FERNANDO LANHAS
os sete rostos


FERNANDO GUEDES


Os sete rostos de Fernando Lanhas, segundo Fernando Guedes: a Pintura, o Desenho, a Poesia, os Sonhos, a Arquitectura, a Astronomia e a Arqueologia. Inclui excertos dos “diários de sonhos” de Fernando Lanhas.

No mesmo ano e baseado neste livro, António de Macedo realizou para a RTP o documentário sobre Fernando Lanhas com título homónimo [ver aqui].

Brochado. Ilustrado com desenhos, fotografias, e pinturas. 165 páginas. Oblongo (22,5 x 31 cm). Capa levemente amarelecida. Miolo limpo. Bom estado geral. Esgotado. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1988.

Em conjunto com:

COLÓQUIO ARTES. Revista Trimestral de Artes Visuais, Música e Bailado. N.º 71. 2.ª série. 28.º ano. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, Dezembro de 1986. Com um ensaio de João Pinharanda (pp. 14-25), «Lanhas: Intuição e Geometria». 86 páginas e 30,5 x 23 cm. Bom estado.

Preço: 60 euros.



ARTISTAS DE LAGOS

SÉCULOS XVI E XVII


VÍTOR MANUEL SERRÃO


Dedicatória de amizade do autor na primeira página. Ilustrado com 4 reproduções em extra-texto couché. 28+[4] páginas. 25,5 x 18,5 cm. Bom estado. Separata dos Arquivos do Centro Cultural Português, volume II. Paris: Fundação Calouste Gulbenkian, 1970.

Preço: 18 euros.


 


RESTOS DE OSSÓNOBA,
NO LARGO DA SÉ, EM FARO


ABEL VIANA


Separata dos n.ºs 39 a 46 da Revista do Sindicato Nacional dos Engenheiros Auxiliares, Agentes Técnicos de Engenharia e Condutores, Lisboa, 1949. Com várias fotografias e desenhos do autor, e algumas fotografias de Mário Lyster Franco. 36 páginas. 24 x 18,5 cm. Bom estado. Impresso na Tipografia das Avenidas, em Lisboa.

Preço: 15 euros.


 


A ARQUITECTURA RELIGIOSA DO ALTO ALENTEJO NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XVI E NOS SÉCULOS XVII E XVIII


HUMBERTO REIS
MÁRIO TAVARES CHICÓ


O presente levantamento constituiu a comunicação dos autores ao Colloquium Internacional de Estudos Luso-Brasileiros, realizado em Washington, em 1950.

Álbum brochado, com sobrecapa. Ilustrado a preto, com fotografias, mapas e plantas. Com documentação fotográfica de Mário Novais, Carvalho Henriques, e dos autores. Arranjo gráfico de Armando Alves. Cerca de 352 páginas (inumeradas). 28,2 x 19 cm. Miolo, limpo, em papel couché. Lombada amarelecida e com um vinco de leitura. Bom estado geral.

Edição sob os auspícios do Comissariado para a XVII Exposição Europeia de Arte, Ciência e Cultura, em 1983. Colecção Presenças. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1982.

Preço: 35 euros.


 


MANEIRA DE PENSAR O URBANISMO


LE CORBUSIER


Ilustrado com desenhos e esquemas do autor. Tradução de José Borrego. 220 páginas. 18 x 11,5 cm. Colecção Saber, série VI (Ciências Aplicadas), n.º 27 (série especial). Capa com mancha leve, marginal. Miolo limpo. Bom exemplar. Lisboa: Publicações Europa-América, [Dezembro de] 1969.

Preço: 18 euros.


 


MUSEU DA REAL ASSOCIAÇÃO DOS ARCHITECTOS CIVIS E ARCHEOLOGOS PORTUGUEZES

(NO LARGO DO CARMO)

Actual Museu Aqueológico do Carmo. Mínima nota introdutória: meia página. Catálogo não ilustrado, transcreve algumas inscrições romanas. Selo de antiga biblioteca pessoal no interior e exterior da capa frontal. Algumas emendas a lápis, não-recentes.

58+(4) páginas. 19 x 12,5 cm. Capa manchada. Miolo (aparado) no geral limpo. Lisboa: Typographia Universal de Thomaz Quintino Antunes, impressor da Casa Real, 1876.

Preço: 14 euros.


 


REGIMENTO DO HOSPITAL DE TODOS OS SANTOS


Título completo: REGIMENTO DO ESPRITAL DE TODOLOS SANTOS DE EL-REY NOSSO SENHOR DE LISBOA Que deu El-Rey D. Manuel no Ano do Senhor de 1504 e que é pela primeira vez dado em livro pelo Laboratório Sanitas em Novembro de 1946 nesta cidade de Lisboa.

Do Regimento do Hospital de Todos os Santos, «há duas versões no Arquivo do Hospital de S. José, ambas manuscritas, sendo uma, a original, escapada a dois incêndios, ao terramoto de 1755 e ao incêndio que se lhe seguiu, outra, “a leitura nova”, posterior. / A edição que fazemos é duma cópia revista, em face do original quinhentista e da “leitura nova”, pelos distintos funcionários Francisco de Bettencourt Atayde e Eduardo Santa Clara d’Agrella, sob a direcção de Ataíde e Melo, ilustre arquivista do Hospital de S. José, feita por determinação do antigo sub-secretário de estado da assistência social, Joaquim Dinis da Fonseca.» [in Prefácio, p. 8]

Autografado com dedicatória, no ante-rosto, por Fernando da Silva Correia, autor do prefácio e coordenador da edição, à época director do Instituto Ricardo Jorge. Com 4 ilustrações em extra-texto couché. 83+(13)+[8] páginas. 22 x 15,5 cm. Bom estado. Composto e impresso nas oficinas gráficas da Casa Portuguesa. Lisboa: Laboratório Sanitas, 1946.

Preço: 27 euros.


 


O PROBLEMA DA HABITAÇÃO


FRANCISCO KEIL DO AMARAL


A partir de uma conferência do autor. Com oito páginas de extra-textos fotográficos em papel couché. 39+(9)+[8] páginas, por abrir. 19 x 12 cm. Carimbo «Oferta dos Editores» na página de guarda. Miolo com algumas manchas. Capa manuseada. Colecção Cadernos Azuis – Problemas Contemporâneos, n.º 12. [Integralmente digitalizado pela OARS, aqui.] Porto: Livraria Latina Editora, 1945.

Preço: 14 euros.


 


ÉTUDE GÉOLOGIQUE DU

TUNNEL DU ROCIO

CONTRIBUTION À LA CONAISSANCE DU SOUS-SOL DE LISBONNE


PAUL CHOFFAT


Avec un article paléontologique par M. J. C. Berkeley Cotter et un article zoologique par M. Albert Girard.

Numa recensão dedicada a esta «notável publicação», na Revista de Sciencias Naturaes e Sociaes, da Sociedade Carlos Ribeiro [vol.1, 1889, p. 184], Rocha Peixoto destaca os caminhos abertos pelo estudo rigoroso e pioneiro de Paul Choffat:

«A introducção, de per si, constitue, por varios motivos, um trabalho interessantíssimo; é a exposição das vantagens immediatamente derivativas da technologia geognostica, apoiando-se o auctor, para a exemplificação do seu proposito, em factos curiosos sobre a abertura de vias férreas, exploração mineira, construcção dos cemiterios, perfuração de poços, problemas de hydrologia, agricultura e topographia. D’este capítulo, que desejaríamos ver vulgarisado, destacariamos factos singulares sobre cousas nossas, se tal comportasse o espaço de que dispomos.» [ler texto completo aqui, com o resumo do restante conteúdo da obra].

Em brochura e intonso: 32,2 x 25,2 cm. Com (8)+106+(2)+[XIV] páginas — no final, possui quatro plantas desdobráveis e três folhas couché com fotografias e desenhos das escavações. Com mínimas falhas de papel nas margens das capas, e a lombada escurecida e fendida, algo frágil. Miolo com ocasionais manchas marginais, e marcas superficiais de bicho de papel, pouco frequentes. No geral, um bom exemplar, invulgar.

