O ESPÊTO

SOCIEDADE CONHECIDA DE RESPONSABILIDADE LIMITADA A CEIAS E PIQUENIQUES

ERNESTO DE CARVALHO


«Um excelente livro de que é auctor o sr. Ernesto de Carvalho, de Beja, um espírito culto, dado às letras e que nesta sua produção revela um notável espírito assimilador de factos interessantes para descrever uma época e historiar o que pertence à região dessas descrições. O livro tem por título O Espêto, que era a designação da bohemia bejense de tempos não distantes e cujas figuras, embora já no declinar para a gravidade de costumes austeros, afirmaram a sua passagem no convívio daquela geração, sem se apeiarem de inteiresa de caracteres e das praxes de correcta maneiras com que foram educadas» [aqui].

Inclui folha-volante em papel couché, com soneto do autor alusivo ao livro, datada de Beja, 1914.

Caricaturas e desenhos de Aguiar Basto, António Mira Feyo, Luís Mira Feyo, J. Brito Júnior e M. Palma.

Ilustrado com várias fotografias e desenhos, no texto, a preto.

Brochado. 222,(4),[I] páginas. 19 x 13,5 cm. Lombada com falhas de papel nas extremidades, porém sólida. Capa com pequenas manchas. Assinatura de posse coeva, no rosto. Mantém-se um exemplar interessante, de uma obra invulgar. Lisboa: Tipografia Universal, 1914.

Preço: 30 euros.


 


ERA A REVOLUÇÃO

NOVELA

JÚLIO CONRADO


Lembro esta rua, o largo, inchados de campónios em luta, que aqui tinham vindo solenemente explicar a criação do mundo. Mas deste livro incompleto, parco de estios, farto de primaveras, se arredou a gesta do campo. É um livro de modesta cidade, de pequeno-burgueses, de hesitantes, de psicopatas, de oportunistas cavilosos, de burocratas do fingimento. De mini-déspotas. Odeio déspotas. Odeio todos os déspotas. [da contracapa]

Capa: «colagem + desenho de Augusto Mota». Brochado. 106,(2) páginas. 19 x 12,5 cm. Lombada levemente amarelecida. Bom estado geral. Lisboa: Parceria A. M. Pereira, Outubro de 1977.

Exemplar assinado pelo autor com dedicatória a José Palla e Carmo, no ante-rosto, datada de 10 de Dezembro de 1977.

Preço: 22 euros.


 


A TORRE DE BELÉM

(CASTELO DE SAM VICENTE DA PAR DE BELÉM)

J. DE SOUSA NUNES


Ilustrado a preto e a cor, no texto e em extra-texto, com fotografias, desenhos e plantas — inclui 3 mapas desdobráveis.

Brochado. 105,(3),[V] páginas. 24,7 x 17,3 cm. Capa com manchas leves. Miolo limpo. Edição da Administração Geral do Porto de Lisboa, 1959.

Preço: 30 euros.


 


AS PRAÇAS E LARGOS DE LISBOA

(ESBOÇO PARA UMA SISTEMATIZAÇÃO CARACTERIOLÓGICA)

JOSÉ TUDELA


Resposta a uma carta de Satoshi Watamori. Ilustrado com 6 páginas de imagens, em papel couché, e 3 mapas desdobráveis. Brochura. 10,[6],[III] páginas. 29,5 x 21 cm. Capa amarelecida nas orlas. Bom estado. Lisboa, Janeiro de 1977.

Preço: 15 euros.


 


LISBÔA DO PASSADO
LISBÔA DE NOSSOS DIAS


GOMES DE BRITO


José Joaquim Gomes de Brito (1843-1923), olisipógrafo de monta — ou mesmo “o” criador dos estudos toponímicos, no dizer de Luiz Pastor de Macedo —, publicou no mesmo ano um outro livro igualmente curioso, sobre livreiros e impressores em Lisboa na segunda metade do século XVI.

183 páginas. 21 x 13,5 cm. Bom exemplar, com desgaste na lombada (inteira). Miolo impecável. Lisboa: Livraria Ferin — Baptista, Torres & C.ta, 1911.

Preço: 18 euros.


 


CENTENÁRIO DO HOSPITAL

MIGUEL BOMBARDA

ANTIGO HOSPITAL DE RILHAFOLES


(1848-1948)


Índice: — prólogo de Trigo de Negreiros — algumas datas notáveis na história da assistência aos doentes mentais em Portugal —comemoração do 1.º centenário do hospital — sessão solene com discursos de Almeida Amaral, Fernando Ilharco, Júlio Dantas e Trigo de Negreiros — ciclo cultural de conferências sobre psiquiatria, com conferências de Bleuler, Barahona Fernandes, Lopez Ibor, Vallejo Nágera e Egas Moniz — Exposição histórico-evolutiva da assistência psiquiátrica — alguns aspectos da Exposição — exposição bibliográfica — instalações do manicómio Bombarda anteriores à reforma da assistência de 1945 — instalações actuais do Hospital Miguel Bombarda.

