CARTAS FAMILIARES


D. FRANCISCO MANUEL DE MELO


Selecção, prefácio e notas por Rodrigues Lapa. Sinete dos editores. 291 páginas. 19 x 12,5 cm. Lombada amarelecida. Miolo limpo. Bom estado geral. 2.ª edição na Colecção de Clássicos Sá da Costa. Lisboa: Livraria Sá da Costa Editora, 1942.

Preço: 15 euros.


 

 


CARTA DE GUIA DE CASADOS

D. FRANCISCO MANUEL DE MELO

___ encadernado com ___

ODES PINDARICAS

ANTÓNIO DINIZ DA CRUZ E SILVA


Em consequência das Invasões Napoleónicas e sequentes Revolução Liberal e Guerra Civil, durante a segunda e terceira décadas de oitocentos, uma comunidade de exilados portugueses em Londres animou a edição de clássicos, periódicos e diatribes político-governativas, parte da qual tipografada na Fleet Street, na oficina de Thomas Curson Hansard, famoso impressor dos Debates Parlamentares britânicos.
A Carta de Guia de Casados, de D. Francisco Manuel de Melo (1 de Maio de 1820), e as Odes Pindaricas (3 de Março de 1820), de António Diniz da Cruz e Silva, foram impressas por Hansard com poucos meses de distância, «dadas á luz» por «dois portuguezes» [cit. Advertência (s)] anónimos, movidos «por os desejos de fazer reviver alguns dos nossos livros classicos»:

[volume compósito formado por]

CARTA DE GVIA DE CASADOS. Paraque Pello Caminho da Prudencia se Acerte Com a Casa do Descanso. A hum amigo. Por D. Francisco Manuel [de Melo]. Em Londres: na officina de T. C. Hansard, Peterboro’-Court, Fleet Street. 1820. Com xxvi+(2)+184 páginas. Antecedem a obra a advertência (datada) dos editores (anónimos), onde anunciam seguir a edição de Craesbeeck (1671); e um epítome da vida do autor, por «Dom Bartholomeu de Gallardo».

[seguido de]

ODES PINDARICAS, de Antonio Dinys da Cruz e Silva; chamado entre os poetas da Arcadia Portugueza, ELPINO NONACRIENSE. Londres: na officina de T. C. Hansard, Peterboro’-Court, Fleet Street. 1820. [Citação de Horácio no rosto, visível numa das fotografias supra]. Com iv+224+(2) páginas — em falta: as duas páginas da Advertência (datada) dos editores (anónimos), constatada noutro exemplar.

Inclui índice dos dedicatários das Odes: Vasco da Gama, Henrique de Macedo, André Furtado de Mendonça, António Correa Baharem, Paulo de Lima, João Fernandes Vieira, Heitor da Silveira, Nuno Álvares Botelho, António de Saldanha, Dom João de Castro, António Moniz Barreto, Salvador Ribeiro de Sousa, João Rodrigues de Sá, Duarte Pacheco Pereira, Fernando Peres de Andrade, Nuno Fernandes de Ataíde, Gonçalo Pereira Marramaques, André de Albuquerque, Mem Lopes Carrasco, António Galvão, Lopo de Sousa Coutinho, Diogo da Silveira, António da Silveira, Conde de Lippe, Marquês de Pombal, D. José I, Henrique José Maria Adão, João de Saldanha, Martinho de Melo e Castro e Dom João da Silva.

Em ambas as edições destacou Inocêncio «a nitidez dos typos» e o tipo de papel [II, 441; I, 124], não deixando de anotar que, nesta 3.ª edição das Odes de Diniz da Cruz e Silva, há falta de dez odes relativamente às antecedentes de Coimbra (1801) e Lisboa (1815-1817).

Terão sido reunidas num único volume por antigo possuidor, que os marcou com a assinatura de posse «Bento da França» no ante-rosto da primeira obra e após a última página da segunda.

Dos (pelo menos) três Bento da França cujo registo se conhece ao longo do século XIX, um foi militar liberal e dois administradores coloniais. Pensamos tratar-se de Bento da França Pinto de Oliveira (1833-1889), autor de títulos importantes para a História de Macau.

Uma segunda assinatura de posse ilegível, coeva da primeira, figura sumida no ante-rosto da Carta.

Encadernação sintética modesta, de difícil datação, com 17 x 11 cm. Cerca de 440 páginas. Miolo aparado, com leves manchas ocasionais.

Raro.

Preço: 130 euros.



 


TRATADO DA CIÊNCIA CABALA


D. FRANCISCO MANUEL DE MELO


Recolhido por Albano Lima. 156+(4) páginas. 18 x 11 cm. Lombada amarelecida. Miolo limpo. Colecção Clássicos de Bolso / Literatura Portuguesa, n.º 28. Lisboa: Editorial Estampa, 1972.

Preço: 15 euros.


 


CARTAS DE LISBOA
1822


JOSÉ PECCHIO


Nascido em 1785, em Milão, José Pecchio vive numa época de profundos conflitos, numa Europa marcada por guerras e revoluções. Paladino da Liberdade, está solidário com todos os povos que por ela lutam – espanhóis, portugueses, gregos…
Nestas Cartas, escritas durante o seu curto exílio em Portugal, surge a Lisboa do primeiro quartel do século XIX: arcaica nos seus costumes, inculta na ausência de manifestações artisticas, pobre nos mendigos que a enxameiam, suja na imundície das suas ruas…
Descrição realista, num estilo aliciante a que não falta a ironia, mas que não humilha nem descamba na fatuidade. Pelo contrário, destas Cartas irradia sempre uma simpatia humana pelo povo que foi capaz de fazer uma Revolução para dar a Liberdade à sua Pátria. [da contracapa]

Introdução e notas de Manuela Lobo da Costa Simões. Tradução de Manuel José Trindade Loureiro. Brochado. 102+(2) páginas. 21 x 14 cm. Bom exemplar. Colecção Cidade de Lisboa, n.º 11. Lisboa: Livros Horizonte, 1990.

