CLIMAX


DICK HASKINS


Exemplar assinado por Dick Haskins com dedicatória datada, na folha de rosto.

Primeira edição. Capa do autor, na sua própria editora, criada em 1964. Encadernação editorial com sobrecapa. Bom estado geral. Colecção Biblioteca DH — Obras Escolhidas. Lisboa: Edições DêAgá, 1969.

Preço: 30 euros.


 


HÁ COISAS ASSIM.


ANTÓNIO TORRADO


Primeira edição. Exemplar com dedicatória do ilustrador, Melo Frazão, provavelmente a uma criança, no verso da capa, datada de 1984. Agrafado. 16 páginas. Oblongo. 14 x 16 cm. Capa com mínimas marcas de uso. Bom estado geral. Colecção Caracol n.º 13. Lisboa: Plátano Editora, 1980.

Preço: 17 euros.


 


AS RUÍNAS ROMANAS DO MILREU


MÁRIO LYSTER FRANCO


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória no ante-rosto. Separata do Boletim da Junta da Província do Algarve, I, 1942.

Título completo: AS RUÍNAS ROMANAS DO MILREU e os últimos trabalhos nelas realizados por intermédio da Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais. (Comunicação apresentada ao Congresso Luso-Espanhol para o Progresso das Ciências, reunido no Porto em 1942).

Ilustrado com 18 fotografias, no texto, a preto. Brochado. 30,(2) páginas. 25,1 x 16,4 cm. Capas com ligeiras marcas de uso. Miolo limpo. Lisboa, 1943.

Preço: 20 euros.


 


DOZE SONETOS POR VARIAS ACCIONES


D. FRANCISCO MANUEL DE MELO


En la muerte de la Señora Dona Ines de Castro mujer del Princípe Don Pedro de Portugal. Introdução de Raul Rego. Assinado por Raul Rego com dedicatória manuscrita a José Ribeiro dos Santos, colegas de profissão e na resistência à ditadura.

Plaquete graficamente cuidada (capa em relevo e com dourado no título, bom papel, fac-simile limpo). Com XIV+16+(2) páginas. 20 x 14 cm. Bom estado. Invulgar. Lisboa: O Mundo do Livro, Natal de 1960.

Preço: 27 euros.


 

 


CARTA DE GUIA DE CASADOS

D. FRANCISCO MANUEL DE MELO

___ encadernado com ___

ODES PINDARICAS

ANTÓNIO DINIZ DA CRUZ E SILVA


Em consequência das Invasões Napoleónicas e sequentes Revolução Liberal e Guerra Civil, durante a segunda e terceira décadas de oitocentos, uma comunidade de exilados portugueses em Londres animou a edição de clássicos, periódicos e diatribes político-governativas, parte da qual tipografada na Fleet Street, na oficina de Thomas Curson Hansard, famoso impressor dos Debates Parlamentares britânicos.
A Carta de Guia de Casados, de D. Francisco Manuel de Melo (1 de Maio de 1820), e as Odes Pindaricas (3 de Março de 1820), de António Diniz da Cruz e Silva, foram impressas por Hansard com poucos meses de distância, «dadas á luz» por «dois portuguezes» [cit. Advertência (s)] anónimos, movidos «por os desejos de fazer reviver alguns dos nossos livros classicos»:

[volume compósito formado por]

CARTA DE GVIA DE CASADOS. Paraque Pello Caminho da Prudencia se Acerte Com a Casa do Descanso. A hum amigo. Por D. Francisco Manuel [de Melo]. Em Londres: na officina de T. C. Hansard, Peterboro’-Court, Fleet Street. 1820. Com xxvi+(2)+184 páginas. Antecedem a obra a advertência (datada) dos editores (anónimos), onde anunciam seguir a edição de Craesbeeck (1671); e um epítome da vida do autor, por «Dom Bartholomeu de Gallardo».

[seguido de]

ODES PINDARICAS, de Antonio Dinys da Cruz e Silva; chamado entre os poetas da Arcadia Portugueza, ELPINO NONACRIENSE. Londres: na officina de T. C. Hansard, Peterboro’-Court, Fleet Street. 1820. [Citação de Horácio no rosto, visível numa das fotografias supra]. Com iv+224+(2) páginas — em falta: as duas páginas da Advertência (datada) dos editores (anónimos), constatada noutro exemplar.

Inclui índice dos dedicatários das Odes: Vasco da Gama, Henrique de Macedo, André Furtado de Mendonça, António Correa Baharem, Paulo de Lima, João Fernandes Vieira, Heitor da Silveira, Nuno Álvares Botelho, António de Saldanha, Dom João de Castro, António Moniz Barreto, Salvador Ribeiro de Sousa, João Rodrigues de Sá, Duarte Pacheco Pereira, Fernando Peres de Andrade, Nuno Fernandes de Ataíde, Gonçalo Pereira Marramaques, André de Albuquerque, Mem Lopes Carrasco, António Galvão, Lopo de Sousa Coutinho, Diogo da Silveira, António da Silveira, Conde de Lippe, Marquês de Pombal, D. José I, Henrique José Maria Adão, João de Saldanha, Martinho de Melo e Castro e Dom João da Silva.

