O ARCO BELÉM — S. JULIÃO DA BARRA,
CONTORNO DA ENSEADA DE PAÇO DE ARCOS


LÍVIO DA COSTA GUEDES


Um estudo para «profissionais», «pescadores», «turistas» e «desportistas», que inclui um «somatório de notícias e alterações sofridas» neste trecho da margem do Tejo, e refere «a importância militar e económica da enseada através dos tempos», com descrição e história das diversas fortalezas, portos e localidades que a zona compreende. Em anexo, transcrevem-se documentos fundamentais, complementados com as biografias dos arquitectos, engenheiros e militares envolvidos nas construções referidas [vide índice nas fotografias supra]. Contém a reprodução a cores de cinco gravuras, duas delas desdobráveis, em extra-texto, e papel couché.

Prefácio de Vasco da Costa Salema. Separata do 54.º volume do Boletim do Arquivo Histórico e Militar. 200+(14) páginas. 16,5 x 23 cm. Assinatura de posse no canto superior interior da página de guarda. Ténues marcas de bicho do papel na capa, e ligeiro vinco sob o nome do autor. Lombada amarelecida. Miolo impecável. Bom exemplar. Lisboa: Câmara Municipal de Oeiras, 1986.

Preço: 20 euros.



FYSIOGNOMIA
E VARIOS SEGREDOS DA NATUREZA


JERONYMO CORTEZ


Título completo [e restante informação contida no rosto da obra]: FYSIOGNOMIA, E VARIOS SEGREDOS DA NATUREZA. Contém Cinco Tratados de differentes materias, revisto, e melhorados nesta ultima impressão. Accrescentado nesta ultima idição com huns segredos emportantes para tirar nodoas. Composto por Jeronymo Cortez, Natural da Cidade de Valença. Agora novamente traduzido em Portuguez por Antonio da Silva de Brito. Lisboa, Na Officina de Francisco Borges de Sousa, Anno MDCCXCII. Com licença da Real Meza da Commissão Geral Sobre o Exame, e Censura dos Livros.

Um catálogo, ou receituário, contendo diversas fórmulas práticas e mezinhas, mais ou menos credíveis, com tanto de impraticável — por dificuldades de obtenção de certos ingredientes (dentes de lobo?) — como de realização fácil, na oficina, no campo ou no lar. Há astrologia, agricultura, folclore, curandeirismo, zoologia, geografia, e métodos para a produção de bebidas alcoólicas. O título, por exemplo, destaca «segredos emportantes para tirar nódoas». O autor: Jerónimo Cortez, ou Gerónimo Cortés (1555-1615), natural de Valência e autor do famosíssimo Lunário Perpétuo, até aos nossos dias republicado… e usado.

Os cinco tratados referidos no título são: 1) «Da Fysiognomia Natural do homem, conforme o methodo da Filosofia, e Medicina»; 2) «Das excellencias do Alecrim, e sua qualidade»; 3) «Das muitas, e mui grandes propriedades da Agua ardente»; 4) «Dos Segredos da Natureza, e maravilhosos effeitos delles»; e 5) «Da Regiao Elementar, e Celeste, no qual se descrevem as naturezas dos quatro Elementos, e Corpos Celestes, e de muitos, e varios effeitos, que causão».

Uma das inúmeras edições portuguesas da obra, mais ou menos expurgada, ao longo dos últimos 300 anos — só na Biblioteca Nacional existem edições de 1699, 1706, 1815, 1844, 1860, 1866, 1879, 1900, 1978, 1993 e 1995, bem como uma castelhana de 1598.

Com 238 páginas, e 9,8 x 14,9 cm. Encadernação da época, inteira de pele, com diversos defeitos (faltas e furos, principalmente na lombada) mas bem sólida. Um ou outro defeito menor no interior (pequena falta de papel no canto inferior exterior da página 181/182, que não chega a tocar o texto; garatujas a lápis nos intervalos do texto das páginas 222 a 224).
No geral, um bom exemplar.

Invulgar.

Preço: 85 euros.



O LIVRO DE ALPORTEL


ESTANCO LOURO


Título completo: O LIVRO DE ALPORTEL / Monografia de uma Freguesia Rural — Concelho / Livro I — A Geografia / Livro 2 — A História / Livro 3 — A Vida Económica / Livro IV — A Vida Mental / Livro V — A Vida Social / — Esboço Monográfico de uma Família / — Conclusões

2.ª edição, esgotada [houve 3.ª, em 1996, com diferente capa]. Prefácio de João Pires da Cruz. Com xv+(7)+470+(29) páginas, e 16,5 x 24 x 4 cm. Ilustrado (tabelas e alguns mapas desdobráveis). Vide índice nas fotografias supra. Bom estado. São Brás de Alportel: Câmara Municipal, 1986.

Reedição e reunião da obra original de Estanco Louro, um estudo de pormenor da história, etnografia e geografia do concelho, que «inclui um estudo de caso sobre uma família rural e também uma recolha de contos tradicionais, cantos de Natal, e outros géneros literários no âmbito da literatura oral e da tradição oral», bem como «um estudo dialectológico do “falar” Alportelense, acompanhado de gramática e vocabulário» [citações do catálogo da Biblioteca com o nome do autor, sublinhados nossos].

Preço: 45 euros.



