CARTAS FAMILIARES


D. FRANCISCO MANUEL DE MELO


Prefácio e notas de Maria da Conceição Morais Sarmento. Capa de Armando Alves. 626 páginas. 24 x 15 (x 3,5) cm. Bom exemplar. Colecção Biblioteca de Autores Portugueses da Imprensa Nacional-Casa da Moeda, Lisboa, 1981.

Preço: 25 euros.


 


CARTAS FAMILIARES


D. FRANCISCO MANUEL DE MELO


Selecção, prefácio e notas por Rodrigues Lapa. Sinete dos editores. 291 páginas. 19 x 12,5 cm. Lombada amarelecida. Miolo limpo. Bom estado geral. 2.ª edição na Colecção de Clássicos Sá da Costa. Lisboa: Livraria Sá da Costa Editora, 1942.

Preço: 15 euros.


 

 


CARTA DE GUIA DE CASADOS

D. FRANCISCO MANUEL DE MELO

___ encadernado com ___

ODES PINDARICAS

ANTÓNIO DINIZ DA CRUZ E SILVA


Em consequência das Invasões Napoleónicas e sequentes Revolução Liberal e Guerra Civil, durante a segunda e terceira décadas de oitocentos, uma comunidade de exilados portugueses em Londres animou a edição de clássicos, periódicos e diatribes político-governativas, parte da qual tipografada na Fleet Street, na oficina de Thomas Curson Hansard, famoso impressor dos Debates Parlamentares britânicos.
A Carta de Guia de Casados, de D. Francisco Manuel de Melo (1 de Maio de 1820), e as Odes Pindaricas (3 de Março de 1820), de António Diniz da Cruz e Silva, foram impressas por Hansard com poucos meses de distância, «dadas á luz» por «dois portuguezes» [cit. Advertência (s)] anónimos, movidos «por os desejos de fazer reviver alguns dos nossos livros classicos»:

[volume compósito formado por]

CARTA DE GVIA DE CASADOS. Paraque Pello Caminho da Prudencia se Acerte Com a Casa do Descanso. A hum amigo. Por D. Francisco Manuel [de Melo]. Em Londres: na officina de T. C. Hansard, Peterboro’-Court, Fleet Street. 1820. Com xxvi+(2)+184 páginas. Antecedem a obra a advertência (datada) dos editores (anónimos), onde anunciam seguir a edição de Craesbeeck (1671); e um epítome da vida do autor, por «Dom Bartholomeu de Gallardo».

[seguido de]

ODES PINDARICAS, de Antonio Dinys da Cruz e Silva; chamado entre os poetas da Arcadia Portugueza, ELPINO NONACRIENSE. Londres: na officina de T. C. Hansard, Peterboro’-Court, Fleet Street. 1820. [Citação de Horácio no rosto, visível numa das fotografias supra]. Com iv+224+(2) páginas — em falta: as duas páginas da Advertência (datada) dos editores (anónimos), constatada noutro exemplar.

Inclui índice dos dedicatários das Odes: Vasco da Gama, Henrique de Macedo, André Furtado de Mendonça, António Correa Baharem, Paulo de Lima, João Fernandes Vieira, Heitor da Silveira, Nuno Álvares Botelho, António de Saldanha, Dom João de Castro, António Moniz Barreto, Salvador Ribeiro de Sousa, João Rodrigues de Sá, Duarte Pacheco Pereira, Fernando Peres de Andrade, Nuno Fernandes de Ataíde, Gonçalo Pereira Marramaques, André de Albuquerque, Mem Lopes Carrasco, António Galvão, Lopo de Sousa Coutinho, Diogo da Silveira, António da Silveira, Conde de Lippe, Marquês de Pombal, D. José I, Henrique José Maria Adão, João de Saldanha, Martinho de Melo e Castro e Dom João da Silva.

Em ambas as edições destacou Inocêncio «a nitidez dos typos» e o tipo de papel [II, 441; I, 124], não deixando de anotar que, nesta 3.ª edição das Odes de Diniz da Cruz e Silva, há falta de dez odes relativamente às antecedentes de Coimbra (1801) e Lisboa (1815-1817).

Terão sido reunidas num único volume por antigo possuidor, que os marcou com a assinatura de posse «Bento da França» no ante-rosto da primeira obra e após a última página da segunda.

Dos (pelo menos) três Bento da França cujo registo se conhece ao longo do século XIX, um foi militar liberal e dois administradores coloniais. Pensamos tratar-se de Bento da França Pinto de Oliveira (1833-1889), autor de títulos importantes para a História de Macau.

Uma segunda assinatura de posse ilegível, coeva da primeira, figura sumida no ante-rosto da Carta.

Encadernação sintética modesta, de difícil datação, com 17 x 11 cm. Cerca de 440 páginas. Miolo aparado, com leves manchas ocasionais.

Raro.

Preço: 130 euros.



 


DOZE SONETOS POR VARIAS ACCIONES


D. FRANCISCO MANUEL DE MELO


En la muerte de la Señora Dona Ines de Castro mujer del Princípe Don Pedro de Portugal. Introdução de Raul Rego. Assinado por Raul Rego com dedicatória manuscrita a José Ribeiro dos Santos, colegas de profissão e na resistência à ditadura.