Em ambas as edições destacou Inocêncio «a nitidez dos typos» e o tipo de papel [II, 441; I, 124], não deixando de anotar que, nesta 3.ª edição das Odes de Diniz da Cruz e Silva, há falta de dez odes relativamente às antecedentes de Coimbra (1801) e Lisboa (1815-1817).

Terão sido reunidas num único volume por antigo possuidor, que os marcou com a assinatura de posse «Bento da França» no ante-rosto da primeira obra e após a última página da segunda.

Dos (pelo menos) três Bento da França cujo registo se conhece ao longo do século XIX, um foi militar liberal e dois administradores coloniais. Pensamos tratar-se de Bento da França Pinto de Oliveira (1833-1889), autor de títulos importantes para a História de Macau.

Uma segunda assinatura de posse ilegível, coeva da primeira, figura sumida no ante-rosto da Carta.

Encadernação sintética modesta, de difícil datação, com 17 x 11 cm. Cerca de 440 páginas. Miolo aparado, com leves manchas ocasionais.

Raro.

Preço: 120 euros.



 


INTRODUÇÃO À POLÍTICA


FERNANDO LUSO SOARES


Com dedicatória do autor. 4.ª edição. Capa de Dorindo Carvalho. Brochado. 191 páginas. 18,4 x 12 cm. Ligeiro desgaste nas arestas da capa. Miolo limpo. Bom estado geral. Colecção Teoria e Prática, n.º 1. Lisboa: Diabril, 1976.

Preço: 15 euros.


 


A PROVÍNCIA DE ANGOLA


NORTON DE MATOS


Tiragem especial de 50 exemplares numerados e assinados pelo autor (este o exemplar n.º 37).

Com dedicatória extensa de Norton de Matos, datada de 7 de Maio de 1927, ao Comandante [Francisco de] Aragão e Mello.

Encadernação em tela vermelha, gravada a seco e a ouro. 391,(5) páginas. 21,5 x 14 cm. Com ocasionais sublinhados a lápis de cor azul ou vermelho — potenciais marcas de leitura do dedicatário. Antiga assinatura de posse no ante-rosto, de posterior possuidor. Mantém-se, no geral, bom exemplar. Acabou de imprimir-se a 5 de Abril de 1927. Porto: Edição de Marânus, 1926.

Preço: 85 euros.


 


O SUBCONSCIENTE EM CRIMINOLOGIA

VISÃO PSICANALÍTICA DO DELITO


MANUEL ANTÓNIO LOPES ROCHA


Com dedicatória de amizade do autor a um colega, datada de Abril de 1968. Separata da revista Scientia Ivridica, tomo XVII, n.º 89, Janeiro-Fevereiro de 1968.

Brochado. 23 páginas. 23,9 x 18,3 cm. Capa com manchas leves, marginais. Miolo limpo. Colecção Scientia Ivridica. Braga: Livraria Cruz, 1968.

Preço: 18 euros.


 


ASPECTOS DA POLÍTICA CRIMINAL
EM ALGUNS PAÍSES DA EUROPA


JOSÉ GUARDADO LOPES


Assinado pelo autor, à época Director-Geral dos Serviços Prisionais, com dedicatória ao arquitecto Alberto Pessoa.

Países europeus analisados: Alemanha, Áustria, Bélgica, França, Holanda, Itália, Noruega, Suécia e Suíça.

269+(1) páginas, e 23,5 x 17,7 cm. Capas e lombada com algumas manchas. Miolo limpo. Exemplar interessante. Separata do Boletim do Ministério da Justiça, n.ºs 56 e 57, Lisboa, 1956.

Preço: 20 euros.


 


POVO QUE LAVAS NO RIO


PEDRO HOMEM DE MELLO


Primeira edição, com assinatura do autor na primeira página do miolo. Prefácio de José Régio. Desenho de Carlos Carneiro. [… além de poemas, — contos, evocações, descrições, divagações, memórias…]

Brochado. 142,(6) páginas. 18,8 x 13,7 cm. Bom estado geral. Invulgar. Porto: Oficinas Gráficos Reunidos, [s.d.].

Preço: 70 euros.


 


DISCURSO DE ALFREDO MARCENEIRO
A GABRIEL GARCIA MÁRQUEZ


DINIS MACHADO


Primeira edição, autografada pelo autor com dedicatória ao crítico Álvaro Salema, datada de Dezembro de 1984.

Brochado. Ilustrações de Fátima Vaz. 30 páginas. 21 x 14 cm. Bom exemplar. Colecção Autores Portugueses. Lisboa: Livraria Bertrand, 1984.

Preço: 30 euros.


 


O DRAMA E A GLÓRIA DO PADRE ANTÓNIO VIEIRA


MÁRIO DOMINGUES


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória expressiva, de amizade, no ante-rosto, datada de «4-2-962».

2.ª edição. Brochado. 370,(6) páginas. 19,5 x 13 cm. Capas com pequenos pontos de desgaste nas arestas. Leve vinco de leitura na lombada. Miolo limpo. No geral, bom exemplar. Colecção Obras de Mário Domingues, Série Lusíada / Visão dos Tempos. Lisboa: Edição Romano Torres, 1961.

Preço: 25 euros.



DOM DINIS E SANTA ISABEL

EVOCAÇÃO HISTÓRICA

MÁRIO DOMINGUES


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória expressiva, de amizade, no ante-rosto, datada de Abril de 1968.

