FAHRENHEIT 451


RAY BRADBURY


Publicado em Portugal três anos após a edição original. Tradução de Mário Henrique Leiria. Capa de Lima de Freitas — a primeira que realizou para a colecção [ver ficha de João Vagos]. Colecção Argonauta n.º 33.

Com 182+(10) páginas, e 16 x 11 cm. Em bom estado geral, com pequenas marcas de uso na capa e rubrica de posse no topo do rosto, junto à margem interior, visível numa das fotografias. Lisboa: Livros do Brasil, [1956].

Preço: 15 euros.


 


A POESIA DEVE SER FEITA POR TODOS


CARLOS LOURES


«Três pequenos livros distintos»: Ainda a voz, poemas, pp. 9-36, «parte dos quais contemporâneos dos que integravam A Voz e O Sangue», 1961-1967;  Os Mercenários do Pão, poema-guião, pp. 37-54, a partir de uma página de Vicente Blasco Ibañez, 1964; e A Poesia deve ser feita por todos, ensaio-colagem, pp. 55-84, uma montagem de artigos publicados no “Suplemento Literário” do Jornal de Notícias, com substanciais alterações, 1965-1967.

[«O facto relativamente insólito de num mesmo volume coexistirem três pequenos livros distintos» justifica uma nota final do autor, pp. 85-87.]

Apreendido pela PIDE, entre outras desgraças. 88 páginas. 18 x 11 cm. Cantos redondos. Com defeitos: mancha de água na capa (leve) e no miolo, junto à margem lateral exterior (não toca o texto). Manuseado. Razoável. Cadernos Peninsulares n.º 2, Lisboa, Fevereiro de 1970.

Preço: 10 euros.


 


VIDAS NOVAS


LUANDINO VIEIRA


Contos escritos por Luandino Vieira ao longo de um mês, enquanto detido pela PIDE, em Luanda (1962), e editados clandestinamente durante a sua prisão no Tarrafal, iniciada em 1964.

Directeur de la publication: Madame A. Bros.

Com uma página sobre o autor (reproduzida acima), assinada “Edições Anti-Colonial”. Publicado em Paris, onde existia uma forte concentração de exilados e outros opositores, africanos e portugueses, às ditaduras e ao colonialismo. Bom estado: capa com uma ou outra mancha leve; e pequena rubrica de posse, datada de 1968, no canto superior (exterior) da página de rosto. 80 páginas. 17,5 x 12 cm. Paris: Edições Anti-Colonial / Madame A. Bros, [s.d.].

Preço: 60 euros.


 


LUUANDA

estórias

JOSÉ LUANDINO VIEIRA


Edição ilustrada com desenhos de José Rodrigues.

Tiragem especial numerada de 500 exemplares [este o n.º 304], assinada por ambos os autores.

Uma 3.ª edição de Luuanda, de facto, após as edições de Luanda (1964) e Belo Horizonte (1965), e a primeira revista por Luandino Vieira — em liberdade condicional e com residência vigiada “na metrópole”, após 8 anos no Tarrafal.

Proibida e apreendida «logo» após ser publicada.

Direcção gráfica de Dorindo Carvalho. Brochado com sobrecapa. Impresso em papel offset de 125 gramas. 187+(5) páginas. 24,2 x 16,5 cm. Capa com uma pequena mancha, pouco perceptível mas visível na fotografia acima (↑). Muito bom estado de conservação. Lisboa: Edições 70, 1972.

Preço: 90 euros.


 


NA COVA DOS LEÕES


TOMÁS DA FONSECA


Livro proibido, edição clandestina [ Edição destinada ao Brasil ]. 454+(10) páginas. 18 x 12 cm. Capa sem perda de cor e lombada em bom estado. Miolo no geral limpo, com manchas leves nas primeiras e últimas páginas. Um bom exemplar. Edição do autor, 1958.

Preço: 60 euros.