Plaquete graficamente cuidada (capa em relevo e com dourado no título, bom papel, fac-simile limpo). Com XIV+16+(2) páginas. 20 x 14 cm. Bom estado. Invulgar. Lisboa: O Mundo do Livro, Natal de 1960.

Preço: 27 euros.


 


AS DÍVIDAS DE
D. FRANCISCO MANUEL DE MELO


JOÃO JARDIM DE VILHENA


Separata de O Insituto, vol. 84, n.º 2 [disponível aqui]. Com 20 páginas, por abrir, e 23 x 16,5 cm. Bom estado. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1932.

Preço: 10 euros.


 


VIAGEM ATRAVÉS DUNS OLHOS VERDES


URBANO RODRIGUES


Nestes agitados tempos muita gente não compreende como possa alguém dedicar-se a escrever romances. Eu entendo que a nossa vida não deve ter suspensões senão aquelas que não podemos evitar, e que trabalhar cada um serenamente no seu sector é sempre um serviço útil e digno de respeito.
Posto isto, seja-me permitido advertir o leitor amável — e esse é o fim principal destas linhas — de que encontrará adiante algumas frases e muitas palavras do árabe vulgar, cuja significação indico em chamadas ao fundo das páginas. (…) 
[início do «Esclarecimento», nota inicial do autor, pp. 5-6]

Romance. Assinado pelo autor [preso durante o sidonismo, antigo chefe de gabinete e secretário de Afonso Costa, e pai do escritor Urbano Tavares Rodrigues] com dedicatória de «muito apreço» ao «Dr. Alberto Reis». 267+(5) páginas. 20 x 12,8 cm. Lombada amarelecida. Ocasionais manchas no miolo. Bom estado geral. Composto e impresso nas oficinas gráficas da Empresa Nacional de Publicidade, Lisboa, 1940.

Preço: 25 euros.


 


A ARTE E A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

NOS SÉCULOS XVIII E XIX


HUERTAS LOBO


Ensaio panorâmico, com atenção ao «espaço português». Brochado. Ilustrado. 104 páginas. 18 x 12 cm. Bom estado. Colecção Movimento n.º 37. Lisboa: Livros Horizonte, 1985.

Preço: 12 euros.


 


ATITUDES DE INOVAÇÃO NO BRASIL

1789-1801


CARLOS GUILHERME MOTA


Prefácio (e direcção da colecção) de Vitorino Magalhães Godinho. Brochado. 131+(5) páginas. 21,5 x 16 cm. Bom estado. Colecção Os Nossos Problemas para a História de Portugal e do Brasil, n.º 2. Lisboa: Livros Horizonte, [s.d.].

Preço: 16 euros.


 


CARTAS DE LISBOA
1822


JOSÉ PECCHIO


Nascido em 1785, em Milão, José Pecchio vive numa época de profundos conflitos, numa Europa marcada por guerras e revoluções. Paladino da Liberdade, está solidário com todos os povos que por ela lutam – espanhóis, portugueses, gregos…
Nestas Cartas, escritas durante o seu curto exílio em Portugal, surge a Lisboa do primeiro quartel do século XIX: arcaica nos seus costumes, inculta na ausência de manifestações artisticas, pobre nos mendigos que a enxameiam, suja na imundície das suas ruas…
Descrição realista, num estilo aliciante a que não falta a ironia, mas que não humilha nem descamba na fatuidade. Pelo contrário, destas Cartas irradia sempre uma simpatia humana pelo povo que foi capaz de fazer uma Revolução para dar a Liberdade à sua Pátria. [da contracapa]

Introdução e notas de Manuela Lobo da Costa Simões. Tradução de Manuel José Trindade Loureiro. Brochado. 102+(2) páginas. 21 x 14 cm. Bom exemplar. Colecção Cidade de Lisboa, n.º 11. Lisboa: Livros Horizonte, 1990.

Preço: 15 euros.


 


UMA JORNADA AO ALENTEJO E AO ALGARVE


FRANCISCO SALES DE LOUREIRO


Sub-título: a alteração das linhas de força da política nacional; texto do cronista João Cascão. Com a transcrição do texto da crónica da jornada de D. Sebastião ao Alentejo e ao Algarve, em 1573, a partir do manuscrito de João Cascão [Ms. 1.104 ANTT]. Introdução e notas de Francisco Sales de Loureiro. Ilustrado. 152 páginas. 21 x 14 cm. Bom estado. Colecção Horizonte Histórico n.º 3. Lisboa: Livros Horizonte, 1984.

Preço: 15 euros.


 


EÇA DE QUEIRÓS E O SÉCULO XIX


VIANNA MOOG


Com um texto de Francisco de Assis Barbosa, nas badanas [«Vianna Moog, ao contrário, incutiria sangue às peças de arquivo. E assim realizou sua façanha de nos dar um Eça de Queirós redivivo, (…)»].

5.ª edição [a primeira data de 1938]. Exemplar n.º 00718. Com (12)+328+(4) páginas. 21 x 14 cm. Mínimo desgaste nas arestas. Vinco de leitura ligeiro na lombada. Miolo limpo. Exemplar interessante. Colecção Vera Cruz (Literatura Brasileira), n.º 107. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1956.

Preço: 14 euros.


