VIDA DE UM OPERÁRIO NUM PAÍS DE LESTE

( SALÁRIO À PEÇA )

MIKLOS HARASTZI


Um [certo] aspecto surge na componente não fictícia, mas abstracta, do livro — tanto mais abstracta quanto a experiência e o vivido são concretos. Quando se descrevem processos de trabalho precisos, eles elevam-se, por si próprios, à abstracção. Citemos, à letra, esta ou aquela frase do regulamento militar alemão e encontrar-nos-emos a fazer um «pastiche» de Kafka (por exemplo, as regras respeitantes à continência: em marcha, em sentido, deitado, de bicicleta, a cavalo, de carro, etc.). Se descrevermos, minuciosamente, os rituais que se praticam num escritório de administração (os gestos com que se aparam os lápis, por exemplo, ou com que se tiram ou põem os óculos, para os limpar) ou ainda os mil movimentos de um empregado de café, numa sala à cunha, esta pintura fiel parecer-nos-á abstracta e insólita. A tal ponto que até aqueles cujo universo de trabalho se encontra aqui descrito teriam dificuldade em considerar a descrição «realista».

Prefácio de Heinrich Boll,
pp. 9-14

Título da edição original: Darrabér. Traduzido do húngaro por Judit Svaradja e Joel Aizac. Tradução do francês por Miguel de Araújo. Capa de António Pedro. Colecção Vida e Cultura [n.º 79]. 233+(7) páginas. 22 x 15 cm. Capas com leves marcas de uso e guardas com alteração de cor; mantém-se um exemplar em bom estado geral. Lisboa: Livros do Brasil, [1978?].

Preço: 12 euros.



HISTÓRIA SOCIAL DO TRABALHO

DAS ORIGENS ATÉ AOS NOSSOS DIAS

PIERRE JACCARD


Um tomo cuidado, impresso em papel superior e com ilustrações de inúmeros artistas estrangeiros consagrados na história da arte europeia, entre os quais figuram os nomes de Júlio Pomar (2) e Rogério Ribeiro (1); vide índices ↑.

Tradução de Rui de Moura. Ilustrado com 37 extra-textos. 350+[74]+(2) páginas. 25 x 19 cm. Encadernação editorial sintética gravada a ouro na pasta frontal e na lombada. Miolo limpo. Bom exemplar. Lisboa: Livros Horizonte, [196?].

em conjunto com:

O TRABALHO NO SÉCULO XIX. Claude Fohlen. Tradução de Maria de Lurdes Almeida Melo. 143+(9) páginas. 18,3 x 11,5 cm. Bom estado geral. Colecção Breviários de Cultura n.º 4, Lisboa: Estúdios Cor, [Maio de] 1974.

 

Preço: 40 euros.



OS DEZ MANDAMENTOS


ÉMILE FAGUET


Obra em 10 volumes. Colecção completa. Com quatro das traduções realizadas pelo poeta Eugénio de Castro. Edição da Livraria Aillaud e Bertrand, Paris-Lisboa, e da Livraria Francisco Alves, Rio de Janeiro, cerca de 1911.

Em brochura. Medidas de cada volume: 15 X 9 cm. Conjunto das lombadas: 8,5 cm. Total de páginas 941 páginas (dez volumes). Estado geral aceitável, com alguns sublinhados e notas, uma ou outra assinatura de posse, ocasional mancha de humidade na capa (ver acima) ou falha de papel na lombada, e inclusão de pedaços de recorte de jornais relativos aos assuntos mencionados. Colecção invulgar, quando completa.

Constituída pelos seguintes títulos e tradutores:

DO AMOR DE SI MESMO. Tradução da 2.ª edição francesa por Souza Brandão. DO AMOR. Tradução da 6.ª edição francesa por Souza Brandão. DA FAMÍLIA. Tradução da 2.ª edição francesa por Eugénio de Castro. DA AMISADE. Tradução portuguesa por Eugénio de Castro. DA VELHICE. Tradução portuguesa por Eugénio de Castro. DA PROFISSÃO. Tradução da 2.ª edição francesa por Souza Brandão. DA PÁTRIA. Tradução da 2.ª edição francesa por Henrique de Figueiredo. DA VERDADE. Tradução portuguesa por Eugénio de Castro. DO DEVER. Tradução pela 2.ª edição francesa por L. Monteiro. DE DEUS. Tradução pela 2.ª edição francesa por L. Monteiro.

Preço do conjunto: 30 euros.



A PSICOLOGIA DA FADIGA

ESTUDO SOBRE AS PERTURBAÇÕES CEREBRAES
RESULTANTES DO TRABALHO INTELECTUAL

SECÇÃO DE ESTUDOS DO LABORATÓRIO SANITAS


Fisiologia da fadiga — Depressão física consecutiva aos esforços intelectuais — O problema da fadiga escolar — Perturbações nervosas dos estudiosos — etc. [ver índice]

Autor(es) não especificado(s). 78+(2) páginas. 20,5 x 15 cm. Muito bom exemplar. Lisboa: Laboratório Sanitas, 1938.

Preço: 12 euros.



O PRINCÍPIO DE PETER


LAURENCE J. PETER
RAYMOND HULL


Título original: The Peter Principle. Tradução de M. Bento e Patrícia Joyce. Capa de Mel Calman. Com ilustrações oitocentistas da revista Punch. 215+(5) páginas. 21 x 14 cm. Bom estado. Lisboa: Editorial Futura, 1971.

Preço: 12 euros.



O RECEITUÁRIO DE PETER

Como Produzir, Confiar e Ser Competente

LAURENCE J. PETER
RAYMOND HULL


Título original: The Peter Prescription. Tradução de Patrícia Joyce. Capa de Mel Calman. Com ilustrações oitocentistas da revista Punch. 265-(6) páginas. 21 x 14 cm. Bom estado de conservação. Lisboa: Editorial Futura, 1972.

Preço: 12 euros.



COLECÇÃO LOBO MAU


JEAN CARPENTIER
PARA UMA ANTIPOLÍTICA DA SAÚDE
Tradução de Maria Ponce. Capa de Fernando Felgueiras. 48 páginas. 18,2 x 11 cm. Sublinhado a lápis e com data manuscrita no interior da capa de brochura. Colecção Lobo Mau n.º 1. Lisboa, Editorial Teorema, 1974.
Preço: 7 euros.

WILHELM REICH
RACISMO E FASCISMO
Tradução de Maria Marques. Capa de Fernando Felgueiras. 48 páginas. 18,2 x 11 cm. Colecção Lobo Mau n.º 3. Lisboa, Editorial Teorema, 1974.
Preço: 7 euros.

HERBERT MARCUSE
EXIGIR O IMPOSSÍVEL
Tradução de Maria Marques. Capa de Fernando Felgueiras. 32 páginas. 18,2 x 11 cm. Manuseado. Colecção Lobo Mau n.º 4. Lisboa, Editorial Teorema, 1974.
Preço: 7 euros.

PAUL LAFARGUE
A RELIGIÃO DO CAPITAL
Tradução de J. Mega. Apresentação e notas de Jacques Girault. Capa de Fernando Felgueiras. 78 páginas. 18,2 x 11 cm. Com data manuscrita na página de guarda. Colecção Lobo Mau n.º 5. Lisboa, Editorial Teorema, 1975.
Preço: 7 euros.


