FENOMENOLOGIA DO DISCURSO POÉTICO

ENSAIO SOBRE JORGE DE SENA

LUÍS ADRIANO CARLOS


Na capa, detalhe de uma fotografia de Jorge de Sena por Fernando Lemos, em 1951. Brochado. 418 páginas. 23 x 15,3 cm. Bom estado. Colecção Campo da Literatura/Ensaio, n.º 34. Porto: Campo das Letras, 1999.

Preço: 15 euros.



ESTUDOS SOBRE JORGE DE SENA


EUGÉNIO LISBOA (org.)


Reunião de «um conjunto significativo daquilo que foi aparecendo em jornais, revistas e livros» sobre Jorge de Sena; compilação, organização e introdução de Eugénio Lisboa.

Textos de Eugénio Lisboa, José Régio, Eduardo Lourenço, João Rui de Sousa, Maria de Lourdes Belchior, João Gaspar Simões, José Augusto Seabra, Maria de Lourdes Cortez, Joaquim Manuel Magalhães, João Gaspar Simões, Carlos Drummond de Andrade, Adolfo Casais Monteiro, António Ramos Rosa, José Augusto Seabra, Fernando Guimarães, Eduardo Prado Coelho, Fernando J. B. Martinho, F. G. Williams, Diogo Pires Aurélio, José Bento, José-Augusto França, Luciana Stegnano Picchio, Carlo Vittorio Cattaneo, Ángel Crespo, Vasco Miranda, Goulart Nogueira, João José Cochofel, David Mourão-Ferreira, Óscar Lopes, F. Cota Fagundes, Júlio Conrado, Mário Sacramento, Duarte Faria, Maria Lúcia Lepecki, Luís de Sousa Rebelo, Luís Francisco Rebelo, Maria Vitalina Leal de Matos, Ruy Belo, Salvato Trigo, João Palma-Ferreira, J. Almeida Flor, Helder Macedo, Vergílio Ferreira, José Saramago, Stephen Reckert, Almeida Faria, António Rebordão Navarro, Armando Silva Carvalho, Casimiro de Brito, David Mourão-Ferreira, E. M. de Melo e Castro, Eugénio de Andrade, José Blanc de Portugal, José Fernandes Fafe, José Terra, M. S. Lourenço, Natércia Freire, Ruy Cinatti, Salette Tavares, Vítor Matos e Sá.

Brochado. 553-(15) páginas. 24 x 15 cm. Capa com manchas e vincos. Miolo limpo, embora em 8 das 14 páginas do «Breve Perfil de Jorge de Sena» (pp. 29-42), de Eugénio Lisboa, e em 13 do capítulo sobre Jorge de Sena enquanto tradutor (nomeadamente nos textos de Luís de Sousa Rebelo, Hélder Macedo e João Gaspar Simões), existam alguns sublinhados, garatujas e notas sucintas, manuscritas a lápis, da autoria de José Palla e Carmo. Mantém-se um exemplar sólido e interessante. Colecção Temas Portugueses. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1984.

Preço: 15 euros.



O CÓDIGO
CIENTÍFICO-COSMOGÓNICO-METAFÍSICO

EM PERSEGUIÇÃO (1942) DE JORGE DE SENA

ALEXANDRE PINHEIRO TORRES


Prémio de Ensaio Jorge de Sena 1979 da Associação Portuguesa de Escritores. Brochado. 58-(7) páginas. 22,8 x 16 cm. Capas com marcas de uso. Miolo limpo. Colecção Margens do Texto, 13. Lisboa: Moraes Editores, 1980.

Em conjunto com:

O ESSENCIAL SOBRE JORGE DE SENA. JORGE FAZENDA LOURENÇO. 58 páginas. 14 x 10 cm. Bom estado. Colecção Essencial n.º 30. Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 1987. [pdf aqui].

Preço: 12 euros.


 


A EUGÉNIO DE ANDRADE


Poemas de Afonso Duarte, Ángel Crespo, António de Navarro, António Osório, António Salvado, Bruno Tolentino, Carlo Vittorio Cattaneo, Gastão Cruz, Jorge de Sena, José Bento, José Fernandes Fafe, Manuel Branco, Mário Cláudio, Pedro Homem de Mello e Ruy Cinatti.

Retratos de Eugénio de Andrade por Armando Alves e Augusto Gomes.

41.º título da colecção O Oiro do Dia. Tiragem de 250 exemplares numerados (este o número 91). Capa de papel contendo folhas soltas e dois desenhos impressos em papel couché. 24+[2] páginas. 29,5 x 18 cm. Capa com pequenos sinais de uso; no geral, um bom exemplar. Porto: Editorial Inova, Setembro de 1979.

Preço: 40 euros.


 


[Carta Dactiloscrita]


JOSÉ MANUEL SOARES DE OLIVEIRA


Dactiloscrito de 9 páginas, datado de 9/9/1947, assinado pelo autor, José Manuel Soares de Olviera, que esteve «praticamente sozinho à frente da ALA» no biénio 1946-1947, a exercer funções de director interino, na sequência da indisponibilidade de Jorge Botelho Moniz. É feito um balanço da actividade do jornal para «os futuros elementos directivos», pois Soares de Oliveira [vê-se] «obrigado a abandonar Portugal pelo prazo de 2 anos» — a publicação terminou abruptamente (cit. Daniel Pires) pouco tempo depois (1948/1949), na sequência da campanha de Norton de Matos.

Parte da carta é dedicada aos colaboradores (Afonso Botelho, Manuel Falcão, Freitas Leal, Luiz Archer, Nuno Teotónio Pereira, Henrique Barrilaro Ruas, etc.), e são ainda referidos problemas com a tipografia.

ALAJornal dos Universitários Católicos de Portugal, foi fundado em 1941, com crítica literária, poética, teatral, musical e de belas-artes, secção de desporto universitário e outras. Ao longo da sua curta história publicou colaborações importantes de Vitorino Nemésio, Jorge de Sena, Salette Tavares, Ruy Cinatti, Francisco de Sousa Tavares, Jorge Botelho Moniz, Vasco Miranda, Ruben A. ou Noël de Arriaga.

Conjunto agrafado de 9 folhas dactilografadas apenas de um lado, com assinatura manuscrita do autor no final, e formato 27 x 22 cm.

Invulgar.

Preço: 35 euros.