LISBÔA DO PASSADO
LISBÔA DE NOSSOS DIAS


GOMES DE BRITO


José Joaquim Gomes de Brito (1843-1923), olisipógrafo de monta — ou mesmo “o” criador dos estudos toponímicos, no dizer de Luiz Pastor de Macedo —, publicou no mesmo ano um outro livro igualmente curioso, sobre livreiros e impressores em Lisboa na segunda metade do século XVI.

183 páginas. 13,5 x 21 cm. Bom exemplar, com desgaste na lombada (inteira). Miolo impecável. Lisboa: Livraria Férin — Baptista, Torres & C.ta, 1911.

Preço: 17 euros.



SOROR MARIANA


LUCIANO CORDEIRO


2.ª Edição. Illustrada, correcta e augmentada sobre novos documentos. Ilustrada no texto e em extra-textos couché. Em brochura e em bom estado. 352 páginas. 22,5 x 14,2 cm. Lisboa: Ferin & C.ª Editores, [1891].

Preço: 40 euros.



MARIANA ALCOFORADO

História e Crítica de Uma Fraude Literária


ANTÓNIO GONÇALVES RODRIGUES


Segunda edição revista, seguida de uma Bibliografia das Cartas. 178 páginas. 21,6 x 14,2 cm. Bom estado, pese embora marcas superficiais de bicho do papel, junto à margem inferior da capa, visível na fotografia supra. Coimbra: Coimbra Editora, 1944.

Preço: 22 euros.