(4) Textos ITAU

[23Nov20]


TEXTOS ITAU


Títulos da Colecção Textos ITAU, da ITAU edições, de Júlio Roberto (1929-2013). Plaquetes em formato de bolso (18x11cm), sem menção de local ou data de edição [Lisboa, 196?]:

N.º 1
JOSUÉ DE CASTRO
A EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA E A FOME NO MUNDO
Trabalho originalmente editado na revista Civiltà delle Machine de Julho/Agosto 1968.
34 páginas. Ligeira perda de cor na capa.

N.º 3
JÚLIO ROBERTO
CARTA URGENTE sobre a qualidade da vida
24 páginas. Ligeira perda de cor na capa.

N.º 4
BENTO DE JESUS CARAÇA
A CULTURA INTEGRAL DO INDIVÍDUO
problema central no nosso tempo
40 páginas.

N.º 5
BENTO DE JESUS CARAÇA
A ARTE E A CULTURA POPULAR
26 páginas.


Preço (do conjunto): 12 euros.



alguns títulos da Colecção

TEXTOS MARGINAIS


 

PAUL A. BARAN / PAUL M. SWEEZY
O SISTEMA IRRACIONAL
2.ª edição. Tradução de Emanuel Cirne. Edição de Henrique A. Carneiro. 51 páginas. 18 x 9 cm. Bom exemplar. Colecção Textos Marginais n.º 1, Porto, 1974.
Preço: 4 euros.

ANDRÉS NIN
A GUERRA CIVIL DE ESPANHA
Introdução de B. D. Wolfe. Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 50 páginas. 18 x 9 cm. Bom exemplar, estimado. Colecção Textos Marginais n.º 2, Porto, 1972.
Preço: 5 euros.

WILHELM REICH
O COMBATE SEXUAL DA JUVENTUDE
Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 192 páginas. 18 x 9 cm. Com assinatura de posse no rosto. Interior das capas e primeira e última página com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 3, Porto, 1972.
Preço: 4 euros.

FRIEDRICH ENGELS
CONTRIBUIÇÃO PARA A HISTÓRIA DO CRISTIANISMO PRIMITIVO
2.ª edição. Tradução de Jorge Vieira. Revisão de A. Simões. Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 43 páginas. 18 x 9 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa, rosto e última página. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 4, Porto, 1972.
Preço: 3 euros.

VV AA
OS CRISTÃOS E A LIBERTAÇÃO DOS POVOS
Autores: Yves Jolif, Jean Cardonnel, Francisco Lages Pessoa, e outros. Textos seleccionados e traduzidos por J. Magalhães. Volume editado por F. Osório. 139+(5) páginas. 17,9 x 8,8 cm. Muito bom exemplar. Colecção Textos Marginais n.º 5, Porto, [Maio de] 1972.
Preço: 5 euros.

JEAN-JACQUES ROUSSEAU
DISCURSO SOBRE AS ARTES E AS CIÊNCIAS

Tradução de António Ribeiro. Revisão de A. Simões. Edição de António Daniel Abreu. 56 páginas. 18 x 9 cm. Colecção Textos Marginais n.º 6, Porto, 1972.
Preço: 5 euros.

PIERRE VELLAY / G. L. WILLOX / JOSHUA S. HORN / EDGAR SNOW et alia
A MEDICINA E A VIDA HOSPITALAR NA R. P. DA CHINA
Testemunhos sobre a República Popular da China

3ª edição. Tradução de A. Cruz. Revisão de A. Simões. Edição de Henrique A. Carneiro. 144 páginas. 18 x 9 cm. Óptimo exemplar. Colecção Textos Marginais n.º 7, Porto, 1975.
Preço: 4 euros.

PAULO FREIRE
UMA EDUCAÇÃO PARA A LIBERDADE

Tradução de José Reis e Fátima Silva. 70 páginas. 18 x 9 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 8, Porto, 1972.
Preço: 5 Euros.

CONSTANTIN SINELNIKOFF
A FUNÇÃO DO ORGASMO EM WILHELM REICH
Tradução de J. Reis. Edição de Henrique A. Carneiro. 50 páginas. 18 x 9 cm. Com assinaturas de posse no ante-rosto e rosto. Colecção Textos Marginais n.º 9, Porto, 1973.
Preço: 3 euros.

CHARLES FOURIER
O NOVO MUNDO INDUSTRIAL E SOCIETÁRIO
e outros textos – antologia

Tradução de Patrícia Boanova. Edição de Henrique A. Carneiro. 129 páginas. 18 x 9 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 10, Porto, 1973.
Preço: 4 euros.

RADOVAN RICHTA
REVOLUÇÃO CIENTÍFICA E TÉCNICA E TRANSFORMAÇÕES SOCIAIS

Tradução de Patrícia Boanova. Edição de Henrique A. Carneiro. 65 páginas. 18 x 9 cm. Colecção Textos Marginais n.º 11, Porto, 1973.
Preço: 4 euros.

CELSO FURTADO / CLAUDE JULIEN / MILES D. WOLPIN / STANLEY HOFFMAN / CHARLES P. KINDLEBERGER
IMPÉRIO E IMPERIALISMO AMERICANO

Edição de Henrique A. Carneiro. 184 páginas. 18 x 9 cm. Ténues marcas de uso. Colecção Textos Marginais n.º 12, Porto, 1973.
Preço: 4 euros.

CH. ROUGE
UMA INICIAÇÃO À ECONOMIA
2.ª edição. Tradução de C. Queiroz. Edição de Henrique A. Carneiro. 64 páginas. 18 x 9 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 13, Porto, [9 de Maio de] 1974.
Preço: 3 euros.

MAURO FOTIA
IDEOLOGIAS E ELITES CONTEMPORÂNEAS

Edição de Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 18 x 9 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 14, Porto, 1973.
Preço: 4 euros.

HARRY MAGDOFF, PAUL A. BARAN, PAUL M. SWEEZY
TEORIA E HISTÓRIA DO CAPITALISMO MONOPOLISTA

Revisão de António José Fonseca. Edição de Henrique A. Carneiro. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. 103+(9) páginas. 18 x 9 cm. Colecção Textos Marginais n.º 15, Porto, 1974.
Preço: 4 euros.

THEO DIETRICH
PARA UMA PEDAGOGIA ACTIVA SOCIALISTA
a educação pelo trabalho de Pavel P. Blonsky

Tradução de Patrícia Boanova. Revisão de Manuel Soares. Edição de Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 18 x 9 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 20, Porto, 1974.
Preço: 4 euros.

DAVID RIAZANOV
SOCIALISMO, CASAMENTO E FAMÍLIA
a doutrina socialista do casamento

Tradução de A. Cruz. Revisão de A. Simões. Edição de Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 18 x 9 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 22, Porto, 1975.
Preço: 3 euros.

PAUL M. SWEEZY, RICHARD WOLFF, THEOTÓNIO DOS SANTOS, HARRY MAGDOFF
ECONOMIA POLÍTICA DO IMPERIALISMO

Tradução de A. Cruz. Revisão de A. Simões. Edição de Henrique A. Carneiro. 90 páginas. 18 x 9 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Colecção Textos Marginais n.º 23, Porto, 1975.
Preço: 3 euros.


 


MANIFESTO CONTRA O TRABALHO


GRUPO KRISIS


Prefácio de Norbert Trenkle, do Grupo Krisis. Tradução de José Paulo Vaz. Revisão da tradução de José M. Justo. 105-(7) páginas. 21 x 13 cm. Pequenas e ocasionais manchas leves junto ao corte do miolo, e assinatura de posse no canto superior exterior da página de guarda. Em bom estado geral. 1.ª edição. Lisboa: Edições Antígona, 2003.

