ELDORADO


VÁRIOS AUTORES


O terceiro volume organizado pelos quatro elementos editores.

Responsáveis pela edição: Carlos Leite, Fernando António Baptista Pereira, José Manuel Oliveira e Mário Avelar.

Com textos de Edgar Allan Poe e Stephane Mallarmé (trad. Manuel Frias Martins), Mário Avelar, Manuel Frias Martins, Sílvio Frio, Ângelo de Lima, Eduardo Paz Barroso, Jack London (trad. Maria Augusta Maia e Fernando Guerreiro), Mário de Carvalho, Silva Carvalho, José Mira, Abel Neves, Jorge Gravanita, José Manuel Oliveira, Ernesto José Rodrigues, José Anes, Francisco de Hollanda, Dagoberto L. Markl, Fernando António Baptista Pereira, Ana Cristina Leite, Paulo Pereira, Octavio Paz (trad. Maria Ramos), Michelet (trad. Paulo Varela Gomes), Fernando Gandra, José Gabriel Pereira Bastos, Paulo Tunhas, Carlos Leite, Novalis (segundo a tradução da HIENA), Teresa Salema Cadete, Fernando Cabral Martins, António Melo, Francis Ponge (trad. Manuel Gusmão), Roger Caillois (trad. António Guerreiro), Georges Bataille (trad. Silva Carvalho) e Paul Lafargue.

Ilustrado com fotografias de Rui Cochofel, Richard Ansaldi e José Manuel Oliveira; desenhos de Paulo Varela Gomes e Jorge Gravanita; e ainda inúmeras reproduções de pinturas e fotogramas de filmes devidamente identificados no final.

Brochado, 18 cm x 27 cm, 139+(1) páginas. Assinatura de posse de José Palla e Carmo, na primeira página. Exemplar estimado. Lisboa: Quatro Elementos Editores, 1982.

Preço: 45 euros.



MAR


VÁRIOS AUTORES


Primeiro volume organizado pelos quatro elementos editores.

Responsáveis pela edição: Carlos Natividade Corrêa, Fernando Guerreiro, José Guardado Moreira e Paulo Varela Gomes.

Textos de José Guardado Moreira, Paul Valéry (traduzido por António Sabler), Manuel Gusmão, Eunice Cabral, Mário de Carvalho, Heinrich von Kleist (traduzido por Teresa R. Cadete), Salvato Teles de Menezes, Joseph Conrad (traduzido por M. Augusta Maia), Isidore Ducasse e Fernando Pessoa.

Ilustrações de J. Guardado Moreira, Natividade Correia, Paulo Varela Gomes e Teresa Dias Coelho.

Brochado, 18 cm x 27 cm, 76 páginas. Tiragem de 500 exemplares. Capa manchada, miolo em muito bom estado. Lisboa: Quatro Elementos Editores, 1980.

Preço: 40 euros.


SilvaCarvalhoEssasVozes


ESSAS VOZES


SILVA CARVALHO


A ilustração da capa é de Paulo Varela Gomes. Brochado, 15,2 cm x 21 cm, 30+(2) páginas. Bom exemplar. Colecção Marca Amarela n.º 3. Lisboa: Quatro Elementos Editores, 1983.

Preço: 15 euros.


Drácula


O CONVIDADO DE DRÁCULA
e outras histórias


BRAM STOCKER, JOHN C. BLOOD,
RAYMOND D. DOUGLAS, THÉODORE FRAENCKEL


[Da nota de edição:] Além do texto de Bram Stocker (Dracula’s guest constitui um capítulo inédito, retirado pelo autor da versão definitiva de Drácula, de 1897), incluem-se nesta brochura dois curtos textos de Théodore Fraenckel extraídos de The Impossible papers, 1971 […], e O demiurgo (The Medium) de John C. Blood (de NECROPHALIA, The Death Press, Cambridge, 1907).

Capa de Paulo Varela Gomes. Brochado, 15 cm x 21 cm, 28+(4) páginas. Bom estado, embora na contracapa exista uma mancha e um apontamento a caneta. Colecção Fim de citação n.º 3. Lisboa: Quatro Elementos Editores, 1983.

Preço: 15 euros.





CONSIDERAÇÕES PESSOAIS

ENSAIOS

ADOLFO CASAIS MONTEIRO


Primeiro livro de ensaios do autor (1908 – 1972), co-director da Presença a partir de 1931 e até ao último número publicado, em 1940 (José Régio e João Gaspar Simões partilhavam com Casais Monteiro a direcção da revista). O ensaio de abertura, «A Arte contra a Ordem», começa da seguinte forma:

Adormecendo com sempre renovado sono após a descoberta duma nova direcção; após cada revolução caindo na escolástica do que ela trouxe de novo, tendemos a esquecer que toda a obra de génio que repousa nas nossas estantes, ou na parede severa dos museus, com a segurança dum incontestável classicismo, foi um dia motivo de escândalo, objecto de sarcasmo e riso, quando não duma completa indiferença.

Com ensaios sobre cinema, crítica literária, Mário de Sá-Carneiro, Goethe e Benjamin Jarnés, e outros que falam de José Régio, Tolstoi, Dostoievski, James Joyce, Marcel Proust, Paul Valéry, Stéphane Mallarmé ou Jules Supervielle. 213 páginas. 12 x 19 cm. Um excelente exemplar, muito estimado. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1933 (foi reeditado em 2004, com um novo prefácio de Carlos Leone).

Como curiosidade, refira-se a existência desta obra na biblioteca pessoal de Fernando Pessoa.

Preço: 30 euros.



ADOLESCENTES


ADOLFO CASAIS MONTEIRO


Primeiro, e único, romance de Casais Monteiro. Capa de Roberto Araújo. Página de guarda com um carimbo «Oferta dos Editores» e uma nota manuscrita: «Para a Biblioteca do SEN». 201 páginas. 13 x 19,5 cm. Porto: Editorial Ibérica, 1945.

Invulgar.

Preço: 20 euros.



O CORSÁRIO


JEAN DRAULT


Tradução de ADOLFO CASAIS MONTEIRO. Segundo o prefácio de Drault, este romance de pirataria é, sob certos aspectos, «uma nova história de Robinsons», passada na Ilha Maurícia. Com 224 páginas, e 12,5 x 19 cm. Porto: Editora Educação Nacional, 1941.

Preço: 10 euros.



POESIAS COMPLETAS

1929 – 1969


ADOLFO CASAIS MONTEIRO


Compilação de (quase) toda a poesia publicada por Adolfo Casais Monteiro, com um prefácio do autor e acrescida do livro inédito O Estrangeiro Definitivo, escrito no Brasil. Capa de João da Câmara Leme. Com xii-346 páginas, e 14 x 20 cm. Um bom exemplar. Colecção Poetas de Hoje, n.º 32. Lisboa: Portugália, 1969.

Preço: 30 euros.



ESTRUTURA E AUTENTICIDADE
NA TEORIA E CRÍTICA LITERÁRIAS


ADOLFO CASAIS MONTEIRO


Capa de Armando Alves. 160 páginas. 15 x 24 cm. Colecção Estudos Gerais, série Universitária. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1984. Esgotado.

Preço: 15 euros.