 


POESIA AMÁVEL
JOSÉ FERNANDES FAFE
Ensaio introdutório, sobre a poesia do autor, de José Gomes Ferreira. 71+(3) páginas. 20 x 14 cm. Lombada amarelecida. Miolo limpo, salvo pequena assinatura de posse a um canto do rosto. Bom estado geral. Colecção Poetas de Hoje, n.º 11. Lisboa: Portugália, 1963.
Preço: 18 euros.

A ENGRENAGEM. Variação sobre um tema de Sartre
JOSÉ FERNANDES FAFE
Peça de teatro, inspirada na obra homónima de Sartre, e na Revolução Cubana. 93 páginas. 21 x 13,5 cm. Assinatura de posse no rosto, de antigo livreiro. Manuseado. Lisboa: Edição do autor, 1972.
Preço: 12 euros.

NAÇÃO: FIM OU METAMORFOSE?
JOSÉ FERNANDES FAFE
Ensaio. Capa com fotografia de uma obra de David de Almeida, Do Mar de Hoje / Vela, 1983. Colecção Estudos Gerais, Série Universitária. 101 páginas. 24 x 15 cm. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1990. Bom estado geral.
Preço: 10 euros.

ESQUERDA: A NOVÍSSIMA E A ETERNA
JOSÉ FERNANDES FAFE
Ensaio. Exemplar autografado pelo autor com dedicatoria de amizade e admiração, datada de 1985. 431 páginas. 21 x 14  cm. Lisboa: Edições O Jornal, 1985. Manuseado. Capa com vincos (vide fotografia).
Preço: 18 euros.

DA IGUALDADE E DA DIFERENÇA DAS CULTURAS
JOSÉ FERNANDES FAFE
Ensaio. Exemplar emendado e autografado pelo autor com dedicatoria curiosa, datada de 1987. Lisboa: Centro de Estudos dos Povos e Culturas de Expressão Portuguesa da Universidade Católica, 1986. Com 12 páginas e 23 x 15,5 cm. Separata da Revista Povos e Culturas, n.º 1, 1986, sobre «Portugal e os Portugueses: uma perspectiva diacrónica».
Preço: 14 euros.

POESIA (QUASE TODA E ATÉ AGORA)
JOSÉ FERNANDES FAFE
Reunião da maior parte da poesia do autor até à data, com um prefácio em jeito de balanço e uma menção especial ao poeta Carlos de Oliveira. Capa de Armando Alves. 140 páginas. 24 x 15 cm. Bom estado geral. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, [Outubro de] 1987.
Preço: 15 euros.

PORTUGAL, MEU REMORSO DE TODOS NÓS
JOSÉ FERNANDES FAFE
Ensaio. Exemplar autografado pelo autor com dedicatoria de amizade e admiração, datada de 1993. Design gráfico de José Serrão. Ilustração da capa de  Jorge Esteves. 285 páginas. 21 x 13,5 cm. Colecção Nosso Mundo. Lisboa: Editorial Caminho, [Setembro de] 1993.
Preço: 17 euros.

O VOSSO AGENTE EM HAVANA E OUTRAS NOVELAS
JOSÉ FERNANDES FAFE
Novelas. Com desenhos de José Rodrigues. Design de Humberto Nelson. 97 páginas. 28 x 24 cm. Contracapa com ténues marcas de bicho de papel. Capa com manchas leves. Vila Nova de Cerveira: Associação dos Amigos do Convento SanPaio, 1999.
Preço: 15 euros.


 


ACTAS DO 1.º CONGRESSO DE ETNOGRAFIA E FOLCLORE


BRAGA
22 A 25 DE JUNHO DE 1956


Actas do congresso organizado pela Junta de Acção Social (integrada no Plano de Formação Social e Corporativa) e promovido pela Câmara Municipal de Braga, de 22 a 25 de Junho de 1956.

Colaboração de Fernando de Castro Pires de Lima, Augusto Pires de Lima, Gustavo Barroso, Américo Pires de Lima, António de Almeida, Sebastião Pessanha, Celestino Maia, Luís Chaves, Hugo Rocha, Abel Viana, Leando Quintas Neves, Jaime Lopes Dias, Guilherme Felgueiras, José Osório de Oliveira, Manuel Rodrigues Simões Júnior, Jorge Dias, José Redinha, Ezequiel de Campos, Arnaldo Pinheiro Torres, Luís de Pina, Ernesto Veiga de Oliveira, Rebelo Bonito, António de Sousa Machado, Raul de Miranda, Nuno Catharino Cardoso, Afonso do Paço, Fernado Castel-Branco, e muitos outros.

A variedade temática impressiona:

Teatro popular, música popular, traje regional, brinquedos, poesia, festas religiosas, medicina popular, danças, procissões, literatura popular, fala infantil, jogos de cartas, folclore africano, pescadores, bruxaria, santos populares, magia, batráquios, canções da apanha da azeitona, romarias, adagiários (…) etc.

Obra completa em 3 volumes, brochados, com 452, 428 e 464 páginas, ilustrados, 23 x 16 (x 7) cm. Bom estado. Lisboa: «Biblioteca Social e Corporativa», 1963.

Preço: 60 euros.


