HISTÓRIAS À MARGEM DE UM SÉCULO DE HISTÓRIA


F. KEIL DO AMARAL


Livro de “memórias da família” do arquitecto Francisco Keil do Amaral (1910-1975), publicado na Biblioteca de Estudos sobre a Sociedade e a Cultura Portuguesas, secção I, n.º 6, da editora Seara Nova, Lisboa, 1970. Capa de Guilherme Lopes Alves. 242 páginas. 22 x 14 cm. Bom estado.

Assinado pelo autor com dedicatória datada de 1970.

Preço: 25 euros.



ENTRE DUAS MEMÓRIAS


CARLOS DE OLIVEIRA


Primeira edição assinada, com dedicatória de amizade, datada de Fevereiro de 72.

Capa de Fernando Felgueiras. 75+(5) páginas. 18,2 x 11 cm. Em bom estado, com a lombada ligeiramente descolorada. Colecção Cadernos de Poesia n.º 21. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1971.

Preço: 50 euros.



A CIDADE E OS HOMENS
e outros poemas


EDUARDO VALENTE DA FONSECA


Das primeiras obras publicadas por Eduardo Valente da Fonseca [Aveiro, 1928-2003]. Autografado pelo autor com dedicatória ao autor da capa, Rui Filipe. Muito bom estado de conservação. 126 páginas. 18 x 13 cm. Porto: edição do autor, 1956 (composto e impresso na Tipografia do Carvalhido, distribuído pela Livraria Aviz).

Preço: 70 euros.



POEMAS


JORGE COLOMBO


Edição do autor, Lisboa, 1985, de 250 exemplares, em papel manteigueiro, fora de mercado. Com 15 poemas e um «hors-texte». 20 páginas. 20 x 14,5 cm. Capa com ténue foxing, que desvanece nas 3 primeiras páginas. No geral, em bom estado.

Exemplar autografado por Jorge Colombo, com dedicatória datada de Março de 1986, ao poeta António Campos.

Preço: 45 euros.



CALENGA


CASTRO SOROMENHO


Contos. Primeira edição, com dedicatória datada ao jornalista Mário Rocha, à época n’O Século Ilustrado.

Capa e ilustrações de Manuel Ribeiro de Pavia. Prefácio de Arthur Ramos. Brochado. 231+(9) páginas. Alguns cadernos por abrir. 19,2 x 12,5 cm. Capa com pequenas manchas, visíveis na fotografia, e lombada amarelecida. Contracapa com mínimas marcas de bicho de papel, pouco perceptíveis. Exemplar interessante. Lisboa: Editorial Inquérito, 1945.

Preço: 40 euros.



LIVRO DE HISTÓRIAS


JOÃO UBALDO RIBEIRO


Assinado pelo autor na página de ante-rosto.

Contos. Primeira edição em Portugal, em Dezembro de 1982. Prefácio de Jorge Amado. Capa de José Pinto Nogueira. Fotografia da contracapa de Joaquim Lobo. 175 páginas. 20,5 x 14 cm. Bom estado de conservação. Lisboa: Edições O Jornal, 1982.

Preço: 30 euros.



RIACHO DOCE


JOSÉ LINS DO REGO


1.ª edição. Romance. Brochado. 372 páginas. 19 x 12,5 cm. Capa do pintor Santa Rosa. Em estado de conservação satisfatório, com picos de oxidação em algumas páginas. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio Editora, 1939.

Em conjunto com:

Cadernos de Divulgação Luso-Brasileira, n.º 10, dedicado a José Lins do Rego, da autoria de Victor Santos. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória. 14 páginas, 18,5 x 13 cm. Manuseado e com picos de oxidação. Lisboa: Livraria Portugal, s. d.

Preço: 24 euros.



O BRASIL DE HOJE


MAJOR ALEXANDRE DE MORAIS


Homem do Regime — autor de um volume de crónicas militares da Guerra Civil de Espanha (vista pelo prisma franquista), do Manual do Legionário, do Manual da Mocidade Portuguesa, das Leis do Exército Novo, e de algumas obras sobre aspectos militares da II Guerra Mundial — Alexandre de Morais retrata nesta obra o Brasil da época (início da década de quarenta), nos seus aspectos geográficos, históricos, políticos, económicos, militares (e beligerantes). O mote parece ter sido a entrada do Brasil na II Guerra Mundial, contra a Alemanha e a Itália, por força dos ataques infligidos pelos países do Eixo à frota mercante brasileira.

Obra completa em 2 volumes, ilustrados com fotografias, tabelas e mapas, de 244 e 286 páginas (maioria por abrir), e 19 x 13 (x 4) cm. Capas com pequenas manchas, lombadas amarelecidas, miolo de ambos os volumes limpo. Lisboa: Edições Universo, 1943.

Primeiro volume autografado pelo autor com dedicatória ao «velho e querido amigo» Andrade e Sousa.

Preço: 27 euros.



A HORA UNIVERSAL
DOS PORTUGUESES


PEDRO VEIGA


Autografado pelo autor com dedicatória a Falcão Machado, a quem dirige uma carta-manuscrita — na sua inconfundível caligrafia, em curioso papel amarelo (17,3 x 13,5 cm), assinada mas não datada, com 4 páginas (uma “em branco”) e cerca de 202 palavras, — comentando, com interesse literário evidente, alguns assuntos bibliográficos e artísticos conimbricenses em comum:

«Penso que não faria mal eu tratar pictoralmente Coimbra nos ex-libris e nos selos postais. E também na literatura musical. Nos fadunchos!»

Com ex-libris de Pedro Veiga. Sobrecapa editorial em papel marmoreado. Tiragem numerada e assinada (este o n.º XXXI, de um total não indicado). Ligeiros picos de oxidação. Bom estado geral. 16 páginas, por abrir. 22,7 x 17,5 cm. Porto: Edições «Prometeu», [s.d.].

Conjunto invulgar.

Preço: 115 euros.



PROMETEU AGRILHOADO


ÉSQUILO


Tradução e prefácio (com 23 páginas) de Eduardo Scarlatti (1898-1990). Exemplar da tiragem especial numerada e assinada (pelo tradutor): exemplar n.º 291, dedicatória datada de 1981. Com 8 fotografias a preto e branco, extra-texto.

2.ª edição (publicado originalmente na Biblioteca Cosmos). Brochado. 116+(8) páginas. 15,3 cm x 21,5 cm. Sobrecapa e lombada manchadas, miolo limpo. Lisboa: Livraria Luso Espanhola, [s.d.].

Preço: 22 euros.



POEMOGRAFIAS

PERSPECTIVAS DA POESIA VISUAL PORTUGUESA


FERNANDO AGUIAR
SILVESTRE PESTANA
(organizadores)


Colaboração de Abílio, Alberto Pimenta, Ana Hatherly, Antero de Alda, António Aragão, António Barros, E. M. de Melo e Castro, Fernando Aguiar, José-Alberto Marques, Salette Tavares, Silvestre Pestana. Com Egídio Álvaro e Jorge Lima Barreto (Telectu), como convidados. Autografado por Fernando Aguiar com dedicatória.

Capa de Fernando Aguiar sobre um computer-poem de Silvestre Pestana. Fotografia de Jorge Lopes. Ilustrado. 274+(2) páginas. 22,5 x 15,2 cm. Muito bom estado. Lisboa: Ulmeiro, 1985.

Preço: 30 euros.



PARA UM «DOSSIER» GULBENKIAN


MÁRIO VIEIRA DE CARVALHO


Referências a situações respeitantes aos Festivais de Música Gulbenkian, à Orquestra Gulbenkian, a Jorge Peixinho, Michel Giacometti, Carlos Franco, Álvaro Machado, e outros, terminando com um capítulo sobre a relação da Fundação «com o regime fascista». Vide índice ↑.

Autografado pelo autor com dedicatória datada. 158+(2) páginas. 18,5 x 11,8 cm. Capa com desgaste nas arestas e cantos, sem perda de cor. Miolo limpo. Lisboa: Editorial Estampa, (Novembro de) 1974.

Preço: 20 euros.



VORAGEM DOS DIAS


VIRIATO SOROMENHO MARQUES


Poesia. Autografado pelo autor com dedicatória; assinatura de posse coeva na mesma página. 67+(5) páginas. 20,7 x 12,8 cm. Bom estado. Águeda: edição do autor, Março de 1974

Preço: 25 euros.


Dinis Machado

[27Nov20]


DISCURSO DE ALFREDO MARCENEIRO
A GABRIEL GARCIA MARQUEZ


DINIS MACHADO


Autografado pelo autor com dedicatória datada. Ilustrações de Fátima Vaz. Conto. Primeira edição. 30 páginas. 21 x 14 cm. Bom exemplar. Lisboa: Livraria Bertrand, 1984.