Ilustrado com dezenas de fotografias, desenhos, retratos e fac-similes, em 64 páginas de extra-textos couché. Volume de [64],315,(3) páginas, e 24,5 x 17 cm. Capa frontal, lombada e primeiras 20 páginas com mancha de água marginal, que desvanece progressivamente; restante miolo, no geral, limpo. Impresso no Porto, na Imprensa Portuguesa. Edição do Subsecretariado de Estado da Assitência Social e do Hospital Miguel Bombarda, Lisboa, 1948.

Preço: 30 euros.


 


NA COVA DOS LEÕES


TOMÁS DA FONSECA

Livro proibido, edição clandestina [Edição destinada ao Brasil]. Brochado. 454,(10) páginas. 18 x 12 cm. Capa sem perda de cor e lombada em bom estado. Miolo no geral limpo, com manchas leves nas primeiras e últimas páginas. Um bom exemplar. Edição do autor, 1958.

Preço: 45 euros.


 


AS VILAS DO NORTE DE PORTUGAL

AS PÓVOAS MARÍTIMAS


ALBERTO SAMPAIO


Volume I com prefácio de Maria José Trindade. Brochados. xxxii,197 e 277,(3) páginas. 23 x 15,5 (x 3,5) cm. Bom estado. Volumes I e II da série Estudos Históricos e Económicos, Colecção Documenta Histórica da Editorial Vega, Lisboa, 1979.

Preço: 25 euros.


 


A TRILOGIA MONUMENTAL DE
ALCOBAÇA, BATALHA, THOMAR E
O CAMINHO DE FERRO


VIEIRA GUIMARÃES


Conferência realizada na Sociedade de Propaganda de Portugal, no dia 17 de Junho de 1912. Opúsculo ilustrado com 11 fotografias e um mapa. 31,(1) páginas. 22,7 x 16 cm. Bom estado geral, pese embora assinatura de posse no rosto, a lápis azul, e um mínimo defeito na capa, na margem interior, visível na fotografia. Lisboa: Imprensa Libânio da Silva, 1912.

Preço: 15 euros.


 


SUBSÍDIOS PARA A BIBLIOGRAFIA DA HISTÓRIA LOCAL PORTUGUESA


BIBLIOTECA NACIONAL


Catálogo bibliográfico de monografias de localidades (digitalizado aqui). Nota prefacial do director da Biblioteca Nacional, A. Botelho da Costa Veiga. Introdução de António Mesquita de Figueiredo.

Brochado. xii,425 páginas. 22,8 x 16,3 cm. Bom estado. Lisboa: Biblioteca Nacional, 1933.

Preço: 24 euros.


 


BIBLIOGRAPHIA HISTORICA PORTUGUEZA


JORGE CESAR DE FIGANIERE


BIBLIOGRAPHIA HISTORICA PORTUGUEZA ou catalogo methodico dos auctores portuguezes, e de alguns estrangeiros domiciliarios em Portugal, que tractaram da Historia civil, politica e ecclesiastica d’estes reinos e seus dominios, e das nações ultramarinas, e cujas obras correm impressas em vulgar; onde também se apontam muitos documentos e escriptos anonymos que lhe dizem respeito, por JORGE CESAR DE FIGANIERE, official da Secretaria de Estado dos Negocios Estrangeiros, commendador da Real Ordem de Isabel a Catholica, Membro do Conservatorio Real de Lisboa, etc.

Bibliografia histórica portuguesa, com índice de autores, em reimpressão fac-simile holandesa, limpa e cuidada, da rara edição portuguesa de 1850. Encadernação editorial em tela. Exemplar em muito bom estado de conservação. 359 páginas. 23 x 15 cm. Naarden: Anton W. Van Bekhoven, 1970.

Preço: 50 euros.


 


SINTRIA

REVISTA DE ESTUDOS DE ARQUEOLOGIA, ARTE E ETNOGRAFIA.

I-II
(tomo 1)
1982-1983


Revista do Gabinete de Estudos de Arqueologia, Arte e Etnografia do Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas, números I-II (tomo 1), 1982-1983. Organização de José Cardim Ribeiro. Único volume publicado.