Preço: 15 euros.


 


ACTAS DO 1.º CONGRESSO DE ETNOGRAFIA E FOLCLORE


BRAGA
22 A 25 DE JUNHO DE 1956


Actas do congresso organizado pela Junta de Acção Social (integrada no Plano de Formação Social e Corporativa) e promovido pela Câmara Municipal de Braga, de 22 a 25 de Junho de 1956.

Colaboração de Fernando de Castro Pires de Lima, Augusto Pires de Lima, Gustavo Barroso, Américo Pires de Lima, António de Almeida, Sebastião Pessanha, Celestino Maia, Luís Chaves, Hugo Rocha, Abel Viana, Leando Quintas Neves, Jaime Lopes Dias, Guilherme Felgueiras, José Osório de Oliveira, Manuel Rodrigues Simões Júnior, Jorge Dias, José Redinha, Ezequiel de Campos, Arnaldo Pinheiro Torres, Luís de Pina, Ernesto Veiga de Oliveira, Rebelo Bonito, António de Sousa Machado, Raul de Miranda, Nuno Catharino Cardoso, Afonso do Paço, Fernado Castel-Branco, e muitos outros.

A variedade temática impressiona:

Teatro popular, música popular, traje regional, brinquedos, poesia, festas religiosas, medicina popular, danças, procissões, literatura popular, fala infantil, jogos de cartas, folclore africano, pescadores, bruxaria, santos populares, magia, batráquios, canções da apanha da azeitona, romarias, adagiários (…) etc.

Obra completa em 3 volumes, brochados, com 452, 428 e 464 páginas, ilustrados, 23 x 16 (x 7) cm. Bom estado. Lisboa: «Biblioteca Social e Corporativa», 1963.

Preço: 60 euros.


 


EM LUME BRANDO


DINA ADÃO
RENATO COSTA


Viagem ao pequeno mundo dos melhores restaurantes tradicionais algarvios e das suas receitas. — Sopas de Lebre, Açorda de Faisão, Xerém com Conquilhas, Feijoada de Litão, Calatróia de Monchique, Cavalinhas Alimadas com Batata Cozida, etc. — 20 restaurantes e 20 receitas.

Brochado. Ilustrado. Papel couché. 128 páginas. 24 x 17 cm. Bom estado. Casal de Cambra: Caleidoscópio, 2006.

Preço: 17 euros.


 


O HOMEM PERANTE SI E O AMBIENTE


MANUEL GOMES GUERREIRO


Palestra proferida no Castelo de Loulé, no dia 5 de Junho de 1988, Dia Mundial do Ambiente. 36 páginas, em papel couché. 24,5 x 17 cm. Bom estado. Loulé: Câmara Municipal de Loulé, 1988.

Preço: 8 euros.


 


FOSSAS MOURAS


CARLOS BANDEIRA DE MELO


Título completo: FOSSAS MOURAS. Artigo de Propaganda por CARLOS BANDEIRA DE MELO, Coronel reformado do exército, da arma de artilharia, fundador da Empreza Cerâmica de Lisboa.

Republicação de um artigo do autor na revista «A Construcção Moderna».

Carlos Bandeira de Melo, como publicista, usou o pseudónimo de Carlos Bento da Maia, sendo autor do famoso Tratado Completo de Cozinha e de Copa.

Folheto de 14+(2) páginas. 20,5 x 13,7 cm. Ilustrado. Bom estado. Lisboa: Guimarães & C.ª — Editores, 1915.

Preço: 12 euros.


 


ALGARVE


A. H. STUART


Capa e desenhos, no texto, de Maria Keil. Com 32 páginas fotográficas, extra-texto. Texto escrito em 1941. Edição em língua inglesa, termina com um apêndice de useful words and phrases. 72+[32] páginas. 17,5 x 12,3 cm.  Pequeno selo de biblioteca pessoal a um canto da capa. No geral, um bom exemplar. Lisboa: Edições S.N.I., [s.d.].

Preço: 14 euros.


 


O COMPROMISSO DOS PESCADORES DA «NOTÁVEL» CIDADE DE LAGOS


ALBINO LAPA


Exemplar assinado por Albino Lapa, no ante-rosto, com dedicatória a um «ilustre amigo».

Na capa, «alegoria henriquina com as armas de Lagos pelo arquitecto Eduardo Martins Bairrada». Ilustrado com fotografias e desenhos, a preto, no texto. 60+(4) páginas. 25 x 18,5 cm. Separata do Boletim da Pesca n.º 69, Lisboa, 1960.

Preço: 20 euros.


 


A MULHER ALGARVIA


AMÍLCAR LOURO


No Algarve — idílico jardim odorante embalado languidamente pela brisa suave de um mar de cobalto — sonha e desponta uma rainha em dia de núpcias: — a algarvia.
Mercê de circunstâncias várias, como sejam a ancestralidade tão rica em motivos lendários, recordados em afável e patriarcal convívio, e a influência do clima adormecedor, propício à indolência, a nossa mulher mais meridional tem ainda uma certa predisposição ingénita para se entreter com os castelos de fadas e toda a sorte de quimeras expressas nos contos, quasi sempre de feição luso-árabe, transmitidos desde os tempos remotos por tantas gerações.
O sangue mouro que lhe corre nas veias impele-a a um viver ofegante, ansioso, ardente. Suspira por anelantes e insaciáveis carinhos de noivado perene. Procura encaminhar a existência para um sonho de mil e uma noites — e assim facilmente se entranha no prazer. É a mulher mais sensual do nosso país.

