CARTAS PARA ALÉM DO TEMPO


FERNANDA DE CASTRO


Prefácio de João Bigotte Chorão. Capa sobre pintura de Anita Malfatti. Cartas de Fernanda de Castro a António Ferro, Luigi Pirandello, Mircea Eliade, Maeterlinck, Cecília Meireles, Carlos Drummond de Andrade, Bernardo Marques, Teresa Leitão de Barros, Virgínia Vitorino, José Carlos Ary dos Santos, e outros.

Fernanda de Castro comove-me. Ela tem o segredo de uma fórmula, que é a de atingir positivamente tanto a minha percepção crítica quanto a minha sensibilidade de leitora, o que não acontece muitas vezes. / E, já agora, aconselhamos o(a) leitor(a) a «fruir» devidamente o excelente prefácio de João Bigotte Chorão, «Carta a Fernanda de Castro», um texto denso e sentido, sem o peso de uma elaboração forçada e de dispensáveis complexidades exegéticas. [Da recensão crítica de Fernanda Botelho na Colóquio/Letras, ler aqui.]

Brochado. 164-(4) páginas. 20,5 x 14 cm. Bom estado geral, embora com leve assinatura de posse na página de guarda. Colecção Europavizinha — narradores, n.º 6. Lisboa: Europress, 1990.

Preço: 12 euros.


 


AS ANDORINHAS NÃO
TÊM RESTAURANTE


ALEXANDRE O’NEILL


«As primeiras prosas de um poeta». Primeira Edição. 89+(7) páginas. 18 x 11 cm. Lombada com ligeira perda de cor, capa com ténues marcas de uso. Miolo impecável. Colecção Cadernos de Literatura n.º 7, das Publicações Dom Quixote, Lisboa, 1970.

Preço: 35 euros.



ROMEU, JULIETA E AS TREVAS


JAN OTCHENACHEK


Tradução de Alexandre O’Neill. Prefácio de Aragon. Capa de Cidália de Brito. Encadernação editorial com sobrecapa. 228 páginas. 19 x 12 cm. Muito bom estado de conservação. Colecção Encontro n.º 44. Lisboa: Arcádia, 1967.

Preço: 15 euros.



Revista

COLÓQUIO / LETRAS


N.º 113-114

Janeiro-Abril de 1990

Número duplo. Contém dossier de 50 páginas: «Alexandre O’Neill — Elementos para uma biografia (1924-1953) / 3 poemas de 1942 / 2 poemas inéditos / apresentados e anotados por Laurinda Bom». Ilustrada. 240 páginas e diversos encartes extra-texto, como habitual. 24,5 x 17 cm. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1990.

Preço: 15 euros.


jgf


OS SEGREDOS DE LISBOA


JOSÉ GOMES FERREIRA


Contos. Primeira e única edição: a obra viria uns anos depois a ser incluída em Irreal Quotidiano (1971). N.º 5 da colecção Tempo de Ficção, dirigida por Alexandre Pinheiro Torres, tipograficamente singela. Inclui uma folha volante, com um texto de Alexandre O’Neill, que publicita a colecção Tempo de Poesia, na mesma editora. 36 páginas. 20 x 12,3 cm. Exemplar vincado (“a seco”) no canto superior direito, em todo o volume (visível na fotografia supra). Lisboa: Edições Tempo, [1962].

Preço: 17 euros.