 


ALGARVE


A. H. STUART


Capa e desenhos, no texto, de Maria Keil. Com 32 páginas fotográficas, extra-texto. Texto escrito em 1941. Edição em língua inglesa, termina com um apêndice de useful words and phrases. 72+[32] páginas. 17,5 x 12,3 cm.  Pequeno selo de biblioteca pessoal a um canto da capa. No geral, um bom exemplar. Lisboa: Edições S.N.I., [s.d.].

Preço: 14 euros.


 


PARA A HISTÓRIA DE LAGOA NO SÉCULO XVIII

A CRIAÇÃO DO CONCELHO (1773)

JOÃO PEDRO FERRO


Brochado. 108 páginas. 22 x 15 cm. Colecção Temas e Estudos Algarvios, n.º 16. Inclui dois postais de Lagoa, não circulados. Ocasionais picos de oxidação nas primeiras e últimas páginas do miolo. Faro: Algarve em Foco Editora, 1990.

Preço: 12 euros.


 


A LIDERANÇA DE SILVES NA REGIÃO DO ALGARVE NOS SÉCULOS XIV E XV


ALBERTO IRIA


Primeira edição, póstuma, de um manuscrito de Alberto Iria, prefaciado por Joaquim Veríssimo Serrão, e Pinheiro e Rosa. 72 páginas. 21 x 14,7 cm. Papel couché. Bom estado. Silves: Câmara Municipal de Silves, 1995.

Preço: 12 euros.


 


ACTAS DAS I JORNADAS DE

HISTÓRIA MEDIEVAL DO ALGARVE E ANDALUZIA


Palavras de abertura de Manuel Gomes Guerreiro, Emílio Saéz Sanches, Mendes Bota, Humberto Baquero Moreno e Isilda Martins. Comunicações de: Humberto Baquero Moreno, A. H. de Oliveira Marques, Luís Adão da Fonseca, José Augusto P. de Sotto Mayor Pizarro, Antonio Collantes de Terán Sanchez, José Marques, Isabel Montes Romero-Camacho, Ana Maria Ferreira, Artur Teodoro de Matos, Iria Gonçalves, João José Alves Dias, João Silva de Sousa, Maria Ângela Beirante, Teresa Ferreira Rodrigues, Henrique David, Luís Miguel Duarte, Maria Cristina Cunha, Maria Cristina Pimenta e Manuel Gonzalez Jimenez.

Brochado. 357+(3) páginas. 24 x 17 cm. Lombada com manchas leves. Loulé: Câmara Municipal de Loulé, 1987.

Preço: 18 euros.


 


O REINO DO ALGARVE NOS FINAIS DA IDADE MÉDIA

OS CONCELHOS ALGARVIOS DO SÉCULO XV


JOSÉ ANTÓNIO DE JESUS MARTINS


Transcreve integralmente vários documentos coevos, alguns pela primeira vez. Brochado. 256 páginas. 23,5 x 16,5 cm. Bom estado. Lagos: edição do autor, 2007.

Preço: 14 euros.


 


DESCRIÇÃO DA CIDADE DE LAGOS

ESTUDO DO MANUSCRITO ANÓNIMO DO SÉCULO XVIII

MARIA TERESA A. CARDOSO


«Existe na grande biblioteca da Academia de Ciências de Lisboa cópia de um manuscrito do século XVIII, de autoria desconhecida, intitulado Descrição da Cidade de Lagos».

Prefácio de Humberto Baquero Moreno. Tiragem especial numerada de 75 exemplares (este o n.º 49), assinada pela autora. Ilustrado. Brochado. 72 páginas. 22 x 17 cm. Com fac-simile do manuscrito. Capa com ligeiras imperfeições. Miolo limpo. Amadora: Livro Aberto, 2004.

Preço: 17 euros.


 


ARTISTAS DE LAGOS

SÉCULOS XVI E XVII


VÍTOR MANUEL SERRÃO


Dedicatória de amizade do autor na primeira página. Ilustrado com 4 reproduções em extra-texto couché. 28+[4] páginas. 25,5 x 18,5 cm. Bom estado. Separata dos Arquivos do Centro Cultural Português, volume II. Paris: Fundação Calouste Gulbenkian, 1970.

Preço: 18 euros.


 


O COMPROMISSO DOS PESCADORES DA «NOTÁVEL» CIDADE DE LAGOS


ALBINO LAPA


Exemplar assinado por Albino Lapa, no ante-rosto, com dedicatória a um «ilustre amigo».

Na capa, «alegoria henriquina com as armas de Lagos pelo arquitecto Eduardo Martins Bairrada». Ilustrado com fotografias e desenhos, a preto, no texto. 60+(4) páginas. 25 x 18,5 cm. Separata do Boletim da Pesca n.º 69, Lisboa, 1960.

Preço: 20 euros.


 


DO “LOGO DO OLHAM”
À “VILA DO OLHÃO DA RESTAURAÇÃO”


ANTERO NOBRE


História de Olhão. Brochado. 32 páginas. 24 x 17,4 cm. Ilustrado. Colecção Estudos Algarvios (dirigida pela Comissão Cultural da Casa do Algarve), 2.ª série, Monografias Locais, n.º VI. Tiragem de 600 exemplares. Bom estado. Lisboa: Casa do Algarve, 1959.

Preço: 15 euros.