Preço: 35 euros.



O QUE DIZ MOLERO


DINIS MACHADO


Primeira edição. Capa de Saldanha Coutinho. 182 páginas. 19 x 12 cm. Manuseado e com assinatura de posse de antigo jornalista desportivo no canto interior de rosto e ante-rosto. Lisboa: Livraria Bertrand, (Março de) 1977.

Preço: 15 euros.


«Temos a seita dos calmeirões, os Vai ou Racha», disse Austin, «que já tinham sido os Malhoas e os Roquetes, e que mais tarde seriam os Sertórios. O rapaz via-os, rua acima, rua abaixo, gingando o corpo, fazendo gestos vagamente obscenos para a janela das costureirinhas, combinando petiscadas, provocando quem passava, uma discussão, uns tabefes, umas sandes de presunto, uns copos de vinho tinto, a ronda nocturna pelas casas de prostitutas, as últimas anedotas contadas sob a lua alta e as estrelas, o jogo das moedas à luz esverdeada do candeeiro de gás, fantasmas movendo-se, os últimos de cada dia, na tranquilidade do bairro adormecido. Molero enumera-os: o Pé de Cabra, que era o chefe e que fazia contrabando de tudo, desde relógios suíços a cigarros Camel e Lucky Strike, que tinha como passatempo favorito dar carolos, pancadas com os nós dos dedos nas cabeças deste e daquele, principalmente dos mais miúdos, para enrijar a moleirinha, dizia ele; o Gil Penteadinho, que vivia de mulheres, jogava à pancada com a mãe todos os dias por causa disso e andava sempre a atirar uma moeda ao ar como, depreende Molero, George Raft no Scarface; o Bexigas Doidas, que não era bexigoso, como se poderá supor, tinha uma doença de pele e coçava-se muito, às vezes os outros coçavam-lhe as costas porque ele não chegava lá; o Lucas Pireza, que ganhava todos os concursos de tango nas sociedade de recreio, tinha o pai na Mitra e dava cem toques na bola com o pé esquerdo sem a deixar cair; o Metro e Meio, que nem Metro e Meio parecia ter, crescia para os lados, não para cima; o Tonecas Arenas, que usava sombrero, falava de touradas que nunca tinha visto, nunca viu nenhuma, vendia imagens religiosas à porta das igrejas, e também fotografias pornográficas para eventuais turistas depravados, tudo isto à Comissão, o fabricante era o mesmo; o Peito Rente, que tinha uma expressão muito dele quando achava bem qualquer coisa, dizia isso é rachmaninófico, é rachmaninófico, e que golfava sangue quando chegava o Outono. [excerto das páginas 33-34]


MEMÓRIAS DUM REVOLUCIONÁRIO

Subsídios para a História do Movimento de 28 de Maio


VIEIRA COELHO


Vieira Coelho fez parte do Comité Revolucionário, foi Governador Civil de Coimbra, e Santarém, tendo ainda sido Chefe de Gabinete do Ministro do Interior. Desvela neste seu testemunho de fim de carreira alguns preparativos, nomes e locais onde se planificou o golpe.

Exemplar com dedicatória autógrafa autoral ao seu «ilustre sucessor na 8.ª Conservatória, e colega sempre amigo e leal», na página de guarda, datada de 1953. Edição do autor, em Lisboa, 1951. Com 94 páginas (por abrir), e 20 x 13 cm. Em bom estado salvo picos ténues de oxidação na capa.

Preço: 35 euros.


“Revolucionário”, neste caso, com o sentido de participante na “Revolução Nacional”, nome pelo qual, até ao 25 de Abril, se referia o golpe de estado de 28 de Maio de 1926, que pôs termo à I República e abriu caminho ao futuro Estado Novo.


EPISODIOS DOMINICANOS

LA CONSPIRACIÓN DE LOS ALCARRIZOS


MAX HENRÍQUEZ UREÑA


1.ª edição. Exemplar autografado pelo autor com dedicatória ao embaixador Luís Norton. 335 páginas. 19,5 x 13 cm. Lisboa: edição do autor, 1941. Bom estado de conservação.

Max Henríquez Ureña (1885-1968), diplomata e escritor dominicano, filho da poetisa Salomé Ureña e irmão do ensaísta e pedagogo Pedro Henríquez Ureña, desempenhou vários cargos no governo do ditador Rafael Trujillo, entre as décadas de 1930 e 1950, no país e no estrangeiro, razão pela qual a lista dos locais de publicação das suas obras é variada: Valladolid, Santiago de Cuba, Havana, Paris, Madrid, Buenos Aires, México, Rio de Janeiro, Lisboa.

La Conspiración de Los Alcarrizos, episódio ocorrido durante a ocupação haitiana do país (1822-1824), é a segunda de quatro novelas denominadas «Episodios Dominicanos», onde Ureña narra a história da independência da República Dominicana na primeira metade do século XIX. A escrita do livro teve início em Londres, a 2 de Abril de 1939, e terminou em Lisboa, a 10 de Outubro de 1940. Composto e impresso pela Sociedade Industrial de Tipografia (ao Carmo).

Invulgar.

Preço: 45 euros.



PRÉ-HISTÓRIA DE PORTUGAL


M. FARINHA DOS SANTOS


2.ª edição revista e actualizada. Dedicatória manuscrita do autor. Ilustrado com fotografias, da autoria de Manuel Leitão, C. T. North, C. Tavares da Silva, Carlos Ferreira de Almeida e J. Justo; e desenhos. Brochado. Usado e em bom estado. 21 x 14,5 cm cm. 175+(1) páginas. Colecção Biblioteca das Civilizações Primitivas. Lisboa: Editorial Verbo, [13 de Fevereiro de] 1974.

Preço: 17 euros.



poesia de

ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

 


AINDA NÃO
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Exemplar assinado pelo autor com dedicatória datada de 2010.

Último título de Couto Viana, editado no dia do seu 87.º aniversário, 24 de Janeiro de 2010. Capa de Juan Soutullo. Tiragem única de 300 exemplares. 52 páginas. 18 x 13 cm. Edição Averno 032. Bom exemplar. Lisboa: Averno, 2010.

Preço: 25 euros.
 


SOU QUEM FUI
Antologia Poética
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Primeira edição. Com uma nota prévia do autor, escrita por ocasião dos 50 anos de poesia (1948-1998). Posfácio de João Bigotte Chorão. Na colecção Poesia, fundada por Luís de Montalvor. Capa com um desenho de Almada Negreiros. 193 páginas. 20 x 13,5 cm. Lisboa: Edições Ática, 2000.

Preço: 15 euros.
 


UMA VEZ UMA VOZ
POESIA COMPLETA 1948-1983
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Assinado pelo autor com dedicatória de página inteira à «inteligência lucidíssima e esclarecedora» do crítico literário Álvaro Salema. Retrato do autor por Juan Soutullo. Prefácio de José Carlos Seabra Pereira. 476 páginas. 22 x 15,5 cm. Bom estado de conservação. Lisboa: Verbo, 1985.

Preço: 35 euros.
 


RETÁBULO PARA UM ÍNTIMO NATAL
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Autografado pelo autor com dedicatória (datada) para a actriz Hermínia Tojal. Com um estudo introdutório de João Maia. Algumas manchas. Tiragem de 600 exemplares. 32+(8) páginas. 24 x 16,8 cm. Edição do autor, Braga, 1980.

Preço: 17 euros.
 


PONTO DE NÃO-REGRESSO
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Poemas datados 1977-1980, antecedidos por um estudo de cerca de 15 páginas da autoria de Franco Nogueira. Capa de Vítor Luís, com um desenho de Juan Soutullo. 115 páginas. 21 x 15 cm. Tiragem de 500 exemplares. Impecável estado de conservação, conserva a cinta original em bom estado. Braga: Editora Pax, 1982.

Preço: 15 euros.
 



ensaios de

ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

 


AS (E)VOCAÇÕES LITERÁRIAS
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Crónicas, «memórias e esboços de estudos literários», anteriormente publicados em jornais e revistas, sobre autores com os quais Couto Viana conviveu ou sentiu afinidades literárias, dando primazia aos poetas:

Afonso Lopes Vieira, Alberto d’Oliveira, Alfredo Pimenta, Alfredo Serrano, Álvaro Benamor, Américo Cortez Pinto, António Alves Martins, António Corrêa d’Oliveira, António Patrício, Augusto Lima, Azinhal Abelho, Blanco-Amor, Camilo Castelo Branco, Eça de Queiroz, Ernesto Sardinha, João de Deus, Francisco de Almeida, João da Rocha, João Verde, José de Almada Negreiros, José Bruges, José Régio, Júlio Brandão, Manuel Lereno, Odylo Costa, Filho, Teixeira de Pascoaes, Teófilo Carneiro, Vasco de Lima Couto e Vitorino Nemésio.