Estudos de Eduardo da Cunha Serrão, João Ludgero Marques Gonçalves, Gustavo Marques, Salete da Ponte, Manuel Maia, Frederico Coelho Pimenta, José Cardim Ribeiro, José Beleza Moreira, Júlio Corte Fernandes, Manuel Luís Real, Vítor Serrão, Rafael Moreira, Carlos Lopes Cardoso, Maria Elisabeth Figueiredo Cabral e Maria Luísa Abreu Nunes.

Ilustrado com fotografias, desenhos, mapas e inúmeros desdobráveis.

Brochado. 1065 páginas. 24 x 17 (x 6,5) cm. Vincos leves de leitura na lombada. Bom exemplar. Sintra: Câmara Municipal de Sintra, 1987.

Preço: 45 euros.


 


ALGUMAS OBRAS DE ANDRÉ DE RESENDE

Vol. I (1531-1551)


Fac-símile de três edições quinhentistas impressas e de um manuscrito em 1.ª edição do humanista eborense. Leitura diplomática e versão portuguesa actualizada por Walter de Sousa Medeiros/José Pereira da Costa, Miguel Pinto de Meneses e Gabriel Paiva Domingues. Com um estudo de Manuel Cadafaz de Matos.

Ilustrado. Brochado. (xcvi),[I],356,(8) páginas. Sinais de manuseio exterior. Perda de cor na capa frontal e lombada. Miolo limpo. Edição do Centro de Estudos de História do Livro e da Edição e Câmara Municipal de Évora. Évora: Edições Távola Redonda, 2000.

Preço: 12 euros.


 


FÍBULAS RECOLHIDAS NA CABEÇA DE VAIAMONTE (MONFORTE, ALTO ALENTEJO)


MANUEL FARINHA DOS SANTOS


Dedicatória de amizade, manuscrita, do autor, na página de rosto.

Ilustrado com o desenho arqueológico de dezenas de fíbulas (espécie de alfinete de vestuário usado «desde fins do segundo milénio antes da nossa era até à Alta Idade Média») em 26 páginas extra-texto couché.

Brochura. 20,[26] páginas. 26 x 19,5 cm. Lombada e orla das capas amarelecida. Separata dos Anais da Academia Portuguesa de História, II série, volume 22, Lisboa, 1973.

Preço: 17 euros.


 


O TARDO-GÓTICO EM PORTUGAL

A ARQUITECTURA NO ALENTEJO


JOSÉ CUSTÓDIO VIEIRA DA SILVA


Ilustrado com fotografias, desenhos e plantas. Brochado. 206 páginas. 24 x 17 cm. Bom estado. Colecção Estudos de Arte, n.º 9. Lisboa: Livros Horizonte, 1989.

Preço: 15 euros.


 


O QUISSANGE

(O ÚNICO INSTRUMENTO MUSICAL GENUINAMENTE AFRICANO)

EXPOSIÇÃO


Pequeno catálogo da exposição dirigida por Mesquitela Lima, com organização de Henrique Pereira, em Março de 1973. Com textos de Mesquitela Lima (Director do Museu de Angola), Maria José Vargas Quintas (do Museu de Angola) e Maria Luísa P. Dias (da Divisão de Etnologia e Etnografia do IICA), seguidos de bibliografia sumária sobre o quissange e relação dos objectos expostos.

Dactiloscrito policopiado e agrafado. 15 páginas (11 de texto). 21,2 x 15 cm. Bom estado. Luanda: Museu de Angola, 1973.

Preço: 18 euros.


 


REFLEXÕES SOBRE A ARTE NEGRA

(ENSAIO)

MESQUITELA LIMA


Ilustrado com 20 fotografias a preto, de página inteira, e um esquema de uma escultura, em papel couché, extra-texto.

Brochado. 46,[42] páginas. 29,5 x 21 cm. Pequenas marcas superficiais de lepisma saccharina na orla exterior da capa. Bom estado geral. Invulgar. Série Relatórios e Comunicações do Instituto de Investigação Científica de Angola, n.º 18, Luanda, 1971.

Preço: 50 euros.


 


DE COMO O MENOSPREZO DAS LEIS É, MULTÍMODAMENTE, CAUSA DE DESORDEM NAS RELAÇÕES SOCIAIS

O CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DO PORTO


ÁLVARO AFONSO RIBEIRO BARBOSA


«Capacitado de que seria perder tempo seguir um curso no Conservatório de Música do Porto, enquanto o critério que o regeu, fazia desse estabelecimento uma simples escola de ensinar meninas a tocar piano para outras dançarem steps, fox-trots e outras excrescências musicadas por pseudo-compositores, opus-me decididamente a que a minha Filha se inscrevesse como aluna de tal escola. Sucedeu, porém, que, tão depressa o prof. Hernâni Torres asumiu a sua direcção, o Conservatório de Música do Porto passou a tomar as proporções de um verdadeiro centro de cultura artística, e desde então a minha oposição deixou de ter motivo, pelo que consenti finalmente que a minha Filha começasse a frequentar esse estabelecimento (…)».

