À RODA DE PORTUGAL


JOSÉ AGOSTINHO


Livro de viagens garrettiano do início do século XX, com passagens por Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Vila Nova de Cerveira, Caminha, Âncora, Afife, Areosa, Viana do Castelo, Santa Luzia, Ponte de Lima, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca, Vila Verde, Amares, Terras do Bouro, Gerês, Vieira do Minho, Póvoa do Lanhoso, Celorico de Basto, Fafe, Guimarães, Vizela, Braga, Famalicão, S. Miguel de Seide, Barcelos, Vila do Conde, Porto, Santo Tirso, Paços de Ferreira, Louzada, Felgueiras, Amarante, Baião, Marco de Canavezes, Penafiel, Paredes, Valongo, Gondomar, Maia, Bouças, Leça do Bailio, Vila Nova de Gaia, Oliveira do Douro, Avintes, Trás-os-Montes (e fala do bicho da seda), Régua, Lamego, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar, Pedras Salgadas, Vidago, Chaves, Barca de Alva, Mirandela, Alfândega da Fé, Bragança, Vinhais, Vimioso, Miranda do Douro, Moncorvo, Freixo-de-Espada-à-Cinta, Pocinho, Foz Côa, Trancoso, Guarda, Pinhel, Celorico, Mangualde, Anadia, Penalva do Castelo, Viseu, Vale de Besteiros, Tondela, Santa Comba-Dão, Mortágua, Bussaco, Coimbra, Portela, Penacova, Lorvão, Condeixa-a-Nova e Condeixa-a-Velha, Figueira da Foz, Leiria, Marinha Grande, Batalha, Alcobaça, Torres Vedras, Nazaré, Caldas da Rainha, Peniche, Óbidos, Bombarral, Cadaval, Alenquer, Azambuja, Santarém, Almeirim, Cartaxo, Tancos, Almourol, Portalegre, Elvas, Vendas Novas, Casa Branca, Monfurado, Évora, Arraiolos, Estremoz, Borba, Vila Viçosa, Montemor-o.Novo, Beja, Serpa, Moura, Cuba, Sagres, Albufeira, Faro, Tábua, Oliveira do Hospital, Lisboa, Barreiro, Palmela, Guia, Cascais, Estoril, Parede, Carcavelos, Belém, Sintra, Lumiar, Odivelas, Almada, Caparica, Queluz, Sintra, Cacém, Mafra, Algés e Linda-a-Pastora.

2.ª edição [a primeira data de 1914]. Completa em 2 volumes. Capas de Maria Vasconcellos. 334,(2) + 316,(4) páginas. 19 x 12 (x 4,8) cm. Mínimo carimbo de posse no rosto de ambos os volumes. Bom estado geral. Porto: Editora Educação Nacional, 1938.

Preço: 35 euros.


 


PRINCIPAIS SANTUÁRIOS MARIANOS DA ARQUIDIOCESE DE ÉVORA


ANTÓNIO SALVADOR DOS SANTOS


Ilustrado com fotografias, no texto, a preto. Brochado. 146 páginas. 24 x 16,5 cm. Mínimos sinais de uso exteriores. Miolo limpo. Bom estado geral. Évora: edição do autor, 1992.

Preço: 17 euros.


 


O PORTUGAL DE D. JOÃO V VISTO POR TRÊS FORASTEIROS


Tradução, prefácio e notas de Castelo Branco Chaves, que desvenda três curiosas publicações em língua francesa, de difícil acesso, publicadas em Paris, Amsterdão e Milão, descrevendo Lisboa e alguns pontos do País (Cascais, Coimbra, Mondego, Zêzere, Tejo, Serra da Estrela, Elvas, Estremoz, Vendas Novas, Montemor, Aldeia Galega, Mafra, etc.), nas duas décadas anteriores ao Terramoto de 1755.

Brochado. 281-(17) páginas. 24,5 x 16,5 cm. Bom estado geral. Série Portugal e os Estrangeiros. Lisboa: Biblioteca Nacional, 1983.

Preço: 25 euros.


 


APONTAMENTOS PARA A MONOGRAFIA
DE ÉVORA MONTE COLIGIDOS POR
UM ANTIGO FERRO-VIÁRIO


Publicação em beneficio do SANATORIO dos empregados dos Caminhos de Ferro do Estado e do COFRE DAS VIUVAS dos empregados dos Caminhos de Ferro do Sul e Sueste. O preço é arbitrado pelo comprador no acto da venda. 1.ª edição.

Autor anónimo. Com uma carta-prefácio de Eurico de Moura, e emendas manuscritas do autor. Capa com carimbo vermelho (“Preço 10 cecentavos”). Ilustrado com fotografias e mapas. 32+(2) páginas. 21,5 x 14 cm. Capas com pequenas falhas de papel. Frágil. Invulgar. Montemor-o-Novo: Tipografia “Meridional”, 1916.

em conjunto com:

ESTATUTO DA PREVIDÊNCIA DO FERROVIÁRIO PORTUGUÊS (Aprovado pelo Decreto n.º 21:400, de 8 de Junho de 1932)16 páginas. 18,5 x 12,5 cm. Capas com pequenos defeitos. Miolo com ocasionais sublinhados a lápis vermelho e lápis azul. Famalicão: Tip. «Minerva», de Gaspar Pinto de Sousa & Irmão, 1932.

Preço (do conjunto): 27 euros.