Preço: 12 euros.


o Divino Marquês

[20Nov20]


The popular assumption that Sade was as sadistic as his monstrous fictional villains is still current today among the majority of the population who have never read a line of his work. In fact, Sade’s thought, which is expressed at great length in novels, short stories, plays, critical essays, and personal correspondence, is considerably more complex than allowed by any of the simplistic labels, positive or negative, associated with this mythical reputation.
[John Phillips]


DIÁLOGO ENTRE UM PADRE E UM MORIBUNDO


DONATIEN-ALDONSE-FRANÇOIS DE SADE


Primeira edição de um título do Marquês de Sade em língua portuguesa: um conto ultra-ateísta cuja forma de diálogo justifica uma inserção subreptícia na colecção Teatro no Bolso da Contraponto — com toda a coragem anárquica do seu editor, que o cuida de tal forma que alcança a proeza de não ser notado.

Versão portuguesa do poeta e tradutor José Manuel Simões conforme o texto editado por Jean-Jacques Pauvert em 1953. Ilustrado com um extra-texto, a par do rosto (frontispício de Man Ray) e uma vinheta de Minos, no final do texto. Com [2]+29+(3) páginas, e 16,4 x 11,8 cm. Um bom exemplar. Lisboa: Contraponto, [1959].

Preço: 25 euros.



JUSTINE

OU LES MALHEURS DE LA VERTU


SADE


A “segunda versão” de Justine, com “o” prefácio de Georges Bataille. Uma das históricas e modelares edições Pauvert do Marquês.

Com xxxvii+(2)+417+(9) páginas, e 16,3 x 12,5 cm. Capa sem manchas e com dois vincos; lombada amarelecida, com desgaste ligeiro nas arestas e vincos e deformação côncava (pouco pronunciada) de leitura [defeitos visíveis nas fotografias]. Miolo limpo, salvo iniciais de posse («A.G.») com data de Paris, Abril de 1960, no ante-rosto. No geral, um exemplar sólido e interessante.

Em Paris, pelo editor Jean-Jacques Pauvert, com diferentes referências para o ano de publicação: data de impressão no colófon, 1955; data na capa, contracapa e lombada, 1957; data no rosto, 1958.

Preço: 18 euros.



SADE, MEU PRÓXIMO


PIERRE KLOSSOWSKI


« (…) um conjunto de reflexões sobre a alma de Sade e o tempo em que viveu, baseado na psicopatologia do desejo absoluto determinado pelo objecto absoluto (Deus: fundamento da alma) a que Klossowski atribui uma importância relevante na medida em que ‘a pretensão de descrever de algum modo a infelicidade da consciência de Sade’ acaba por equiparar o sadismo à não-crença, questão nuclear em toda a obra de Sade» [da badana].

Ensaio-título [citado no prefácio de David Mourão-Ferreira à Filosofia na Alcova da Afrodite] precedido de um outro, O Filósofo Celerado. Tradução de Ana Hatherly. Capa sobre um quadro de Klossowski. 148+(4) páginas. 19 x 11 cm. Bom estado. Colecção Passagens n.º 44. Lisboa: Vega, 2008.

Preço: 15 euros.



QUARTET


DE SADE


Quatro contos, traduzidos do francês por Margaret Crosland: The Mystified MagistrateAugustine de VilleblancheMiss Henrietta StralsonRetaliation. 125+(3) páginas. 17,2 x 10,7 cm. Bom estado. Colecção 2’6 n.º 1722, London: Panther Books, 1964.

Preço: 10 euros.



RENÉE PÉLAGIE,

MARQUESA DE SADE


GÉRARD BADOU


Biografia da “marquesa de Sade” (até 1790), cúmplice inexcedível em atribulados episódios da vida do esposo. Tradução de Paula Reis. Título original: Renée Pélagie, marquise de Sade. 171 páginas. 23,2 x 15,7 cm. Exemplar estimado. Colecção Vidas da editora Teorema, Lisboa, 2005.

Preço: 13 euros.



OS CRIMES DO AMOR

seguido de

HISTORIETAS MALICIOSAS


MARQUÊS DE SADE


Inclui alguns dos contos “clássicos” do autor. Abre com o célebre ensaio Idée sur les romans, («Ideia sobre os romances»), e prossegue com: «Faxelange», «Florville e Courval», «A Condessa de Sancerre» e «Eugénie de Franval». As historietas maliciosas: «Faça-se como é pedido», «A mulher virtuosa», «O bispo metido num atoleiro», «O preceptor filósofo», «A flor de castanheiro», «O talião» e «Há lugar para dois».

Textos integrais, seleccionados e traduzidos por João Costa. 6.ª edição. 242+(16) páginas. 20,3 x 12,7 cm. Encadernação editorial amarelecida junto ao topo. Miolo limpo. Bom estado geral. Lisboa: Círculo de Leitores, 1978.

Preço: 12 euros.



LAUTRÉAMONT ET SADE


MAURICE BLANCHOT


Dividido em duas partes: «La raison de Sade» (pp. 15 a 49), e «L’experience de Lautréamont» (pp. 51 a 188). Capa com um pormenor de uma carta de Lautréamont. 188+(4) páginas. 22 x 13,5 cm. Colecção Arguments. Bom estado. Paris: Les Editions de Minuit, 1976.

Preço: 14 euros.



O MARQUÊS DE SADE E A SUA CÚMPLICE

seguido de

PORTUGAL EM SADE, SADE EM PORTUGAL


JEAN PAULHAN


Jean Paulhan no seu melhor (finaliza com a transcrição do depoimento do autor, em tribunal, no julgamento de Pauvert), traduzido e anotado por Alberto Nunes Sampaio, seguido de «Portugal em Sade, Sade em Portugal», ensaio de António Carmo Luís [pseudónimo de Aníbal Fernandes que já não figura na segunda edição, de 2016] com digressão pelas referências a Portugal nas obras publicadas e correspondência de Sade e uma entrevista ao editor da Afrodite, Fernando Ribeiro de Mello.

Capa com pormenor de Ingres. 90+(6) páginas. 20,5 x 14,5 cm. Colecção Memória do Abismo n.º 37. Muito bom exemplar. Lisboa: Hiena Editora, 1992.

Preço: 10 euros.



A ARTE MODERNA


JOSEPH-EMILE MULLER


Um ensaio que procura «aprofundar a significação da arte moderna e abordá-la, não apenas como fenómeno específico, mas integrado na sociedade do nosso tempo», abragendo um período que, «partindo do impressionismo, vai até às mais recentes produções dos informalistas» [cits. contracapa].

Tradução de Ruy Belo. Capa de A. Dias. Prefácio do autor (Janeiro de 1963). Ilustrado com extra-textos em couché. 175 páginas. 18,5 x 11,5 cm. Bom estado. N.º 7 da colecção Perspectivas. Lisboa: Editorial Presença, 1964.

Preço: 13 euros.



[5 catálogos e 1 conferência, 1956-1994]

NIKIAS SKAPINAKIS


EXPOSIÇÃO DE
NIKIAS SKAPINAKIS
Catálogo da exposição de óleos e guaches na Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa, 1956. Com um texto introdutório do artista, lista de obras e preços de venda. Tiragem de 250 exemplares. 4 páginas. Não ilustrado. 22 x 16,5 cm. Raro.