Opúsculo em brochura. 20 páginas. 21,2 x 13,6 cm. Pequena mancha na capa. Bom estado geral. Edição do autor, impressa no Porto pela Tipografia Porto Médico, 1927.

Preço: 17 euros.


 


CANTIGAS DE COMBATE

PROFANAS E RELIGIOSAS

DO PADRE FRANCISCO DO PIMPÃO, LIVRE PENSADOR

JERONYMO MARTINS PAMPLONA CORTE-REAL


Com dedicatória manuscrita do autor ao reitor do liceu de Castelo Branco, Augusto Tavares, e emendas manuscritas, pelo mesmo punho, no miolo.

Título completo: CANTIGAS DE COMBATE Profanas e Religiosas, do Padre Francisco Pimpão, livre pensador. Revistas e augmentadas por Jeronymo Martins Pamplona Corte-Real, 31 annos, 1.º official da Bibliotheca da Academia Real das Sciencias, logar que conquistou em concurso perante a Academia pelo conhecimento theorico e pratico sem diccionario, de latim, francez, inglez, allemão; linguas que constantemente tem ensinado.

Brochado. 150,(2) páginas. 22,7 x 16 cm. Capa cansada, com manchas e uma garatuja a lápis. Capa posterior com restauro. Miolo limpo. Lisboa: Typographia Bayard, [s.d.].

4.ª edição revista e aumentada — a 3.ª data de 1897 e a 2.ª de 1884.

Obra incomum, de índole maçónica.

Preço: 35 euros.


 


HIPOCRITAS


MERCEDES BLASCO


Recordações de Mercedes Blasco, de artistas de teatro: Joaquim de Almeida, Palmira Bastos, Jesuína de Chaby, Chaby Pinheiro, António Sacramento, Tereza Taveira, Vasco Santana, Alexandre de Azevedo, Tereza Gomes, Álvaro de Almeida, Augusta Cordeiro, Joaquim Almada, Ilda Stichini, José Alves da Cunha, Berta de Bívar, Henrique de Albuquerque, Lucília Simões, Henrique Alves, Emília de Oliveira, Erico Braga, Amélia Pereira, Assis Pacheco, Lina Demoel, Gil Ferreira, Albertina de Oliveira, José Clímaco, Amélia Rey Colaço, Robles Monteiro, Maria das Neves, Tomás Vieira, Aura Abranches, Pinto Grijó, Ausenda de Oliveira, Armando de Vasconcelos, Emília Fernandes, Raul de Carvalho, Luísa Satanella, Nascimento Fernandes, Cremilda de Oliveira. Com uma carta prefacial de Agostinho Fortes.

Exemplar com dedicatória de autora no ante rosto, «para o ilustre poeta que rege os destinos do grande jornal A República, da amiga e admiradora».

Brochado. 160 páginas. 19 x 12,5 cm. Pequenos defeitos exteriores. Miolo limpo, salvo algumas pequenas caricaturas a lápis, apenas delineadas, não assinadas, junto a certos nomes de artistas no início dos capítulos. Lisboa: J. Rodrigues & C.ª, 1932.

Preço: 27 euros.


 


O PÃO, AS PADEIRAS E OS PADEIROS


GENTIL MARQUES


Ilustrado. Brochado. 207,(1) páginas. 18 x 11 cm. Bom estado. Biblioteca Social e Corporativa, Publicação n.º 33, Colecção II — Formação Social, Série L — n.º 3. Edição da Junta de Acção Social do Ministério das Corporações e Previdência Social, 1964.

Preço: 17 euros.


 


O PÃO NOSSO


ANTÓNIO DE PÁDUA CORREIA


Semanário Republicano Portuense. Colecção completa dos 23 panfletos numerados, publicados entre 19 de Abril e 28 de Setembro de 1910, com 16 páginas cada (total de 368 páginas). Encadernação recente (24 x 16 cm), sóbria e sólida, com rótulo em pele. Capas espelhadas, miolo não aparado. Em bom estado geral. Porto: Empresa do Pão Nosso, 1910.

Conjunto invulgar.

Preço: 85 euros.


Consultar aqui a ultra-completa ficha histórico-bibliográfica da
Hemeroteca de Lisboa,
e aqui todos os 23 números
digitalizados pela mesma instituição.