O livro termina com alguns textos mais generalistas: Cancioneiros Galantes, A Poesia Viaja de Comboio, Os Poetas e o Comércio, Poesia Militante, A Sátira à Política na Poesia Portuguesa, e Queixas contra a Inglaterra na Poesia Portuguesa.

255 páginas. 21 x 15 cm. Edição do autor, Lisboa, 1980. Bom exemplar.

Preço: 12 euros.
 


AS “FUNÇÕES” PATRIÓTICAS DO ABADE DE LOBRIGOS
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Autografado com dedicatória do autor ao poeta minhoto João Marcos. Separata de Estudos Regionais, vol. 18. 12 páginas. 23 x 17 cm. Viana do Castelo: Centro de Estudos Regionais, 1997.

Preço: 15 euros.
 


UM PASSEIO CULTURAL NA POESIA DE ANTÓNIO FERREIRA
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Palestra proferida em 2 de Março de 1996 na Sede da Casa do Concelho de Ponte de Lima. Ilustrado com fotografias. 32 páginas. 23 x 16 cm. Lisboa: Casa do Concelho de Ponte de Lima, 1996.

Preço: 10 euros.
 


VIANA NA POESIA DE MARIA MANUELA COUTO VIANA
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Autografado com dedicatória do autor ao poeta minhoto João Marcos. Retrato da poetisa por Carlos Carneiro. Separata de Estudos Regionais, vol. 21. 16 páginas. 23 x 17 cm. Viana do Castelo: Centro de Estudos Regionais, 2000.

Preço: 15 euros.
 


JÚLIO DE LEMOS
NUM RETRATO BREVE E LEVE
ANTÓNIO MANUEL COUTO VIANA

Conferência proferida nos antigos Paços do Concelho de Viana do Castelo, na noite de 7 de Setembro de 1978, no início das comemorações do centenário do nascimento de Júlio de Lemos.

Ilustrado com retratos e caricaturas do Conde d’Aurora, António Feijó, António de Cardiellos, Cláudio Basto, Trindade Coelho e Júlio de Lemos; por M. Couto Viana, Abel Manta, Sanches de Castro, Bordalo Pinheiro e Araújo Soares.

44+(4)páginas. 20,8 x 12,2 cm. Capa com manchas leves, manuseada; miolo limpo. Colecção Campo Livre n.º 10. Lisboa: Edições do Templo, 1979.

Preço: 12 euros.
 



EL ALMENDRO Y LA ESPADA

POEMAS DE PAZ Y GUERRA


CONDE DE FOXÁ


Poemas de paz e de guerra, de Agustín de Foxá Torroba, Conde de Foxá (1903 – 1959), uma parte dos quais sobre a guerra civil espanhola; refira-se ainda a presença de um Canto a Roma dedicado a Mussolini. Foxá foi jornalista e diplomata falangista, e nas letras destacou-se também como autor de ficção científica.

Capa e desenhos de Jesús Olasagasti (1907 – 1955). Assinatura de posse, a lápis, na capa, do embaixador Luís Norton. Capa com algumas manchas de humidade, e interior impecável, em excelente papel. Intonso. 119 páginas. 21 x 14,5 cm. San Sebastian: Editora Internacional, 1940.

Preço: 25 euros.



10 POESIAS SOBRE A GUERRA CIVIL ESPANHOLA


AGUSTÍN DE FOXÁ


Versão portuguesa de António Manuel COUTO VIANA, que assina uma «sentimental» nota introdutória sobre poetas nacionalistas esquecidos. Com 4 extra-textos, ilustrações de Juan Soutullo, em papel couché. [8]+43+(1) páginas. 23,5 x 16,5 cm. Papel superior. Pequena mancha na capa. Bom estado. Invulgar. Coimbra: Cidadela, 1972.

Preço: 25 euros.



ALBA DE ALJUBARROTA

EL ADVENIMIENTO DE LA CASA DE AVIZ

MARQUÉS DE QUINTANAR


Autografado pelo Marquês de Quintanar com dedicatória ao embaixador Luís Norton, «recordando mi gran amistad con Eugénio de Castro».

Conferencia leída por su Director, el Excmo. Sr. Marqués de Quintanar, en la sala de San Quirce, el 14 de Agosto de 1946.

38 páginas e uma árvore genealógica (desdobrável, 24 x 44 cm) no final, com as origens das Casas de Avis e Bragança. 24 x 17 cm. Manchado nas capas e páginas adjacentes. Segovia: Universidad Popular Segoviana, 1946.

Preço: 20 euros.


 


BISMARCK

ARTÍFICE DE LA TERCERA REPÚBLICA FRANCESA

MARQUÉS DE QUINTANAR


Exemplar autografado pelo autor com dedicatória ao embaixador português Luís Norton, «querido amigo». Prólogo de Ramiro de Maetzu. Brochado. 221 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Madrid: Cultura Española, 1936.

Ramiro de Maeztu, assassinado poucos meses após a publicação deste livro, e o Marqués de Quintanar [Fernando Gallego de Chaves Calleja, 1889-1974, Conde de Santibáñez del Río, «amigo fraternal» de António Sardinha e dos integralistas portugueses] foram ambos colaboradores próximos de Primo de Rivera durante a Ditadura. Após a queda da Monarquia e o advento da Segunda República fundaram a revista nacionalista Acción Española (1931-1937), propalado veículo reaccionário de ideias tradicionalistas, anti-liberais, anti-democráticas e anti-parlamentares.

Preço: 30 euros.



LUUANDA

estórias

JOSÉ LUANDINO VIEIRA


Edição ilustrada com desenhos de José Rodrigues.

Tiragem especial numerada de 500 exemplares [este o n.º 304], assinada por ambos os autores.

Uma 3.ª edição de Luuanda, de facto, após as edições de Luanda (1964) e Belo Horizonte (1965), e a primeira revista por Luandino Vieira — em liberdade condicional e com residência vigiada “na metrópole”, após 8 anos no Tarrafal.

Proibida e apreendida «logo» após ser publicada.

Direcção gráfica de Dorindo Carvalho. Brochado com sobrecapa. Impresso em papel offset de 125 gramas. 187+(5) páginas. 24,2 x 16,5 cm. Capa com uma pequena mancha, pouco perceptível mas visível na fotografia acima (↑). Muito bom estado de conservação. Lisboa: Edições 70, 1972.

Preço: 90 euros.



MARGEM DA AUSÊNCIA


URBANO TAVARES RODRIGUES
FERNANDO CURADO MATOS
CARLOS MELO SANTOS


Assinado pelos 3 autores com dedicatória na página de ante-rosto. Com 34 fotografias a preto, no texto. Design de João Machado. Cartonagem editorial com sobrecapa. 75+(3) páginas. Papel couché. Bom estado. Porto: Edições Asa, 1998.

Preço: 30 euros.


VIDA PERIGOSA
Novelas e contos. Primeira edição da segunda obra de ficção do autor. Apresentação de David Mourão-Ferreira. 201 páginas. 19 x 12,5 cm. Lombada com pequenas imperfeições. Assinatura de posse na página de ante-rosto. Lisboa: Livraria Bertrand, 1955.
Preço: 10 euros.

UMA PEDRADA NO CHARCO
Novelas: A Impossível Evasão / Uma Pedrada no Charco / A Banal Rosa Vermelha / O «Monte» das Rosas.
Capa de António Vaz Pereira. Prémio Ricardo Malheiros da Academia de Ciências. 239+(4) páginas. 18,8 x 12,5 cm. Lombada escurecida e com vincos. Exemplar sólido e razoável. Lisboa: Livraria Bertrand, 1957.
Preço: 12 euros.

AS AVES DA MADRUGADA
Novelas e contos: Ave Esventrada Margem Esquerda / A Prova dos NoveAs Aves da MadrugadaMesmo que Assim Seja.
[Capa de Luís Filipe de Abreu?]. 196+(4) páginas. 19 x 12 cm. Capas com pequenos defeitos. Miolo limpo. Colecção de Autores Portugueses. Lisboa: Livraria Bertrand, 1959.
Preço: 12 euros.

NUS E SUPLICANTES
Novelas: Crescei e Multiplicai-vos O Falso PesquisadorOxalá A Dama de TrunfoNus e Suplicantes.
[Capa de Luís Filipe de Abreu?]. Com selo da Livraria Morais, e assinatura de posse na página de rosto. 147+(5) páginas. 19 x 12 cm. Lombada amarelecida. Capa com pequenos defeitos. Colecção de Autores Portugueses. Lisboa: Livraria Bertrand, 1960.
Preço: 12 euros.