 


VISTO E OUVIDO…
EM OLHÃO… REFLEXÕES


JOSÉ BARBOSA


Memórias em forma de crónicas. Ilustrado com algumas fotografias antigas, creditadas a Hélio Ramos. Brochado. 210 páginas. 21 x 15 cm. Bom estado. Edição da Câmara Municipal de Olhão (carimbo de oferta), em 1993.

Preço: 17 euros.


 


FARO NO SÉCULO XVII

A «URBE» E A «CIVITAS»


JOSÉ ANTÓNIO PINHEIRO E ROSA


Exemplar assinado com dedicatória extensa do autor a Falcão Machado.

Inclui cartão pessoal de Pinheiro e Rosa, director dos Museus Municipais, manuscrito na frente e no verso, para o mesmo dedicatário.

Ilustrado com uma reprodução desdobrável, em papel couché, da «mais antiga gravura de Faro». 55 páginas. 24,5 x 17 cm. Capa cansada, com manchas e vincos. Miolo limpo. Separata dos Anais do Município de Faro, Faro, 1980.

Conjunto invulgar.

Preço: 17 euros.


 


RESTOS DE OSSÓNOBA,
NO LARGO DA SÉ, EM FARO


ABEL VIANA


Separata dos n.ºs 39 a 46 da Revista do Sindicato Nacional dos Engenheiros Auxiliares, Agentes Técnicos de Engenharia e Condutores, Lisboa, 1949. Com várias fotografias e desenhos do autor, e algumas fotografias de Mário Lyster Franco. 36 páginas. 24 x 18,5 cm. Bom estado. Impresso na Tipografia das Avenidas, em Lisboa.

Preço: 15 euros.


 


ÍDOLO CILÍNDRICO DE CALCÁREO,
OCULADO, DO ALGARVE


AFONSO DO PAÇO
GONÇALO LYSTER FRANCO


Separata do Vol. I das Actas e Memórias do I Congresso Nacional de Arqueologia, ilustrada com várias fotografias e desenhos, e assinada por um dos autores, Afonso do Paço. 9 páginas. 25 x 19 cm. Bom estado. Lisboa, 1959.

Preço: 14 euros.


 


LEVANTAMENTO ARQUEOLÓGICO DO ALGARVE
CONCELHO DE VILA DO BISPO


MÁRIO VARELA GOMES
CARLOS TAVARES DA SILVA


Colaboração de Isilda Maria Pires Martins. Ilustrado, a preto, com fotografias, desenhos, mapas e plantas. Na capa, menir de Aspradantas.

Brochado. 84 páginas. 23 x 21 cm. Bom estado. Edição dao Delegação Regional do Sul da Secretaria de Estado da Cultura, 1987.

Preço: 17 euros.


 


MANUEL MARTINS

official de entalhador e escultor famozo


FRANCISCO LAMEIRA


… uma personalidade artística destacada mas mal conhecida que durante mais de vinte anos domina em muitos aspectos o panorama plástico da cidade de Faro: MANUEL MARTINS (1667-1742)

Ilustrado com 18 fotografias, creditadas a Nany (Faro). 44 páginas. 20,5 x 14,5 cm. Bom estado de conservação. Faro: ADEIPA, 1986.

Preço: 12 euros.



O LIVRO DE ALPORTEL


ESTANCO LOURO


Título completo: O LIVRO DE ALPORTEL / Monografia de uma Freguesia Rural — Concelho / Livro I — A Geografia / Livro 2 — A História / Livro 3 — A Vida Económica / Livro IV — A Vida Mental / Livro V — A Vida Social / — Esboço Monográfico de uma Família / — Conclusões

2.ª edição, esgotada [houve 3.ª, em 1996, com diferente capa]. Prefácio de João Pires da Cruz. Com xv+(7)+470+(29) páginas, e 24 x 16,5 (x 4) cm. Ilustrado (tabelas e alguns mapas desdobráveis). Mínimas imperfeições. Bom estado geral. São Brás de Alportel: Câmara Municipal, 1986.

Preço: 35 euros.


 

Reedição e reunião da obra original de Estanco Louro, um estudo de pormenor da história, etnografia e geografia do concelho, que «inclui um estudo de caso sobre uma família rural e também uma recolha de contos tradicionais, cantos de Natal, e outros géneros literários no âmbito da literatura oral e da tradição oral», bem como «um estudo dialectológico do “falar” Alportelense, acompanhado de gramática e vocabulário» [vide catálogo da Biblioteca Estanco Louro].


 


RESTOS DE CAMINHOS ROMANOS NAS CALDAS DE MONCHIQUE


ABEL VIANA
JOSÉ FORMOSINHO
OCTÁVIO DA VEIGA FERREIRA


Exemplar assinado com dedicatória, pelos três autores do estudo, ao escultor Raul Xavier (Macau, 1894 — Lisboa, 1964).

Separata dos n.ºs 29-30 da Revista do Sindicato Nacional dos Engenheiros Auxiliares, Agentes Técnicos de Engenharia e Condutores.

Ilustrado com várias fotografias, desenhos e mapas, a preto. 11 páginas. 25 x 18,5 cm. Invulgar. Lisboa, 1948.

Preço: 24 euros.


 


MEMÓRIAS DAS CALDAS DE MONCHIQUE


AUGUSTO DA SILVA CARVALHO


Monografia estimada, ilustrada com fotografias, desenhos e esquemas, no texto, a preto. Em brochura. 246 páginas. 24,2 x 17 cm. Capa com mínimas manchas, miolo limpo. Bom exemplar. Lisboa: Edição da Comissão Administrativa das Caldas de Monchique, 1939.