Edição da Comissão dos Trabalhos Geológicos [Comission des Travaux Géologiques du Portugal], Lisbonne: Imprimerie de l’Académie Royale des Sciences, 1889.

Preço: 80 euros.


 


ASPECTOS AZULEJARES NA
ARQUITECTURA FERROVIÁRIA PORTUGUESA


RAFAEL SALINAS CALADO
PEDRO VIEIRA DE ALMEIDA


Criação e coordenação gráfica de José António Flores. Fotografias dos autores e de Luís Filipe Cândido de Oliveira. Álbum cartonado. Encadernação editorial em tela vermelha, gravada a seco, com sobrecapa. Bom estado. 417+(3) páginas. Vários desdobráveis. 30,7 x 24,7 cm. Edição CP — Caminhos de Ferro Portugueses, 2001, [s.l.], com o apoio da Fundação Gulbenkian.

Preço: 85 euros.


 


CENTENÁRIO DO HOSPITAL

MIGUEL BOMBARDA

ANTIGO HOSPITAL DE RILHAFOLES


(1848-1948)


Índice: — prólogo de Trigo de Negreiros — algumas datas notáveis na história da assistência aos doentes mentais em Portugal —comemoração do 1.º centenário do hospital — sessão solene com discursos de Almeida Amaral, Fernando Ilharco, Júlio Dantas e Trigo de Negreiros — ciclo cultural de conferências sobre psiquiatria, com conferências de Bleuler, Barahona Fernandes, Lopez Ibor, Vallejo Nágera e Egas Moniz — Exposição histórico-evolutiva da assistência psiquiátrica — alguns aspectos da Exposição — exposição bibliográfica — instalações do manicómio Bombarda anteriores à reforma da assistência de 1945 — instalações actuais do Hospital Miguel Bombarda.

Ilustrado com dezenas de fotografias, desenhos, retratos e fac-similes, em 64 páginas de extra-textos couché. Volume de [64]+315+(3) páginas, e 24,5 x 17 cm. Capa frontal, lombada e primeiras 20 páginas com mancha de água marginal, que desvanece progressivamente; restante miolo, no geral, limpo. Impresso no Porto, na Imprensa Portuguesa. Edição do Subsecretariado de Estado da Assitência Social e do Hospital Miguel Bombarda, Lisboa, 1948.

Preço: 35 euros.


 


ASPECTOS DA POLÍTICA CRIMINAL
EM ALGUNS PAÍSES DA EUROPA


JOSÉ GUARDADO LOPES


Assinado pelo autor, à época Director-Geral dos Serviços Prisionais, com dedicatória ao arquitecto Alberto Pessoa.

Países europeus analisados: Alemanha, Áustria, Bélgica, França, Holanda, Itália, Noruega, Suécia e Suíça.

269+(1) páginas, e 23,5 x 17,7 cm. Capas e lombada com algumas manchas. Miolo limpo. Exemplar interessante. Separata do Boletim do Ministério da Justiça, n.ºs 56 e 57, Lisboa, 1956.

Preço: 20 euros.


 


O último número de Le Voyage en Grèce, uma revista que durou apenas 11 números, entre 1934 e 1939 (mais um extra, em 1946), e que contou com colaborações de Le Corbusier, Pablo Picasso, Georges Braque, André Derain, Henri Matisse, Georges Bataille, Roger Caillois, Giorgio de Chirico, Jean Cocteau, Fernand Léger, Jacques Prévert, Michel Leiris, François Mauriac, Raymond Queneau, Pierre Reverdy, Marguerite Yourcenar, e muitos outros.

Inicialmente pensada como um projecto editorial de vocação turística pelo seu editor e criador, Héraclès Joannidès (1897-1950), director da Société Neptos em Paris — para distribuição a bordo dos cruzeiros que organizava ao seu país natal, criando uma «ligação entre a Grécia e os seus viajantes por intermédio dos escritores, dos artistas e dos sábios contemporâneos» —, cedo transcendeu este âmbito inicial para se tornar um local de encontro inovador entre o classicismo grego e a vanguarda europeia, ao nível da imprensa periódica literária e artística, e um objecto (tipo)gráfico de luxo, para a época. Para tal, Joannidés recebeu preciosos conselhos do célebre editor Tériade, ambos gregos, ambos radicados em Paris.


LE VOYAGE EN GRÈCE

N.º 11 (1939), Cahiers Périodiques


Número essencialmente dedicado à Arquitectura tradicional grega. Capa reproduz um fragmento de uma pintura de Théophilos. Com uma estampa extra-texto do mesmo pintor. Colaboração literária de Le Corbusier, Roger Avermaete, R. Allendy, Jean-Germain Tricot, André Fraigneau, Pierre Borel, R. Th. Bosshard, Evrot, Henri Focillon, Jules Formigé, Fernand Léger, Camille Mauclair, Mario Meunier, E. Pontremoli, Louis Roussel, Pierre Sonrel, André Thérive e Charles Vildrac. Desenhos de Le Corbusier e F. M. Salvat. Fotografias de Panos Dzelepis, L. Frantzis, Herbert List, Eli Lotar, Nellys, Roger Nicolle e J.-G. Tricoglou. Realização artística de André Fraigneau, J.-G. Tricot e Roger Vitrac.

LE VOYAGE EN GRÈCE, n.º 11, Paris, Été 1939. Édités par H. Joannidès. 28+(4) páginas. 27,5 x 22 cm. Com manchas marginais na capa; no geral em bom estado. Invulgar. Paris: Cahiers Périodiques, 1939.

Preço: 35 euros.


 


LISBOA, UMA CIDADE EM TRANSFORMAÇÃO


FRANCISCO KEIL DO AMARAL


Lisboa, há 50 anos. Ilustrado com 61 fotografias a preto, em 28 páginas extra-texto. [28]+237+(11) páginas. 18,5 x 13,3 cm. Capa com algumas manchas, leves. Lombada com vincos de leitura. Miolo limpo. Lisboa: Publicações Europa-América, Janeiro de 1970.

Preço: 22 euros.


 


HISTÓRIAS À MARGEM DE UM SÉCULO DE HISTÓRIA


F. KEIL DO AMARAL


Livro de “memórias da família” do arquitecto Francisco Keil do Amaral (1910-1975), publicado na Biblioteca de Estudos sobre a Sociedade e a Cultura Portuguesas, secção I, n.º 6, da editora Seara Nova, Lisboa, 1970. Capa de Guilherme Lopes Alves. 242 páginas. 22 x 14 cm. Bom estado.

Assinado pelo autor com dedicatória datada de 1970.

Preço: 25 euros.


 


HISTÓRIAS À MARGEM DE UM SÉCULO DE HISTÓRIA


F. KEIL DO AMARAL


Capa de Guilherme Lopes Alves. 242 páginas. 22 x 14 cm. Capa com alguns pontos de perda de cor, miolo limpo (com cadernos por abrir). No geral, um bom exemplar do livro de “memórias da família” do arquitecto Francisco Keil do Amaral (1910-1975), publicado na Biblioteca de Estudos sobre a Sociedade e a Cultura Portuguesas, secção I, n.º 6, da editora Seara Nova, Lisboa, 1970.

Preço: 15 euros.


 


EXPEDIÇÕES CIENTÍFICO-MILITARES
ENVIADAS AO BRASIL


SOUSA VITERBO


Primeira reunião deste importante conjunto de cerca de 164 biografias, e bibliografias — de cientistas, arquitectos, cartógrafos, desenhadores, engenheiros, fortificadores e naturalistas portugueses ou que, ao serviço de Portugal, trabalharam no Brasil —, inicialmente publicadas dispersas na Revista Militar, entre 1893 e 1895.

Coordenação, aditamentos e introdução de Jorge Faro. Em 2 volumes, de 175 + 142 páginas, e 18 x 13 (x 2) cm. Ambos os volumes com o miolo limpo, e as capas e lombadas com pequenas manchas e marcas de bicho de papel. Impressos na Neogravura, Lisboa, para as Edições Panorama, em 1962.