INACTUALIDADE DA ARTE MODERNA
NIKIAS SKAPINAKIS
Conferência realizada no 1.º Salão de Arte Moderna da Sociedade Nacional de Belas Artes, em Outubro de 1958, com a nota de que o texto «foi parcialmente publicado no suplemento literário do jornal O Comércio do Porto». 37 páginas. 19,5 x 12 cm. Capa cansada, com manchas e marcas superficiais de bicho do papel, junto à margem inferior. Miolo limpo, salvo pequena rubrica de posse na primeira página, datada de 1959. Lisboa: Seara Nova, 1958.

NA GALERIA ZEN
NIKIAS SKAPINAKIS
Catálogo da exposição de óleos, guaches e serigrafias na Galeria Zen, Porto, Maio de 1977. Inclui um texto de Fernando de Azevedo sobre o pintor, escrito para a exposição. Lista de obras, e medidas. Não ilustrado. 4 páginas + capa. 24,5 x 17 cm.

PINTURA E DESENHO 1985-1986
NIKIAS SKAPINAKIS
Catálogo da exposição de pintura (óleo) e desenho, 36 obras no total. Na Galeria 111, Maio-Junho 1986. Desdobrável [24 x 17 / 24 x 42,5 – aberto]. Capa com a reprodução de A Catarata de Keisai (II), n.º 22 do catálogo. Inclui lista de obras e medidas. Bom estado.

AS NATUREZAS METAFÍSICAS
NIKIAS SKAPINAKIS
Catálogo da exposição de pintura e desenho «As Naturezas Metafísicas», de Nikias Skapinakis, que teve lugar na Cooperativa Árvore, em Dezembro de 1991. Montagem da exposição de Laura Soutinho, e design do catálogo de Humberto Nelson. Tiragem de 500 exemplares. Com 31,5 x 24,5 cm e 8 páginas. Contém um texto de Nikias Skapinakis, em português e inglês, reprodução de cinco pinturas e catálogo das obras presentes (título, ano e medidas).
Seguindo-se às Paisagens do Vale dos Reis e às Paisagens Internas, que se desenvolveram ao longo dos anos 80, as Naturezas Metafísicas introduziram algumas modificações, mais ou menos profundas, relativamente àquelas séries.
O sentido de paisagem que tinha identificado os quadros do Vale dos Reis e que nas Paisagens Internas se associou a uma concepção de natureza morta, desapareceu nas “naturezas” recentes, favorecendo o reaparecimento de uma figuração destituída de realismo. (…)

CARTAZES
NIKIAS SKAPINAKIS
Catálogo da exposição de pintura «Cartazes», de Nikias Skapinakis, que teve lugar na Galeria Quadrum, em Maio de 1994. Inclui o postal de publicidade à exposição, com uma imagem de uma pintura não reproduzida no catálogo. Tiragem de 500 exemplares. Com 30 x 21 cm e 14 páginas. Contém um texto de José-Augusto França, em português e inglês, reprodução de quatro pinturas (duas de página inteira) e catálogo das obras presentes (título, ano e medidas).


 

Preço do conjunto: 50 euros.

 



OS CARACTERES


LA BRUYÈRE


Um clássico do século XVII, com tradução, selecção e prefácio de João de Barros. Na Colecção Clássicos Sá da Costa, da Livraria Sá da Costa Editora, em encadernação editorial gravada a ouro e azul, conserva capas originais, e a lombada. Com xvi+243 páginas, e 18 x 12,7 cm. Bom estado. Lisboa: Livraria Sá da Costa Editora, 1941.

Preço: 17 euros.



METAFÍSICA DO AMOR


ARTHUR SCHOPENHAUER


Tradução de Lôbo Vilela. N.º 43 da colecção Cadernos Culturais Inquérito [n.º VII da série C, Filosofia e Religião]. 80 páginas. 12,2 x 18,8 cm. Bom estado de conservação. Lisboa: Editorial Inquérito, 1940.

Preço: 12 euros.



ARANHAS, ARANHIÇOS E ARANHÕES

(NOTAS SOBRE A VIDA DAS ARANHAS)

EDUARDO SOUSA D’ALMEIDA


O agrónomo Eduardo Sousa d’Almeida, autor de títulos apícolas amplamente reeditados, deixa-se fascinar por um outro insecto num dos mais curiosos títulos da Bilblioteca Cosmos, esse monumento da divulgação científica popular dirigido por Bento de Jesus Caraça.

Alguns tópicos: as fiandeiras — rendas aéreas — a geometria da teia — as núpcias — as creches — aranhas marinhas. Ver índice acima.

Número 58 da numeração geral da Biblioteca Cosmos, o 27 da 1.ª secção, Ciências e Técnicas. Não ilustrado. 123+(5) páginas. 18,7 x 12,8 cm. Cartonagem editorial com pequenos defeitos. Bom estado geral. Lisboa: Edições Cosmos, 1944.

Preço: 12 euros.



THE SPIDER’S WEB


THEODORE H. SAVORY


Ilustrado extra-texto com 8 lâminas a cores (ilustração científica) e 19 ilustrações a preto (fotografias); no texto, com 35 desenhos a linha (esquemas e esquissos). 154+(2)+(54) páginas. 17 x 12,5 cm. Sobrecapa sem perda da cor geral ou amarelecimento dos brancos, possui falhas nas orlas e mínimas marcas de restauro no interior. Encadernação editorial sintética gravada a ouro e a preto, em bom estado. Miolo limpo; papel superior. Bom estado geral.

As teias de aranha e as suas arquitecturas e geometrias, a fisiologia de diferentes aranhas e os diferentes tipos de teia — um tratado com rigor britânico, inteiramente dedicado a um tema transversal a várias disciplinas, que publicado há 68 anos se mantém procurado e apreciado, embora não mais reeditado: é a primeira e única edição, publicada na colecção The Wayside and Woodland Series, London: Frederick Warne and Co., 1952.

Preço: 40 euros.



GENEALOGIA DA ARTE GÓTICA


FERNANDO DE PAMPLONA


Separata de MUSEU. No ante-rosto, dedicatória autógrafa do autor — «homenagem de muito apreço» a um «ilustre amigo» — datada do ano de edição. Tem 24 páginas, e 17 x 12 cm. Não ilustrado (a gravura pertence à contracapa; diâmetro 45 mm). Exemplar manuseado. Capa com picos de oxidação. Miolo limpo. Gaia: Edições Pátria, 1935.

Preço: 12 euros.



ENSAIO SOBRE AS LIBERDADES


RAYMOND ARON


«Apesar de tudo, entre aqueles que defendem o primado do liberalismo e aqueles que defendem o primado da democracia, subsiste uma diferença no plano dos princípios que modifica grandemente os juízos sobre as instituições ou sobre os problemas. Para nos entendermos, ainda falta definir a liberdade que o liberalismo põe acima de tudo, por razões de moral ou de eficácia.» (p.117)

Tradução de Ruy Belo. Capa de Raul Sarroeira. Título original: Essai sur les Libertés. Bom exemplar. Brochado. Com 210+(2) páginas, e 21,7 x 14 cm. Na Colecção Ensaios e Documentos da Editorial Aster, Lisboa, [1969].

Preço: 20 euros.