UM MANUSCRITO DA BIBLIOTECA NACIONAL DE MADRID INTERESSANTE À HISTÓRIA DOS AÇORES
NO SÉCULO XVII


FRANCISCO MENDES DA LUZ


Separata do volume VI do Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira, assinada pelo autor com dedicatória ao embaixador Luiz Norton, datada de Madrid, 1949. Com 7 páginas e 16,5 x 22 cm. Angra do Heroísmo: Tipografia Andrade, 1948.

Preço: 15 euros.





SUBSÍDIOS PARA O

INVENTÁRIO ARTÍSTICO DOS AÇORES


FRANCISCO ERNESTO DE OLIVEIRA MARTINS


Exemplar autografado pelo autor com dedicatória acompanhada de um postal-convite para o casamento de um familiar, ilustrado com um par de bonecos de trapos noivos, da sua colecção pessoal.

Igreja a igreja, casa a casa… Primeiro tentame sistemático de um inventário histórico-global da arte e do artesanato no arquipélago: mobiliário, pintura, escultura, arquitectura religiosa, civil e militar, faiança, porcelana, marfim, colchas e bordados, etc. Catálogo em papel couché, ilustrado com centenas de fotografias da autoria de Francisco Reis Maduro Dias, Guillon, João Soares de Ávila, José Leite, Mário Corvelo de Freitas, Norberto Ávila, Veríssimo Salvador, Foto Iris e Foto Nóbrega. 449 páginas. 21 x 29,5 cm. Uma edição da Secretaria Regional de Educação e Cultura / Direcção Regional dos Assuntos Culturais, impressa em Angra do Heroísmo, 1981 (capa com a data de 1980, colofón com a data de impressão de 31 de Março de 1981).

Preço: 45 euros.



O PAÍS E O POVO ROMENO


SIMION MEHEDINTZI


Obra curiosa, do destacado geógrafo romeno Simion Mehedint[z]i (1868 – 1962), traduzida do francês por Eugénio Navarro. Com considerações sui generis sobre etnografia e geografia romenas, tendo em conta a especial posição do país entre a Europa e a Ásia. 151 páginas (por abrir). 13 x 19,5 cm. Colecção Países e Povos, da Editorial Nobel, Coimbra, 1944.

Preço: 12 euros.




HISTÓRIA DO POVO ROMENO


CONSTANTIN C. GIURESCU
DINU C. GIURESCU


Com um prefácio sobre as relações romeno-portuguesas através da história, onde constam alguns factos curiosos, como as tiragens de algumas traduções de autores portugueses: destaque para os cerca de 50 mil exemplares vendidos das Cartas de Soror Mariana Alcoforado.

Uma história muito completa do país e do povo romeno, com capítulos sobre a geografia, os antepassados primitivos, a história política através dos séculos e a construção socialista a partir da década de 40.

Ilustrado com inúmeras fotografias. 401 páginas. 18 x 24 cm. Encadernação editorial gravada, com sobrecapa em excelente estado de conservação. Óptimo exemplar. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1979.

Preço: 15 euros.



TRANSYLVANIA

A SHORT HISTORY


ISTVÁN LÁZÁR


História de um país mítico que já pertenceu à Hungria e é, actualmente, província da Roménia. Edição húngara, em inglês, com tradução de Thomas J. DeKornfeld. 248 páginas. 11,5 x 18 cm. Budapest: Corvina, 1997. Obra disponível em pdf oficial e gratuito.

Preço: 6 euros.


a morte de um rio

[27Set11]


ALVIELA

A MORTE DE UM RIO


MANUEL CUNHA


Novela. Edição do autor, com  autógrafo na folha de rosto. 213 páginas. 10,5 x 17,5 cm. Composto e impresso por Publicações Ciência e Vida, [s.l.], Maio de 1980.

Preço: 12 euros.


BRASIL

[24Ago11]


O BRASIL DE HOJE


MAJOR ALEXANDRE DE MORAIS


Homem do Regime, autor de um volume de crónicas militares da Guerra Civil de Espanha (vista pelo prisma franquista), do Manual do Legionário, do Manual da Mocidade Portuguesa, das Leis do Exército Novo, e de algumas obras sobre aspectos militares da II Guerra Mundial, o Major Alexandre de Morais assina nesta obra um cuidado retrato do Brasil da época, nos seus aspectos geográficos, históricos, políticos, económicos, militares e beligerantes. O mote parece ter sido a entrada do Brasil na II Guerra Mundial, contra a Alemanha e a Itália, por força dos ataques infligidos pelos países do Eixo à frota mercante brasileira.

Obra em 2 volumes, ilustrados com fotografias, tabelas e mapas, de 244 e 286 páginas (maioria por abrir), e 13 x 19 x 4 cm. Lisboa: Edições Universo, 1943.

Primeiro volume autografado pelo autor com dedicatória ao «velho e querido amigo» Andrade e Sousa. Estimados.

Preço: 40 euros.



EXPEDIÇÕES CIENTÍFICO-MILITARES
ENVIADAS AO BRASIL


SOUSA VITERBO


Coordenação, aditamentos e introdução de JORGE FARO. Primeira reunião deste importante conjunto de cerca de 164 biografias de cientistas — arquitectos, cartógrafos, desenhadores, engenheiros, fortificadores e naturalistas — portugueses ou que, ao serviço de Portugal, trabalharam no Brasil, inicialmente publicadas dispersas na Revista Militar, entre 1893 e 1895. Em 2 volumes, de 175 + 142 páginas, e 13 x 18 x 2 cm, impressos na Neogravura, Lisboa, para as  Edições Panorama, em 1962. Capas com pequenas falhas de papel.

Preço: 15 euros.