 


LISBOA, LIVRO DE BORDO

VOZES, OLHARES, MEMORAÇÕES

JOSÉ CARDOSO PIRES


Primeira edição. Álbum ilustrado. 123-(3) páginas. 28,5 x 24,5 cm. Encadernação editorial em tela azul. Ténue amarelecimento junto às margens do miolo. Bom estado. Lisboa: Publicações Dom Quixote / Parque Expo, 1997.

Preço: 40 euros.


 


CONVERSAS


MÁRIO VENTURA


14 ENTREVISTADOS: Agustina Bessa Luís — António Lobo Antunes — Augusto Abelaira — Camilo José Cela — Fernando Namora — Jorge Amado — José Cardoso Pires — José Gomes Ferreira — José Saramago — Maria Velho da Costa — Natália Correia — Nuno Bragança — Urbano Tavares Rodrigues — Vergílio Ferreira.

À excepção das entrevistas com Maria Velho da Costa e José Saramago, realizadas propositadamente para este volume, todas as restantes foram publicadas no Diário de Notícias.

Ilustrado com fotografias dos entrevistados, da autoria de Inácio Ludgero. 195 páginas. 23,5 x 15,4 cm. Ligeira descoloração na lombada. Bom estado geral. Colecção Figuras n.º 5. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1986.

Preço: 20 euros.


 


DAS ORDENS RELIGIOSAS EM PORTUGAL


PEDRO DINIS


2.ª edição, publicada um ano após a primeira, impressa na mesma tipografia, com uma nova introdução do autor. 293,(7) páginas. 14,5 x 10,5 cm. Bom exemplar. Encadernação da época, lombada em pele. Miolo aparado, sem capas de brochura. Lisboa: Typographia de J. J. A. Silva, 1854.

Dividida em 40 CAPÍTULOS, assim resumidos no plano da obra: Procuramos responder ás accusações que se fiseram. e se fazem ainda, aos Frades de Portugal, e mostrar, que se não em todas, em grande parte, ha calumnia, absurdo, e odio inveterado, mas sem fundamento. Depois damos uma notícia das Ordens, que n’estes reinos houve, da sua origem, e introducção. Depois ainda apresentamos alguns casos, em que os frades mostraram a sua utilidade, já missionando, já escrevendo, e ensinando; e finalmente concluímos, fazendo algumas reflexões sobre a abolição do monachismo, e procurando mostrar que só uma restituição sisuda das Ordens Religiosas póde attenuar os tristes effeitos da sua extincção.

Vasta galeria de temas versados, tais o matrimónio, o celibato, a fecundação, os comportamentos sociais, os jesuítas, a emigração e a demografia, e resposta directa a muitos ataques históricos ao clero ao longo da história portuguesa.

Importante para o entendimento dos severos conflitos clerico-liberais da primeira metade do século XIX, e curioso, pela compilação de “pequena-história” e pela desenvolta e arreigada prosa apologética do autor.

Preço: 70 euros.


 


PUTA DE PRISÃO

A PROSTITUIÇÃO VISTA EM CUSTÓIAS

ISABEL DO CARMO
FERNANDA FRÁGUAS


Prefácio de Augusto Abelaira. Brochado. 208,(4) páginas. 21 x 14 cm. Vinco leve de leitura na lombada, amarelecida. Pequeno carimbo de posse no rosto. Lisboa: A Regra do Jogo, 1982.

Preço: 10 euros.


 


À RODA DE PORTUGAL


JOSÉ AGOSTINHO


Livro de viagens garrettiano do início do século XX, com passagens por Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Vila Nova de Cerveira, Caminha, Âncora, Afife, Areosa, Viana do Castelo, Santa Luzia, Ponte de Lima, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca, Vila Verde, Amares, Terras do Bouro, Gerês, Vieira do Minho, Póvoa do Lanhoso, Celorico de Basto, Fafe, Guimarães, Vizela, Braga, Famalicão, S. Miguel de Seide, Barcelos, Vila do Conde, Porto, Santo Tirso, Paços de Ferreira, Louzada, Felgueiras, Amarante, Baião, Marco de Canavezes, Penafiel, Paredes, Valongo, Gondomar, Maia, Bouças, Leça do Bailio, Vila Nova de Gaia, Oliveira do Douro, Avintes, Trás-os-Montes (e fala do bicho da seda), Régua, Lamego, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar, Pedras Salgadas, Vidago, Chaves, Barca de Alva, Mirandela, Alfândega da Fé, Bragança, Vinhais, Vimioso, Miranda do Douro, Moncorvo, Freixo-de-Espada-à-Cinta, Pocinho, Foz Côa, Trancoso, Guarda, Pinhel, Celorico, Mangualde, Anadia, Penalva do Castelo, Viseu, Vale de Besteiros, Tondela, Santa Comba-Dão, Mortágua, Bussaco, Coimbra, Portela, Penacova, Lorvão, Condeixa-a-Nova e Condeixa-a-Velha, Figueira da Foz, Leiria, Marinha Grande, Batalha, Alcobaça, Torres Vedras, Nazaré, Caldas da Rainha, Peniche, Óbidos, Bombarral, Cadaval, Alenquer, Azambuja, Santarém, Almeirim, Cartaxo, Tancos, Almourol, Portalegre, Elvas, Vendas Novas, Casa Branca, Monfurado, Évora, Arraiolos, Estremoz, Borba, Vila Viçosa, Montemor-o.Novo, Beja, Serpa, Moura, Cuba, Sagres, Albufeira, Faro, Tábua, Oliveira do Hospital, Lisboa, Barreiro, Palmela, Guia, Cascais, Estoril, Parede, Carcavelos, Belém, Sintra, Lumiar, Odivelas, Almada, Caparica, Queluz, Sintra, Cacém, Mafra, Algés e Linda-a-Pastora.