OS INSUBMISSOS
Um exemplar muito invulgar: assinado pelo autor com dedicatória a José Palla e Carmo e por este crítico e ensaista revisto literariamente, a lápis, com notas, setas, comentários e opiniões.
Romance. Capa de Luís Filipe de Abreu. 306+(2) páginas. 19 x 12,4 cm. Manuseado e com a lombada amarelecida e com vincos de leitura. Colecção de Autores Portugueses da Livraria Bertrand, Lisboa, 1961.
Preço: 28 euros.

UMA NOITE E NUNCA
Ficção. [32] páginas, não numeradas (por abrir). Inclui prospecto e folha volante de apresentação da colecção. Série dirigida por Alexandre Pinheiro Torres. 20 x 12,3 cm. Colecção Tempo de Ficção, n.º 1. Lisboa: Edições Tempo, 1962.
Preço: 12 euros.

DE FLORENÇA A NOVA IORQUE
Viagens. Exemplar com expressivo autógrafo de página inteira a José Palla e Carmo pedindo, «se possível, uma crítica rápida a este livro». Capa de João da Câmara Leme. 286+(14) páginas. 16,5 x 11 cm. Colecção O Livro de Bolso n.º 46-47 (volume duplo). Capa e lombada amarelecidas e com vincos. Lisboa: Portugália Editora, 1963.
Preço: 17 euros.

TERRA OCUPADA
Novelas e contos. Capa de Luís Filipe de Abreu. Primeira edição. 228 páginas. 19 x 12,5 cm. Com assinatura de posse na folha de guarda. Capa com alguma perda de cor. Usado. Lisboa: Livraria Bertrand, 1964.
Preço: 12 euros.

O TEMA DA MORTE
2.ª edição de O Tema da Morte na Poesia Portuguesa (1958). Assinado pelo autor com dedicatória a José Palla e Carmo, conserva a parte frontal do envelope manuscrito e selado (com data), enviado com o livro pelo correio. Ensaios sobre Teixeira Gomes, Aquilino Ribeiro, o Decameron, Rousseau, entre outros. 166+(2) páginas. 16,7 x 13,2 cm. Lombada amarelecida. Miolo limpo. Invulgar. Lisboa: Cronos, 1966.
Preço: 22 euros.

BASTARDOS DO SOL
2.ª edição revista, com um estudo de Luiz Francisco Rebello, e por este autografada com dedicatória a José Palla e Carmo («este prefácio onde é justamente citado»). Conserva em bom estado a cinta original. Capa de José Cândido. 163+(5) páginas. 19 x 12,2 cm. Colecção de Autores Portugueses da Livraria Bertrand, Lisboa, 1967.
Preço: 18 euros.

ROTEIRO DE EMERGÊNCIA
Viagens, crónicas, apontamentos e um diário da prisão cifrado («esboço de uma novela»). Assinado pelo autor com dedicatória. Capa de João da Câmara Leme. Primeira edição. 276 páginas. 16 x 10,5 cm. Colecçãco O Livro de Bolso, n.º 87/88. Lisboa: Portugália Editora, [Janeiro de] 1966. Capa com manchas leves, algumas também nas primeiras páginas do miolo.
Preço: 12 euros.

AS AVES DA MADRUGADA
Novelas e contos. Segunda edição, revista, com um estudo de Óscar Lopes (pp. 7-26). Capa de José Cândido. 216 páginas. 19 x 12 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, 1966. Usado.
Preço: 10 euros.

IMITAÇÃO DA FELICIDADE
Novela (que dá título ao livro) e contos. Primeira edição. Obra retirada do mercado (apreendida) pela censura, aquando da sua publicação. Recebeu o Prémio da Imprensa Cultural. Capa de José Cândido. 210 páginas. 19 x 12,5 cm. Assinatura de posse. Usado. Lisboa: Livraria Bertrand, [1966].
Preço: 15 euros.

CARNAVAL NEGRO
Novela. Assinado pelo autor com dedicatória a José Palla e Carmo, «ensaista excepcional». 42+(2) páginas. 17,5 x 12,6 cm. Bom estado. Lisboa: Movimento, 1967.
Preço: 25 euros.

DESPEDIDAS DE VERÃO
Esboço de argumento cinematográfico a partir de uma ideia de Jorge Brum do Canto, como o autor conta no prefácio. Capa de José Cândido. 174+(2) páginas. 19 x 12 cm. Manuseado. Colecção de Autores Portugueses da Livraria Bertrand, Lisboa, 1967.
Preço: 18 euros.

CONTOS DA SOLIDÃO
Contos. Assinado pelo autor com dedicatória a José Palla e Carmo. Capa de José Cândido. 280+(4) páginas. 19 x 12 cm. Lombada amarelecida e com um vinco. Bom exemplar. Colecção de Autores Portugueses da Livraria Bertrand, Lisboa, 1970 .
Preço: 17 euros.

CONTOS DA SOLIDÃO
Contos. Capa de José Cândido. 280+(4) páginas. 19 x 12 cm. Capa manchada. Usado. Colecção de Autores Portugueses da Livraria Bertrand, Lisboa, 1970 .
Preço: 7 euros.

A PALMA DA MÃO
Sumário dos Dias Inquietos
Crónicas [e diarística, conto-curto, etc.]. Assinado pelo autor com dedicatória a José Palla e Carmo. 262+(10) páginas. Bom estado. Preserva cinta editorial. Capa e direcção gráfica de Armando Alves. 262+(10) páginas. 19,4 x 14 cm. Lombada com vinco de leitura. Miolo limpo e fresco. Oitavo volume da colecção Ofício de Viver. Porto: Editorial Inova, 1970.
Preço: 20 euros.

ENSAIOS DE ESCREVIVER
Ensaios. Abre com “O problema racial nos Estados Unidos»; outros ensaios sobre António Nobre, Camilo Pessanha, Raul Brandão, António Patrício, Rimbaud, Dostoievski, etc. Capa e direcção gráfica de Armando Alves. 274+(10) páginas. 19,4 x 14 cm. Bom estado. Colecção As palavras e as coisas. Porto Editorial Inova, 1970.
Preço: 14 euros.

DESERTO COM VOZES
Crónicas. Primeira edição. Assinado pelo autor com dedicatória. Capa e direcção gráfica de Armando Alves. 300+(16) páginas. 19,5 x 13,7 cm. Capa com ligeiras imperfeições. Bom estado geral. Colecção Ofício de Viver n.º 17. Porto: Editorial Inova, [1971].
Preço: 18 euros.

AS TORRES MILENÁRIAS
Teatro. Peça em dois actos. Capa de Henrique Ruivo. Primeira edição. Proibido pela censura. 159 páginas. 19 x 12 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, 1971. Pequena assinatura de posse na página de guarda. Bom estado geral.
Preço: 12 euros.

AS TORRES MILENÁRIAS
Teatro. Peça em dois actos. Capa de Henrique Ruivo. Primeira edição. Proibido pela censura. Assinado pelo autor com dedicatória a José Palla e Carmo. 159 páginas. 19 x 12 cm. Capa com manchas. Lisboa: Livraria Bertrand, 1971.
Preço: 15 euros.

VIAGEM À UNIÃO SOVIÉTICA e outras páginas
Viagem. Capa de Acácio Santos. 210 páginas. 18,5 x 11,5 cm. Cadernos Seara Nova, Série «de leste a oeste». Lisboa: Seara Nova, 1973.
Preço: 12 euros.

VIAGEM À UNIÃO SOVIÉTICA e outras páginas
Viagem. 2.ª edição. Capa de Acácio Santos. 210 páginas. 18,5 x 11,5 cm. Cadernos Seara Nova, Série «de leste a oeste». Lisboa: Seara Nova, 1973.
Preço: 8 euros.

REDESCOBERTA DA FRANÇA
Viagem. Capa de Acácio Santos. 104 páginas. 18,5 x 11,5 cm. Cadernos Seara Nova, Série «de leste a oeste». Lisboa: Seara Nova, 1973.
Preço: 8 euros.

IMITAÇÃO DA FELICIDADE
Novela, que dá título ao livro, e contos. Assinado pelo autor com dedicatória datada de 1984. 2.ª edição (primeira não-censurada), com um texto crítico de Mário Sacramento. Recebeu o Prémio da Imprensa Cultural. Capa de José Cândido. 210 páginas. 19 x 12,5 cm. Capa cansada. Lisboa: Livraria Bertrand, [Junho de] 1974.
Preço: 12 euros.

DISSOLUÇÃO
Romance. Primeira edição. Com um ex-libris de anterior proprietário. 248 páginas. 19 x 12 cm. Colecção Autores Portugueses. Lisboa: Bertrand, [Outubro de] 1974. Capa cansada.
Preço: 8 euros.