Preço: 60 euros.


 


A ARQUITECTURA RELIGIOSA DO ALTO ALENTEJO NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XVI E NOS SÉCULOS XVII E XVIII


HUMBERTO REIS
MÁRIO TAVARES CHICÓ


O presente levantamento constituiu a comunicação dos autores ao Colloquium Internacional de Estudos Luso-Brasileiros, realizado em Washington, em 1950.

Álbum brochado, com sobrecapa. Ilustrado a preto, com fotografias, mapas e plantas. Com documentação fotográfica de Mário Novais, Carvalho Henriques, e dos autores. Arranjo gráfico de Armando Alves. Cerca de 352 páginas (inumeradas). 28,2 x 19 cm. Miolo, limpo, em papel couché. Lombada amarelecida e com um vinco de leitura. Bom estado geral.

Edição sob os auspícios do Comissariado para a XVII Exposição Europeia de Arte, Ciência e Cultura, em 1983. Colecção Presenças. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1982.

Preço: 35 euros.


 


ATRAVEZ A CIDADE DE EVORA

ou
APONTAMENTOS SOBRE A CIDADE DE EVORA E SEUS MONUMENTOS

CAETANO DA CAMARA MANOEL


Um guia turístico ilustrado para a cidade de Évora, nos inícios do século XX. 4.ª edição. 124 páginas. 16 x 10,5 cm. Ilustrado com desenhos e fotografias, algumas de página inteira, no texto; e três fotografias em papel couché, extra-texto, duas delas desdobráveis. Intonso. Bom estado de conservação. Capas sem defeitos. Editor José Ferreira Bátista — Minerva Comercial, Évora, [s.d.].

Preço: 24 euros.


 


POESIA POPULAR DE TERRAS DE SANTIAGO


CARLOS TEIGA


Volume que reúne parte importante da obra de Manuel José Santinhos (Ti Manel Zé do Tojal), entre outros poetas populares.

Brochado. 366 páginas. 23,5 x 16 cm. Manuseado. Manchas ligeiras no corte das folhas. Santiago do Cacém: edição do autor, 2000.

Preço: 18 euros.


 


LITERATURA POPULAR DO DISTRITO DE BEJA


MANUEL VIEGAS GUERREIRO
ANTÓNIO MACHADO GUERREIRO


Dividido em — Contos e Lendas — Anedotas — Adivinhas e Provérbios — Romances — Quadras — Cantigas e Versos — Poemetos — Modas — Cante a Despique — Lengalengas, Trava-Línguas e Rimas Infantis — Rezas e Benzeduras — e um Apêndice, com alguns Costumes, Crendices e Medicina Popular.

Recolha da Coordenação Distrital de Beja da Direcção-Geral da Educação de Adultos, do Ministério da Cultura. Introdução de Abílio Perpétua Raposo. Notas e coordenação dos textos por Manuel Viegas Guerreiro e António Machado Guerreiro. Inclui algumas pautas musicais.

Brochado. Com 331+(9) páginas. 20,8 x 14,5 cm. Bom estado. Colecção Saber Mais, n.º 2. Edição da Direcção-Geral da Educação de Adultos, [s.l.], 1986.

Preço: 24 euros.


 


CÂNTICOS


JOSÉ DA SILVA MENDES LEAL JUNIOR


Poesia. Com (8)+404+(4) páginas, e 20,5 x 14 cm. Encadernação com a lombada em pele, em bom estado geral. Sem capas de brochura. Miolo aparado, com ocasionais manchas, nas primeiras e últimas páginas. Assinatura de posse na folha de rosto, onde figura um selo branco da Livraria de Campos Júnior. Lisboa: Typographia do Panorama, 1858.

Preço: 30 euros.


 

Mendes Leal [n. Lisboa, 1818 — f. Sintra, 1886] foi jornalista, dramaturgo, funcionário da Biblioteca Nacional, sócio da Academia de Ciências, deputado e ministro.


 


CANCIONEIRO DE SERPA


MARIA RITA ORTIGÃO PINTO CORTEZ


Fac-simile do manuscrito original [1983-1987?] da autora, ilustrado com desenhos pautas musicais, que compilou dezenas de canções tradicionais — modas e cantigas, cancioneiro infantil e cancioneiro religioso—, contos, lendas e provérbios do concelho de Serpa.

Álbum de 410 páginas e 28 x 22 cm. Encadernação editorial (sintética) cuidada, em bom estado de conservação. Primeira edição. Serpa: Câmara Municipal de Serpa, 1994.

Preço: 40 euros.


 


NOTAS HISTÓRICAS ACERCA DE SERPA

E

O ELEMENTO ÁRABE NA LINGUAGEM DOS PASTORES ALENTEJANOS


CONDE DE FICALHO


Volume que «condensa a colaboração prestada pelo [Conde de Ficalho] à revista A Tradição, publicada em Serpa, nos anos de 1899 a 1904».

Edição de António Martim de Mello, Marquês de Ficalho, que assina a «Explicação Prévia». xvi+176 páginas. 21 x 14,5 cm. Capa frontal com manchas marginais, que tocam pequenas zonas da lobada. Miolo limpo. Lisboa: [António Martim de Mello], 1979.