2.ª edição [a primeira data de 1914]. Completa em 2 volumes. Capas de Maria Vasconcellos. 334,(2) + 316,(4) páginas. 19 x 12 (x 4,8) cm. Mínimo carimbo de posse no rosto de ambos os volumes. Bom estado geral. Porto: Editora Educação Nacional, 1938.

Preço: 35 euros.


 


LIVRO DO

SEGUNDO CONGRESSO TRASMONTANO


Publicado um ano após o Segundo Congresso Trasmontano. Colaborações de Oliva Guerra, J. M. Cordeiro de Sousa, Luís Chaves, Visconde de Alcobaça, Paulo Quintela, Miguel Torga [a conferência «Um Reino Maravilhoso», pp. 274-280], Barahona Fernandes, Ferreira Deusdado, e dezenas de outros, devidamente listados.

Com extensa dedicatória de Ferreira Deusdado (director do congresso) ao arqueólogo e etnógrafo Luiz Chaves (organizador e revisor do livro), na segunda página de guarda, antes da capa de brochura.

Ilustrado. 519,(5) páginas. 23,5 x 16,5 cm. Encadernação da época, com a lombada em pele, mantém capas de brochura impecáveis. Miolo limpo. Ínfimas imperfeições exteriores. No geral, um bom exemplar, único. Edição da Casa de Trás-os-Montes e Alto-Douro, Lisboa, [Dezembro de] 1942.

Preço: 80 euros.


 


À DEFESA DE VILA REAL

SÉCULOS XVIII E XIX

AS BATERIA RIBEIRINHAS DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO


ANTÓNIO JOSÉ PEREIRA DA COSTA


Com dedicatória extensa do autor. Brochado. 84 páginas. 23 x 17 cm. Miolo em couché, ilustrado a cor. Bom estado. Tiragem 500 exemplares. Edição da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, 2011.

Preço: 20 euros.


 


LIVRO DO CAPITÃO SEM NOME


F. CHEDAS


Compilação de trechos escolhidos de autores militares e outros.

«Aqueles que quiserem estudar a ciência militar na sua essência — o exercício de comando — a arte de dirigir e conduzir homens, no que ela contém de mais elevado, orientar o seu critério em tão delicada matéria, quási esquecida entre nós, poderão sem inúteis perdas de tempo, compulsar longo repositório [de] fácil consulta. Os que desejarem simplesmente deleitar o espírito em ameno convívio com os filósofos, escritores e tratadistas militares, terão também a oportunidade sem o incómodo de laboriosa escolha, de beber nas melhores fontes. Mesmo os estranhos à profissão das armas, supomos nós, poderão encontrar prazer e utilidade na leitura desta obra que tem por fulcro o homem de guerra e o clima em que o seu espírito se debate numa dúvida dolorosa, com todos os problemas da hora presente.» [do prefácio]

Brochado. 168,(14) páginas. 19 x 13 cm. Pequenos sinais de uso exteriores. Miolo no geral limpo. Mantém-se exemplar interessante. Lisboa: Oficinas Gráficas Casa Portuguesa, [1944].

Preço: 20 euros.


 


O BRIGADEIRO MIRANDA PALHA

1.º GOVERNADOR DO ASILO DOS INVÁLIDOS MILITARES DE RUNA

ROGÉRIO DE FIGUEIROA REGO


Autografado pelo autor com dedicatória. Inclui três ilustrações, duas das quais de página inteira (fotografia do Brigadeiro Miranda Palha e reprodução de uma antiga gravura do Asilo).