[pp. 16-17]

Capa de Neves de Sousa (desenho de 1945). Prefácio de Luís Forjaz Trigueiros. 93+(7) páginas. 19 x 13 cm. Exemplar interessante, com dedicatória não-autoral, e capas com algumas manchas. Miolo limpo. Composto e impresso nas oficinas gráficas da Editorial do Povo, [s.l.], 1946.

Preço: 17 euros.



DO “LOGO DO OLHAM”
À “VILA DO OLHÃO DA RESTAURAÇÃO”


ANTERO NOBRE


História de Olhão. Brochado. 32 páginas. 24 x 17,4 cm. Ilustrado. Colecção Estudos Algarvios (dirigida pela Comissão Cultural da Casa do Algarve), 2.ª série, Monografias Locais, n.º VI. Tiragem de 600 exemplares. Bom estado. Lisboa: Casa do Algarve, 1959.

Preço: 15 euros.


 


VISTO E OUVIDO…
EM OLHÃO… REFLEXÕES


JOSÉ BARBOSA


Memórias em forma de crónicas. Ilustrado com algumas fotografias antigas, creditadas a Hélio Ramos. Brochado. 210 páginas. 21 x 15 cm. Bom estado. Edição da Câmara Municipal de Olhão (carimbo de oferta), em 1993.

Preço: 17 euros.


 


ÍDOLO CILÍNDRICO DE CALCÁREO,
OCULADO, DO ALGARVE


AFONSO DO PAÇO
GONÇALO LYSTER FRANCO


Separata do Vol. I das Actas e Memórias do I Congresso Nacional de Arqueologia, ilustrada com várias fotografias e desenhos, e assinada por um dos autores, Afonso do Paço. 9 páginas. 25 x 19 cm. Bom estado. Lisboa, 1959.

Preço: 14 euros.


 


O LIVRO DE ALPORTEL


ESTANCO LOURO


Título completo: O LIVRO DE ALPORTEL / Monografia de uma Freguesia Rural — Concelho / Livro I — A Geografia / Livro 2 — A História / Livro 3 — A Vida Económica / Livro IV — A Vida Mental / Livro V — A Vida Social / — Esboço Monográfico de uma Família / — Conclusões

2.ª edição, esgotada [houve 3.ª, em 1996, com diferente capa]. Prefácio de João Pires da Cruz. Com xv+(7)+470+(29) páginas, e 24 x 16,5 (x 4) cm. Ilustrado (tabelas e alguns mapas desdobráveis). Mínimas imperfeições. Bom estado geral. São Brás de Alportel: Câmara Municipal, 1986.

Preço: 35 euros.


 

Reedição e reunião da obra original de Estanco Louro, um estudo de pormenor da história, etnografia e geografia do concelho, que «inclui um estudo de caso sobre uma família rural e também uma recolha de contos tradicionais, cantos de Natal, e outros géneros literários no âmbito da literatura oral e da tradição oral», bem como «um estudo dialectológico do “falar” Alportelense, acompanhado de gramática e vocabulário» [vide catálogo da Biblioteca Estanco Louro].


 


RESTOS DE CAMINHOS ROMANOS NAS CALDAS DE MONCHIQUE


ABEL VIANA
JOSÉ FORMOSINHO
OCTÁVIO DA VEIGA FERREIRA


Exemplar assinado com dedicatória, pelos três autores do estudo, ao escultor Raul Xavier (Macau, 1894 — Lisboa, 1964).

Separata dos n.ºs 29-30 da Revista do Sindicato Nacional dos Engenheiros Auxiliares, Agentes Técnicos de Engenharia e Condutores.

Ilustrado com várias fotografias, desenhos e mapas, a preto. 11 páginas. 25 x 18,5 cm. Invulgar. Lisboa, 1948.

Preço: 24 euros.


 


A SERRA DE MONCHIQUE

FLORA E VEGETAÇÃO


J. MALATO BELIZ


Ilustrado. Fotografias do autor. Impresso em papel couché, com alguns desdobráveis (tabelas, e mapas geográficos).

Brochado. 92 páginas. 21 x 15 cm. Capa com ligeiro desgaste nas arestas. Miolo limpo. Colecção Parques Naturais, n.º 10. Lisboa: Serviço Nacional de Parques, Reservas e Património Paisagístico da Secretaria de Estado do Ambiente, 1982.

Preço: 18 euros.



MEMÓRIAS DAS CALDAS DE MONCHIQUE


AUGUSTO DA SILVA CARVALHO


Monografia estimada, ilustrada com fotografias, desenhos e esquemas, no texto, a preto. Em brochura. 246 páginas. 24,2 x 17 cm. Capa com mínimas manchas, miolo limpo. Bom exemplar. Lisboa: Edição da Comissão Administrativa das Caldas de Monchique, 1939.

Preço: 60 euros.


 


POESIA POPULAR DE TERRAS DE SANTIAGO


CARLOS TEIGA


Volume que reúne parte importante da obra de Manuel José Santinhos (Ti Manel Zé do Tojal), entre outros poetas populares.

Brochado. 366 páginas. 23,5 x 16 cm. Manuseado. Manchas ligeiras no corte das folhas. Santiago do Cacém: edição do autor, 2000.

Preço: 18 euros.


 


LITERATURA POPULAR DO DISTRITO DE BEJA


MANUEL VIEGAS GUERREIRO
ANTÓNIO MACHADO GUERREIRO


Dividido em — Contos e Lendas — Anedotas — Adivinhas e Provérbios — Romances — Quadras — Cantigas e Versos — Poemetos — Modas — Cante a Despique — Lengalengas, Trava-Línguas e Rimas Infantis — Rezas e Benzeduras — e um Apêndice, com alguns Costumes, Crendices e Medicina Popular.