 

Daniel FILIPE

[17Jul20]


A INVENÇÃO DO AMOR

e outros poemas

DANIEL FILIPE


Primeira Edição. Assinado pelo autor com dedicatória simples, de amizade. Capa de Pilo da Silva. Texto de Urbano Tavares Rodrigues nas badanas. 65+(3) páginas. 19,2 x 13 cm. Lombada com ténue descoloração. Exemplar estimado. Lisboa: Sagitário, [1961]

Invulgar.

Preço: 80 euros.



PÁTRIA, LUGAR DE EXÍLIO


DANIEL FILIPE


Assinado pelo autor com dedicatória personalizada, de amizade. Primeira edição. Brochado, com sobrecapa (de Pilo da Silva). 82 páginas. 19,5 x 13 cm. Marcas de uso (uma ou outra falha de papel) — no geral, um bom exemplar. Lisboa: Poesia em Tempo de Guerra, [1963].

Preço: 50 euros.



DISCURSO SOBRE A CIDADE

CRÓNICAS

DANIEL FILIPE


Assinado pelo autor com dedicatória simples, de amizade. Primeira Edição. Carta-prefácio de José Osório de Oliveira. Crónicas «publicadas no Diário Ilustrado de Dezembro de 1956 a Setembro de 1957». Com 88 páginas, e 19,2 x 13 cm. Lombada levemente amarelecida. Bom exemplar. Lisboa: Sagitário, 1961.

Preço: 50 euros.



O VIAGEIRO SOLITÁRIO


DANIEL FILIPE


Assinado pelo autor com dedicatória fraternal. Capa de António Vaz Pereira. 77+(7) páginas. 20,4 x 16 cm. Lombada escurecida por exposição solar; capa com zona amarelecida (visível na fotografia). N.º 4 da Colecção de Poesias das Edições Távola Redonda, Lisboa, 1951.

Preço: 45 euros.



MARINHEIRO EM TERRA

POEMAS

DANIEL FILIPE


Capa de António Vaz Pereira. 53+(3) páginas. 20,2 x 15,5 cm. Com assinatura de posse no ante-rosto. Lombada e parte da capa com amarelecimento, leve, devido a exposição solar. Miolo limpo. Lisboa: Colecção Búzio, 1949.

Preço: 30 euros.


 


PÁSSAROS DE ASAS CORTADAS


LUÍS FRANCISCO REBELO
ARTUR RAMOS
[LUÍS DE] STTAU MONTEIRO
ALEXANDRE O’NEILL


Guião do filme, estreado no Coliseu do Porto a 19 de Abril de 1963, segundo a peça de Luís Francisco Rebelo, adaptada por Artur Ramos e Luís Francisco Rebelo, com diálogos de Luís de Sttau Monteiro e Alexandre O’Neill, e planificação de Artur Ramos.

Assinado no ante-rosto pelos quatro autores.

Ilustrado com inúmeros fotogramas do filme (“gravuras da Fotogravura”), alguns de página inteira. Capa de Miguel Flávio. Exemplar manuseado: capa cansada e com manchas, ao que acresce um carimbo de posse no topo da página dos autógrafos. Anotação manuscrita na página de guarda posterior (página em branco, verso do colofón). 138+(6) páginas. 18,5 x 12,5 cm. Lisboa: Prelo, 1963.

Preço: 45 euros.



FEIRA CABISBAIXA


ALEXANDRE O’NEILL


Primeira Edição. Prefácio de António Alçada Baptista. Colecção dirigida por Vítor Silva Tavares. Obra apreendida pela PIDE. Muito bom estado, salvo pequena rubrica de posse no ante-rosto — se coeva, um pequeno acto de coragem. 58 páginas. 18 x 10 cm. Colecção Poesia e Ensaio n.º 6, Lisboa: Ulisseia, 1965.

Preço: 45 euros.



AS ANDORINHAS NÃO
TÊM RESTAURANTE


ALEXANDRE O’NEILL


«As primeiras prosas de um poeta». Primeira Edição. 89+(7) páginas. 18 x 11 cm. Lombada com ligeira perda de cor, capa com ténues marcas de uso. Miolo impecável. Colecção Cadernos de Literatura n.º 7, das Publicações Dom Quixote, Lisboa, 1970.

Preço: 35 euros.