1.ª edição. Brochado. 363,(5) páginas. 19,5 x 13 cm. Capas com pequenos pontos de desgaste nas arestas. Miolo com manchas leves, marginais. No geral, bom exemplar. Colecção Obras de Mário Domingues, Série Lusíada / Visão dos Tempos. Lisboa: Edição Romano Torres, 1967.

Preço: 25 euros.



D. JOÃO III

O HOMEM E A SUA ÉPOCA

EVOCAÇÃO HISTÓRICA

MÁRIO DOMINGUES


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória expressiva, de amizade, no ante-rosto, datada de «VIII».

1.ª edição. Brochado. 395,(5) páginas. 19,5 x 13 cm. Exemplar estimado. Colecção Obras de Mário Domingues, Série Lusíada / Visão dos Tempos. Lisboa: Edição Romano Torres, 1962.

Preço: 35 euros.



O PRIOR DO CRATO CONTRA FILIPE II

EVOCAÇÃO HISTÓRICA

MÁRIO DOMINGUES


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória «ao muito prezado Amigo e dedicado Editor Carlos Brigante Torres», no ante-rosto, datada «I 1966». Na base da mesma página, assinatura de posse de sequente possuidor.

1.ª edição. Brochado. 420,(12) páginas. 19,5 x 13 cm. Capas com pequenos pontos de desgaste nas arestas. Lombada com vincos de leitura. Miolo limpo. Exemplar satisfatório. Colecção Obras de Mário Domingues, Série Lusíada / Visão dos Tempos. Lisboa: Edição Romano Torres, 1965.

Preço: 20 euros.


 


PRÉ-HISTÓRIA DE PORTUGAL


M. FARINHA DOS SANTOS


2.ª edição revista e actualizada. Dedicatória manuscrita do autor. Ilustrado com fotografias, da autoria de Manuel Leitão, C. T. North, C. Tavares da Silva, Carlos Ferreira de Almeida e J. Justo; e desenhos. Brochado. Usado e em bom estado. 21 x 14,5 cm cm. 175,(1) páginas. Colecção Biblioteca das Civilizações Primitivas. Lisboa: Editorial Verbo, [13 de Fevereiro de] 1974.

Preço: 18 euros.


 


A ESTRADA FASCINANTE


MATILDE ROSA ARAÚJO


Exemplar assinado pela autora, no ano da edição, com dedicatória especial no ante-rosto [«Para a Maria Isabel, com muito grande admiração e carinho pela sua estrada fascinante da vida, pela sua obra. Com um grande abraço da Matilde.»].

Uma extensa reflexão pedagógica (e poética) sobre a literatura infanto-juvenil em Portugal, na história e no presente, acompanhada de um panorama antológico de excertos de autores literários e científicos, de livros escolares, da imprensa, etc.

Capa sobre desenho de Domingos Sequeira. Brochado. 247 páginas. 21 x 14 cm. Com manchas leves nas guardas e face interior das capas, e a lombada com ligeira perda de cor. Em bom estado geral. Lisboa: Livros Horizonte, 1988.

Preço: 35 euros.


 


HISTÓRIA DE UM RAPAZ


MATILDE ROSA ARAÚJO


Exemplar assinado pela autora, no Natal de 1977, com dedicatória que ocupa toda a página de guarda [«este sonho que talvez caiba ainda em todos nós, apesar de muitos pássaros feridos»].

3.ª edição, dez anos após as duas primeiras. Desenho da capa e uma ilustração de página inteira, no interior, de Maria Keil.

Brochado. 18,(2) páginas. 22 x 16,7 cm. Bom estado. Acabou de se imprimir a 29-11-73. Coimbra: Atlântida Editora, 1973.

Preço: 35 euros.


 


JOÃO VIEIRA

— CATÁLOGOS DE EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS DE PINTURA —


LIMITES
Catálogo ilustrado da exposição na Galeria Valbom, em Lisboa, em 2000. Texto de Bernardo Pinto de Almeida. Exemplar assinado pelo pintor com dedicatória [«Para a Hermínia»]. Com 72 páginas e 28,5 x 22,5 cm. Bom estado. Tiragem de 700 exemplares. Lisboa: Galeria Valbom, 2000.
Preço: 25 euros.

PINTURAS RECENTES
Catálogo ilustrado da exposição na Galeria Valbom, em Lisboa, em 2002. Textos doe João Vieira, Raquel Henriques da Silva, Helder Macedo e João Fernandes. Exemplar assinado pelo pintor com dedicatória [«Para a Hermínia, Viva o Teatro!»]. Com 40 páginas e 28,5 x 22,5 cm. Bom estado. Tiragem de 500 exemplares. Lisboa: Galeria Valbom, 2002.
Preço: 30 euros.

NÃO-PINTURA
Catálogo ilustrado da exposição na Casa da Cerca — Centro de Arte Contemporânea, em Almada, integrada no Festival de Teatro de Almada 2008. Com textos de Emília Ferreira (“Olho Vivo e Mão Ligeira”), e Joaquim Benite. Com 55 páginas, e 27,5 x 21 cm. Bom estado. Almada: Casa da Cerca, 2008.
Preço: 15 euros.