Recolha da Coordenação Distrital de Beja da Direcção-Geral da Educação de Adultos, do Ministério da Cultura. Introdução de Abílio Perpétua Raposo. Notas e coordenação dos textos por Manuel Viegas Guerreiro e António Machado Guerreiro. Inclui algumas pautas musicais.

Brochado. Com 331+(9) páginas. 20,8 x 14,5 cm. Bom estado. Colecção Saber Mais, n.º 2. Edição da Direcção-Geral da Educação de Adultos, [s.l.], 1986.

Preço: 24 euros.


 


CANCIONEIRO DE SERPA


MARIA RITA ORTIGÃO PINTO CORTEZ


Fac-simile do manuscrito original [1983-1987?] da autora, ilustrado com desenhos pautas musicais, que compilou dezenas de canções tradicionais — modas e cantigas, cancioneiro infantil e cancioneiro religioso—, contos, lendas e provérbios do concelho de Serpa.

Álbum de 410 páginas e 28 x 22 cm. Encadernação editorial (sintética) cuidada, em bom estado de conservação. Primeira edição. Serpa: Câmara Municipal de Serpa, 1994.

Preço: 40 euros.


 


NOTAS HISTÓRICAS ACERCA DE SERPA

E

O ELEMENTO ÁRABE NA LINGUAGEM DOS PASTORES ALENTEJANOS


CONDE DE FICALHO


Volume que «condensa a colaboração prestada pelo [Conde de Ficalho] à revista A Tradição, publicada em Serpa, nos anos de 1899 a 1904».

Edição de António Martim de Mello, Marquês de Ficalho, que assina a «Explicação Prévia». xvi+176 páginas. 21 x 14,5 cm. Capa frontal com manchas marginais, que tocam pequenas zonas da lobada. Miolo limpo. Lisboa: [António Martim de Mello], 1979.

Preço: 15 euros.


 


RIQUEZA DOS FALARES REGIONAIS


MANUEL JOÃO DA SILVA


Recolha feita nos concelhos de Sines e Santiago do Cacém por Manuel João da Silva [assinatura do autor no rosto?], professor do ensino primário. 1.ª edição. Desenhos de José Luís. 111 páginas. 21 x 14,8 cm. Capa manchada. Miolo no geral limpo. Edição da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, 1985.

Preço: 14 euros.


 


HÁ VIDA NA CHARNECA

NARRATIVAS ALENTEJANAS

HORÁCIO NOGUEIRA


Conserva cinta original desta edição, com a frase lapidar de Gaspar Simões («…um livro que vale a pena ler»). Nas badanas, críticas de Gaspar Simões, Pequito Rebelo, Virgílio Godinho e Ferreira da Silva.

Contos. 2.ª edição. Capa com desenho do padre José Dias Heitor. 208+(4) páginas. 19,5 x 12,5 cm. Lombada com dois vincos de leitura. Miolo limpo. Composto e impresso na Tipografia Semedo, em Castelo Branco, em edição do autor, 1957.

Preço: 17 euros.


 


REVISTA D’ETHNOLOGIA E GLOTTOLOGIA

ESTUDOS E NOTAS


F. ADOLPHO COELHO


Colecção completa da revista redigida e editada por Francisco Adolfo Coelho, constituída por quatro fascículos, distribuídos por três publicações:

FASCICULO I (1880)
Summario — 1. Esboço d’um programma de estudo d’ethnologia peninsular — 2. Materiaes para o estudo  das festas, crenças e costumes populares portuguezes — 3. Ensaios d’onomatologia celto-iberica — 4. Bibliographia — 5. Variedades (rimas infantis).
22 x 15,2 cm. Páginas 1 a 48. Capa em mau estado na zona do terço interior, junto à lombada, com grande mancha de água e falta de papel (cerca de 4×3 cm) na margem inferior. Lombada em mau estado. Miolo e contracapa praticamente intactos.

FASCICULO II-III (1881)
Summario — 1. Materiaes para o estudo  das festas, crenças e costumes populares portuguezes — 2. Estudos para a historia dos contos tradicionaes.
23,5 x 16 cm. Páginas 49 a 144. Lombada com faltas de papel. Sólido. Capas com manchas leves. Miolo intacto.

FASCICULO IV (1881)
Summario — 1. Materiaes para o estudo  das festas, crenças e costumes populares portuguezes — 2. Variedades .
23,5 x 16 cm. Páginas 145 a 208. Lombada com faltas de papel. Sólido. Capas com manchas leves. Miolo intacto.

Total de 208 páginas. Impressos em Lisboa, 1880-1881, na Typographia Universal de Thomaz Quintino Antunes, impressor da Casa Real.

Conjunto invulgar.

Preço: 65 euros.


 


REEDUCAÇÃO DOS MENORES PERTURBADOS NOS INSTITUTOS DE REEDUCAÇÃO


PÁDUA DA SILVA PEREIRA


Volume que trata «exclusivamente de problemas ligados à delinquência juvenil — fonte inesgotável de teses de observação, orientação, análise, readaptação, constituição psicossomática, etc., como do ambiente familio-social que os menores viveram». Ensaio, com exemplos estrangeiros, capítulos dedicados à alimentação e aos trabalhos manuais, e três estudos de caso. 283+(9) páginas. 21,5 x 15,5 cm. Marcas de restauro no interior das capas, junto à lombada. Miolo amarelecido, sem manchas. Bom estado geral. Lisboa: Livraria Portugal, 1968.

Preço: 18 euros.


 


DE LISBOA A SEVILHA

PELOS PIRINÉOS


ROGERIO PEREZ


Viagem. Excerto de um artigo de Norberto Lopes, no Diário de Lisboa, como prefácio. Passagens por Marrocos, Córdoba, Pirinéus, Madrid, Sevilha, (…).