Preço: 28 euros.


 


O CONCELHO DE PENAMACÔR

na História, na Tradição e na Lenda


JOSÉ MANUEL LANDEIRO


Com capítulos sobre o concelho e a vila, antigas paróquias e igrejas, procissões, roda e cemitérios, a guarnição militar, médicos e farmacêuticos, magistrados e empregados públicos, famílias nobres e homens ilustres, filhos adoptivos, a imprensa, associações, povoações e fortalezas antigas, freguesias e ermidas, terminando com algumas das mais emblemáticas lendas religiosas da região: as pragas de gafanhotos, a patinha da burrinha de Nossa Senhora, o milagre do cativo cristão, etc.

Prefácio de Jaime Lopes Dias. Desenhos de Júlio Fidalgo de Oliveira. xvi + 257 páginas.  24,5 x 17 cm. Ilustrado (fotografia, desenho), no texto e extra-texto. Primeira edição (republicado em 1982, 1988 e 1995). Em bom estado geral: capa com manchas, miolo limpo. Vila Nova de Famalicão: Grandes Ateliers Gráficos Minerva, 1938.

Preço: 40 euros.


 


THE SPIDER’S WEB


THEODORE H. SAVORY


Ilustrado extra-texto com 8 lâminas a cores (ilustração científica) e 19 ilustrações a preto (fotografias); no texto, com 35 desenhos a linha (esquemas e esquissos). 154+(2)+(54) páginas. 17 x 12,5 cm. Sobrecapa sem perda da cor geral ou amarelecimento dos brancos, possui falhas nas orlas e mínimas marcas de restauro no interior. Encadernação editorial sintética gravada a ouro e a preto, em bom estado. Miolo limpo; papel superior. Bom estado geral.

As teias de aranha e as suas arquitecturas e geometrias, a fisiologia de diferentes aranhas e os diferentes tipos de teia — um tratado com rigor britânico, inteiramente dedicado a um tema transversal a várias disciplinas, que publicado há 68 anos se mantém procurado e apreciado, embora não mais reeditado: é a primeira e única edição, publicada na colecção The Wayside and Woodland Series, London: Frederick Warne and Co., 1952.

Preço: 45 euros.


 


GENEALOGIA DA ARTE GÓTICA


FERNANDO DE PAMPLONA


Separata de MUSEU. No ante-rosto, dedicatória autógrafa do autor — «homenagem de muito apreço» a um «ilustre amigo» — datada do ano de edição. Tem 24 páginas, e 17 x 12 cm. Não ilustrado (a gravura pertence à contracapa; diâmetro 45 mm). Exemplar manuseado. Capa com picos de oxidação. Miolo limpo. Gaia: Edições Pátria, 1935.

Preço: 12 euros.


 


CARTEIRA DO ARTISTA


SOUZA BASTOS


Apontamentos para a Historia do Theatro Portuguez e Brazileiro acompanhados de notícias sobre os Principaes artistas, escritores dramaticos e compositores estrangeiros.

Jornalista e “homem do teatro” — empresário, director teatral, encenador e ensaiador, dramaturgo e dramatógrafo —, António de Sousa Bastos (1844-1911), marido da actriz Palmira Bastos, compilou esta grande e pequena história do teatro português seu contemporâneo, o do final do século XIX, com espaço para muito mais do que actores, dramaturgos e salas de teatro.

Os índices alfabéticos listam: actores portuguezes e brazileiros; actrizes portuguezas e brazileiras; aderecistas; architectos, auctores de figurinos e decoradores; artistas dramáticos estrangeiros; benemeritos do theatro; cabelleireiros de theatro; cantores portuguezes; companhias diversas; contraregras; curiosidades theatraes; decretos, portarias, tratados e outros documentos referentes ao theatro; diversos empregados de theatro; dramas, comedias, tragedias, operas-comicas, revistas e peças phantasticas notaveis pelo seu merecimento ou pelo sucesso que obtiveram; emprezarios theatraes; ensaiadores portuguezes e brazileiros; escriptores, dramaticos e criticos theatraes, portuguezes e brazileiros; escriptores dramaticos estrangeiros; guarda-roupas; machinistas; musicos estrangeiros; musicos portuguezes e brazileiros; operas e dansas; pontos; scenographos; theatros estrangeiros; e theatros portuguezes e brazileiros.

Esta espécie de enciclopédia caótica do teatro, repleta de pequenas gravuras, está inicialmente organizada cronológicamente, por dias e meses do ano: nascimentos de determinado actor, estreia de uma dada peça, abertura de uma nova sala, etc.
O dito calendário ocupa um pouco mais de metade do livro, bem organizada mas, a partir da página 475, a sucessão de apêndices, acrescentos, correções, adendas, novas informações, rectificações, ampliações e eventos sem data torna a pesquisa de informação uma curiosa aventura proto-hipertextual para a qual o índice de 30 páginas supra-citado é a peça chave.

Primeira edição. Lisboa: Antiga Casa Bertrand — José Bastos, Editor, 1899. Com 868 páginas, e 26 x 18,5 cm. Encadernação com lombada em pele, com ligeiro desgaste. Aparado. Conserva a capa de brochura anterior, uma litografia de Raphael Bordallo Pinheiro. Pequenas e inócuas marcas de bicho do papel em algumas páginas. Assinatura de posse no rosto. Exemplar interessante, sólido, em bom estado geral.

Preço: 90 euros.


 

Disponível online, digitalizado, aqui.

 


 


ELEMENTOS PARA A HISTÓRIA
DO MUNICÍPIO DE LISBOA


EDUARDO FREIRE DE OLIVEIRA


Título e autor, tal qual figuram no rosto: Elementos para a História do Município de Lisboa, por Eduardo Freire de Oliveira, arquivista da Camara Municipal da mesma cidade. 1.ª PARTE. Publicação mandada fazer a expensas da Camara Municipal de Lisboa, para commemorar o centenario do Marquez de Pombal em 8 de Maio de 1882.

Mais de 10 mil páginas de documentos oficiais de algum modo relevantes, organizados cronologicamente e alusivos a séculos de assuntos invariavelmente díspares — as iguarias de um banquete celebratório, a colocação na prisão do Limoeiro do líder de uma «companhia de comediantes de Castella», a lista das pessoas de cada freguesia que se recusam a participar numa campanha de limpeza pública, a morte do rei —, num panorama que permite acompanhar os reflexos da política e da história do país nas várias decisões e questões do município d’esta cidade onde desde muito cedo esteve instalado um Governo demasiado centralista.

Temos assim «a carta regia que trouxe a communicação official da morte de Filippe II» (tomo II, quase todo dedicado ao “tempo dos Filipes”, pág. 590), «a ruína de Lisboa», no sábado 1 de Novembro de 1755 (tomo XVI, a partir da página 133, com lista e descrição sumária de abalos sísmicos anteriores, nomeadamente os de 1309, 1321, 1344, 1356, 1512, 1531, 1551, 1575, 1597, 1598, 1699 e 1724), a inauguração da estátua equestre de D. José (em parte citada aqui) ou a «consulta da Cammara a el-rei em 2 de julho de 1650», onde se propõem os nomes de «doze fidalgos, doze cidadãos e doze homens do povo» para «terem as chaves das quatro portas da cidade» (tomo V, p. 208, antecedendo em algumas páginas a lista exaustiva dos preços de venda de todo o tipo de animais para alimentação, indexados inteiros, em partes, e por género).

O primeiro documento transcrito no tomo I, que não o foral de 1179, data de 7 de Novembro de 1190, e o último documento transcrito no tomo XVII data de 23 de Agosto de 1777. Entre ambos, os diversos prefácios e as anotações constantes de Freire de Oliveira (1841-1916) desvelam e aprofundam as origens e importância dos textos que transcreve. Contém ainda algumas ilustrações, muito poucas, destacando-se a litografia da Divisa da Cidade, que abre o tomo X, ou a «planta litographada da sala das sessões do senado da camara de Lisboa, que acompanha a carta regia de 13 de Novembro de 1773» (tomo I, pág. 68).