NO PRINCÍPIO ERA O VERBO
Catálogo ilustrado da exposição por ocasião da 1.ª Bienal Internacional de Artes Plásticas e IX edição do Prémio Vespeira, organização da Câmara Municipal do Montijo, em 2008. Textos de Jaime Silva, João Vieira e Paulo Simões Rodrigues. Tiragem de 500 exemplares. 40 páginas. 27 x 21 cm. Lombada descolorada. Bom estado geral. Montijo: Galeria Municipal, 2008.
Preço: 15 euros.


 


NARCISO E GOLDMUNDO


HERMANN HESSE


Exemplar com extensa dedicatória de amizade da tradutora, Manuela de Sousa Marques [«a narrativa que Thomas Mann considerou das mais belas da literatura alemã, vertida para português, com muito amor mas também com a consciência do que se perdeu na transferência da linguagem poética»].

Título original: Narziss und Goldmund. Capa de Almeida Baltazar. 3.ª edição. Brochado. 237,(2) páginas. 21 x 14,5 cm. Bom estado. Lisboa: Guimarães Editores, 1987.

Preço: 25 euros.


 


ELEMENTOS DE FÍSICA E QUÍMICA

TOMO I


EUGÉNIO MONTEIRO


Assinado pelo autor, em Coimbra, no ano da edição, com dedicatória a um colega. Ilustrado. 4.ª edição. Encadernação editorial. 476 páginas. 21,5 x 15 cm. Bom estado. Coimbra: Coimbra Editora, 1963.

Preço: 18 euros.


 


OS BRINQUEDOS DO TOZÉ FIZERAM BANZÉ


ORLANDO NEVES


Com dedicatória datada de 12 de Março de 1979, do autor, Orlando Neves, à actriz Hermínia Tojal [«com a admiração de anos que hoje expresso pessoalmente»] na primeira página do miolo.

A peça infantil foi estreada em 10 de Dezembro de 1978, pelo Teatro Experimental de Cascais, no cinema Stadium de Algés, com cenário e figurinos de Vladimiro Franklim e encenação de Fernanda Lapa.

Ilustrações de Vladimiro Franklim. Música original de António Feio e Pedro Soares (inclui pauta). Brochado. 53,(3) páginas. 19 x 16 cm. Capa manuseada. Miolo limpo. Lisboa: Edições Saber Porquê, 1978.

Preço: 17 euros.


 


A NOITE E O RISO

TRÍPTICO

NUNO BRAGANÇA


Primeira edição. Com dedicatória de amizade de Álvaro Guerra, a oferecer o livro a um amigo não nomeado, na época. Capa de Mendes de Oliveira.

Brochado. 340,(3) páginas. 19 x 12 cm. Lombada amarelecida e com vincos de leitura leves. No geral um bom exemplar, invulgar. Colecção Circulo de Prosa. Lisboa: Moraes Editores, 1969.

Preço: 65 euros.


 


DIRECTA


NUNO BRAGANÇA


Com assinatura de posse de José Palla e Carmo, que preencheu com anotações, a lápis, a última página e o interior da contracapa.

Capa de Manuel Luís Bragança. Brochado. 289 páginas. 20,5 x 14 cm. Lombada com vincos de leitura. No geral, um bom exemplar, invulgar. Colecção Círculo de Prosa. Lisboa: Moraes Editores, Setembro de 1977.

Preço: 45 euros.


 


A CAVALO NO DIABO

CRÓNICAS DO PÚBLICO E CASOS PRIVADOS

JOSÉ CARDOSO PIRES


Crónicas. Primeira edição. Com invulgar dedicatória de José Cardoso Pires, extensa, de amizade e companheirismo lisboeta.

Brochado. 206 páginas. 21 x 13,5 cm. Muito bom exemplar. Colecção Obras de José Cardoso Pires. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1994.

Preço: 75 euros.


 


O PARTICULAR, O NACIONAL E O UNIVERSAL


EUGÉNIO LISBOA


Assinado pelo autor com dedicatória de amizade a José Palla e Carmo, «criticus maximus!». Separata do volume das actas do colóquio Les Literatures Africaines de Langue Portugaise: A La Recherche de l’Identité Individuelle et Nationale, Paris, Novembro-Dezembro 1984.

Brochado. 10 páginas. 27 x 18,5 cm. Capa manchada. Paris: Fondation Calouste Gulbenkian, 1985.

Preço: 14 euros.


 


A IGNORÂNCIA DA MORTE

ALDEIA DE IRMÃOS
A MATÉRIA VOLÁTIL

ANTÓNIO OSÓRIO


Com dedicatória de amizade do autor, datada de 1982. 2.ª edição revista. Prefácio de Eugénio Lisboa. Brochado com sobrecapa. 203 páginas. 18,3 x 11,6 cm. Bom estado. Colecção Forma, n.º 15. Lisboa: Editorial Presença, 1982.

Preço: 35 euros.


 


ÍDOLO ENEOLÍTICO
DOS ARREDORES DE LISBOA


M. FARINHA DOS SANTOS


Separata de O Arqueólogo Português, série III, Vol. IV, pp. 61-64. Assinado pelo autor com dedicatória. Com 24,5 x 17 cm e 4 páginas, acrescidas de uma estampa desdobrável [24,5 x 26 cm] no final, impressa em papel couché. Bom estado. Lisboa, 1970.