POESIAS COMPLETAS
1951/1986


ALEXANDRE O’NEILL


3.ª edição revista e aumentada. Edição do Dia de Portugal, 10 de Junho de 1990 (Comissão Organizadora do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas), altura em que, a título póstumo, foi nomeado Grande-Oficial da Ordem de Sant’Iago da Espada. Prefácio de Clara Rocha. Biografia cronológica de Ana Maria Pereirinha (dedicatória na página de rosto da autoria da mesma). Na capa reproduz-se fotografia executada por Alexandre Delgado O’Neill. Brochado. 574+(22) páginas. 23,7 x 15 cm. Capa com sinais de manuseamento (ligeiros, nalgumas arestas), primeira e última página parcialmente amarelecidas. Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda, 1990.

Preço: 28 euros.



POESIAS COMPLETAS

1951 / 1981


ALEXANDRE O’NEILL


Exemplar da tiragem regular. 504+(16) páginas. 24 x 15 cm. Usado em bom estado (vinco na capa visível na fotografia supra; vincos de leitura na lombada; micro-carimbo de posse no rosto; exemplar sólido). Colecção Biblioteca de Autores Portugueses. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1982.

Preço: 15 euros.



ROMEU, JULIETA E AS TREVAS


JAN OTCHENACHEK


Tradução de Alexandre O’Neill. Prefácio de Aragon. Capa de Cidália de Brito. Encadernação editorial com sobrecapa. 228 páginas. 19 x 12 cm. Muito bom estado de conservação. Colecção Encontro n.º 44. Lisboa: Arcádia, 1967.

Preço: 15 euros.



ROMEU, JULIETA E AS TREVAS


JAN OTCHENACHECK


Título original: Romeo, Julie a Tma. Tradução de ALEXANDRE O’NEILL. Capa de Cidália de Brito. 2.ª edição. 227 páginas. 19 x 12 cm. Encadernação editorial. Miolo amarelecido e sobrecapa da colecção com várias imperfeições nas orlas. Lisboa: Arcádia, 1967.

Preço: 5 euros.



Revista

COLÓQUIO / LETRAS


N.º 113-114

Janeiro-Abril de 1990

Número duplo. Contém dossier de 50 páginas: «Alexandre O’Neill — Elementos para uma biografia (1924-1953) / 3 poemas de 1942 / 2 poemas inéditos / apresentados e anotados por Laurinda Bom». Ilustrada. 240 páginas e diversos encartes extra-texto, como habitual. 24,5 x 17 cm. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1990.

Preço: 15 euros.


jgf


OS SEGREDOS DE LISBOA


JOSÉ GOMES FERREIRA


Contos. Primeira e única edição: a obra viria uns anos depois a ser incluída em Irreal Quotidiano (1971). N.º 5 da colecção Tempo de Ficção, dirigida por Alexandre Pinheiro Torres, tipograficamente singela. Inclui uma folha volante, com um texto de Alexandre O’Neill, que publicita a colecção Tempo de Poesia, na mesma editora. 36 páginas. 20 x 12,3 cm. Exemplar vincado (“a seco”) no canto superior direito, em todo o volume (visível na fotografia supra). Lisboa: Edições Tempo, [1962].

Preço: 17 euros.


 


O CLUBE DOS ANTROPÓFAGOS


MANUEL DE LIMA


Teatro surrealista. Primeira edição. Apreendido pela PIDE. Volume inaugural da Colecção Vária, dirigida por Vítor Silva Tavares para a editora Ulisseia, dirigida por Serafim Ferreira. Capa de Rocha de Sousa. 128 páginas. 18 x 11,5 cm. Lisboa: Ulisseia, [Março de] 1965.

Bom estado.

Preço: 45 euros.


 

AfonsoRibeiro


POVO


AFONSO RIBEIRO


Contos. Capa de Júlio Pomar. Primeira edição. Proibido pela censura. Brochado, com 13 cm x 19,7 cm e 267+(5) páginas. Capa em bom estado, lombada um pouco escurecida, miolo limpo. Porto: Editorial Ibérica, 1947.

Preço: 20 euros.