cori1


CORISTAS

Comédia em 3 Actos

ARMANDO VIEIRA PINTO


O autor [Viana do Castelo, 1906 – Lisboa, 1964] foi jornalista, dramaturgo, letrista de fado, argumentista, realizador.

Antecede a peça com um prefácio sobre o processo de escrita de teatro, o público e a crítica. Segue-se a lista das personagens e actores que as representaram na noite de estreia a 27 de Março de 1942, no Teatro Nacional D. Maria II.

Exemplar com assinatura de posse, a lápis, datada, de José Palla e Carmo [ou José Sesinando], que sublinhou a seguinte passagem do prefácio (pág. 7):

Para que de uma obra risonha possam tirar-se conclusões sérias, são necessários um certo poder de raciocínio imediato e um profundo sentido do humor. Nem uma nem outra destas qualidades, infelizmente, são peculiares ao nosso público.

Na (colecção) Biblioteca Teatral “Teatro do Povo”. Desenho da capa não assinado. 173 páginas. 18,5 x 13 cm. Lombada amarelecida e corte superior das folhas escurecido. Miolo limpo. Porto: Livraria Tavares Martins, 1941.

Preço: 17 euros.


 


MANUAL DE PATINAGEM ARTÍSTICA SOBRE RODAS

DANÇAS OBRIGATÓRIAS


MARCELINO J. NOGUEIRA


Manual preparado para a Escola de Patinagem Artística do Grupo Cultural e Desportivo da TAP. Com a explicação teórica e gráfica dos passos de dança para cada uma das 44 danças obrigatórios, e capítulos sobre dança livre, a filosofia da dança internacional, as regras dos júris ou a música apropriada.

Ilustrado com desenhos, esquemas e fotografias. Brochado. 231,(15) páginas acrescidas de uma folha volante de 4 páginas sobre o foxtrot italiano, com o esquema e as explicações dos passos de dança. 23,2 x 16 cm. Usado: lombada manchada, e capa com perda de cor. Miolo limpo. Lisboa: Grupo Cultural e Desportivo da TAP, 1979.

Preço: 15 euros.


 


IMPRESSÕES DE VIAGEM

CPC, VANGUARDA E DESBUNDA: 1960/70


HELOÍSA BUARQUE DE HOLLANDA


«Ao investigar três momentos recentes da produção cultural brasileira — a participação engajada dos Centros Populares de Cultura (os CPCs de 1962, 63 e 64), a explosão anárquica do tropicalismo (1967/68) e a arte marginal do início dos anos 70 —, o trabalho de Heloísa acaba discutindo atitudes intelectuais que ainda alimentam os debates de hoje. O artista deve estar “ao lado do povo”, cortejando-o, como faziam os cepecistas, ou deve agredi-lo, como pregavam os tropicalistas; ou, nem uma coisa nem outra, como a contracultura, que não pretende nada a não ser a descrença?» [da badana]

Texto adaptado da tese de doutoramento em Literatura Brasileira, defendida na Faculdade de Letras da UFRJ, sob a orientação de Afrânio Coutinho, em 1978.

3.ª edição. Brochado. 199,(1) páginas. 21 x 14 cm. Bom estado. Rio de Janeiro: Rocco, 1992.

Preço: 17 euros.


 


DANÇAS REGIONAIS


MOCIDADE PORTUGUESA FEMININA


Ilustrações de Guida Ottolini. Brochado. 58 páginas inumeradas, 12 das quais desdobráveis com pautas de música. 22,5 x 17,5 cm. Usado. Lombada com pequenos defeitos. Capas com sinais de uso e manchas leves. Assinatura de posse de antigo padre na base do ante-rosto. Miolo no geral limpo. Lisboa: Secretariado Nacional da Informação, [s.d.]

Preço: 27 euros.