CAMILO E OS MÉDICOS


MAXIMIANO LEMOS


Prefácio de João de Araújo Correia. Um dos 25 exemplares fora de mercado marcados «F.M.», da tiragem especial de 250+50, em papel Vergé creme de 100 gramas, no formato de 280 x 175 mm, com sobrecapa reproduzindo um desenho-colagem de Armando Alves, director-gráfico da edição. Abre com um texto de Eugénio de Andrade. Brochado. Ilustrado. Com (4)+374+(10) páginas. Em muito bom estado de conservação, salvo mínimas imperfeições na sobrecapa (machas leves na zona mais clara). Porto: Editorial Inova, [Novembro de] 1974.

Preço: 50 euros.



CAMILO E OS MÉDICOS


MAXIMIANO LEMOS


Prefácio de João de Araújo Correia. Com um retrato de Camilo por José Rodrigues, e duas notas, de Óscar Lopes e Eugénio de Andrade. Ilustrado. 424+(8) páginas. 24 x 17 cm. Brochado com sobrecapa (reproduzindo aguarela de António Cruz). Em muito bom estado de conservação. Porto: Modo de Ler, 2012.

Preço: 20 euros.



A PERSONALIDADE NEURÓTICA
DO NOSSO TEMPO


KAREN HORNEY


Ensaio. Tradução de Fernando Gil. Prefácio de Joaquim Seabra-Dinis, datado de 1961. Com 312+(4) páginas, e 18,5 x 12 cm. Defeitos: minúscula data manuscrita (3/5/72) num canto da página de guarda, e alguns pontos de perda de cor na capa. No geral, um bom exemplar. Lisboa: Minotauro, [s.d.], com distribuição Dina Livro.

Preço: 18 euros.



ANTEU

CADERNOS DE CULTURA


Publicação não periódica cuja existência se resume a estes dois primeiros números, datados de Fevereiro e Maio de 1954. Orientação de António Osório, Fausto Denis, José Leitão da Graça, Pedro Tamen e Rogério Fernandes. Impresso na Imprensa Libânio da Silva, em Lisboa.

N.º 1: colaborações de António de Campos, António Osório, Cristovam Pavia, Fausto Denis, João Palma-Ferreira, Pedro Tamen, Rogério Fernandes e Luigi Fiorentino. 16 páginas. 24,3 x 19,5 cm. Capa com algumas manchas.

N.º 2: colaborações de Edith Sitwell, J. Monteiro Grilo, Manuel Cortes Rosa, Carlos Silva Dias, Pedro Tamen, Maria Valupi, Rogério Fernandes, António Osório, Mário Mendes, J. Carlos Maia Nogueira e Fausto Denis. 24 páginas (por abrir). 24,3 x 19,6 cm. Muito bom estado de conservação.

Conjunto invulgar.

Preço: 90 euros.



NOTAS SOBRE OS CEGOS


FERNANDO FALCÃO MACHADO


Assinado por Falcão Machado com dedicatória.

Acrescido de três pequenos recortes de notícias de jornal alusivas à conferência do autor que deu origem a este texto, realizada no Ateneu Comercial de Lisboa, por ocasião do 100.º aniversário da morte de Louis Braille, e do 25.º aniversário da Associação de Beneficência Louis Braille.

Separata do Boletim da Assistência Social [ano 10.º / n.º 107 a 110, Janeiro a Dezembro de 1952]. Com 22 páginas, e 17,2 x 24,1 cm. Composto e impresso em Lisboa, 1953. Bom estado.

Preço: 17 euros.



FUTEBOL PARA O SERÃO

RECORDAÇÕES E REFLEXÕES DE UM VELHO ACADÉMICO

ARMANDO SAMPAIO


Capa de J. R. Neves. Ilustrado com fotografias e desenhos. Brochado. 238+(4) páginas. 19 x 13 cm. Coimbra: [edição do autor], 1944. Depositária: delegação de O Primeiro de Janeiro em Coimbra.

Exemplar manuseado, e com assinatura de posse, no interior do rosto, de Alberto Costa, “Coimbra, 17 de Fevereiro de 1945”. Capa com ligeiras imperfeições nas orlas e muito ténues marcas de bicho de papel; contracapa manchada.

Invulgar.

Preço: 35 euros.



MEMÓRIAS DE PEYROTEO

1937-38 / 1949-50

FERNANDO PEYROTEO


Um dos mais extraordinários jogadores portugueses de todos os tempos, detentor de recordes imbatidos mais de 60 anos passados, fez parte, com Travassos, Jesus Correia, Albano e Vasques, do temível quinteto atacante do Sporting Clube de Portugal que assinou 1211 golos em 1547 jogos: os “Cinco Violinos”.

Exemplar estimado, com dedicatória do autor, em Maio de 1957, ano da publicação. Prefácio de Cândido de Oliveira. Ilustrado com desenhos, fotografias e fac-similes de artigos de jornal. 392 páginas. 21,5 x 15,5 cm. Bom estado. Invulgar. Lisboa: edição do autor, 1957.

Preço: 40 euros.



CARLOS LOPES
e a Escola Portuguesa do Meio Fundo


MÁRIO MONIZ PEREIRA


[Um professor histórico do desporto português descreve um dos seus melhores alunos.] Publicado quando Carlos Lopes era já um atleta de excepção — campeão do mundo de corta-mato e medalha de prata olímpica nos 10.000 metros, em 1976 — mas uns anos antes do momento mais alto da sua carreira, a medalha de ouro na maratona dos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984.

Prefácio de Vítor Santos. Fotografias de Nuno Ferrari. Profusamente ilustrado com tabelas, quadros explicativos e fotografias. Brochado. 91 páginas. 20 cm x 18,5 cm. Capa cansada. Lisboa: Sá da Costa Editora, 1981.

Preço: 17 euros.



O INVENCÍVEL BOXE CHINÊS
(KUNG-FU)

BRUCE LEE E AS TÉCNICAS SECRETAS DO KARATE DE ESTILO CHINÊS

RUY DE MENDONÇA


História e bases detalhadas de trabalho técnico individual. Primeira edição. Brochado. Ilustrado com inúmeras fotografias a preto. 68 páginas. 23 x 16 cm. Pequenas marcas de manuseio, na capa. Em bom estado geral. Lisboa: Livraria Popular de Francisco Franco, 1973.

Preço: 20 euros.



MANUAL DE PATINAGEM ARTÍSTICA SOBRE RODAS

DANÇAS OBRIGATÓRIAS


MARCELINO J. NOGUEIRA


Um manual preparado para a Escola de Patinagem Artística do Grupo Cultural e Desportivo da TAP, pensado para oferecer uma aprendizagem progressiva e «boa orientação quanto ao ensino da técnica exigida». Com a explicação teórica e gráfica dos passos de dança para cada uma das 44 danças obrigatórios, e capítulos sobre dança livre, a filosofia da dança internacional, as regras dos júris ou a música apropriada. Vide fotografias do índice.

Invulgar. Manuseado e com ligeira perda de cor na capa. Ilustrado com desenhos, esquemas e fotografias. Com 231 páginas acrescidas de uma folha volante de 4 páginas sobre o foxtrot italiano, com o esquema e as explicações dos passos de dança. 16 x 23,2 cm. Lisboa: Grupo Cultural e Desportivo da TAP, 1979.

Preço: 40 euros.



MANUAL DE ESGRIMA

PARA USO DO EXÉRCITO


ANTÓNIO DOMINGOS PINTO MARTINS


Com desenhos de M. Gustavo Bordalo Pinheiro. 142 páginas. 15 x 23,5 cm. Encadernação sintética moderna, com pequena mossa na aresta superior da pasta frontal. Capas de brochura com marcas de restauro. Lisboa: Livraria de António Maria Pereira, 1895.

