alguns títulos da Colecção

TEXTOS MARGINAIS


 

ANDRÉS NIN
A GUERRA CIVIL DE ESPANHA
Introdução de B. D. Wolfe. Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 50 páginas. 18 x 9 cm. Bom exemplar, estimado. Colecção Textos Marginais n.º 2, Porto, 1972.
Preço: 5 euros.

WILHELM REICH
O COMBATE SEXUAL DA JUVENTUDE
Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 192 páginas. 18 x 9 cm. Com assinatura de posse no rosto. Interior das capas e primeira e última página com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 3, Porto, 1972.
Preço: 4 euros.

FRIEDRICH ENGELS
CONTRIBUIÇÃO PARA A HISTÓRIA DO CRISTIANISMO PRIMITIVO
2.ª edição. Tradução de Jorge Vieira. Revisão de A. Simões. Coordenação e edição de António Daniel Abreu. 43 páginas. 18 x 9 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa, rosto e última página. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 4, Porto, 1972.
Preço: 3 euros.

VV AA
OS CRISTÃOS E A LIBERTAÇÃO DOS POVOS
Autores: Yves Jolif, Jean Cardonnel, Francisco Lages Pessoa, e outros. Textos seleccionados e traduzidos por J. Magalhães. Volume editado por F. Osório. 139+(5) páginas. 17,9 x 8,8 cm. Muito bom exemplar. Colecção Textos Marginais n.º 5, Porto, [Maio de] 1972.
Preço: 5 euros.

JEAN-JACQUES ROUSSEAU
DISCURSO SOBRE AS ARTES E AS CIÊNCIAS

Tradução de António Ribeiro. Revisão de A. Simões. Edição de António Daniel Abreu. 56 páginas. 18 x 9 cm. Colecção Textos Marginais n.º 6, Porto, 1972.
Preço: 6 euros.

PIERRE VELLAY / G. L. WILLOX / JOSHUA S. HORN / EDGAR SNOW et alia
A MEDICINA E A VIDA HOSPITALAR NA R. P. DA CHINA
Testemunhos sobre a República Popular da China

3ª edição. Tradução de A. Cruz. Revisão de A. Simões. Edição de Henrique A. Carneiro. 144 páginas. 18 x 9 cm. Óptimo exemplar. Colecção Textos Marginais n.º 7, Porto, 1975.
Preço: 4 euros.

PAULO FREIRE
UMA EDUCAÇÃO PARA A LIBERDADE

2.ª edição. Tradução de José Reis e Fátima Silva. 70 páginas. 18 x 9 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 8, Porto, 1972.
Preço: 5 Euros.

CONSTANTIN SINELNIKOFF
A FUNÇÃO DO ORGASMO EM WILHELM REICH
Tradução de J. Reis. Edição de Henrique A. Carneiro. 50 páginas. 18 x 9 cm. Com assinaturas de posse no ante-rosto e rosto. Colecção Textos Marginais n.º 9, Porto, 1973.
Preço: 3 euros.

CHARLES FOURIER
O NOVO MUNDO INDUSTRIAL E SOCIETÁRIO
e outros textos – antologia

Tradução de Patrícia Boanova. Edição de Henrique A. Carneiro. 129 páginas. 18 x 9 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 10, Porto, 1973.
Preço: 5 euros.

RADOVAN RICHTA
REVOLUÇÃO CIENTÍFICA E TÉCNICA E TRANSFORMAÇÕES SOCIAIS

Tradução de Patrícia Boanova. Edição de Henrique A. Carneiro. 65 páginas. 18 x 9 cm. Colecção Textos Marginais n.º 11, Porto, 1973.
Preço: 5 euros.

CELSO FURTADO / CLAUDE JULIEN / MILES D. WOLPIN / STANLEY HOFFMAN / CHARLES P. KINDLEBERGER
IMPÉRIO E IMPERIALISMO AMERICANO

Edição de Henrique A. Carneiro. 184 páginas. 18 x 9 cm. Ténues marcas de uso. Colecção Textos Marginais n.º 12, Porto, 1973.
Preço: 4 euros.