 


ALGUNS ASPECTOS ORIGINAIS DAS DANÇAS E CANÇÕES TRADICIONAIS DA NAZARÉ


TOMAZ RIBAS


Conferência proferida por Tomaz Ribas no «Cine-Casino Paraíso», da Nazaré, em 18 de Maio de 1984, Dia Internacional dos Museus, promovido pelo Museu Dr. Joaquim Manso, Câmara Municipal, Ranchos Tá-Mar e Mar Alto, Hotel da Nazaré e Intercine e ilustrada pelo «Rancho Folclórico Tá-Mar» e «Grupo de Danças e Cantares Mar Alto».

Brochura ilustrada com fotografias, desenhos e pautas de música. 29,(3) páginas. 20,7 x 14,7 cm. Capas com manchas leves. Miolo limpo. Nazaré: Instituto Português do Património Cultural / Museu da Nazaré, 1985.

Preço: 15 euros.


 


VILARINHO DA FURNA

UMA ALDEIA COMUNITÁRIA


JORGE DIAS


Reedição de um estudo seminal, «reprodução fac-similada da 1.ª edição de Vilarinho da Furna publicada pelo Centro de Estudos de Etnologia Peninsular do Instituto para a Alta Cultura — 1948.»

Nota preliminar e prefácio de Orlando Ribeiro. Cancioneiro de Margot Dias. Desenhos de Fernando Galhano. Ilustrado com fotografias, desenhos e mapas.

2.ª edição (nesta editora). Brochado. 307-(13) páginas. 24 x 15 cm. Lombada amarelecida, as capas um pouco menos. Capa frontal com um vinco no canto inferior direito e pequena mancha marginal logo acima. Miolo limpo. No geral, bom e sólido exemplar, com mínimos defeitos exteriores. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1983.

Preço: 22 euros.


 


NOTAS SOBRE ARTES E OFÍCIOS DE NATIVOS DE TIMOR PORTUGUÊS


ANTÓNIO DE ALMEIDA


Separata de Garcia de Orta, Revista da Junta das Missões Geográficas e de Investigações no Ultramar, vol. 7, n.º 3. Brochado. 44 páginas [7 páginas de texto seguidas de XXXVI estampas couché com fotografias a preto]. 25,5 x 19 cm. Carimbo institucional de oferta, coevo. Manuseado. Mantém-se um exemplar interessante. Lisboa, 1959.

em conjunto com:

BOLETIM DA SOCIEDADE DE GEOGRAFIA DE LISBOA. Série 104.ª — N.ºs 1-6. Janeiro-Junho de 1986. Inclui os artigos «Homenagem ao Prof. António de Almeida», por Carlos Almaça (pp. 5-8), e «António de Almeida. A Época. O Homem. O Professor. O Cientista», por João B. N. Pereira Neto (pp. 9-20). Brochado. 151 páginas (e um mapa desdobrável). 21 x 16,8 cm. Capa com mínimos sinais de uso. Miolo limpo. Edição da Sociedade de Geografia de Lisboa.

Preço (do conjunto): 22 euros.


 


RANCHO REGIONAL DE GULPILHARES

VIDA E OBRA


Usos e Costumes da Nossa Terra. Edição comemorativa dos 46 anos. 1936/1982. Sem autor discriminado. «Opúsculo contendo referências alusivas à vida e à obra do Grupo bem como a usos e costumes da Freguesia, já caídos em desuso ou em vias de desaparecimento.»

Ilustrado com pautas musicais, fotografias e cartazes. Brochado. 129,(3) páginas. 24 x 17 cm. Manuseado e com pequenas manchas. Com dedicatória. Mantém-se um exemplar interessante. Impresso em Vila Nova de Gaia, Julho de 1982.

Preço: 20 euros.


 


AGON.

Prosas e Poemas. Proses et Poémes. Prose and Poetry

JOSÉ SASPORTES


Exemplar emendado e assinado pelo autor com dedicatória a um jornalista amigo, datada «26.X.71». Segunda obra de ficção de José Sasportes, publicada no ano seguinte à sua importante História da Dança em Portugal. Textos em português, francês e inglês. Curioso e invulgar.

Brochado, com 202+(3) páginas e 20,5 x 14 cm. Capa com manchas, miolo em bom estado. Uma edição do autor, com distribuição da Livraria Portugal, Lisboa, 1971.

Preço: 35 euros.