VILARINHO DA FURNA

UMA ALDEIA COMUNITÁRIA


JORGE DIAS


Reedição de um estudo seminal, «reprodução fac-similada da 1.ª edição de Vilarinho da Furna publicada pelo Centro de Estudos de Etnologia Peninsular do Instituto para a Alta Cultura — 1948.»

Nota preliminar e prefácio de Orlando Ribeiro. Cancioneiro de Margot Dias. Desenhos de Fernando Galhano. Ilustrado com fotografias, desenhos e mapas.

2.ª edição (nesta editora). Brochado. 307-(13) páginas. 24 x 15 cm. Bom estado. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1983.

Preço: 24 euros.


 


ACTAS DO 1.º CONGRESSO DE ETNOGRAFIA E FOLCLORE


BRAGA
22 A 25 DE JUNHO DE 1956


Actas do congresso organizado pela Junta de Acção Social (integrada no Plano de Formação Social e Corporativa) e promovido pela Câmara Municipal de Braga, de 22 a 25 de Junho de 1956.

Colaboração de Fernando de Castro Pires de Lima, Augusto Pires de Lima, Gustavo Barroso, Américo Pires de Lima, António de Almeida, Sebastião Pessanha, Celestino Maia, Luís Chaves, Hugo Rocha, Abel Viana, Leando Quintas Neves, Jaime Lopes Dias, Guilherme Felgueiras, José Osório de Oliveira, Manuel Rodrigues Simões Júnior, Jorge Dias, José Redinha, Ezequiel de Campos, Arnaldo Pinheiro Torres, Luís de Pina, Ernesto Veiga de Oliveira, Rebelo Bonito, António de Sousa Machado, Raul de Miranda, Nuno Catharino Cardoso, Afonso do Paço, Fernado Castel-Branco, e muitos outros.

A variedade temática impressiona:

Teatro popular, música popular, traje regional, brinquedos, poesia, festas religiosas, medicina popular, danças, procissões, literatura popular, fala infantil, jogos de cartas, folclore africano, pescadores, bruxaria, santos populares, magia, batráquios, canções da apanha da azeitona, romarias, adagiários (…) etc.

Obra completa em 3 volumes, brochados, com 452, 428 e 464 páginas, ilustrados, 23 x 16 (x 7) cm. Bom estado. Lisboa: «Biblioteca Social e Corporativa», 1963.

Preço: 60 euros.


 


AGON.

Prosas e Poemas. Proses et Poémes. Prose and Poetry

JOSÉ SASPORTES


Exemplar emendado e assinado pelo autor com dedicatória a um jornalista amigo, datada «26.X.71». Segunda obra de ficção de José Sasportes, publicada no ano seguinte à sua importante História da Dança em Portugal. Textos em português, francês e inglês. Curioso e invulgar.

Brochado, com 202+(3) páginas e 20,5 x 14 cm. Capa com manchas, miolo em bom estado. Uma edição do autor, com distribuição da Livraria Portugal, Lisboa, 1971.

Preço: 35 euros.


 


MANUAL DE PATINAGEM ARTÍSTICA SOBRE RODAS

DANÇAS OBRIGATÓRIAS


MARCELINO J. NOGUEIRA


Um manual preparado para a Escola de Patinagem Artística do Grupo Cultural e Desportivo da TAP, pensado para oferecer uma aprendizagem progressiva e «boa orientação quanto ao ensino da técnica exigida». Com a explicação teórica e gráfica dos passos de dança para cada uma das 44 danças obrigatórios, e capítulos sobre dança livre, a filosofia da dança internacional, as regras dos júris ou a música apropriada. Vide fotografias do índice.

Invulgar. Manuseado e com ligeira perda de cor na capa. Ilustrado com desenhos, esquemas e fotografias. Com 231 páginas acrescidas de uma folha volante de 4 páginas sobre o foxtrot italiano, com o esquema e as explicações dos passos de dança. 23,2 x 16 cm. Lisboa: Grupo Cultural e Desportivo da TAP, 1979.

Preço: 40 euros.


 

Coristas — 1941

[17Ago20]

cori1


CORISTAS

Comédia em 3 Actos

ARMANDO VIEIRA PINTO


O autor [Viana do Castelo, 1906 – Lisboa, 1964] foi jornalista, dramaturgo, letrista de fado, argumentista, realizador.

Antecede a peça com um prefácio sobre o processo de escrita de teatro, o público e a crítica. Segue-se a lista das personagens e actores que as representaram na noite de estreia a 27 de Março de 1942, no Teatro Nacional D. Maria II.

Exemplar com assinatura de posse, a lápis, datada, de José Palla e Carmo [o “humorista” José Sesinando], que sublinhou a seguinte passagem do prefácio (pág. 7):

Para que de uma obra risonha possam tirar-se conclusões sérias, são necessários um certo poder de raciocínio imediato e um profundo sentido do humor. Nem uma nem outra destas qualidades, infelizmente, são peculiares ao nosso público.

Na (colecção) Biblioteca Teatral “Teatro do Povo”. Desenho da capa não assinado. 173 páginas. 18,5 x 13 cm. Lombada amarelecida e corte superior das folhas escurecido. Miolo limpo. Porto: Livraria Tavares Martins, 1941.

Preço: 15 euros.