PONTO INTERNACIONAL


ARTUR ANSELMO


Compõem este livro alguns textos escritos para servirem de bordão às crónicas de política internacional que a televisão tem divulgado desde 1962. Textos temporais, portanto: mas textos onde nunca abandonei a minha condição de clerc (no sentido inicial de «aspirante») e, por isso, merecedores, talvez, de serem agrupados em livro. [do Pre-Texto]

Crónicas. Dedicatória do autor no ante-rosto, curiosa. Ilustrado com 32 páginas extra-texto com fotografias a preto. Brochado com 186+(6)+[32] páginas. 19,5 cm x 13,5 cm. Bom estado geral. Lisboa: Editorial Verbo, 1970.

Preço: 22 euros.


 


COLECÇÃO LOBO MAU


JEAN CARPENTIER
PARA UMA ANTIPOLÍTICA DA SAÚDE
Tradução de Maria Ponce. Capa de Fernando Felgueiras sobre desenho de Wolinski. 48 páginas. 18,2 x 11 cm. Sublinhado a lápis e com data manuscrita no interior da capa de brochura. Colecção Lobo Mau n.º 1. Lisboa, Editorial Teorema, 1974.
Preço: 7 euros.

HERBERT MARCUSE
EXIGIR O IMPOSSÍVEL

Tradução de Maria Marques. Capa de Fernando Felgueiras sobre desenho de Vázquez de Sola. 32 páginas. 18,2 x 11 cm. Manuseado. Colecção Lobo Mau n.º 4. Lisboa, Editorial Teorema, 1974.
Preço: 7 euros.

PAUL LAFARGUE
A RELIGIÃO DO CAPITAL

Tradução de J. Mega. Apresentação e notas de Jacques Girault. Capa de Fernando Felgueiras sobre desenho de Siné. 78 páginas. 18,2 x 11 cm. Com data manuscrita na página de guarda. Colecção Lobo Mau n.º 5. Lisboa, Editorial Teorema, 1975.
Preço: 7 euros.


 

MAIO de 68

[23Nov20]


LE PETIT LIVRE ROUGE DU GÉNÉRAL


Pensées choisis (et parfois commentées) par

ROBERTO ROCCA


O “livro vermelho do General De Gaulle”, uma colecção de citações icónica editada em plena erupção da revolta dos estudantes, em Maio de 1968 — e particularmente enervante para o generalíssimo. Com 251+(5) páginas, e 13,5 x 9,3 cm. Bom estado. Paris: Éditions de La Pensée Moderne, [2.º trimestre de] 1968.

Preço: 18 euros.



LA RÉVOLTE ETUDIANTE

LES ANIMATEURS PARLENT


J. SAUVAGEOT / A. GEISMAR
D. COHN-BENDIT / J.-P. DUTEUIL


Publicado em Junho de 1968. Autoria de 4 das principais figuras do movimento dos estudantes: Jacques Sauvageot, Alain Geismar, Daniel Cohn-Bendit e Jean-Pierre Duteuil. Apresentação de Hervé Bourges. Com uma cronologia dos eventos até à data, no final. Capa sobre fotografia de Elie Kagan. 128+(2) páginas. 20,5 x 14 cm. Capa com manchas. Lombada amarelecida. Miolo limpo. Paris: Éditions Du Seuil, [Junho de] 1968.

Preço: 18 euros.



QUE FAIRE DE LA
RÉVOLUTION DE MAI

SIX PRIORITÉS

CLUB JEAN MOULIN


Publicado em Junho de 1968. Propostas do Club Jean Moulin para a economia, as empresas, a radiotelevisão, a universidade, o governo e a descentralização. 88+(8) páginas. 20,5 x 14 cm. Capa com manchas leves. Lombada amarelecida. Miolo limpo. Collection Jean Moulin. Paris: Éditions Du Seuil, [Junho de] 1968.

Preço: 17 euros.



1968:

A REVOLUÇÃO QUE TANTO AMÁMOS


DANIEL COHN-BENDIT


Editado em Portugal por alturas do vigésimo aniversário do “Maio de 68”. Título original: Nous l’avons tant aimée, la révolution (1984). Tradução de António José Massano. 182+(2) páginas. 21 x 13,5 cm. Exemplar estimado. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1988.

Preço: 14 euros.