Preço: 45 euros.



L’ESCRIME

FLEURET, ÉPÉE, SABRE

KIRCHHOFFER
JOSEPH-RENAUD
LÉON LECUYER


Ilustrado com fotografias, desenhos e tábuas. 63+xxxvi páginas. 13 x 19 cm. Capas com mancha de tinta visível na fotografia. Paris: Bibliothéque Larousse, [1911?].

Preço: 15 euros.



BASES DA ESGRIMA MODERNA

DE FLORETE, ESPADA E SABRE

CARLOS DE CAMPOS ANDRADA


O autor: Mestre de Armas, Capitão de Artilharia e professor de Esgrima na Escola de Esgrima do Exército, com o curso de Aperfeiçoamento do Real Instituto Militar Húngaro “Toldi Miklos”, de Professores de Desporto e Mestres de Esgrima.

Prefácio de Joaquim Gonçalves Mendes Júnior. Ilustrado com 8 páginas de fotografias a preto e branco. Brochado. Capa com defeitos visíveis. 160 páginas. 16,5 cm x 23,5 cm. Lisboa: [s.e.], 1946.

Preço: 18 euros.



LIÇÕES DE ESGRIMA

DE FLORETE, SABRE E ESPADA

CARLOS DE CAMPOS ANDRADA


O autor foi professor de Esgrima na Escola de Esgrima do Exército. Brochado. 131 páginas. 14,9 cm x 20,4 cm. Assinatura de posse na folha de rosto. Capa com ligeiras manchas, miolo limpo. Lisboa: Escola do Exército, 1946.

Preço: 22 euros.



CARTEIRA DO ARTISTA


SOUZA BASTOS


Apontamentos para a Historia do Theatro Portuguez e Brazileiro acompanhados de notícias sobre os Principaes artistas, escritores dramaticos e compositores estrangeiros.

Jornalista e “homem do teatro” — empresário, director teatral, encenador e ensaiador, dramaturgo e dramatógrafo —, António de Sousa Bastos (1844-1911), marido da actriz Palmira Bastos, compilou esta grande e pequena história do teatro português seu contemporâneo, o do final do século XIX, com espaço para muito mais do que actores, dramaturgos e salas de teatro.

Os índices alfabéticos listam: actores portuguezes e brazileiros; actrizes portuguezas e brazileiras; aderecistas; architectos, auctores de figurinos e decoradores; artistas dramáticos estrangeiros; benemeritos do theatro; cabelleireiros de theatro; cantores portuguezes; companhias diversas; contraregras; curiosidades theatraes; decretos, portarias, tratados e outros documentos referentes ao theatro; diversos empregados de theatro; dramas, comedias, tragedias, operas-comicas, revistas e peças phantasticas notaveis pelo seu merecimento ou pelo sucesso que obtiveram; emprezarios theatraes; ensaiadores portuguezes e brazileiros; escriptores, dramaticos e criticos theatraes, portuguezes e brazileiros; escriptores dramaticos estrangeiros; guarda-roupas; machinistas; musicos estrangeiros; musicos portuguezes e brazileiros; operas e dansas; pontos; scenographos; theatros estrangeiros; e theatros portuguezes e brazileiros.

Esta espécie de enciclopédia caótica do teatro, repleta de pequenas gravuras, está inicialmente organizada cronológicamente, por dias e meses do ano: nascimentos de determinado actor, estreia de uma dada peça, abertura de uma nova sala, etc.
O dito calendário ocupa um pouco mais de metade do livro, bem organizada mas, a partir da página 475, a sucessão de apêndices, acrescentos, correções, adendas, novas informações, rectificações, ampliações e eventos sem data torna a pesquisa de informação uma curiosa aventura proto-hipertextual para a qual o índice de 30 páginas supra-citado é a peça chave.

Primeira edição. Lisboa: Antiga Casa Bertrand — José Bastos, Editor, 1899. Com 868 páginas, e 26 x 18,5 cm. Encadernação com lombada em pele, com ligeiro desgaste. Aparado. Conserva a capa de brochura anterior, uma litografia de Raphael Bordallo Pinheiro. Pequenas e inócuas marcas de bicho do papel em algumas páginas. Assinatura de posse no rosto. Exemplar interessante, sólido, em bom estado geral.

Preço: 95 euros.


 

Disponível online, digitalizado, aqui.

 



DOCUMENTOS PARA A

HISTÓRIA DA TIPOGRAFIA PORTUGUESA

NOS SÉCULOS XVI E XVII


VENÂNCIO DESLANDES


Reprodução em fac-símile do exemplar com data de 1888 da Biblioteca da INCM. Introdução de Artur Anselmo. Com um retrado de Venâncio Deslandes, reprodução de uma gravura de 1905. [Índice dos tipógrafos reproduzido em duas das fotografias supra ⇑ ]. Edição sob os auspícios da Comissão Executiva do V Centenário do Livro Impresso em Portugal. Em bom estado. 316+(4) páginas. 24,4 x 16,8 cm. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1988.

Preço: 35 euros.



ANTIGUIDADE TARDIA E PALEOCRISTIANISMO
EM PORTUGAL


M. JUSTINO MACIEL


Trabalho de investigação sobre História da Arte e Arqueologia na área da Antiguidade, em que se apresenta uma nova sistematização dos dados existentes da Antiguidade Tardia em Portugal e seus testemunhos artísticos. Após um levantamento dos refereciais históricos, arqueológicos e literários disponíveis, equaciona-se a interacção que neste contexto existe entre a cidade e o campo, bem como a progressiva abertura a este último e os reflexos que tal dinâmica produz nas manifestações artísticas.
Um estudo dos signos visivelmente conotados com as religiões orientais revela que eles se apresentam numa comunidade de uso de que participam quer a cultura romana quer o crisitianismo. A constatação desta realidade surge como profundamente significante de uma evolução da arte da Antiguidade Tardia numa dinâmica entre a opacidade e a transparência, que vem permitir novas abordagens da escultura, do mosaico e mesmo da arquitectura, da pintura e da decoração de cerâmica. Na sequência desta constatação, efectua-se uma nova leitura dos mais importantes monumentos dos contextos romano tardio, suevo e visigótico, progressivamente conotados com as propostas vivenciais cristãs. No centro desta realidade, quer numa perspectiva sintagmática, quer numa perspectiva paradigmática, estudam-se os monumentos de Tróia de Setúbal, onde a arte romana tardia se revela plenamente como em qualquer outro ponto do Império Romano. Esta investigação desenvolveu-se [ainda com] trabalhos de campo em vários [outros] locais, designadamente em Conímbriga, [e] na Villa Romana do Montinho das Laranjeiras (Algarve).

Com prólogos de J.M. Bairrão Oleiro e Theodor Hauschild. Ilustrado com fotografias, desenhos e plantas. 347 páginas. Formato álbum: 21 x 29,5 cm. Capa manuseada, miolo limpo e em bom estado. Lisboa: Edições Colibri, 1996.

Preço: 27 euros.



RELIGIÕES DA LUSITÂNIA


J. LEITE DE VASCONCELOS


[U]m livro ímpar, pela amplitude e rigor da pesquisa,
pelo sólido travejamento, pelo poder evocativo de tempos passados.