DIÁRIO DA AUSÊNCIA e TEXTOS DE PRESENÇA ACTIVA
Crónica, crítica, política e um diário da prisão do autor no Aljube, em 1965. Capa de José Cândido. 286 páginas. 19 x 12 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, [Setembro de] 1975. Lombada Descolorada.
Preço: 10 euros.

DESERTO COM VOZES
Crónicas. Segunda edição (revista). Capa de Henrique Ruivo. 320 páginas. 18,8 x 11,5 cm. Colecção Ficcionistas Portugueses, [n.º 19] Lisboa: Seara Nova, 1976. Capa cansada.
Preço: 7 euros.

AS POMBAS SÃO VERMELHAS
Novelas e contos. Capa de Henrique Ruivo. Primeira edição. 166 páginas. 19 x 12 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, [Janeiro de] 1977. Capa cansada.
Preço: 5 euros.

ESTÓRIAS ALENTEJANAS
Contos. Ilustração da capa e arranjo gráfico de José Araújo. 219+(5) páginas. 13 x 18,5 cm. Capa cansada. Miolo limpo. Lisboa: Editorial Caminho, 1977.
Preço: 8 euros.

REALISMO, ARTE DE VANGUARDA E NOVA CULTURA
Ensaios sobre António Patrício, Aquilino Ribeiro, Armando López Salinas, Balzac, Saint-Exupéry, Roger Vailland, Teixeira Gomes, Jean Vilar, Luiz Francisco Rebello, José Viale Moutinho e Cesare Pavese. 2.ª edição, revista e aumentada. 181 páginas. 20 x 12,5 cm. Lisboa: Editora Nova Crítica, [Novembro de] 1978. Com um ex-libris de anterior proprietário.
Preço: 12 euros.

DESTA ÁGUA BEBEREI
Romance. Capa de Manuel Dias. Primeira edição. 266 páginas. 21 x 14 cm. Lisboa: Livraria Bertrand, [Março de] 1979. Usado.
Preço: 7 euros.

ABECÊ DA NEGAÇÃO
Crónicas e contos. Primeira edição. Capa (sobre um quadro de Magritte) e arranjo gráfico de José Araújo. 111 páginas. 18,5 x 13 cm. Colecção O Campo da Palavra n.º 8. Lisboa: Editorial Caminho, [20 de Janeiro] de 1980.
Preço: 10 euros.

ABECÊ DA NEGAÇÃO
Crónicas e contos. Primeira edição. Capa (sobre um quadro de Magritte) e arranjo gráfico de José Araújo. 111 páginas. 18 x 13 cm. Colecção O Campo da Palavra n.º 8. Lisboa: Editorial Caminho, [20 de Janeiro] de 1980. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória invulgar, em Fevereiro de 1980.
Preço: 20 euros.

A PALAVRA NO ESPAÇO
Ensaio. Primeira edição. Recolha de textos do próprio organizados em duas partes: “As Terras” (viagens e política nacional e internacional) e  “As Letras (e o seu espaço)” (inclui textos sobre Luandino Vieira, Agostinho Neto e Alves Redol). Dedicatória não autoral na página de rosto e, no miolo, algumas com anotações, ambas a esferográfica. 168 páginas. 21 x 14,1 cm. [Lisboa]: Editora Gleba, 1980.
Preço: 6 euros.

FUGA IMÓVEL
Ficção. Primeira edição. Autografado pelo autor com dedicatória. Capa de Vitorino Martins. 169 páginas. 20 x 14,5 cm. Bom exemplar. Colecção Círculo de Prosa. Lisboa: Moraes Editores, 1982. Lombada cansada.
Preço: 15 euros.

OCEANO OBLÍQUO
Novelas e contos. Primeira edição. 188 páginas. 21 x 14 cm. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória de amizade. Colecção Século XX, n.º 238. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1984. Lombada com pequenos defeitos. Capa com pequenas manchas.
Preço: 20 euros.

AS AVES DA MADRUGADA
Novelas. Quinta edição revista, com um estudo de Óscar Lopes. Na capa, pintura de Francisco Simões. 176 páginas. 21 x 14 cm. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória de amizade. Colecção Século XX, n.º 312. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1990.
Preço: 15 euros.

VIOLETA E A NOITE
Romance. Primeira edição. Na capa, pintura de Francisco Simões. 164 páginas. 21 x 14 cm. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória de amizade. Colecção Século XX, n.º 328. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1991.
Preço: 20 euros.

DERIVA
Romance. Primeira edição. Na capa, pintura de Francisco Simões. 184 páginas. 21 x 14 cm. Colecção Século XX, n.º 347. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1993. Bom exemplar.
Preço: 12 euros.

DERIVA
Romance. Primeira edição. Assinado pelo autor com dedicatória de amizade. Na capa, pintura de Francisco Simões. 184 páginas. 21 x 14 cm. Colecção Século XX, n.º 347. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1993. Manuseado.
Preço: 15 euros.

A HORA DA INCERTEZA
Romance. Primeira edição. Na capa, escultura de Francisco Simões. 153 páginas. 21 x 14 cm. Exemplar assinado pelo autor com dedicatória de amizade. Colecção Século XX, n.º 358. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1995. Manuseado.
Preço: 15 euros.

O SUPREMO INTERDITO
Romance. Primeira edição. Capa com arranjo gráfico sobre pintura de Armanda Passos. Autografado pelo autor com dedicatória. 196 páginas. 23 x 15,5 cm. Colecção Contemporânea, n.º 31. Mem Martins: Publicações Europa-América, 2002. Manuseado.
Preço: 20 euros.

NUNCA DIREMOS QUEM SOIS
Romance. Primeira edição. Capa com arranjo gráfico sobre pintura de António Carmo. 216 páginas. 23 x 15,5 cm. Colecção Contemporânea, n.º 69. Mem Martins: Publicações Europa-América, 2002. Manuseado.
Preço: 15 euros.

GOD BLESS AMERICA!
«Por entre bombardeamentos, a vida corre em Bagdade.» Conto. Fotografias de Rui Ochôa. Cartonagem editorial. Bom estado. 64+(8) páginas. Papel couché. 23 x 15,5 cm. Lisboa: Publicações Europa-América, 2003.
Preço: 12 euros.

O ETERNO EFÉMERO
Romance. Segunda edição. Capa de Atelier Henrique Cayatte com Rita Múrias sobre pintura de Goya. 144 páginas. 23,5 x 15,4 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2005.
Preço: 10 euros.

OS CADERNOS SECRETOS DO PRIOR DO CRATO
Novela. Primeira edição. Capa de Atelier Henrique Cayatte com Rita Múrias sobre pintura de Veronese. 112 páginas. 23,5 x 15,4 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2007.
Preço: 10 euros.

A ÚLTIMA COLINA
Contos. Primeira edição. Capa de Atelier Henrique Cayatte com Rita Múrias sobre pintura de William Turner. 256 páginas. 23,5 x 15,4 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2008.
Preço: 15 euros.

ASSIM SE ESVAI A VIDA
três livros num só
Primeira edição. Reunião dos seguintes livros: Assim se Esvai a Vida (novela), O Cornetim Encarnado (novela) e Os Olhos do Demónio e Outros Contos (contos). Primeira Edição. Capa de Atelier Henrique Cayatte sobre pormenor de pintura de Nikias Skapinakis. 288 páginas. 23,5 x 15,4 cm. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2010.
Preço: 15 euros.



VIAGEM ATRAVÉS DUNS OLHOS VERDES


URBANO RODRIGUES


Nestes agitados tempos muita gente não compreende como possa alguém dedicar-se a escrever romances. Eu entendo que a nossa vida não deve ter suspensões senão aquelas que não podemos evitar, e que trabalhar cada um serenamente no seu sector é sempre um serviço útil e digno de respeito.
Posto isto, seja-me permitido advertir o leitor amável — e esse é o fim principal destas linhas — de que encontrará adiante algumas frases e muitas palavras do árabe vulgar, cuja significação indico em chamadas ao fundo das páginas. (…) 
[início do «Esclarecimento», nota inicial do autor, pp. 5-6]

Romance. Assinado pelo autor [preso durante o sidonismo, antigo chefe de gabinete e secretário de Afonso Costa, e pai do escritor Urbano Tavares Rodrigues] com dedicatória de «muito apreço» ao «Dr. Alberto Reis». Lombada amarelecida. Ocasionais manchas no miolo. Bom estado geral. Composto e impresso nas oficinas gráficas da Empresa Nacional de Publicidade, Lisboa, 1940.

Preço: 25 euros.