CH. ROUGE
UMA INICIAÇÃO À ECONOMIA
2.ª edição. Tradução de C. Queiroz. Edição de Henrique A. Carneiro. 64 páginas. 18 x 9 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 13, Porto, [9 de Maio de] 1974.
Preço: 3 euros.

MAURO FOTIA
IDEOLOGIAS E ELITES CONTEMPORÂNEAS

Edição de Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 18 x 9 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 14, Porto, 1973.
Preço: 5 euros.

HARRY MAGDOFF, PAUL A. BARAN, PAUL M. SWEEZY
TEORIA E HISTÓRIA DO CAPITALISMO MONOPOLISTA

Revisão de António José Fonseca. Edição de Henrique A. Carneiro. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. 103+(9) páginas. 18 x 9 cm. Colecção Textos Marginais n.º 15, Porto, 1974.
Preço: 4 euros.

THEO DIETRICH
PARA UMA PEDAGOGIA ACTIVA SOCIALISTA
a educação pelo trabalho de Pavel P. Blonsky

Tradução de Patrícia Boanova. Revisão de Manuel Soares. Edição de Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 18 x 9 cm. Bom estado. Colecção Textos Marginais n.º 20, Porto, 1974.
Preço: 4 euros.

DAVID RIAZANOV
SOCIALISMO, CASAMENTO E FAMÍLIA
a doutrina socialista do casamento

Tradução de A. Cruz. Revisão de A. Simões. Edição de Henrique A. Carneiro. 57 páginas. 18 x 9 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Interior das capas e primeira e última páginas com marcas de fita cola. Colecção Textos Marginais n.º 22, Porto, 1975.
Preço: 4 euros.

PAUL M. SWEEZY, RICHARD WOLFF, THEOTÓNIO DOS SANTOS, HARRY MAGDOFF
ECONOMIA POLÍTICA DO IMPERIALISMO

Tradução de A. Cruz. Revisão de A. Simões. Edição de Henrique A. Carneiro. 90 páginas. 18 x 9 cm. Com assinaturas de posse no verso da capa e rosto. Colecção Textos Marginais n.º 23, Porto, 1975.
Preço: 3 euros.


 


ANTIGUIDADE TARDIA E PALEOCRISTIANISMO
EM PORTUGAL


M. JUSTINO MACIEL


Com prólogos de J.M. Bairrão Oleiro e Theodor Hauschild. Ilustrado com fotografias, desenhos e plantas. 347 páginas. Formato álbum: 29,5 X 21 cm. Capa manuseada, miolo limpo e em bom estado. Lisboa: Edições Colibri, 1996.

Preço: 25 euros.


Trabalho de investigação sobre História da Arte e Arqueologia na área da Antiguidade, em que se apresenta uma nova sistematização dos dados existentes da Antiguidade Tardia em Portugal e seus testemunhos artísticos. Após um levantamento dos refereciais históricos, arqueológicos e literários disponíveis, equaciona-se a interacção que neste contexto existe entre a cidade e o campo, bem como a progressiva abertura a este último e os reflexos que tal dinâmica produz nas manifestações artísticas.
Um estudo dos signos visivelmente conotados com as religiões orientais revela que eles se apresentam numa comunidade de uso de que participam quer a cultura romana quer o crisitianismo. A constatação desta realidade surge como profundamente significante de uma evolução da arte da Antiguidade Tardia numa dinâmica entre a opacidade e a transparência, que vem permitir novas abordagens da escultura, do mosaico e mesmo da arquitectura, da pintura e da decoração de cerâmica. Na sequência desta constatação, efectua-se uma nova leitura dos mais importantes monumentos dos contextos romano tardio, suevo e visigótico, progressivamente conotados com as propostas vivenciais cristãs. No centro desta realidade, quer numa perspectiva sintagmática, quer numa perspectiva paradigmática, estudam-se os monumentos de Tróia de Setúbal, onde a arte romana tardia se revela plenamente como em qualquer outro ponto do Império Romano. Esta investigação desenvolveu-se [ainda com] trabalhos de campo em vários [outros] locais, designadamente em Conímbriga, [e] na Villa Romana do Montinho das Laranjeiras (Algarve).