[Orlando Ribeiro]

Obra completa em 3 volumes, na reedição fac-similada da primeira edição, colecção Temas Portugueses da Imprensa Nacional-Casa da Moeda, Lisboa, 1981.

Ilustrados a cor e a preto, e com desdobráveis. 3 volumes de (8)+xl+440+(10) págs.; (4)+xviii+372+(6) págs; e (6)+xviii+636+(4) págs. Com 24,2 x 15 (x 8,3) cm. Miolo limpo. Capas com sinais de manuseio [visíveis nas fotografias ↑], e lombadas amarelecidas e com vincos de leitura. Sólidos. Bom estado geral.

Em conjunto com:

RELIGIÕES ANTIGAS DE PORTUGAL. Aditamentos e observações às Religiões da Lusitânia de J. Leite de Vasconcelos. Fontes epigráficas, de JOSÉ MANUEL GARCIA. Complemento essencial aos 3 volumes, dividido em 3 partes: na primeira, republicação de trabalhos dispersos de Leite de Vasconcelos que se ligam directamente às Religiões da Lusitânia, como aditamentos; na segunda parte, acompanhamento crítico da leitura dos 3 volumes, analisados numa perspectiva actual; e na terceira, as fontes epigráficas não publicadas por Leite de Vasconcelos, e «todas as inscrições epigráficas encontradas até 1986 em Portugal”. Com mapas, plantas, gravuras e fotografias. 688 páginas. 24,2 x 15 cm. Capa e lombada com descoloração marginal. Na colecção Temas Portugueses da Imprensa Nacional-Casa da Moeda, Lisboa, 1991.

AS RELIGIÕES DA LUSITÂNIA DE J. LEITE DE VASCONCELOS: contribuição para o seu estudo — alguns comentários e ÍNDICES gerais, de PAULA BÁRCIA. Ilustrado com mapas e contendo índices didascálico, bibliográfico, onomástico, ideográfico e geográfico; e ainda um índice de figuras e um de instituições, complementados com uma rubrica “diversos” onde se englobam “indicações de congressos, efemérides e colecções particulares de certa importância, a que Leite de Vasconcelos faz referência”. 274+(12) páginas. 24,2 x 15 cm. Miolo limpo, capa com manchas leves, marginais. Na colecção Temas Portugueses da Imprensa Nacional-Casa da Moeda, Lisboa, 1982.

Preço (conjunto dos 5 volumes): 135 euros.



ALMA DO CIRURGIÃO

(ESTUDO PSICOLÓGICO)

JEAN LOUIS FAURE


Separata da «Revue» de Paris. Tradução e prefácio de Álvaro Colaço, assistente da Faculdade de Medicina. Impresso em excelente papel. Encadernação editorial com lombada em tela. 47 páginas. 20 x 14 cm. Manuseado e em bom estado. Lisboa: Livrarias Aillaud e Bertrand, 1924.

Preço: 20 euros.



HEPTAMERON


MARGARIDA DE NAVARRA


Obra completa em 2 volumes. Maquete de Manuel Correia. Tradução de Gabriela Ramirez Garcia (vol.1) e Álvaro Pereira (vol.2) e 28 ilustrações extra-texto de Henrique Manuel. Encadernação editorial sintética, em bom estado. Miolo limpo. 284+260+(56) páginas. 24 x 17 (x 5) cm. Com um marcador das colecções Serpente e Mocho [tamanho pequeno 14,9 x 4,8 cm]. Estimados. Lisboa: Estúdios Cor, 1977.

Preço: 45 euros.



D. PEDRO I
E A SUA ÉPOCA


JOSÉ ESTEVÃO DE MORAES SARMENTO


Um longo ensaio pondo em questão a veracidade histórica da crónica que Fernão Lopes dedicou à vida do rei D. Pedro I. Vide índice completo nas fotografias (↑). Exemplar da tiragem normal. Com a capa anterior (espelhada), mas não a posterior. Miolo com pequenas marcas de uso, aparado à cabeça. Com (12)+xliv+562+(2) páginas, e 16,5 x 23,5 cm. Porto: Imprensa Portuguesa, 1924.

* Encadernado com:

Pareceres da Academia das Sciencias de Lisboa àcerca do Livro D. Pedro I e a Sua Época do General Moraes Sarmento. 2.ª edição [ambas fora de mercado], com adenda pelo Dr. Armelim Junior, sócio da mesma academia. Inclui a petição do parecer, pelo general Moraes Sarmento, e os pareceres da secção de jurisprudência (Artur Montenegro; D. António, cardeal patriarca; Júlio de Vilhena; e Visconde de Carnaxide) e da secção de História (Vicente Almeida d’Eça; Pedro Augusto de S. Bartolomeu Azevedo; António Baião; e António Ferrão) da Academia, aprovados pelo secretário-geral, Cristovam Ayres. Invulgar. 37+(3) páginas. 14 x 21 cm. [s.l]: Sintra Gráfica, 1929.

Encadernação sintética moderna, meia-francesa, sem defeitos.

Preço: 45 euros.



DICIONÁRIO HISTÓRICO DAS PALAVRAS PORTUGUESAS DE ORIGEM TUPI


ANTÓNIO GERALDO DA CUNHA


Verbetes estudados «sob o aspecto da sua categoria gramatical, das variantes cronológicas e da etimologia do vocábulo português», seguidos de «definição e diferentes acepções» e citações exemplificativas do uso linguístico, cotejadas do património bibliográfico português e brasileiro, tanto literário como histórico, do século XVI ao século XX.

Colaboração de Gilda da Costa Pinto. Prefácio-estudo de António Houaiss. Extensa bibliografia.

Encadernação editorial. 358 páginas. 17,9 cm x 26,3 cm. Bom estado. São Paulo: Melhoramentos / Ed. da Universidade de São Paulo, 1978.

Preço: 35 euros.



ELEMENTOS PARA A HISTÓRIA
DO MUNICÍPIO DE LISBOA


EDUARDO FREIRE DE OLIVEIRA


Título e autor, tal qual figuram no rosto: Elementos para a História do Município de Lisboa, por Eduardo Freire de Oliveira, arquivista da Camara Municipal da mesma cidade. 1.ª PARTE. Publicação mandada fazer a expensas da Camara Municipal de Lisboa, para commemorar o centenario do Marquez de Pombal em 8 de Maio de 1882.

Mais de 10 mil páginas de documentos oficiais de algum modo relevantes, organizados cronologicamente e alusivos a séculos de assuntos invariavelmente díspares — as iguarias de um banquete celebratório, a colocação na prisão do Limoeiro do líder de uma «companhia de comediantes de Castella», a lista das pessoas de cada freguesia que se recusam a participar numa campanha de limpeza pública, a morte do rei —, num panorama que permite acompanhar os reflexos da política e da história do país nas várias decisões e questões do município d’esta cidade onde desde muito cedo esteve instalado um Governo demasiado centralista.

Temos assim «a carta regia que trouxe a communicação official da morte de Filippe II» (tomo II, quase todo dedicado ao “tempo dos Filipes”, pág. 590), «a ruína de Lisboa», no sábado 1 de Novembro de 1755 (tomo XVI, a partir da página 133, com lista e descrição sumária de abalos sísmicos anteriores, nomeadamente os de 1309, 1321, 1344, 1356, 1512, 1531, 1551, 1575, 1597, 1598, 1699 e 1724), a inauguração da estátua equestre de D. José (em parte citada aqui) ou a «consulta da Cammara a el-rei em 2 de julho de 1650», onde se propõem os nomes de «doze fidalgos, doze cidadãos e doze homens do povo» para «terem as chaves das quatro portas da cidade» (tomo V, p. 208, antecedendo em algumas páginas a lista exaustiva dos preços de venda de todo o tipo de animais para alimentação, indexados inteiros, em partes, e por género).