Capa de Stuart de Carvalhais. Tiragem numerada (ex. n.º 1006), rubricada pelo autor. 190+(2) páginas. 19,4 x 13 cm. Encadernação sintética da época, com manchas leves, pouco relevantes. Possui ambas as capas de brochura, não aparadas e em bom estado, sem defeitos. Miolo no geral limpo. Lisboa: Parceria António Maria Pereira, 1929.

Preço: 20 euros.


 


MUSEU DA REAL ASSOCIAÇÃO DOS ARCHITECTOS CIVIS E ARCHEOLOGOS PORTUGUEZES

(NO LARGO DO CARMO)

Actual Museu Aqueológico do Carmo. Mínima nota introdutória: meia página. Catálogo não ilustrado, transcreve algumas inscrições romanas. Selo de antiga biblioteca pessoal no interior e exterior da capa frontal. Algumas emendas a lápis, não-recentes.

58+(4) páginas. 19 x 12,5 cm. Capa manchada. Miolo (aparado) no geral limpo. Lisboa: Typographia Universal de Thomaz Quintino Antunes, impressor da Casa Real, 1876.

Preço: 14 euros.


 


ORIGENS DA IMPRENSA EM PORTUGAL


ARTUR ANSELMO


Circunscrevemos o nosso trabalho à produção tipográfica portuguesa do século XV. O seu objecto é, assim, a análise hstórico-tipológica dos documentos impressos em Portugal desde a data da introdução da imprensa de caracteres móveis até 1500, inclusive. [p. 21]

Com dezenas de ilustrações no texto, e índice onomástico. 510+(6) páginas. 28 x 21 (x 3,5) cm. Lombada amarelecida. Capa com mancha solar. Miolo limpo. No geral, um bom exemplar. « […] na década em que se completam 500 anos da entrada da tipografia em Portugal». Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 1981.

Preço: 45 euros.


 


DOCUMENTOS PARA A

HISTÓRIA DA TIPOGRAFIA PORTUGUESA

NOS SÉCULOS XVI E XVII


VENÂNCIO DESLANDES


Reprodução em fac-símile do exemplar com data de 1888 da Biblioteca da INCM. Introdução de Artur Anselmo. Com um retrado de Venâncio Deslandes, reprodução de uma gravura de 1905. [Índice dos tipógrafos reproduzido em duas das fotografias supra ⇑ ]. Edição sob os auspícios da Comissão Executiva do V Centenário do Livro Impresso em Portugal. Em bom estado. 316+(4) páginas. 24,4 x 16,8 cm. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1988.

Preço: 30 euros.


 


EÇA DE QUEIRÓS ENTRE OS SEUS

CARTAS ÍNTIMAS

apresentado por sua filha

MARIA D’EÇA DE QUEIRÓS
ANTÓNIO D’EÇA DE QUEIRÓS


Dividido em seis partes: Noivos, «um desenho luminoso», Agosto de 1885 a Fevereiro de 1886 — Bristol, «a affeição e dedicação de uma vida inteira», Fevereiro de 1886 a meados de 1889 — Paris, «felizes aquelles que não precisam de andar longe de quem amam», meados de 1889 a Agosto de 1890 — Neuilly, «arte e amor com A grande!», fins de 1889 a Setembro de 1893 — Avenue du Roule, «um cantinho de fogão», 1893 a Outubro de 1899 — e Trágico 1900, «recolho a Paris», de Janeiro ao trágico dia 16 de Agosto de 1900).

Meia-encadernação de pele com cantos, e lombada com dois rótulos e quatro nervos, em bom estado. Com vários pormenores decorativos invulgares, tanto na lombada como nas pastas. Miolo não aparado, limpo, conserva capas de brochura, e lombada no final. 476 páginas e um retrato de família hors-texte. 20 x 13 cm. Um exemplar invulgar e estimado. Porto: Livraria Lello & Irmão, 1948.

Preço: 40 euros.


 


MANUAL PARA O PESSOAL DE TRENS E REVISÃO


Aspectos de Iluminação / Aquecimento / Ventilação. Dactiloscrito policopiado, ilustrado com esquemas, para uso interno. 78 páginas (não numeradas). 21,2 x 15,2 cm. Bom estado. Edição da Divisão de Formação da CP — Caminhos de Ferro Portugueses, Março de 1983.

Preço: 12 euros.


 


ASPECTOS AZULEJARES NA
ARQUITECTURA FERROVIÁRIA PORTUGUESA


RAFAEL SALINAS CALADO
PEDRO VIEIRA DE ALMEIDA


Criação e coordenação gráfica de José António Flores. Fotografias dos autores e de Luís Filipe Cândido de Oliveira. Álbum cartonado. Encadernação editorial em tela vermelha, gravada a seco, com sobrecapa. Bom estado. 417+(3) páginas. Vários desdobráveis. 30,7 x 24,7 cm. Edição CP — Caminhos de Ferro Portugueses, 2001, [s.l.], com o apoio da Fundação Gulbenkian.

Preço: 85 euros.


 


O último número de Le Voyage en Grèce, uma revista que durou apenas 11 números, entre 1934 e 1939 (mais um extra, em 1946), e que contou com colaborações de Le Corbusier, Pablo Picasso, Georges Braque, André Derain, Henri Matisse, Georges Bataille, Roger Caillois, Giorgio de Chirico, Jean Cocteau, Fernand Léger, Jacques Prévert, Michel Leiris, François Mauriac, Raymond Queneau, Pierre Reverdy, Marguerite Yourcenar, e muitos outros.

Inicialmente pensada como um projecto editorial de vocação turística pelo seu editor e criador, Héraclès Joannidès (1897-1950), director da Société Neptos em Paris — para distribuição a bordo dos cruzeiros que organizava ao seu país natal, criando uma «ligação entre a Grécia e os seus viajantes por intermédio dos escritores, dos artistas e dos sábios contemporâneos» —, cedo transcendeu este âmbito inicial para se tornar um local de encontro inovador entre o classicismo grego e a vanguarda europeia, ao nível da imprensa periódica literária e artística, e um objecto (tipo)gráfico de luxo, para a época. Para tal, Joannidés recebeu preciosos conselhos do célebre editor Tériade, ambos gregos, ambos radicados em Paris.