GENEALOGIA DA ARTE GÓTICA


FERNANDO DE PAMPLONA


Separata de MUSEU. No ante-rosto, dedicatória autógrafa do autor — «homenagem de muito apreço» a um «ilustre amigo» — datada do ano de edição. Tem 24 páginas, e 17 x 12 cm. Não ilustrado (a gravura pertence à contracapa; diâmetro 45 mm). Exemplar manuseado. Capa com picos de oxidação. Miolo limpo. Gaia: Edições Pátria, 1935.

Preço: 12 euros.



AGON.

Prosas e Poemas. Proses et Poémes. Prose and Poetry

JOSÉ SASPORTES


Exemplar emendado e assinado pelo autor com dedicatória a um jornalista amigo, datada «26.X.71». Segunda obra de ficção de José Sasportes, publicada no ano seguinte à sua importante História da Dança em Portugal. Textos em português, francês e inglês. Curioso e invulgar.

Brochado, com 202+(3) páginas e 14 x 20,5 cm. Capa com manchas, miolo em bom estado. Uma edição do autor, com distribuição da Livraria Portugal, Lisboa, 1971.

Preço: 35 euros.



TERRA SEM MÚSICA

(O LIVRO DE PITCH)

FERNANDA BOTELHO


Assinado pela autora com dedicatória ao escritor José Palla e Carmo, em Abril de 1969.

Nas badanas, excertos de apreciações críticas de José Palla e Carmo [«Tudo isto caracteriza uma obra de literatura essencialmente literária, estéticamente evoluída, invulgarmente culta.»], Maria Lúcia Lepecki, Luís Forjaz Trigueiros, Jorge Listopad, e outros.

Primeira edição. Romance. Capa de José Cândido. Brochado. 309+(3) páginas. 18,8 x 12,4 cm. Capa com mínimos sinais de desgaste. Lombada amarelecida e com vinco de leitura. Miolo impecável. Colecção Autores Portugueses. Lisboa: Livraria Bertrand, 1969.

Preço: 35 euros.



LOURENÇO É NOME DE JOGRAL


FERNANDA BOTELHO


Assinado pela autora com dedicatória ao escritor José Palla e Carmo, em 1971.

Nas badanas, excertos de apreciações críticas de Óscar Lopes [«Mas o seu destino é o de romancista. Não sei em que sofrimentos o argamassou. Mas pelo menos naquela vasta compreensão dos sofrimentos e das inquietações dos humanos que é o dom imprescindível do romancista. Sem ele, este não passa de um fazedor de histórias. Com ele, é um recriador do mundo.»], Manuel Poppe e Manuel Alberto Valente.

Primeira edição. Romance. Capa de José Cândido. Brochado. 274+(2) páginas. 19,2 x 12,2 cm. Capa com zonas localizadas de desgaste ligeiro (ao nível da cor), e lombada com descoloração uniforme e vinco de leitura. Miolo em muito bom estado. No geral, um bom exemplar. Colecção Autores Portugueses. Lisboa: Livraria Bertrand, 1971.

Preço: 35 euros.



XERAZADE E OS OUTROS

ROMANCE (Tragédia em forma de)

FERNANDA BOTELHO


Assinado pela autora com dedicatória ao crítico e ensaísta José Palla e Carmo, em Julho de 1964. Exemplar único profundamente anotado por Palla e Carmo, a lápis e por vezes também a tinta, na grande maioria das páginas do miolo, até às 3 últimas páginas brancas, com a argúcia de crítico (e revisor) implacável a par com a bondade e o humor de um par. Uma ímpar peça de Estudos Literários.

Primeira edição. Romance. Capa de José Cândido. Nas badanas, excertos de crítica de Jacinto do Prado Coelho, Mário Dionísio, João Gaspar Simões e João Pedro de Andrade. Brochado. 272+(4) páginas. 19,2 x 12,4 cm. Capas com marcas de manuseio, lombada com vincos de leitura. Miolo em bom estado (embora pleno de notas manuscritas, setas e garatujas pallicarmianas). Colecção Autores Portugueses. Lisboa: Livraria Bertrand, [1964].

Preço: 85 euros.



MEMÓRIAS DE PEYROTEO

1937-38 / 1949-50

FERNANDO PEYROTEO


Um dos mais extraordinários jogadores portugueses de todos os tempos, detentor de recordes imbatidos mais de 60 anos passados, fez parte, com Travassos, Jesus Correia, Albano e Vasques, do temível quinteto atacante do Sporting Clube de Portugal que assinou 1211 golos em 1547 jogos: os “Cinco Violinos”.

Exemplar estimado, com dedicatória do autor, em Maio de 1957, ano da publicação. Prefácio de Cândido de Oliveira. Ilustrado com desenhos, fotografias e fac-similes de artigos de jornal. 392 páginas. 21,5 x 15,5 cm. Bom estado. Invulgar. Lisboa: edição do autor, 1957.

Preço: 40 euros.



CONSTANTINO

GUARDADOR DE VACAS E DE SONHOS


ALVES REDOL


Ilustrado com fotografias da autoria de António Neto e de Alves Redol. Arranjo gráfico de João da Câmara Leme. Brochado. 131+(9) páginas. 23,5 x 16,5 cm. Capas em bom estado, lombada com ténues marcas de uso (ligeiro desgaste à cabeça e descolorada junto ao pé). Colecção Aventura Vivida n.º 1. Lisboa: Portugália Editora, 1962.

Primeira edição assinada com dedicatória do autor no ante-rosto.

Um bom exemplar, de colecção.

Preço: 125 euros.



CONSTANTINO

GUARDADOR DE VACAS E DE SONHOS


ALVES REDOL


Assinado com dedicatória simples, não datada, pela esposa do escritor, Maria dos Santos Mota Redol.

12.ª edição. 121 páginas. 17,5 X 11 cm. Bom estado de conservação. Sem defeitos tirando o inevitável amarelecimento do tipo de papel desta colecção, e manchas leves nas primeiras páginas. Colecção Livros de Bolso Europa-América n.º 100. Lisboa: Publicações Europa-América, 1988.

Preço: 17 euros.



Palavras de Alves Redol sobre a personagem principal da novela: «Embora inspirado na vida de um jovem [do Freixial], Constantino Cara-Linda, meu vizinho e amigo, este livro não é bem a crónica rigorosa do seu passadio. Inspira-se nele, reprodu-lo nas imagens que ilustram o texto [da primeira edição], mas recria-o e inventa-o também naquela medida em que o escritor decanta ou engravida a realidade de que se apossa com amor ou com raiva.» [na nota de abertura da primeira edição, cit. Horizonte Revelado, p.102]

 



O SACO

MEMÓRIAS DE UM BOXEUR


MATOS JÚNIOR
[MANUEL MATOS IDEIAS]


Foi campeão regional e defrontou os maiores boxeurs nacionais e espanhóis do seu tempo. Exerceu também as profissões de madeireiro, marçano, guarda-costas, comerciante, arrumador de cinema, estivador, etc. Uma vida sob o signo do infortúnio. Evocadas conhecidas personalidades do meio desportivo e artístico. Um romance vivido e uma advertência à mocidade. Um grito de desespero, mordaz, pungente, angustiante… [texto da contracapa].

Manuel Matos Ideias, conhecido como pugilista pelo nome Matos Júnior, publicou há 50 anos estas memórias da sua vida e carreira em parceria com o jornalista Fernando Laidley. Na introdução, o autor conta de raspão como Fernando Namora o convenceu a escrever as memórias. Capa com desenho de J. Ribeiro, datado de 1966. Estimado. 140 páginas. 13,8 x 20,2 cm. Lisboa: Edições Tapete Mágico, [s.d.].

Assinado por MATOS JÚNIOR com dedicatória de página inteira.

Preço: 30 euros.



A ÚLTIMA OPORTUNIDADE DO HOMEM


BERTRAND RUSSELL


2.ª edição, na Colecção Filosofia e Ensaios da Guimarães Editores, Lisboa, 1966. Título original: New Hopes for a Changing World. Tradução de José António Machado. 233+(7) páginas. 19,5 x 13 cm. Meia-encadernação de pele com nervos suaves, e mínimas imperfeições, mantém capas de brochura, o miolo aparado (e carminado) à cabeça.

Com pequena rubrica de posse (datada de 68) de José Ribeiro dos Santos, advogado, dramaturgo, político e jornalista com uma história contínua de oposição à ditadura, e por essa época nos quadros da Gulbenkian [aqui].

Em todo o volume, estimado, apenas uma frase sublinhada, a págs. 136, na mesma tinta da rubrica de posse : «A essência do fanatismo consiste em considerar determinado problema como tão importante que ultrapasse qualquer outro.»

Preço: 20 euros.