O primeiro documento transcrito no tomo I, que não o foral de 1179, data de 7 de Novembro de 1190, e o último documento transcrito no tomo XVII data de 23 de Agosto de 1777. Entre ambos, os diversos prefácios e as anotações constantes de Freire de Oliveira (1841-1916) desvelam e aprofundam as origens e importância dos textos que transcreve. Contém ainda algumas ilustrações, muito poucas, destacando-se a litografia da Divisa da Cidade, que abre o tomo X, ou a «planta litographada da sala das sessões do senado da camara de Lisboa, que acompanha a carta regia de 13 de Novembro de 1773» (tomo I, pág. 68).

[Para uma descrição mais detalhada da cronologia de cada tomo, consulte-se o artigo de António Miranda na Rossio n.º 1, de 2013. Como o plano cronológico da 1.ª parte da obra deveria ter prosseguido até ao ano do início da publicação (1882), suspeita-se que, além da nunca publicada 2.ª parte, também desta 1.ª parte terá ficado por publicar pelo menos um tomo, para o período 1777-1882.]

Obra completa (tudo quanto se publicou), em XVII tomos de 16,5 x 24,5 cm (66cm de estante), Lisboa: Typographia Universal, 1882-1911.

Tomo I, 1885, (12)+661+(5) págs. Tomo II, 1887, xiv+593+(2) págs. Tomo III, 1888, vi+584+(3) págs. Tomo IV, 1889, xii+628+(3) págs. Tomo V, 1891, vi+620+(3) págs. Tomo VI, 1893, ix+627+(2) págs. Tomo VII, 1894, cxii+466+(3) págs. Tomo VIII, 1896, vi+593+(3) págs. Tomo IX, 1898, vi+617+(4) págs. Tomo X, 1899, viii+595+(2) págs. Tomo XI, 1901, vi+632+(3) págs. Tomo XII, 1903, (10)+652+(3) págs. Tomo XIII, 1904, (6)+622+(3) págs. Tomo XIV, 1906, (6)+634+(3) págs. Tomo XV, 1906, (6)+630+(3) págs. Tomo XVI, 1910, xiv+567+(4) págs. Tomo XVII, 1911, (6)+622+(3) págs.

Acrescentam-se os dois volumes de índices, publicados cerca de 40 anos mais tarde: Índice dos «Elementos para a História do Município de Lisboa», por Esteves Rodrigues da Silva, sob a direcção de Jaime Lopes Dias, 2 vols., Lisboa: Câmara Municipal, 1942-1943. Com 396+578 páginas, e 17 x 22,5 cm. Capa do volume II com um rasgão restaurado. Páginas por abrir.

Todos os 19 volumes em brochura e 17 deles com as páginas por abrir. Bom estado geral, com não mais do que pequenos defeitos dispersos (muito ocasionais picos de humidade; algumas lombadas mais amarelecidas que outras; bicho de papel que atacou superficialmente a capa do tomo VI; e situações afins, de pouca monta).

Conjunto invulgar.

Preço: 450 euros.





 


BIBLIOGRAPHIA HISTORICA PORTUGUEZA


JORGE CESAR DE FIGANIERE


BIBLIOGRAPHIA HISTORICA PORTUGUEZA ou catalogo methodico dos auctores portuguezes, e de alguns estrangeiros domiciliarios em Portugal, que tractaram da Historia civil, politica e ecclesiastica d’estes reinos e seus dominios, e das nações ultramarinas, e cujas obras correm impressas em vulgar; onde também se apontam muitos documentos e escriptos anonymos que lhe dizem respeito, por JORGE CESAR DE FIGANIERE, official da Secretaria de Estado dos Negocios Estrangeiros, commendador da Real Ordem de Isabel a Catholica, Membro do Conservatorio Real de Lisboa, etc.

Bibliografia histórica portuguesa, com índice de autores, em reimpressão fac-simile holandesa, limpa e cuidada, da rara edição portuguesa de 1850. Encadernação editorial em tela. Exemplar em muito bom estado de conservação. 359 páginas. 15 x 23 cm. Naarden: Anton W. Van Bekhoven, 1970.

Preço: 50 euros.



HISTORIA DE UM FOGO-MORTO

(Subsidios para uma História Nacional)

1258-1848
Vianna do Castello
(Fastos politicos e militares).

JOSÉ CALDAS


Com lxxviii + 563 pags, e 19 x 12 cm. Brochado. Ilustrado com uma planta da antiga vila de Viana. Exemplar manuseado e frágil: capa manchada e lombada cansada, prestes a quebrar e com falhas de papel; contudo, a globalidade do miolo apresenta-se limpo e intonso. Porto: Livraria Chardron de Lello & Irmão, editores, 1904.

Preço: 30 euros.



QUÍMICA APLICADA ÀS ARTES E ÀS INDÚSTRIAS

PEQUENO MANUAL DE DIVULGAÇÃO QUÍMICA

PEREIRA FORJAZ


1.º volume — Química económica — A química da terra — A química da água — A química do vinho — A química do sabão e das velas — A química da côr — A química da «toillete» e do perfume — A química da cerâmica — A química do sal — A química da soda — A química da guerra.

2..º volume — A química do veneno — A química da pirotecnia — A química dos documentos — A quimica da alimentação — A quimica do leite — A quimica das conservas — Combustíveis e iluminantes — A quimica do vidro — A química da celulose — A química do papel — A química do rádio — A química metalúrgica — O petróleo — O alquimista moderno — Gases de morte — Tabelas úteis ao químico.

Ilustrado com cerca de 500 gravuras, em 886 páginas, no total dos dois volumes, encadernados em conjunto (16 x 12 x 4 cm), em tela gravada a seco, e em bom estado. Vide crítica da época, nos arquivos da SPQ. Lisboa: Livraria Sá da Costa, 1936.

Preço: 45 euros.



AS FORÇAS DE SEGURANÇA NA
DEFESA PASSIVA DAS GRANDES CIDADES

GASES E FUMOS NAS ALTERAÇÕES DA ORDEM
(GUERRA DE RUAS)

F. ED. DA SILVA PAIS


Estratégias e medidas práticas da autoria do infame futuro director da PIDE, Fernando Silva Pais, enquanto Comandante de Secção da PSP de Lisboa, no instável período entre o início da Guerra Civil Espanhola e o início da Segunda Guerra Mundial. Prefácio do Major Miguel Bacellar. Ilustrado com desenhos. Manuseado, mas sólido. Capa manchada e lombada com falta de papel à cabeça [vide fotografias]. 191 páginas. 25 x 19 cm. Composto e impresso no Centro Tipográfico Colonial, Lisboa, [8 de Outubro de] 1938.

Preço: 40 euros.



QUEM PRATICOU O CRIME DA
“POÇA DAS FEITICEIRAS” ?


JOÃO ILHARCO


Tiragem numerada e chancela do autor. Bom exemplar, miolo limpo. 146 páginas (por abrir). 20,5 x 15 cm. Capa impressa em litografia na Lito-Coimbra, desenho assinado “M. González”. Coimbra: Coimbra Editora, 1952.

Preço: 35 euros.