Preço: 15 euros.


 


ALENTEJO DESENCANTADO


MÁRIO VENTURA


Com dedicatória de amizade de Mário Ventura na página de ante-rosto.

2.ª edição revista e ampliada. Com 24 fotografias de Augusto Cabrita, em extra-texto couché. 242+[24]+(2) páginas. 21,5 x 16 cm. Lombada e corte superior das folhas amarelecido, miolo limpo: no geral, um bom exemplar. Colecção Documentos de Todos os Tempos da Livraria Bertrand, Lisboa, Fevereiro de 1973.

Preço: 25 euros.


 


ALQUEVA

A GRANDE BARRAGEM

ANTUNES DA SILVA


Assinado pelo autor com dedicatória de amizade («estas crónicas de um tempo presente»), datada.

Ilustrado com fotografias de Rui Pacheco. 102+(2) páginas. 21 x 14,5 cm. Capa com manchas leves. Primeira e última folhas amarelecidas. Colecção Obras de Antunes da Silva, n.º 2. Lisboa: Livros Horizonte, 1982.

Preço: 20 euros.



EXILADO

E OUTROS CONTOS

ANTUNES DA SILVA


Autografado pelo autor com dedicatória de amizade («estas histórias do Alentejo»).

Capa e direcção gráfica de Armando Alves. 89+(7) páginas. 22,5 x 14,5 cm. Capas com um ou outro pontos de desgaste. Miolo limpo. Bom estado geral. Colecção Duas Horas de Leitura, n.º 18. Porto: Editorial Inova, 1973.

Preço: 18 euros.



O APRENDIZ DE LADRÃO


ANTUNES DA SILVA


Exemplar assinado pelo autor com dedicatória datada («abraço de camaradagem»).

Primeira edição. Com ilustrações de Manuel Ribeiro Pavia. 236+(4) páginas. 19,5 x 12,5 cm. Capas, lombada e corte das folhas machados, e com marcas superficiais de bicho de papel; miolo com picos leves, pouco frequentes. Colecção Orion, distribuída pelas Publicações Europa-América, Lisboa, 1954.

Preço: 8 euros.



TERRAS VELHAS SEMEADAS DE NOVO

UMA REALIDADE PORTUGUESA:
OS TRABALHADORES DAS COOPERATIVAS

ANTUNES DA SILVA


Dedicatória manuscrita e datada do autor na página de rosto.

Reportagens. Ilustrado com fotografias a preto, em papel couché, extra-texto. 236+[8] páginas. 21,5 x 16 cm. Capas cansadas. Lombada descolorada e com vinco de leitura. Miolo no geral limpo. Colecção Documentos de Todos os Tempos. Lisboa: Livraria Bertrand, 1976.

Preço: 10 euros.


 


A LEBRE


ÁLVARO GUERRA


Dedicatória manuscrita do autor, a um casal amigo, num cartão colado na página de guarda.

Capa de Alberto Gomes. 118 páginas. 19,5 x 14 cm. Capas em bom estado. Miolo limpo. Lombada descolorada, amarelecida e com vinco de leitura. Colecção Autores Portugueses n.º 17. Lisboa: Prelo, 1970.

Preço: 20 euros.



OS MASTINS


ÁLVARO GUERRA


Dedicatória de amizade do autor no ante-rosto, datada de Abril de 1967.

Primeira edição, com prefácio de Alves Redol. Capa de Guilherme Lopes Alves, sobre desenho de Picasso. 120+(4) páginas. 19,5 x 14,5 cm. Lombada amarelecida e parcialmente descolorada. Capas com ocasionais manchas marginais. Miolo limpo. Colecção Autores Portugueses n.º 9. Lisboa: Prelo, [Março de] 1967.

Preço: 20 euros.



LES MÂTINS

suivi de

LE PRINTEMPS DÉGUISÉ


ÁLVARO GUERRA


Assinado por Álvaro Guerra com dedicatória de amizade, em «Lisboa, Junho de 1969».

Traduções de Os Mastins (1967) e O Disfarce (1969), por Roberto Quemserat. 223+(5) páginas. 18,7 x 12 cm. Manuseado. Lombada amarelecida e com vinco de leitura. Miolo limpo. Mantém-se um exemplar interessante. Na colecção Du Monde Entier da Gallimard, Paris, [20 de Fevereiro de] 1969.

Preço: 20 euros.



O DISFARCE


ÁLVARO GUERRA


Dedicatória de amizade («mesmo») de Álvaro Guerra no ante-rosto.

Primeira edição. Capa de Pilo da Silva. 116+(4) páginas. 19,5 x 14 cm. Capas e miolo limpos. Lombada levemente amarelecida e com vinco de leitura. Colecção Autores Portugueses n.º 15. Lisboa: Prelo, 1969.

Preço: 22 euros.



OS MASTINS

seguido de

O DISFARCE


ÁLVARO GUERRA


Dedicatória manuscrita do autor («estes textos ressuscitados), datada de Abril de 1988.

3.ª edição. Prefácio de Alves Redol. Reedição conjunta de dois títulos de 1967 e 1969, tal como na edição da Gallimard. Capa de João Segurado. 168 páginas. 21 x 14 cm. Bom estado geral. Lisboa: O Jornal, [Dezembro de] 1986.