Preço: 14 euros.


 


O LOBO EXTINTO

AQUILINO RIBEIRO, JORNALISTA


PAULO LEITÃO


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória. Inclui entrevista a Baptista-Bastos. Brochado. 116 páginas. 20,9 x 14,8 cm. Mínimas marcas de manuseio. Guarda: edição do autor, 2005. Tiragem de 500 exemplares.

Preço: 17 euros.


 


WHEN THE WOLVES HOWL


AQUILINO RIBEIRO


The author of this novel is the doyen of Portuguese literature. When it appeared in Portugal it was welcomed as a masterpiece. Ribeiro was at once arrested and charged with having attempted to discredit Portugal in the eyes of the world, with inciting action against the security of the State, and with insulting the magistrature and secret police (…) [da badana].

Primeira edição inglesa. Tradução de Patricia Macgowan Pinheiro (ou Patrícia Lança, à época exilada em Argel). Desenho da capa de R. G. Williamson. 288 páginas. 20,5 x 14 cm. Encadernação editorial com sobrecapa, ambas em bom estado, salvo leve amarelecimento na lombada. Miolo limpo. London: Jonathan Cape, 1963.

Inclui factura de compra na Livraria Sá da Costa, passada a Raul Rego, com o título e o autor do livro adquirido — e um desconto de 10% —, no dia 7 de Maio de 1964; e um cartão de cumprimentos oficial da revista Colóquio-Letras, datado de 10 de Maio de 1983, com um pedido manuscrito — não assinado (de Luís Amaro?) e ocupando a frente e o verso do cartão — para que o destinatário não identificado desvende, «num dos seus interessantíssimos artigos bibliográficos», o «mistério» de a primeira edição de O Homem que Matou o Diabo «ter saído  em Espanha, e em espanhol».

em conjunto com:

O HOMEM QUE MATOU O DIABO
AQUILINO RIBEIRO
Prefácio extenso de Serafina Martins, sobre os meandros e circunstâncias da obra. Brochado. 253,(3) páginas. 23,5 x 15 cm. Bom exemplar. Colecção Obras de Aquilino Ribeiro. Lisboa: Bertrand Editora, 2018.

e também:

QUANDO OS LOBOS JULGAM A JUSTIÇA UIVA
Texto integral da acusação e defesa no processo de Aquilino Ribeiro
Proibido e apreendido em Portugal. Prefácio de Adolfo Casais Monteiro. Defesa assumida pelo advogado Heliodoro Caldeira. Brochado. 112 páginas. 15,4 x 11,3 cm. Lombada amarelecida. Bom exemplar. São Paulo: Editora Liberdade e Cultura, [s.d.].

Conjunto invulgar.

Preço: 110 euros.


 


ERA A REVOLUÇÃO

NOVELA

JÚLIO CONRADO


Lembro esta rua, o largo, inchados de campónios em luta, que aqui tinham vindo solenemente explicar a criação do mundo. Mas deste livro incompleto, parco de estios, farto de primaveras, se arredou a gesta do campo. É um livro de modesta cidade, de pequeno-burgueses, de hesitantes, de psicopatas, de oportunistas cavilosos, de burocratas do fingimento. De mini-déspotas. Odeio déspotas. Odeio todos os déspotas. [da contracapa]

Capa: «colagem + desenho de Augusto Mota». Brochado. 106,(2) páginas. 19 x 12,5 cm. Lombada levemente amarelecida. Bom estado geral. Lisboa: Parceria A. M. Pereira, Outubro de 1977.

Exemplar assinado pelo autor com dedicatória a José Palla e Carmo, no ante-rosto, datada de 10 de Dezembro de 1977.

Preço: 22 euros.


 


VIAGENS AVENTUROSAS

O TESOURO DAS ILHAS SELVAGENS


MANUELA DE AZEVEDO


Exemplar assinado pela autora com dedicatória de amizade, datada «Natal de 1971».

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série F — Viagens Aventurosas, n.º 1. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Ilustrado com a reprodução de 10 linogravuras de alunos da Escola Técnica Elementar Francisco Arruda, com ensino especial de gravura e linóleo, realizadas em Outubro de 1964, com indicação do nome e idade dos 8 alunos-autores.

Brochado. 51,(1) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. No geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas gráficas do Jornal do Fundão. Lisboa: edição da autora, 1964.

Preço: 25 euros.


 


HISTÓRIAS DE ANIMAIS

O LIVRO DA TERESINHA


LÍLIA DA FONSECA


Exemplar assinado pela autora com dedicatória, datada de 5 de Março de 1963, à amiga Hortense de Almeida, jornalista, escritora e colaboradora do Teatro de Branca-Flor (1962-1982), fundado por Lília da Fonseca.

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série A — Histórias de Animais, n.º 1. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Histórias «colhidas» de noticiários de jornais (reproduzidas no final do volume, com identificação precisa da fonte) e ilustradas por crianças, alunas da Escola Técnica Elementar Francisco Arruda, em Lisboa.

Brochado. 46,(2) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Lombada, e primeira e última páginas do miolo, amarelecidas. Mantém-se, no geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas gráficas do Jornal do Fundão. Lisboa: edição da autora (depósito e distribuição Seara Nova), Dezembro de 1962.