DEBRUÇADO SOBRE O EVANGELHO

Comentários

PADRE ALBERTO DA ROCHA MARTINS


Escritor, orador e jornalista, director-fundador do Jornal de Barcelos, o Padre Alberto da Rocha Martins (1917-1995) nasceu em Braga mas viveu a maior parte da sua vida em Barcelos, cidade da qual recebeu o título de Cidadão-Honorário, em 1979, no mesmo ano em que o Papa João Paulo II o elevou a Monsenhor. Debruçado sobre o Evangelho foi o primeiro livro que publicou.

Exemplar autografado pelo autor com dedicatória a Hernâni Cidade, «com muita simpatia pelo seu talento». Capa de Gonçalves Torres. 224 páginas (maioria por abrir). 21,5 x 15,5 cm. Amarelecido e com pequenos defeitos exteriores. Barcelos, 1953.

Preço: 18 euros.


As Pobres Susanas

[18Ago20]


AS POBRES SUSANAS


MANUEL DE CAMPOS PEREIRA


Exemplar autografado com dedicatória ao bibliófilo Carlos Silva, antigo dinamizador da secção de teatro do Sport Lisboa e Benfica e instrutor de natação no Clube Nacional de Natação, que colocava nos seus livros um ex-libris próprio e uma curiosa tarjeta, esta visível numa das fotografias supra. Capa de Jorge Barradas, datada de 1946. 7.ª edição. 35.º milhar. 237 páginas. 13,5 x 19 cm. Capa com leves marcas de manuseio, e miolo amarelecido. Lisboa: Livraria Portugal, 1966.

Preço: 15 euros.



CAMPOS PEREIRA

UM ROMANCISTA CONTEMPORÂNEO
(ANÁLISE CRÍTICA)

AMORIM DE CARVALHO


Com capítulos sobre a psicologia das personagens de Campos Pereira, o amor nos romances deste autor, o diálogo, a moral e os costumes, o estilo, a influência de Eça de Queiroz, entre outros. 255 páginas (por abrir). 13 x 20 cm. Manuseado, lombada um pouco amarelecida; no geral um bom exemplar. Porto: Livraria Civilização, 1947.

Preço: 12 euros.


Coristas, 1941

[17Ago20]

cori1

cori4


CORISTAS

Comédia em 3 Actos

ARMANDO VIEIRA PINTO


O autor [Viana do Castelo, 1906 – Lisboa, 1964] foi jornalista, dramaturgo, letrista de fado, argumentista, realizador.

Antecede a peça com um prefácio sobre o processo de escrita de teatro, o público e a crítica. Segue-se a lista das personagens e actores que as representaram na noite de estreia a 27 de Março de 1942, no Teatro Nacional D. Maria II.

Exemplar com assinatura de posse, a lápis, datada, de José Palla e Carmo [o “humorista” José Sesinando], que sublinhou a seguinte passagem do prefácio (pág. 7):

Para que de uma obra risonha possam tirar-se conclusões sérias, são necessários um certo poder de raciocínio imediato e um profundo sentido do humor. Nem uma nem outra destas qualidades, infelizmente, são peculiares ao nosso público.

Na (colecção) Biblioteca Teatral “Teatro do Povo”. Desenho da capa não assinado. 173 páginas. 13 x 18,5 cm. Lombada amarelecida e corte superior das folhas escurecido. Miolo limpo. Porto: Livraria Tavares Martins, 1941.

Preço: 15 euros.



ODES


KEATS


Inclui as odes “a uma urna grega”, “à melancolia”, “à indolência”, “ao Outono” e “a um rouxinol”.

Tradução e prefácio-ensaio (págs. 11-26) de Fernando Guimarães.

Assinado pelo tradutor com dedicatória a Jorge Listopad, autor da capa. Número 2 da colecção Origem (primeiro título foi de Listopad), da Livraria Sousa & Almeida, Porto, [Julho de] 1960. Com 47+(9) páginas, e 19,3 x 12,5 cm. Com uma fotografia da máscara mortuária de Keats. Exemplar estimado.

Preço: 22 euros.



VENEZA DE VISTA E OUVIDO


LÉLIA COELHO FROTA


Exemplar n.º 84 de uma tiragem única de 100, numerados e assinados pela autora, fora de mercado, para oferta a amigos. Edição bilingue, com tradução italiana de Luciana Stegagno Picchio. Prefácio de Alexandre Eulálio. Vinhetas de Maria Leontina. Projecto gráfico de Cecília Jucá de Holanda. 46 páginas. Papel superior. 12x16cm. Capa com sinais de manuseio, miolo limpo. Rio de Janeiro, 1986.

Acabado de imprimir a 11 de Julho de 1986, data do 48.º aniversário de Lélia Coelho Frota. Autografado (e emendado) pela autora com dedicatória à poetisa e tradutora Maria da Saudade Cortesão, esposa do poeta Murillo Mendes.

Lélia Coelho Frota, historiadora de arte e especialista em cultura popular brasileira, foi curadora da representação brasileira nas Bienais de Veneza de 1978 e 1988, a primeira das quais corresponde à data em que este conjunto de poemas foi escrito.

Preço: 35 euros.



ver também:
  • Antologia de poemas por António Miranda, aqui.
  • O exemplar n.º 21 de Veneza de Vista e Ouvido foi oferecido ao escritor brasileiro Lázaro Barreto (aqui).

Daniel FILIPE

[17Jul20]


A INVENÇÃO DO AMOR

e outros poemas

DANIEL FILIPE


Primeira Edição. Assinado pelo autor com dedicatória simples, de amizade. Capa de Pilo da Silva. Texto de Urbano Tavares Rodrigues nas badanas. 65+(3) páginas. 19,2 x 13 cm. Lombada com ténue descoloração. Exemplar estimado. Lisboa: Sagitário, [1961]

Invulgar.

Preço: 80 euros.



PÁTRIA, LUGAR DE EXÍLIO


DANIEL FILIPE


Assinado pelo autor com dedicatória personalizada, de amizade. Primeira edição. Brochado, com sobrecapa (de Pilo da Silva). 82 páginas. 19,5 x 13 cm. Marcas de uso (uma ou outra falha de papel) — no geral, um bom exemplar. Lisboa: Poesia em Tempo de Guerra, [1963].

Preço: 50 euros.



DISCURSO SOBRE A CIDADE

CRÓNICAS

DANIEL FILIPE


Assinado pelo autor com dedicatória simples, de amizade. Primeira Edição. Carta-prefácio de José Osório de Oliveira. Crónicas «publicadas no Diário Ilustrado de Dezembro de 1956 a Setembro de 1957». Com 88 páginas, e 19,2 x 13 cm. Lombada levemente amarelecida. Bom exemplar. Lisboa: Sagitário, 1961.

Preço: 50 euros.



O VIAGEIRO SOLITÁRIO


DANIEL FILIPE


Assinado pelo autor com dedicatória fraternal. Capa de António Vaz Pereira. 77+(7) páginas. 20,4 x 16 cm. Lombada escurecida por exposição solar; capa com zona amarelecida (visível na fotografia). N.º 4 da Colecção de Poesias das Edições Távola Redonda, Lisboa, 1951.

Preço: 45 euros.



MARINHEIRO EM TERRA

POEMAS

DANIEL FILIPE


Capa de António Vaz Pereira. 53+(3) páginas. 20,2 x 15,5 cm. Com assinatura de posse no ante-rosto. Lombada e parte da capa com amarelecimento, leve, devido a exposição solar. Miolo limpo. Lisboa: Colecção Búzio, 1949.

Preço: 30 euros.



SOBRE AS FEITICEIRAS


JULES MICHELET


Título original: La Sorcière (1862). Tradução de Manuel João Gomes. Comentários de Afonso Cautela, Manuel João Gomes, Maria Alzira Seixo e Maria Teresa Horta. Ilustrado. Qualidade superior no desenho do livro, tipografia e papel escolhido, inigualável à época. 429+(3) páginas. 18,5 x 13,5 cm. Bom exemplar. Colecção Clássicos, das Edições Afrodite / Fernando Ribeiro de Mello, Lisboa, [Novembro de] 1974.

Preço: 40 euros.



GRANDE LIVRO DE S. CIPRIANO
OU TESOUROS DO FEITICEIRO


S. CIPRIANO


Ilustrações de Martim Avillez. Comentários de António José Forte, António Alçada Baptista, Padre A. Miranda Santos, Padre Avelino Rodrigues e Fernando Calixto. Plano, arranjo e controle gráfico de José Marques de Abreu. 360 páginas. 18,6 x 13,2 cm. Capas frontal e posterior com vincos de leitura e lombada com desgaste à cabeça — defeitos verificáveis nas fotografias. Miolo com muito ocasionais picos de oxidação, amarelecido no corte das folhas. Assinatura de posse de António d’Orey Capucho no rosto. Colecção Clássicos das Edições Afrodite / Fernando Ribeiro de Mello, Lisboa, 1971.

