O CALÃO MINDERICO


AUGUSTO PORFÍRIO FRAGOSO


Brochado. 27+(5) páginas. 15,5 cm x 21,7 cm. Manuseado. Capa e miolo com pontos de oxidação e interior com várias palavras “assinaladas” pelo anterior proprietário (situação visível numa das fotografias). Santarém: edição do autor, 1964.

Raro.

Preço: 28 euros.


Contém este livro mais de quatrocentos e cinquenta vocábulos e algumas frases. Não é um trabalho completo como, aliás, o não são os dos grandes mestres e para o conseguir não foi sem certo esforço e até algumas decepções, devido à circunstância dos possuidores desta língua a não quererem divulgar, conservando-a, em segredo, como que um mito. [«Explicando», página 5]


SANTARÉM

HISTÓRIA E ARTE


JOAQUIM VERÍSSIMO SERRÃO


De notar que tanto o historiador Joaquim Veríssimo Serrão como o pintor Eduardo Rosa Mendes, autor do desenho da capa, são naturais de Santarém. Uma edição da Comissão Municipal de Turismo de Santarém, 1951. Muito ilustrado, com fotografias, desenhos e um mapa desdobrável. Prefácio do Presidente da Comissão de Turismo, Joaquim Augusto de Barros e Mattos. 78+(6) páginas. 15,5 x 22,5 cm. Bom estado de conservação.

Preço: 20 euros.



ABASTECIMENTO DE PRODUTOS HORTÍCOLAS A LISBOA


M. LOURDES SANTOS PEREIRA


Inclui curiosos mapas desdobráveis com uma relação parcial das hortas existentes na zona de Lisboa, visíveis numa das fotografias, e capítulos sobre os meios de transporte usados (carroça, galera e camioneta), as épocas características de cada região ou as zonas abastecedoras, de Aveiro, Oeste, Saloia, Outra Banda, Setúbal, Vila Franca, Santarém e Algarve.

Com dedicatória autógrafa da autora, engenheira agrónoma, ao então presidente da Junta Nacional de Frutas, Mário Brito Soares. Capa e desenhos de Mário Marcelo Nogueira. Prefácio de Henrique de Barros. Com xvi+212 páginas, e 16,5 x 22,5 cm. Excelente estado de conservação. Lisboa: Junta Nacional das Frutas, 1949.

Preço: 20 euros.