Preço: 24 euros.



HISTÓRIAS DE ANIMAIS

O LIVRO DO MARINHO


LÍLIA DA FONSECA


Exemplar assinado pela autora com dedicatória, datada de 15 de Julho de 1963, à amiga Hortense de Almeida, jornalista, escritora e colaboradora do Teatro de Branca-Flor (1962-1982), fundado por Lília da Fonseca.

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série A — Histórias de Animais, n.º 2. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Histórias «colhidas» de noticiários de jornais (reproduzidas no final do volume, com identificação precisa da fonte) e ilustradas por crianças, alunas da Escola Técnica Elementar Francisco Arruda, em Lisboa.

Brochado. 47,(1) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Lombada, e primeira e última páginas do miolo, amarelecidas. Mantém-se, no geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas gráficas do Jornal do Fundão. Lisboa: edição da autora (depósito e distribuição Seara Nova), Abril de 1963.

Preço: 24 euros.



HISTÓRIAS DE ANIMAIS

O LIVRO DA STELINHA


LÍLIA DA FONSECA


Exemplar assinado pela autora com dedicatória, datada de 1 de Outubro de 1965, à amiga Hortense de Almeida, jornalista, escritora e colaboradora do Teatro de Branca-Flor (1962-1982), fundado por Lília da Fonseca.

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série A — Histórias de Animais, n.º 3. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Histórias «colhidas» de noticiários de jornais (reproduzidas no final do volume, com identificação precisa da fonte) e ilustradas por crianças, alunas da Escola Técnica Elementar Francisco Arruda, em Lisboa.

Brochado. 46,(2) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Lombada amarelecida. Mantém-se, no geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas gráficas do Jornal do Fundão. Lisboa: edição da autora (depósito e distribuição Seara Nova), Setembro de 1964.

Preço: 24 euros.



HISTÓRIAS DE ANIMAIS

O LIVRO DA NENÉ


LÍLIA DA FONSECA


Exemplar assinado pela autora com dedicatória, datada de 20 de Maio de 1970, à amiga Hortense de Almeida, jornalista, escritora e colaboradora do Teatro de Branca-Flor (1962-1982), fundado por Lília da Fonseca. Na capa e no rosto há emendas do primeiro acento de Néné, raspado com delicadeza.

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série A — Histórias de Animais, n.º 6. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Histórias «colhidas» de noticiários de jornais (reproduzidas no final do volume, com identificação precisa da fonte) e ilustradas por Calvet de Magalhães.

Brochado. 49,(3) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Lombada amarelecida. Mantém-se, no geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas da Tipografia «A União», em Torres Vedras. Lisboa: edição da autora, [s.d.].

Preço: 24 euros.



HISTÓRIAS DE ANIMAIS

O LIVRO DA LILI


LÍLIA DA FONSECA


Exemplar assinado pela autora com dedicatória, datada de 20 de Maio de 1970, à amiga Hortense de Almeida, jornalista, escritora e colaboradora do Teatro de Branca-Flor (1962-1982), fundado por Lília da Fonseca.

Colecção Carrosel, livros para crianças ilustrados por crianças, Série A — Histórias de Animais, n.º 7. Direcção Literária de Lília da Fonseca. Direcção Artística de Calvet de Magalhães. Direcção Técnica de José de Almeida. Histórias «colhidas» de noticiários de jornais (reproduzidas no final do volume, com identificação precisa da fonte) e ilustradas por Luísa Aparício.

Brochado. 49,(3) páginas. 19 x 14 cm. Mínimas imperfeições exteriores. Lombada, e primeira e última páginas do miolo, amarelecidas. Mantém-se, no geral, um bom exemplar. Composto e impresso nas oficinas da Tipografia «A União», em Torres Vedras. Lisboa: edição da autora, [s.d.].

Preço: 24 euros.


 


DE PÉS NA CALÇADA


HORTENSE DE ALMEIDA


Poemas. Capa de Ricardo de Almeida. Exemplar assinado pela autora com dedicatória. Hortense de Almeida foi jornalista de imprensa e rádio, e fez parte do elenco do Teatro de Branca-Flor, teatro de marionetas fundado por Lília da Fonseca.

Brochado. 61,(1) páginas (por abrir). 20 x 14 cm. Capa com mínimas imperfeições. Bom estado geral. Lisboa: edição da autora (distribuída pelas Publicações Dom Quixote), 1968.

Preço: 18 euros.


 


A ENEIDA

DE PÚBLIO VIRGÍLIO MARÃO


NICOLAU FIRMINO


Versão portuguesa, em prosa, e notas de Nicolau Firmino. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória. 5.ª edição. Ilustrada a preto, no texto. 379,(5) páginas. 21 x 14,5 cm. Cartonagem editorial. Tiragem numerada e com chancela. Bom estado geral. Colecção Floresta Latina. Porto: Livraria Simões Lopes, 1955.

Preço: 20 euros.


 


O NAVIO DOS MORTOS

E OUTRAS NOVELAS

JOAQUIM PAÇO D’ARCOS


2.ª edição, valorizada pela dedicatória do autor a José Palla e Carmo, o qual anotou a lápis as margens de inúmeras páginas, com paralelismos, chamadas de atenção e diversas apreciações, como que preparando uma recensão literária.