Preço: 25 euros.



PEREGRINAÇÃO


FERNÃO MENDES PINTO


Versão de Maria Alberta Menéres. Comentários de Vítor Silva Tavares, Eduardo Lourenço, Eduardo Prado Coelho, Almeida Faria, Armando Castro e Armando Martins Janeira. Desenhos de Eurico, Carlos Ferreiro e António Areal. Ilustrado com mapas (1 desdobrável, com a tentativa de reprodução da rota pelo Visconde de Lagoa), frontispícios e documentos. Maqueta da colecção de Paulo-Guilherme. Arranjo gráfico de José Marques de Abreu.

Obra completa, em 2 volumes — ambos em primeira edição. Com 508 + 580 páginas. 18,6 x 13,2 (x 5,3) cm. Bom estado geral, embora nas lombadas haja perda de cor e ligeiras faltas de papel, visíveis nas fotografias supra. Corte superior do miolo amarelecido. Colecção Clássicos das Edições Afrodite / Fernando Ribeiro de Mello, Lisboa, 1971.

Preço: 45 euros.



HISTÓRIA TRÁGICO-MARÍTIMA


BERNARDO GOMES DE BRITO


Capa com desenho de Cruzeiro Seixas. Desenhos de Cruzeiro Seixas, Eurico, Carlos Calvet e José Escada. Fixação do texto, glossário e notas de Neves Águas. Comentários de José Saramago, Fernando Luso Soares e Maria Lúcia Lepecki. Ilustrado com facsimiles de documentos e frontispícios. Maqueta da colecção de Paulo-Guilherme. Arranjo gráfico de José Marques de Abreu.

Obra completa, em 2 volumes. Com cxx + 816 páginas, ilustrações em papel couché. 18,6 x 13,2 (x 6,8) cm. Bom estado, embora com o corte superior das folhas amarelecido. Primorosa edição na Colecção Clássicos das Edições Afrodite / Fernando Ribeiro de Mello, Lisboa, 1971.

Preço: 60 euros.



DIREITOS DO HOMEM

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DO HOMEM
CONVENÇÃO EUROPEIA DOS DIREITOS DO HOMEM

Apresentação de Ramalho Eanes, então Presidente da República, e depoimento de Ângelo de Almeida Ribeiro, presidente da Liga Portuguesa dos Direitos do Homem. 88 páginas. 20,8 x 14,7 cm. Miolo em bom estado. Capa com algumas manchas e perda de cor. Colecção Documentos, das Edições Afrodite / Fernando Ribeiro de Mello, Lisboa, [Maio de] 1977.

Preço: 15 euros.



CARTA DE GUIA DE CASADOS

DOM FRANCISCO MANUEL DE MELO

___ encadernado com ___

ODES PINDARICAS

ANTÓNIO DINIZ DA CRUZ E SILVA


Durante a segunda e terceira décadas de oitocentos, por consequência das Invasões Napoleónicas e sequentes Revolução Liberal e Guerra Civil, uma comunidade de exilados portugueses em Londres animou a edição de clássicos, periódicos e diatribes político-governativas, parte da qual tipografada na Fleet Street, na oficina de Thomas Curson Hansard, famoso impressor dos Debates Parlamentares britânicos.

A Carta de Guia de Casados, de Dom Francisco Manuel de Melo (1 de Maio de 1820), e as Odes Pindaricas (3 de Março de 1820), de António Diniz da Cruz e Silva, foram impressas por Hansard com poucos meses de distância, «dadas á luz» por «dois portuguezes» [cit. Advertência (s)] anónimos, movidos «por os desejos de fazer reviver alguns dos nossos livros classicos»:


[volume compósito formado por]

CARTA DE GVIA DE CASADOS. Paraque Pello Caminho da Prudencia se Acerte Com a Casa do Descanso. A hum amigo. Por D. Francisco Manuel [de Melo]. Em Londres: na officina de T. C. Hansard, Peterboro’-Court, Fleet Street. 1820. Com xxvi+(2)+184 páginas. Antecedem a obra a advertência (datada) dos editores (anónimos), onde anunciam seguir a edição de Craesbeeck (1671); e um epítome da vida do autor, por «Dom Bartholomeu de Gallardo».

[seguido de]

ODES PINDARICAS, de Antonio Dinys da Cruz e Silva; chamado entre os poetas da Arcadia Portugueza, ELPINO NONACRIENSE. Londres: na officina de T. C. Hansard, Peterboro’-Court, Fleet Street. 1820. [Citação de Horácio no rosto, visível numa das fotografias supra]. Com iv+224+(2) páginas — em falta: as duas páginas da Advertência (datada) dos editores (anónimos), constatada noutro exemplar.
Inclui índice dos dedicatários: Vasco da Gama, Henrique de Macedo, André Furtado de Mendonça, António Correa Baharem, Paulo de Lima, João Fernandes Vieira, Heitor da Silveira, Nuno Álvares Botelho, António de Saldanha, Dom João de Castro, António Moniz Barreto, Salvador Ribeiro de Sousa, João Rodrigues de Sá, Duarte Pacheco Pereira, Fernando Peres de Andrade, Nuno Fernandes de Ataíde, Gonçalo Pereira Marramaques, André de Albuquerque, Mem Lopes Carrasco, António Galvão, Lopo de Sousa Coutinho, Diogo da Silveira, António da Silveira, Conde de Lippe, Marquês de Pombal, D. José I, Henrique José Maria Adão, João de Saldanha, Martinho de Melo e Castro e Dom João da Silva.


Em ambas as edições destacou Inocêncio «a nitidez dos typos» e o tipo de papel [II, 441; I, 124], não deixando de anotar que, nesta 3.ª edição das Odes de Diniz da Cruz e Silva, há falta de dez odes relativamente às antecedentes de Coimbra (1801) e Lisboa (1815-1817).

Terão sido reunidas num único volume por antigo possuidor, que os marcou com a assinatura de posse «Bento da França» no ante-rosto da primeira obra e após a última página da segunda.

Dos (pelo menos) três Bento da França cujo registo se conhece ao longo do século XIX, um foi militar liberal e dois administradores coloniais. Pensamos tratar-se de Bento da França Pinto de Oliveira (1833-1889), autor de títulos importantes para a História de Macau.

Uma segunda assinatura de posse ilegível, coeva da primeira, figura sumida no ante-rosto da Carta.

Encadernação sintética modesta, de difícil datação, com 17 x 11 cm. Cerca de 440 páginas. Miolo aparado, com leves e ocasionais manchas de humidade.

Raro.

Preço: 165 euros.




EUGÉNIO DE ANDRADE
CORAÇÃO DO DIA
Primeira edição. Poesia. 27+(5) páginas. 18,2 x 13 cm. Edição Iniciativas Editoriais, [Lisboa], 1958. Capa com sinais de desgaste e miolo com alguns picos de oxidação.
Preço: 45 euros.

MÁRIO DIONÍSIO
CONFLITO E UNIDADE DA ARTE CONTEMPORÂNEA
Primeira edição. Texto «da conferência pronunciada pelo autor na Sociedade Nacional de Belas-Artes, em Lisboa, integrada na Exposição de Artes Plásticas que a Fundação Gulbenkian ali realizou em Dezembro de 1957 e depois repetida no Museu Machado de Castro, […] e em Castelo Branco […]». 35+(5) páginas. 18,2 x 13 cm. Edição Iniciativas Editoriais, [Lisboa], 1958. Óptimo exemplar.
Preço: 22 euros.

JOSÉ FERNANDES FAFE
A MODERNIDADE NA POESIA PORTUGUESA CONTEMPORÂNEA
Ensaio escrito em 1974. Exemplar autografado pelo autor com dedicatória de amizade, datada de 1985. 40 páginas. 18,2 x 13 cm. Edição Iniciativas Editoriais, [Lisboa], 1980. Capa com ténues marcas de uso, miolo impecável.
Preço: 22 euros.

LUÍSA DUCLA SOARES
CONTRATO
Poemas. 37+(3) páginas. 18,2 x 13 cm. Edição Iniciativas Editoriais, [Lisboa], 1970. Excelente exemplar.
Preço: 20 euros.

JOÃO JOSÉ COCHOFEL
UMA ROSA NO TEMPO
Poemas. 40+(7) páginas. 18,2 x 13 cm. Edição Iniciativas Editoriais, [Lisboa], 1970. Óptimo estado geral de conservação.
Preço: 30 euros.

GASTÃO CRUZ
AS AVES
Poema. Primeira edição. 34+(3) páginas. 18,2 x 13 cm. Edição Iniciativas Editoriais, [Lisboa], 1969. Bom exemplar.
Preço: 35 euros.