[Para uma descrição mais detalhada da cronologia de cada tomo, consulte-se o artigo de António Miranda na Rossio n.º 1, de 2013. Como o plano cronológico da 1.ª parte da obra deveria ter prosseguido até ao ano do início da publicação (1882), suspeita-se que, além da nunca publicada 2.ª parte, também desta 1.ª parte terá ficado por publicar pelo menos um tomo, para o período 1777-1882.]

Obra completa (tudo quanto se publicou), em XVII tomos de 24,5 x 16,5 cm (66cm de estante), Lisboa: Typographia Universal, 1882-1911.

Tomo I, 1885, (12)+661+(5) págs. Tomo II, 1887, xiv+593+(2) págs. Tomo III, 1888, vi+584+(3) págs. Tomo IV, 1889, xii+628+(3) págs. Tomo V, 1891, vi+620+(3) págs. Tomo VI, 1893, ix+627+(2) págs. Tomo VII, 1894, cxii+466+(3) págs. Tomo VIII, 1896, vi+593+(3) págs. Tomo IX, 1898, vi+617+(4) págs. Tomo X, 1899, viii+595+(2) págs. Tomo XI, 1901, vi+632+(3) págs. Tomo XII, 1903, (10)+652+(3) págs. Tomo XIII, 1904, (6)+622+(3) págs. Tomo XIV, 1906, (6)+634+(3) págs. Tomo XV, 1906, (6)+630+(3) págs. Tomo XVI, 1910, xiv+567+(4) págs. Tomo XVII, 1911, (6)+622+(3) págs.

Acrescentam-se os dois volumes de índices, publicados cerca de 40 anos mais tarde: Índice dos «Elementos para a História do Município de Lisboa», por Esteves Rodrigues da Silva, sob a direcção de Jaime Lopes Dias, 2 vols., Lisboa: Câmara Municipal, 1942-1943. Com 396+578 páginas, e 22,5 x 17 cm. Capa do volume II com um rasgão restaurado. Páginas por abrir.

Todos os 19 volumes em brochura e 17 deles com as páginas por abrir. Bom estado geral, com não mais do que pequenos defeitos dispersos (muito ocasionais picos de humidade; algumas lombadas mais amarelecidas que outras; bicho de papel que atacou superficialmente a capa do tomo VI; e situações afins, de pouca monta).

Conjunto invulgar.

Preço: 440 euros.



 

 


MYRTIS ET KORINNA


WILLIAM RITTER


Novela. William Ritter (1867-1955), nascido em Neuchâtel, amigo de Mahler, estudou em Viena e foi escritor, pintor, crítico de arte e crítico musical. Ilustrações de Antoine Calbet. Collection Lotus Alba, para bibliófilos. Estimado. Com (14)-90-(6) páginas, e 14,5 x 7 cm. Paris: Librairie Borel, 1898.

Um centauro apaixona-se por uma jovem rapariga…

 



LA GUERRE DES DIEUX


PARNY


Poesia. Originalmente publicado em 1799, com autoria de Évariste Parny (1753-1814). Dois volumes encadernados num único, com capas de brochura. Assinatura de posse de Alberto Cupertino Pessoa, professor de Medicina na Universidade de Coimbra, em letra muito miúda, em ambas as páginas de ante-rosto. Ilustrado com gravuras e vinhetas, sem autoria atribuída, embora assinadas. 128+128 páginas. 14 x 9 cm. Capas de brochura manchadas, miolo não tanto. Não aparado. Colecção Petite Bibliothèque Diamant. Paris: L. Boulanger, [s.d.].

 



LA NONNE ALFEREZ


JOSÉ-MARIA DE HEREDIA


Romance. Primeira edição. Heredia nasceu em Cuba em 1833 e naturalizou-se francês em 1893. Ilustrações de Daniel Vierge, gravadas por Privat-Richard. Encadernado com capas de brochura. Monograma do arquitecto Alberto José Pessoa, filho do professor Alberto Cupertino Pessoa (↑) na página de rosto. Com viii-175 páginas, e 14,5 x 9 cm. Colecção Lemerre Ilustrée. Bom estado, mas com a capa de brochura manchada. Não aparado. Paris: Alphonse Lemerre, 1894.

 


 

Colecção “familiar” estimada de três diferentes obras eróticas publicadas em França no final do século XIX — mais valiosa a de Herédia — um conjunto uno de robustas e suaves encadernações inteiras de pele com nervos nas lombadas, cada uma de sua cor e todas no mesmo estilo, com o selo do encadernador Raúl de Almeida (Lisboa).

Preço (do conjunto dos 3 livros): 65 euros.


 

hiena-agosto-19-max.jpg


ARZILA: ESTAÇÃO DE ESPUMA
TAHAR BEN JELLOUN
Tradução de Al Berto. Ilustrações de Luís Manuel Gaspar. Texto bilingue. Título original: Asilah: Saison d’Écume. 19 cm x 17 cm. 40 págs. Capa e plano gráfico de Augusto T. Dias. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Águas, Luas Doidas nº 4.
Preço: 12 euros.

NEVROSE NOCTURNA
GOMES LEAL
Ilustrações de Orlando Paulo Gonçalves. 19 cm x 17 cm. 24 págs. Capa e plano gráfico de Augusto T. Dias. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Águas, Luas Doidas nº 5.
Preço: 10 euros.

A MAIS BAIXA PROFISSÃO
BORIS VIAN
Tradução de Aníbal Fernandes. Título original: Le Dernier des Métiers. Capa de Rui André de Lídia sobre fotografia de Fernanda Carvalho. 55 páginas acrescidas do desenho da máquina de confessar, tal como a imaginou Boris Vian. 20,5 cm x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1995.
Colecção Cão Vagabundo nº 2.
Preço: 10 euros.

GIACOMO JOYCE
JAMES JOYCE
Tradução de João Paulo Feliciano. Texto bilingue. Título original: Giacomo Joyce. 20,5 x 11 cm. 40 págs. Capa e layout de Augusto T. Dias. Capa com duas manchas, visíveis na fotografia. Lisboa: Hiena Editora, 1984.
Colecção Cão Vagabundo nº 3.
Preço: 10 euros.

QUARTA-FEIRA DE CINZAS
T.S. ELIOT
Texto bilingue. Tradução de João Paulo Feliciano. Nota introdutória de Manuela R. Miranda. Título original: Ash-WednesdayHollow Men. Capa de Augusto T. Dias. 39 páginas. 21 cm x 11 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1985.
Colecção Cão Vagabundo nº 6.
Preço: 10 euros.

O TEMPO DOS ASSASSINOS
HENRY MILLER
Tradução de Manuela R. Miranda. Título dos originais: The Time of the Assassins – A Study of Rimbaud. Capa de Augusto T. Dias. 126 páginas. 20,5 x 13 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1985.
Colecção Cão Vagabundo n.º 8.
Preço: 12 euros.

NATUREZA VIVA
(Escolha Poética)

VICENTE HUIDOBRO
Poemas extraídos de Poemas Árcticos (1917-1918), Otoño Regular (1918-1922), De Golpe (1922-1923), Altazor (1919) e Ver y Palpar (1923-1933)Tradução de Luís Pignatelli. 20,5 x 13 cm. 34 págs. Capa de Augusto T. Dias. Usado. Lisboa: Hiena Editora, 1986.
Colecção Cão Vagabundo nº 9.
Preço: 10 euros.

PÁSSAROS
SAINT-JOHN PERSE
Tradução de Aníbal Fernandes. Títulos originais: Oiseaux; Chanté par celle qui fut lá; Chant pou un equinoxe; Nocturne; Sécheresse; Poésie. Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Edward Steichen. 74 páginas. 20,6 x 14,4 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Cão Vagabundo nº 10.
Preço: 12 euros.

HAMLET OU AS CONSEQUÊNCIAS DA PIEDADE FILIAL
JULES LAFORGUE
Tradução de Aníbal Fernandes. Título original: Hamlet, ou les suites de la piété filiale. Capa de Augusto T. Dias. 47 páginas. 21 x 13 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1986.
Colecção Cão Vagabundo nº 11.
Preço: 10 euros.

