A BORBOLETA AMARELA


RUBEM BRAGA


60 crónicas. 3.ª edição. 214 páginas. 21 x 14 cm. Lombada amarelecida e com vincos de leitura. Assinatura de posse no pé da página de guarda. Rio de Janeiro: Editôra do Autor, 1963.

As crónicas deste livro foram todas publicadas, entre Janeiro de 1950 e dezembro de 1952, no Correio da Manhã, do Rio, e em vários jornais dos Estados.

Preço: 15 euros.



O HOMEM ROUCO


RUBEM BRAGA


40 crónicas. 2.ª edição. Capa de José Medeiros («Image»). 191 páginas. 21 x 14 cm. Capa com pequenos defeitos. Assinatura de posse no pé da página de guarda. Rio de Janeiro: Editôra do Autor, 1963.

As crónicas juntadas foram quase todas publicadas no Diário de Notícias, do Rio, e a seguir na Folha da Noite, de S. Paulo, Folha da Tarde, de Pôrto Alegre, e Diário da Noite, do Recife. As outras saíram no suplemento literário do Diário Carioca, e mais no Correio Paulistano, Revista do Globo, de Pôrto Alegre, e Jornal do Comércio, do Recife. Tôdas foram escritas entre abril de 1948 e julho de 1949; estão arrumadas em ordem cronológica. A selecção foi feita pelo autor, com ajuda de Fernando Sabino.

Preço: 15 euros.



AI DE TI, COPACABANA!


RUBEM BRAGA


60 crónicas. 2.ª edição. Capa de Bea Feitler. 222 páginas. 21 x 14 cm. Capa com pequenos defeitos. Assinatura de posse no pé da página de guarda. Rio de Janeiro: Editôra do Autor, 1960.

As crónicas deste livro foram escritas de abril de 1955 a fevereiro de 1960. Nesse período o cronista mudou de jornal: do Correio da Manhã foi para o Diário de Notícias e deste para O Globo. Também mudou de revista, saindo de Manchete para o Mundo Ilustrado e voltando depois para Manchete.

Preço: 15 euros.



VIDA DO VENERÁVEL PADRE
JOSÉ DE ANCHIETA


SIMÃO DE VASCONCELOS


Com um prefácio do Dr. Júlio Dantas. Obra reeditada (1.ª ed. 1672) por ocasião do quarto centenário da cidade de São Paulo (Brasil), cidade que terá sido fundada pelo padre Anchieta, num colégio jesuíta que também incluíria Manuel da Nóbrega. Retrato do biografado em couché, a par do rosto. Encadernação editorial que preserva capas de brochura, em bom estado geral ainda que com pequenas imperfeições na lombada. (6)+446+(2) páginas. 19 x 13 cm. Porto: Lello & Irmão, 1953

Preço: 25 euros.