Capa de Infante do Carmo. Brochado. 314-(6) páginas. 19 x 12 cm. Lombada com vincos ligeiros de leitura. Bom exemplar. Lisboa: Guimarães Editores, [Abril de] 1964.

Preço: 35 euros.


 


INTIMOS

SONETOS

ANTÓNIO DE LEMOS


Oito sonetos do poeta portuense António de Lemos (1864-1931), com epígrafe de Antero de Quental.

Mini-livro (10,2 x 7,9 cm) brochado, em bom estado. Rara edição do autor, cuidada, com capa acetinada e 16 páginas de papel vegetal, impressa na Papelaria Morgado, Porto, 1888.

Dedicatória autógrafa assinada e muito íntima — À Ângela, que é tudo para mim, pois é o meu futuro, e a minha vida (…) — e, no topo da página de rosto, uma outra pequena nota autoral manuscrita, duplamente sublinhada: «n.º único».

Preço: 55 euros.


 


O DESTERRO DAS MANTILHAS


[ANTÓNIO JOAQUIM MESQUITA E MELO]


Anunciada a sua venda ao público nas edições d’O Correio do Porto de 19 e 20 de Dezembro de 1820 embora Inocêncio lhe atribua a data de 1821, ver I-162 e tb. VIII-186 teve por autor, sob pseudónimo, António Joaquim Mesquita e Melo, poeta natural de Avintes que à época teria cerca de 30 anos de idade. A questão das mantilhas, tema do opúsculo, é um problema coevo sobre o qual existem reflexões de Garrett e, mais tarde, também de Camilo (ver aqui).

Título completo: O DESTERRO DAS MANTILHAS : ou Exhortação em que o Poeta Gallego com rasões bem arrasoadas, mostra a necessidade de desterrar um traje, que esconde a formosura e a gentilesa das Mulheres bonitas. Porto: Na Typografia à Praça de S. Thereza, [1820].

Caderno de 8 páginas, cosido. 21,5 x 15,5 cm. Conserva, soltas, as frágeis capas de brochura originais, azuis, não impressas. Capas e miolo com variados vincos e algumas manchas.

Exemplar com assinatura de posse, no topo da primeira e na base da última página, de João Carlos Mascarenhas de Mello, n. 1860, médico-cirurgião, militar condecorado e republicano — como sub-inspector de saúde da 1.ª divisão militar, por exemplo, encontramo-lo de visita ao moderno Pavilhão Vacinogénico de Lisboa, em 1911. Mascarenhas de Melo foi, também, durante 23 anos consecutivos, presidente da assembleia geral do Sport Lisboa e Benfica, entre 1908 e 1931, e não por acaso surge homenageado na primeira página do primeiro número do boletim oficial do clube, em 1927, sendo então o sócio n.º 10.

Muito invulgar.

Preço: 65 euros.



 


O BRASIL DE HOJE


MAJOR ALEXANDRE DE MORAIS


Homem do Regime — autor do Manual do Legionário, do Manual da Mocidade Portuguesa, ou de um volume de crónicas militares da Guerra Civil de Espanha (vista pelo prisma franquista) — Alexandre de Morais retrata nesta obra o Brasil da época (início da década de quarenta), nos seus aspectos geográficos, históricos, políticos, económicos, militares (e beligerantes). O mote parece ter sido a entrada do Brasil na II Guerra Mundial, contra a Alemanha e a Itália, por força dos ataques infligidos pelos países do Eixo à frota mercante brasileira.

Obra completa em 2 volumes, ilustrados com fotografias, tabelas e mapas, de 244 e 286 páginas (maioria por abrir), e 19 x 13 (x 4) cm. Capas com pequenas manchas, lombadas amarelecidas, miolo de ambos os volumes limpo. Lisboa: Edições Universo, 1943.

Primeiro volume autografado pelo autor com dedicatória ao «velho e querido amigo» Andrade e Sousa.

Preço: 25 euros.


 


A PROPÓSITO DE TEATRO

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES OPORTUNAS OFERECIDAS
À INTELIGÊNCIA E REFLEXÃO DE TODOS OS
HOMENS DE BOA VONTADE


JOSÉ GAMBOA


Ensaios sobre teatro, dramaturgia, crítica, o Conservatório, os repertórios, a imprensa, e outros temas (inclui «O teatro e futebol como elementos de educação»). Vide índice nas fotografias. Exemplar assinado com dedicatória ao cineasta Baptista Rosa. Manuseado. Sólido. Com uma mínima falta de papel na contracapa. 425-(4) páginas. 19,2 x 12,5 cm. Lisboa: edição do autor, 1949.

Preço: 18 euros.


 


SUBSÍDIOS PARA O

INVENTÁRIO ARTÍSTICO DOS AÇORES


FRANCISCO ERNESTO DE OLIVEIRA MARTINS


Igreja a igreja, casa a casa… Primeiro tentame sistemático de um inventário histórico-global da arte e do artesanato no arquipélago: mobiliário, pintura, escultura, arquitectura religiosa, civil e militar, faiança, porcelana, marfim, colchas e bordados, etc.