LENZ
GEORG BÜCHNER
2.ª edição. Tradução e introdução de Ernesto Sampaio. Título original: Lenz. Capa de Rui André Delídia sobre pormenor de quadro de Caravaggio. 76 páginas. 20,5 cm x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Cão Vagabundo nº 12.
Preço: 10 euros.

O CADERNO DO PINHAL
FRANCIS PONGE
Tradução de Leonor Nazaré. Título original: Le Carnet du Bois de Pin. 20,5 x 13 cm. 53 págs. Capa de Augusto T. Dias onde se reproduz um desenho de original de João Paulo Feliciano, lápis e borracha sobre papel, 1984. Lisboa: Hiena Editora, 1986.
Colecção Cão Vagabundo nº 13.
Preço: 10 euros.

VIDA DE UM HOMEM
(Escolha Poética)

GIUSEPPE UNGARETTI
Tradução de Luís Pignatelli. Texto bilingue. Título original: Vita d’un Uomo. 69 págs. 20,5 x 13 cm. Capa de Augusto T. Dias. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Cão Vagabundo nº 14.
Preço: 10 euros.

NO PAÍS DA MAGIA
HENRI MICHAUX
Tradução de Aníbal Fernandes. Capa sobre desenho de Rui André Delídia. 72 páginas. 20,5 x 13 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Cão Vagabundo n.º 17.
Preço: 12 euros

O CEMITÉRIO MARINHO
PAUL VALÉRY
«Em edição bilingue, precedido de um texto de André Gide sobre o autor, e seguido de outro, do autor, sobre o seu próprio poema.» Tradução e introdução de Pedro José Leal. Título original: Le Cimetière Marin. Capa de Augusto T. Dias, sobre desenho original (1983) de sua própria autoria. 60 páginas. 20,5 x 13 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Cão Vagabundo n.º 18.
Preço: 12 euros.

A FANFARLO
BAUDELAIRE
Tradução de António Guerreiro e Fernando Guerreiro. Prefácio de António Guerreiro. Título original: La Fanfarlo. Capa de Augusto T. Dias. 60 páginas. 20,5 x 13 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Cão Vagabundo n.º 19.
Preço: 15 euros.

GHOSTKEEPER
MALCOLM LOWRY
Tradução de Aníbal Fernandes. Capa sobre pintura de Rui André Delídia. 84 páginas. 20,5 x 13 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Cão Vagabundo n.º 20.
Preço: 10 euros

OS DISCÍPULOS EM SAÏS
FRIEDRICH VON HARDENBERG NOVALIS
Tradução de Luís Bruhein. Título original: Die Lehrlinge zu Saïs. 20,5 x 13 cm. 81 págs. Capa de Augusto T. Dias. Lisboa: Hiena Editora, 1989.
Colecção Cão Vagabundo nº 21.
Preço: 10 euros.

PENSAMENTOS SEM LINGUAGEM
FRANCIS PICABIA
Poema. «Antecedido de um prefácio de Udnie». Tradução de Cristina Terra da Motta e José Miranda Justo. Título original: Pensées sans langage. 54 páginas. 20,5 x 13 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1990.
Colecção Cão Vagabundo n.º 23.
Preço: 10 euros.

A CARTA DE LORD CHANDOS
HUGO VON HOFMANNSTHAL
Tradução de Carlos Leite. Título original: Der Brief des Lord Chandos. 55 páginas. 20,5 x 13 cm. Manuseado. Lisboa: Hiena Editora, 1990.
Colecção Cão Vagabundo nº 24.
Preço: 10 euros.

IGITUR
ou A LOUCURA DE ELBEHNON
STÉPHANE MALLARMÉ
Tradução de Carlos Valente. Textos introdutórios de Aníbal Fernandes e Pierre-Olivier Walzer. Título original: Igitur ou la folie d’Elbehnon. 81 páginas. 20,5 x 13 cm. Capa de Rui André Delídia. Exemplar impecável. Lisboa: Hiena Editora, 1990.
Colecção Cão Vagabundo n.º 25.
Preço: 12 euros.

A CRISTANDADE OU A EUROPA
Um Fragmento (escrito no ano de 1799)
NOVALIS
Tradução, compilação das notas e posfácio de José M. Justo. Texto introdutório de Fernanda Gil Costa. 20,5 x 13 cm. 79 págs. Cabeça da lobada com ténue defeito, marcas de bicho do papel no topo da capa quase invisíveis. Lisboa: Hiena Editora, 1991.
Colecção Cão Vagabundo nº 26.
Preço: 10 euros.

CASA DE MULHERES
DACIA MARAINI
Tradução de José Colaço Barreiros. Título original: Una Casa di Donne (in I Sogni di Clitmnestra e Altre Commedie). 20,5 x 13 cm. 79 págs. Capa sobre fotografia de Jan Saudek. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Cão Vagabundo nº 29.
Preço: 10 euros.

POPOL VUH
Versão, prefácio e notas de Ernesto Sampaio. Ilustrado. Capa de Rui André Delídia. 209 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Cão Vagabundo n.º 30.
Preço: 15 euros.

PARADOXO SOBRE O ACTOR
DENIS DIDEROT
Tradução de Luís Matos Costa. Texto introdutório de Raymond Laubreaux. Título original: Paradoxe sur le comédien. Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Gérard Philipe em Till Ulenspiegel. 100 páginas. 20,5 x 13 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Cão Vagabundo nº 31.
Preço: 10 euros.

A SEREIA
TOMASI DI LAMPEDUSA
Tradução e texto introdutório de José Colaço Barreiros. Título original: Lighea (in I Racconti, Feltrinelli, Milano, 1961). Capa de Rui André Delídia sobre pormenor de Dante Gabriel Rossetti. 80 páginas. 20,5 x 13 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Cão Vagabundo nº 32.
Preço: 12 euros.

MOSCARDINO
ENRICO PEA
Tradução de José Colaço Barreiros. Título original: Moscardino. 20,5 x 14,5 cm. 72 págs. Capa sobre fotografia de André Kertész. Usado. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Cão Vagabundo nº 35.
Preço: 10 euros.

A CRIAÇÃO DO MUNDO SEGUNDO OS ÍNDIOS IANOMAMI
Organização, prefácio, glossário e notas de Jorge Henrique Bastos. Ilustrado. Capa de Rui André Delídia sobre desenhos dos índios Ianomami Koromani Laica, Mamokè Rorowè e Kreptip Wakatautheri. 111 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Cão Vagabundo nº 39.
Preço: 12 euros.

O FUTURISMO
MARINETTI
Tradução de António Moura. Título original: Le Futurisme. 20,5 x 14,5 cm. 155 páginas. Capa sobre fotografia de Horst von Harbou. Lisboa: Hiena Editora, 1995.
Colecção Cão Vagabundo nº 40.
Preço: 15 euros.

O BARCO BÊBADO
ARTHUR RIMBAUD
Edição bilingue. Inclui textos de Paul Verlaine, Antoine Adam, Jean-Luc Steinmetz e Sergio Sacchi. Tradução de Pedro José Leal. Título original: Le Bateau Ivre. 20,5 x 14,5 cm. 60 páginas. Capa sobre gravura de Roland Cat. Lisboa: Hiena Editora, 1995.
Colecção Cão Vagabundo nº 41.
Preço: 10 euros.

AS QUIMERAS
GÉRARD DE NERVAL
Tradução e introdução de Alexei Bueno. Título original: Les Chiméres. Capa sobre fotografia de Fernanda Carvalho. 20,5 x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1995.
Colecção Cão Vagabundo nº 42.
Preço: 10 euros.

CAMINHAR
HENRY DAVID THOREAU
Tradução de António Moura. Título origina: Walking. Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Nicolas Trett. 76 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1995.
Colecção Cão Vagabundo n.º 43.
Preço: 10 euros.