Preço: 18 euros.



MEMÓRIA


ÁLVARO GUERRA


Com dedicatória curiosa do autor, no rosto, datada de Novembro de 1971, inclui um postal não circulado para Álvaro Guerra (com duas frases manuscritas).

Primeira edição. Capa de Soares Rocha. 138+(6) páginas. 18,5 x 13,5 cm. Manuseado e com a lombada cansada, porém sólido e de miolo limpo. Conjunto invulgar. Lisboa: Editorial Estampa, 1971.

Preço: 24 euros.



REFLEXÕES SOBRE A CHINA

OU AS ATRIBULAÇÕES DE UM OCIDENTAL NO OCIDENTE

ÁLVARO GUERRA


Dedicatória manuscrita, de amizade («esta aventura oriental»), do autor.

Ilustrado. Capa de Salette e José Brandão. 102+(2) páginas. 21 x 14 cm. Lombada descolorada. Manuseado. Miolo limpo. Lisboa: Perspectivas & Realidades, [Outubro de] 1976.

Preço: 17 euros.



CRÓNICAS JUGOSLAVAS


ÁLVARO GUERRA


Dedicatória extensa do autor, datada, referindo a presença do dedicatário numa das crónicas do livro.

Álvaro Guerra representou Portugal como diplomata, na antiga Jugoslávia, entre 1977 e 1984. Na capa, pormenor de uma tela de Doklean Sofija (1972). 114 páginas. 21 x 13,5 cm. Bom estado. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1996 [Grande Prémio de Crónica da Associação Portuguesa de Escritores].

Preço: 20 euros.



[catálogo e autógrafo]


ÁLVARO GUERRA


Conjunto constituído por:

Catálogo da exposição memorativa RAZÕES DE LIBERDADE, dedicada à vida e obra de Álvaro Guerra, e que teve lugar em Vila Franca de Xira, no Celeiro da Patriarcal, entre 24 de Abril e 1 de Agosto de 2004. Textos de Ramalho Eanes, José Blanco, José Jorge Letria, Mário Coelho Luís, Mário Soares, e outros. Ilustrado. 70 páginas. 30,5 x 21,5 cm. Encadernação editorial. Bom estado. Inclui brochura da exposição. Edição da Câmara Municipal de VIla Franca de Xira, em 2004.

Livro com assinatura de posse de Álvaro Guerra, no exílio em «Paris, 1965»: PROMOTION DES VENTES, Clé du Succès, de Nepveu-Nivelle. 2.ª ed., 20.º milhar.  171 páginas. 24 x 15,5 cm. Lombada amarelecida. Bom estado geral. Paris: Dunot, 1965.

Preço: 15 euros.


 


CAFÉ REPÚBLICA

CAFÉ CENTRAL

CAFÉ 25 DE ABRIL

CRIMES IMPERFEITOS


ÁLVARO GUERRA


Trilogia completa (e sequela independente), fresco e folhetim do século XX português, da Primeira Guerra ao pós-25 de Abril, durante 1380 páginas, publicadas entre 1982 e 1990.

Os quatro volumes em primeira edição, com dedicatórias manuscritas, todas ao mesmo dedicatário, datadas por Álvaro Guerra (ou também “Manel”) e muito próximas das datas de publicação:

CAFÉ REPÚBLICA
Folhetim do Mundo Vivido em Vila Velha (1914-1945)
Longa dedicatória de amizade de Álvaro Guerra, datada de Maio de 1982. Capa de João Segurado. 247 páginas. 21 x 14 cm. Lombada descolorada. Miolo limpo. No geral, um bom exemplar. Primeira edição. Lisboa: O Jornal, [Maio de] 1982.

CAFÉ CENTRAL
Folhetim do Mundo Vivido em Vila Velha (1945-1974)
Com dedicatória de amizade de Álvaro Guerra («aquele abraço que dispensa literaturas»), datada de Abril de 1984. Capa de João Segurado. 435 páginas. 21 x 14 cm. Lombada amarelecida e com vincos de leitura. Miolo limpo. Mantém-se um exemplar interessante. Primeira edição. Lisboa: O Jornal, [Abril de] 1984.

CAFÉ 25 DE ABRIL
(as ruínas)
Folhetim do Mundo Vivido em Vila Velha
Dedicatória de amizade de Álvaro Guerra («uma amizade firme, todos os dias reforçada, com ou sem cafés»), datada de Maio de 1987. Capa de João Segurado. 328 páginas. 21 x 14 cm. Manuseado. Lombada amarelecida e com vincos de leitura. Miolo limpo. Primeira edição. Lisboa: O Jornal, [Abril de] 1987.

CRIMES IMPERFEITOS
Dedicatória de amizade no ante-rosto, datada de Janeiro de 1991. Capa de João Segurado. 370 páginas. 21 x 14 cm. Manuseado. Capa com vincos de leitura e pequenas marcas de uso. Miolo limpo, salvo primeiras quatro páginas amarelecidas. Mantém-se um exemplar interessante. Primeira edição. Lisboa: O Jornal, 1990.

Um conjunto invulgar, lido e estimado, com dedicatórias personalizadas que reflectem, também, a evolução de uma amizade particular do autor.

Preço: 70 euros.