LE VOYAGE EN GRÈCE

N.º 11 (1939), Cahiers Périodiques


Número essencialmente dedicado à Arquitectura tradicional grega. Capa reproduz um fragmento de uma pintura de Théophilos. Com uma estampa extra-texto do mesmo pintor. Colaboração literária de Le Corbusier, Roger Avermaete, R. Allendy, Jean-Germain Tricot, André Fraigneau, Pierre Borel, R. Th. Bosshard, Evrot, Henri Focillon, Jules Formigé, Fernand Léger, Camille Mauclair, Mario Meunier, E. Pontremoli, Louis Roussel, Pierre Sonrel, André Thérive e Charles Vildrac. Desenhos de Le Corbusier e F. M. Salvat. Fotografias de Panos Dzelepis, L. Frantzis, Herbert List, Eli Lotar, Nellys, Roger Nicolle e J.-G. Tricoglou. Realização artística de André Fraigneau, J.-G. Tricot e Roger Vitrac.

LE VOYAGE EN GRÈCE, n.º 11, Paris, Été 1939. Édités par H. Joannidès. 28+(4) páginas. 27,5 x 22 cm. Com manchas marginais na capa; no geral em bom estado. Invulgar. Paris: Cahiers Périodiques, 1939.

Preço: 35 euros.


 


CURSO JURÍDICO 1958-1963


FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA


Livro de Curso de Odete Santos, Freitas do Amaral, Jorge Miranda, entre os alunos, e Marcelo Caetano, Palma Carlos, Galvão Teles, entre os professores.

Caricaturas de Santana, Fraga Gonçalves, Kim Reis, A. Fonseca, Vilhena (4), J. Ribeiro, Cruz Henriques, Tóssan (1), A. Pitta, e outros.

Quadras de Rui Namorado, Duarte Ivo Cruz, Ruy de Moura Guedes, etc.

Lista de alunos:

Abílio Lopes Cardoso, Adelino Manuel Frias Ribeiro de Azevedo, Albertino Moreira de Oliveira, Alberto Eduardo de Silva e Melo, Alberto de Matos Torres Garrido, Albino António Pinto Lopes Martins, Álvaro Azevedo Soares [com uma quadra do amigo Rui Namorado], Álvaro Ribeiro Mateus, António Aires Soares, António Augusto Fialho de Morais, António Augusto Rebordão Gascão Nunes, António Bernardo Constâncio Domingos Espírito Santo Francisco Gabriel de Figueiredo, António José de Morais Sarmento Ramalho, António Marques Vieira, António da Silva Teles, Armando Lopes de Lemos Triunfante, Augusto de Athayde Soares de Albergaria [com caricatura de Vilhena e quadras personalizadas de Duarte Ivo Cruz], Augusto de Azevedo Costa Santos, Augusto da Silva Pereira, Carlos António Moutinho de Carvalho de Macedo, Carlos Joaquim Madeira da Silva, Carlos Manuel de Oliveira Faria e Matos, Diamantino de Oliveira Ferreira, Diogo Pinto Freitas do Amaral, Feliciano Monteiro Flor, Fernando Augusto Carvalho Midões, Fernando Ferreira Casal dos Santos, Fernando Noronha, Fernando Beirão Simões Pereira, Padre Filipe Luciano de Oliveira Vieira, Francisco António Lourenço, Francisco Cubello Soares, Francisco Manuel de Medeiros Bettencourt, Graciette Ermelinda Paquim Costa, Guilherme George Conceição Silva, Henrique Alberto Freitas do Nascimento Rodrigues, João Carlos Fernandes Lopes Moreira, João Diogo Corrêa Saraiva Nunes Barata, João Francisco Mendes de Magalhães Ilharco, João de Freitas Ferreira de Almeida, João Manuel de Freitas Alexandre, João Manuel Simões Ribeiro, João Rodrigues Martins, João Romão Esteves, Joaquim António Carvalho Mira Vaz, Joaquim António Carvalho da Mota Veiga, Joaquim Dias, Joaquim Lúcio Faria Teixeira, Joaquim Manuel Sargaço Júnior, Joaquim Maria Salvador Coutinho de Figueiredo, Joaquim Pereira Durão, Jorge Alberto Nogueira de Lemos Godinho, Jorge Avelino Rodrigues Monteiro dos Santos, Jorge Manuel Moura Loureiro de Miranda, Jorge Botelho Moniz, José Alberto Coelho Alves, José Alberto Rodrigues Peixoto do Amaral, José António Sánchez Ramírez, José Cardoso Bretes, José Carlos Pinheiro Estevão, José Júlio da Gama Santos, José Mendes da Silva Morgado, José Manuel Fraga Correia Simões, Lídia de Jesus Gomes, Lucas Filipe da Cruz, Luís Baltazar Brito da Silva Correia, Luís Manuel de Almeida Pombo Cardoso, Luís Manuel Calado de Aguilar, Manuel António Pacheco Jorge Barreiros, Manuel António Teixeira, Manuel Maria Viana de Sousa Ribeiro, Maria do Carmo Mateus Lopes, Maria de Fátima Wagmar da Silva Pacheco, Maria Fernanda Saraiva da Costa, Maria da Graça Cansado Paes, Maria Joana Maçaroco Candeias Moreira de Araújo, Maria Luísa Garcia Fernandes, Maria Madalena Diener Rosa de Oliveira, Maria Manuela Romão de Seabra Castelo-Branco, Maria Margarida Machado de Miranda Botelho, Maria Natália Garcia Aragão, Maria Odette Graça Costa Pereira, Maria Odete dos Santos, Maria Pia Cabral Ribeiro de Figueiredo, Mário Alberto de Sousa da Fonseca Guimarães, Mário Luís Nunes Correira Ribeiro, Miguel João Pitta Rodrigues Bastos, Hadir Maria Pacheco Palha, Nicolau Tolentino, Nuno Manuel Cancella D’Abreu Moraes de Oliveira, Orlando Mateus da Silva Guerra, Otílio Nobre Vilhena, Pedro António Diniz Pitta, Pedro Manuel dos Reis Alves Catarino, Quirino do Nascimento Mealha, Rui Ferreira Lopes da Costa, Rui Galvão de Melo, Ruy de Sousa de Moura Guedes, Tomás Barros de Carvalho, Victor Manuel Sargão Torres Preto e Victor Manuel de Figueiredo Rebocho.

