O PARENTE DE CINCOENTA E TRES MONARCHAS


CAMILO CASTELO BRANCO


Artigo que «foi publicado primeiramente no “Brinde aos Senhores Assignantes do Diário de Noticias” em 1867 (o III da sére XXXV, págs. 83 a 97) e mais tarde incluído no volume Coisas leves e pesadas» [ler aqui Eloy do Amaral sobre a história a que se refere este texto de Camilo].

António da Costa Leão republicou-o em folhetim no Diário de Notícias de 30-IV e 1-V-1924, após o que tirou esta separata acrescida de elucidativa nota bibliográfica, com o produto total da venda a destinar-se à Subscrição Nacional para o Monumento a Camilo.

18+(2) páginas. 18,2 x 12,3 cm. Capa com vinco ligeiro. Bom estado geral. Lisboa: Diário de Notícias, 1924.

Preço: 20 euros.


 


CANÇÕES DA TARDE


BULHÃO PATO


Exemplar com assinatura de posse, na folha de rosto, de José Maria Barbosa de Magalhães, ilustre aveirense (1879-1959), um dos autores da Constituição de 1911, ministro na Primeira República, bastonário da Ordem dos Advogados na década de 30 e membro da Comissão Directiva do MUD, na década de 40.

Brinde aos Senhores Assignantes do Diário de Notícias. Data na capa difere da data no rosto (1866). Livro de poemas que inclui versos a José Estevão, mas também à cantora Lotti, ambos complementados com alguns parágrafos de notas evocativas.

Capa com nota manuscrita “2.º brinde”. Encadernação com a lombada em pele, sóbria e estimada, em muito bom estado de conservação. Miolo apenas aparado à cabeça, carminado, conserva capas de brochura. 108+(4) páginas. 18,5 x 12,3 cm. Conjunto invulgar. Lisboa: na Typographia Universal de Thomaz Quintino Antunes, 1867.

Preço: 45 euros.