LA CÉRAMIQUE POPULAIRE
DU HAUT-ALENTEJO


SOLANGE PARVAUX


Estudo aprofundado que documenta diversos artesãos, olarias e processos de fabrico, em Estremoz, Viana do Alentejo, Nisa, São Pedro do Corval, Flor da Rosa (Crato), Redondo, Campomaior, Beringel e Ponte de Sôr. Ilustrado no texto com desenhos, fotografias e mapas, e extra-texto, no final, com 48 lâminas fotográficas.

Brochado. (6)+224+(4)+[48] páginas. 24 x 15,5 cm. Lombada com leve vinco de leitura. Miolo limpo. Bom exemplar. Edição Fondation Calouste Gulbenkian / Publications du Centre Culturel Portugais, Presses Universitaires de France, Paris, 1968.

Preço: 35 euros.


 


APONTAMENTOS PARA A MONOGRAFIA
DE ÉVORA MONTE COLIGIDOS POR
UM ANTIGO FERRO-VIÁRIO


Publicação em beneficio do SANATORIO dos empregados dos Caminhos de Ferro do Estado e do COFRE DAS VIUVAS dos empregados dos Caminhos de Ferro do Sul e Sueste. O preço é arbitrado pelo comprador no acto da venda. 1.ª edição.

Autor anónimo. Com uma carta-prefácio de Eurico de Moura, e emendas manuscritas do autor. Capa com carimbo vermelho (“Preço 10 cecentavos”). Ilustrado com fotografias e mapas. 32+(2) páginas. 21,5 x 14 cm. Capas com pequenas falhas de papel. Frágil. Invulgar. Montemor-o-Novo: Tipografia “Meridional”, 1916.

em conjunto com:

ESTATUTO DA PREVIDÊNCIA DO FERROVIÁRIO PORTUGUÊS (Aprovado pelo Decreto n.º 21:400, de 8 de Junho de 1932)16 páginas. 18,5 x 12,5 cm. Capas com pequenos defeitos. Miolo com ocasionais sublinhados a lápis vermelho e lápis azul. Famalicão: Tip. «Minerva», de Gaspar Pinto de Sousa & Irmão, 1932.

Preço (do conjunto): 27 euros.