Brochado. Ilustrado. 267+(5) páginas. 23 x 17 cm. Bom estado, embora com alguns pontos de oxidação nas capas, e a lombada amarelecida. Miolo limpo. Lisboa: Faculdade de Direito, 1963.

Preço: 35 euros.


 


LIVRO DO CURSO DE 1961/1966

JURISLÂNDIA


Livro do Curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. 252 páginas. 24 x 18 cm. Publicado com o apoio da Morais Editores. Impresso na Covilhã (Tip. Notícias da Covilhã). Exemplar autografado por uma das alunas para António Carlos Leónidas que, nos anos 60, foi presidente do IMAVE (onde estava integrada a Telescola) e chefe de redacção da revista Escola Portuguesa. Caricaturas de Sanches, e outros. Com uma caricatura e um texto jocoso para cada um dos 21 professores, entre os quais Marcello Caetano.

Lista de alunos:

Adelino de Pina e Silva, Adriano A. Jorge, Alberto C. Martins de Brito Lima, Alexandre A. F. de Carvalho Neto, Alvaro A. B. Correia Pina, Antero Baldaia, António J. Figueiredo Lopes, António J. Pires Soares, António Lucas Rodrigues, António M. Caldeira Marques, António N. Estrela Salgueiro, António V. C. Mendes Vasconcelos, António Vítor Monteiro, Armando Ferreira Simões, Aroleno Novais Bicheiro, Artur Faria Maurício, Basílio Horta da França, Beatriz Caldas Nogueira, Bernardino Mateus, Canuto Fausto de Quadros, Carlos A. C. A. P. Côrte-Real, Carlos A. Cruz Broco, Carlos Dias Rebelo, Carlos H. C. Araújo Barbeitos, Carlos Oliveira Coelho, César M. Bessa Monteiro, Constâncio A. Barros dos Reis, Fernando A. S. Cunha de Sá, Francisco Diogo Pinto, Francisco Lourenço Pereira, Francisco M. Gomes da Cunha, Guilherme T. Campos Rosa, Isidro Santos Almeida, Joaquim M. dos Santos Barata, Joaquim S. Coelho Lima, Joaquim da Silva Lourenço, João A. S. Mendes Fonseca, João C. C. Moreira de Campos, João J. Castelo Branco Gonçalves, João M. Pereira Gouveia, João M. S. Nolasco Totta, João da Silva, Jorge Fernandes Moreira, Jorge M. Arriaga da Cunha, José A. Ferreira da Costa, José de Almeida Vicetro, José António L. Araújo, José C. Rodrigues Revez, José L. Sacadura Cabral, José Guerreiro de Almeida, José M. Bracinha Vieira, José M. C. Albuquerque Duarte, José M. F. Dias da Silva, José M. Jorge I. Bastos, José V. Pereira da Cruz, Justino Dias dos Santos, Luís A. C. Perestrelo Oliveira, Luís E. P. Perdigão de Andrade, Luís M. C. Sande Freire, Luís Noronha Nascimento, Luís Tomé Almeida, Manfredo F. Ferreira Silvestre, Manuel Cruz Mariano, Manuel F. Correia de Jesus, Manuel Teles Vasconcelos, Manuel José Pereira de Mesquita, Manuel Rodrigues Carvalho, Manuel da Silva Carvalho, Manuel V. Ramalho Gantes, Manuela Lourenço Pires, Margarida M. C. Borges Meneses, Maria F. Gonçalves dos Santos, Maria L. Margalho Matos, Maria Luísa Polleri, Maria Luísa A. A. N. Novais, Maria Manuela N. Portugal, Maria R. C. Sousa Fialho, Marília M. Pedro Viegas, Mário Assis Ferreira, Orlando H. S. Passos da Silva, Pedro Costa Borges, Pedro M. Cruz Roseta, Pedro M. G. Paiva Pessoa, Pedro M. O. Lopes Dias, Renato Manuel M. Paquete, Ricardo B. N. de Carvalho, Rogério Fernandes Ferreira, Rui S. Miranda Mascarenhas, Sérgio M. Reis e Sousa, Tristão da Cunha, Vasco N. Graça Moura, Vítor M. Silva Cruz, Carlos Silva Vieira, Domingos Nascimento Ochoa, Emanuel Jardim Fernandes, José C. Robin de Andrade, José Manuel Bento e Paulo G. P. de Lima Castilho.

Entre os alunos, destacam-se os nomes de Vasco Graça Moura — com versos de António Rebordão Navarro —, Manuela Portugal (Eanes), Pedro Roseta (Ministro da Cultura de Durão Barroso), Mário Assis Ferreira, Noronha Nascimento, Artur Faria Maurício (presidente do Tribunal Constitucional 2004-2007), António Figueiredo Lopes (Secretário de Estado do Orçamento no governo Sá-Carneiro, Ministro da Defesa de Cavaco Silva, Ministro da Administração Interna com Durão Barroso), António Monteiro (Ministro dos Negócios Estrangeiros no governo de Santana Lopes), Basílio Horta (fundador do CDS, Ministro do Comércio e Turismo com Mário Soares e Sá-Carneiro), Fausto de Quadros (jurista, professor catedrático da Faculdade de Direito de Lisboa) e Joaquim da Silva Lourenço (Ministro da Agricultura e Pescas com Maria de Lourdes Pintasilgo).