A ARTE E A MORTE
ANTONIN ARTAUD
seguido de AS EXCURSÕES PSÍQUICAS DE ANTONIN ARTAUD de Sarane ALEXANDRIAN
Tradução de Aníbal Fernandes. Título originaL: L’Art et la Mort. Capa de Rui André Delídia sobre pormenor de «Le Déluge» de Girodet Trioson. 96 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Memória do Abismo nº 5.
Preço: 15 euros.

A FENDA ABERTA
F. SCOTT FITZGERALD
Tradução de Aníbal Fernandes. Títulos originais: Who’s who and why; How to live on $36 000 a year; How to live on practically nothing a year; The crack up. 20,5 x 14,5 cm. 79 págs. Capa e orientação gráfica de Augusto T. Dias. Lisboa: Hiena Editora, 1986.
Colecção Memória do Abismo nº 7.
Preço: 10 euros

GENET
YUKIO MISHIMA
seguido de O CONDENADO À MORTE de Jean GENET
Tradução de Aníbal Fernandes. Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Raymond Voinquel. 56 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Memória do Abismo nº 10.
Preço: 10 euros.

O CÉU E O INFERNO
ALDOUS HUXLEY
Tradução de Manuela R. Miranda. Título original: Heaven and Hell. 20,5 x 14,5 cm. 87 págs. Lisboa: Hiena Editora, 1986.
Colecção Memória do Abismo nº 11.
Preço: 10 euros.

O OUTRO SEXO DE ALBERT NOBBS
GEORGE MOORE
Tradução e prefácio de Aníbal Fernandes. Ilustrado com a pequena reprodução de um desenho do autor, por Manet. Título original: Albert Nobbs. Capa de Augusto T. Dias. 70 páginas. 14,3 x 20,4 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Memória do Abismo n.º 12.
Preço: 10 euros.

VAN GOGH O SUICIDADO DA SOCIEDADE
ANTONIN ARTAUD
Tradução de Aníbal Fernandes. Título original: Van Gogh, Le Suicidé de la Societé. 20,5 x 14,5 cm. 54 páginas. Capa de Augusto T. Dias. Bom estado mas com alguma perda de cor na lombada e pequena assinatura de posse no interior da página de guarda. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Memória do Abismo nº 13.
Preço: 16 euros.

VAN GOGH, O SUICIDADO DA SOCIEDADE
ANTONIN ARTAUD
[2.ª edição]. Tradução de Aníbal Fernandes. Prefácio de Thomas Maeder. Título original: Van Gogh, le suicidé de la société. 20,5 x 14,5 cm. 93 págs. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Memória do Abismo nº 13.
Preço: 15 euros.

MARIA! NÃO ME MATES QUE SOU TUA MÃE!
CAMILO CASTELO BRANCO
Meditação sobre o espantoso crime acontecido em Lisboa: Uma filha que mata e despedaça sua mãe / Mandada imprimir por um mendigo, que foi lançado fora do seu convento, e anda pedindo esmola pelas portas. Oferecida aos pais de famílias, e àqueles que acreditam em Deus. Com uma nota introdutória de Aníbal Fernandes. 20,5 x 14,5 cm. 33 págs. Usado. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Memória do Abismo nº 14.
Preço: 10 euros.

JÚLIO CÉSAR — HISTÓRIA NOCIVA
JOYCE MANSOUR
Tradução e prefácio de Aníbal Fernandes. Título original: Jules César. Capa de Augusto T. Dias. 45 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Memória do Abismo n.º 15.
Preço: 10 euros.

KAFKA
WALTER BENJAMIN
[2ª edição]. Tradução de Ernesto Sampaio. Título original: Kafka. 20,5 x 14,5 cm. 54 págs. Capa de Rui André Delídia. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Memória do Abismo nº 16.
Preço: 12 euros.

O OFICIAL PRUSSIANO
D. H. LAWRENCE
Tradução e prefácio de Aníbal Fernandes. Título original: The Prussiam Officer. Capa de Augusto T. Dias. 65 páginas. 20,4 x 14,3 cm cm. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Memória do Abismo n.º 17.
Preço: 10 euros.

AS MARIONETAS
HEINRICH VON KLEIST
Tradução de Luís Bruhein e Aníbal Fernandes. Título original: Huber Das Marionettentheater. 20,5 x 14,5 cm. 54 páginas. Capa de Augusto T. Dias. Fotografia de Orlando Neves de Carvalho. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Memória do Abismo nº 18.
Preço: 10 euros.

A CRIANÇA CRIMINOSA
JEAN GENET
Tradução de Aníbal Fernandes. Títulos originais: L’enfant criminel; L’étrange mot D’…; Le Secret de Rembrandt; Ce qui est reste d’un Rembrandt Déchiré en petits carrés reguliers, et foutu aux chiottes; Le Funambule. 20,5 x 14,5 cm. 91 págs. Capa sobre pintura de Augusto T. Dias. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Memória do Abismo nº 19.
Preço: 12 euros.

HISTÓRIA DE RATOS (DIÁRIO DE DIANUS)
GEORGE BATAILLE
Tradução de Aníbal Fernandes. Título original: Histoire de Rats (Journal de Dianus). 20,5 x 14,5 cm. 92 págs. Capa de Augusto T. Dias sobre desenho de Vera Pinto. Óptimo exemplar. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Memória do Abismo nº 20.
Preço: 12 euros.

EU, ANTONIN ARTAUD
ANTONIN ARTAUD
Tradução de Aníbal Fernandes. Títulos originais: Et assez, lá-dessus; Le Théâtre et la Pest; Le Théâtre de Séraphin; Les «Chiméres» de Nerval; Alienation et Magie Noire; Lettre a Peter Watson; Lettre a Pierre Loeb; Post-Scriptum. 20,5 x 14,5 cm. 111 págs. Capa de Augusto T. Dias. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Memória do Abismo nº 21.
Preço: 12 euros.

PATRIA MIA
EZRA POUND
Tradução Leonel Brim. Título original: Patria Mia. 20,5 x 14,5 cm. 89 págs. Capa de Augusto T. Dias. Lisboa: Hiena Editora, 1989.
Colecção Memória do Abismo nº 22.
Preço: 12 euros.

A RAÇA MALDITA
MARCEL PROUST
Tradução e prefácio de Aníbal Fernandes. Títulos dos originais: Journées de Lecture; La Race Maudite; Sentiments Filieux d’um Parricide. Capa de Augusto T. Dias. 133 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Memória do Abismo n.º 23.
Preço: 13 euros.

SODOMA DIVINIZADA
RAUL LEAL, Fernando PESSOA, Álvaro MAIA, Liga da Acção dos Estudantes de Lisboa
Uma polémica iniciada por Fernando Pessoa a propósito de António Botto, e também por ele terminada, com ajuda de Álvaro Maia e Pedro Teotónio Pereira (da Liga de Acção dos Estudantes de Lisboa). Com reprodução de um pormenor de um desenho de João Rodrigues. 20,5 x 14,5 cm. 157 págs. Capa de Augusto T. Dias. Lisboa: Hiena Editora, 1989.
Colecção Memória do Abismo nº 23.
Preço: 15 euros.

INFERNOS. Fragmentos
JEAN GENET
Tradução e prefácio de Aníbal Fernandes. Título original: Fragments. 87 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1990.
Colecção Memória do Abismo nº 25.
Preço: 12 euros.

NOVA IORQUE NUM POETA
FEDERICO GARCÍA LORCA
Tradução e nota introdutória de António Moura. Com textos de José Luís Cano e Paul Binding. 20,5 x 14,5 cm. 94 págs. Lisboa: Hiena Editora, 1995.
Colecção Memória do Abismo nº 27.
Preço: 10 euros

POR CIMA DO VULCÃO
MALCOLM LOWRY
Tradução de Pedro José Leal. Textos introdutórios de Arthur Calder-Marshall e Victor Doyen. 20,5 x 14,5 cm. 108 págs. Lisboa: Hiena Editora, 1991.
Colecção Memória do Abismo nº 28.
Preço: 10 euros.