Brochura de 16 páginas e 23,5 x 16,5 cm. Bom estado. Separata da revista Vida Ribatejana, Lisboa, 1960.

Preço: 15 euros.


 


A EVOLUÇÃO ORGÂNICA DO EXÉRCITO

MEMÓRIA APRESENTADA Á ACADEMIA REAL DAS SCIENCIAS E SERVINDO DE EXÓRDIO Á HISTÓRIA ORGANICA E POLITICA DO EXERCITO PORTUGUEZ

CHRISTOVAM AYRES DE MAGALHÃES SEPULVEDA


O autor foi Capitão de cavallaria, Promotor de justiça, Deputado da nação, Commendador de S. Thiago, da Corôa Real da Prussia, e de numero de Carlos III de Hespanha, etc.

Volume brochado com 131 páginas (por abrir), e 25 x 16,5 cm. Capa com manchas e lombada com defeitos. Miolo limpo. Lisboa: Imprensa Nacional, 1894.

Preço: 17 euros.


 


SOCIOLOGIA CRIMINAL

(ESTUDOS)

J. MENDES MARTINS


Com prefácio de Júlio de Matos. Brochado. xxxii,140,(4) páginas. 19 x 12,3 cm. Rubrica de posse na capa, assinatura de posse no rosto e selo de biblioteca pessoal no pé da lombada. Mínimas imperfeições exteriores. Mantém-se um exemplar interessante. Lisboa: Tavares Cardoso & Irmão, 1903.

Preço: 17 euros.


 


OS PERITOS NO PROCESSO CRIMINAL

LEGISLAÇÃO PORTUGUESA — CRÍTICAS — REFORMAS

AFFONSO COSTA


Em brochura. 272 páginas. 23 x 14,5 cm. Capas e lombada com pequenas imperfeições. Assinatura de posse no ante-rosto e selo de biblioteca pessoal no pé da lombada. Miolo no geral limpo. Coimbra: Livraria Portuguesa e Estrangeira, 1895.

Preço: 15 euros.


 


NÚMERO ESPECIAL DEDICADO À MEMÓRIA DO

DOUTOR RICARDO JORGE


BOLETIM CULTURAL DA CÂMARA MUNICIPAL DO PORTO


Boletim Cultural da Câmara Municipal do Porto, Vol. IV, Fasc. 4, Dezembro 1941/XVI. Número especial dedicado à memória do Doutor Ricardo Jorge. Ilustrado, no texto e em 16 hors-texte couché.

Textos de Ricardo Jorge, Hernâni Monteiro, Almeida Garrett, José Alberto de Faria e António Cruz.

Brochado. 416,(2),[16] páginas. 24,3 x 19,5 cm. Bom estado. Porto: Câmara Municipal do Porto, 1941.

Preço: 20 euros.


 


NÚMERO ESPECIAL DEDICADO A

AMATO LUSITANO


ESTUDOS DE CASTELO BRANCO

REVISTA DE HISTÓRIA E CULTURA. N.º 37 / 1 DE JULHO DE 1971

Estudos de Castelo Branco. Revista de História e Cultura, dirigida por José Lopes Dias. N.º 37 (1 de Julho de 1971). Número especial dedicado a Amato Lusitano, constituído por «Biografia de Amato Lusitano e outros estudos amatianos», de José Lopes Dias, em 9 capítulos. Volume brochado. 234,(2) páginas. 25,8 x 19,5 cm. Capa com pequenas manchas e vincos leves. Miolo limpo, em papel superior. Bom estado geral.

Preço: 22 euros.


 


COIMBRA

IMPRESIONES Y NOTAS DE UN ITINERARIO


JOSÉ MARÍA VIQUEIRA


Ilustrado com fotografias e desenhos, no texto, a preto. Exemplar numerado (56), e com a chancela do autor.

Brochado. xvi,386 páginas. 20 x 13 cm. Bom estado geral. Coimbra: Coimbra Editora, 1957.

Preço: 30 euros.


 


BOM SENSO E BOM GOSTO

(QUESTÃO COIMBRÃ)


ALBERTO FERREIRA


Textos integrais da polémica. Recolha, notas e biobibliografia por Maria José Marinho.

Obra completa em 4 volumes. Primeiro volume com dedicatória extensa de amizade, do autor.

Brochados. Com cxxxvii,(i),491,(5); lxx,386,(6); xx,(ii),349,(3); 432,(4) páginas. 21 x 13,8 (x 14,5) cm. Vincos de leitura nas lombadas dos volumes I e II. Mínimos sinais de uso exteriores. Miolo limpo. Bom estado geral. Colecção Portugália, n.ºs 18, 25, 28 e 31. Lisboa: Portugália Editora, 1966-1970

Preço: 55 euros.