Catálogo em papel couché, ilustrado com centenas de fotografias da autoria de Francisco Reis Maduro Dias, Guillon, João Soares de Ávila, José Leite, Mário Corvelo de Freitas, Norberto Ávila, Veríssimo Salvador, Foto Iris e Foto Nóbrega.

Brochado. 449 páginas. 29,5 x 21 cm. Capa frontal com pequenas falhas de verniz  nas margens superior e inferior. Lombada com ténues vincos de leitura. Miolo limpo. Mantém-se um bom exemplar. Angra do Heroísmo: Secretaria Regional de Educação e Cultura / Direcção Regional dos Assuntos Culturais, 1980.

Figura no rosto dedicatória-autógrafa de Francisco Ernesto de Oliveira Martins, acompanhada de um postal-convite, para o casamento de uma familiar, ilustrado com um par de bonecos de trapos (noivos) da colecção pessoal do autor.

Preço: 50 euros.


 


CÔNSULES FRANCESES EM LISBOA E NOS AÇORES NO SÉCULO XVII


MARIA ANTONIETA SOARES DE AZEVEDO


Separata do n.º 1 de Arquipélago, Série Ciências Humanas, Revista do Instituto Universitário dos Açores., Janeiro de 1979. Brochado. 101-(3) páginas. 23,5 x 16 cm. Capa manchada e com um rasgo na margem superior, sem perda de papel. Miolo limpo salvo rubrica de posse no rosto. Ponta Delgada: Instituto Universitário dos Açores, 1979.

em conjunto com:

UM MANUSCRITO DA BIBLIOTECA NACIONAL DE MADRID INTERESSANTE À HISTÓRIA DOS AÇORES NO SÉCULO XVII. FRANCISCO MENDES DA LUZ. Separata do volume VI do Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira, assinada pelo autor com dedicatória ao embaixador Luiz Norton, datada de Madrid, 1949. Com 7 páginas e 16,5 x 22 cm. Angra do Heroísmo: Tipografia Andrade, 1948.

Preço: 15 euros.


 


HISTÓRIAS À MARGEM DE UM SÉCULO DE HISTÓRIA


F. KEIL DO AMARAL


Livro de “memórias da família” do arquitecto Francisco Keil do Amaral (1910-1975), publicado na Biblioteca de Estudos sobre a Sociedade e a Cultura Portuguesas, secção I, n.º 6, da editora Seara Nova, Lisboa, 1970. Capa de Guilherme Lopes Alves. 242 páginas. 22 x 14 cm. Bom estado geral.

Assinado pelo autor com dedicatória datada de 1970.

Preço: 25 euros.


 


UMA HORA D’ANTO


FELICIANO SOARES


No Funchal – Ilha da Madeira, na inauguração do busto do Poeta, pela Câmara Municipal. Com informação sobre a vida de António Nobre, particularmente os dezoito meses que passou na Madeira, e fotografias (da casa onde habitou, reprodução de um autógrafo que deixou, etc.).

Exemplar com dedicatória sentida de Feliciano Soares, «para a querida Purificação», datada de Maio de 1942, na página de guarda.

Ilustrado com fotografias, e fac-similes de manuscritos. Brochado [4]-41-(3) páginas. 24,3 x 17,5 cm. Ocasional foxing. Bom estado geral. Edição da Câmara Municipal do Funchal, 1941.

Preço: 24 euros.


 


TERRA ATLÂNTIDA

IMPRESSÕES DA MADEIRA


EDMUNDO TAVARES


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória a Alberto José Pessoa, de arquitecto para arquitecto, datada de 1950.

Ilustrado. Brochado. 107 páginas. 24,3 x 16,5 cm. Capa com ligeiro desgaste nas margens, e lombada amarelecida. No geral, um bom exemplar, com uma dedicatória invulgar. Lisboa: Bertrand (Irmãos) Lda., 1948.

Preço: 35 euros.



O VERDADEIRO RETRATO DO INFANTE D. HENRIQUE


MANUEL SAMPAYO RIBEIRO


Exemplar com extensa dedicatória do autor, ocupando a quase totalidade do ante-rosto/página de guarda, a um dos colaboradores essenciais do processo de pesquisa, que por lapso involuntário não figura na lista de agradecimentos do livro.

Ilustrado com fotografias, no texto, a preto e a cor, e desenhos. Brochado. 147-(5) páginas. 23 x 15 cm. Mínimas marcas de manuseio. Bom estado geral. Colecção Biblioteca de História, n.º 4. Lisboa: Editorial Notícias, 1991.

Preço: 24 euros.


 


LES MONUMENTS PRÉHISTORIQUES
DE PRAIA DAS MAÇÃS ET DE CASAINHOS


VERA LEISNER
G. ZBYSZEWSKI
O. DA VEIGA FERREIRA


Com dedicatória manuscrita, a um colega arqueólogo, de Octávio da Veiga Ferreira. Ilustrado com desenhos, no texto, e XVIII lâminas fotográficas. Texto em francês. Brochado. 100-[36]-(4) páginas. 32,5 x 23 cm. Bom exemplar. Colecção Memória dos Serviços Geológicos de Portugal, n.º 16 (Nova Série). Lisboa: Direcção-Geral de Minas e Serviços Geológicos, 1969.

Preço: 40 euros.