LOUCURA E GÉNIO
PIERRE JEAN JOUVE
Tradução de António Moura. Título original: Folie et Génie. 20,5 x 14,5 cm. 67 págs. Capa sobre fotografia de Mehemed Fehmy Agha. Lisboa: Hiena Editora, 1991.
Colecção Memória do Abismo nº 29.
Preço: 10 euros.

O PESA-NERVOS
ANTONIN ARTAUD
Tradução e prefácio de Joaquim Afonso. Títulos dos originais: L’Ombilic des Limbes; Le Pése-Nerfs; Fragments d’um Journal d’Enfer. Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Man Ray. 91 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1991.
Colecção Memória do Abismo n.º 30.
Preço: 13 euros.

O DUPLO RIMBAUD
VICTOR SEGALEN
Tradução de António Moura. Título original: Le double Rimbaud. 20,5 x 14,5 cm. 93 págs. Capa sobre fotografia de Josef Sudek. Lisboa: Hiena Editora, 1991.
Colecção Memória do Abismo nº 31.
Preço: 10 euros.

UM CERTO PLUME
HENRI MICHAUX
Tradução de Luís Matos da Costa. Título original: Un Certain Plume e Tu Vas Étre Pére. 20,5 x 14,5 cm. 76 páginas. Capa de Rui André Delídia sobre quadro de Magritte. Lisboa: Hiena Editora, 1992.
Colecção Memória do Abismo nº 32.
Preço: 14 euros.

A BALADA DO CÁRCERE DE READING
OSCAR WILDE
Tradução de Gondin da Fonseca e Carlos Valente. Título original: The Ballad of Reading Gaol. 20,5 x 14,5 cm. 67 págs. Capa sobre fotografia de Alexander Gardner. Lisboa: Hiena Editora, 1992.
Colecção Memória do Abismo nº 34.
Preço: 13 euros.

O MARQUÊS DE SADE E A SUA CÚMPLICE
JEAN PAULHAN
seguido de
PORTUGAL EM SADE, SADE EM PORTUGAL
ANTÓNIO CARLOS LUÍS
Jean Paulhan traduzido por Alberto Nunes Sampaio. Capa com pormenor de Ingres. 90 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1992.
Colecção Memória do Abismo n.º 37.
Preço: 10 euros.

APOCALIPSE
D. H. LAWRENCE
Tradução de António Moura. Título original: Apocalypse. 20,5 x 14,5 cm. 126 pags. Capa sobre fotografia de Michel Saudan.
Lisboa: Hiena Editora, 1993
Colecção Memória do Abismo nº 39
Preço: 12 euros.

O SINETE EGÍPCIO
OSSIP MANDELSTAM
Precedido de um texto de Jean Blot. Tradução de Sérgio Moita. Título original: Eguipetskaia Marka. Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Pierre Jahan. 92 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Memória do Abismo n.º 40.
Preço: 10 euros.

O POETA E O TEMPO
MARINA TSVIETAIEVA
Tradução de Fernando Pinto do Amaral, a partir da edição espanhola de Selma Ancira. Títulos dos originais: Oviet na Ankietu, Poet o Kritike, Poet i Vremia, Iskusstvo Pri Sviete Soviesti, Nieskolko Pisem Rainera Maria Rilke. Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Marina Tsvietaieva. 128 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Memória do Abismo n.º 41.
Preço: 15 euros.

OS SENTIMENTOS ATRASAM
ARTAUD
Tradução e introdução de Ernesto Sampaio. Títulos dos originais: Les Sentiments Retardent (Les Lettres Nouvelles, nº 42, Outubro de 1956); Le Theâtre et La Science (L’Arbalète, nº 13, 1948); Vie et Mort de Satan Le Feu, Le Mexique et La Civilization, une Race-Principe («Vie et Mort de Satan Le Feu, suivide textes mexicains pour un Nouveau Mythe», Éditions Arcanes, collection «Voyants», Paris, 1953). Capa de Rui André Delídia sobre quadro atribuído a Juan de Mena, finais do século XVIII. 76 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Memória do Abismo nº 44.
Preço: 15 euros.

ANNABEL LEE, ULALUME & O CORVO
EDGAR ALLAN POE, Stéphane MALLARMÉ, Fernando PESSOA
Tradução dos poemas de Stéphane Mallarmé e Fernando Pessoa. Tradução das prosas de Carlos Valente. Títulos dos originais: Annabel Lee; Ulalume; The Raven; Philosophy of Composition. Capa de Rui André Delídia sobre quadro de Magritte. 91 págs. 20,5 x 14,5 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Memória do Abismo nº 46.
Preço: 10 euros.

A DANÇA SOBRE O ABISMO (NIETZSCHE)
ÉLIE FAURE
Tradução de Alberto Nunes Sampaio. Título original: Nietzsche (La Danse sur L’Abîme). 20,5 x 14,5 cm. 93 págs. Capa sobre pormenor de pintura de Caspar David Friedrich. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Memória do Abismo nº 47.
Preço: 10 euros.

GRAÇAS E DESGRAÇAS DE UM CASAL VENTOSO
RIMBAUD / VERLAINE
Tradução de António Moura. 20,5 x 14,5 cm. 93 págs. Capa sobre pormenor de «Coin de Table», de Fantin Latour. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Memória do Abismo nº 48.
Preço: 14 euros.

TIRÉSIAS (ESCRITO SECRETO)
MARCEL JOUHANDEAU
Tradução de Luís Matos da Costa. Título original: Tirésias (écrit secret). 20,5 x 14,5 cm. 68 págs. Capa sobre fotografia de Florence Chevallier. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Memória do Abismo nº 49.
Preço: 10 euros.

A MUTILAÇÃO SACRIFICIAL E A ORELHA CORTADA DE VAN GOGH
GEORGES BATAILLE
Tradução de Carlos Valente. Títulos originais: Le Cheval Académique; Le langage des Fleurs; Figure Humaine; Le Gros Orteil; Les Écarts de la Nature; Soleil Pourri; L’art Primitive; La Mutilation Sacrificielle et L’oreille Coupée de Vincent Van Gogh; Dictionnaire Critique. 20,5 x 14,5 cm. 110 págs. Capa sobre gravura de Cornelius Huybert. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Memória do Abismo nº 50.
Preço: 12 euros

FÍSICA DO AMOR – ENSAIO SOBRE O INSTINTO SEXUAL
RÉMY DE GOURMONT
Tradução de Alberto Nunes Sampaio. Título original: Physique de L’amour (Essai sur L’instinct Sexuel). 20,5 x 14,5 cm. 159 págs. Capa sobre fotografia de Ernestine Ruben. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Memória do Abismo nº 51.
Preço: 10 euros

MEU IRMÃO FEMININO
(Carta à Amazona)
MARINA TSVIETAIEVA
Tradução de Luís Matos da Costa. Título original: Mon Frère Féminin (Lettre à l’Amazone). 20,5 x 14,5 cm. 71 págs.  Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Jan Saudek. Manuseado e com uma assinatura de posse na página de guarda. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Memória do Abismo nº 52.
Preço: 10 euros.

QUERIDA NORA!
JAMES JOYCE
Tradução de Carlos Valente. 20,5 x 14,5 cm. 100 págs. Capa sobre fotografia de Paul Outerbridge. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Memória do Abismo nº 53.
Preço: 12 euros.

UMA NOITE ENTRE OS CAVALOS
DJUNA BARNES
Com uma nota introdutória de Nicole Chardaine. Tradução de António Moura. Títulos originais: A night among the horses; Spillway. 20,5 x 14,5 cm. 102 págs. Capa sobre fotografia de Hoyningen-Huene. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Memória do Abismo nº 54.
Preço: 12 euros.

ENSAIO SOBRE A EXPERIÊNCIA DA MORTE
PAUL-LOUIS LANDSBERG
Tradução de Alberto Nunes Sampaio. Título original: Essai sur L’experience de la Mort. 20,5 x 14,5 cm. 78 págs. Capa sobre pormenor de «O Lamento da Condessa de Haro», de Canova. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Memória do Abismo nº 55.
Preço: 12 euros.

