O BARÃO


ANTÓNIO MADEIRA


A primeira edição da novela O BARÃO, Cascais-Nazaré, Março-Abril 40, publicada sob o pseudónimo António Madeira por Branquinho da Fonseca [o «inventor das ‘carrinhas da Gulbenkian’», o grande «missionário» do Serviço de Bibliotecas Itinerantes da FCG, a partir do final da década de 50].

Capa de Fred Kradolfer. Exemplar da tiragem regular. Brochado. 71+(9) páginas. 19 x 12,2 cm. Capa e lombada com pequenas manchas. Colecção Novelas Inquérito n.º 46. Lisboa: Editorial Inquérito, 1942.

Preço: 20 euros.



METAFÍSICA DO AMOR


ARTHUR SCHOPENHAUER


Tradução de Lôbo Vilela. N.º 43 da colecção Cadernos Culturais Inquérito [n.º VII da série C, Filosofia e Religião]. 80 páginas. 12,2 x 18,8 cm. Bom estado de conservação. Lisboa: Editorial Inquérito, 1940.

Preço: 12 euros.