatro; diversos empregados de theatro; dramas, comedias, tragedias, operas-comicas, revistas e peças phantasticas notaveis pelo seu merecimento ou pelo sucesso que obtiveram; emprezarios theatraes; ensaiadores portuguezes e brazileiros; escriptores, dramaticos e criticos theatraes, portuguezes e brazileiros; escriptores dramaticos estrangeiros; guarda-roupas; machinistas; musicos estrangeiros; musicos portuguezes e brazileiros; operas e dansas; pontos; scenographos; theatros estrangeiros; e theatros portuguezes e brazileiros.

Esta espécie de enciclopédia caótica do teatro, repleta de pequenas gravuras, está inicialmente organizada cronológicamente, por dias e meses do ano: nascimentos de determinado actor, estreia de uma dada peça, abertura de uma nova sala, etc.
O dito calendário ocupa um pouco mais de metade do livro, bem organizada mas, a partir da página 475, a sucessão de apêndices, acrescentos, correções, adendas, novas informações, rectificações, ampliações e eventos sem data torna a pesquisa de informação uma curiosa aventura proto-hipertextual para a qual o índice de 30 páginas supra-citado é a peça chave.

Primeira edição. Lisboa: Antiga Casa Bertrand — José Bastos, Editor, 1899. Com 868 páginas, e 26 x 18,5 cm. Encadernação com lombada em pele, com ligeiro desgaste. Aparado. Conserva a capa de brochura anterior, uma litografia de Raphael Bordallo Pinheiro. Pequenas e inócuas marcas de bicho do papel em algumas páginas. Assinatura de posse no rosto. Exemplar interessante, sólido, em bom estado geral.

Preço: 90 euros.


 

Disponível online, digitalizado, aqui.

 


 


VIDA DO VENERÁVEL PADRE
JOSÉ DE ANCHIETA


SIMÃO DE VASCONCELOS


Com um prefácio do Dr. Júlio Dantas. Obra reeditada (1.ª ed. 1672) por ocasião do quarto centenário da cidade de São Paulo (Brasil), cidade que terá sido fundada pelo padre Anchieta, num colégio jesuíta que também incluíria Manuel da Nóbrega. Retrato do biografado em couché, a par do rosto. Encadernação editorial que preserva capas de brochura, em bom estado geral ainda que com pequenas imperfeições na lombada. (6)+446+(2) páginas. 19 x 13 cm. Porto: Lello & Irmão, 1953

Preço: 25 euros.


 


D. PEDRO I
E A SUA ÉPOCA


JOSÉ ESTEVÃO DE MORAES SARMENTO


Um longo ensaio pondo em questão a veracidade histórica da crónica que Fernão Lopes dedicou à vida do rei D. Pedro I. Vide índice completo nas fotografias (↑). Exemplar da tiragem normal. Com a capa anterior (espelhada), mas não a posterior. Miolo com pequenas marcas de uso, aparado à cabeça. Com (12)+xliv+562+(2) páginas, e 16,5 x 23,5 cm. Porto: Imprensa Portuguesa, 1924.

* Encadernado com:

Pareceres da Academia das Sciencias de Lisboa àcerca do Livro D. Pedro I e a Sua Época do General Moraes Sarmento. 2.ª edição [ambas fora de mercado], com adenda pelo Dr. Armelim Junior, sócio da mesma academia. Inclui a petição do parecer, pelo general Moraes Sarmento, e os pareceres da secção de jurisprudência (Artur Montenegro; D. António, cardeal patriarca; Júlio de Vilhena; e Visconde de Carnaxide) e da secção de História (Vicente Almeida d’Eça; Pedro Augusto de S. Bartolomeu Azevedo; António Baião; e António Ferrão) da Academia, aprovados pelo secretário-geral, Cristovam Ayres. Invulgar. 37+(3) páginas. 21 x 14 cm. [s.l]: Sintra Gráfica, 1929.

Encadernação sintética moderna, meia-francesa, sem defeitos.

Preço: 45 euros.


 


D. PEDRO E D. INÊS

1320-1367

ANTERO DE FIGUEIREDO


2.ª edição, revista. Com a chancela do autor. Meia-encadernação de pele sólida, com nervos, em bom estado geral: mínimas marcas (“resto” inócuo de selo de biblioteca pessoal coevo). Sem capas de brochura. Miolo aparado e com algumas manchas. (8)+328+(4) páginas. 18,7 x 12,5 cm. Bom exemplar. Lisboa: Livrarias Aillaud e Bertrand, 1914.

Preço: 20 euros.


 


LEONOR TELES

FLOR DE ALTURA

ANTERO DE FIGUEIREDO


2.ª edição. 3.º milhar. Com a chancela do autor. Meia-encadernação de pele sólida, com nervos, em bom estado geral: marcas ligeiras, de transporte ou manuseio, na lombada, onde pontua mini-selo de biblioteca pessoal coevo, junto ao pé, que não perturba o conjunto. Com a capa de brochura anterior, e falta da posterior. Miolo aparado e limpo. xi+(1)+412+(4) páginas. 18,7 x 12,5 cm. Um exemplar digno. Lisboa: Livrarias Aillaud e Bertrand, 1916.

Preço: 18 euros.


 


A VIDA DE NUN’ÁLVARES


OLIVEIRA MARTINS


9.ª edição. 416 páginas. 20,5 x 15 cm. Exemplar com o miolo limpo, sem defeitos além da lombada amarelecida e dois ligeiros vincos. Lisboa: Guimarães Editores, 1984.

Preço: 12 euros.


 


A SEVÉRA


JÚLIO DANTAS


Teatro. Primeira edição. Peça em 4 actos representada pela primeira vez em Janeiro de 1901, no Teatro Dona Amélia (actual Teatro São Luiz), com Augusto Rosa no papel do Conde de Marialva. Dois anos depois, Dantas publicaria a primeira edição do romance A Severa.

Meia-encadernação sintética recente. Encadernado com ambas as capas de brochura (algo cansadas e com marcas de restauro), e não aparado. Miolo limpo. Assinaturas de posse discretas (de três épocas diferentes…) na capa, na página de ante-rosto e no rosto. 196 páginas. 21,5 x 13 cm. Lisboa: Manuel Gomes Editor, 1901.

Preço: 40 euros.



A SEVERA


JÚLIO DANTAS


Romance. Ilustrações de Maria Vasconcellos. Reproduz o prefácio do editor da 2.ª edição, Avelino S. Vieira. Em 2 volumes [1.º volume: 4.ª edição, 23.º milhar / 2.º volume: 4.ª edição]. Estimados. Colecção Portuguesa n.ºs 24 e 25. 172 e 205 páginas. 18,8 x 12,2 cm. Porto: Domingos Barreira Editor, [1945].

Preço: 20 euros.