GUILLAUME TELL

ou LA SUISSE LIBRE

FLORIAN


Primeira edição desta obra póstuma de Jean Pierre Claris de Florian (1755-1794), precedida do discurso de recepção do autor na Academia Francesa, de uma vie de l’auteur por JAUFFRET, de alguns dispersos inéditos, e de uma gravura, a par do rosto. Uma das várias versões da história do rebelde suíço que alimentaram a Europa no século XVIII, antecede a de Schiller em três anos.

Encadernação inteira de pele com dois rótulos na lombada, gravada a ouro; algum desgaste nas extremidades. Miolo aparado, amarelecido e com manchas leves, ocasionais. Corte das folhas carminado (sumido). 197 páginas (primeiras 36 com numeração romana, as restantes numeradas com algarismos árabes, começando no número 37). 14 x 8,5 cm. No geral, um exemplar interessante. Paris: de L’Imprimerie de Guilleminet, à la Librairie Économique, 1801.

Preço: 40 euros.



RIBATEJO
CASOS E TRADIÇÕES


FRANCISCO CÂNCIO


Uma das várias incursões de fundo de Francisco Câncio no registo e divulgação da cultura popular da província do Ribatejo. Os capítulos e as próprias imagens surgem com uma ordem aparentemente aleatória, unidos pelo desembaraço e segurança de um (bom) contador de histórias, alicerçado em anos de pesquisas nos livros e nas gentes. Vide índice nas fotografias (↑).

2 volumes ilustrados com fotografias, desenhos e gravuras, editados em fascículos. 525+485 páginas. 19,5 x 25,5 x 7,3 cm. Meia-encadernação ‘francesa’, não-editorial, sólida, com ligeiro desgaste nas extremidades, mormente nas cabeças e pés das lombadas. Bom estado geral. Edição com o patrocínio da Junta de Província do Ribatejo, s.l., 1948.

Preço: 165 euros.



OS AMORES DE CAMÕES
e de Catharina d’Athaide


MADAME GUATIER


Único romance da autoria de Mme. H. Gautier (nome mal grafado na edição portuguesa), originalmente publicado em Paris, 1827. (Les amours de Camoens et de Catherine d’Ataïde). Traduzido do francês por MARIA EMILIA DE MACEDO. Lisboa: Typ. de L. C. da Cunha, 1844.

Edição em dois volumes e com uma litografia — Pátria e musas choram junto ao túmulo do poeta, assinada Pereira e litografada por M.L. — a par do ante-rosto, tal como a edição original francesa. Os dois volumes encadernados num só. 202+215 páginas. 11,5 x 17 cm. Não aparado. Sem capas de brochura. Encadernação sem defeitos.

Possui no verso da litografia, tal como no verso do ante-rosto do segundo volume, uma (mesma) assinatura de posse (feminina) da época.

Preço: 45 euros.



NOVA DESCRIPÇÃO DE LISBOA, dos seus Arredores, e de CINTRA, PENA e MAFRA, com um ensaio historico de tudo quanto esta Capital contém de mais notavel; ornado com algumas estampas. Ensaio introdutório de Carlos Lindemann. Com capas de brochura e as duas gravuras extra-texto pertencentes, uma do Palácio da Pena, outra da Praça do Comércio, esta desdobrável. 135+(5) páginas. Capa com picos de oxidação. Lisboa: na loja de João P. M. Lavado, 1853.


GUIA DE VIAJANTES EM LISBOA, e suas visinhanças. Sem indicação de autor, mas com um enquadramento histórico inicial, e várias notas de rodapé. Capas de brochura com marcas de restauro de amador. 90+(4) páginas. Lisboa: na typographia de O. R. Ferreira e C.ª, 1845.


Duas obras completas e não aparadas, encadernadas num único tomo, em bom estado geral. Encadernação esdrúxula contemporânea de amador, 12 x 17,7 x 2,2 cm, em papel de fantasia cor-de-rosa com motivos geométricos dourados em relevo… Rótulo de pele.

Preço: 75 euros.