 


«A ESCOLA COIMBRû


JOSÉ FELICIANO DE CASTILHO


Números 14 e 24 (apenas a Segunda Parte) da lista de Inocêncio relativa à «Questão Coimbrã», ou «Bom Senso e Bom Gosto», dois entre vários apodos que a polémica recebeu.

A ESCOLA COIMBRÃ. Cartas do Sr. Conselheiro José Feliciano de Castilho Barreto e Noronha. Com lista de XIX títulos publicados, até então, «sobre a actual questão litteraria», na capa posterior. Folheto brochado. 32 páginas. 19,5 x 12,5 cm. Capa meio-solta, com foxing ligeiro, que toca pontos do miolo. Mantém-se um exemplar interessante. Lisboa: Typographia do Futuro, 1866.

A ÁGUIA NO OVO E NOS ASTROS, sive A ESCHOLA COIMBRÃ na sua Aurora e em seu Zenith. Livro de propaganda destinado a dous enormes fins: o 1.º restituir a gloria da invenção ao verdadeiro fundador da Eschola; o 2.º demmonstrar, por meio de commentarios a uma das mais primorosas producções da Eschola, que só naquella religião litteraria pode haver salvação; por Um Lisboeta Convertido. Segunda Parte. Brochado. (30) páginas [num. 38-62]. 23 x 15 cm. Capas em mau estado, com manchas e faltas de papel essencialmente marginais. Miolo no geral limpo, com esporádicas manchas, piores no início e no final. Rio de Janeiro: Typographia do Commercio, de Pereira Braga, 1866.

Preço: 25 euros.


 

AfonsoRibeiro


POVO


AFONSO RIBEIRO


Contos. Capa de Júlio Pomar. Primeira edição. Proibido pela censura. Brochado, com 13 cm x 19,7 cm e 267+(5) páginas. Capa em bom estado, lombada um pouco escurecida, miolo limpo. Porto: Editorial Ibérica, 1947.

Preço: 20 euros.


 


BREVE MEMÓRIA SOBRE A VIDA E A ARTE DE HENRIQUE POUSÃO


FRANCISCO FERNANDES LOPES


Comunicação apresentada ao Congresso Luso-Espanhol para o Progresso das Ciências, em Córdova, a 9 de Outubro de 1944.

Brochado. Capa com relevo. Ilustrado. 85,(5) páginas. 19,5 x 13 cm. Bom estado. Lisboa: Seara Nova, 1946.

Preço: 18 euros.


 


GRÃO VASCO NA HISTÓRIA E NA CRÍTICA


A. DE LUCENA E VALE


Conferência no Museu de Grão Vasco, Novembro de 1952.

Em 3 partes: I. Da negação de Raczynski à realidade comprovada; II. Metamorfoses da crítica; III. Da reintegração de Grão Vasco.

Brochado. Ilustrado com 7 estampas extra-texto, couché, a preto. 47,(3),[VII] páginas. 23 x 17 cm. Bom estado. Separata da revista Beira Alta, Viseu, 1953.

Preço: 18 euros.


 


A CATEDRAL DE VISEU


A. DE LUCENA E VALE


Estudo elaborado para o Ciclo das Conferências Culturais do 8.º centenário da reintegração da Diocese de Viseu. Proferido pelo autor no interior da Sé, em 31 de Dezembro de 1944. Acrescentado com um estudo de pormenor sobre a Capela do Calvário, localizada nos claustros.

Brochado. 58 páginas (por abrir) + 23 fotografias extra-texto, couché, a preto. 22 x 17 cm. Bom estado geral. Separata da revista Beira Alta, Viseu, 1945, parcialmente reproduzida aqui.

Em conjunto com: antigo roteiro turístico da cidade de Viseu, desdobrável — o mapa aberto mede 27,5 x 21 cm —, com ilustração da Sé no frontispício e apenas um dos desenhos assinado («S. Cunha»). Bom estado de conservação, sem perda de cor. Impresso na Tipografia Guerra. Viseu: C. M. Turismo, [s.d.].

Preço: 30 euros.


 


PINTORES DE VISEU

ESCOLA OU DINASTIA?


J. HENRIQUES MOUTA


Separata da revista Beira Alta. (1969). Capa de António Baptista Lopes. Ilustrado com fotografias a preto, em extra-texto couché. Inclui folha-volante que anuncia o conteúdo e recepção do estudo. Brochado. 108,[34](22) páginas. 23 x 17,5 cm. Bom estado. Edição da Junta Distrital de Viseu, [s.d.].

Preço: 18 euros.