O OUTONO EM PEQUIM


BORIS VIAN


Tradução de Luiza Neto Jorge. Título original: L’Automne à Pékin. Capa de José Cândido. 320 páginas. 19 x 13,5 cm. Com ligeira descoloração e vinco de leitura na lombada. Miolo limpo. Mantém-se um exemplar interessante. Colecção Série Literária n.º 71. Lisboa: Editora Ulisseia, 1965.

Preço: 7 euros.



COSMOS


WITOLD GOMBROWICZ


Tradução de Luiza Neto Jorge. Capa de Espiga Pinto. 272 páginas (por abrir). 18,5 x 13 cm. Bom exemplar. Colecção Série Literária n.º 88, sob a direcção de Vítor Silva Tavares para a editora Ulisseia, Lisboa, [196-].

Preço: 15 euros.



DISCURSO PARA OS GRANDES DIAS DE UM JOVEM CHAMADO PABLO PICASSO


LOUIS ARAGON


Título completo: Discurso para os Grandes Dias de um Jovem Chamado Pablo Picasso de Louis Aragon e outros poemas de Pablo Neruda e Rafael Alberti em traduções de Luiza Neto Jorge e José Bento com a reprodução de um desenho de José Rodrigues.

Brochado. 32 páginas (último caderno por abrir, correspondendo aos títulos da colecção). 22,5 x 15 cm. Capa ligeiramente descolorada na metade superior, na parte não coberta pela cinta — a qual apresenta perdas de cor localizada, como se pode ver na fotografia). Miolo impecável. Colecção O Aprendiz de Feiticeiro n.º 15. Porto: O Oiro do Dia, 1987.

Preço: 12 euros.



COMO A ÁGUA QUE CORRE


MARGUERITE YOURCENAR


2.ª edição. Tradução de Luiza Neto Jorge. Reunião de três novelas: Anna, Soror… / Um Homem Obscuro / Uma Bela Manhã, seguidas de posfácios. Brochado. 230 páginas. 23,5 x 15 cm. Mínimas marcas de uso. Lisboa: Difel, 1983.

Preço: 8 euros.



O FATALISTA


DIDEROT


O FATALISTA, uma adaptação para teatro de Jacques, le Fataliste, de Diderot, por Luiza Neto Jorge [pp. 125-200], acompanhada de diversos ensaios em redor do texto original.

Organização de Helena Domingos, J. A. Osório de Mateus, Margarida Barahona, Maria João Brilhante e Luiza Neto Jorge. Capa de Luís Duran.

TEXTOS de Fernando Cabral Martins, Teresa Amaro, Manuel Gusmão e Maria João Brilhante.

Brochado. Ilustrado. 205+(3) páginas. 23 x 16 cm. Manuseado, capa com pequenos defeitos. Colecção Margens do Texto n.º 4, Lisboa: Moraes Editores, 1978.

Exemplar autografado com dedicatória por: Luiza Neto Jorge, Maria João Brilhante e J. A. Osório de Mateus.

Preço: 30 euros.


 


A LEBRE


ÁLVARO GUERRA


Dedicatória manuscrita do autor, a um casal amigo, num cartão colado na página de guarda.

Capa de Alberto Gomes. 118 páginas. 19,5 x 14 cm. Capas em bom estado. Miolo limpo. Lombada descolorada, amarelecida e com vinco de leitura. Colecção Autores Portugueses n.º 17. Lisboa: Prelo, 1970.

Preço: 20 euros.



OS MASTINS


ÁLVARO GUERRA


Dedicatória de amizade do autor no ante-rosto, datada de Abril de 1967.

Primeira edição, com prefácio de Alves Redol. Capa de Guilherme Lopes Alves, sobre desenho de Picasso. 120+(4) páginas. 19,5 x 14,5 cm. Lombada amarelecida e parcialmente descolorada. Capas com ocasionais manchas marginais. Miolo limpo. Colecção Autores Portugueses n.º 9. Lisboa: Prelo, [Março de] 1967.

Preço: 20 euros.