O MEU CORPO E EU
RENÉ CREVEL
Tradução de Luís Matos da Costa. Título original: Mon Corps et Moi. 20,5 x 14,5 cm. 110 páginas. Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Ralph Gibson. Lisboa: Hiena Editora, 1995.
Colecção Memória do Abismo nº 56.
Preço: 12 euros.

CRÓNICAS DA RAZÃO LOUCA
DANIIL HARMS
Selecção e tradução de Sérgio Moita. Prefácio assinado “Hiena Editora”. Capa de Rui André Delídia sobre retrato de Daniil Harms. 80 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Memória do Abismo n.º 59.
Preço: 12 euros.

PÁGINAS ÍNTIMAS
KONSTANDINOS KAVAFIS
Tradução de João Carlos Chainho. Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Michel Saudan. 93 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Memória do Abismo n.º 60.
Preço: 12 euros.

O CÃO DE DEUS
CÉLINE
Tradução e organização de Alberto Nunes Sampaio. Títulos dos originais: Qu’on s’explique…; Hommage a Zola; Faut’il tuer les prix littéraires?; Maintenant aux querelles; Que le monde change d’âme, je changerai de forme; A l’agité du bocal; Les écrivain ont-ils des cas de conscience?; L’argot est né de la haine; Ma grande attaque contre le verbe; Rabelais, il a raté son coup; Vive l’amnistie! Monsieur; L’art nous est hostile; Le Voyage au cinéma; Je ne sais jouir de la vie. Capa de Rui André Delídia. 126 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1995.
Colecção Memória do Abismo n.º 61.
Preço: 13 euros.

DORES DO MUNDO
SCHOPENHAUER
Título completo: Dores do Mundo. Pensamentos e Fragmentos. Tradução de Mário Augusto Guedes. Texto segundo uma selecção de Jean Bourdeau intitulada Douleurs du Monde – Pensées et Fragments. 20,5 x 14,5 cm. 152 páginas. Capa de Rui André Delídia sobre retrato de Schopenhauer. Lisboa: Hiena Editora, 1995.
Colecção Memória do Abismo nº 62.
Preço: 16 euros.

HISTÓRIA VIVIDA DE ARTAUD-MOMO
ANTONIN ARTAUD
Tradução de Carlos Valente. Título original: Histoire Vécue d’Artaud-Mômo. 20,5 x 14,5 cm. 103 págs. Capa sobre fotografia de Artaud por Le Cuziat-Rapho. Lisboa: Hiena Editora, 1995.
Colecção Memória do Abismo nº 63.
Preço: 15 euros.

NA ÓRBITA DE SATURNO
FERNANDO PINTO DO AMARAL
Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Henrique Dinis da Gama. 152 páginas. 20,4 x 14,4 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1992.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 10 euros.

O INEXORÁVEL ROMANCISTA
ABEL BARROS BAPTISTA
Episódios da assinatura camiliana recolhidos e apresentados por um comentador paciente no âmbito do centenário de Camilo seguido de A CONDIÇÃO PÓS-CAMILO. Contribuição para a crítica de Camilo e a Revolução Camiliana
Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Henrique Dinis da Gama. 170 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 12 euros.

… TALVEZ PINÓQUIO
LEONEL BRIM
Capa sobre desenho original de Luís Pignatelli. 20,5 x 14,5 cm. 176 págs. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 10 euros.

A DAMA LUMINOSA & OUTROS ESCRITOS DA CHINA
GIL DE CARVALHO
Capa de Rui André Delídia, sobre pintura de Shitao. 168 páginas. 20,6 x 14,7 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 13 euros.

SONETOS E ELEGIAS
FREI AGOSTINHO DA CRUZ
Estudo, estabelecimento crítico do texto e notas de António Gil Rafael. 20,5 x 14,5 cm. 270 págs. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 14 euros.

O PÓ. VERBO DA LOUCURA E DE DEUS
AUGUSTO T. DIAS
RUI ANDRÉ DELÍDIA
Desenhos de Augusto T. Dias (grafite e tinta da china sobre papel). Texto de Rui André Delídia. Tiragem 750 exemplares. 29,5 x 21 cm. 23 págs. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 10 euros

LUZ NEGRA
RUI ANDRÉ DELÍDIA
Poemas. 20,5 x 14,5 cm. 155 págs. Capa sobre fotografia de Orlando Baía de Carvalho. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 10 euros.

ARTE INÚTIL
RUI ANDRÉ DELÍDIA
Poemas. 20,5 x 14,5 cm. 86 págs. Excelente exemplar. Lisboa: Hiena Editora, 1991.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 10 euros

SÍNTESE POÉTICA DA CONJUNTURA
PAULO JORGE FIDALGO
Poesia. 63 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1993.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 10 euros.

DO CORAÇÃO A JEITO
PAULO JORGE FIDALGO
Poemas. 20,5 x 14,5 cm. 56 págs. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 10 euros.

CORPO DE NINGUÉM
ANTÓNIO JOSÉ FORTE
Desenhos de Aldina. Antologia póstuma, com inéditos. Capa de Augusto T. Dias. 111 páginas. 20,2 x 12,8 cm. Excelente exemplar. Lisboa: Hiena Editora, 1989.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 18 euros.

O MARQUÊS DE CHAMILLY
(KABALE UND LIEBE)
ADÍLIA LOPES
1ª edição. 20,5 x 14,5 cm. 29 págs. Capa de Augusto T. Dias. Desenho original de Carlos Nogueira. Lisboa: Hiena Editora, 1987.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 25 euros.

E SE-PÁRA
SILVINA RODRIGUES LOPES
Capa de Augusto T. Dias, sobre desenho de Hugo Filipe Martiniano. 56 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 10 euros.

PESSOA E OS SURREALISTAS
FERNANDO J. B. MARTINHO
Capa de Augusto T. Dias. 48 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 10 euros.

MÁRIO DE SÁ-CARNEIRO E O(S) OUTRO(S)
FERNANDO J. B. MARTINHO
Reunião de três textos: «Mário de Sá-Carneiro e José Régio» (publicado na Revista Cultural de Portalegre n.º 4/5, 1990); «Mário de Sá-Carneiro e a Geração de 50» (Colóquio-Letras n.º 117) e «Mário de Sá-Carneiro e os Surrealistas» (conferência de 1990). Capa de Rui André Delídia sobre fotografia de Paulo da Costa Domingos («Distâncias que o segui-las era flores…», 1988). 91 páginas. 20,4 x 14,3 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1990.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 10 euros.

VARIAÇÕES EM SOUSA
FERNANDO ASSIS PACHECO
Este volume reimprime duas plaquetes do autor, compostas e impressas por J.J. Magalhães: são agora as partes I e II. No seu tempo (1984, 1986) intitularam-se «Variações em Sousa e A bela do bairro e outros poemas», e foram dedicados ao dr. José M. V. de Assis Pacheco, a primeira, pelo 74º aniversário, e a segunda a João Rodrigues e Marcelo Correia Ribeiro. As dedicatórias naturalmente mantêm-se. [Fernando Assis Pacheco].
Capa de Augusto T. Dias. 48 páginas. 20,5 x 14,6 cm. Lisboa: Hiena Editora, 1987
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 15 euros.

LUZ CENTRAL
ERNESTO SAMPAIO
Capa sobre desenho de Rui André Delídia. 20,5 x 14,5 cm. 109 págs. Lisboa: Hiena Editora, 1990.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 12 euros.

O SAL VERTIDO
ERNESTO SAMPAIO
Capa e desenho original de Augusto T. Dias. 20,5 x 14,5 cm. 137 págs. Lisboa: Hiena Editora, 1988.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 15 euros.

ENSAIO SOBRE O TERMO DA HISTÓRIA
ANTÓNIO VIEIRA
Trezentos e cinquenta e três aforismos contra o incaracterístico. 20,5 x 14,5 cm. 126 págs. Capa sobre pormenor de pintura de Magritte. Lisboa: Hiena Editora, 1994.
Colecção Ideias e Atitudes.
Preço: 10 euros.