natalia-surrealismo


O SURREALISMO NA POESIA PORTUGUESA


Organização, Prefácio e Notas de
NATÁLIA CORREIA


Inclui excertos de José de Almada Negreiros, Alexandre O’Neill, Vespeira, David Mourão-Ferreira, Florbela Espanca, Herberto Helder, António José Forte, Mário de Sá-Carneiro, Fernando Pessoa, Raul Leal, Raul Brandão, Camilo Pessanha, Maria Alberta Menéres, António Maria Lisboa, João Rui de Sousa, Isabel Meyrelles, Ana Hatherly, José Sebag, Manuel de Castro, Maria Teresa Horta, José Carlos Ary dos Santos, Dórdio Guimarães, Natércia Freire, Cruzeiro Seixas, Carlos de Oliveira, António Domingues, Salette Tavares, Eugénio de Andrade, Mário Cesariny, Mário Henrique Leiria, António Aragão, António Ramos Rosa, Vitorino Nemésio, Tomás de Figueiredo, Saul Dias, António Navarro, Carlos Queirós, António Pedro, José Blanc de Portugal, Jorge de Sena, Raul de Carvalho, José Régio, José Gomes Ferreira, Luiza Neto Jorge, António Barahona da Fonseca, Afonso Duarte, Teixeira de Pascoaes, Ângelo de Lima, Eugénio de Castro, Henrique Tavares, Fernando Lemos, Pedro Oom, José Manuel Pressler, Paula Almada Negreiros, Fernando Grade, Carlos Wallenstein, Alfredo Margarido, Carlos Eurico da Costa, Fernando Alves dos Santos, Henrique Risques Pereira, Mário Saa, Edmundo de Bettencourt, António Nobre, Cesário Verde, Francisco de Pina e Melo, Correia Garção, Dinis da Cruz, Tomás António Gonzaga, Bocage, Curvo Semedo, António Feliciano de Castilho, Faustino Xavier de Novais, Soares de Passos, Antero de Quental, Gomes Leal, Guerra Junqueiro, Francisco de Vasconcelos, Pinto Brandão, Soros Maria do Céu, Soror Mariana Alcoforado, Gregório de Matos, Jerónimo Bahia, António Serrão de Castro, António Barbosa de Bacelar, Soror Violante do Céu, Jacinto Freire de Andrade, Camões, Bandarra, Cristovão Falcão, Bernardim Ribeiro, Gil Vicente, Diogo Brandão, João Airas e o jogral Mendinho.

Primeira Edição. 418+(6) páginas. 13 x 18,5 cm. Colecção Estudos e Documentos, n.º 81, Série Antologias, Lisboa: Publicações Europa-América, 1973. Manuseado.

Preço: 25 euros.


uli


O SEU A SEU TEMPO


LUIZA NETO JORGE


Colecção Poesia e Ensaio [com orientação gráfica do pintor Espiga Pinto] n.º 13, da Editora Ulisseia, Lisboa, 1966. Brochado com sobrecapa. 60 páginas. 10 x 18,5 cm. Óptimo exemplar do quarto livro da autora, à época emigrante em Paris.

Preço: 40 euros.



FALA DO HOMEM LÉSBICO


MANUEL GRANGEIO CRESPO


Edição da Contraponto, de LUIZ PACHECO, em parceria com a Supervisão (1983). Capa e ilustrações de Rogal. Prefácio de Adelino Dias Cardoso.
16 páginas não numeradas. 14,5 x 20,5 cm. Perfeito estado de conservação.

Preço: 15 euros.



VIEIRA DA SILVA * ARPAD SZENES
OU O CASTELO SURREALISTA

Pintura de Vieira e de Szenes nos anos 30 a 40 em Lisboa

MÁRIO CESARINY


Exemplar autografado pelo autor com dedicatória.

Arranjo gráfico de Manuel Rosa. Tiragem de 1200 exemplares, em papel Renovacote de 140 gramas. Brochado. Capa com manchas, visíveis na fotografia. Miolo impecável. Profusamente ilustrado.  165 páginas. 23,5 x 31 cm. Lisboa: Assírio & Alvim, 1984. Raro.

Preço: 80 euros.



LONGOS DIAS TÊM CEM ANOS

PRESENÇA DE VIEIRA DA SILVA

AGUSTINA BESSA LUÍS


Primeira edição (tiragem normal). Direcção gráfica de Armando Alves. Ilustrado com fotografias, e reproduções de quadros a preto e branco e a cores. 116 + (9) páginas. 17 x 24 cm. Exemplar em bom estado de conservação. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1982.

Preço: 30 euros.


Virgílio Martinho

[07Dez11]


O CONCERTO DAS BUZINAS


VIRGÍLIO MARTINHO


A sala de prisão tem trinta e seis passos por doze de extensão, uma retrete e dois anexos: um grande e outro pequeno. É neste que dormem Passão e Graça. Passão está meio surdo e de vez em quando urina sangue. Graça tem a voz entaramelada e nem sempre encontra as palavras ajustadas para exprimir o que pensa; mas está a recuperar, já consegue ler uma coluna de jornal sem que esta se transforme numa ilegível mancha negra.

Capa de Henrique Ruivo. 174 páginas. 11,5 x 18,5 cm. Colecção Ficcionistas Portugueses. Lisboa: Seara Nova, 1976.

Preço: 25 euros.



RELÓGIO DE CUCO


VIRGÍLIO MARTINHO


Epígrafe de André Breton: «O espírito que mergulha no surrealismo revive com exaltação a melhor parte da sua infância». Capa de Soares Rocha. 85 páginas. 13,5 x 18,5 cm. Colecção Novas Direcções, n.º 16. Lisboa: Estampa, 1973.

Preço: 20 euros.



FILOPÓPOLUS


VIRGÍLIO MARTINHO


Em apêndice, conteém «A Minha Profissão», uma entrevista com Virgílio Martinho. Capa de Mário Henrique Leiria. Arranjo gráfico de Júlio Navarro. 195 páginas. 11 x 18 cm. Colecção Teatro Vivo (n.º 2), dirigida por Carlos Porto. Lisboa: Plátano Editora, 1973. Manuseado.

Preço: 15 euros.



A SAGRADA FAMÍLIA


VIRGÍLIO MARTINHO


Peça em dois actos. 1.ª edição. Capa de Vitorino Martins sobre pormenor de Au Moulin Rouge, 1892, de Toulouse Lautrec. 107 páginas. 11,5 x 18 cm. Óptimo estado de conservação. Lisboa: Moraes Editores, com o patrocínio da Secretaria de Estado da Cultura, [Outubro de] 1980.

Preço: 15 euros.