Invulgar.

Preço: 35 euros.


 


GUIMARÃES

GUIA DE TURISMO


ALFREDO GUIMARÃES


Detalhado guia de Guimarães, publicado por altura do centenário da elevação a cidade. Ilustrado com inúmeras fotografias e desenhos, vegetais e desdobráveis. Gravuras de Marques de Abreu. Colaboração fotográfica de Américo Teixeira Lopes, Amílcar Lopes, Armando Teixeira de Faria, Domingos Alves Machado e Marques Abreu, Foto-Cine e Fotografia Alvão.

2ª edição (5º milhar). Brochado. 206+(5) páginas. 18,5 cm x 12,5 (x 2,8) cm. Impresso em papel couché. Capa e guardas com pequenas manchas. Miolo limpo. Guimarães: Câmara Municipal de Guimarães, 1953.

Preço: 30 euros.


 


O CÁLICE GÓTICO DO MOSTEIRO DE SÃO TORCATO


ALFREDO GUIMARÃES


Ilustrado com desenhos de Augusto Gomes e Joaquim Teixeira; aguarelas de João Jorge Maltieira; e fotografias de Alvão e António de Sousa Lima.

Inclui os estudos: «O Cálice Gótico do Mosteiro de São Torcato» — «A Escultura em Guimarães – Santa Margarida» — «Os Novos Frescos de Cerzedelo» — «Bordado Artístico do Egipto Cristão» — «Duas Obras da Escola de Bolonha».

In-fólio de 74+(10) páginas e 31,5 x 24,5 cm. Ilustrado com extra-textos. Exemplar estimado. N.º 3 da Colecção de Estudos do Museu Alberto Sampaio. Colaboração entre a Câmara Municipal de Guimarães, o Instituto para a Alta Cultura e a Junta de Província do Minho. Impresso na Litografia Nacional, Porto, 1953.

Preço: 40 euros.


 


REGRESSO AO CORAÇÃO


J. M. PINTO DE ALMEIDA


Alocução proferida, em 6 de Fevereiro de 1955, na sessão solene comemorativa do 86.º aniversário da fundação da Associação Artística Vimaranense.

Edição tipograficamente cuidada, em papel superior. 23 páginas (por abrir). 31 x 22,5 cm. Capa com pequenas manchas. Miolo limpo. Bom estado geral. Guimarães: Associação Artística Vimaranense, 1955.

Preço: 15 euros.


 


O CONCELHO DE PENAMACÔR

na História, na Tradição e na Lenda


JOSÉ MANUEL LANDEIRO


Com capítulos sobre o concelho e a vila, antigas paróquias e igrejas, procissões, roda e cemitérios, a guarnição militar, médicos e farmacêuticos, magistrados e empregados públicos, famílias nobres e homens ilustres, filhos adoptivos, a imprensa, associações, povoações e fortalezas antigas, freguesias e ermidas, terminando com algumas das mais emblemáticas lendas religiosas da região: as pragas de gafanhotos, a patinha da burrinha de Nossa Senhora, o milagre do cativo cristão, etc.

Prefácio de Jaime Lopes Dias. Desenhos de Júlio Fidalgo de Oliveira. xvi + 257 páginas.  24,5 x 17 cm. Ilustrado (fotografia, desenho), no texto e extra-texto. Primeira edição (republicado em 1982, 1988 e 1995). Em bom estado geral: capa com manchas, miolo limpo. Vila Nova de Famalicão: Grandes Ateliers Gráficos Minerva, 1938.

Preço: 40 euros.


 


A HORA UNIVERSAL
DOS PORTUGUESES


PEDRO VEIGA


Autografado pelo autor com dedicatória a Falcão Machado, a quem dirige uma carta-manuscrita — na sua inconfundível caligrafia, em curioso papel amarelo (17,3 x 13,5 cm), assinada mas não datada, com 4 páginas (uma “em branco”) e cerca de 202 palavras, — comentando, com interesse literário evidente, alguns assuntos bibliográficos e artísticos conimbricenses em comum:

«Penso que não faria mal eu tratar pictoralmente Coimbra nos ex-libris e nos selos postais. E também na literatura musical. Nos fadunchos!»

Com ex-libris de Pedro Veiga. Sobrecapa editorial em papel marmoreado. Tiragem numerada e assinada (este o n.º XXXI, de um total não indicado). Ligeiros picos de oxidação. Bom estado geral. 16 páginas, por abrir. 22,7 x 17,5 cm. Porto: Edições «Prometeu», [s.d.].

Conjunto invulgar.

Preço: 115 euros.


 


POEMOGRAFIAS

PERSPECTIVAS DA POESIA VISUAL PORTUGUESA


FERNANDO AGUIAR
SILVESTRE PESTANA
(organizadores)


Colaboração de Abílio, Alberto Pimenta, Ana Hatherly, Antero de Alda, António Aragão, António Barros, E. M. de Melo e Castro, Fernando Aguiar, José-Alberto Marques, Salette Tavares, Silvestre Pestana. Com Egídio Álvaro e Jorge Lima Barreto (Telectu), como convidados. Autografado por Fernando Aguiar com dedicatória.

Capa de Fernando Aguiar sobre um computer-poem de Silvestre Pestana. Fotografia de Jorge Lopes. Ilustrado. 274+(2) páginas. 22,5 x 15,2 cm. Muito bom estado. Lisboa: Ulmeiro, 1985.

Preço: 30 euros.