LES MÂTINS

suivi de

LE PRINTEMPS DÉGUISÉ


ÁLVARO GUERRA


Assinado por Álvaro Guerra com dedicatória de amizade, em «Lisboa, Junho de 1969».

Traduções de Os Mastins (1967) e O Disfarce (1969), por Roberto Quemserat. 223+(5) páginas. 18,7 x 12 cm. Manuseado. Lombada amarelecida e com vinco de leitura. Miolo limpo. Mantém-se um exemplar interessante. Na colecção Du Monde Entier da Gallimard, Paris, [20 de Fevereiro de] 1969.

Preço: 20 euros.



O DISFARCE


ÁLVARO GUERRA


Dedicatória de amizade («mesmo») de Álvaro Guerra no ante-rosto.

Primeira edição. Capa de Pilo da Silva. 116+(4) páginas. 19,5 x 14 cm. Capas e miolo limpos. Lombada levemente amarelecida e com vinco de leitura. Colecção Autores Portugueses n.º 15. Lisboa: Prelo, 1969.

Preço: 22 euros.



OS MASTINS

seguido de

O DISFARCE


ÁLVARO GUERRA


Dedicatória manuscrita do autor («estes textos ressuscitados), datada de Abril de 1988.

3.ª edição. Prefácio de Alves Redol. Reedição conjunta de dois títulos de 1967 e 1969, tal como na edição da Gallimard. Capa de João Segurado. 168 páginas. 21 x 14 cm. Bom estado geral. Lisboa: O Jornal, [Dezembro de] 1986.

Preço: 18 euros.



MEMÓRIA


ÁLVARO GUERRA


Com dedicatória curiosa do autor, no rosto, datada de Novembro de 1971, inclui um postal não circulado para Álvaro Guerra (com duas frases manuscritas).

Primeira edição. Capa de Soares Rocha. 138+(6) páginas. 18,5 x 13,5 cm. Manuseado e com a lombada cansada, porém sólido e de miolo limpo. Conjunto invulgar. Lisboa: Editorial Estampa, 1971.

Preço: 24 euros.



REFLEXÕES SOBRE A CHINA

OU AS ATRIBULAÇÕES DE UM OCIDENTAL NO OCIDENTE

ÁLVARO GUERRA


Dedicatória manuscrita, de amizade («esta aventura oriental»), do autor.

Ilustrado. Capa de Salette e José Brandão. 102+(2) páginas. 21 x 14 cm. Lombada descolorada. Manuseado. Miolo limpo. Lisboa: Perspectivas & Realidades, [Outubro de] 1976.

Preço: 17 euros.



CRÓNICAS JUGOSLAVAS


ÁLVARO GUERRA


Dedicatória extensa do autor, datada, referindo a presença do dedicatário numa das crónicas do livro.

Álvaro Guerra representou Portugal como diplomata, na antiga Jugoslávia, entre 1977 e 1984. Na capa, pormenor de uma tela de Doklean Sofija (1972). 114 páginas. 21 x 13,5 cm. Bom estado. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1996 [Grande Prémio de Crónica da Associação Portuguesa de Escritores].

Preço: 20 euros.



[catálogo e autógrafo]


ÁLVARO GUERRA


Conjunto constituído por:

Catálogo da exposição memorativa RAZÕES DE LIBERDADE, dedicada à vida e obra de Álvaro Guerra, e que teve lugar em Vila Franca de Xira, no Celeiro da Patriarcal, entre 24 de Abril e 1 de Agosto de 2004. Textos de Ramalho Eanes, José Blanco, José Jorge Letria, Mário Coelho Luís, Mário Soares, e outros. Ilustrado. 70 páginas. 30,5 x 21,5 cm. Encadernação editorial. Bom estado. Inclui brochura da exposição. Edição da Câmara Municipal de VIla Franca de Xira, em 2004.

Livro com assinatura de posse de Álvaro Guerra, no exílio em «Paris, 1965»: PROMOTION DES VENTES, Clé du Succès, de Nepveu-Nivelle. 2.ª ed., 20.º milhar.  171 páginas. 24 x 15,5 cm. Lombada amarelecida. Bom estado geral. Paris: Dunot, 1965.

Preço: 15 euros.